Вы находитесь на странице: 1из 3

14/04/2017

UnB ­ Matrícula Web ­ Disciplina ­ Listagem de Ementa/Programa

Universidade de Brasília ­ UnB

 
Decanato de Ensino de Graduação ­ DEG Secretaria de Administração Acadêmica ­ SAA

Decanato de Ensino de Graduação ­ DEG Secretaria de Administração Acadêmica ­ SAA

GRADUAÇÃO

GRADUAÇÃO

Seja bem­vindo(a). Para ter acesso ao menu de Aluno, faça o login. clique aqui para fazer
Seja bem­vindo(a).
Para ter acesso ao menu de Aluno, faça o login.
clique aqui para fazer o login.
Disciplina ­ Listagem de Ementa/Programa
Período Atual
2017/1
Disciplina: 124702 ­ Metodologia de Observação
(Ver Oferta)
 

Graduação

Órgão:

PED ­ Departamento de Psic.Escolar e do Desenvolvimento

 

Código:

124702

Denominação: Metodologia de Observação

 
 

Nível:

Graduação

Vigência:

2014/1

Pré­req:

Disciplina sem pré­requisitos

 

Ementa: A observação como atividade científica fundamental na construção do conhecimento psicológico. A metodologia de observação no contexto da etologia e das ciências humanas: histórico e desenvolvimento. Abordagens observacionais na Psicologia. O registro de observação: métodos e técnicas de registro, análise, critérios de fidedignidade, validade e relevância dos dados. A observação em diferentes contextos.

Programa:

PRORAMA SUSCINTO

  • 01. ENFOQUES OBSERVACIONAIS NO ESTUDO DO COMPORTAMENTO HUMANO.

  • 02. A OBSERVACAO DIRETA EM PSICOLOGIA, VANTAGENS E LIMITACOES.

  • 03. A LINGUAGEM NOS REGISTROS DE OBSERVACAO.

  • 04. A SITUACAO DE OBSERVACAO.

  • 05. METODOS E TECNICAS DE OBSERVACAO DIRETA.

  • 06. A FIDELIDADE E A VALIDADE DAS OBSERVACOES.

  • 07. A OBSERVACAO DO COMPORTAMENTO MOTOR.

  • 08. A OBSERVACAO DO COMPOTAMENTO SOCIAL.

  • 09. A CLASSIFICACAO DE COMPORTAMENTOS.

  • 10. A UTILIZACAO DO METODO DE OBSERVACAO DIRETA NA CLINICA, NA

ESCOLA,

NA EMPRESA E NA PESQUISA EM PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO.

PROCEDIMENTO DIDATICO:

PARA ATINGIR OS OBJETIVOS PROPOSTOS O CURSO TERA AS SEGUINTES ATIVIDA­

DES:

­ AULAS TEORICAS

­ FICHAMENTO E DISCUSSAO DE TEXTOS

­ ANALISE CRITICA E APRESENTACAO ORAL DE ARTIGOS DE PESQUISA

­ SESSOES DE LABORATORIO COM RELATORIO

­ PROVA SOBRE O CONTEUDO PROGRAMATICO

­ TRABALHO DE CAMPO SUPERVISIONADO COM RELATORIO FINAL.

PARTE PRATICA:

14/04/2017

UnB ­ Matrícula Web ­ Disciplina ­ Listagem de Ementa/Programa

 

O CURSO INCLUI UMA PARTE PRATICA QUE TEM COMO OBJETIVO O TREINO E A

 

APLICACAO NAS TECNICAS DE OBSERVACAO APRENDIDAS EM SALA DE AULA. A PAR­

TE PRATICA E A APLICACAO NAS TECNICAS DE OBSERVACAO APRENDIDAS EM SALA

DE AULA. A PARTE PRATICA TERA DUAS PARTES:

1) TREINO EM LABORATORIO, ONDE OS ALUNOS, ATRAVES DA UTILIZACAO DE ME­

TODOS AUDIVISUAIS, DEVERAO DESENVOLVER AS HABILIDADES ESSENCIAIS PA­

RA TRABALHO DE OBSERVACAO;

2) TRABALHO DE CAMPO, PARA APLICACAO E DESENVOLVIEMNTO DA COMPETENCIA

DE OBSERVAR EM SITUACOES DA VIDA REAL.

O TRABALHO DE CAMPO SERA REALIZADO EM EQUIPE E TERA A DURACAO DE

DOIS MESES COM 2 HS. POR SEMANA. AS INSTRUCOES PARA ESTE TRABALHO SERAO

DADAS NO DECORRER DO CURSO.

AO FINAL DO TRABALHO A EQUIPE ELAORARA UM RELATORIO SOBRE A EXPERI­

ENCIA COM A ANALISE CRITICA DA MESMA.

Bibliografia: Básica:

Danna, M. F. & Matos, M.A. (1996). Ensinando observação. Uma introdução. São Paulo: Edicon.

Fangundes, A.J.F.N. (1985). Descrição, definição e registro de comportamento. São Paulo: Edicon.

Flick, U. (2005). Uma introdução à pesquisa qualitativa. Porto Alegre:

Bookman.

Hutt, S.J. & Hutt, C. (1974). Observação direta e medida do comportamento. São Paulo: EPU/EDUSP.

Vianna, H.M. (2003). Pesquisa em educação ­ a observação. Brasília: Editora Plano.

Complementar:

Alves, P.B.; Koller, S.H.; Silva, A.S.; Reppold, C.R.; Santos, C.L.; Bichinho, G.S.; Prade, L.T.; Silva, M.R. & Tudge, J. (1999). A construção de uma metodologia observacional para o estudo de crianças em situação de rua:

criando um manual de codificação de atividades cotidianas. Estudos de psicologia, 4(2), pp.289­310.

Cano, D.S. & Sampaio, I.T.A. (2007). O método de observação na psicologia:

considerações sobre a produção científica. Interação em psicologia, 11(2),

pp.199­210.

Carvalho, A.M.A.; Bergamasco, N.H.P.; Lyra, M.C.D.P.; Pedrosa, M.I.P.C.; Rubiano, M.R.B.; Rosseti­Ferreira, M.C.T.; Oliveira, Z.M.R. & Vasconcellos, V.M.R.(1996). Registro em vídeo na pesquisa em psicologia: reflexões a partir

de relatos de experiência. Psicologia: Teoria e Pesquisa, vol. 12(3), pp.261­

267.

Dessen, M.A.C. & Borges, L.M. (1998). Estratégias de observação do comportamento em psicologia do desenvolvimento. Em G. Romanelli e Z.M.M. Alves. Diálogos metodológicos sobre prática de pesquisa. Ribeirão Preto: Regis Summa LTDA/CAPES, pp.31­50.

Ferreira, V.R.T. & Mousquer, D.N. (2004). Observação em psicologia clínica. Revista de psicologia da UnC, vol. 2(1), pp.54­61.

Madureira, A.F.A. 7 Branco, A.U. (2001). A pesquisa qualitativa em psicologia do desenvolvimento: questões epistemológicas e implicações metodológicas.

14/04/2017

UnB ­ Matrícula Web ­ Disciplina ­ Listagem de Ementa/Programa

 

Temas em psicologiada SBP, vol9(1), pp.63­75.

 

Ricci, N.A.; Kubota, M.T. & Cordeiro, R.C. (2005). Concordância de observações sobre a capacidade funcional de idosos em assistência domiciliar. Revista saúde pública, 39(4), pp.655­662.

 

© 2017 CPD ­ Centro de Informática

UnB ­ Universidade de Brasília