You are on page 1of 4

HABILIDADES DO ADMINISTRADOR

Administração é o processo de consecução dos objetivos organizacionais de


uma maneira eficiente, eficaz e efetiva. A administração possui quatro funções:

PLANEJAMENTO ORGANIZAÇÃO LIDERANÇA CONTROLE


Processo onde se Estagio onde se É onde cria uma Consiste em
define objetivos para o aplica a distribuição cultura e valores controlar o
melhor desempenho da de tarefas e reflete compartilhados, trabalho daqueles
organização e quais são como a empresa possibilitando assim pelos quais um
as tarefas e os recursos procura se o Líder motivar os gerente é
necessários para atingir estruturar diante do colaboradores a responsável.
os objetivos desejados. plano proposto. alcançar os resultados
esperados.

Quadro 1 – Funções da Administração

Para alguns estudiosos as habilidades humanas são um conjunto de fatores. “A


Habilidade Humana, refere-se aos esforços, aptidões, capacidade para criar uma atmosfera de
segurança e cooperação entre as pessoas em prol de um alcance comum” (ARAÚJO, 2007, p.
12). E é o papel do administrador saber como usar o conjunto das habilidades. “O
administrador trabalha com pessoas e equipes e faz uso delas para conseguir resultados
através da liderança, comunicação, motivação e na construção de talentos” (CHIAVENATO,
2007, p. 70).
Segundo Robert L. Katz, o sucesso do administrador depende mais do seu
desempenho e da maneira como lida com as pessoas e situações do que de seus traços
particulares de personalidade. Depende daquilo que ele consegue fazer e não daquilo que ele
é. Esse desempenho é resultado de certas habilidades que o administrador possui e utiliza.
Dentre elas estão: as habilidades técnicas, as habilidades humanas e as habilidades
conceituais.
HISTÓRIA DA ADMINISTRAÇÃO

Desde que o homem começou a viver em grandes grupos, a necessidade de


organização e controle ficou mais evidente. Do Egito Antigo até meados da Revolução
Industrial, apareceram varias teorias e pensamentos sobre o que é administrar.
Mas quando a Teoria da Administração surgiu através dos pensamentos de dois
engenheiros que publicaram suas teses, a história da evolução da Administração ganhou
outros aspectos. Um deles era Taylor (considerado como o pai da Administração), ele era
norte- americano e desenvolveu a “Escola da Administração Científica”, com a intenção de
aumentar a eficiência da indústria por meio da racionalização do Trabalho dos Operários. E o
outro era Henri Fayol, nascido na Grécia (?) mais criado na França, Fayol ficou o seu trabalho
na estrutura da organização e que ela era primordial para o bom funcionamento da empresa,
formando assim a “Escola Clássica da Administração”
Para Taylor, a administração tinha que ser tratada como ciência e tinha como
objetivo, acelerar o processo produtivo, produzindo mais em menos tempo. Sua teoria
contribuiu com benefícios para os trabalhadores e empregadores, bem como:

TRABALHADORES:

 Os salários chegaram a atingir o dobro de antes.


 Os funcionários passaram a se sentir mais valorizados.
 O tempo de trabalho foi reduzido.
 Dias de descansos foram concedidos aos trabalhadores.

EMPREGADORES:

 Aumentou a qualidade dos produtos.


 Ambiente de trabalho mais agradável.
 Redução de custos extraordinários dentro do processo produtivo.

A abordagem taylorista era centrada sobre o posto de trabalho e partia da


premissa de que se cada trabalhador isoladamente estivesse operando com o máximo de
eficiência, a produtividade da empresa seria também maximizada.
CONSIDERAÇÕES FINAIS

A partir destas idéias apresentadas no desenvolvimento da pesquisa, a Teoria


Geral da Administração (TGA) passou a ser mais estudada, pois aos poucos foi se expandindo
e ampliando os objetivos de estudos. Tudo começou como uma teoria pouco preocupada nos
aspectos e variáveis que existia dentro das organizações, dando ênfase apenas nos problemas
mais imediatos e concretos que a organização tinha em determinado momento.
Sendo assim, a administração é o processo de planejar, organizar, liderar e
controlar o trabalho dos membros de uma organização e utilizar todos os recursos
organizacionais disponíveis para alcançar objetivos traçados pela própria organização.
O administrador precisa também reunir diferentes recursos e competências para
transformá-los em resultados concretos. Na verdade, administração é a melhor maneira de
alcançar resultados é fazer acontecer.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CARAVANTES, B. Claudia; CARAVANTES, R. Geraldo; KLOECKNER, C. Monica.


Teorias da Administração / Processos Administrativos. Programa Livro Texto nº 85.

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração. Rio de Janeiro:


Elsevier, 2003.

Henrique, Fábio. As Habilidades do Administrador. Disponível em:


<http://pt.shvoong.com/books/1776282-habilidades-administrador/#ixzz1VrfWkttU>.
Acessado em: 23 de agosto de 2011 às 12h03min.

Modelos de Gestão: Qualidade e Produtividade. Historicizando brevemente: da


administração empresarial à gestão democrática. Disponível em:
<http://www2.videolivraria.com.br/pdfs/14857.pdf>. Acessado em: 23 de agosto de 2011 às
16h25min.

TAYLOR, Frederick W. Princípios da administração científica. São Paulo: Editora Atlas


S.A., 1995.