Вы находитесь на странице: 1из 3

Mecânica e Ondas (2016-2017)

Série de problemas 03
Movimento curvilíneo

1. Uma partícula move-se no plano xy, segundo a lei ~r = 3~ex 6t2~ey (SI). Represente a trajetória
da partícula, num referencial cartesiano ortonormado, no intervalo de tempo [0; 2] s.
2. O vector posição de uma partícula, que se move-se no plano xy, é dado pela expressão ~r =
cos (!t) ~ex +sin (!t) ~ey (SI), sendo ! uma constante. Determine a equação cartesiana da trajectória
da partícula.
x2 + y 2 = 1
3. Uma partícula move-se no plano xy, segundo a lei ~r = 3t2~ex (8t + 1) ~ey (SI). Determine:

(a) a equação da trajéctória;


(b) os vectores velocidade e aceleração;
(c) o vector velocidade média no intervalo de tempo [1; 3] s;
(d) o vector aceleração em função das suas componentes tangencial e normal.
(e) Caracterize o movimento da partícula.
3
(a) : x = 64
(y 2 + 2y + 1)
(b) : ~v = 6t~ex 8~ey ( m s 1 ) ; ~a = 6~ex ( m s 2 )
(c) : 12~ex 8~ey ( m s 1 )
(d) : ~a = p 36t ~e + p 48 ~e
36t2 +64 t 36t2 +64 n
(e) : movimento curvilíneo variado mas não uniformemente
3 2
4. Um ponto material descreve uma circunferência de acordo com a lei s = p t + 2t2 (SI). Calcule o
raio da circunferência, sabendo que a aceleração do ponto material é 16 2 m s quando t = 2 s.
R = 25 m
5. Uma partícula descreve uma trajectória circular de raio 2:5 m. Num dado instante, o vetor aceler-
ação da partícula tem módulo 15:0 m s 2 e faz um ângulo de 30:0 com a direção radial. Calcule
os módulos da velocidade e das componentes, tangencial e normal, da aceleração nesse instante.
an = 13:0 m s 2 , at = 7:5 m s 2 , v = 5:7 m s 1

6. A lei do movimento de uma partícula, que se move no plano xy, é dada pela expressão ~r =
(t3 + t2 ) ~ex + (t2 + t) ~ey (SI). Determine os vetores aceleração tangencial e aceleração normal, em
função dos versores ~ex e ~ey , no instante t = 1 s.
23 1
~at = 17
(5~ex + 3~ey ), ~an = 17
(21~ex 35~ey )
7. Um carro passa por uma lomba existente numa estrada, a qual no seu topo apresenta uma forma
circular de raio 500 m. No momento em que o carro passa no topo da lomba a sua velocidade é
dada por um vetor horizontal de módulo 6:0 m s 1 . Sabendo que o módulo da aceleração tangencial
do carro é 0:30 m s 2 , calcule o módulo e a direção do vetor aceleração do carro quando ele passa
no topo da lomba.
a = 0:309 m s 2 , = 13:5
8. Uma partícula parte da origem no instante t = 0 com uma velocidade inicial cujas componentes
são vx = 20 m s 1 e vy = 15 m s 1 . A partícula move-se no plano xy com aceleração ~a = 4:0~ex
( m s 2 ). Determine:

1
(a) o vetor velocidade da partícula em qualquer instante;
(b) a velocidade e a celeridade da partícula no instante t = 5:0 s;
(c) o ângulo que o vetor velocidade faz com o eixo dos x’s no instante t = 5:0 s.
1
(a) : ~v = [(20 + 4:0t) ~ex 15~ey ] m s
(b) : ~v = (40~ex 15~ey ) m s 1 , j~v j = 43 m s 1

(c) : = 21
9. Um projéctil move-se no plano vertical de acordo com as seguintes equações paramétricas
x = 20t
(SI) :
y = 2 + 10t 5t2
Calcule:
(a) a velocidade inicial do projéctil;
(b) a altura máxima atingida pelo projéctil;
(c) o alcance do projéctil.
10. Um projéctil é disparado com uma velocidade inicial de 15 m s 1 segundo um ângulo de 37 com
a horizontal. Calcule o ângulo que o vetor velocidade da bola faz com a horizontal quando esta
atinge o solo.
11. Num salto em comprimento, um atleta abandona o solo segundo um ângulo de 20 acima the
horizontal com uma velocidade de módulo 11:0 m s 1 . Calcule o comprimento do salto.
d = 7:94 m
12. Uma pedra é atirado do cimo de um edifício segundo uma direção que faz um ângulo de 30 acima
da horizontal. Sabendo que o módulo da velocidade inicial da pedra é 20:0 m s 1 e que a altura
do edifício é 45:0 m, calcule o tempo que a pedra demora a atingir o solo.
t = 4:2 s
13. Um projéctil é disparado com uma velocidade inicial de 20 m s 1 segundo um ângulo com a
horizontal, atingindo um alcance de 20 m. Determine os valores possíveis de para este disparo.
(Na resolução do problema, tome em atenção a seguinte relação sin (2 ) = sin [2 (90 )].)
= 14:67 _ = 75:33
14. Um avião parte de Lisboa com destino a Vila Real, num dia em que o vento sopra de de oeste
com uma velocidade de módulo 50 km h 1 em relação ao solo. A distância entre Lisboa e Vila
Real é 300 km. Determine o módulo e a direção da velocidade que o comandante do avião deve
imprimir ao avião para que a viagem se faça em 1:5 h, tendo em atenção a …gura. Admita que a
velocidade do avião permanece constante durante o percurso.
VAa = 180:4 km h 1 , 16 com a direção norte
N

y Vila Real

W
) 60º E
x

2
15. Um avião A voa para norte a 600 km h 1 em relação ao solo. Um outro avião B desloca-se a
400 km h 1 em relação ao solo segundo uma direcção que faz um ângulo de 60 com a direção do
movimento do avião B. Calcule o módulo da velocidade de A em relação a B.
V~AB = 529 km h 1

16. Uma bola de barro cai do alto de uma torre. Ao chegar próximo do solo roça no vidro lateral
de um carro que se move numa estrada horizontal com uma velocidade de módulo 60 km h 1 em
relação à Terra. A bola deixa uma marca no vidro segundo uma direção de 22 com a vertical.
Calcule o módulo da velocidade da bola em relação à Terra quando esta atinge o carro.
V~BT = 149 km h 1

Оценить