Вы находитесь на странице: 1из 2

FORMAS DE INICIAR A INTRODUÇÃO DE UM TEXTO ARGUMENTATIVO

Abaixo seguem algumas ideias que podem ser utilizadas como meio de formular a introdução de forma a evitar a escrita de frases que integram o senso comum no meio social.

1.

Declaração– é a maneira mais comum de se iniciar uma introdução, quando se declara, isto é, afirma algo com total certeza. Deve-se formular uma declaração forte, capaz de surpreender o leitor.

2.

Oposição– quando o autor apresenta duasideias opostas, isto é, diferentes acerca do mesmo tema. Então deverá explicá-las e se posicionar sobre o assunto.

3.

Definição– muito usada em textos dissertativos, a definição tem por objetivo explicar, expor uma definição a um termo, uma expressão, ideia. E para isso, é possível ter como referência os sentidos expostos em dicionários ou obras literárias.

4.

5.

Uma pergunta– serve para despertar o interesse do leitorpela continuidade da leitura do texto. E, deverá obrigatoriamente, ser respondida ao longo do desenvolvimento, quando o autor transcreve argumentos para defender seu ponto de vista (tese).

6.

Comparação– quando o autor compara uma ideia com outra,poderá haver comparação de igualdade, superioridade ou inferioridade.

7.

Alusão histórica– trata-se da recordação de um fato histórico. O leitor é situado no texto e pode ter uma melhor dimensão do problema ao compreender o que levou a acontecer um ou mais fatos atuais. Uma frase nominal seguida de explicação – no texto abaixo a palavra tragédia é um substantivo e o vocábulo uma é um numeral, em seguida há a explicação do que seria uma tragédia. “Uma tragédia. Essa é a conclusão da própria Secretaria de Avaliação e Informação Educacional do Ministério da Educação e Cultura sobre o desempenho dos alunos do 3 ano” […]

8.

Adjetivação– é possível transcrever a introdução de uma dissertação com uma série de adjetivose depois explicar a que ou quem se referem. Por exemplo: manipuláveis, com pouca capacidade de reflexão. Assim se caracterizam aqueles que abandonam o hábito da leitura e se deixam levar pelas informações transmitidas pela televisão.

9.

Citação– trata-se da cópia de um pequeno trecho retirado de um texto, livro, etc. para que seja usada como alicerce para a criação dos argumentos e demonstração da certeza acerca da tese.

10.

Citação de forma indireta– quando o autor não recorda exatamente a frase de um escritor, no entanto, sabe explicá-la, então pode valer-se deste recurso para iniciar a introdução.

11.

Retomada de um provérbio– provérbio é uma frase ou ditado curto e de origem popular. É possível transcrevê-lo desde que o autor do texto faça um comentário seguinte a respeito de seu sentido.

12.

Ilustração– é possível iniciar o texto narrando um fato para ilustraro tema da redação.

13. Uma sequência de frases nominais– é possível transcrever mais de uma frase nominal, cada uma sendo finalizada por um ponto final, desde que estabeleçam uma relação de sentidose o estudante explique essa ligação existente uma a outra. 14. Alusão a um romance, conto, poema, filme etc.– se a temática para a produção do texto dissertativo-argumentativo tiver relação com outro texto, filme etc. é possível fazer um resumodeste, isto é, contar sua história ou essência. 15. Dados estatísticos– são explanações de informações colhidas sobre determinado assunto através de uma pesquisa quantitativa ou qualitativa.

Похожие интересы