Вы находитесь на странице: 1из 1

FLORALTERAPIA

A Floralterapia é uma técnica terapêutica que se utiliza da essência energética de


determinadas flores, diluídas em componentes líquidos, que atuam no campo sutil e
no estado emocional do indivíduo.

Considerada uma terapia natural, não invasiva e sem contraindicações, a


Floralterapia foi desenvolvida e realizada, na década de 1930, por Edward Bach,
médico bacteriologista e homeopata. Bach pesquisou ostensivamente as flores
silvestres e combinou-as com técnicas homeopáticas, para o tratamento e cura de
seus pacientes. Obteve resultados significativos e positivos, que despertou outros
pesquisadores à amplificação e até a criação de novos sistemas de florais.

A Organização Mundial da Saúde, em 1976, reconheceu a Floralterapia como técnica


para a promoção da saúde em decorrência da eficácia, expansão e aceitação por
diversos países pelo mundo, incluindo o Brasil.

O Floral é um composto líquido natural extraído de determinas flores, arbustos e até


árvores, que com determinados líquidos, resultam em uma solução diluída ministrada
por via oral, não apresentando restrições.

Nesses compostos líquidos, focaliza-se os padrões energéticos extraídos dessas


flores, pois tratarão, de forma sutil, estados emocionais do indivíduo.

Para a Floralterapia, a causa das doenças é o ponto principal para o tratamento


terapêutico. Considera que a origem delas decorre pelos desafios e desequilíbrios da
personalidade do ser humano como o egoísmo, a instabilidade mental, o orgulho, por
exemplo.

Ao utilizar os florais, seguindo a orientação terapêutica e abordagem baseada nas


necessidades apresentadas, o cliente passa a atingir estados emocionais mais
equilibrados, contribuindo em seu processo de autoconhecimento e transformação
de seus desafios internos e comportamentais, elevando-se para um estágio mais
consciente, harmonioso, positivo e proativo.

Indicados quem queira adotar um método natural, sutil, não invasivo, integrativo e
complementar, para lidar com os conteúdos internos que, muitas vezes, são
obstáculos psicoemocionais e que geram doenças psicossomáticas, auxiliando no
processo de recuperação e equilíbrio físico, mental e emocional do indivíduo.

* A autora é advogada, pós graduada em Direito Público e Terapeuta Holística.

@tatyabrao@gmail.com