Вы находитесь на странице: 1из 19

Apostila de Pré-Cálculo - 2013/2

Cı́cero Nachtigall
Conteúdo

1 Exponenciais 1
1.1 Potênciação e radiciação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1
1.2 Função Exponencial . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
1.3 Equações Exponenciais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
1.4 Inequações Exponenciais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
1.5 Exercı́cios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
1.5.1 Respostas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12

Índice Remissivo 13

Bibliografia 15
iv Disciplina de Pré-Cálculo - 0100229 - Prof. Cı́cero Nachtigall
Capı́tulo 1

Exponenciais

1.1 Potênciação e radiciação


Definição 1.1 Dados a ∈ R e n ∈ N, a potência an indica a multiplicação do
número a por ele mesmo tantas vezes quanto indicar o número n, isto é,

an = |a · a ·{z· · · · a}
n vezes

O número a é chamado de base e o número n é chamado de expoente da


potência an .

Definição 1.2 Dados


√ a ∈ R e n ∈ N, a raiz n-ésima de a é igual a b ∈ R, e
escrevemos b = n a, se
bn = a.

O√número a é chamado de radicando e o número n é chamado de ı́ndice da


raiz n a.

Observe que se n é um número par, devemos exigir que a seja um número


não-negativo.
Podemos ampliar a ideia de potencias e raı́zes para expoentes negativos e
fracionários, da seguinte forma:
1
a−n = (potência com expoente negativo)
an
m √
n
an = am (potência com expoente fracionário)
2 Disciplina de Pré-Cálculo - 0100229 - Prof. Cı́cero Nachtigall

Note que, na potência de expoente fracionário, o denominador do expoente


é o ı́ndice da raiz e o numerador é o expoente do radicando.

Daqui para frente, iremos considerar potências da forma ab , onde a > 0,


a ̸= 1 e b ∈ R.
Relembremos as principais propriedades das potências:

Proposição 1.1 Sejam a, b, c ∈ R tais que a > 0 e a ̸= 1. Então:

(i) ab ≥ 0. “Toda potência é um número não negativo”

(ii) a0 = 1. “Qualquer base elevada no expoente 0 é igual a 1”


(iii) a1 = a. “Qualquer base elevada no expoente 1 é igual a própria base”

(iv) ab · ac = ab+c . “Produto de potências de mesma base”


ab
(v) ac = ab−c . “Quociente de potências de mesma base”

(vi) (ab )c = ab·c . “Potência de uma potência”


(vii) ab = ac ⇐⇒ b = c. “Igualdade de potências de mesma base”

(viii) b < c ⇐⇒ ab < ac (se a > 1).

(ix) b ≤ c ⇐⇒ ab ≤ ac (se a > 1).


(x) b < c ⇐⇒ ab > ac (se 0 < a < 1).

(xi) b ≤ c ⇐⇒ ab ≥ ac (se 0 < a < 1).


Exponenciais 3

1.2 Função Exponencial


Definição 1.3 Dado um número real a tal que a > 0 e a = ̸ 1, a função
exponencial de base a é a função, definida em R, que assoscia a cada número
real x o número ax .

Exemplo 1.1 São exemplos de funções exponenciais:


(a) f (x) = 2x
“ função exponencial de base 2 ”
(b) f (x) = 10x
“ função exponencial de base 10 ”
( )x
1
(c) f (x) = “ função exponencial de base 12 ”
2

(d) f (x) = ex “ função exponencial de base e ”

Observação 1.1 Para a função exponencial f (x) = ax temos:


(a) (0, 1) ∈ f . De fato, f (0) = a0 = 1.
(b) (1, a) ∈ f . De fato, f (1) = a1 = a.
(c) D(f ) = R e Im(f ) = R∗+ .

O gráfico de uma função exponencial assume uma das formas abaixo:

a>1 0<a<1
4 Disciplina de Pré-Cálculo - 0100229 - Prof. Cı́cero Nachtigall

Nos Exemplos 1.2 e 1.3 abaixo, a tı́tulo de ilustração, iremos destacar


alguns pontos pertencentes ao gráfico das funções dadas.

Exemplo 1.2 Esboce o gráfico da função f (x) = 2x .


Resolução: Neste caso, temos uma função exponencial de base 2 e, conse-
quentemente, uma função crescente.

x f (x) Ponto
( )
1 1
−3 A −3,
8 ( 8)
1 1
−2 B −2,
4 ( 4)
1 1
−1 C −1,
2 2
0 1 D (0, 1)
1 2 E (1, 2)
2 4 F (2, 4)
3 8 G (3, 8)

( )x
Exemplo 1.3 Esboce o gráfico da função f (x) = 21 .
1
Resolução: Neste caso, temos uma função exponencial de base 2 e, conse-
quentemente, uma função decrescente.

x f (x) Ponto
−3 8 A (−3, 8)
−2 4 B (−2, 4)
−1 2 C (−1, 2)
0 1 D((0, 1))
1 1
1 E 1,
2 ( 2)
1 1
2 F 2,
4 ( 4)
1 1
3 G 3,
8 8
Exponenciais 5

Exemplo 1.4 Esboce o gráfico das seguintes funções exponenciais:

(a) f (x) = 2x+1 (d) f (x) = 2−x (g) f (x) = 2|x|

(b) f (x) = 2x + 1 (e) f (x) = −2x (h) f (x) = 2−|x|

(c) f (x) = 2x+1 − 1 (f) f (x) = −2−x (i) f (x) = |2x |

Resolução:
6 Disciplina de Pré-Cálculo - 0100229 - Prof. Cı́cero Nachtigall

1.3 Equações Exponenciais


Definição 1.4 Toda equação que contém a incógnita no expoente é denomi-
nada equação exponencial.

Exemplo 1.5 São exemplos de equações exponenciais:



3x = 81, ( 2)x = 0, 25, 2x −2x = 8, 5|x|−3 = 1, 9x − 4 · 3x + 3 = 0
2

( )|x2 +4x−1|
1
= 0, 0625, 2x−2 + 2x−1 + 2x + 2x+1 + 2x+2 = 124
2
√ √ √
33x−2 − 9x−2 34x−10 = 0
2x 4 x

Vejamos alguns exemplos:

Exemplo 1.6 Resolva a equações


√ exponenciais
(a) 3x = 81 (b) ( 2)x = 0, 25
Resolução: Escrevendo ambos os lados como potências de uma mesma base
obtemos:
(a) 3x = 81 =⇒ 3x = 34 =⇒ x = 4 =⇒ S = {4}.
√ x
(b) ( 2)x = 0, 25 =⇒ 2 2 = 2−2 =⇒ = −2 =⇒ x = −4 =⇒ S = {−4}.
x

2
Exemplo 1.7 Resolva a equações exponenciais
(a) 2x −2x = 8 (b) 5|x|−3 = 1
2

Resolução: Escrevendo ambos os lados como potências de uma mesma base


obtemos:
(a) 2x −2x = 8 =⇒ 2x −2x = 23 =⇒ x2 − 2x − 3 = 0 =⇒ S = {−1, 3}.
2 2

|x|−3 |x|−3
(b) 5 = 1 =⇒ 5 = 50 =⇒ |x| − 3 = 0 =⇒ S = {−3, 3}.

Exemplo 1.8 Resolva a equação exponencial


9x − 4 · 3x + 3 = 0.
Resolução: Note que esta equação exponencial dada pode ser reescrita da
segunite maneira:
(3x )2 − 4 · 3x + 3 = 0.
Fazendo 3x = y temos
y 2 − 4y + 3 = 0 =⇒ y = 1 ou y = 3.

Se y = 1 temos 3x = 1 e portanto x = 0.
Se y = 1 temos 3x = 3 e portanto x = 1.
Consequentemente, temos S = {0, 1}.
Exponenciais 7

Exemplo 1.9 Resolva a equação exponencial


( )|x2 +4x−1|
1
= 0, 0625.
2
Resolução: Igualando as bases temos
( )|x2 +4x−1| ( )|x2 +4x−1| ( )|x2 +4x−1| ( )4
1 1 625 1 1
= 0, 0625 =⇒ = =⇒ = .
2 2 10000 2 2
Desta forma, temos

|x2 + 4x − 1| = 4 =⇒ x2 + 4x − 1 = 4 ou x2 + 4x − 1 = −4.

Se x2 + 4x − 1 = 4 temos x2 + 4x − 5 = 0, ou seja, x = −5 ou x = 1.
Se x2 + 4x − 1 = −4 temos x2 + 4x + 3 = 0, ou seja, x = −3 ou x = −1.
Consequentemente, S = {−5, −3, −1, 1}.

Exemplo 1.10 Resolva a equação exponencial

2x−2 + 2x−1 + 2x + 2x+1 + 2x+2 = 124.

Resolução: Reescrevendo a equação acima, temos


2x 2x
2x−2 + 2x−1 + 2x + 2x+1 + 2x+2 = 124 =⇒
+ + 2x + 2 · 2x + 4 · 2x = 124
4 2
( ) ( )
1 1 31
=⇒ + + 1 + 2 + 4 2x = 124 =⇒ 2x = 124 =⇒ 2x = 16 =⇒ x = 4.
4 2 4
Consequentemente, S = {4}.

Exemplo 1.11 Resolva a equação exponencial


√ √ √
33x−2 − 9x−2 34x−10 = 0.
2x 4 x

Resolução: Reescrevendo a equação acima, temos


3x−2 x−2 4x−10 3x − 2 x − 2 4x − 10
3 2x =3 2 ·3 x =⇒ = +
2x 2 x
3x − 2 − x(x − 2) − 2(4x − 10)
=⇒ = 0 =⇒ x2 + 3x − 18 = 0.
2x
Consequentemente, S = {−6, 3}.
8 Disciplina de Pré-Cálculo - 0100229 - Prof. Cı́cero Nachtigall

1.4 Inequações Exponenciais


Definição 1.5 Toda inequação que contém a incógnita no expoente é deno-
minada inequação exponencial.

Exemplo 1.12 São exemplos de inequações exponenciais:


( )x+1 ( )x2 −6
1 1 3 16 1
5 ≤ 125,
x
< , ≥ , > 0, 2
3 9 4 9 5|2x+1|

7 < 7|x+1| ≤ 343, 4x − 10 · 2x + 16 ≤ 0

A Proposição 1.2 abaixo será utilizada na resolução de inequações expo-


nenciais:

Proposição 1.2 Sejam a um real positivo tal que a ̸= 1 e sejam dadas as


funções reais f : R −→ R e g : R −→ R.
Se a > 1 então
af (x) < ag(x) ⇐⇒ f (x) < g(x); “a desigualdade se mantém”
Se 0 < a < 1 então
af (x) < ag(x) ⇐⇒ f (x) > g(x). “a desigualdade se inverte”

Resultados análogos valem para as desigualdades “>”, “≤” e “≥”.


Demonstração: Consideremos a função auxiliar

h : R −→ R
x 7−→ ax .

Se a > 1, sabemos que h é uma função crescente e portanto

f (x) < g(x) ⇐⇒ h(f (x)) < h(g(x)) ⇐⇒ af (x) < ag(x) .

Se 0 < a < 1, sabemos que h é uma função decrescente e portanto

f (x) < g(x) ⇐⇒ h(f (x)) > h(g(x)) ⇐⇒ af (x) > ag(x)

e isto demonstra a proposição. 

Exemplo 1.13 Resolva as inequações exponenciais:


( )x+1 ( )x2 −6
1 1 3 16
(a) 5 ≤ 125
x
(b) < (c) ≥
3 9 4 9
Resolução: Igualando as bases e utilizando a Proposição 1.2, obtemos:
Exponenciais 9

(a) 5x ≤ 125 =⇒ 5x ≤ 53 =⇒ x ≤ 3 =⇒ S = (−∞, 3].


( )x+1 ( )x+1 ( )2
1 1 1 1
(b) < =⇒ < =⇒ x + 1 > 2 =⇒ S = [1, +∞).
3 9 3 3
( )x2 −6 ( )x2 −6 ( )−2
3 16 3 3
(c) ≥ =⇒ ≥ =⇒ x2 − 6 ≤ −2 =⇒ x2 − 4 ≤ 0.
4 9 4 4
Consequentemente, temos S = [−2, 2].

Exemplo 1.14 Resolva as inequações exponenciais:


1 √
(a) |2x+1| > 0, 2 (b) 7 < 7|x+1| ≤ 343
5
Resolução: Igualando as bases e utilizando a Proposição 1.2, obtemos:
1
(a) |2x+1| > 0, 2 =⇒ 5−|2x+1| > 5−1 =⇒ −|2x + 1| > −1 =⇒ |2x + 1| < 1.
5
Resolvendo a inequação modular |2x + 1| < 1 obtemos S = (−1, 0).
√ 1
(b) 7 < 7|x+1| ≤ 343 =⇒ 7 2 < 7|x+1| ≤ 73 =⇒ < |x + 1| ≤ 3.
1

2
Resolvendo a inequação modular dupla
1
< |x + 1| ≤ 3
2
obtemos S = [−4, − 32 ) ∪ (− 12 , 2].

Exemplo 1.15 Resolva a inequação exponencial

4x − 10 · 2x + 16 ≤ 0

Resolução: Note que esta equação exponencial dada pode ser reescrita da
segunite maneira:
(2x )2 − 10 · 2x + 16 ≤ 0.
Fazendo 2x = y temos

y 2 −10y+16 ≤ 0 =⇒ 2 ≤ y ≤ 8 =⇒ 2 ≤ 2x ≤ 8 =⇒ 2 ≤ 2x ≤ 23 =⇒ 1 ≤ x ≤ 3.

Consequentemente, temos S = [1, 3].


10 Disciplina de Pré-Cálculo - 0100229 - Prof. Cı́cero Nachtigall

1.5 Exercı́cios
1. Esboce o gráfico das seguintes funções exponenciais:

(a) f (x) = 3x (e) f (x) = 3x + 1 (i) f (x) = 31−x − 2

(b) f (x) = 3−x (f) f (x) = 3x−2 (j) f (x) = 3|x|

(c) f (x) = −3x (g) f (x) = 3x+2 (k) f (x) = 3|x−2|

(d) f (x) = −3x + 2 (h) f (x) = 2 · 3x − 1 (l) f (x) = |3x − 2|

2. Esboce o gráfico das seguintes funções exponenciais:



(a) f (x) = ex (b) f (x) = e−2 · ex (c) f (x) = e|x| − 2

3. Resolva as seguintes equações exponenciais:

(a) 3x = 81 (c) 9x−1 = 3 (e) 3−x = 1


243

(b) 52x+1 = 125 (d) ( 3 4)x = 8 (f) 1002x = 0, 000001

4. Resolva as seguintes equações exponenciais:


(e) 5|x|−2 = 0, 2
2
(a) e2x +3x−1
=e

−2x−3 (f) 3x−1 − 3x + 3x+1 + 3x+2 = 306


2
(b) 3x =1

(c) 27x
2
−x
= 9x+1 (g) 4x + 4 = 5 · 2x

(d) (4x+1 )x−1 = 2x


2
+x+4 (h) 162x+3 − 162x+1 = 28x+12 − 26x+5

5. Resolva as seguintes inequações exponenciais:


( )x+4 √
2 2
(a) 2x < 32 (e) ≤
9 3
(b) 4x ≥ 8 √
(f) (0, 008)x > 3 25
1
(c) 2x < √ 1
8 (g) ( 5 25)x > √4
( )x 125
1 1
(d) ≤
3 27 (h) (0, 1)3−4x ≤ 0, 0001
Exponenciais 11

6. Resolva as seguintes inequações exponenciais:


(a) π 3x−4 ≥ 1 (e) 27 < 3x ≤ 243
2
−5x+6
(b) 2x <4 (f) 4 < 8|x| < 32
( )x2 +5x−2
2 9
(c) ≤ (g) 4x − 6 · 2x + 8 < 0
3 4

1 (h) 32x − 3x+1 > 3x − 3


(d) π (x−3)(x+2) − ≤0
π4
12 Disciplina de Pré-Cálculo - 0100229 - Prof. Cı́cero Nachtigall

1.5.1 Respostas
1. Gráficos
Exponenciais 13

2. Gráficos

{3}
3. (a) S = {4} (c) S = 2 (e) S = {5}
{9}
(b) S = {1} (d) S = 2 (f) S = {− 32 }
{ }
4. (a) S = −2, 12 (c) S = {3, −2} (e) S = {−1, 1} (g) S = {0, 2}
{ } {1}
(b) S = {−1, 3} (d) S = 2, − 13 (f) S = {3} (h) S = 2
[ )
7
5. (a) S = (−∞, 5) (e) S = − , +∞
2
[ ) ( )
3 2
(b) S = , +∞ (f) S = −∞, −
2 9
( )
15
(c) S = (−∞, −3) (g) S = − , +∞
8
( ]
1
(d) S = [3, +∞) (h) S = −∞, −
4
[ )
4
6. (a) S = , +∞ (e) S = (3, 5]
3 ( ) ( )
5 2 2 5
(b) S = (1, 4) (f) S = − , − ∪ ,
3 3 3 3
(c) S = (−∞ − 5] ∪ [0 + ∞) (g) S = (1, 2)

(d) S = [−1, 2] (h) S = (−∞, 0) ∪ (1, +∞)


14 Disciplina de Pré-Cálculo - 0100229 - Prof. Cı́cero Nachtigall
Bibliografia

[1] IEZZI, Gelson, Fundamentos de Matemática Elementar - Vol 1, São


Paulo, Editora Atual, 1985.

[2] IEZZI, Gelson, et all, Fundamentos de Matemática Elementar - Vol


2, São Paulo, Editora Atual, 1985.

[3] IEZZI, Gelson, Fundamentos de Matemática Elementar - Vol. 3, São


Paulo, Editora Atual, 1985.

[4] SAFIER, Fred, Pré-Cálculo - Coleção Schaum, Porto Alegre, Book-


man, 2011.

[5] DEMANA, Franklin, et all, Pré-Cálculo, São Paulo, Pearson, 2009.


[6] ANTON, Horward, et all, Cálculo - Vol 1, São Paulo, Bookman,
2007.
[7] LEITHOLD, Louis. O Cálculo com Geometria Analı́tica - Vol 1, São
Paulo, Harbra, 1990.