Вы находитесь на странице: 1из 17

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC

CENTRO DE TECNOLOGIA - CT
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA – DEE
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA ANALÓGICA

Relatório da Prática 03
RETIFICADORES MONOFÁSICOS DE MEIA ONDA E ONDA
COMPLETA SEM E COM FILTRO CAPACITIVO

Aluno: Ronald Emanuel Rocha da Fonseca - 404974

Turma: 02A (Quinta-Feira, 14h-16h)

Fortaleza
(02/05/2017)
Sumário

1. Objetivos ...................................................................................................... 3
2. Lista de material usado e circuito montado. .................................................. 4
3. Resultados de simulação e experimentais. ...................................................... 6
4. Questionário ............................................................................................... 10
5. Conclusões.................................................................................................. 16
Referências Bibliográficas ................................................................................. 17

2
1. Objetivos

O objetivo principal desta prática é projeto e analise do funcionamento de uma fonte


de tensão regulada a diodo zener mediante simulação e experimentação.

3
2. Lista de material usado e circuito montado.

2.1.Lista de Especificações e Materiais.

A seguir são apresentadas as seguintes especificações:


 Vrms = 220 [V] [Tensão eficaz aplicada ao primário do transformador];
 Vo = 5,1 [V] [Tensão de saída regulada]; e
 Po = 500 [mW] [Potência na carga].
Para o projeto devem ser tratadas as seguintes considerações:
 fr = 60 [Hz] [Frequência da rede];
 Vs = 12 [V] [Tensão eficaz no secundário];
 Vd = 0,70 [V] [Queda de tensão no diodo];
 ∆VC = 15%.VsMAX [V] [Ondulação no capacitor filtro];
 IzMIN = 10% Iz; [A] [Corrente mínima no zener];
 IzMAX = 60% Iz; [A] [Corrente máxima no zener];
 Dz 1N4733A; [Diodo zener selecionado 5,1V/1W]; e
 D1 1N4007 [Diodo selecionado].
Os instrumentos e os equipamentos utilizados nesta prática são listados a seguir:
 Voltímetro;
 Amperímetro;
 Transformador com ponto central (+12V/+12V);
 Osciloscópio.

4
2.2.Circuito Montado.

Esquemático do Circuito

Figura 1 – Circuito retificador de meia onda com filtro e regulador a ser montado.

Fonte: Obtido pelo autor no ORCAD

Para encontrar os valores de resistência e capacitância adequados para as


condições do circuito foram utilizadas as seguintes equações:

𝑃𝑧
𝐼𝑧𝑚𝑎𝑥 = (1)
𝑉𝑧

𝐼𝑧𝑚𝑎𝑥 (𝑝𝑟𝑜𝑗) = 0,6 ∗ 𝐼𝑧𝑚𝑎𝑥 (2)

𝑉𝑐𝑚𝑎𝑥 = 𝑉𝑠𝑟𝑚𝑠 − 𝑉𝑑 (3)


𝑉𝑐𝑚𝑎𝑥 +𝑉𝑐𝑚𝑖𝑛
𝑉𝑐𝑚𝑒𝑑 = (4)
2

𝐼
𝑟
𝐶 = 𝑓∗∆𝑉 (5)

Da equação (1) tem-se que 𝐼𝑧𝑚𝑎𝑥 = 196𝑚𝐴

Da equação (2) tem-se que 𝐼𝑧𝑚𝑎𝑥 (𝑝𝑟𝑜𝑗) = 117𝑚𝐴

Da equação (3) tem-se que 𝑉𝑐𝑚𝑎𝑥 = 16,27𝑉

Da equação (4) tem-se que 𝑉𝑐𝑚𝑒𝑑 = 14,995𝑉

Da equação (5) tem-se que 𝐶 = 765𝜇𝐹


𝑉𝑅𝑠
E conclui-se que 𝑅𝑠 = 𝐼𝑅𝑠
logo pode se afirmar que Rs = 84,62Ω

5
3. Resultados de simulação e experimentais.

Componentes utilizados:

Tabela 1 – Componentes utilizados para montagem do Circuito.

Componente Valor Utilizado


Resistor 100 Ω
Capacitor 1000 µC
Fonte: Dados obtidos teoricamente pelo autor.

Primeiramente foi realizada uma análise do circuito sem a carga R0.

Figura 2 – Circuito a ser analisado sem a carga R0.

Fonte: Obtida pelo autor no ORCAD.

Figura 3 – sinal 𝐼𝑧 na análise sem carga.

Fonte: Obtida pelo autor no ORCAD.

6
Figura 4 – sinal 𝑉0 na análise sem carga.

Fonte: Obtida pelo autor no ORCAD.

Figura 5 – sinal 𝑉𝑐 na análise sem carga.

Fonte: Obtida pelo autor no ORCAD.

Figura 6 – sinal 𝑉𝑑𝑝𝑖𝑣 na análise sem carga.

Fonte: Obtida pelo autor no ORCAD.

7
Tabela 2 – Valores simulados e experimentais para o circuito sem a carga.

Método de Análise Utilizado


Circuito Retificador Grandeza
Simulado Experimental
IzMED [mA] 102,58 80,9
VoMED [V] 5,11 5,44
∆VC [V] 1,56 1,28
VdPIV [V] 5,11 4,98
Fonte: Dados obtidos pelo autor.

Após essa análise foi inserida novamente a carga R0 para uma nova análise.
Figura 7 – Circuito retificador de meia onda com regulador zener.

Fonte: Obtida pelo autor no ORCAD.

Tabela 3 – Valores Teóricos, simulados e experimentais para o circuito sem a carga.

Io (mA) Ro (Ω) Vo (V) - Teórico Vo (V) - Simulado Vo (V) - Experimental

0 ∞ 5,1 5,11 5,44

10,0 510 5,1 5,11 5,44

30,0 170 5,1 5,11 5,45

50,0 102 5,1 5,10 5,32

70,0 72,9 5,1 5,09 2,8

90,0 56,6 5,1 5,08 2,6

100,0 51 - - -

Fonte: Dados obtidos pelo autor.

8
Na tabela 03 foi analisado somente até a corrente Io=90mA, devido ao cálculo de
Romin que pode ser visto abaixo.

𝑃0 = 0,5𝑊
𝑉𝑜 2
𝑅𝑜𝑚𝑖𝑛 =
𝑃0

Utilizando a condição e equação acima tem-se que o 𝑅𝑜𝑚𝑖𝑛 = 52,02Ω


Para conseguir uma corrente de 100mA teria que Ro ter valor inferior ao 𝑅𝑜𝑚𝑖𝑛 e
isso danificaria o dispositivo devido a potencia suportada.

Após a análise de todos os circuitos e dos dados coletados, pode-se notar uma
pequena discrepância entre os valores obtidos por métodos distintos. Estes podem ter
como motivo arredondamentos realizados na parte teórica e também por não ter sido
considerado as perdas existentes nos componentes de interligação do circuito.

9
4. Questionário
a) Determine a regulação de tensão na carga para os resultados experimentais
e simulados na Tabela 2 e esboce a curva de regulação de tensão na carga em
função do aumento da carga.

Figura 8 – Gráfico da tensão pela resistência com dados simulados.


6

3
Tensão Vo(V)

0
0 100 200 300 400 500 600 700
Resistencia da carga (Ω)

Fonte: Dados obtidos pelo autor

Figura 9 – Gráfico da tensão pela resistência com dados experimentais.


6

3
Tensão Vo(V)

0
0 100 200 300 400 500 600 700

Resistencia da carga (Ω

Fonte: Dados obtidos pelo autor

10
b) A partir dos resultados da Tabela 2 traçar as curvas Vo=f(Io) (simulada e
experimental) e comente a respeito do comportamento gráfico obtido.
Figura 10 – Gráfico da tensão pela corrente Io com dados simulados.
5,115

5,11

5,105

5,1
Tensão Vo (V)

5,095

5,09

5,085

5,08

5,075
0 0,01 0,02 0,03 0,04 0,05 0,06 0,07 0,08 0,09 0,1
Corrente Io (A)

Fonte: Dados obtidos pelo autor

Figura 11 – Gráfico da tensão pela corrente Io com dados experimentais


6

4
Tensão Vo(V)

0
0 0,01 0,02 0,03 0,04 0,05 0,06 0,07 0,08 0,09 0,1
Corrente Io (A)

Fonte: Dados obtidos pelo autor

Tem-se que ao diminuir a carga a corrente que passa por ela é cada vez
maior, porem quanto maior a corrente maior a potência em cima da mesma, tendo
em vista que a carga tem potência data pelo projeto com valor de 0,5W quando a

11
corrente é alta demais essa potência não é mantida e o diodo de zener tem sua
função de regulador alterada.

c) Explique o comportamento do diodo zener na região de ruptura inversa


Tem-se que quando esse dispositivo está reversamente polarizado (ânodo
com um potencial negativo em relação ao cátodo) permite manter uma tensão de
valor constante aos seus terminais, este é o motivo pelo qual ele é aplicado em
circuitos para a regulação da tensão.
O gráfico de funcionamento do zener mostra-nos que, diretamente
polarizado (1º quadrante), ele conduz por volta de 0,7V, como um díodo comum.
Porém, na ruptura (3º quadrante), o diodo zener apresenta um joelho muito
pronunciado, seguido de um aumento de corrente praticamente vertical. A tensão
é praticamente constante, aproximadamente igual a Vz em quase toda a região de
ruptura.

Figura 12 – Gráfico do funcionamento do diodo zener.

Fonte: Google Imagens

d) Analisando o circuito da Figura 2, suponha que o capacitor C seja retirado


do circuito em um dado instante após o circuito ter atingido regime
permanente. Análise e explique o comportamento do circuito para esta
situação imposta fazendo uso de simulação. Apresente as formas de onda de
tensão na carga.
Quando retirado o capacitor o circuito volta a ser um retificador de meia
onda, onde para valores negativos da tensão da fonte não há circulação de corrente
devido ao diodo D1 estar reversamente polarizado, ficando o zener também fora

12
de operação. Quando a tensão da fonte é maior que zero o zener ainda está fora,
pois não tem corrente suficiente, a tensão vai toda para carga.

Figura 13 – Simulação da situação sem capacitor.

Fonte: Obtida pelo autor no ORCAD.

e) Pesquise a respeito do regulador shunt programável TL431.


Este dispositivo é um regulador ajustável de precisão Shunt Zener. Tem
como característica que sua tensão de saída pode ser projetada para qualquer valor
entre 2,5 e 36 V com o auxílio de um divisor de tensão formado por dois resistores.
O TL431 é uma boa escolha para substituir um diodo zener em muitos
projetos devido sua tensão programável

Figura 14 – Circuito com TL431.

Fonte: Google Imagens

13
f) Comente a respeito do comportamento das curvas apresentadas na Figura 3.

Figura 15 – Ondas a serem analisadas.

Fonte: Roteiro da pratica do laboratório de eletrônica analógica UFC.

O primeiro gráfico da figura representa Vc em função do tempo, o seu


traço significa a forma de onda da tensão na saído do capacitor(filtro), dele pode
se concluir que tem variação (ΔVC) de 16.25 até 13.75 V e a tensão média 15 V.

O segundo gráfico da figura representa VRs em função do tempo, esse


resistor é um resistor limitador, ou seja, a tensão antes de ser regulada passa pelo
resistor limitador que consome a máxima potência do circuito.

O terceiro gráfico da figura representa VR0 em função do tempo, tensão


esta que é regulada pelo diodo de zener.

O quarto gráfico representa IR0, esta corrente é a corrente que percorre a


carga durante o funcionamento do circuito.

14
Ao analisar o gráfico pode ser constatado na pratica que a partir do
momento em que a resistência da carga diminui abaixo do valor de R0min, que na
pratica realizada foi de 52,02Ω, o diodo de zener para de regular a tensão pois a
corrente que passará pela carga será muito alta o que irá danificar já que fara
existir uma potência maior que a permitida.

15
5. Conclusões

Tendo em vista os objetivos programados para esta prática, pode-se dizer que
todos foram alcançados com sucesso, foi observado o comportamento dos componentes
que compões um circuito retificador com filtro capacitivo e diodo de zener.

Ficou claro a importância do dimensionamento de Rs para limitar a corrente que


passa pelo diodo zener, pois este dispositivo possui uma corrente mínima para funcionar
e tem um valor de corrente máximo para não queimar.

Após a realização dos cálculos das grandezas específicas e das análises realizadas
no circuito experimental, foi possível constatar que o diodo zener limitou a tensão a 5,1
V na carga até certo limite de resistência R0, abaixo deste limite, R0min, a tensão sofre um
uma queda, pois a corrente que passa pelo diodo zener é menor que a corrente mínima de
zener (Iz < Izmin).

Após esta análise pode-se inferir que a prática foi realizada com êxito e que ficou
claro como empregar este dispositivo na elaboração de um projeto que necessite de um
limitador de tensão.

16
Referências Bibliográficas

[1] OLIVEIRA, D.S; BASCOPÉ, R. P. T. Roteiro de Aulas Práticas Nº 02 – Retificadores


monofásicos de meia onda e onda completa sem e com filtro capacitivo Fortaleza: DEE-
UFC, 2017.

[2] BOYLESTAD, R. L; NASHELSKY, L. Dispositivos Eletrônicos e Teoria de


Circuitos. Editora: Pearson-Prentice Hall, 2004. 8ª Edição.

[3] Newton C. Braga, Regulador Programavel TL431. Disponível em: <


http://www.newtoncbraga.com.br/index.php/banco-de-circuitos/filtros/10599-regulador-
programavel-tl431-cir8116>. Acesso em: 02 de maio de 2017.

17