Вы находитесь на странице: 1из 10

#1 Folhetos e circulares

Antes de qualquer coisa o seu material deve ser bonito. Por que alguém
iria para um salão que o material é “pobre”? Se não sabe como fazer
com a arte/design do material confira nosso post sobre isso. Não se esqueça
de colocar endereço, telefone e serviços oferecidos neste panfleto. Uma
sugestão é fazer com que o próprio panfleto se torne um cupom.
Preocupe-se depois com os horários, onde entregar e para quem. (Agora
aquele exercício anterior faz todo sentido né?). Outra dica é treinar bem
quem vai entregar – e representar o seu negócio.
#2 Anúncie em classificados e em jornais ou
revistas locais
Todo bairro comercial possui uma rede de circulares, basta andar um
pouco para encontrar. Ofereca uma promoção para o primeiro cliente e
tente aparecer pelo menos 2 vezes ao mês nesses veículos locais. Vale
lembrar que neste caso resultados instantâneos são raros. Portanto, se
estiver com orçamento curtos pense duas vezes.

#3 Parcerias locais
Associações de bairros, sindicatos, escolas/universidades, clubes e
grandes empresas são ótimos alvos para parcerias. Ofereça condições
especiais para os funcionários e associados. Normalmente nessas
grandes organizações você precisa falar com a pessoa certa, quem
decide. O presidente e diretor principal pode ser o seu alvo mas em
alguns casos gerente/diretores de RH que cuidam do bem estar da
empresa podem ser a pessoa com quem deseja falar. Para chegar
nessas pessoas é preciso cativar o porteiro, estagiário ou secretaria;
invista. Não fique com vergonha, você é excelente no que faz e não
precisa ter medo de divulgar para todos. Lembre-se de acordar a
colocação de banners, panfletos e/ou cartazes do seu salão.

#4 Rede de lojas e estabelecimentos da


região
A pizzaria, supermercado, academia ou farmácia vizinha pode ser um ótimo
aliado. Voce leva clientes para eles e eles para você. Justo não? Não seja tímido,
passe La e marque uma conversa rápida. Lembre-se de já pensar no que o
parceiro pode ganhar também.
#5 Faça um instagram
O instagram tem sido a sensação para hairstylist no mundo todo.
Divulgue as fotos do seu estabeleciomento, clientes e trabalho.
Acompanhe sua clientela e eintereja com ela.
#6 Faça uma fanpage no Facebook
Ter uma página profissional no facebook é primordial, para não dizer básico. Lá
você pode divulgar promoções, avisar sobre mudanças e novidades, compartilhar
fotos de seus profissionais e até mesmo receber marcações por chats. Existe
salões na Europa que praticamente recebem agendamentos apenas pelo facebook.
#7 Organiza eventos e happy hours
Receber clientes, amigos e vizinhos é sempre uma boa oportunidade para que sua
marca fique na “boca do povo”. Comemore o aniversario do seu salão, o dia do
cabeleiriro ou qualquer outra data importante. Oferecer um espumante e entradas
faz parte do protocolo. Mas inovar em sucos, batidas, chás, cafés e tortas pode
ser uma ótima. O orçamento apertou? Invista em parcerias!
#8 Parceria com fotógrafos locais
Fotógrafos estão sempre precisando de maquiadores e estilistas para os
seus trabalhos. Além de muitas vezes ser pago por seus serviços no
local, os estilistas obtem o crédito junto com o fotógrafo por quaisquer
fotografias publicadas.

#9 Tire fotos de clientes e as poste online de


forma consistente
Mantenha uma câmera digital acessível e tire fotos de seus cortes e
estilos regularmente. Como a maioria das pessoas têm um impulso de
auto-confiança depois de um corte de cabelo ou estilo, muitos ficarão
felizes em posar para algumas fotos. Escolha suas fotos melhores e mais
diversificados e certifique-se de publicá-las em seu site, fanpage e
instagram. Lembre de pedir autorização da cliente e marca-la nas fotos.

# 10 Cartões de visita
Você e todos que trabalham com você devem agir como um outdoor.
Portanto, ter um cartão de visitas – bonita é claro – sempre em mãos é
importante, acredite. Uma dica é fazer o próprio cartão de visita o
“controlador do programa de fidelidade”.

#11: Incentive postagem nas redes sociais


Suas clientes com certeza possuem algum perfil na rede social e,
naturalmente, um celular que tire boas fotos. Faça campanhas –
cartazes, no espelho e verbalmente – incentivando que elas tirem fotos
enquanto pintam as unhas, cortam o cabelo ou tomam um banho
relaxante. Ofereça descontos em produtos, serviços ou um agrado
simples.
# 12 Comece um blog
Nada funciona melhor em marketing na internet do que tornar-se um
recurso de informações específicas . Como um cabeleireiro, por exemplo,
você provavelmente pode facilmente pensar em produtos que você pode
indicar, ou tranças difíceis que você pode escrever tutoriais sobre como
fazer. Divulge os vídeos, imagens ou textos em seu site e facebook.
Estes artigos podem aumentar a sua visibilidade no Google além de criar
fidelidade com sua clientela.

#13 Faça concursos


Um bom corte de cabelo custa apenas o seu tempo, e pode trazer novos
clientes. Concursos do tipo: quem tirar a melhor foto marcando o seu
perfil na foto fizer o melhor depoimento no seu site ganha um corte de
cabelo.

# 14 Fique em dia com as tendências mais


quentes
Esta industria muda rápido. Estar sempre atualizado e na vanguarda do
que acontece ajudar que você seja falado no boca a boca por suas
clientes. Fez um tratamento novo? Uma cor de unha que acabou de
lançar? Imagine o que suas clientes não vão falar, tirar fotos e
compartilhar.

# 15 Hospedar uma promoção em um local


público
Alguns salões de beleza e centros de estética participam de eventos
musicais, artísticos e de moda ou simplesmente criam uma loja tematica
em um parque local (com permissão), oferecendo cortes gratuitos ou
vendendo produtos exclusivos. Estes eventos não só lhe dão exposição,
mas também permitem que você distriba seus cartões de visita e cupons
de desconto.

#16 Tente marketing SMS


O envio da mensagem de texto ocasional para seus clientes pode ter um
grande impulso em reservas. Lembretes ou avisos para promoções
especiais só é recomendado para cliente regular, porém, como clientes
muito antigos já pode ter encontrado um novo cabeleireiro e pode se
sentir desconfortável pedindo-lhe para parar de mensagens deles.
Atente-se à frequência e quantidade de mensagens, não seja aquele
vendedor de imóveis inoportuno.
#17 Tente e-mail marketing e newsletters
Se você já começou o seu blog, você não terá problemas para
preenchimento de um boletim eletrônico mensal para seus clientes. O
boletim pode apresentar promoções, notícias e todas as mensagens
informativas que você está adicionando ao seu site. Comprar base de
emails não traz bons resultados, acredite. É melhor ter poucos mas
valiosos emails.

#18 Invista em anúncios pagos no Google


O Google oferece a possibilidade de você anunciar para aparecer nas
primeiras páginas. Então quando alguém estiver procurando por exemplo
“manicure São Paulo” você irá aparecer na parte de anúncios pagos com
maiores de chances de conquistar a clientes do que a concorrência. No
entanto para fazer é preciso ter o seu “ambiente online” – website, redes
sociais, blog e etc – já preparado.

#19: Faça um Website


Ter um website não é essencial! Do que adianta ter um site se ele não é
atualizado, não traz novidades e ainda não é muito atrativo? No entanto,
se você souber usar essa ferramenta ela pode ser essencial para o
alavancar o seu salão.

#20 Venda seus produtos online


Muitos salões de cabeleireiro e centros de estética vendem produtos
cosméticos. Por que não vende-los pela internet também?

#21 Programa de indicação


Salões de beleza dependem fortemente de publicidade boca-a-boca. Considere
dar um desconto em uma próxima visita a clientes que indicarem amigas é um
ótimo incentivador. E mais, porque não beneficiar os dois?Junte isso com os
outros sorteios e promoções em seu site e redes sociais. Treine também os
funcionários para instruir e incentivar a clientela.
#22 Ofereça garantia em serviços e produtos
Se você acredita neles o suficiente para garantir a satisfação, os novos
clientes vão ser mais propensos a ter uma chance e experimentar o seu
salão de beleza do que o seu concorrente.

#23 Invista em uma boa fachada


Do que adianta o cliente acha-lo na internet mas tiver dificuldade de
encontrar a sua loja na rua? E mais, imagine a cliente que vai ao seu
salão para ficar bonita e a fachada está velha, desuatilizada e suja. Qual
a imagem que o seu serviço passa? Invista em uma fachada bonita e
criativa, vale a pena! Não se esqueça de colocar o website e telefone
para agendamento.

#24 Invista em uma vitrine


Uma vitrine bem elaborada tem o mesmo efeito que a fachada. Mas
também é importante por outros dois motivos: pode ajudar você à vender
mais produtos e atrair quem passa ocasionalmente em frente à sua loja.
Um adica é atentar-se para iluminação.

#25 Faça promoções em sites especializados


Existem diversos sites na internet especializados em promoções. Apesar
dos problemas já conhecidos que podem ocorrer se for bem planejado
pode ter efeitos exelentes para seu negócio. Principalmente na época de
baixa ou na abertura de novas unidades. É importante entender que esse
tipo de investimento é para colocar o seu cliente na loja – e não ganhar
dinheiro imediatamente. E cabe à você fazer aquilo que é especialista e
cativar o cliente.

#26 Cadastre-se em listas especiais


Cadastrar o seu negócio e serviços em listas especiais – online ou
impressa – tem se mostrado cada vez mais importante. Você garante
que será achada por clientes e não os perde para a concorrência. Porém,
não se cadaste em qualquer uma ou em no máximo possivel, isso pode
inclusive queimar o seu filme. Além de tornar mais difícil gerenciar e
atualizar as informações e saber qual realmente tem sido efetiva para
você.

#27 Saia na mídia


Muitas vezes é possível conseguir sair em jornais e revistas locais de
graça. Fez algo de diferente ou tem uma historia muito interessante para
contar? Não pense duas vezes para procurar um jornalista, eles estão
sempre procurando algo interessante sobre o que escrever. Sair na mídia
é uma boa e econômica forma de como divulgar clinica de estética.
Tem duvias de como colocar algumas dessas ideias em praticas ou
como gerenciar toda execução delas? Deixe seu email ao lado e receba
dicas e materiais exclusivos de marketing e gestão para salão de beleza
e estética.
2 – MODELO
Todos falam que abrir um salão de beleza é um negócio que dá certo sem nenhuma
dúvida. Isso é verdade, cada vez mais as mulheres investem na compra de cosméticos e
na própria aparência. Então, se você gosta do setor, por que não ganhar dinheiro com
ele? E aí é que tá! Você não foi o primeiro a pensar nessa ideia, na verdade, passou
longe disso.
Por isso mesmo que a concorrência é sempre acirrada e alguns salões vão ficar correndo
atrás de clientes, enquanto outros terão filas de espera enormes. Qual dos dois você quer
ser? Então comece a seguir os passos abaixo!

1. AMBIENTE SUPER AGRADÁVEL


É o seguinte, quando o local é agradável, as demais coisas também parecem ser boas.
Você não lembra de algum restaurante que a comida nem é tão boa assim, mas é
gostoso ir para lá? Pois acontece a mesma coisa com um salão de beleza. Embora isso
não deva ser um motivo para um decréscimo na qualidade do serviço prestado.
Se estiver numa cidade quente, adote cores mais frias e uma climatização eficiente. Se
estiver em uma cidade mais fria, tente trazer aquela sensação de aconchego. Invista em
conforto!
Mas aí você diz: “montei meu salão agora e não tenho grana para isso!”. Bem, vá
fazendo aos poucos. Não é necessário ter grana para transformar o local em algo legal.
Sempre peça o aconselhamento de amigos e de outros profissionais, com isso você pode
se beneficiar bastante.

2. FELICIDADE NO ATENDIMENTO
A pior coisa do mundo é uma pessoa morar perto de um salão de beleza, saber que lá há
uma ótima relação custo x benefício, mas que o atendimento por ali é uma coisa
horrível.
Já pensou você entrar em um estabelecimento e os funcionários, até mesmo o dono, lhe
dar um sorriso com os olhos brilhando, que mostre a felicidade por você estar entrando
naquele recinto? Nós apostamos alto que essa seria apenas a primeira visita de muitas.
Vocês não têm noção do quanto isso faz diferença. Investindo em um atendimento de
qualidade, atrelado a um local extremamente agradável é certeza de que você
vai ganhar o consumidor antes mesmo da entrega do serviço ou produto.
3. DÊ MAIS PELO MESMO PREÇO DOS
CONCORRENTES
Boa seria a vida se todos os consumidores do seu nicho só tivessem a sua marca para
confiar. Pois bem, as coisas não são assim. Então, quer ganhar mais clientes? Comece
a fornecer mais pelo mesmo preço.
Essa é uma forma de se destacar. Não se trata de uma promoção, desconto, nada disso.
Trata-se da sua tabela de preços que resolveu respeitar mais o cliente. Apenas isso.
E daí você se pergunta: “mas se eu cobrar o mesmo preço por um serviço mais caro,
sairei em desvantagem, não é mesmo? Já que mais clientes pedindo um serviço mais
caro por um preço barato não vai fazer tanto caixa assim, não é mesmo?”. Não, não é,
mesmo.
Com essa estratégia você estará focando no relacionamento com o cliente, o que gera
uma fidelização e isso vale mais do que aqueles vários consumidores que vão no seu
salão uma vez e só voltam daqui a seis meses.

4. USE A INTERNET
A internet é mágica. Existem casos reais de pequenos restaurantes, temakerias, por
exemplo, que cresceram vertiginosamente seguindo as três dicas acima e implantaram
essa dica de agora. A internet só vai ajudar.
Para começar, crie um blog para o seu estabelecimento. Por lá poste dicas de penteados
e outros assuntos relacionados ao serviço que você faz. Mas isso não é o
bastante. Utilize o Facebook.
O Facebook e a sua capacidade de converter o trivial em sensação do momento. Pois
bem, aproveite essa facilidade e comece converter dicas úteis em relacionamento que
gera fidelização, que gera lucros fixos no seu caixa todo mês, além de uma credibilidade
mais acentuada.
A dica aqui é ser pop! Faça publicações Legais, Úteis e Atuais. É a regrinha da LUA no
Facebook. E ela dá muito certo. Mas, não basta criar uma página. A rede social de Mark
Zuckerberg agora está dificultando a visualização das coisas que você posta enquanto
fan page.
Então, reserve um pouquinho, de início, do seu orçamento para investir no Facebook
Ads e impulsionar publicações. Isso vai te dar um campo bem maior de abrangência.

5. INVISTA EM PROMOÇÕES DE
SERVIÇOS DESCONHECIDOS
Normalmente existem serviços no Salão de Beleza que ninguém pede. E como ter uma
promoção sempre atrai clientes, por que não usar essa estratégia com aquilo que
raramente alguém solicita?
Agora, essa estratégia deve ser usada de tempos em tempos e em forma de rodízio. Por
exemplo, nesse mês você usou essa sacada para um serviço. Daqui a 30 dias a mesma
coisa pode ser feita com outro item do seu catálogo.

Esse bônus já é uma ótima dica por si só. Lembra daquela história de dar mais sem
cobrar nenhum adicional? Exato! Uma coisa que é bom de lembrar é que nada disso
acima vai dar certo se não houver uma administração que consiga dar equilíbrio,
elasticidade e segurança.
E como você pode conseguir isso? Bem, tudo começa logo no aluguel do
estabelecimento. Nós sabemos o quanto era seu desejo conseguir um salão de beleza
naquele ponto estratégico.
Mas às vezes é bom começar pagando um aluguel mais baixo para poder chegar lá em
cima com condições de se mudar, do que escolher um ponto caríssimo e morrer na
praia.
Então, que o aluguel do estabelecimento seja algo sensato para o seu bolso no momento.
O ideal é que ele corresponda a no máximo 10% dos lucros. E falando em sensatez,
que tal economizar sempre que for possível?
Notavelmente este é um tipo de serviço que consome muita energia durante o dia
inteiro. Então, procure medidas e atitudes que tragam um alívio no final do mês. Se for
possível, sempre prefira aquilo que não vai puxar tanta energia assim.
Ainda falando de finanças, o certo mesmo é manter um controle rígido sobre todos os
caminhos que o dinheiro da empresa segue. E ao contrário do que muitos
empreendedores fazem, mantenha o seu dinheiro pessoal separado do profissional.
Outra dica é fornecer diversas formas de pagamento. Se o ponto principal do dia é
quando o cliente faz o pagamento, você deve facilitar esse momento ao máximo!
Para fechar, entenda que o pagamento de funcionários não deve superar 50% do lucro.
Se isso acontecer, o dinheiro que entrar para você não será o suficiente.
Então, o lema de todo dono de salão de beleza é: fazer mais com menos, quanto mais
esse provérbio for aplicado, mais longe você vai.
3 – MODELO
Conquistar é o lema de qualquer negócio. Todas as pessoas que querem abrir um
estabelecimento e fazê-lo prosperar têm que tomar nota de algumas obrigações que essa
posição comercial lhe traz. As grandes empresas conheciam muitas técnicas modernas e
já aplicadas em países do exterior, mas aqui no Brasil esse conhecimento de marketing
não era muito difundido. Até que a internet chegou e transformou as informações em
algo acessível, fazendo com que muitos proprietários e empreendedores passassem a
conhecer outro mundo quando o assunto é administrar e vender.
As soluções aqui propostas talvez revolucionem o modo como você vê os negócios, mas
não são coisas fantásticas e que ninguém pensou antes. O bom do marketing é que você
não precisa ter inventado a solução, apenas adequá-la a sua realidade.

CONHECENDO O TERRITÓRIO
O que é que nós estamos querendo propor aqui a você? Conhecer o território onde o seu
salão de beleza vai estar por um bom tempo. Mas o que nós queremos não é saber se a
acessibilidade é boa, se o local é esquisito, se muitos potenciais clientes passam por ali,
enfim, não são esses os motivos que levaram esse tópico a ser criado.
Aqui está uma de suas ótimas cartadas. Digamos que a vida em bairro é sempre bem
cômoda. A pessoa que mora em determinada localidade vai se acostumar a comprar
sempre naquela farmácia perto da sua casa, a abastecer no posto de gasolina mais
próximo, a frequentar o supermercado mais acessível, enfim, todas essas conveniências,
sem falar nas lojas que podem existir próximas ao seu estabelecimento, são lugares com
potencial para receber visitas dos moradores que ali residem.
Algo que acontece muito, principalmente em bairros mais desenvolvidos, é que há
vários pontos comerciais que passam despercebidos, pois os moradores não conhecem,
preferem ir a algum lugar mais longe, pois lá sabem que é garantido o bom serviço no
qual estão acostumados. Você precisa quebrar essa cadeia.
Então, o que estamos propondo é que você identifique bem os outros pontos comerciais
que podem criar uma parceria com o seu salão.

POSSÍVEIS PARCERIAS COM UM


SALÃO DE BELEZA
Começando pela farmácia local. E nesse item você não deve encontrar muitos
problemas, pois todo lugar, por mais simples que seja, tem pelo menos uma farmácia. A
ideia aqui é o seguinte: caso o cliente da farmácia adquiriu certo produto voltado para a
estética, um breve cadastro é feito e ele tem direito a determinado serviço relacionado
ao produto no seu salão de beleza.
Com isso ele conhece o seu estabelecimento e vê a qualidade do negócio. Essa é uma
ideia boa para todos os quatro envolvidos: a farmácia, a empresa que fabrica o produto,
o cliente e o salão de beleza. Todos saem ganhando.
Isso é bom quando você chega a um bairro que já tem a presença de outros salões de
beleza ou quando há um número baixo de novos clientes. Você tem que fazer o seu
diferencial. Procure contatar as pessoas certas, negocie, fale com mais de um
estabelecimento.
O mesmo vale para supermercados menores, que são lugares preferidos por pessoas
que querem evitar as longas filas dos grandes estabelecimentos bem frequentados.
Aproveite os empreendedores, os donos de micro e pequenos negócios, mas que já
possuam uma clientela que possivelmente pode também ser a sua. Investir em farmácias
é uma ótima pedida. Lugares onde mulheres costumam frequentar com assiduidade é
uma excelente ideia. Apresente a sua proposta em lojas de roupas, por exemplo.
Se você quiser se aventurar por mercados mais gerais, como lojas de conveniências e
restaurantes, por exemplo, pense um pouco a respeito e veja se vale a pena mesmo
tentar um lugar que possivelmente não tem um produto ou serviço que seja relacionado
aos seus.
No final, você terá que conquistar não apenas os clientes, mas também outros
empreendedores como você. E isso realmente é a base de todo negócio.

4 – MODELO