Вы находитесь на странице: 1из 12

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

CURSO DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA

LUIS SERGIO DA SILVA MELLO

PRÁTICA DE ENSINO E ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM


HISTÓRIA II

Rio de Janeiro-RJ

julho de 2016

LUIS SERGIO DA SILVA MELLO


PRÁTICA DE ENSINO E ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM
HISTÓRIA II

Relatório de Estágio apresentada à Universidade


Estácio de Sá como um dos requisitos para a
aprovação na disciplina Prática de Ensino e Estágio
Supervisionado II, do curso de Licenciatura em
História.

Supervisor: Profa. Marta de Carvalho Silveira


Sumário

1. INTRODUÇÃO
2. ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA ESCOLA
2.1. Aspecto físico, humano e material da escola
2.2. Projeto Político-pedagógico
2.3. A escola como grupo social
2.4. Atividades docentes e discentes
3. CONSIDERAÇÕES FINAIS
4. REFERÊNCIAS
5. ANEXOS
3

1. INTRODUÇÃO

Estágio Curricular Supervisionado de Ensino é muito importante, pois nos


possibilita realizar uma análise a partir das experiências vivenciadas em sala de aula,
conjugando teorias e práticas. Sob a supervisão do professor da escola estagiada; Orientar-se
nas atividades de estágio pelas normas internas da escola, devendo conhecer seu projeto
político-pedagógico, e orientar-se pelas diretrizes dos projetos de pesquisa e extensão a serem
desenvolvidos. Participar das atividades extras da escola sempre que convidado ou sugerido
pelo professor-supervisor.
Localizada no bairro Estrela do Céu em Itaguaí – RJ, a Escola Municipal Elmira
Figueira foi inaugurada em de 28 de janeiro de 2000 com o objetivo de atender a população
do bairro que carecia de escola.

Visa oferecer uma educação voltada para autonomia e preparar o aluno para
tornar-se um cidadão crítico capaz de conviver com dignidade dentro da sociedade atual.
Durante as Reuniões Pedagógicas a escola tem momento de reflexão, realiza
diagnóstico que segue de compromissos aceitos e firmados pela escola consigo mesma.

Essa elaboração se dá de forma participativa. Participação esta que apresentará


uma organização diferente das aulas e procurará alcançar o nosso objetivo maior: formar
cidadãos ativos e autônomos.
4

2. Estrutura e Funcionamento da Escola

2.1 Aspecto físico, humano e material

A escola é composta:

17 salas de aulas
01 Sala de professores
01 Laboratório de informática
01 Quadra de esportes coberta
01 Refeitório
01 Cozinha
01 Sala de leitura
02 Banheiro dentro do prédio
01 Banheiro adequado à alunos com deficiência ou mobilidade reduzida
01 Sala de secretaria
01 Banheiro com chuveiro
122 Funcionários entre apoio escolar, vigia, professores, coordenação pedagógica
e administrativa.
918 alunos distribuídos em três turnos: manha, tarde ,noite.
Modalidade de ensino: Educação infantil, ensino fundamental (Anos Iniciais),
ensino fundamental (Anos Finais), educação de jovens e adultos.
A escola desempenha de forma satisfatória sua função no que se refere a infra
estrutura e recursos humanos, sendo este ultimo de grande importância para aprendizagem
discente e o trabalho docente,pois possibilita oportunidades de adquirir conhecimentos e
atitudes essenciais à formação de um bom cidadão.
5

2.2 Projeto Político-Pedagogico

Durante a primeira reunião pedagógica do ano letivo de 2016, a comunidade


escolar decidiu manter o tema do P.P.P. em “Educar para a Vida”. O título foi alterado para
“Ação e Integração : Cuidado em Foco”. Esse título foi pensado após os professores
refletirem sobre os assuntos que não poderiam deixar de ser trabalhados além dos conteúdos
curriculares. Os dois primeiros bimestres tiveram seus subtemas definidos na primeira
Reunião Pedagógica. São eles:
 1º Bimestre: “Conservação do Patrimônio Escolar: Gentileza Gera Gentileza”.
 2º Bimestre: “Terra Planeta Água. Até Quando?”
Os dois últimos foram pensados na Reunião Pedagógica seguinte, na qual foram
avaliados os trabalhos produzidos no primeiro semestre:
 3° Bimestre: “Energia: a descoberta do fogo até a utilização dos recursos.”
 4° Bimestre: “Valorização da vida.”
Durante o desenvolvimento, cada ano de escolaridade será responsável por
adequar o conteúdo ao tema principal. O último bimestre será a exposição de todos os outros
subprojetos desenvolvidos e haverá uma eleição de melhor projeto por cada ano de
escolaridade, visto que visamos trabalhar cidadania e participação.

Justificativa:

A meta maior do Projeto é ser uma escola prazerosa, democrática,


integrada e interdisciplinar, que contribua para a diminuição do índice de evasão e retenção
escolar encontrado em várias estatísticas, procuraremos, sempre que possível, atender nosso
alunado e a comunidade, fazendo com que se percebam como sujeitos construtores de um
novo mundo, começando pela escola.

Os objetivos gerais desse projeto são:

 Proporcionar aos alunos oportunidades de adquirir conhecimentos e atitudes


essenciais à formação de um bom cidadão.
6

 Garantir aos alunos os instrumentos para uma inserção participativa e


transformadora na sociedade em que vive.
 Sensibilizar cada um da comunidade escolar da importância de seu papel para
alcançarmos nossos objetivos com respeito e compromisso.
 Promover a integração COMUNIDADE X ESCOLA, trabalhando as questões
sociais como: drogas, violências, sexualidade, responsabilidade, meio ambiente, cidadania
ética e outros.
 Sensibilizar pais e responsáveis, tornando-os aliados do professor, não ficando
alheios ao processo educacional dos seus filhos.
 Tornar a Escola prazerosa levando-se em conta a valorização de toda a
comunidade escolar.
 Identificar as causas dos índices de evasão e repetência escolar e minimizar
através de processos educativos.
 Implantar oficinas variadas dando oportunidade à comunidade para troca de
experiências.
7

2.3. A escola como um grupo social

A Escola Municipal Elmira Figueira pretende formar uma sociedade justa,


igualitária,com finalidade de acesso à informação e tecnologia,menos violenta e
opressiva,mais humanista e cooperativa, ajudando a formar um cidadão ético, responsável e
consciente sendo capaz de colaborar para a manutenção do bem estar social. Formar
indivíduos críticos e participativos, preparando-os para o exercício da cidadania, em busca de
uma sociedade mais justa e menos opressora.
A maior preocupação desta Unidade Escolar é ter uma Escola pública democrática
de boa qualidade formando indivíduos críticos que conheçam e saibam exercer seus direitos e
deveres.
Ser uma escola prazerosa, democrática, integrada e interdisciplinar, que contribua
para a elevação do índice de aprendizagem nas avaliações externas e internas, procurando,
sempre que possível, atender nosso alunado e a comunidade, fazendo com que se percebam
como sujeitos construtores de um novo mundo, começando pela escola. Ser reconhecida
regionalmente por seus resultados pedagógicos e práticas de gestão.
Esta escola oferece aos alunos oportunidades de adquirir conhecimentos e atitudes
essenciais à formação de um bom cidadão, promovendo a integração COMUNIDADE X
ESCOLA, trabalhando as questões sociais como: drogas, violência, sexualidade,
responsabilidade, meio ambiente, cidadania, ética e outros.
Participativa desde o planejamento, passando pela execução, verificação,
padronização e /ou tomada de ações corretivas.
O relacionamento na escola busca promover a convivência harmoniosa
fundamentada nos valores universais, enfatizando as regras de convivência da escola através
do regimento interno e do código de ética da comunidade escolar.
Busca avaliar periodicamente o clima escolar, tomando ações corretivas quando
necessário, promovendo reuniões periódicas para discussões e tomadas de decisões
administrativas e pedagógicas.
8

2.4 Atividades docentes e discentes

Observações diárias:

 Desenvolvimento de texto sobre os estados unidos pós l guerra, usando


exercícios para fixação de conteúdo.
 Apresentação de trabalho em grupo, os alunos construíram junto ao professor
a percepção dos motivos que desencadeou a crise de 1929 e sua repercussão no Brasil e no
mundo.
 Desenvolvemos junto aos alunos o conceito de nazismo, ascensão de Adolf
Hitler, regimes totalitários.
 Selecionamos textos e questões para elaboração das avaliações.
 Revisão de todo conteúdo apresentado a fim de tirar duvidas, exercícios de
fixação.
 Aplicação das avaliações, leitura dos textos com os alunos, tirar duvidas.

Proposta: Apresentar aos alunos os desdobramentos pos I guerra, (crise


econômica, regimes totalitários) que abalaram o mundo.
No período de estagio supervisionado na Escola Municipal Elmira Figueira,
observa-se algumas ações desempenhadas pelo professor regente, através de algumas praticas
pedagógicas como: exposição de textos, exercícios para a fixação de conteúdo, dinâmica com
os alunos, apresentação de filme, buscando relacionar certos assuntos com o cotidiano dos
alunos a fim de instigar o aluno a adquirir o conhecimento, onde É fundamental que o
professor esteja atento, conhecer bem a turma para elaborar um plano de trabalho que deve ser
voltado para o que fazer e como fazer, dessa forma pude constatar que o trabalho do professor
regente surtiu o efeito desejado,pois num primeiro contato com a turma verifiquei a conduta
dos alunos, em sua maioria dispersos; Com o decorrer das aulas o professor através das
praticas mencionadas a cima conseguiu fazê-los interagir com material apresentado em sala
de aula, em especial com o trabalho em grupo,onde foi de grande valia,pois pude absorver
essas praticas e sem dúvidas vou usá-las com meus futuros alunos.
9

3. CONSIDERAÇÕES FINAIS

Estágio Curricular Supervisionado de Ensino é muito importante, pois nos


possibilita realizar uma análise a partir das experiências vivenciadas em sala de aula,
conjugando teorias e práticas,,base de conhecimento para enfrentarmos as varias condições
que se apresentam em sala de aula; mas sem duvida a troca de conhecimento entre professor e
aluno, a convivência humana é o que inspira a motivação a ser professor.
“É o meu bom senso que me adverte de que exercer a minha autoridade de
professor na classe, tomando decisões, orientando atividades, estabelecendo tarefas,
cobrando a produção individual e coletiva do grupo” (...) “Meu bom senso me diz. Saber
que devo respeito à autonomia, à dignidade, e a identidade do educando e, na prática,
procurar coerência com esse saber”.
Paulo Freire
10

4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

NOGUEIRA, N. R. Pedagogia dos projetos: uma jornada interdisciplinar. Rumo ao


desenvolvimento das múltiplas inteligências. São Paulo: Érica, 2001.
FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 36.
ed. São Paulo: Paz e Terra, 2007.
Parâmetros Curriculares Nacionais: Terceiro e quarto ciclos.apresentação dos temas
transversais/Secretaria de Educação/Brasília.MEC.1998
CAMPBELL, Selma Inês. Projeto político pedagógico: guia prático. Rio de Janeiro:
Wak Editora. 2010
11

5. ANEXOS

I. Plano de Aula: Data: 23/06/2016

II. Dados de Identificação:


Escola: Escola Municipal Elmira Figueira
Professor (a): Deborah Carla da Silva Miranda
Professor (a) estagiário (a): Luis Sergio da Silva Mello
Disciplina: Historia
Série: 9º ano ensino fundamental
Turma: 9º ano
Período: tarde

III. Tema: A Alemanha Nazista

IV. Objetivos: Desenvolvimento de texto com os alunos sobre nazismo.


Objetivo geral: Apresentar aos alunos os desdobramentos pos I guerra, (crise
econômica, regimes totalitários) que abalaram o mundo.

V. Recursos didáticos: quadro, piloto

VI. Bibliografia:
Básica: Hobsbawm, Eric J., 1917-. Era dos Extremos : o breve século XX :
1914-1991, cap.5
Complementar: Coleção integralis Historia 9º ano, manual do professor 1ºed.
2015.

Похожие интересы