Вы находитесь на странице: 1из 5

EXERCICIOS – TRANSMISSÃO/ADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕES

1) Sobre a transmissão das obrigações, assinale a correta:

a) Na cessão de crédito o cedente não responde pela solvência do devedor, salvo


estipulação em contrário.
b) Na cessão de crédito não se abrangem os seus acessórios, salvo disposição em
contrário.
c) Na assunção de dívida, o novo devedor pode opor ao credor as exceções
pessoais que competiam ao devedor primitivo.
d) O cessionário somente poderá exercer os atos conservatórios do direito após o
conhecimento da cessão de crédito pelo devedor.

2) Uma obrigação foi extinta em virtude da constituição de uma nova obrigação —


com novo devedor — que ocupou o lugar da primeira.

Nesse caso,
a) a nova obrigação será inválida se o débito primitivo estiver sujeito a termo.
b) a nova obrigação representará renúncia a sua invocação se estiver prescrito o
débito primitivo.
c) será lícito ao novo devedor alegar as exceções que beneficiariam o devedor
anterior.
d) a dívida será satisfeita pelo devedor primitivo em caso de insolvência do novo
devedor.
e) a exigência do primeiro débito ficará suspensa até a extinção da dívida atual.

3) Pedro, com o objetivo de pagar uma dívida que possuía com Roberto, cedeu-lhe,
de forma onerosa, crédito vincendo que tinha a receber de Carlos,
responsabilizando-se somente pela existência do referido crédito. Na data do
vencimento da dívida, Roberto descobriu que Carlos era insolvente.

Nessa situação hipotética, a dívida que Pedro tinha com Roberto


a) não estará extinta, pois Pedro assumiu a obrigação de garantir a existência do
crédito.
b) estará quitada, pois o crédito foi cedido em caráter pro soluto.
c) não estará extinta, pois a cessão de crédito é sempre em caráter pro soluto.
d) estará quitada, pois não há distinção entre a cessão de crédito pro soluto e a
cessão de crédito pro solvendo.
e) estará quitada, pois a cessão de crédito é sempre em caráter pro solvendo.

4) No que se refere à extinção das obrigações, julgue os itens a seguir.

I. O segurador, por reparar ato danoso suportado pelo segurado, o sub-roga


legalmente no direito contra o autor do dano.
II. Havendo recusa no recebimento de valores, o devedor poderá realizar o depósito
da quantia devida em estabelecimento bancário, em nome do credor, e garantir a
extinção da obrigação.
III. A dação em pagamento constitui direito subjetivo do devedor.

Assinale a opção correta.


a) Apenas o item I está certo.
b) Apenas os itens I e II estão certos.
c) Apenas os itens I e III estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

5) José deve a João a importância de R$100,00 (cem reais). Pedro, pai de José,
procura João e paga o referido débito. Considerando que todos são maiores e
capazes, marque a alternativa correta:
a) José continua devedor de João, pois Pedro é terceiro não interessado.
b) João não poderia receber o pagamento de Pedro.
c) José não é mais devedor de João.
d) Pedro, como terceiro não interessado, não poderia pagar a dívida.

6) No que se refere à Transmissão das Obrigações no Código Civil, assinale a


alternativa correta.
a) A cláusula proibitiva da cessão poderá ser oposta ao cessionário de boa-fé, se
não constar do instrumento da obrigação.
b) Salvo disposição em contrário, na cessão de um crédito não são abrangidos os
seus acessórios.
c) A cessão do crédito tem eficácia em relação ao devedor, independentemente de
notificação.
d) Ocorrendo várias cessões do mesmo crédito, prevalece a que se completar com a
tradição do título do crédito cedido.
e) Salvo estipulação em contrário, o cedente responde pela solvência do devedor.

7) Rodrigo, credor da quantia de R$ 10.000,00 (dez mil reais) de André, transfere


R$ 5.000,00 (cinco mil reais) do seu crédito a Mário. Assinale a espécie de
transmissão da obrigação retratada na hipótese.
a) Cessão de credito
b) Cessão de contrato
c) Sub-rogação
d) Novação
e) Assunção de divida

8) Assinale a alternativa correta sobre os requisitos da dação em pagamento.


a) São requisitos da dação em pagamento: que a coisa dada em pagamento seja a
mesma que a estipulada como objeto da prestação e que o credor dê sua concordância a
tal substituição
b) São requisitos da dação em pagamento: que a coisa dada em pagamento seja
outra que não o objeto da prestação e que o credor dê sua concordância a tal substituição
c) São requisitos da dação em pagamento: que a coisa dada em pagamento seja
outra que não o objeto da prestação e que seja dada autorização judicial a tal
substituição
d) São requisitos da dação em pagamento: que a coisa dada em pagamento seja a
mesma que a estipulada como objeto da prestação e que seja dada autorização judicial a
tal substituição

9) Alberto e José realizaram um contrato de compra e venda, no qual Alberto


deveria entregar seu veículo, ano 2017, marca X, modelo Y para José mediante o
pagamento de cinquenta mil reais. José realizou o pagamento e Alberto deverá
entregar, no prazo de trinta dias, o veículo determinado. Se, no vigésimo dia do
prazo, ou seja, antes da entrega efetiva, o veículo for
a) furtado, sem culpa de Alberto, a obrigação fica resolvida, devendo José receber o
valor equivalente a perdas e danos.
b) furtado, com culpa de Alberto, além do valor do veículo, José deverá receber o
valor equivalente a perdas e danos.
c) reformado e tiver melhorias acrescentadas, Alberto poderá exigir aumento no
preço. Caso José não concorde, Alberto deverá resolver a situação e indenizar José em
eventuais perdas e danos.
d) deteriorado por uma forte chuva, sem culpa de Alberto, a obrigação fica
resolvida, devendo José receber o equivalente a perdas e danos.
e) deteriorado por uma forte chuva, por culpa de Alberto, José poderá aceitar o
veículo abatido de seu preço o valor que se perdeu, sem a exigência do valor
equivalente a perdas e danos.

10) No que se refere ao adimplemento das obrigações, assinale a opção correta.


a) Será inválido pagamento de dívida de menor que seja efetuado, de forma ciente,
pelo pai dele, ainda que demonstre que o benefício foi efetivamente revertido em favor
do incapaz.
b) O pagamento da dívida deverá ser feito, em qualquer caso, exclusivamente ao
credor.
c) Caso seja ofertada prestação diversa da que lhe é devida, o credor deverá
consentir em recebê-la, desde que seja mais valiosa que a original.
d) Devedor cuja dívida seja paga por terceiro e que, tendo ciência da perda da
pretensão do credor, se opuser ao adimplemento, não estará obrigado a reembolsar o
pagador.
e) Terceiro não interessado que pague dívida em nome próprio se sub-rogará nos
direitos do credor.

11) Em uma relação de consumo, foi estabelecido que o pagamento deveria ser
realizado de determinada maneira. No entanto, após certo tempo, o pagamento
passou a ser feito, reiteradamente, de outro modo, sem que o credor se opusesse à
mudança.

Nessa situação, considerando-se a boa-fé objetiva, para o credor ocorreu o que se


denomina
a) venire contra factum proprium.
b) tu quoque.
c) surrectio.
d) supressio.
e) exceptio doli.

12) Sobre o pagamento, assinale a alternativa incorreta.


a) O credor não é obrigado a receber prestação diversa da inicialmente prevista
(prestação que lhe é devida), ainda que mais valiosa.
b) Nos termos da lei, o pagamento feito de boa-fé ao credor putativo é válido, ainda
provado depois que não era credor.
c) O terceiro não interessado, que paga a dívida em seu próprio nome, tem direito a
reembolsar-se do que pagar, mas não se sub-roga nos direitos do credor.
d) O pagamento feito por terceiro, com desconhecimento ou oposição do devedor,
obriga a reembolsar aquele que pagou, mesmo nas hipóteses em que o devedor tinha
meios para ilidir a ação.
e) O pagamento reiteradamente feito em outro local faz presumir renúncia do
credor relativamente ao previsto no contrato.

Gabarito:
1)A
2)B
3)B
4) B
5) C
6)D

7) A
8) B
9) B
10) D
11) D
12) D