Вы находитесь на странице: 1из 25

Radioatividade da Prata

107 Ag (51,839%), 109 Ag (48,161%)


https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S01
87893X13731896

Prata A metodologia de medição da radioatividade


usando detectores líquidos de cintilação está
descrita detalhadamente. Para o tratamento dos
resultados foi utilizado o programa "ACP" (Análise
de Componentes Principais) de computador, que
resultou nas seguintes conclusões: a variação da
radioatividade está relacionada com as estações
seca e chuvosa, sendo que essa variação é
causada pela diluição das águas das fontes pelas
águas das chuvas, diminuindo assim a
radioatividade específica. Essa diluição manifesta-
se imediatamente nas águas que circulam em
aquíferos subsuperílciais (arenitos) ocorrendo na
época das chuvas (verão). A diluição sofre um
atraso nas águas que circulam em aquíferos mais
profundos (rochas vulcânicas) e manifesta-se
durante a estação seca (outono-inverno). As águas
das fontes estudadas enquadram-se na categoria
de águas minerais, segundo a radioatividade
temporária, e classificam-se como: fortemente
radioativas (fontes Villela e Vitória), radioativa (fonte
do Boi) e fracamente radioativas (fontes Prata-
Radioativa, Prata-Nova e Platina).

https://www.revistas.usp.br/bigusp/article/view/4532
5

Conduz bem a eletricidade e o calor, e tende a ser


pouco reativa.
https://www.tabelaperiodicacompleta.com/elemento-
quimico/prata/

Existencia de isótopos radioativos

Dizemos que um elemento é um isótopo de outro


elemento quando seus átomos possuem o mesmo
número de prótons, mas diferente número de
nêutrons. Muitos isótopos apresentam uma
importante característica: são capazes de emitir
algum tipo de radiação, sendo, por isso, chamados
de isótopos radioativos ou radioisótopos.

https://www.infoescola.com/quimica/isotopos-
radioativos/

107 Ag (51,839%), 109 Ag (48,161%)


https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S01
87893X13731896

Relação com História da Tabela periódica

A prata é um elemento químico do grupo 11 (metais


de transição) que pertence ao quinto período da
tabela periódica.

A prata tem um elétron s externo, além de um nível


d completo. Apresenta estrutura cristalina cúbica de
empacotamento compacto.
https://www.tabelaperiodicacompleta.com/elemento-
quimico/prata/

Quando estudamos a tabela periódica, vemos que


nela estão representados 118 elementos diferentes.
Por isso, sabemos que o ser humano conhece a
existência de apenas 118 átomos com números
diferentes de prótons no interior de seus núcleos.

Cada elemento químico apresenta um grupo de


propriedades e aplicações, que, por sua vez, são
bastante variadas e importantes. Neste texto vamos
dar uma atenção especial para o elemento químico
denominado Prata.

A Prata é um metal extremamente conhecido e


utilizado em todo o mundo. A história da sua
utilização data de 3000 a.C. Durante muitos e
muitos anos, esse elemento, juntamente ao ouro, foi
sinônimo de riqueza. Ao ler o Antigo Testamento
bíblico, por exemplo, é possível verificar que muitos
personagens da Bíblia ficaram conhecidos por
terem muito ouro e prata, o que mostra como esse
metal tem valor desde muito tempo.
O interessante é que já existiu uma época em que a
prata tinha mais valor financeiro que o ouro. Isso
aconteceu entre os anos de 1780 a 1580 a.C. A
desvalorização da prata só começou a ocorrer
quando ela começou a ser encontrada muito mais
facilmente que o ouro. Hoje em dia é esse metal é
encontrado principalmente na América do Sul,
Estados Unidos, Austrália, México e Noruega.

A Prata pode ter três origens: a natural (encontrada


na natureza), a industrial e a sintética (produzida em
laboratório):

Natural: a Prata pode ser encontrada em sua forma


pura ou associada a outros materiais. Na natureza,
existem mais de 60 minérios diferentes que
apresentam prata em sua composição;

Industrial: é obtida a partir do processamento de


materiais como chumbo, cobre e zinco;

Sintética: é obtida a partir de reações químicas com


sais que apresentam prata em sua constituição,
como o nitrato de prata, que, ao reagir com o cobre,
origina um sal e prata metálica pura.

https://brasilescola.uol.com.br/quimica/prata.htm
Grupo e Período na Tabela Periódica

A prata é um elemento químico do grupo 11 (metais


de transição) que pertence ao quinto período da
tabela periódica.

https://www.tabelaperiodicacompleta.com/elemento-
quimico/prata/

(Tabela Periódica do Livro )

Existência na Natureza

A prata tem um elétron s externo, além de um nível


d completo. Apresenta estrutura cristalina cúbica de
empacotamento compacto. Conduz bem a
eletricidade e o calor, e tende a ser pouco reativa. O
íon simples que pode ser encontrado em solução
(além de íons complexos) é Ag2+.

A prata é encontrada na forma de minérios do grupo


dos sulfetos, como Ag2S (argentita), como cloreto
AgCl (cloroarginita) ou como prata nativa. Três
processos de extração estão sendo utilizados:

Atualmente, a maior parte é obtida como subproduto


do cobre, chumbo ou zinco. Pode ser obtida da
lama anódica formada no refino eletrolítico de cobre
e de zinco.
Zinco é usado para extrair a prata do chumbo em
estado de fusão, por extração com solvente, no
processo Parke.
Ouro e prata podem ser extraídos de seus minérios
na forma de ciano complexos solúveis.

https://www.tabelaperiodicacompleta.com/elemento-
quimico/prata/

Classificação
Metal

(Tabela Periódica do Livro)

Ponto de Fusão-961,78
Ponto de Ebulição-2162

Tabela periódica do Livro


https://www.tabelaperiodica.org/prata/

Estado físico a 25º C e 1 atm

Não sei não conegui encontrar

Massa volúmica

Massa específica do sólido 10490 kg/m3

http://www.deboni.he.com.br/dic/quim1_047.htm
Condutividade Elétrica da Prata

Resistividade elétrica 1,6 10-8 W m


http://www.deboni.he.com.br/dic/quim1_047.htm

Combustão da Prata

IDENTIFICAÇÃO
Help
Número ONU Nome do produto Rótulo de risco
1493 NITRATO DE PRATA
Número de risco
50 Classe / Subclasse
5.1
Sinônimos
CÁUSTICO LUNAR
Aparência
CRISTAIS SÓLIDOS ; PRETO ACINZENTADO ;
SEM ODOR ; AFUNDA E MISTURA COM ÁGUA.
Fórmula molecular
Ag NO3 Família química
SAL INORGÂNICO
Fabricantes
Para informações atualizadas recomenda-se a
consulta às seguintes instituições ou referências:
ABIQUIM - Associação Brasileira da Indústria
Química: Fone 0800-118270
ANDEF - Associação Nacional de Defesa Vegetal:
Fone (11) 3081-5033
Revista Química e Derivados - Guia geral de
produtos químicos, Editora QD: Fone (11) 3826-
6899
Programa Agrofit - Ministério da Agricultura

Carácter químico dos óxidos da Prata

Nomenclatura dos óxidos


A nomenclatura dos óxidos é realizada levando-se
em consideração a sua natureza, ou seja, se iônico
(possui metal) ou molecular (não possui metal).

Óxidos são substâncias inorgânicas formadas pela


associação de um elemento químico qualquer
(metal ou ametal) com o oxigênio, que sempre
apresenta NOX igual a -2. Por isso, a nomenclatura
dos óxidos depende exclusivamente do elemento
que está acompanhando o oxigênio.

A nomenclatura dos óxidos é realizada segundo


regra proposta pela União Internacional da Química
Pura e Aplicada (IUPAC):

Óxido + de + nome do elemento

Para realizá-la corretamente, devemos levar em


consideração a natureza do óxido, isto é, se ele é
iônico ou molecular.

Óxidos iônicos

São óxidos que apresentam um metal na sua


constituição, sendo formados, por isso, por ligações
iônicas. Na regra de nomenclatura dos óxidos,
sempre indicamos o NOX do metal, caso ele não
tenha NOX fixo.

Óxido + de +nome do elemento+ algarismo romano


referente ao NOX

OBS.: Nos metais de NOX fixo (metais


alcalinoterrosos, metais da família do boro, prata e
zinco), os valores são: família IA (NOX = +1), IIA
(NOX = +2), IIIA (NOX = +3) ou os elementos zinco
e prata (NOX = +1).

→ Ag2O

O elemento prata possui NOX fixo +1. Logo, o nome


do composto é óxido de prata.
https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/quimica/nom
enclatura-dos-oxidos.htm

Tipos de Ligação química presente na substância


elementar

Substância química é cada uma das espécies de


matéria que constitui o universo.
As substâncias químicas podem ser classificadas de
duas formas: quanto ao tipo de ligação que as forma
e quanto ao número de elementos químicos que
participam na ligação.

CLASSIFICAÇÃO

Tipo de ligação

Quanto ao tipo de ligação as substâncias são


classificadas em Iônicas, Moleculares ou Metálicas.
As substâncias iônicas têm pelo menos uma ligação
iônica.
Exemplo: NaCl (cloreto de sódio)
NaNO2 (nitrito de sódio)

As substâncias iônicas têm elevados pontos de


ebulição e fusão; muitas delas, ao serem dissolvidas
na água, têm os seus íons separados por ação da
água num processo chamado dissociação iônica;
conduzem corrente elétrica em solução aquosa.

SUBSTÂNCIA QUÍMICA

Substância química é cada uma das espécies de


matéria que constitui o universo.
As substâncias químicas podem ser classificadas de
duas formas: quanto ao tipo de ligação que as forma
e quanto ao número de elementos químicos que
participam na ligação.

CLASSIFICAÇÃO

Tipo de ligação

Quanto ao tipo de ligação as substâncias são


classificadas em Iônicas, Moleculares ou Metálicas.
As substâncias iônicas têm pelo menos uma ligação
iônica.
Exemplo: NaCl (cloreto de sódio)
NaNO2 (nitrito de sódio)

As substâncias iônicas têm elevados pontos de


ebulição e fusão; muitas delas, ao serem dissolvidas
na água, têm os seus íons separados por ação da
água num processo chamado dissociação iônica;
conduzem corrente elétrica em solução aquosa.

Tabela com outros exemplos de substâncias


iônicas:

SUBSTÂNCIA IÔNICA

DESCRIÇÃO
SULFATO DE BÁRIO

USADO EM ESTUDOS DE RAIOS X NO TRATO


GASTRINTESTINAL

ÓXIDO DE CÁLCIO

CAL

CARBONATO DE CÁLCIO

MÁRMORE

ÓXIDO FÉRRICO

FERRUGEM

HIDRÓXIDO DE MAGNÉSIO

ANTIÁCIDO

HIDRÓXIDO DE SÓDIO

SODA CÁUSTICA
As substâncias moleculares são formadas
exclusivamente por ligações covalentes. Em geral,
tem baixa temperatura de ebulição e de fusão. A
maioria delas não conduz eletricidade em solução
aquosa. Formam moléculas.
Exemplos: água (H2O)
amoníaco (NH3)

Tabela com outros exemplos de substâncias


moleculares:

SUBSTÂNCIA MOLECULAR

DESCRIÇÃO

MONÓXIDO DE CARBONO

GÁS VENENOSO RESULTADO DA COMBUSTÃO


INCOMPLETA DA GASOLINA E DO ÁLCOOL

DIÓXIDO DE CARBONO
PRODUTO DA REAÇÃO DE COMBUSTÃO.
ABSORVIDO PELAS PLANTAS PARA UTILIZAR
NA
FOTOSSÍNTESE

ETANOL

INGREDIENTE DE BEBIDAS ALCOÓLICAS E


COMBUSTÍVEL

SACAROSE

AÇÚCAR COMUM

As substâncias metálicas são formadas


exclusivamente por ligações metálicas.
Exemplos: Ferro (Fe), Prata (Ag), Ouro (Au),
Alumínio (Al).

Não encontrei só encontrei defenições .

http://www.soq.com.br/conteudos/ef/substancias/
Item Opcional

Prata é produzido em laboratório por meio de


aceleradores de partículas ou reatores nucleares.

http://engenheirodemateriais.com.br/tag/radioativida
de/

De que forma se encontra na Natureza

A prata tem um elétron s externo, além de um nível


d completo. Apresenta estrutura cristalina cúbica de
empacotamento compacto. Conduz bem a
eletricidade e o calor, e tende a ser pouco reativa. O
íon simples que pode ser encontrado em solução
(além de íons complexos) é Ag2+.
A prata é encontrada na forma de minérios do grupo
dos sulfetos, como Ag2S (argentita), como cloreto
AgCl (cloroarginita) ou como prata nativa. Três
processos de extração estão sendo utilizados:

Atualmente, a maior parte é obtida como subproduto


do cobre, chumbo ou zinco. Pode ser obtida da
lama anódica formada no refino eletrolítico de cobre
e de zinco.
Zinco é usado para extrair a prata do chumbo em
estado de fusão, por extração com solvente, no
processo Parke.
Ouro e prata podem ser extraídos de seus minérios
na forma de ciano complexos solúveis.

Prata é produzido em laboratório por meio de


aceleradores de partículas ou reatores nucleares.

http://engenheirodemateriais.com.br/tag/radioativida
de/

Ponto de Fusão-961,78
Ponto de Ebulição-2162
Tabela periódica do Livro
https://www.tabelaperiodica.org/prata/

De que forma se encontra na Natureza

A prata tem um elétron s externo, além de um nível


d completo. Apresenta estrutura cristalina cúbica de
empacotamento compacto. Conduz bem a
eletricidade e o calor, e tende a ser pouco reativa. O
íon simples que pode ser encontrado em solução
(além de íons complexos) é Ag2+.

A prata é encontrada na forma de minérios do grupo


dos sulfetos, como Ag2S (argentita), como cloreto
AgCl (cloroarginita) ou como prata nativa. Três
processos de extração estão sendo utilizados:

Atualmente, a maior parte é obtida como subproduto


do cobre, chumbo ou zinco. Pode ser obtida da
lama anódica formada no refino eletrolítico de cobre
e de zinco.
Zinco é usado para extrair a prata do chumbo em
estado de fusão, por extração com solvente, no
processo Parke.
Ouro e prata podem ser extraídos de seus minérios
na forma de ciano complexos solúvei

Roentegénio

Existência na Natureza

O Roentgênio é o elemento de número 111 na


tabela periódica, ele é um elemento sintético
descoberto em 1994.
https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/quimica/elem
ento-111-roetgenio.htm

Classificação

Metal

Ponto de Ebulição-Não tem


Ponto de Fusão-Não tem

Tabela Periódica do livro

Estado físico a 25ºC e 1 atm


Não sei nunca encontro

Mondelévio

Existência na Natureza
Elemento químico artificial, sólido e radioativo,
identificado em 1955 por Albert Ghiorso, Bernard G.
Harvey, Gregory R. Choppin, Stanley G. Thompson
e Glenn T. Seaborg na universidade de Berkeley, na
Califórnia. O mendelévio não se encontra na
natureza e se prepara por transmutação nuclear
artificial de um elemento mais ligeiro.

http://www.tabelaperiodica.info/actinidios/elemento_
quimico_mendelevio.htm

Classificação

É metalico, radioativo, transurânico, do grupo dos


actinídeos.

https://www.google.pt/search?rlz=1C1RUCY_pt-
BRPT762PT762&ei=bJUNW76VGcP8sQGhto_ACA
&q=classifica%C3%A7%C3%A3o+do+mendel%C3
%A9vio&oq=classifica%C3%A7%C3%A3o+do+men
del%C3%A9vio&gs_l=psy-
ab.3...5446.14631.0.15054.0.0.0.0.0.0.0.0..0.0....0...
1.1.64.psy-ab..0.0.0....0.J6h5HmSigbA

Ponto de Ebulição-Não tem


Ponto de Fusão-827

Estado físico a 25ºC e 1 atm

Não sei nunca encontro