You are on page 1of 68

Revista em quadrinhos institucional - Distribuição Gratuita

JUSTIÇA
CARTILHA DA

em quadrinhos
www.amb.com.br/cje

Contatos AMB
+55 (61) 2103.9000
www.amb.com.br
SCN - Bl. D - Torre B - Conjunto 1302
Centro Empresarial Liberty Mall
CEP.: 70.712-903 - Brasília/DF

02
Prezados (as) parceiros (as),

Idealizamos a revista Cidadania e Justiça na Escola para promover um contato direto entre
os estudantes e professores do ensino fundamental com o Poder Judiciário a fim de levar
noções de Cidadania e Justiça. A linguagem é simples, com ilustrações infantis e lúdicas,
adequada para todas as idades e graus de escolaridade. Esta sétima edição traz algumas
novidades como a personagem deusa Têmis, que vai interagir com o conhecido Brasilzinho, e
alguns temas que remetem, hoje, diretamente ao nosso dia a dia.

Acreditamos que a informação é o primeiro passo para a quebra do preconceito. Por isso,
não deixamos de abordar o bullying, a lei Maria da Penha, o meio ambiente, as relações ho-
moafetivas, alienação parental, guarda compartilhada e a Justiça Restaurativa.

A magistratura nacional está preocupada com os rumos da educação no país e quer con-
tribuir por meio desse projeto, sucesso absoluto de público há mais de uma década. A revista
pretende despertar nos leitores a vontade de conhecer melhor os seus direitos e deveres,
capacitando todos ao exercício da cidadania e respeito aos princípios e normas, que dão con-
teúdo ao nosso ordenamento jurídico, frutos de uma Constituição Cidadã.

Desde a criação do programa em 1992, mais de 13 milhões de estudantes de escolas públi-


cas sabem como funcionam as atividades e órgãos do Poder Judiciário. Esperamos que esse
número aumente cada vez mais, assim como o conhecimento dos futuros leitores.

João Ricardo Costa


Presidente da AMB

Nartir Dantas Weber


Coordenadora da Revista

03
AMB, do
co ns tat aç ão , pelos dirigentes da
la surgi u da do Poder
Pro gra ma Cid ad an ia e Justiça na Esco da s atr ib uiç õe s e do funcionamento
O populaç ão r não conhecê-la.
da maior parte da distante da Justiça po
desconhecimento cie da de se nti a- se
Ou seja, a so
Judiciário brasileiro.
sobre seus
et iv os tam bé m se us pa is e responsáveis -
O bj
sores e alunos - alc
ançand o namento do
nti za r pr of es or ma nd o a estrutura e o funcio
Co ns cie ercê-lo s, inf isdicionais.
re ito s e de ve re s, mostrando como ex ns or ia Pú bl ica e do s demais serviços jur
di Defe
Ministério Público, da
Poder Judiciário, do
e o desen-
nv ol vi m en to ist e em or ga nizar o cronograma
De se ETAPA co ns e difundir a
o qu atr o et ap as básicas: a PRIMEIRA e su pe rvi so re s de ensino nas escolas
Sã retores
rama, motivar os di Cartilha da Justiça em
quadrinhos.
volvimento do prog da di str ib uiç ão da
por meio
iniciativa aos alunos, ores, defen-
ze s e pa rc eir os (a dvogados, promot
dos juí der Judiciário.
consiste em visitas sores a órgãos do Po
A SEGUNDA ETAPA de alu no s e pr of es
escolas e
sores públicos...) às
s ensinamentos
pr od uç ão cutlural com base no
antes dão iní cio à ursos promovi-
Em seguida, os estud po ste rio r pa rticipação em conc
e nas visita s pa ra , dentre outras
da Cartilha da Justiça ap re se nta çõ es teatrais, musicais
São realiza da s . A elaboração
dos pelas escolas. o mo str ar sobre o aprendizado
que os alu no s vã do programa.
atividades ar tísticas rig ató ria . Es sa é a TERCEIRA ETAPA
ividual é ob
de um relatório ind
cultural e
es tu da nt es ap re sentam a produção
Por último, os
recebem prêmios.
ós avaliação
o do pr og ram a é feita anualmente ap
A realimentaçã
squisa.
de formulários de pe
b.com.br
es po de m se r ob tidas no site www.am
Mais infor maçõ

04
SUMÁRIO CARTILHA DA
em quadrinhos
JUSTIÇA

Capítulo Pg. Capítulo Pg.

........................................................ 06 PARTE 13 - ATIVISMO JUDICIAL .......... 40

- A JUSTIÇA FAZ PARTE ATIVIDADES 6 ................................................ 42


DOS TRÊS PODERES ........... 07
PARTE 14 - NOSSOS DIREITOS ............ 43
ATIVIDADES 1 .................................................... 10

ATIVIDADES 7 ................................................. 52
- O JUIZ DE DIREITO ............. 1 1
PARTE 15 - OS DEVERES DO
- OS DIFERENTES TIPOS
CIDADÃO ................................ 53
DE JUÍZES ............................... 15
PARTE 16 - A JUSTIÇA E O
ATIVIDADES 2 .................................................. 18 MEIO AMBIENTE ................... 55

PARTE 4 - O PROMOTOR DE
ATIVIDADES 8 ................................................. 57
JUSTIÇA ................................... 19

PARTE 17 CIDADANIA E JUSTIÇA


ATIVIDADES 3 ................................................ 22
NA ESCOLA ......................... 58
- A JUSTIÇA E A POLÍCIA.... 23
EPÍLOGO .......................................................... 60

- O JUIZADO ESPECIAL ....... 26


GLOSSÁRIO .................................................... 6 1

ATIVIDADES 4 .................................................. 28
ATIVIDADES 9 ................................................ 62

PARTE 7 - O ADVOGADO E A
DEFENSORIA PÚBLICA ........ 29

PARTE 8 - A MOROSIDADE DA
JUSTIÇA ................................... 32

ATIVIDADES 5 .................................................. 34

- JUSTIÇA RESTAURATIVA.... 35

- A CONCILIAÇÃO .................... 36

- A MEDIAÇÃO ............................ 37

- QUANDO A DECISÃO
NÃO AGRADA ...................... 39

05
06
CARTILHA DA
JUSTIÇA
PARTE 1

c 2015 AMB/Marcos Vaz Produções - Todos os direitos reservados. 07


08
09
Atividades do 1

RELACIONE OS DIFERENTES TIPOS DE MAGISTRADOS


AOS SEUS RESPECTIVOS LOCAIS DE TRABALHO.
1 JUÍZES A MINISTROS B DESEMBARGADORES C

1. TRIBUNAIS ESTADUAIS DO
TRABALHO OU FEDERAIS 2. COMARCAS OU
VARAS 3. TRIBUNAIS
SUPERIORES

,I
I R C JA 2
DESEMBARALHANDO
ESSAS LETRAS,
VOCÊ VAI DESCOBRIR

U O I D
UM DOS TRÊS
PODERES QUE
FORMAM O
GOVERNO E QUE
GARANTE OS
NOSSOS DIREITOS.

COLOCANDO
AS PEDRAS
DO DOMINÓ
EM ORDEM
CRESCENTE
VOCÊ VAI
DESCOBRIR
O NOME DOS
DOIS OUTROS
PODERES
QUE, COM
O PODER
JUDICIÁRIO,
COMPÕEM O
GOVERNO.

10
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

11
12
13
14
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

15
17
Atividades do 2

RELACIONE CADA TIPO DE JUIZ COM O RESPECTIVO TRABALHO QUE


O MAGISTRADO DESEMPENHA NA JUSTIÇA BRASILEIRA.
4

A MINISTROS B JUSTIÇA ESTADUAL C DESEMBARGADORES

d JUSTIÇA FEDERAL E JUSTIÇA ELEITORAL F JUST. DO TRABALHO G JUSTIÇA MILITAR

JULGA, PRINCIPALMENTE, OS CRIMES COMETI- RESOLVE AS QUESTÕES ENTRE PATRÃO E


1 DOS PELOS MILITARES QUANDO EM SERVIÇO.
4 TRABALHADOR (INDENIZAÇÃO, GREVE ETC).

RESOLVE CASOS DE PROPRIEDADE, FAMÍLIA, 5 JUÍZES DOS TRIBUNAIS.


2 CRIANÇAS E ADOLESCENTES, ACIDENTES DE
TRÂNSITO, INVENTÁRIO, DIVÓRCIO DE CASAIS, 6 FAZ ELEIÇÃO E APURA OS VOTOS.
CRIMES, JUIZADOS ESPECIAIS ETC.
7 RESOLVE CRIMES E CAUSAS CONTRA O
3 JUÍZES DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. GOVERNO FEDERAL (APOSENTADORIA,
INSS, FGTS ETC).

DECIFRE A CARTA ENIGMÁTICA E DESCUBRA


QUEM É O GUARDIÃO DA CONSTITUIÇÃO DO BRASIL.
5

18
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

19
20
21
Atividades do 3

VAMOS AJUDAR O BRASILZINHO E O PROMOTOR DE JUSTIÇA


A ENCONTRAREM O CAMINHO MAIS CURTO (SOMA MENOR)
6 PARA CHEGAR ATÉ O CRIME AMBIENTAL DENUNCIADO
PELA INDIAZINHA IRACEMA?

ENQUANTO O PROMOTOR DE JUSTIÇA DEFENDE O NOSSO MEIO AMBIENTE,


ENCONTRE SETE ERROS ENTRE AS DUAS CENAS. E LEMBRE-SE: TODOS
7 DEVEMOS PROTEGER E PRESERVAR O MEIO AMBIENTE EM QUE VIVEMOS!

22
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

23
24
25
c

JUSTIÇA

26
27
Atividades do 4

1 2
8

FAÇA O MESMO
CAMINHO DO
NO
E
DESCUBRA ALGO

DEVE FAZER
QUANDO SE
SENTIR LESADO.

DECIFRE O
CÓDIGO SECRETO,
SUBSTITUINDO
O SÍMBOLO
PELA LETRA
CORRESPONDENTE.
E DESCUBRA ALGO
QUE A TURMA DO
BRASILZINHO JÁ
VIU QUE ACONTECE
NA PRÁTICA.

28
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

29
30
31
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA
33
Atividades do 5

OS AMIGOS DO BRASILZINHO APRENDERAM MUITO SOBRE OS SEUS


DIREITOS, DEPOIS DESSE BATE-PAPO COM A TÊMIS. AGORA ELES
PRECISAM PREENCHER A CRUZADINHA. VAMOS AJUDÁ-LOS?
10

1. JULGA OS CASOS E DECIDE QUEM TEM RAZÃO.

2. É FORMADO POR VÁRIOS JUÍZES.

3. PROBLEMAS DE PEQUENO VALOR SÃO RESOLVIDOS


DE MANEIRA RÁPIDA E DE GRAÇA NO JUIZADO...

4. RECLAMA AO JUIZ EM NOME DO POVO.

5. O PROMOTOR FAZ PARTE DO MINISTÉRIO...

6. NOSSOS DIREITOS ESTÃO GARANTIDOS E ESCRITOS NA...

7. FAZ PARTE DO PODER EXECUTIVO E FOI CRIADA PARA


PROTEGER A POPULAÇÃO.

34
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

35
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

36
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

37
38
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

39
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

40
41
Atividades do 6

VAMOS LEVAR PEDRO E JOÃO A JUSTIÇA RESTAURATIVA


ATÉ O ÁRBITRO QUE VAI BUSCA ESTABELECER O
DECIDIR A CAUSA ENTRE ELES ACORDO ENTRE AS PARTES
11 POR MEIO DA MEDIAÇÃO?
12 EM PAZ, COMO NO QUADRO
ABAIXO. AGORA, ENCONTRA A
ÚNICA PARTE IGUAL À PARTE
EM DESTAQUE.

A B C D E

A B C D

COLOQUE A PRIMEIRA LETRA


DE CADA FIGURA NO QUA-
DRINHO CORRESPONDENTE E
13 PREENCHA A FRASE ABAIXO:

O .................... JUDICIAL DEFENDE A


COLETIVIDADE QUANDO O PODER PÚBLICO
NÃO CUMPRE COM O SEU PAPEL.

42
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

43
44
45
46
47
48
49
50
51
51
Atividades do 7

DECIFRE O ENIGMA ABAIXO E DESCUBRA UMA LIÇÃO QUE


TAMBÉM É MUITO IMPORTANTE QUE SE APRENDA NA ESCOLA.
14

A B C
15

EXISTEM
LEIS QUE
COMPLEMENTAM
A CONSTITUIÇÃO
E BENEFICIAM
A POPULAÇÃO,
ESPECIALMENTE
AS CRIANÇAS. ESTATUTO DA CRIANÇA
VAMOS FAZER 2 D E
E DO ADOLESCENTE.
A RELAÇÃO
ENTRE A LEI E O 3 CÓDIGO DE DEFESA DO
DIREITO POR ELA CONSUMIDOR
GARANTIDO?
LEI DA GUARDA
4 COMPARTILHADA
CLT (CÓDIGO CIVIL)
1 (CONSOLIDAÇÃO
DAS LEIS DO LEI DA ACESSIBILIDADE
TRABALHO)
5 (CÓDIGO CIVIL)

52
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

53
54
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

55
56
Atividades do 8

COMO VOCÊ VIU, EXISTEM DIVERSOS TIPOS DE JUÍZES, CADA UM


PARA RESOLVER UM TIPO DE CASO DIFERENTE, SENDO QUE ALGUNS
CASOS NÃO SÃO RESOLVIDOS POR ELES. VAMOS RELACIONAR OS
16 CASOS ABAIXO COM QUEM PODE RESOLVÊ-LOS?

57
c

CARTILHA DA
JUSTIÇA

58
60
GLOSSÁRIO CARTILHA DA JUSTIÇA
em quadrinhos

APELAÇÃO MANDADO
Recurso utilizado para recorrer da decisão de Deriva da palavra mandato. Significa um mando,
um juiz de 1ª instância, quando o apelante não uma ordem a ser cumprida. Deriva do latim “man-
concorda total ou parcialmente com a decisão datum”, de “mandare”, ou seja, ordernar. No vo-
daquele juiz. Então, o processo sobe para 2ª cabulário jurídico, a palavra mandado é utilizada
instância, Tribunal Civil ou Criminal ou Tribunal de juntamente com termos, como os seguintes:
Justiça conforme o caso. Ao juiz de 2ª instância Mandado de Segurança, Mandado de injunção,
dá-se o nome de desembargador, e o processo Mandado de busca e apreensão, etc..., significan-
é julgado por 3 desembargadores. do sempre uma ordem do juiz a ser cumprida.

COMARCA TÊMIS
Cada divisão administrativa de um estado. Era a deusa grega guardiã dos juramentos dos ho-
mens e da lei, sendo que era costumeiro invocá-
CONSTITUIÇÃO la nos julgamentos perante os magistrados. Por
É o conjunto de normas e princípios fundamen- isso, foi por vezes tida como deusa da Justiça,
tais e norteadores da ordem jurídica de um país. título atribuído na realidade a Dice cuja equiva-
Todas os demais textos jurídicos são submetidos lente romana é a Deusa Justiça.
à Constituição, não podendo contrariar seu con-
teúdo. TRIBUNAL
Corte de Justiça, geralmente de uma Instância su-
CORREGEDORIA perior, destinada a julgar os recursos de proces-
Órgão de controle interno de instituições públi- sos originários de Instância inferior. É composto
cas que realiza correições programadas e ex- por juízes experientes e julga, também, proces-
traordinárias, verificando se os gestores e fun- sos originários no próprio tribunal.
cionários estão seguindo as normas internas das
instituições, promovendo a apuração das pos-
síveis irregularidades praticadas por servidores,
aplicando as penalidades cabíveis.

DESAPROPRIAÇÃO
Ato pelo qual o Poder Público, mediante prévio
procedimento e indenização justa, em razão de
uma necessidade ou utilidade pública, ou ainda
diante do interesse social, despoja alguém de sua
propriedade e a toma para si.

JÚRI
Tribunais em que cidadãos, previamente alista-
dos, decidem em sã consciência e sob juramen-
to, sobre a culpabilidade ou não dos acusados
(réus), acerca de crimes dolosos contra a vida.

MAGISTRADO
Pessoa que recebe poderes da nação ou do
poder central para governar ou distribuir justiça.
Designação geral dos desembargadores, minis-
tros, juízes, administradores e governadores. O
primeiro magistrado da Nação é aquele que de-
tém a mais alta autoridade política e administrativa
da nação, isto é o presidente da República.

61
Atividades do 9

ENQUANTO O BRASILZINHO, A ZEZÉ, O FOSCO E A GRACIOSA PARTICIPAM


DE UMA PEÇA SOBRE A JUSTIÇA, APRESENTADA DURANTE A VISITA
QUE O JUIZ DO JUIZADO ESPECIAL ESTÁ FAZENDO À ESCOLA DELES,
17 ENCONTRE OS SETE ERROS ENTRE AS DUAS CENAS.

QUAL DAS FIGURAS ABAIXO NÃO PERTENCE AO CONJUNTO?

18 B

D
F

C
G
A

62
DESEMBARALHE AS
LETRAS E DESCUBRA
A ALGUNS DIREITOS
19 GARANTIDOS PELA
CONSTITUIÇÃO
A TODOS OS
CIDADÃOS.
B

VAMOS ENCONTRAR NO
MEIO DESSE MONTE DE
LETRINHAS NOVE PALAVRAS
20 RELACIONADAS À JUSTIÇA?
PROCURE NO SENTIDO
HORIZONTAL, VERTICAL
E DIAGONAL.

PROMOTOR
JUIZADO
CONSTITUIÇÃO
DIREITOS
JUIZ
TRIBUNAL
FÓRUM
AUDIÊNCIA
PROCESSO

UMA GAIVOTA A MAIS NA REVOADA, 8 - 16) A-5, B-7, C-1, D-8, E-6, F-2, G-3,
5.BOCA DA GAROTA, 6.FLORES, 7.COR H-9, I-4; ATiViDADES 9 - 17) 1.ÚLTIMA
DA SEGUNDA FAIXA DO ARCO-ÍRIS; BEXIGA, 2.CONSTITUIÇÃO, 3.OLHO DO
ATiViDADES 4 - 8) PROCURE O JUIZA- BRASILZINHO, 4.FAIXA DA JUIZA ZEZÉ,
DO ESPECIAL PARA VER RESPEITADO O 5.BOCA DO FOSCO, 6.BALANÇA DA TÊ-
SEU DIREITO; 9) JUIZADO ESPECIAL: A MIS (DEUSA DA JUSTIÇA) INTERPRETADA
GARANTIA DO VERDADEIRO ACESSO À PELA GRACIOSA, 7.OLHO DO BONECO
ATiViDADES 1 - 1) A-2, B-3, C-1; 2) JU- JUSTIÇA!; ATiViDADES 5 - 10) 1.JUIZ, DA CONSTITUIÇÃO; 18) D (A AMPULHETA
DICIÁRIO; 3) LEGISLATIVO E EXECUTI- 2.TRIBUNAL, 3.ESPECIAL, 4.PROMOTOR, NÃO É RELACIONADA À JUSTIÇA); 19)
VO; ATiViDADES 2 - 4) A-3, B-2, C-5, 5.PÚBLICO, 6.CONSTITUIÇÃO, 7.POLÍCIA; A-MORADIA, B-SEGURANÇA, C-LIBER-
D-7, E-6, F-4, G-1; - 5) SUPREMO TRI- ATiViDADES 6 - 11) CAMINHO D; 12) PAR- DADE, D-IGUALDADE, E-SALÁRIO; 20)
BUNAL FEDERAL; ATiViDADES 3 - 6) A TE C; 13) ATIVISMO (ASA, TIJOLO, IMÃ, HORIZONTAIS: PROMOTOR, TRIBUNAL,
(34); 7) 1.PINTA NO ROSTO DO PROMO- VASO, IOIO, SAPATO, MAÇÃ, OVO); ATi- JUIZ, DIREITOS, FÓRUM, CONSTITUIÇÃO;
TOR, 2.COR DA CAPA DA CONSTITUIÇÃO, ViDADES 7 - 14) CIDADANIA E JUSTIÇA; PROCESSO, AUDIÊNCIA; -
3.A ARARA IARA MUDOU DE LADO, 4.HÁ 15) A-5, B-3, C-2, D-1, E-4; ATiViDADES JUIZADO.

63
Joguinho do
A TRILHA DA JUSTIÇA
QUEM APRENDEU MAIS SOBRE JUSTIÇA E CIDADANIA: CUBRAM QUEM VAI DAR A LARGADA POR MEIO DE
O FOSCO, A ZEZÉ, A IRACEMA OU O BRASILZINHO? SORTEIO, PAR OU ÍMPAR, DOIS OU UM, ENFIM, O QUE
PARA DESCOBRIR, ARRANJE MAIS UM OU DOIS AMI- VOCÊS DECIDIREM. O JOGADOR QUE COMEÇA DEVE
GOS E ESCOLHAM COM QUAL PERSONAGEM CADA UM ENCONTRAR, NO MARCADOR, O NÚMERO DE CASAS
VAI JOGAR. USEM PEDRINHAS, BOTÕES OU GRÃOS QUE PODERÁ CAMINHAR NA TRILHA. SE CAIR NAS CA-
DIFERENTES PARA REPRESENTAR CADA PERSONA- SAS AMARELAS, SIGA SUAS INSTRUÇÕES. GANHA
GEM. A MANEIRA DE JOGAR É MUITO SIMPLES: DES- QUEM CHEGAR PRIMEIRO AO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

1 2

PARTIDA
VOCÊ ESCOLHEU COMO MEDIADOR UM JUIZ
LEIGO, QUE É AUXILIAR DO JUIZ TOGADO
JOGUE OUTRA VEZ

26 23 22 21 20
25 24
PROCUROU O JUIZADO ESPECIAL
PARA VER GARANTIDO O SEU DIREITO

27 VOCÊ SABE DE UMA


A ASSISTÊNCIA JURÍDICA GRATUITA
AVANCE À CASA 27

CRIANÇA FORA DA
ESCOLA PORQUE ESTÁ
TRABALHANDO E NÃO

34 35
FEZ A DENÚNCIA

28 VOLTE À PARTIDA

33
29 32 VOCÊ LÊ A
CONSTITUIÇÃO,
RESPEITA

31 E CUMPRE
AS LEIS

30 DO PAÍS
JOGUE
NOVAMENTE

64
PARA USAR O MARCADOR PANCADA QUE SE
DE PONTOS VOCÊ VAI PRE- DÁ COM A CABEÇA DO DEDO
CISAR DE UM LÁPIS E DE MÉDIO APOIADA SOBRE O PO-
UM CLIPE. FIXE A PONTA DO LEGAR E SOLTANDO-SE COM
LÁPIS NO CENTRO DO MAR- FORÇA.
CADOR PRENDENDO O CLI-
PE. DEPOIS, SEGURE O LÁ-
PIS COM UMA MÃO E COM
A OUTRA DÊ UM PIPAROTE
NO CLIPE. ONDE ELE PARAR,
ESTARÁ INDICADO O NÚME-
RO DE CASAS QUE O JOGA-
DOR DA VEZ DEVE AVANÇAR.

QUANDO O JUIZ NÃO CUMPRE O JUIZ OBEDECE


O QUE DIZ A LEI, PODE SER A CONSTITUIÇÃO
FISCALIZADO PELA CORRE- AVANCE CONSTITUIÇÃO
GEDORIA E PELO CNJ. CINCO CASAS

3 4
FIQUE UMA VEZ
SEM JOGAR

10
5 9
ESQUECEU
QUE O 6 8
PROMOTOR É
RESPONSÁVEL 7
PELA DEFESA DA
CONSTITUIÇÃO
VOLTE QUATRO
11
CASAS

19 18 17 13 12
16
15 14
APRENDEU QUE O
TRIBUNAL É FOR-
MADO POR VÁRIOS
DESEMBARGADORES
JOGUE
NOVAMENTE

36 37 CHEGADA
38

VOCÊ OFENDEU
UM AMIGUINHO
PELA INTERNET.
O QUE É UM
CRIME VIRTUAL
FIQUE UMA VEZ
SEM JOGAR

65
66
EXPEDIENTE CARTILHA DA JUSTIÇA
em quadrinhos

Realização Comissão de Estudo e Pesquisa - Produção


edição original 1992 Marcos Vaz Produções Ltda.
Des. Régis Fernandes de Oliveira (SP)
Coordenador Criação, edição, roteiro,
Des. Osvaldo Stefanello (RS) argumento e desenhos
Ministro Paulo Gallotti (SC) Cartunista Marcos Vaz
Juiz Roberto Portugal Bacellar (PR)
AMB - Associação dos Magistrados Juiz Ivanildo da Cunha Andrade (PE) Arte-final e balões
Brasileiros Rodrigo Faccio
Contato com a AMB
Presidente +55 (61) 2103 9000 Cores, efeitos e balões
João Ricardo dos Santos Costa www.amb.com.br Gustavo Urbanski
cje@amb.com.br
Comissão de Estudo, Pesquisa Assistente de Cores
e Divulgação - edição 2015 SCN - QD 02 - BL D - Torre B
Conjunto 1302 Anderson Calixto
VIce-presidente de Integração e
Coordenadora da Elaboração desta Centro Empresarial Liberty Mall
Edição da Cartilha da Justiça CEP.: 70712-903 - Brasília - DF Sites
Nartir Weber www.brasilzinho.com.br
Novas edições blog.marcosvaz.com.br
Diretor–presidente da ENM A reprodução da Cartilha da Justiça em www.marcosvaz.com.br
Cláudio dell’Orto
quadrinhos só é permitida às associações
estaduais que a entidade congrega. Contatos
Vice-presidente Institucional
Sérgio Junkes +55 (44) 3622 7774
Informação contato@marcosvaz.com.br
Vice-presidente de Comunicação A comissão esclarece que, após pes- cartunistamarcosvaz@hotmail.com
Gil Guerra quisa de campo e buscando melhor
comunicação, substituiu algumas ex- Direitos Autorais
Vice-presidente Cultural pressões técnicas por outras de fácil c Os personagens da Turma do Bra Bra-
Maria de Fátima Oliveira silzinho são criações do cartunista
compreensão, como, por exemplo,
Secretário-geral Adjunto “Estado” por “Governo”, “registro de Marcos Vaz, proprietário dos Direitos
Alexandre Abreu ocorrência” por “dar parte ou queixa”. Autorais.

Diretores da Secretaria da
Vice-presidência de Integração
Alberto Raimundo dos Santos
juiz TJBA

Eduardo Barreto
juiz TJBA

Maria de Lourdes Medauar


desembargadora TJBA

Colaboradores da AMB
Renata Brandão – Coordenadora de
Comunicação

Lucinalva Santos – Analista de Projetos

Jean Vandre - Gerente de Informática

Marconi Martins – Designer Gráfico

Thiago Pinheiro – Desenvolvedor de


Sistemas
67
Criança que brinca
de fazer Justiça
aprende que Justiça
não é brincadeira.

Realização: