Вы находитесь на странице: 1из 610

A  

500 Questões Comentadas de Processo Civil - FCC (Novo CPC)


Professores: Bruno Klippel, Guilherme Corrêa
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

  ±500 QUESTÕES COMENTADAS DE


 !! "#" $ % ± QUESTÕES SOBRE:
! S& S' (! ( "!) !* S "&!+
!E" !,  -"!"&!+  !.+ "!
J/(, ( 0"0 S& ( ! S& S', (
0S(( ( ! /S',

1234567 8496:;
<= >?@BCBDFGHIK L<
M= NOBCFQBC RKTBDFGUGC DG GOVGW LM
X= YZCFG UGC [OBCFQBC RKTBDFGUGC DG GOVGW \]
\= ^G_G@ZFKC `a
b= cKDCZUB@GHQBC dZDGZC `a

1. APRESENTAÇÃO:

Prezados alunos,
eDZRZGTKC G DKCCG AULA 08 sobre: SENTENÇA E DAS DECISÕES:
f7:fg6h71i g18jf6g1k 5gl2616h71i 85gfm21n7i f761;
o2m9;p;k p7 f238563g:h7 p; 1g:hg:q;k p7 3;:p;p7 pg
1g925;:q;k
>CCZTr CB@IK GDGVZCGUGC DG GOVG UB sKtB 42 (quarenta e duas) questões
uv wff, sendo que comentaremos em primeiro lugar a assertiva correta,
partindo para a análise mais breve das assertivas erradas. Claro que
estamos sempre aberto aos questionamentos e dúvidas, que podem ser
facilmente esclarecidas por meio do fórum de dúvidas do Estratégia
Concursos.
P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

2. QUESTÕES COMENTADAS:

x - Q378708 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 18ª Região (GO) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; )
É yz{z|} ~} €‚ ƒ„}{z„„ |z…†z…‡~ˆ ~ {~‰}„ y} ~€†}„ˆ ye natureza diversa da
pedida, bem como condenar o réu em quantidade superior ou em objeto
diverso do que lhe foi demandado. Esse enunciado normativo refere-se ao
princípio processual da
a) obrigatoriedade da jurisdição.
b) eventualidade.
c) inércia jurisdicional.
d) adstrição ou congruência.
e) reciprocidade decisória.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ A limitação imposta ao Juiz, quando de
sua decisão, pelo pedido que foi formulado pelo autor, encontra-se em
conformidade com o princípio da adstrição ou congruência, que também é
chamado de princípio da correlação. Nas provas podemos encontrar as 3
denominações. A ideia é bem simples e está de acordo com os artigos 141 e 492
do CPC/15, a saber:
a. Se o autor pediu dano material apenas, não pode o Juiz conceder dano
moral.
b. Se o autor pediu R$10.000,00 de danos materiais, não pode o Juiz condenar
o réu em quantia superior.

Vejamos os dispositivos legais:

³Art. 141. O juiz decidirá o mérito nos limites propostos pelas partes,
sendo-lhe vedado conhecer de questões não suscitadas a cujo respeito a
lei exige iniciativa da parte´

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
³Art. 492. É vedado ao juiz proferir decisão de natureza diversa da
pedida, bem como condenar a parte em quantidade superior ou em
objeto diverso do que lhe foi demandado´

As demais assertivas trazem situações totalmente distintas. Temos que ter


cuidado com os nomes: adstrição, correlação e congruência.

• - Q357691 ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Cuiabá - MT - Procurador


Municipal / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; ) Em razão
de acidente automobilístico, Alberto ajuizou ação de indenização contra
Maurício, que se defendeu alegando culpa exclusiva de terceiro. Depois de
julgado procedente o pedido, em decisão transitada em julgado, Maurício
ajuizou ação contra Alberto no âmbito da qual demonstrou, por laudo
particular anexado à petição inicial, que o acidente ocorreu porque Alberto
trafegava com veículo em mau estado de conservação. Este segundo
processo deverá ser
–— extinto sem resolução de mérito, porque, depois do trânsito em julgado,
reputam-se repelidas não somente as alegações efetivamente realizadas,
mas também as que poderiam ter sido feitas por ocasião da defesa.
b) admitido, porque houve alteração dos polos ativo e passivo, mudança
da causa de pedir e juntada de documento essencial.
c) admitido, pois houve alteração da causa de pedir.
d) extinto com resolução de mérito, em razão da coisa julgada.
e) admitido, em razão da alteração dos polos ativo e passivo.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ A situação narrada dá conta de que
houve a análise da situação pelo Poder Judiciário, sendo que a situação foi
definitivamente julgada, com trânsito em julgado. Destaca-se que na segunda
ação o autor quer desconstituir o que já foi julgada, mas com novo fundamento.
Porém, a autoridade da coisa julgada protege a coisa julgada a partir dos
fundamentos trazidos e daqueles que poderiam ser trazidos. É o que se chama de
eficácia preclusiva da coisa julgada ou princípio do deduzido e do dedutível,
transcrito no art. 508 do CPC/15:

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

³Art. 508. Transitada em julgado a decisão de mérito, considerar-se-ão


deduzidas e repelidas todas as alegações e as defesas que a parte poderia
opor tanto ao acolhimento quanto à rejeição do pedido´

Desta forma tem-se a proteção da coisa julgada e caso haja o ajuizamento da


segunda ação, esta deverá ser extinta sem resolução do mérito nos termos do art.
485, V do CPC/15:
³Art. 485. O juiz não resolverá o mérito quando:
(...)
V - reconhecer a existência de perempção, de litispendência ou de
coisa julgada´

Vejam que apenas duas assertivas falam em extinção do processo, mas a letra
³'´ WUD] a extinção com resolução do mérito, o que está totalmente errada. As
demais, que falam em admissão da ação, estão totalmente excluídas.

˜ - Q361191 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada) (Adaptada ao CPC/15) Sobre sentença e coisa julgada, de
acordo com o Código de Processo Civil, considere:
I. A sentença deve ser certa, ainda quando decida relação jurídica
condicional.
II. Se, depois da propositura da ação, algum fato constitutivo ou extintivo
do direito influir no julgamento da lide, caberá ao juiz tomá-lo em
consideração no momento de proferir a sentença, mas não poderá
considerar se o fato for modificativo do direito, diante da preclusão
consumativa.
III. Publicada a sentença, o juiz só poderá alterá-la por meio de embargos
de declaração.
IV. Faz coisa julgada a resolução da questão prejudicial decidida expressa
e incidentemente, se dessa resolução depender o julgamento do mérito, a
seu respeito tiver havido contraditório prévio e efetivo e o juiz tiver
competência em razão da matéria e da pessoa para resolver como questão

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
™š›œžŸ Ÿ¡¢£
V. A sentença que condenar a parte no pagamento de uma prestação,
consistente em dinheiro ou em coisa, valerá como título constitutivo de
hipoteca judiciária.

Está correto o que consta APENAS em


a) I, II e III.
b) I, IV e V.
c) I, III e IV.
d) II, IV e V.
e) II, III e V.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³%´ Apenas as assertivas I, IV e V estão
corretas, de acordo com a análise a seguir realizada:
I. Correta, pois em conformidade com o art. 492, parágrafo único do
CPC/15.
II. Errada, já que o art. 493 do CPC/15 diz que o fato a ser tomado em
consideração pelo Juiz pode ser constitutivo, modificativo ou extintivo
do direito.
III. Errada, pois o art. 494 do CPC/15 diz que o Juiz poderá alterar a
sentença, inclusive de ofício, quando houver erro material ou de cálculo,
além da alteração por meio dos embargos de declaração. Salienta-se
ainda que o CPC/15 admite que o juiz se retrate, no prazo de 5 dias,
após a interposição da apelação contra a sentença de indeferimento da
inicial, de julgamento de improcedência liminar e em qualquer das
hipóteses de extinção sem resolução do mérito.
IV. Correta, pois se trata do texto do §1°, do art. 503 do CPC/15, que trata
da ampliação dos limites objetivos da coisa julgada.
V. Correta, em conformidade com o art. 495 do CPC/15.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
¤ - Q359625 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz / Direito
Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada) (Adaptada ao CPC/15) Em
relação à sentença e à coisa julgada,
–— a coisa julgada material é imutável, não podendo ser rescindida em
nenhuma hipótese prevista no direito processual pátrio.
b) a formação da coisa julgada abrange os motivos, desde que importantes
para determinar o alcance da parte dispositiva da sentença, bem como a
verdade dos fatos, estabelecida como fundamento da sentença.
c) a sentença proferida ultra petita não é nula, podendo ser reduzida aos
limites do pedido pelo tribunal, no julgamento do apelo interposto.
d) o juiz que ao decidir extinguir o processo sem resolução do mérito, não
há necessidade de fundamentar a decisão.
e) a sentença deve ser certa, salvo se decidir relação jurídica condicional.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa CORR(7$e$/(75$³&´ A sentença ultra petita é aquela que,
examinando o pedido do autor, condena o réu naquilo que foi pedido, mas em
quantidade superior ao pedido. Assim, se o autor pede R$10.000,00 de danos
materiais e a sentença condena o réu ao pagamento de R$30.000,00 de danos
materiais, a decisão é ultra petita, pois foi além do pedido, no que concerne à
TXDQWLGDGH &RQIRUPH GLWR QD OHWUD ³&´ R HQWHQGLPHQWR p TXH D PHVPD QmR p
nula, podendo ser reduzido o valor aos limites pedidos pelo autor, em eventual
julgamento de recurso. Assim, o réu, condenado em quantidade superior ao
pedido, poderá recorrer para reduzir a condenação, de R$30.000,00 para, no
máximo, R$10.000,00. As demais assertivas estão erradas, conforme análise a
seguir:
/HWUD³$´HUUDGDSRis o art. 966 do CPC/15 prevê o cabimento da ação rescisória
em várias situações, sendo que é possível a rescisão da coisa julgada naquelas
hipóteses.
/HWUD³%´HUUDGDSRLVRDUW504 do CPC/15 diz que os motivos e a verdade dos
fatos não são abrangidos pela coisa julgada.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVDIXQGDPHQWDomRpLPSUHVFLQGtYHO, nos termos do art. 489
do CPC/15 e art. 93, IX da CF/88.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
/HWUD³(´HUUDGDSRLVRDUW92, parágrafo único do CPC/15 diz que a sentença
deve ser certa ainda que decida relação condicional.

¥ ¦ §˜˜•˜•¨ ( Prova: FCC - 2013 - PGE-BA - Analista de Procuradoria -


Área de Apoio Calculista / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada; ) No que tange à sentença, é correto afirmar que
–— é defeso ao juiz, em regra, proferir sentença ilíquida, se o autor houver
formulado pedido certo.
b) é possível ao juiz proferir sentença, a favor do autor, de natureza diversa
da pedida, desde que perceba ser a mais adequada aos fatos narrados na
inicial.
c) a sentença deve ser certa, a não ser que decida relação jurídica
condicional.
d) a sentença deve sempre acolher ou rejeitar totalmente o pedido
formulado pelo autor, vedado o acolhimento ou rejeição parciais.
e) o relatório é requisito sempre facultativo da sentença nos julgamentos
do processo com resolução do mérito, sendo indispensáveis os
fundamentos e o dispositivo.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ A regra descrita no direito processual
civil, no tocante ao pedido, é que o mesmo deve ser certo e determinado,
conforme arts. 322 e 324 do CPC/15, sendo que, nessa situação, o Juiz deve
proferir sentença líquida. Assim, se o autor afirma o que quer e na quantidade que
quer, a sentença deverá apreciar o pedido e, caso o julgue procedente, deverá
indicar logo a quantidade. Além disso, importante destacar o contido no art. 491
do CPC/15 que determina que o juiz defina a extensão da obrigação:

Art. 491. Na ação relativa à obrigação de pagar quantia, ainda que


formulado pedido genérico, a decisão definirá desde logo a extensão da
obrigação, o índice de correção monetária, a taxa de juros, o termo inicial
de ambos e a periodicidade da capitalização dos juros, se for o caso, salvo
quando:
I - não for possível determinar, de modo definitivo, o montante devido;

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
II - a apuração do valor devido depender da produção de prova de
realização demorada ou excessivamente dispendiosa, assim reconhecida
na sentença.

As demais assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:


/HWUD ³%´ HUUDGD SRLV R -XL] QmR SRGH SURIHULU GHFLVmR GH QDWureza diversa da
pedida, conforme art. 492 do CPC/15, uma vez que há a incidência do princípio
da congruência (correlação ou adstrição).
/HWUD³&´HUUDGDSRLVPHVPRVHGHFLGLUUHODomRMXUtGLFDFRQGLFLRQDOGHYHUiVHU
certa, conforme art. 492, parágrafo único do CPC/15.
/HWUD ³'´ HUUDGD SRLV R -XL] SRGH MXOJDU SDUFLDOPHQWH SURFHGHQWH o pedido
formulado pelo autor, nos termos do art. 490 do CPC/15.
/HWUD ³(´ HUUDGD pois no CPC/15, conforme art. 489, o relatório é sempre
obrigatório, sendo dispensado apenas na Lei 9099/95 (juizados especiais cíveis),
nos termos do art. 38 desta lei.

¨ ¦ §˜˜•x˜¨ ( Prova: FCC - 2013 - PGE-BA - Analista de Procuradoria -


Área de Apoio Jurídico / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada; ) Em ação indenizatória, João Pereira pede R$ 10.000,00 a título
de danos morais, porque seu nome foi indevidamente protestado pelo réu,
por dívida que já havia sido paga. O juiz, considerando os fatos graves,
julga procedente a demanda e condena o réu em R$ 15.000,00. Ao apelar,
o réu alegará que a sentença foi proferida
–— extra petitum, devendo o Tribunal anulá-la.
b) ultra petitum, podendo o Tribunal, em vez de anulá-la, reduzir o valor
ao máximo pleiteado na inicial.
c) citra petitum, devendo o Tribunal determinar ao juiz de Primeira
Instância que profira outra nos limites requeridos por João Pereira.
d) ultra petitum, devendo o Tribunal anulá-la.
e) extra petitum, podendo o Tribunal reduzir o valor da condenação ao
máximo de R$ 10.000,00 pedidos por João Pereira.

Š‹ŒŽ‘’‹“”

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³%´ Percebam que o autor pediu a
condenação do réu ao pagamento de dinheiro e a sentença assim o fez. Ocorre
que o valor da condenação foi superior ao pedido, ou seja, condenou-se o réu ao
pagamento de R$15.000,00, sendo que o pedido foi de R$10.000,00. A
condenação, por ter sido em valor além do pedido, é considerada ultra petita,
sendo que o Tribunal deverá excluir a condenação que ultrapassou o pedido,
fixando nova condenação até o máximo pedido, conforme letra ³%´$GHFLVmRQD
situação, feriu o princípio da congruência, também chamado de adstrição ou
correção, previsto nos artigos 141 e 492 do CPC/15, abaixo transcritos:

³Art. 141. O juiz decidirá o mérito nos limites propostos pelas partes,
sendo-lhe vedado conhecer de questões não suscitadas a cujo respeito a
lei exige iniciativa da parte´

³Art. 492. É vedado ao juiz proferir decisão de natureza diversa da


pedida, bem como condenar a parte em quantidade superior ou em
objeto diverso do que lhe foi demandado´

As demais assertivas não precisam ser analisadas em separado, pois excluídas


pelo estudo feito.

© ¦ §˜¥ªª«• ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 18ª Região (GO) - Analista


Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil / Sentença
e Coisa Julgada) Pode o juiz, na sentença,
–— determinar, na ação que tenha por objeto a entrega de coisa, a
expedição de mandado de imissão na posse, em favor do credor, caso se
trate de bem móvel.
b) condenar o réu em objeto diverso do que foi pedido, quando verificar
que o autor é pessoa pobre ou sem instrução.
c) deixar de fundamentar, quando se tratar de causa de pequena
complexidade.
d) impor, de ofício, multa diária a fim de assegurar o cumprimento de
obrigação de fazer ou não fazer.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
¬— deixar de apreciar o pedido, caso haja lacuna legal a respeito do fato
controvertido.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ A previsão de imposição de multa diária
na sentença, a fim de assegurar o cumprimento da obrigação de fazer ou não
fazer, encontra-se previsto nos arts. 497 e 500 do CPC/15, abaixo transcrito:

³Art. 497. Na ação que tenha por objeto a prestação de fazer ou


de não fazer, o juiz, se procedente o pedido, concederá a tutela
específica ou determinará providências que assegurem a
obtenção de tutela pelo resultado prático equivalente.
Parágrafo único. Para a concessão da tutela específica destinada a inibir
a prática, a reiteração ou a continuação de um ilícito, ou a sua remoção,
é irrelevante a demonstração da ocorrência de dano ou da existência de
culpa ou dolo.

Art. 500. A indenização por perdas e danos dar-se-á sem prejuízo da


multa fixada periodicamente para compelir o réu ao cumprimento
específico da obrigação´

Ressalta-se que não há a necessidade de pedido para que seja fixada esta multa,
ou seja, poderá ser fixada de ofício, já que o CPC/15 coloca como uma
SRVVLELOLGDGH DR MXL] FRQIRUPH FRQVWD GD /HWUD ³'´. As demais estão erradas,
conforme análise a seguir:
/HWUD ³$´ HUUDGD SRLV R PDQGDGR GH LPLVVmR QD SRVVH p SDUD EHQV LPyYHLV
conforme art. 538 do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGDSRLVQmRSRGHGHFLGLURTXHQmRIRLSHGLGRPHVPRTXHDSDUWH
seja pobre, em virtude do princípio da congruência.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVDIXQGDPHQWDomRpLQGLVSHQViYHOFRQIRUPHDUW,;GD
CF/88 e art. 489 do CPC/15. A única exceção aparece no sistema dos juizados
especiais, conforme art. 38 da Lei 9.099/95.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVGHDFRUGRFRPRDUW40 do CPC/15, o Juiz não pode deixar
de julgar, mesmo que haja lacuna ou obscuridade na lei.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
ª ¦ §˜•¤ª¥x ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 12ª Região (SC) - Técnico
Judiciário / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; ) Quanto à
sentença e à coisa julgada, considere:

I. A sentença deve ser certa, ainda quando decida relação jurídica


condicional.
II. Condenado o devedor a emitir declaração de vontade, a sentença, uma
vez transitada em julgado, produzirá todos os efeitos da declaração não
emitida.
III. Os motivos fazem coisa julgada, desde que relevantes para determinar
o alcance da parte dispositiva da sentença.

Está correto o que consta em:


a) I e III, apenas.
b) I e II, apenas.
c) I, II e III.
d) II, apenas
e) II e III, apenas.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ Estão corretas apenas as assertivas I e
II, conforme análise a seguir:

I. Correta, já que se trata da redação do art. 492, parágrafo único do


CPC/15.
II. Correta, de acordo com o art. 501 do CPC/15.
I. Errada, pois o art. 504, I do CPC/15 afirma que os motivos não fazem
coisa julgada, mesmo que importantes para determinar a parte
dispositiva da sentença.

« ¦ §˜x««¤¨ ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Titular de Serviços de Notas e


de Registros - Provimento / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada; ) Na ação que tenha por objeto o cumprimento de obrigação de

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
­¡®›š ¯ °±¯ ­¡®›š ™¡š¡ ¡ ž›­›²¡ ž¯² žŸš›Ÿ³¯² › Ÿ°³›š›sses protegidos pelo
Código de Defesa do Consumidor, o juiz concederá a tutela específica da
obrigação ou determinará providências que assegurem o resultado prático
equivalente ao do adimplemento. A conversão da obrigação em perdas e
danos será admissível se
a) for impossível a tutela específica, apenas.
b) por elas optar o autor, apenas.
c) por elas optar o autor ou se impossível a tutela específica ou a obtenção
do resultado prático equivalente.
d) for impossível a obtenção do resultado prático equivalente, apenas.
e) for impossível a tutela específica ou obtenção do resultado prático
equivalente, apenas.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³&´ A conversão em perdas e danos será
admissível nas VLWXDo}HV GHVFULWDV QD OHWUD ³&´ TXH FRQVWDP QR DUW 99 do
CPC/15, abaixo transcrito:

³Art. 499. A obrigação somente será convertida em perdas e danos se o


autor o requerer ou se impossível a tutela específica ou a obtenção de
tutela pelo resultado prático equivalente´

Percebam que a conversão em perdas e danos pode ocorrer por opção do autor
ou se for impossível a tutela específica/obtenção do resultado prático
correspondente. As demais assertivas ficam excluídas pela análise feita.

x´ ± Q280564 ( Prova: FCC ± 2012 ± TRT ± 18ª Região (GO) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada) (adaptada
ao CPC/15)
µ ²›°³›°¶¡
a) ilíquida não pode ser anulada pelo tribunal de ofício, se o autor, embora
tenha formulado pedido certo e determinado, não impugnou para alegar
esse vício.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
·— condicional é admissível nos casos em que envolvam direitos da
personalidade.
¸— de mérito, depois de publicada, pode ser alterada de ofício para corrigir
evidente erro de fato.
d) que extinguir o processo sem a resolução do mérito nunca obsta a que
autor intente de novo a ação.
e) que extingue o processo sem a resolução do mérito deverá ser
fundamentada.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ A única assertiva correta é a que afirma
que a sentença que extingue o processo sem resolução do mérito deverá ser
fundamentada, nos termos do art. 489 do CPC/15.

/HWUD ³$´ HUUDGD SRLV VH WUDWD GH YtFLR GH QDWXUH]D DEVROXWD TXH SRGH VHU
reconhecido pelo Tribunal, com a anulação da sentença, mesmo que não haja
alegação no recurso.
/HWUD³%´HUUDGDSRLVQmRpSRVVtYHODVHQWHQoDFRQGLFLRQDOFRQIRUPHDUW92,
parágrafo único do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVQmRpSRVVtYHODFRUUHomRGRHUURGHIDWRDSyVSXEOLFDomR
da sentença, nos termos do art. 494 do CPC/15.
/HWUD ³'´ HUUDGD Mi TXH R DUW 486, §1° do CPC/15 determina que somente
poderá haver o ajuizamento da ação se ocorrer a correção do vício.

xx ¦ §•¥˜ª¤x ( Prova: FCC - 2012 - DPE-PR - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada) (Adaptada ao CPC/15)
Sobre a sentença e a coisa julgada, é correto afirmar:
–— Em regra, na ação relativa à obrigação de pagar quantia, ainda que
formulado pedido genérico, a decisão definirá desde logo a extensão da
obrigação, o índice de correção monetária, a taxa de juros, o termo inicial
de ambos e a periodicidade da capitalização dos juros, se for o caso.
b) Formulado pedido certo e determinado, autor e réu têm interesse
recursal em arguir o vício da sentença ilíquida.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
¸— Processada uma causa de ressarcimento por danos causados em
acidente de veículo de via terrestre o juiz poderá deixar o valor para uma
fase futura de liquidação, sempre que entender conveniente.
d) O fato constitutivo, modificativo ou extintivo do direito, passível de
influir no julgamento da lide, porém surgido após a fase de saneamento do
processo, não poderá ser considerado pelo juiz de ofício em razão do
princípio da inalterabilidade da demanda.
e) Em razão da proibição de sentença extra petita, no caso de o autor ter
formulado pedido genérico, o juiz não poderá proferir sentença líquida.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ 2TXHVHDILUPDQDOHWUD³$´HVWiHP
conformidade com o art. 491 do CPC/15, que trata da impossibilidade do Juiz
proferir sentença ilíquida ainda que tenha sido formulado pedido genérico.
Vejamos:

³Art. 491. Na ação relativa à obrigação de pagar quantia, ainda


que formulado pedido genérico, a decisão definirá desde logo a
extensão da obrigação, o índice de correção monetária, a taxa de
juros, o termo inicial de ambos e a periodicidade da capitalização
dos juros, se for o caso, salvo quando:

I - não for possível determinar, de modo definitivo, o montante devido;


II - a apuração do valor devido depender da produção de prova de
realização demorada ou excessivamente dispendiosa, assim reconhecida
na sentença´

As demais assertivas estão erradas, conforme será demonstrado a seguir:

/HWUD ³%´ HUUDGDpois somente o autor tem interesse recursal neste caso, nos
termos da Súmula 318 do STJ.
/HWUD³&´HUUDGDpois a sentença ilíquida não depende da mera conveniência do
juiz, mas sim, diante das hipóteses do art. 491 do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGDjá que o art. 493 do CPC/15 permite ao Juiz analisar tais fatos
e utilizá-los no julgamento.
P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
/HWUD³(´HUUDGDjá que o CPC/15 exige, em regra, a decisão certa e determinada,
ainda que o pedido tenha sido genérico, nos termos do art. 491.

x• ¦ §˜¨ª©•¤ ( Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Tecnico de Atividade Judiciária


/ Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada) (Adaptada ao
CPC/15) Em relação à sentença,
–— é defeso ao juiz proferir sentença em objeto diverso do que foi pedido
contra o réu, mas poderá condená-lo em quantidade superior ou em
natureza diversa ao que foi pleiteado.
b) o juiz poderá proferir sentença ilíquida, mesmo que o autor tenha
formulado pedido certo.
c) o juiz poderá decidir de forma antecipada apenas parcela do mérito.
d) o juiz a proferirá rejeitando ou acolhendo, sempre totalmente, o pedido
formulado pelo autor.
e) deve ela conter sempre o dispositivo, não sendo necessários o relatório
e os fundamentos em certas hipóteses legais.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³C´ $ LQIRUPDomR TXH FRQVWD QD OHWUD ³&´
está em conformidade com o art. 356 do CPC/15, abaixo transcrito:

³Art. 356. O juiz decidirá parcialmente o mérito quando um ou mais dos


pedidos formulados ou parcela deles:

I - mostrar-se incontroverso;
II - estiver em condições de imediato julgamento, nos termos do art.
355´

Ressalta-se que o julgamento parcial antecipado do mérito é feito por meio de


decisão interlocutória.
/HWUD³$´HUUDGDSRLVQRVWHUPRVGRVDUWLJRV41 e 492 do CPC/15, não pode o
Juiz condenar em quantidade superior ou natureza diversa da pedida.
/HWUD³%´HUUDGDMiTXHRDUW491 do CPC/15 diz que o Juiz, em regra, não poderá
proferir sentença líquida.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
/HWUD ³'´ HUUDGD SRLV R -XL] SRGH FRQFHGHU WRWDOPHQWH QHJDU WRWDOPHnte ou
julgar parcialmente procedente os pedidos do autor, nos termos do art. 490 do
CPC/15.
/HWUD ³(´ HUUDGD SRLV GH DFRUGR FRP R DUW 89 do CPC/15, são elementos
obrigatórios o relatório, a fundamentação e o dispositivo. Apenas nos juizados
especiais é que o relatório é dispensado, conforme art. 38 da Lei 9099/95.

x˜ - Q262209 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 20ª REGIÃO (SE) - Juiz do


Trabalho - Tipo 1 / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada)
(Adaptada ao CPC/15)
µ²²Ÿ°¡¢› ¡ ¡¢³›š°¡³Ÿ¹¡  ¯šš›³¡£
a) Denomina-se coisa julgada material a autoridade que torna imutável e
indiscutível a decisão de mérito não mais sujeita a recurso..
b) Fazem coisa julgada os motivos, desde que relevantes para determinar
o alcance da parte dispositiva da sentença, bem como a verdade dos fatos,
estabelecida como fundamento da sentença.
c) Nenhum juiz decidirá novamente as questões já decididas, relativas à
mesma lide, a não ser, exclusivamente, em caso de erro material ou na
decisão de embargos declaratórios.
d) É possível à parte discutir, no curso do processo, as questões já
decididas, a cujo respeito operou-se a preclusão.
e) Uma vez proferida a sentença, e exaurida a jurisdição de primeiro grau,
é imprescindível recurso voluntário da parte, em qualquer hipótese, para
obstar a imediata formação de coisa julgada.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ O conceito de coisa julgada material,
WUD]LGRSHODOHWUD³$´HVWiDEVROXWDPHQWHFRUUHWRMiTXHD)&&WURX[HDUHGDomR
do art. 502 do CPC/15. Vejamos:

³Art. 502. Denomina-se coisa julgada material a autoridade que torna


imutável e indiscutível a decisão de mérito não mais sujeita a recurso´

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
Se não cabe qualquer recurso, é porque houve a formação da coisa julgada
material, que torna imutável e indiscutível a sentença. Tal decisão, em regra,
somente poderá ser desconstituída, após o trânsito em julgado, de forma
excepcional e desde que a parte interessada ajuíze a ação rescisória, conforme
art. 966 do CPC/15. As outras assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:

/HWUD³%´HUUDGDpois o art. 504 do CPC/15 diz que os motivos e a verdade dos


fatos não fazem coisa julgada, ou seja, podem ser rediscutidos em outras ações.
/HWUD³&´HUUDGDpois mesmo nas situações de erro material e de interposição do
recurso de embargos de declaração, o Juiz não julga novamente as questões
decididas, mas sim, melhora, complementa a sentença proferida.
/HWUD³'´HUUDGDjá que o art. 507 do CPC/15 diz ser defeso tal discussão, pois
a preclusão faz com que não se possa voltar aos atos processuais já realizados.
/HWUD ³(´ HUUDGD pois existem hipóteses em que há a remessa necessária,
também chamada de reexame necessário, previsto no art. 496 do CPC/15, em
que os autos do processo sobem ao tribunal para reanálise da decisão, hipótese
em que não há formação de coisa julgada, sem que haja esta análise pelo tribunal.

x¤ - Q215016 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-PE - Técnico Judiciário - Área


Judiciária - e Administrativa / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada; ) Com relação aos requisitos essenciais da sentença é INCORRETO
afirmar:
a) Condenado o devedor a emitir declaração de vontade, a sentença, uma
vez transitada em julgado, produzirá todos os efeitos da declaração não
emitida.
b) É defeso ao juiz proferir sentença, a favor do autor, de natureza diversa
da pedida.
c) A sentença que condenar o réu no pagamento de uma prestação,
consistente em dinheiro ou coisa, valerá como título constitutivo de
hipoteca judiciária.
d) A sentença deve ser certa, exceto quando decida relação jurídica
condicional.
e) Publicada a sentença, o juiz poderá alterá-la de oficio para Ihe retificar
erros de cálculo.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa IN&255(7$ e $ /(75$ ³'´ Novamente a FCC cobra questão
diretamente relacionada à redação do art. 492, parágrafo único do CPC/15, assim
redigido:

³3DUiJUDIR ~QLFR A decisão deve ser certa, ainda que resolva relação
jurídica condicional´

Ainda que a relação jurídica analisada seja condicional, deve o Juiz proferir
sentença certa, ou seja, que afirme as consequências que serão produzidas caso
haja o descumprimento das condições estabelecidas. As demais assertivas estão
totalmente corretas, conforme veremos abaixo:
/HWUD³$´FRUUHWDde acordo com o art. 501 do CPC/15.
/HWUD ³%´ FRUUHWD conforme art. 492 do CPC/15 que trata do princípio da
congruência.
/HWUD³&´FRUUHWDconforme art. 495 do CPC/15.
/HWUD ³E´ FRUUHWD em conformidade com o art. 494 do CPC/15, que permite a
alteração da sentença pelo juiz, após a publicação da sentença.

x¥ - Q105099 ( Prova: FCC - 2011 - TJ-AP - Titular de Serviços de Notas


e de Registros / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; )
º±¯ š›»Ÿ²Ÿ³¯² ›²²›° Ÿ¡Ÿ² ž¡ ²›°³›°¶¡¼ ž›°³š› ¯³š¯²¼
a) os fundamentos em que o juiz analisará apenas as questões de fato.
b) os fundamentos, em que o juiz analisará as questões de fato e de direito.
c) os fundamentos em que conterão os nomes da partes, a suma do pedido
e da resposta do réu, bem como o registro das principais ocorrências
havidas no andamento do processo.
d) o relatório, em que o juiz analisará e resolverá as questões de fato e de
direito.
e) o dispositivo em que o juiz analisará as questões de fato e de direito.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³%´ Os requisitos essenciais da sentença
constam no art. 489 do CPC/15, abaixo transcrito:
P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

³Art. 489. São elementos essenciais da sentença:

I - o relatório, que conterá os nomes das partes, a identificação do caso,


com a suma do pedido e da contestação, e o registro das principais
ocorrências havidas no andamento do processo;
II - os fundamentos, em que o juiz analisará as questões de fato
e de direito;
III - o dispositivo, em que o juiz resolverá as questões principais que as
SDUWHVOKHVXEPHWHUHP´.

Os três requisitos são indispensáveis. A letUD ³%´ ID] PHQomR FRUUHWD DRV
fundamentos da decisão. As demais assertivas estão erradas, conforme análise a
seguir:
/HWUD³$´HUUDGDSRLVDQDOLVDDVTXHVW}HVGHIDWRHGHGLUHLWR
/HWUD³&´HUUDGDSRLVpQRUHODWyULRTXHFRQVWDPWDLVLQIRUPDo}HV
LeWUD ³'´ HUUDGD SRLV QR UHODWyULR p IHLWR XP UHVXPR GRV SULQFLSDLV
acontecimentos e dados do processo.
/HWUD³(´HUUDGDpois no dispositivo o juiz analisa e decide os pedidos formulados
pelo autor.

x¨ - Q77347 ( Prova: FCC - 2010 - TCE-RO - Procurador / Direito


Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; ) Se, na decisão, o magistrado,
sem analisar o pedido deduzido, delibera sobre pedido não formulado, a
decisão será
a) válida.
b) ultra petita.
c) extra petita.
d) citra petita.
e) condicional.

Š‹ŒŽ‘’‹“”

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ A sentença extra petita é aquela em que
o Juiz decide sobre pedido que não foi formulado, como no seguinte exemplo:
x João pediu danos materiais de R$10.000,00, sendo que o Juiz deixou
de analisar tais pedidos, mas concedeu R$5.000,00 a título de
danos morais.

Vejam que os danos morais não foram requeridos, o que faz com que a decisão
seja considerada extra petita, por conceder algo que está fora do pedido, que não
foi pedido. Na extra petita o juiz não analisa o que foi pedido e dá algo que não
foi requerido. Sobre a situação, aplica-se o princípio da congruência, também
denominado de correlação ou adstrição, previsto nos artigos 141 e 492 do CPC/15:

³Art. 141. O juiz decidirá o mérito nos limites propostos pelas partes,
sendo-lhe vedado conhecer de questões não suscitadas a cujo respeito a
lei exige iniciativa da parte´

³Art. 492. É vedado ao juiz proferir decisão de natureza diversa da


pedida, bem como condenar a parte em quantidade superior ou em
objeto diverso do que lhe foi demandado´

As demais assertivas não precisam ser analisadas.

x© ¦ ( Prova: FCC - 2016 ± Prefeitura de Campinas / Julgamento parcial do


mérito ) Em relação ao julgamento antecipado parcial do mérito, é correto
afirmar:
–— A parte poderá liquidar ou executar, desde logo, a obrigação reconhecida
na decisão que julgar parcialmente o mérito, independentemente de
caução, ainda que haja recurso contra essa interposto.
b) A decisão proferida na antecipação parcial do mérito é recorrível por
meio de apelação, por ter a natureza de sentença.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
¸— O juiz decidirá parcialmente o mérito quando um ou mais dos pedidos
formulados mostrar-se incontroverso quanto ao direito, ainda que
controverso quanto aos fatos.
½— A decisão que julgar parcialmente o mérito só poderá reconhecer a
existência de obrigação líquida.
e) Se houver trânsito em julgado da decisão que tenha julgado
parcialmente o mérito, a execução será provisória, tornando-se definitiva
somente com o julgamento integral da causa.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´, já que é a literalidade do §2°, do art.
356 do CPC/15:

³Art. 356. O juiz decidirá parcialmente o mérito quando um ou mais


dos pedidos formulados ou parcela deles:

I - mostrar-se incontroverso;
II - estiver em condições de imediato julgamento, nos termos do art. 355 ¾
¿À o
A decisão que julgar parcialmente o mérito poderá reconhecer a
existência de obrigação líquida ou ilíquida.
§ 2o A parte poderá liquidar ou executar, desde logo, a obrigação
reconhecida na decisão que julgar parcialmente o mérito,
independentemente de caução, ainda que haja recurso contra
essa interposto´

As demais assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:


/HWUD³%´HUUDGDMiTXHRUHFXUVRFDEtYHOpRDJUDYRGHLQVWUXPHQWRQRVWHUPRV
do §5°, do art. 356 do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGDSDUDTXHVHMDSRVVtYHORMXOJDPHQWRantecipado parcial, o pedido
ou parcela dele deve ser incontroverso, nos termos do art. 356, I do CPC/15.
/HWUD ³'´ HUUDGD já que é possível o reconhecimento de obrigação líquida ou
ilíquida, nos termos do §1°, do art. 356 do CPC/15.
/HWUD ³(´ HUUDGD Fom o trânsito em julgado a execução será definitiva, nos
termos do §3°, do art. 356 do CPC/15.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

xª ¦ §¥¥ª©¨ ( Prova: FCC - 2010 - TJ-PI - Assessor Jurídico / Direito


Processual Civil / Execução; Sentença e Coisa Julgada; Cumprimento de
sentença) (Adaptada ao CPC/15) Analise as seguintes assertivas sobre
o cumprimento de sentença e sua respectiva impugnação:

I. Com o trânsito em julgado de uma sentença condenatória deverá o


credor solicitar a citação do devedor para pagar em 24 horas sob pena de
a condenação ser acrescida de multa de 10%.
II. Na legislação vigente, não mais subsiste ação autônoma para a execução
de sentença condenatória, prevalecendo o que a doutrina chama de
processo sincrético.
III. Mesmo se atribuído pelo juiz efeito suspensivo à impugnação ao
cumprimento de sentença, poderá o exequente prosseguir na execução se
prestar, nos próprios autos, caução suficiente e idônea arbitrada pelo juiz.
IV. Assim como ocorre na execução por título extrajudicial, a impugnação
ao cumprimento de sentença pode ser apresentada desde que esteja o juízo
garantido, no prazo de 15 dias da intimação para pagamento espontâneo.
V. As decisões interlocutórias proferidas na fase de cumprimento de
sentença são atacáveis por agravo de instrumento.
Está correto APENAS o que se afirma em
a) I, II e IV.
b) I, III e V.
c) II, III e IV.
d) II, III e V.
e) III, IV e V.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ Estão corretas as assertivas II, III e V,
conforme análise a seguir:
I. Errada, pois de acordo com o art. 523 do CPC/15, o devedor será
intimado para cumprir a obrigação em 15 dias, sob pena de multa de
10% e honorários de advogado no mesmo percentual.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
II. Correta, pois com a alteração promovida em 2005, com a inserção do
art. 475-J e seguintes ao CPC/73, não há mais ação de execução para a
execução da sentença, e sim, a fase de cumprimento de sentença, que
caracteriza o denominado processo sincrético, pois o processo é um só,
com fases distintas (acertamento do direito e cumprimento da decisão).
Salienta-se que tais modificações foram mantidas no CPC/15.
III. Correta, em conformidade com o §10 do art. 525 do CPC/15.
IV. Errada, pois o art. 525 do CPC/15 deixa claro que a impugnação
independe da garantia do juízo.
V. Correta, em conformidade com o parágrafo único, do art. 1.015 do
CPC/15.

x« - Q28033 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-AP - Técnico Judiciário - Área


Judiciária / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; ) A respeito
da sentença, é correto afirmar que o juiz poderá
–— condenar o réu em quantidade superior ou em objeto diverso do que lhe
foi demandado.
b) proferir sentença, a favor do autor, de natureza diversa da pedida.
c) alterá-la de ofício, após a publicação, para corrigir inexatidões materiais,
bem como para retificar erros de cálculo.
d) proferir sentença ilíquida quando o autor tiver formulado pedido certo.
e) deixar de analisar, na sentença, as questões de fato e de direito, desde
que na parte dispositiva, resolva a lide proposta.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ Um dos dispositivos sobre sentença mais
cobrados em concursos públicos é o art. 494 do CPC/15, que será transcrito abaixo
para verificarmos o seu conteúdo:

³Art. 494. Publicada a sentença, o juiz só poderá alterá-la:

I - para corrigir-lhe, de ofício ou a requerimento da parte, inexatidões


materiais ou erros de cálculo;
II - por meio de embargos de declaração´

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

A primeira regra a ser lembrado é a seguinte: depois de publicada a sentença, o


Juiz não pode alterar o seu conteúdo, por mais errado que esteja. Se julgou
procedente quando deveria julgar improcedente, não poderá alterar a sentença.
Somente o tribunal poderá reformar/anular a decisão. Ocorre que em duas
situações o Juiz pode alterar aquela. Vejamos:
a. De ofício ou a requerimento: quando houver erros de cálculo ou
inexatidões materiais (erros de grafia, por exemplo).
b. A requerimento: quando a parte interpuser recurso de embargos de
declaração, conforme art. 1.022 do CPC/15.
Além disso importante lembrar as hipóteses em que o juiz pode se
retratar após a interposição do recurso de apelação que ataca a sentença
de indeferimento da inicial, improcedência liminar do pedido e sentenças
sem resolução do mérito.

As demais assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:


/HWUD ³$´ HUUDGD SRLV RV DUWLJRV 41 e 492 do CPC/15 não permitem tais
sentenças, pois violam o princípio da congruência (correlação ou adstrição).
/HWUD ³%´ HUUDGD SRLV R DUW 92 do CPC/15 proíbe tal conduta, por violar o
princípio da congruência.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVVHRSHGLGRIRr certo, a sentença deve ser líquida.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVQDIXQGDPHQWDomRUHTXLVLWRREULJDWyULRGDVVHQWHQoDVR
juiz analisará as questões de fato e de direito.

•´ - Q56694 ( Prova: FCC - 2009 - DPE-MT - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; )
Áµ ™¡š³›¼ »› ¡ ›Ÿ³¡š ›Â™š›²²¡ ¯ ³¡ Ÿ³¡Ã›°³› ¡ ²›°³›°¶¡ ¯ ¡ decisão, não
poderá recorrer". Esse enunciado, de texto legal, implica a ocorrência de
a) contumácia.
b) coisa julgada.
c) preclusão consumativa.
d) perempção.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
¬— preclusão lógica.
Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ 2 TXH VH DILUPD QD OHWUD ³(´ FRQVWD
expressamente no art. 1.000 do CPC/15, abaixo transcrito:

³Art. 1.000. A parte que aceitar expressa ou tacitamente a decisão não


poderá recorrer´

A situação é fácil de ser entendida: quem aceita a decisão não pode recorrer, por
serem atos incompatíveis. Se aceita é porque concorda com a decisão. Quem
recorre é porque discorda da decisão. A incompatibilidade entre os atos impede a
interposição do recurso se a parte, expressa ou tacitamente, aceitou a decisão
que lhe foi imposta. Realizar atos incompatíveis não é lógico, ou seja, não é
comum. Daí afirmar-se que a impossibilidade de interposição de recursos
decorrer da PRECLUSÃO LÓGICA, que impõe a perda da possibilidade de
realização de um ato processual (recurso) diante da existência de um ato anterior,
incompatível. As outras assertivas tratam de situações diferentes, a saber:
/HWUD³$´HUUDGDSRLVFRQWXPiFLDHVWiOLJDGDDLQpUFLDGDSDUWHRTXHQmRpD
hipótese.
/HWUD³%´HUUDGDMiTXHDFRLVDMXOJDGDLPSHGHDUHGLVFXVVmRGDPDWpULDSRLVMi
ter sido decidida de forma definitiva, imutável, conforme art. 502 do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVDSUHFOXVmRFRQVXPDWLYDUHWLUDGDSDUWHDSRVVLELOLGDGHGH
realizar um ato que já foi realizado anteriormente, impedindo a realização por
mais de uma vez. Lembre-se que o ato já foi consumado, o que impede a prática
do mesmo novamente.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVSHUHPSomRSUHYLVWDQRDUW486, § 3° do CPC/15, retira
da parte que abandonou o processo por 3 vezes, a possibilidade de ajuizar a ação
novamente, ou seja, pela 4ª vez. Retira-se o direito de ação por ter a parte
ajuizado a mesma ação por 3 vezes, tendo abandonado o processo em todas elas,
gerando a extinção dos mesmos sem resolução do mérito.

•x - Q56698 ( Prova: FCC - 2009 - DPE-MT - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; ) Quanto à sentença:

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
–— uma vez publicada, exaure-se a jurisdição, não podendo o juiz alterá-
la, salvo por meio de embargos declaratórios, exclusivamente.
b) em que pesem seus requisitos essenciais, o relatório poderá ser
dispensado nos Juizados Especiais Cíveis.
c) não é necessária a fundamentação nos casos de extinção do processo
sem julgamento do mérito.
d) é defensável possa o juiz proferi-la, a favor do autor, de natureza diversa
da pedida, se não houver prejuízo ao réu.
e) a imposição de multa pelo juiz, na sentença, dependerá sempre de
provocação da parte interessada.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa CORRETA É $ /(75$ ³%´ Dentre os elementos essenciais da
sentença, conforme art. 489 do CPC/15, encontramos o relatório, a
fundamentação e o dispositivo. Para os procedimentos do CPC/15, todos os
requisitos são obrigatórios. Ocorre que no procedimento dos juizados especiais,
regidos pela Lei nº 9099/95, há a possibilidade da sentença não conter o relatório,
uma vez que o mesmo pode ser dispensado, conforme art. 38 da Lei, abaixo
transcrito:

ÄÅÆÇÈ ÊËÈ Å ÌÍÎÇÍÎÏÐ ÑÍÎÒÓÔÎÐÆÕ ÔÌ ÍÖÍÑÍÎÇÔÌ ×Í ÒÔÎØÓÒÏÙÔ ×R-XL]FRP


ÚÛÜÝÜ ÛÜÞßàá âáÞ ãäåáÞ ÛÜæÜÝäçåÜÞ áèáÛÛéâáÞ Üà äßâéêçèéä, dispensado o
ÆÍÖÐÇëÆÓÔìÈ
Tendo por base o dispositivo transcrito, chega-VHjFRQFOXVmRGHTXHDOHWUD³%´
está totalmente correta. As demais estão erradas, conforme análise a seguir:
/HWUD³$´HUUDGDpois o art. 494 do CPC/15 diz que o Juiz também poderá alterar
a sentença para corrigir inexatidões materiais ou erros de cálculo.
/HWUD³&´HUUDGDjá que todas as sentenças devem ser fundamentadas, mesmo
as que extinguem o processo sem resolução do mérito.
/HWUD³'´HUUDGDpois haveria violação ao princípio da congruência, previsto nos
artigos 141 e 492 do CPC/15.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
/HWUD³(´HUUDGDjá que a lei não exige o requerimento da parte para a aplicação
de medidas para a efetivação da decisão judicial nos termos do art. 536 do
CPC/15.

•• ¦ §¤©¥¨x ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 7ª Região (CE) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada) (Adaptada ao CPC/15) Considere as assertivas abaixo sobre os
requisitos e efeitos da sentença.
I. A sentença que condenar o réu no pagamento de uma prestação,
consistente em dinheiro ou em coisa, valerá como título constitutivo de
hipoteca judiciária.
II. A constituição da hipoteca judiciária ocorrerá ainda que a sentença seja
genérica.
III. A hipoteca judiciária poderá ser realizada mediante apresentação de
cópia da sentença perante o cartório de registro imobiliário,
independentemente de ordem judicial, de declaração expressa do juiz ou
de demonstração de urgência.
IV. Na ação que tenha por objeto a entrega de coisa, o juiz, ao conceder a
tutela específica, fixará o prazo para o cumprimento da obrigação e,
tratando-se de entrega de coisa determinada pelo gênero e quantidade
caberá sempre ao credor individualizá-la na petição inicial.

De acordo com o Código de Processo Civil, é correto o que se afirma


APENAS em:
a) I, II e IV.
b) I, III e IV.
c) I, II e III.
d) II e III.
e) I e IV.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³&´ Apenas as assertivas I, II e III estão
corretas, conforme será visto a seguir:

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

I. Correta, já que em total conformidade com o art. 495 do CPC/15.


II. Correta, pois essa é a redação do inciso I, do §1°, do art. 495 CPC/15.
III. Correta, em conformidade com o §1°, do art. 495 CPC/15.
IV. Errada, já que o art. 498, parágrafo único do CPC/15 diz que a escolha
pode caber ao autor ou ao réu, conforme transcrição do dispositivo a
seguir:

³Art. 498. Na ação que tenha por objeto a entrega de coisa, o juiz, ao
conceder a tutela específica, fixará o prazo para o cumprimento da
obrigação.
Parágrafo único. Tratando-se de entrega de coisa determinada pelo
gênero e pela quantidade, o autor individualizá-la-á na petição
inicial, se lhe couber a escolha, ou, se a escolha couber ao réu,
este a entregará individualizada, no prazo fixado pelo juiz´

•˜ ¦ §x•ª´¨ ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PA - Analista Judiciário - Oficial de


Justiça / Direito Processual Civil / Procedimentos; Sentença e Coisa
Julgada; ) Publicada a sentença, o juiz poderá alterá-la de ofício
a) para retificar erros de cálculo.
b) quando houver obscuridade.
c) quando houver contradição.
d) quando for omitido ponto sobre o qual devia pronunciar-se.
e) quando se arrepender da solução dada ao caso.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ Novamente a FCC se vale do art. 494 do
CPC/15 para trazer a informação acerca da possibilidade do Juiz alterar a decisão
depois de publicada, o que se mostra excepcional, conforme transcrição do
dispositivo a seguir:

³Art. 494. Publicada a sentença, o juiz só poderá alterá-la:

I - para corrigir-lhe, de ofício ou a requerimento da parte, inexatidões


materiais ou erros de cálculo;
P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
II - por meio de embargos de declaração´

Vejam que são duas as situações apenas em que o Juiz pode alterar a sentença
após publicá-la: correção de erros materiais ou de cálculo e por meio do
julgamento do recurso de embargos de declaração. Somente nas duas
situações a sentença pode ser alterada pelo próprio Juiz, após ter sido dada
SXEOLFLGDGHjPHVPD$VOHWUDV³%´³&´H³'´WUD]HPKLSyWHVHVGH interposição do
recurso de embargos de declaração, mas da forma como foram mencionadas estão
erradas, pois não se mencionou a necessidade de interposição do recurso de
HPEDUJRVGHGHFODUDomR3RUILPDOHWUD³(´pDPDLVDEVXUGDGHWRGDV0HVPR
que o Juiz venha a se arrepender da sentença, por verificar que está errada, não
poderá alterá-la, pois depois de publicada compete à parte interessada interpor
recurso e ao Tribunal julgá-lo reformando/anulando a sentença.
Importante salientar que após a interposição da apelação é possível, em algumas
hipóteses, de reformar sua sentença no prazo de 5 dias, em relação à sentença
que indefere a inicial, julga liminarmente improcedente o pedido do autor ou
extingue o feito sem resolução do mérito.

•¤ ¦ §˜¥¨ª©ª ( Prova: FCC - 2014 - Câmara Municipal de São Paulo - SP


- Procurador Legislativo / Direito Processual Civil / Cumprimento de
sentença) (Adaptada ao CPC/15) Em relação ao cumprimento de
sentença, considere as afirmações abaixo.

I. É definitiva a execução da sentença transitada em julgado e provisória


quando se tratar de sentença impugnada mediante recurso ao qual não foi
atribuído efeito suspensivo.
II. Quando na sentença houver uma parte líquida e outra ilíquida, ao credor
é lícito promover simultaneamente a execução daquela e, em autos
apartados, a liquidação desta.
III. No caso de condenação em quantia certa, ou já fixada em liquidação,
e no caso de decisão sobre parcela incontroversa, o cumprimento definitivo
da sentença far-se-á a requerimento do exequente, sendo o executado
intimado para pagar o débito, no prazo de 15 (quinze) dias, acrescido de

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
 ²³¡²¼ ²› í¯¹›š£  í¡¹›°ž¯ ¯ ™¡ï¡Ã›°³¯ ¹¯¢°³ðšŸ¯¼ ¯ débito será
acrescido de multa de 10% e honorários de advogado de 10%.
IV. No cumprimento da sentença, o devedor será citado para oferecer
defesa por meio de embargos no prazo de dez dias, com ou sem garantia
de penhora ou caução, a serem recebidos em regra somente no efeito
devolutivo e podendo versar sobre qualquer matéria de direito, impeditiva,
modificativa ou extintiva da obrigação.

Está correto o que se afirma em


a) I, III e IV, apenas.
b) I, II e III, apenas.
c) II, III e IV, apenas.
d) I, II, III e IV.
e) I, II e IV, apenas.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ Apenas as assertivas I, II e III estão
corretas, de acordo com a análise abaixo realizada:
I. Correta, no caso de sentença que gera efeitos, ou seja, o recurso não
foi recebido com efeito suspensivo, será possível a execução, mas que
será provisória, conforme autoriza o §2°, do art. 1.012 e o art. 509 do
CPC/15.
II. Correta, em conformidade com o art. 509, §1º do CPC/15, que
possibilita a liquidação e o cumprimento simultâneos.
III. Correta, de acordo com o art. 523, caput e §1° do CPC/15, que disciplina
o início da fase de cumprimento da sentença que condena ao pagamento
de quantia.
IV. Errada, pois o art. 525 do CPC/15 prevê a apresentação de impugnação
ao cumprimento de sentença, ao invés de embargos à execução. Além
disso, há uma limitação de matérias, nos termos do §1° do citado
dispositivo.

•¥ ¦ §˜¥©ª©¥ ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Recife - PE - Procurador


/ Direito Processual Civil / Cumprimento de sentença) (Adaptada ao

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
CPC/15) Alberto é condenado a pagar a Heitor determinada quantia em
dinheiro, por decisão transitada em julgado. Intimado, Heitor apresenta
impugnação, que, de acordo com o Código de Processo Civil, quando trata
da impugnação ao cumprimento de sentença
–— deve ser precedida de garantia do juízo, pode versar sobre todas as
questões tratadas no processo de conhecimento e, em regra, não possui
efeito suspensivo.
b) independe de garantia do juízo, pode versar sobre todas as questões
tratadas no processo de conhecimento e, em regra, possui efeito
suspensivo
c) independe de garantia do juízo, pode versar, entre outros, sobre excesso
de execução, e, em regra, não possui efeito suspensivo.
d) deve ser precedida de garantia do juízo, pode versar, entre outros, sobre
excesso de execução, e, em regra, possui efeito suspensivo.
e) independe de garantia do juízo, pode versar, entre outros, sobre excesso
de execução, e, em regra, possui efeito suspensivo

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³&´ As informações que constam
FRUUHWDPHQWH QD OHWUD ³&´ SRGHP VHU retiradas de alguns dispositivos legais, a
saber:
x Desnecessidade de garantia do juízo: Art. 525, caput do CPC/15:

³Art. 525. Transcorrido o prazo previsto no art. 523 ÞÜà á ñäòäàÜçåá


ÝáæßçåóÛéáô éçéèéäõÞÜ á ñÛäöá âÜ À÷ øùßéçöÜú âéäÞ ñäÛa que o executado,
independentemente de penhora ou nova intimação, apresente, nos
próprios autos, sua impugnação´

x Alegação de excesso de execução: Art. 525, §1º, V do CPC/15:

³§ 1o Na impugnação, o executado poderá alegar:


(...)
V - excesso de execução ou cumulação indevida de execuções´

x Ausência de efeito suspensivo: Art. 525, §6° do CPC/15:

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

³§ 6o A apresentação de impugnação não impede a prática dos atos


executivos, inclusive os de expropriação, podendo o juiz, a requerimento
do executado e desde que garantido o juízo com penhora, caução ou
depósito suficientes, atribuir-lhe efeito suspensivo, se seus fundamentos
forem relevantes e se o prosseguimento da execução for manifestamente
suscetível de causar ao executado grave dano de difícil ou incerta
reparação´

O que consta nas demais assertivas encontra-se errado, conforme será


demonstrado a seguir:
/HWUD³$´HUUDGDSRLVSRGHWUDWDUDSHQDVGDVTXHVW}HVDUURODGDVQR§1°, do art.
525 do CPC/15, além de não ser necessária a garantia do juízo.
/HWUD³%´HUUDGDpois pode versar apenas sobre algumas matérias (§1°, do art.
525 do CPC/15) e não possui efeito suspensivo em regra, nos termos do §6°, do
já citado dispositivo.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVQmRSRVVui, em regra, efeito suspensivo (§6°, do art. 525
do CPC/15), além disso não há necessidade de garantia do juízo.
/HWUD³(´HUUDGDjá que não possui, como regra, efeito suspensivo, nos termos
do §6°, do art. 525 do CPC/15.

•¨ ¦ §˜´ª©˜¥ ( Prova: FCC - 2013 - DPE-AM - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Cumprimento de sentença) (Adaptada ao CPC/15) Em
relação ao cumprimento de sentença é correto afirmar:
a) A decisão de homologação de composição extrajudicial e a sentença
arbitral constituem títulos executivos judiciais.
b) Em regra, a impugnação ao cumprimento de sentença suspende o curso
do processo.
c) É necessária a prestação de caução para se dar início à execução
provisória.
d) Quando tiver havido recurso, o cumprimento da sentença deverá ser
processado perante o tribunal.
e) O crédito do perito, cujos honorários houverem sido aprovados por
decisão judicial, constitui título executivo extrajudicial.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ O art. 515 do CPC/15 traz o rol dos
títulos executivos judiciais, trazendo, em especial, o acordo extrajudicial
homologado em juízo (inciso III) e a sentença arbitral (inciso VII),
conforme transcrição do dispositivo a seguir:

³Art. 515. São títulos executivos judiciais, cujo cumprimento dar-se-á de


acordo com os artigos previstos neste Título: I - as decisões proferidas
no processo civil que reconheçam a exigibilidade de obrigação de pagar
quantia, de fazer, de não fazer ou de entregar coisa; II - a decisão
homologatória de autocomposição judicial; III - a decisão
homologatória de autocomposição extrajudicial de qualquer
natureza; IV - o formal e a certidão de partilha, exclusivamente em
relação ao inventariante, aos herdeiros e aos sucessores a título singular
ou universal; V - o crédito de auxiliar da justiça, quando as custas,
emolumentos ou honorários tiverem sido aprovados por decisão judicial;
VI - a sentença penal condenatória transitada em julgado; VII - a
sentença arbitral; VIII - a sentença estrangeira homologada pelo
Superior Tribunal de Justiça; IX - a decisão interlocutória estrangeira,
após a concessão do exequatur à carta rogatória pelo Superior Tribunal
de Justiça´

As demais assertivas trazem informações inverídicas, conforme análise a


seguir:
/HWUD ³%´ HUUDGD SRLV D LPSXJQDomR QmR SRVVXL HP UHJUD HIHLWR suspensivo,
conforme §6°, do art. 525 do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVVRPHQWHSDUDo levantamento de depósito em dinheiro e a
prática de atos que importem transferência de posse ou alienação de propriedade
ou de outro direito real, ou dos quais possa resultar grave dano ao executado é
necessária a prestação de caução, conforme art. 520, IV do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVRFXPSULPHQWRGHVHQWHQoDsomente será realizado nos
tribunais no caso de competência originária, nos termos do art. 516 do CPC/15.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVFRQVWLWXLXPWtWXORH[HFXWLYRMXGLFLDOFRQIRUPHDUW15, V
do CPC/15.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

•© ¦ §•¨˜¤¤¨ ( Prova: FCC - 2012 - TST - Analista Judiciário - Área


Judiciária / Direito Processual Civil / Cumprimento de sentença) (Adaptada
ao CPC/15)
Em relação ao cumprimento de sentença, é correto afirmar:
a) É definitiva a execução da sentença transitada em julgado e provisória
quando se tratar de sentença impugnada por meio de recurso ao qual se
atribuiu efeito meramente devolutivo.
b) Quando na sentença houver uma parte líquida e outra ilíquida, será
preciso aguardar a liquidação desta para se promover a execução única do
julgado.
c) Como regra, a impugnação ao cumprimento do julgado será recebida no
efeito suspensivo da execução.
d) As decisões interlocutórias proferidas em sede de cumprimento de
sentença não serão recorríveis por agravo de instrumento.
e) Se houver penhora de bens do devedor, de imediato será nomeado
perito judicial para sua avaliação, como regra geral.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ A diferença entre execução provisória e
GHILQLWLYDFRQVWDFRUUHWDPHQWHQDOHWUD³$´. No caso de sentença que gera efeitos,
ou seja, o recurso não foi recebido com efeito suspensivo, mas somente no efeito
devolutivo, será possível a execução, mas que será provisória, conforme autoriza
o §2°, do art. 1.012 e o art. 509 do CPC/15.

Nas demais assertivas encontramos erros, conforme análise a seguir:


/HWUD³%´HUUDGDSRLVpSRVVtYHOUHDOL]DU-se a execução e a liquidação ao mesmo
tempo, conforme art. 509, §1º do CPC/15.
/HWUD ³&´ HUUDGD SRLV D LPSXJQDomR DR FXPSULPHQWR p UHFHELGD HP UHJUD
apenas no efeito devolutivo, sendo que o efeito suspensivo é exceção, nos termos
do art. 525, §6° do CPC/15.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
/HWUD³'´HUUDGDo parágrafo único do art. 1.015 do CPC/15 dispões que contra
as decisões interlocutórias proferidas no cumprimento de sentença o recurso
cabível será o de agravo de instrumento.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVR2ILFLDOGH-XVWLoDUHDOL]DUiDDYDOLDomRFRQIRUPH§1°, do
art. 829 do CPC/15.

•ª ¦ §•¤ªªx¥ ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Juiz do


Trabalho - Prova TIPO 4 / Direito Processual Civil / Cumprimento de
sentença; Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) A respeito da
liquidação e do cumprimento de sentença, é correto afirmar:
a) Do requerimento de liquidação de sentença, pelo procedimento comum,
será a parte intimada na pessoa de seu advogado ou da sociedade de
advogados.
b) Não sendo requerida a execução no prazo de seis meses, sempre ocorre
a prescrição da pretensão ao crédito.
c) Far-se-á a liquidação por arbitramento quando, para determinar o valor
da condenação, houver necessidade de alegar e provar fato novo.
d) Quando na sentença houver uma parte líquida e outra ilíquida, o credor
deverá promover a liquidação da parte ilíquida antes de requerer o
cumprimento da parte líquida.
e) No caso de condenação em quantia certa, ou já fixada em liquidação, e
no caso de decisão sobre parcela incontroversa, o cumprimento definitivo
da sentença far-se-á a requerimento do exequente, sendo o executado
intimado para pagar o débito, no prazo de 5 (cinco) dias, acrescido de
custas. Caso não efetue o pagamento haverá a incidência de multa de 20%
(vinte por cento).

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ Como a liquidação é entendida como
uma fase do processo, não há necessidade de citação ou intimação pessoal do
devedor. Dispõe o art. 511 do CPC/15 que haverá a intimação na pessoa de seu

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
advogado ou da sociedade de advogados, informação que consta corretamente na
OHWUD³$´FRQVLGHUDGDFRUUHWD9HMDPRV

³Art. 511. Na liquidação pelo procedimento comum, o juiz determinará


a intimação do requerido, na pessoa de seu advogado ou da sociedade
de advogados a que estiver vinculado, para, querendo, apresentar
contestação no prazo de 15 (quinze) dias´

As demais assertivas estão incorretas, conforme análise a seguir:


/HWUD³%´HUUDGDa prescrição dependerá da natureza da obrigação, não prevendo
a lei processual um prazo de prescrição.
/HWUD³&´HUUDGDSRLs a liquidação por arbitramento é realizada quando há o juiz
analisa pareceres e documentos trazidos pelas partes e caso não seja suficiente,
poderá nomear um perito, conforme art. 510 do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGDpois pode haver o cumprimento da parte líquida e a liquidação
da ilíquida simultaneamente, conforme autorização contida no art. 509, §1º do
CPC/15.
/HWUD³(´HUUDGDpois o prazo é de 15 dias e a multa é de 10%, conforme art.
523, caput e §1° do CPC/15.

•« ¦ §•¤x´¤´ ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 6ª Região (PE) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Cumprimento
de sentença) (Adaptada ao CPC/15) Sobre o cumprimento de sentença
é correto afirmar:
I. É definitiva a execução de sentença transitada em julgado e provisória
quando se tratar de sentença impugnada por recurso recebido somente no
efeito devolutivo.
II. O devedor condenado em quantia certa será citado pessoalmente para
pagá-la no prazo de quinze dias, acrescida de multa de 10%.
III. A impugnação não poderá versar sobre penhora incorreta ou avaliação
errônea.
IV. Expirado o prazo para pagamento voluntário tem início o prazo para
apresentação de impugnação no prazo de quinze dias.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
û£ ü ›Â ›²²¯ ž› ›Â› ¶±¯ ™¯ž›šð ²›š ¡¢›ï¡ž¯ ›Ã ŸÃ™ï°¡¶±o, tendo o
executado de declarar de imediato o valor que entende correto, sob pena
de rejeição liminar dessa impugnação.

Está correto o que se afirma APENAS em


a) I, III e V.
b) I, III e IV.
c) II, III e V.
d) I, IV e V.
e) II, IV e V.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa CORRETA É $/(75$³'´ Estão corretas as assertivas I, IV e V,
de acordo com a análise abaixo realizada:
I. Correta, no caso de sentença que gera efeitos, ou seja, o recurso não
foi recebido com efeito suspensivo mas somente recebido no efeito
devolutivo, será possível a execução, mas que será provisória, conforme
autoriza o §2°, do art. 1.012 e o art. 509 do CPC/15. Havendo o trânsito
em julgado a execução será definitiva.
II. Errada, pois o art. 523 do CPC/15 fala em intimação e não
necessariamente pessoal, ao invés de citação pessoal como traz o
enunciado.
III. Errada, pois uma das matérias que podem ser alegadas na impugnação,
conforme o inciso IV, do §1°, do art. 525 do CPC/15, versa exatamente
sobre a penhora incorreta ou avaliação errônea.
IV. Correta, pois se trata do texto do art. 523 do CPC/15.
V. Correta, nos termos dos §§4° e 5° do art. 525 do CPC/15.

˜´ - Q240543 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 6ª Região (PE) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil /
Execução; Cumprimento de sentença) (Adaptada ao CPC/15) No
cumprimento de sentença, o devedor condenado ao pagamento de quantia
certa

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
–— será citado para efetuar o pagamento em 24 horas ou nomear bens à
penhora, instaurando-se novo processo, pela execução.
·— poderá impugná-lo, alegando, apenas, causa extintiva da obrigação
posterior ao trânsito em julgado da sentença.
c) poderá impugná-lo, alegando nulidade da citação no processo de
conhecimento, ainda que ele não tenha corrido à revelia.
d) não poderá impugná-lo, salvo se o processo de conhecimento tiver
corrido à revelia.
e) deverá efetuar o pagamento no prazo de 15 dias após ser intimado, sob
pena de ser acrescido ao valor multa de 10% (dez por cento) e honorários
advocatícios também de 10% (dez por cento).

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa CORRETA É A /(75$³(´, já que traz o contido no art. 523, caput
e §1° do CPC/15, transcrito a seguir:

³Art. 523. No caso de condenação em quantia certa, ou já fixada em


liquidação, e no caso de decisão sobre parcela incontroversa, o
cumprimento definitivo da sentença far-se-á a requerimento do
exequente, sendo o executado intimado para pagar o débito, no prazo de
15 (quinze) dias, acrescido de custas, se houver.
§ 1o Não ocorrendo pagamento voluntário no prazo do caput, o débito
será acrescido de multa de dez por cento e, também, de honorários de
advogado de dez por cento´

As outras assertivas trazem informações inverídicas, em


desconformidade com a lei, conforme será demonstrado a seguir:
/HWUD³$´HUUDGDjá que não há citação do devedor, além de o prazo não ser de
24 horas.
/HWUD³%´HUUDGDpois o art. 525, §1°, VI do CPC/15 diz que poderá ser alegada
qualquer causa impeditiva, modificativa ou extintiva da obrigação, desde que
superveniente à sentença.
/HWUD ³&´ HUUDGD pois o art. 525, §1°, I do CPC/15 diz que a possibilidade de
alegação de nulidade de citação somente surge se o processo tiver corrido à
revelia do réu.
P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
/HWUD ³'´ HUUDGD pois o art. 525, §1° do CPC/15 traz diversas matérias que
podem ser levadas ao Poder Judiciário por meio da impugnação ao cumprimento
de sentença.

˜x ¦ §•x˜˜ª• ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 11ª Região (AM) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Cumprimento
de sentença; Citação; ) Numa ação de conhecimento, o réu não foi citado
regularmente mas, mesmo assim, apresentou contestação e atuou em
todas as fases do processo, até o trânsito em julgado da decisão final.
Nesse caso, na fase do cumprimento da sentença,
–— poderá apresentar impugnação fundada na invalidade de citação.
b) poderá apresentar impugnação fundada na inexistência de citação, por
tratar-se de ato processual indispensável à regularidade do processo.
c) só poderá apresentar impugnação fundada na inexistência de citação se
demonstrar que se encontrava em local conhecido e poderia ter sido citado,
mas não o foi.
d) não poderá apresentar impugnação fundada na inexistência de citação.
e) só poderá apresentar impugnação fundada na inexistência ou invalidade
da citação se demonstrar que não foram esgotados os meios para a sua
localização.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³'´, já que a falta ou nulidade de citação
somente poderá ser alegada se na fase de conhecimento o processo correu à
revelia, nos termos do art. 525, §1°, I do CPC/15:

³Art. 525. Transcorrido o prazo previsto no art. 523 ÞÜà á ñäòäàÜçåá


ÝáæßçåóÛéáô éçéèéäõÞÜ á ñÛäöá âÜ À÷ øùßéçöÜú âéäÞ ñäÛa que o executado,
independentemente de penhora ou nova intimação, apresente, nos
próprios autos, sua impugnação.

§ 1o Na impugnação, o executado poderá alegar:


I - falta ou nulidade da citação se, na fase de conhecimento, o processo
correu à revelia´

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

As demais assertivas ficam excluídas com a análise feita, pois afirmam a


possibilidade de alegação de vício, o que está descartado.

˜• ¦ §˜¥©ª©x ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Recife - PE - Procurador


/ Direito Processual Civil / Mandado de Segurança; ) Analise as proposições
abaixo.
ý£ µ ž› Ÿ²±¯ »› Ÿ°ž›­›š› ¡ ™›³Ÿ¶±¯ Ÿ°Ÿ Ÿ¡¢ ž¯ ᰞ¡ž¯ de segurança desafia
recurso de agravo de instrumento.
II. Admite-se, no mandado de segurança, o litisconsórcio ativo facultativo
ulterior.
III. A sentença que denega a ordem, no mandado de segurança, está
sujeita ao duplo grau de jurisdição.

Está INCORRETO o que se afirma em


a) I e III, apenas.
b) I, II e III.
c) II, apenas.
d) III, apenas.
e) II e III, apenas.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ Estão incorretas as assertivas I, II e III,
ou seja, TODAS AS ASSERTIVAS ESTÃO INCORRETAS, conforme análise a seguir:
I. Incorreta, pois se há o indeferimento da petição inicial, está sendo
proferida uma sentença, que desafia o recurso de apelação e não de
agravo de instrumento, conforme art. 10, §1º da Lei nº 12.016/09 (lei
do mandado de segurança).
II. Incorreta, pois o art. 10, §2º da Lei do MS veda o litisconsórcio ativo
facultativo ulterior ao dizer que ³ O ingresso de litisconsorte ativo não
VHUiDGPLWLGRDSyVRGHVSDFKRGDSHWLomRLQLFLDO´
III. Incorreta, pois somente a sentença que concede a ordem é que está
sujeita ao duplo grau de jurisdição, haja vista que gera prejuízos ao ente
público, conforme art. 14, §1º da Lei do MS.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

˜˜ ¦ §˜x¤¥¤• ( Prova: FCC - 2013 - AL-PB - Procurador / Direito


Processual Civil / Mandado de Segurança; ) Quanto ao mandado de
segurança, é correto afirmar:
–— Concedida a segurança, a sentença estará sujeita obrigatoriamente ao
duplo grau de jurisdição; a autoridade coatora, porém, por não ser parte
processual, não tem o direito de recorrer.
b) Decisão judicial da qual caiba recurso com efeito suspensivo não é óbice
à concessão do mandado de segurança; este não é possível, porém, de
decisão judicial transitada em julgado.
c) Não será concedida medida liminar que tenha por objeto a compensação
de créditos tributários, a entrega de mercadorias e bens provenientes do
exterior, a reclassificação ou equiparação de servidores públicos e a
concessão de aumento ou a extensão de vantagens ou pagamento de
qualquer natureza.
d) Do indeferimento da inicial de mandado de segurança pelo juiz de
primeiro grau caberá apelação e, quando a competência para o julgamento
do mandado de segurança couber originariamente aos tribunais, do ato do
relator não caberá recurso.
e) A sentença que conceder o mandado de segurança só poderá ser
executada definitivamente, pela possibilidade presumida de dano
irreversível à autoridade coatora.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³&´ $ LQIRUPDomR FRQWLGD HP ³&´ HVWi
correta, pois é a redação do §2º do art. 7º da Lei nº 12.016/09, abaixo transcrita:

³1mR VHUi FRQFHGLGD PHGLGD OLPLQDU TXH WHQKD SRU REMHWR D


compensação de créditos tributários, a entrega de mercadorias e
bens provenientes do exterior, a reclassificação ou equiparação de
servidores públicos e a concessão de aumento ou a extensão de
YDQWDJHQVRXSDJDPHQWRGHTXDOTXHUQDWXUH]D´

As demais assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
/HWUD ³$´ HUUDGR SRLV R DUW  †ž GD /HL Qž  GL] TXH D DXWRULGDGH
coatora pode recorrer.
/HWUD³%´HUUDGRMiTXHRart. 5º da Lei do MS diz que não cabe a medida de
decisão judicial do qual caiba recurso com efeito suspensivo e de decisão com
trânsito em julgado.
/HWUD³'´HUUDGRSRLVRDUW†~QLFRda Lei 12.106/09 fala em agravo interno.
/HWUD³(´HUUDGRMiTXHRDUW14, §3º da Lei do MS diz ser possível a execução
provisória da sentença que concede o mandado de segurança.

˜¤ ¦ §˜x««¤˜ ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Titular de Serviços de Notas


e de Registros - Provimento / Direito Processual Civil / Mandado de
Segurança; ) A respeito do mandado de segurança, considere:

I. Quando o ato impugnado tiver sido praticado com base em ato


normativo, de caráter abstrato e geral, a autoridade coatora é quem
executa o comando que emerge do ato normativo e não quem o editou.
II. Não cabe mandado de segurança contra ato judicial passível de recurso
ou correição.
ýýý£ µ ²›°³›°¶¡ »›  ¯° ›ž› ¯ ž›°›ï¡ ᰞ¡ž¯ ž› ²›ïš¡°ça fica sujeita
ao duplo grau de jurisdição e, assim, a reexame necessário.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) I.
e) III.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ Estão corretas as assertivas I e II,
conforme análise a seguir:

I. Correta, pois o art. 6º, §3º da Lei do MS diz que a autoridade coatora é
quem executa, quem fez ou quem mandou fazer. Vejamos: ³Considera-

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
se autoridade coatora aquela que tenha praticado o ato impugnado ou
GDTXDOHPDQHDRUGHPSDUDDVXDSUiWLFD´
II. Correta, pois a banca levou em consideração que o mandado de
segurança somente é utilizado quando não houver outra forma de
resolução da questão, como recursos e correição.
III. Errada, pois somente quando a sentença concede a ordem é que temos
o duplo grau de jurisdição, conforme art. 14, §1º da Lei do MS.

˜¥ ¦ §•ª¨¨«¨ ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AL - Promotor de Justiça / Direito


Processual Civil / Mandado de Segurança; ) A respeito do mandado de
segurança, é correto afirmar:
–— A impetração de mandado de segurança coletivo por entidade de classe
em favor dos associados depende da expressa autorização destes.
b) Da sentença que conceder ou negar o mandado de segurança caberá
apelação.
c) Cabe mandado de segurança contra decisão judicial que comporta
recurso com efeito suspensivo.
d) Cabe mandado de segurança contra decisão judicial transitada em
julgado.
e) O direito de requerer mandado de segurança extinguir-se-á decorridos
cento e oitenta dias contados da ciência, pelo interessado, do ato
impugnado.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´Se for proferida uma sentença, o recurso
a ser utilizado, seja com base no CPC/15 (Art. 1.009) ou a Lei nº 12016/09 (art.
14), é a apelação. Vejamos esse último dispositivo, por ser mais específico:

³$UW  Da sentença, denegando ou concedendo o mandado,


FDEHDSHODomR´

As demais informações estão erradas, pelos seguintes motivos:


/HWUD ³$´ HUUDGD SRLV R DUW  GD /HL Qž  GL] VHU GLVSHQVDGD D
autorização especial.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
/HWUD³&´HUUDGDMiTXHRDUWž,,GD/HLGR06YHGDDDomRQHVVDKLSyWHVH
/HWUD³'´HUUDGDSRLVRDUWž,,,GD/Hi do MS veda nessa situação.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVRSUD]RpGHGLDVFRQIRUPHDUWGD/HL do MS.

˜¨ ¦ §•ªª©x˜ ( Prova: FCC - 2012 - PGE-SP - Procurador / Direito


Processual Civil / Mandado de Segurança; ) O sindicato de determinada
categoria de servidores públicos impetrou mandado de segurança coletivo
para obstar a alteração da base de cálculo de determinada gratificação
funcional que beneficiava parte de seus associados. O juiz concedeu a
liminar e determinou a reunião de todos os processos de natureza individual
na sua jurisdição, bem como determinou que o sindicato demonstrasse
funcionamento há mais de um ano e apresentasse a autorização para o
ajuizamento da ação. Nesse contexto,
a) a demonstração de tempo de funcionamento ou de autorização dos
associados para a entidade de classe impetrar mandado de segurança
coletivo não deveria ser exigida.
b) o juiz, para conceder a liminar, não depende da oitiva prévia do
representante judicial da pessoa jurídica de direito público.
c) a reunião dos processos foi bem determinada diante da litispendência
que se opera entre a ação coletiva e as ações individuais.
d) a exigência de autorização dos associados é indevida, mesmo quando a
pretensão abranja apenas parte da categoria.
e) a pertinência entre o objeto do litígio e os fins institucionais da entidade
não é exigida no mandado de segurança coletivo e, consequentemente,
para concessão da liminar.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´A desnecessidade de autorização está
contemplada no art. 21 da Lei nº 12.016/09, que é a atual lei do mandado de
segurança, quando afirma que:

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

³$UW O mandado de segurança coletivo pode ser impetrado


por partido político com representação no Congresso Nacional, na
defesa de seus interesses legítimos relativos a seus integrantes ou
à finalidade partidária, ou por organização sindical, entidade de
classe ou associação legalmente constituída e em funcionamento
há, pelo menos, 1 (um) ano, em defesa de direitos líquidos e certos
da totalidade, ou de parte, dos seus membros ou associados, na
forma dos seus estatutos e desde que pertinentes às suas
finalidades, GLVSHQVDGDSDUDWDQWRDXWRUL]DomRHVSHFLDO´

Vejam que a exigência do funcionamento há pelo menos 1 (um) ano é lícito,


também conforme o art. 21 da lei.

˜© ¦ §•¥¥•ªª ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AP - Promotor de Justiça / Direito


Processual Civil / Mandado de Segurança; )
þ¡°³¯ ¡¯ ᰞ¡ž¯ ž› ²›ïš¡°¶¡¼ ÿ  ¯šš›³¯ ¡­ŸšÃ¡šQ
a) Cabe sua impetração contra os atos de gestão comercial praticados pelos
administradores de empresas públicas, de sociedades de economia mista e
de concessionárias de serviço público.
b) Para efeito de sua impetração, equiparam-se às autoridades os
representantes ou órgãos de partidos políticos e os administradores de
entidades autárquicas, bem como os dirigentes de pessoas jurídicas ou as
pessoas naturais no exercício de atribuições do poder público, somente no
que disser respeito a essas atribuições.
c) Será concedido de decisão judicial da qual caiba recurso com efeito
suspensivo.
d) Da decisão do juiz de primeiro grau que denegue a liminar cabe o agravo
de instrumento, descabendo recurso da decisão que a conceda.
e) Os efeitos da medida liminar, salvo se revogada ou cassada, persistirão
até o trânsito em julgado da sentença ou do acórdão que o decidirem.

Š‹ŒŽ‘’‹“”

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³%´ 2 TXH VH DILUPD QD OHWUD ³%´ VREUH
equiparação à autoridade coatora dos representantes de partidos políticos e
outros, está em conformidade com o art. 1ª, §1º da Lei do MS, conforme
transcrição a seguir:

³(TXLSDUDP-se às autoridades, para os efeitos desta Lei, os


representantes ou órgãos de partidos políticos e os
administradores de entidades autárquicas, bem como os dirigentes
de pessoas jurídicas ou as pessoas naturais no exercício de
atribuições do poder público, somente no que disser respeito a
HVVDVDWULEXLo}HV´

As demais assertivas estão em desconformidade com a lei, como passamos a


expor:
/HWUD³$´HUUDGDSRLVR†žGRDUWžGD/HLGR06GL]QmRFDEHUFRQWUDatos de
gestão comercial práticos nas situações descritas pela banca.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVRDUWž,,GD/HLGR06GL]QmRFDEHUDPHGLGDTXDQGR
houver possibilidade de interposição de recurso com efeito suspensivo.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVRDUWda Lei do MS diz caber o recurso de apelação da
sentença, seja negando ou concedendo.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVRDUWž†žGD/HLGR06GL]TXHRVHIHLWRVSHUVLVWHPDWp
a prolação da sentença.

˜ª ¦ §•¤•«´¨ ( Prova: FCC - 2012 - TJ-GO - Juiz / Direito Processual Civil


/ Mandado de Segurança; ) No que concerne ao mandado de segurança,
analise as proposições abaixo.
I. Equiparam-se a autoridades as pessoas naturais no exercício de
atribuições do poder público, no que disser respeito a essas atribuições.
II. O mandado de segurança sempre pode ser utilizado como alternativa
aos recursos previstos no Código de Processo Civil.
III. O juiz deve sempre ouvir a autoridade coatora antes de deferir medida
suspendendo o ato coator.

Está correto o que se afirma em

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
–— I, apenas.
·— III, apenas.
c) I e II, apenas.
d) I e III, apenas.
e) I, II e III.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ Apenas a assertiva I está correta, pelos
motivos abaixo expostos:
I. Correta, em conformidade com o art. 1º, §1º da Lei nº 12.016/09, que
trata do mandado de segurança, sendo que o dispositivo está transcrito
abaixo:

³† o Equiparam-se às autoridades, para os efeitos desta Lei, os


representantes ou órgãos de partidos políticos e os administradores de
entidades autárquicas, bem como os dirigentes de pessoas jurídicas ou
as pessoas naturais no exercício de atribuições do poder público, somente
QRTXHGLVVHUUHVSHLWRDHVVDVDWULEXLo}HV´

II. Errada, pois o mandado de segurança pode ser utilizado como


sucedâneo recursal quando não houver recurso previsto no sistema e
houver a violação de direito líquido e certo. Em outras palavras, o
mandando de segurança contra ato judicial não pode substituir os
recursos previstos e cabíveis para a situação. Havendo recurso
cabível, não pode ser utilizado o mandado de segurança em
substituição.
III. Errada, pois pode ser deferida liminar inaudita altera pars, ou seja, sem
a oitiva da parte contrária. Em outras palavras, antes da notificação da
autoridade coatora para que preste informações.

˜« ¦ Q241331 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 6ª Região (PE) - Técnico


Judiciário - Área Administrativa / Direito Processual Civil / Mandado de
Segurança; )
º›ï°ž¯ ¡ ¢›Ÿ »› ¯ žŸ² Ÿ™¢Ÿ°¡¼ °±¯  ¡S› ᰞ¡ž¯ ž› ²›gurança contra
P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
–— representantes ou órgãos de partidos políticos.
·— administradores de entidades autárquicas.
c) pessoas físicas no exercício de atribuições do poder público.
d) ato de qualquer autoridade do Poder Legislativo, ainda que no exercício
da administração do órgão a que pertence.
e) atos de gestão comercial praticados pelos administradores de empresas
públicas, de sociedade de economia mista e de concessionários do serviço
público.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ $UHVWULomRFRQWLGDQDOHWUD³(´GHTXH
não cabe mandado de segurança contra atos de gestão comercial nas empresas
públicas, sociedades de economia mista e concessionários de serviço público está
totalmente correta, pois tal previsão encontra-se no art. 1º, §2º da Lei do MS
(12016/09), que possui a seguinte redação:

³† o Não cabe mandado de segurança contra os atos de gestão


comercial praticados pelos administradores de empresas públicas, de
VRFLHGDGHGHHFRQRPLDPLVWDHGHFRQFHVVLRQiULDVGHVHUYLoRS~EOLFR´

Nas demais assertivas temos erros que serão demonstrados a seguir:


/HWUD³$´HUUDGDSRLVRDUWž†žGD/HLGL]FDEHUHPIDFHGHSDUWLGRVSROtWLFRV
/HWUD ³%´ HUUDGD SRLV R DUW ž †ž GD /HL GL] FDEHU HP IDFH GH HQWLGDGHV
autárquicas.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVRDUWž†žGD/HLGL]FDEHUHPIDFHGHSHssoas físicas
(naturais).
/HWUD³'´HUUDGDMiTXHRDUWžGD/HLGR06GL]TXHD´ autoridade, seja de
TXH FDWHJRULD IRU H VHMDP TXDLV IRUHP DV IXQo}HV TXH H[HUoD´, ou seja, inclui os
membros do Poder Legislativo.

¤´ - Q215922 ( Prova: FCC - 2012 - TCE-AP - Analista de Controle Externo


- Jurídica / Direito Processual Civil / Mandado de Segurança; )
ü ᰞ¡ž¯ ž› ²›ïš¡°¶¡  ¯¢›³Ÿ¹¯ ™¯ž› ²›š ŸÃ™›³š¡ž¯
a) por autarquia federal para proteger direitos coletivos.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
·— pela União para proteger direitos individuais homogêneos.
¸— por organização sindical para proteger direitos coletivos.
d) pela Defensoria Pública para proteger direitos individuais homogêneos.
e) por partido político com ou sem representação no Congresso Nacional
para proteger direitos difusos.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ A impetração do mandado de segurança
coletivo está disciplinada pelo art. 21 da Lei nº 12.016/09, atual lei do mandado
de segurança, sendo redigido da seguinte forma:

³$UW  O mandado de segurança coletivo pode ser impetrado por


partido político com representação no Congresso Nacional, na defesa de
seus interesses legítimos relativos a seus integrantes ou à finalidade
partidária, ou por organização sindical, entidade de classe ou
associação legalmente constituída e em funcionamento há, pelo
menos, 1 (um) ano, em defesa de direitos líquidos e certos da
totalidade, ou de parte, dos seus membros ou associados, na forma
dos seus estatutos e desde que pertinentes às suas finalidades,
dispensada, para tantRDXWRUL]DomRHVSHFLDO´

Vejam que a entidade sindical pode impetrar mandado de segurança coletivo


desde que seja para resguardar direito coletivos, ou seja, que podem ser da
totalidade ou de parte de seus membros ou associados (no caso, dos integrantes
GD FDWHJRULD  FRQIRUPH FRUUHWDPHQWH GHVFULWR QD OHWUD ³&´ 6RPHQWH RV HQWHV
listados no art. 21 da Lei do MS possuem legitimidade para a impetração, sendo
que qualquer outro deve ser excluído para as questões de concurso. Além disso,
cuidado com o partido político, que deve ter representação no Congresso
Nacional. Se não tiver representação, não é legítimo para o MS coletivo.

¤x ¦ §ª•••ª ( Prova: FCC - 2010 - MPE-RS - Agente Administrativo /


Direito Processual Civil / Mandado de Segurança; ) As informações
solicitadas pelo juiz em mandado de segurança impetrado contra ato de
Diretor de Escola pública devem ser prestadas

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
–— por Procurador de Estado designado para defender o diretor.
·— pelo próprio diretor.
c) pelo Procurador-Geral do Estado, como representante do órgão público.
d) pelo secretário da escola.
e) por advogado constituído pelo diretor.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³B´ O art. 6º, §3º da Lei nº 12.016/09, que
trata do conceito de autoridade coatora, resolve a questão facilmente. Vejamos:

³†o Considera-se autoridade coatora aquela que tenha praticado o ato


LPSXJQDGRRXGDTXDOHPDQHDRUGHPSDUDDVXDSUiWLFD´

Na questão, o ato impugnado pelo mandado de segurança foi realizado pelo


Diretor de uma Escola Pública. Nos termos da lei, a autoridade coatora é o próprio
diretor, que deve prestar as informações no mandado de segurança, no prazo de
10 dias, conforme art. 7º, I da mesma lei. As demais assertivas estão
excluídas automaticamente.

¤• - Q82228 ( Prova: FCC - 2016 ± Prefeitura de Campinas /


Cumprimento de sentença ) Em relação ao cumprimento de
sentença, considere:
I. O cumprimento da sentença não poderá ser promovido em face do fiador,
do coobrigado ou do corresponsável que não tiver participado da fase de
conhecimento.
II. Quando o juiz decidir relação jurídica sujeita a condição ou termo, o
cumprimento da sentença dependerá de demonstração de que se realizou
a condição ou de que ocorreu o termo.
III. A autocomposição judicial pode envolver sujeito estranho ao processo,
mas não pode versar sobre relação jurídica que não tenha sido deduzida
em Juízo, por implicar lesão ao princípio da adstrição ou congruência.
IV. São títulos executivos judiciais as decisões proferidas no processo civil
que reconheçam a exigibilidade de obrigação de pagar quantia, somente,

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
yzƒz…yz…y} ~ }d„ ~‡} yz {~‚z„ˆ yz …} {~‚z„ }€ yz entregar coisa de
prévio processo de conhecimento.
|† }„„z†} } €z |z ~{„~ E z
E 
a) II, III e IV.
b) II e IV.
c) I e III.
d) I e II.
e) I, III e IV.

Š‹ŒŽ‘’‹“”
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´, conforme análise abaixo:
I. Correta, nos termos do §5°, do art. 513 do CPC/15.
II. Correta, nos termos do art. 514 do CPC/15.
III. Errada, o §2°, do art. 515 do CPC/15 autoriza que a autocomposição
verse sobre relação jurídica que não tenha sido deduzida em juízo.
IV. Errada, já que o art. 515 do CPC/15 dispões que a sentença que
reconhece a obrigação de fazer, não fazer ou entregar coisa também é
título executivo judicial.

3. LISTA DAS QUESTÕES APRESENTADAS:

x - Q378708 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 18ª Região (GO) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; )
É yz{z|} ~} €‚ ƒ„}{z„„ |z…†z…‡~ˆ ~ {~‰}„ y} ~€†}„ˆ ye natureza diversa da
pedida, bem como condenar o réu em quantidade superior ou em objeto
diverso do que lhe foi demandado. Esse enunciado normativo refere-se ao
princípio processual da
a) obrigatoriedade da jurisdição.
b) eventualidade.
c) inércia jurisdicional.
d) adstrição ou congruência.
e) reciprocidade decisória.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
• - Q357691 ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Cuiabá - MT - Procurador
Municipal / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; ) Em razão
de acidente automobilístico, Alberto ajuizou ação de indenização contra
Maurício, que se defendeu alegando culpa exclusiva de terceiro. Depois de
julgado procedente o pedido, em decisão transitada em julgado, Maurício
ajuizou ação contra Alberto no âmbito da qual demonstrou, por laudo
particular anexado à petição inicial, que o acidente ocorreu porque Alberto
trafegava com veículo em mau estado de conservação. Este segundo
processo deverá ser
–— extinto sem resolução de mérito, porque, depois do trânsito em julgado,
reputam-se repelidas não somente as alegações efetivamente realizadas,
mas também as que poderiam ter sido feitas por ocasião da defesa.
b) admitido, porque houve alteração dos polos ativo e passivo, mudança
da causa de pedir e juntada de documento essencial.
c) admitido, pois houve alteração da causa de pedir.
d) extinto com resolução de mérito, em razão da coisa julgada.
e) admitido, em razão da alteração dos polos ativo e passivo.

˜ - Q361191 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada) (Adaptada ao CPC/15) Sobre sentença e coisa julgada, de
acordo com o Código de Processo Civil, considere:
I. A sentença deve ser certa, ainda quando decida relação jurídica
condicional.
II. Se, depois da propositura da ação, algum fato constitutivo ou extintivo
do direito influir no julgamento da lide, caberá ao juiz tomá-lo em
consideração no momento de proferir a sentença, mas não poderá
considerar se o fato for modificativo do direito, diante da preclusão
consumativa.
III. Publicada a sentença, o juiz só poderá alterá-la por meio de embargos
de declaração.
IV. Faz coisa julgada a resolução da questão prejudicial decidida expressa
e incidentemente, se dessa resolução depender o julgamento do mérito, a
seu respeito tiver havido contraditório prévio e efetivo e o juiz tiver

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
 ¯Ã™›³c° Ÿ¡ ›Ã š¡®±¯ ž¡ á³ÿšŸ¡ › ž¡ ™›²²¯¡ ™¡š¡ š›²¯¢¹›r como questão
prejudicial.
V. A sentença que condenar a parte no pagamento de uma prestação,
consistente em dinheiro ou em coisa, valerá como título constitutivo de
hipoteca judiciária.

Está correto o que consta APENAS em


a) I, II e III.
b) I, IV e V.
c) I, III e IV.
d) II, IV e V.
e) II, III e V.

¤ - Q359625 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz / Direito


Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada) (Adaptada ao CPC/15) Em
relação à sentença e à coisa julgada,
–— a coisa julgada material é imutável, não podendo ser rescindida em
nenhuma hipótese prevista no direito processual pátrio.
b) a formação da coisa julgada abrange os motivos, desde que importantes
para determinar o alcance da parte dispositiva da sentença, bem como a
verdade dos fatos, estabelecida como fundamento da sentença.
c) a sentença proferida ultra petita não é nula, podendo ser reduzida aos
limites do pedido pelo tribunal, no julgamento do apelo interposto.
d) o juiz que ao decidir extinguir o processo sem resolução do mérito, não
há necessidade de fundamentar a decisão.
e) a sentença deve ser certa, salvo se decidir relação jurídica condicional.

¥ ¦ §˜˜•˜•¨ ( Prova: FCC - 2013 - PGE-BA - Analista de Procuradoria -


Área de Apoio Calculista / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada; ) No que tange à sentença, é correto afirmar que
–— é defeso ao juiz, em regra, proferir sentença ilíquida, se o autor houver
formulado pedido certo.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
·— é possível ao juiz proferir sentença, a favor do autor, de natureza diversa
da pedida, desde que perceba ser a mais adequada aos fatos narrados na
inicial.
c) a sentença deve ser certa, a não ser que decida relação jurídica
condicional.
d) a sentença deve sempre acolher ou rejeitar totalmente o pedido
formulado pelo autor, vedado o acolhimento ou rejeição parciais.
e) o relatório é requisito sempre facultativo da sentença nos julgamentos
do processo com resolução do mérito, sendo indispensáveis os
fundamentos e o dispositivo.

¨ ¦ §˜˜•x˜¨ ( Prova: FCC - 2013 - PGE-BA - Analista de Procuradoria -


Área de Apoio Jurídico / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada; ) Em ação indenizatória, João Pereira pede R$ 10.000,00 a título
de danos morais, porque seu nome foi indevidamente protestado pelo réu,
por dívida que já havia sido paga. O juiz, considerando os fatos graves,
julga procedente a demanda e condena o réu em R$ 15.000,00. Ao apelar,
o réu alegará que a sentença foi proferida
–— extra petitum, devendo o Tribunal anulá-la.
b) ultra petitum, podendo o Tribunal, em vez de anulá-la, reduzir o valor
ao máximo pleiteado na inicial.
c) citra petitum, devendo o Tribunal determinar ao juiz de Primeira
Instância que profira outra nos limites requeridos por João Pereira.
d) ultra petitum, devendo o Tribunal anulá-la.
e) extra petitum, podendo o Tribunal reduzir o valor da condenação ao
máximo de R$ 10.000,00 pedidos por João Pereira.

© ¦ §˜¥ªª«• ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 18ª Região (GO) - Analista


Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil / Sentença
e Coisa Julgada) Pode o juiz, na sentença,
–— determinar, na ação que tenha por objeto a entrega de coisa, a
expedição de mandado de imissão na posse, em favor do credor, caso se
trate de bem móvel.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
·— condenar o réu em objeto diverso do que foi pedido, quando verificar
que o autor é pessoa pobre ou sem instrução.
¸— deixar de fundamentar, quando se tratar de causa de pequena
complexidade.
d) impor, de ofício, multa diária a fim de assegurar o cumprimento de
obrigação de fazer ou não fazer.
e) deixar de apreciar o pedido, caso haja lacuna legal a respeito do fato
controvertido.

ª ¦ §˜•¤ª¥x ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 12ª Região (SC) - Técnico


Judiciário / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; ) Quanto à
sentença e à coisa julgada, considere:

I. A sentença deve ser certa, ainda quando decida relação jurídica


condicional.
II. Condenado o devedor a emitir declaração de vontade, a sentença, uma
vez transitada em julgado, produzirá todos os efeitos da declaração não
emitida.
III. Os motivos fazem coisa julgada, desde que relevantes para determinar
o alcance da parte dispositiva da sentença.

Está correto o que consta em:


a) I e III, apenas.
b) I e II, apenas.
c) I, II e III.
d) II, apenas
e) II e III, apenas.

« ¦ §˜x««¤¨ ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Titular de Serviços de Notas e


de Registros - Provimento / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada; ) Na ação que tenha por objeto o cumprimento de obrigação de
fazer ou não fazer para a defesa dos direitos e interesses protegidos pelo
Código de Defesa do Consumidor, o juiz concederá a tutela específica da
obrigação ou determinará providências que assegurem o resultado prático

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
›»Ÿ¹¡¢›°³› ¡¯ ž¯ ¡žŸÃ™¢›Ã›°³¯£ µ  ¯°¹›š²±¯ ž¡ ¯SšŸï¡ção em perdas e
danos será admissível se
a) for impossível a tutela específica, apenas.
b) por elas optar o autor, apenas.
c) por elas optar o autor ou se impossível a tutela específica ou a obtenção
do resultado prático equivalente.
d) for impossível a obtenção do resultado prático equivalente, apenas.
e) for impossível a tutela específica ou obtenção do resultado prático
equivalente, apenas.

x´ ± Q280564 ( Prova: FCC ± 2012 ± TRT ± 18ª Região (GO) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; )
µ ²›°³›°¶¡
a) ilíquida não pode ser anulada pelo tribunal de ofício, se o autor, embora
tenha formulado pedido certo e determinado, não impugnou para alegar
esse vício.
b) condicional é admissível nos casos em que envolvam direitos da
personalidade.
c) de mérito, depois de publicada, pode ser alterada de ofício para corrigir
evidente erro de fato.
d) que extinguir o processo sem a resolução do mérito, com base em
litispendência, não obsta a que autor intente de novo a ação.
e) que extingue o processo sem a resolução do mérito poderá ter
fundamentação concisa.

xx ¦ §•¥˜ª¤x ( Prova: FCC - 2012 - DPE-PR - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada) (Adaptada ao CPC/15)
Sobre a sentença e a coisa julgada, é correto afirmar:
–— Em regra, na ação relativa à obrigação de pagar quantia, ainda que
formulado pedido genérico, a decisão definirá desde logo a extensão da
obrigação, o índice de correção monetária, a taxa de juros, o termo inicial
de ambos e a periodicidade da capitalização dos juros, se for o caso.
b) Formulado pedido certo e determinado, autor e réu têm interesse
recursal em arguir o vício da sentença ilíquida.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
¸— Processada uma causa de ressarcimento por danos causados em
acidente de veículo de via terrestre o juiz poderá deixar o valor para uma
fase futura de liquidação, sempre que entender conveniente.
d) O fato constitutivo, modificativo ou extintivo do direito, passível de
influir no julgamento da lide, porém surgido após a fase de saneamento do
processo, não poderá ser considerado pelo juiz de ofício em razão do
princípio da inalterabilidade da demanda.
e) Em razão da proibição de sentença extra petita, no caso de o autor ter
formulado pedido genérico, o juiz não poderá proferir sentença líquida.

x• ¦ §˜¨ª©•¤ ( Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Tecnico de Atividade Judiciária


/ Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada) (Adaptada ao
CPC/15) Em relação à sentença,
–— é defeso ao juiz proferir sentença em objeto diverso do que foi pedido
contra o réu, mas poderá condená-lo em quantidade superior ou em
natureza diversa ao que foi pleiteado.
b) o juiz poderá proferir sentença ilíquida, mesmo que o autor tenha
formulado pedido certo.
c) o juiz poderá decidir de forma antecipada apenas parcela do mérito.
d) o juiz a proferirá rejeitando ou acolhendo, sempre totalmente, o pedido
formulado pelo autor.
e) deve ela conter sempre o dispositivo, não sendo necessários o relatório
e os fundamentos em certas hipóteses legais.

x˜ - Q262209 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 20ª REGIÃO (SE) - Juiz do


Trabalho - Tipo 1 / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada)
(Adaptada ao CPC/15)
µ²²Ÿ°¡¢› ¡ ¡¢³›š°¡³Ÿ¹¡  ¯šš›³¡£
a) Denomina-se coisa julgada material a autoridade que torna imutável e
indiscutível a decisão de mérito não mais sujeita a recurso..
b) Fazem coisa julgada os motivos, desde que relevantes para determinar
o alcance da parte dispositiva da sentença, bem como a verdade dos fatos,
estabelecida como fundamento da sentença.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
¸— Nenhum juiz decidirá novamente as questões já decididas, relativas à
mesma lide, a não ser, exclusivamente, em caso de erro material ou na
decisão de embargos declaratórios.
½— É possível à parte discutir, no curso do processo, as questões já
decididas, a cujo respeito operou-se a preclusão.
e) Uma vez proferida a sentença, e exaurida a jurisdição de primeiro grau,
é imprescindível recurso voluntário da parte, em qualquer hipótese, para
obstar a imediata formação de coisa julgada.
x¤ - Q215016 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-PE - Técnico Judiciário - Área
Judiciária - e Administrativa / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada; ) Com relação aos requisitos essenciais da sentença é INCORRETO
afirmar:
–— Condenado o devedor a emitir declaração de vontade, a sentença, uma
vez transitada em julgado, produzirá todos os efeitos da declaração não
emitida.
b) É defeso ao juiz proferir sentença, a favor do autor, de natureza diversa
da pedida.
c) A sentença que condenar o réu no pagamento de uma prestação,
consistente em dinheiro ou coisa, valerá como título constitutivo de
hipoteca judiciária.
d) A sentença deve ser certa, exceto quando decida relação jurídica
condicional.
e) Publicada a sentença, o juiz poderá alterá-la de oficio para Ihe retificar
erros de cálculo.

x¥ - Q105099 ( Prova: FCC - 2011 - TJ-AP - Titular de Serviços de Notas


e de Registros / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; )
º±¯ š›»Ÿ²Ÿ³¯² ›²²›° Ÿ¡Ÿ² ž¡ ²›°³›°¶¡¼ ž›°³š› ¯³š¯²¼
a) os fundamentos em que o juiz analisará apenas as questões de fato.
b) os fundamentos, em que o juiz analisará as questões de fato e de direito.
c) os fundamentos em que conterão os nomes da partes, a suma do pedido
e da resposta do réu, bem como o registro das principais ocorrências
havidas no andamento do processo.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
½— o relatório, em que o juiz analisará e resolverá as questões de fato e de
direito.
¬— o dispositivo em que o juiz analisará as questões de fato e de direito.
x¨ - Q77347 ( Prova: FCC - 2010 - TCE-RO - Procurador / Direito
Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; ) Se, na decisão, o magistrado,
sem analisar o pedido deduzido, delibera sobre pedido não formulado, a
decisão será
a) válida.
b) ultra petita.
c) extra petita.
d) citra petita.
e) condicional.

x© ¦ ( Prova: FCC - 2016 ± Prefeitura de Campinas / Julgamento parcial do


mérito ) Em relação ao julgamento antecipado parcial do mérito, é correto
afirmar:
–— A parte poderá liquidar ou executar, desde logo, a obrigação reconhecida
na decisão que julgar parcialmente o mérito, independentemente de
caução, ainda que haja recurso contra essa interposto.
b) A decisão proferida na antecipação parcial do mérito é recorrível por
meio de apelação, por ter a natureza de sentença.
c) O juiz decidirá parcialmente o mérito quando um ou mais dos pedidos
formulados mostrar-se incontroverso quanto ao direito, ainda que
controverso quanto aos fatos.
d) A decisão que julgar parcialmente o mérito só poderá reconhecer a
existência de obrigação líquida.
e) Se houver trânsito em julgado da decisão que tenha julgado
parcialmente o mérito, a execução será provisória, tornando-se definitiva
somente com o julgamento integral da causa.

xª - Q55876 ( Prova: FCC - 2010 - TJ-PI - Assessor Jurídico / Direito


Processual Civil / Execução; Sentença e Coisa Julgada; Cumprimento de

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
|z…†z…‡~s (Adaptada ao CPC/15) Analise as seguintes assertivas sobre
o cumprimento de sentença e sua respectiva impugnação:

I. Com o trânsito em julgado de uma sentença condenatória deverá o


credor solicitar a citação do devedor para pagar em 24 horas sob pena de
a condenação ser acrescida de multa de 10%.
II. Na legislação vigente, não mais subsiste ação autônoma para a execução
de sentença condenatória, prevalecendo o que a doutrina chama de
processo sincrético.
III. Mesmo se atribuído pelo juiz efeito suspensivo à impugnação ao
cumprimento de sentença, poderá o exequente prosseguir na execução se
prestar, nos próprios autos, caução suficiente e idônea arbitrada pelo juiz.
IV. Assim como ocorre na execução por título extrajudicial, a impugnação
ao cumprimento de sentença pode ser apresentada desde que esteja o juízo
garantido, no prazo de 15 dias da intimação para pagamento espontâneo.
V. As decisões interlocutórias proferidas na fase de cumprimento de
sentença são atacáveis por agravo de instrumento.
Está correto APENAS o que se afirma em
a) I, II e IV.
b) I, III e V.
c) II, III e IV.
d) II, III e V.
e) III, IV e V.

x« - Q28033 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-AP - Técnico Judiciário - Área


Judiciária / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; ) A respeito
da sentença, é correto afirmar que o juiz poderá
–— condenar o réu em quantidade superior ou em objeto diverso do que lhe
foi demandado.
b) proferir sentença, a favor do autor, de natureza diversa da pedida.
c) alterá-la de ofício, após a publicação, para corrigir inexatidões materiais,
bem como para retificar erros de cálculo.
d) proferir sentença ilíquida quando o autor tiver formulado pedido certo.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
¬— deixar de analisar, na sentença, as questões de fato e de direito, desde
que na parte dispositiva, resolva a lide proposta.

•´ - Q56694 ( Prova: FCC - 2009 - DPE-MT - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; )
"A parte, que aceitar expressa ou tacitamente a sentença ou a decisão, não
poderá recorrer". Esse enunciado, de texto legal, implica a ocorrência de
a) contumácia.
b) coisa julgada.
c) preclusão consumativa.
d) perempção.
e) preclusão lógica.

•x - Q56698 ( Prova: FCC - 2009 - DPE-MT - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Sentença e Coisa Julgada; ) Quanto à sentença:
–— uma vez publicada, exaure-se a jurisdição, não podendo o juiz alterá-
la, salvo por meio de embargos declaratórios, exclusivamente.
b) em que pesem seus requisitos essenciais, o relatório poderá ser
dispensado nos Juizados Especiais Cíveis.
c) não é necessária a fundamentação nos casos de extinção do processo
sem julgamento do mérito.
d) é defensável possa o juiz proferi-la, a favor do autor, de natureza diversa
da pedida, se não houver prejuízo ao réu.
e) a imposição de multa pelo juiz, na sentença, dependerá sempre de
provocação da parte interessada.

•• - Q47561 ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 7ª Região (CE) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Sentença e Coisa
Julgada) (Adaptada ao CPC/15) Considere as assertivas abaixo sobre os
requisitos e efeitos da sentença.
ý£ µ ²›°³›°¶¡ »›  ¯°ž›°¡š ¯ šÿ °¯ ™¡ï¡Ã›°³¯ ž› Ã¡ ™restação,
consistente em dinheiro ou em coisa, valerá como título constitutivo de
hipoteca judiciária.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
ýý£ µ  ¯°²³Ÿ³Ÿ¶±¯ ž¡ ퟙ¯³› ¡ œžŸ ŸðšŸ¡ ¯ ¯šš›šð ¡Ÿ°ž¡ »e a sentença seja
genérica.
III. A hipoteca judiciária poderá ser realizada mediante apresentação de
cópia da sentença perante o cartório de registro imobiliário,
independentemente de ordem judicial, de declaração expressa do juiz ou
de demonstração de urgência.
ýû£ î¡ ¡¶±¯ »› ³›°í¡ ™¯š ¯Sœ›³¯ ¡ ›°³š›ï¡ ž›  ¯Ÿ²¡¼ ¯ œuiz, ao conceder a
tutela específica, fixará o prazo para o cumprimento da obrigação e,
tratando-se de entrega de coisa determinada pelo gênero e quantidade
caberá sempre ao credor individualizá-la na petição inicial.

De acordo com o Código de Processo Civil, é correto o que se afirma


APENAS em:
a) I, II e IV.
b) I, III e IV.
c) I, II e III.
d) II e III.
e) I e IV.

•˜ - Q12806 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PA - Analista Judiciário - Oficial de


Justiça / Direito Processual Civil / Procedimentos; Sentença e Coisa
Julgada; ) Publicada a sentença, o juiz poderá alterá-la de ofício
a) para retificar erros de cálculo.
b) quando houver obscuridade.
c) quando houver contradição.
d) quando for omitido ponto sobre o qual devia pronunciar-se.
e) quando se arrepender da solução dada ao caso.

•¤ - Q356878 ( Prova: FCC - 2014 - Câmara Municipal de São Paulo - SP


- Procurador Legislativo / Direito Processual Civil / Cumprimento de
sentença) (Adaptada ao CPC/15) Em relação ao cumprimento de
sentença, considere as afirmações abaixo.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
ý£ I ž›­Ÿ°Ÿ³Ÿ¹¡ ¡ ›Â› ¶±¯ ž¡ ²›°³›°¶¡ ³š¡°²Ÿ³¡ž¡ ›Ã œ¢ï¡do e provisória
quando se tratar de sentença impugnada mediante recurso ao qual não foi
atribuído efeito suspensivo.
II. Quando na sentença houver uma parte líquida e outra ilíquida, ao credor
é lícito promover simultaneamente a execução daquela e, em autos
apartados, a liquidação desta.
III. No caso de condenação em quantia certa, ou já fixada em liquidação,
e no caso de decisão sobre parcela incontroversa, o cumprimento definitivo
da sentença far-se-á a requerimento do exequente, sendo o executado
intimado para pagar o débito, no prazo de 15 (quinze) dias, acrescido de
custas, se houver. Não havendo o pagamento voluntário, o débito será
acrescido de multa de 10% e honorários de advogado de 10%.
IV. No cumprimento da sentença, o devedor será citado para oferecer
defesa por meio de embargos no prazo de dez dias, com ou sem garantia
de penhora ou caução, a serem recebidos em regra somente no efeito
devolutivo e podendo versar sobre qualquer matéria de direito, impeditiva,
modificativa ou extintiva da obrigação.

Está correto o que se afirma em


a) I, III e IV, apenas.
b) I, II e III, apenas.
c) II, III e IV, apenas.
d) I, II, III e IV.
e) I, II e IV, apenas.

•¥ - Q357875 ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Recife - PE - Procurador


/ Direito Processual Civil / Cumprimento de sentença) (Adaptada ao
CPC/15) Alberto é condenado a pagar a Heitor determinada quantia em
dinheiro, por decisão transitada em julgado. Intimado, Heitor apresenta
impugnação, que, de acordo com o Código de Processo Civil, quando trata
da impugnação ao cumprimento de sentença
–— deve ser precedida de garantia do juízo, pode versar sobre todas as
questões tratadas no processo de conhecimento e, em regra, não possui
efeito suspensivo.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
·— independe de garantia do juízo, pode versar sobre todas as questões
tratadas no processo de conhecimento e, em regra, possui efeito
suspensivo
c) independe de garantia do juízo, pode versar, entre outros, sobre excesso
de execução, e, em regra, não possui efeito suspensivo.
d) deve ser precedida de garantia do juízo, pode versar, entre outros, sobre
excesso de execução, e, em regra, possui efeito suspensivo.
e) independe de garantia do juízo, pode versar, entre outros, sobre excesso
de execução, e, em regra, possui efeito suspensivo

•¨ - Q308735 ( Prova: FCC - 2013 - DPE-AM - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Cumprimento de sentença) (Adaptada ao CPC/15) Em
relação ao cumprimento de sentença é correto afirmar:
–— A decisão de homologação de composição extrajudicial e a sentença
arbitral constituem títulos executivos judiciais.
b) Em regra, a impugnação ao cumprimento de sentença suspende o curso
do processo.
c) É necessária a prestação de caução para se dar início à execução
provisória.
d) Quando tiver havido recurso, o cumprimento da sentença deverá ser
processado perante o tribunal.
e) O crédito do perito, cujos honorários houverem sido aprovados por
decisão judicial, constitui título executivo extrajudicial.

•© - Q263446 ( Prova: FCC - 2012 - TST - Analista Judiciário - Área


Judiciária / Direito Processual Civil / Cumprimento de sentença) (Adaptada
ao CPC/15)
Em relação ao cumprimento de sentença, é correto afirmar:
a) É definitiva a execução da sentença transitada em julgado e provisória
quando se tratar de sentença impugnada por meio de recurso ao qual se
atribuiu efeito meramente devolutivo.
b) Quando na sentença houver uma parte líquida e outra ilíquida, será
preciso aguardar a liquidação desta para se promover a execução única do
julgado.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
¸— Como regra, a impugnação ao cumprimento do julgado será recebida no
efeito suspensivo da execução.
½— As decisões interlocutórias proferidas em sede de cumprimento de
sentença não serão recorríveis por agravo de instrumento.
e) Se houver penhora de bens do devedor, de imediato será nomeado
perito judicial para sua avaliação, como regra geral.

•ª - Q248815 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Juiz do


Trabalho - Prova TIPO 4 / Direito Processual Civil / Cumprimento de
sentença; Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) A respeito da
liquidação e do cumprimento de sentença, é correto afirmar:
a) Do requerimento de liquidação de sentença, pelo procedimento comum,
será a parte intimada na pessoa de seu advogado ou da sociedade de
advogados.
b) Não sendo requerida a execução no prazo de seis meses, sempre ocorre
a prescrição da pretensão ao crédito.
c) Far-se-á a liquidação por arbitramento quando, para determinar o valor
da condenação, houver necessidade de alegar e provar fato novo.
d) Quando na sentença houver uma parte líquida e outra ilíquida, o credor
deverá promover a liquidação da parte ilíquida antes de requerer o
cumprimento da parte líquida.
e) No caso de condenação em quantia certa, ou já fixada em liquidação, e
no caso de decisão sobre parcela incontroversa, o cumprimento definitivo
da sentença far-se-á a requerimento do exequente, sendo o executado
intimado para pagar o débito, no prazo de 5 (cinco) dias, acrescido de
custas. Caso não efetue o pagamento haverá a incidência de multa de 20%
(vinte por cento).

•« - Q241040 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 6ª Região (PE) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Cumprimento
de sentença) (Adaptada ao CPC/15) Sobre o cumprimento de sentença
é correto afirmar:
I. É definitiva a execução de sentença transitada em julgado e provisória

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
»¡°ž¯ ²› ³š¡³¡š ž› ²›°³›°¶¡ ŸÃ™ï°¡ž¡ ™¯š š› š²¯ š› ›SŸžo somente no
efeito devolutivo.
ýý£ ü ž›¹›ž¯š  ¯°ž›°¡ž¯ ›Ã »¡°³Ÿ¡  ›š³¡ ²›šð  Ÿ³¡ž¯ ™›ssoalmente para
pagá-la no prazo de quinze dias, acrescida de multa de 10%.
III. A impugnação não poderá versar sobre penhora incorreta ou avaliação
errônea.
IV. Expirado o prazo para pagamento voluntário tem início o prazo para
apresentação de impugnação no prazo de quinze dias.
V. O excesso de execução poderá ser alegado em impugnação, tendo o
executado de declarar de imediato o valor que entende correto, sob pena
de rejeição liminar dessa impugnação.

Está correto o que se afirma APENAS em


a) I, III e V.
b) I, III e IV.
c) II, III e V.
d) I, IV e V.
e) II, IV e V.

˜´ - Q240543 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 6ª Região (PE) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil /
Execução; Cumprimento de sentença) (Adaptada ao CPC/15) No
cumprimento de sentença, o devedor condenado ao pagamento de quantia
certa
–— será citado para efetuar o pagamento em 24 horas ou nomear bens à
penhora, instaurando-se novo processo, pela execução.
b) poderá impugná-lo, alegando, apenas, causa extintiva da obrigação
posterior ao trânsito em julgado da sentença.
c) poderá impugná-lo, alegando nulidade da citação no processo de
conhecimento, ainda que ele não tenha corrido à revelia.
d) não poderá impugná-lo, salvo se o processo de conhecimento tiver
corrido à revelia.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
¬— deverá efetuar o pagamento no prazo de 15 dias após ser intimado, sob
pena de ser acrescido ao valor multa de 10% (dez por cento) e honorários
advocatícios também de 10% (dez por cento).

˜x ¦ §•x˜˜ª• ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 11ª Região (AM) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Cumprimento
de sentença; Citação; ) Numa ação de conhecimento, o réu não foi citado
regularmente mas, mesmo assim, apresentou contestação e atuou em
todas as fases do processo, até o trânsito em julgado da decisão final.
Nesse caso, na fase do cumprimento da sentença,
–— poderá apresentar impugnação fundada na invalidade de citação.
b) poderá apresentar impugnação fundada na inexistência de citação, por
tratar-se de ato processual indispensável à regularidade do processo.
c) só poderá apresentar impugnação fundada na inexistência de citação se
demonstrar que se encontrava em local conhecido e poderia ter sido citado,
mas não o foi.
d) não poderá apresentar impugnação fundada na inexistência de citação.
e) só poderá apresentar impugnação fundada na inexistência ou invalidade
da citação se demonstrar que não foram esgotados os meios para a sua
localização.

˜• ¦ §˜¥©ª©x ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Recife - PE -


Procurador / Direito Processual Civil / Mandado de Segurança; )
Analise as proposições abaixo.
’
½¬¸  ¬ ½¬¬¬ – ¬   ¸ – ½ –½ado de segurança
desafia recurso de agravo de instrumento.
II. Admite-se, no mandado de segurança, o litisconsórcio ativo
facultativo ulterior.
III. A sentença que denega a ordem, no mandado de segurança,
está sujeita ao duplo grau de jurisdição.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

Está INCORRETO o que se afirma em


–— I e III, apenas.
b) I, II e III.
c) II, apenas.
d) III, apenas.
e) II e III, apenas.

˜˜ ¦ §˜x¤¥¤• ( Prova: FCC - 2013 - AL-PB - Procurador / Direito


Processual Civil / Mandado de Segurança; ) Quanto ao mandado de
segurança, é correto afirmar:
a) Concedida a segurança, a sentença estará sujeita
obrigatoriamente ao duplo grau de jurisdição; a autoridade coatora,
porém, por não ser parte processual, não tem o direito de recorrer.
b) Decisão judicial da qual caiba recurso com efeito suspensivo não
é óbice à concessão do mandado de segurança; este não é possível,
porém, de decisão judicial transitada em julgado.
c) Não será concedida medida liminar que tenha por objeto a
compensação de créditos tributários, a entrega de mercadorias e
bens provenientes do exterior, a reclassificação ou equiparação de
servidores públicos e a concessão de aumento ou a extensão de
vantagens ou pagamento de qualquer natureza.
d) Do indeferimento da inicial de mandado de segurança pelo juiz
de primeiro grau caberá apelação e, quando a competência para o
julgamento do mandado de segurança couber originariamente aos
tribunais, do ato do relator não caberá recurso.
e) A sentença que conceder o mandado de segurança só poderá ser
executada definitivamente, pela possibilidade presumida de dano
irreversível à autoridade coatora.

˜¤ ¦ §˜x««¤˜ ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Titular de Serviços de


Notas e de Registros - Provimento / Direito Processual Civil /
Mandado de Segurança; ) A respeito do mandado de segurança,

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
¸ ½¬¬”
’
§–½  – –½  ¬ ½ – ¸–½ ¸ ·ase em ato
normativo, de caráter abstrato e geral, a autoridade coatora é quem
executa o comando que emerge do ato normativo e não quem o
editou.
II. Não cabe mandado de segurança contra ato judicial passível de
recurso ou correição.
III. A sentença que concede ou denega mandado de segurança fica
sujeita ao duplo grau de jurisdição e, assim, a reexame necessário.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) I.
e) III.

˜¥ ¦ §•ª¨¨«¨ ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AL - Promotor de Justiça /


Direito Processual Civil / Mandado de Segurança; ) A respeito do
mandado de segurança, é correto afirmar:
–— A impetração de mandado de segurança coletivo por entidade de
classe em favor dos associados depende da expressa autorização
destes.
b) Da sentença que conceder ou negar o mandado de segurança
caberá apelação.
c) Cabe mandado de segurança contra decisão judicial que
comporta recurso com efeito suspensivo.
d) Cabe mandado de segurança contra decisão judicial transitada
em julgado.
e) O direito de requerer mandado de segurança extinguir-se-á
decorridos cento e oitenta dias contados da ciência, pelo
interessado, do ato impugnado.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
˜¨ ¦ §•ªª©x˜ ( Prova: FCC - 2012 - PGE-SP - Procurador / Direito
Processual Civil / Mandado de Segurança; ) O sindicato de
determinada categoria de servidores públicos impetrou mandado
de segurança coletivo para obstar a alteração da base de cálculo de
determinada gratificação funcional que beneficiava parte de seus
associados. O juiz concedeu a liminar e determinou a reunião de
todos os processos de natureza individual na sua jurisdição, bem
como determinou que o sindicato demonstrasse funcionamento há
mais de um ano e apresentasse a autorização para o ajuizamento
da ação. Nesse contexto,
–— a demonstração de tempo de funcionamento ou de autorização
dos associados para a entidade de classe impetrar mandado de
segurança coletivo não deveria ser exigida.
b) o juiz, para conceder a liminar, não depende da oitiva prévia do
representante judicial da pessoa jurídica de direito público.
c) a reunião dos processos foi bem determinada diante da
litispendência que se opera entre a ação coletiva e as ações
individuais.
d) a exigência de autorização dos associados é indevida, mesmo
quando a pretensão abranja apenas parte da categoria.
e) a pertinência entre o objeto do litígio e os fins institucionais da
entidade não é exigida no mandado de segurança coletivo e,
consequentemente, para concessão da liminar.

˜© ¦ §•¥¥•ªª ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AP - Promotor de Justiça /


Direito Processual Civil / Mandado de Segurança; )
Quanto ao mandado de segurança, é correto afirmar:
a) Cabe sua impetração contra os atos de gestão comercial
praticados pelos administradores de empresas públicas, de
sociedades de economia mista e de concessionárias de serviço
público.
b) Para efeito de sua impetração, equiparam-se às autoridades os
representantes ou órgãos de partidos políticos e os
administradores de entidades autárquicas, bem como os dirigentes

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
½¬ ¬ – ½ ¸–
  – ¬ – ––  ¬¬¸ício de
atribuições do poder público, somente no que disser respeito a
essas atribuições.
¸— Será concedido de decisão judicial da qual caiba recurso com
efeito suspensivo.
d) Da decisão do juiz de primeiro grau que denegue a liminar cabe
o agravo de instrumento, descabendo recurso da decisão que a
conceda.
e) Os efeitos da medida liminar, salvo se revogada ou cassada,
persistirão até o trânsito em julgado da sentença ou do acórdão que
o decidirem.

˜ª ¦ §•¤•«´¨ ( Prova: FCC - 2012 - TJ-GO - Juiz / Direito Processual


Civil / Mandado de Segurança; ) No que concerne ao mandado de
segurança, analise as proposições abaixo.
’
 ––¦ ¬ – – ½–½¬ – ¬ – ––  exercício de
atribuições do poder público, no que disser respeito a essas
atribuições.
II. O mandado de segurança sempre pode ser utilizado como
alternativa aos recursos previstos no Código de Processo Civil.
III. O juiz deve sempre ouvir a autoridade coatora antes de deferir
medida suspendendo o ato coator.

Está correto o que se afirma em


a) I, apenas.
b) III, apenas.
c) I e II, apenas.
d) I e III, apenas.
e) I, II e III.

˜« ¦ §•¤x˜˜x ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 6ª Região (PE) - Técnico


Judiciário - Área Administrativa / Direito Processual Civil /
Mandado de Segurança; )

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
“¬½ – ¬ ¬  ½ ¸  –  ¸–·¬ –½–½ ½¬ segurança
contra
a) representantes ou órgãos de partidos políticos.
b) administradores de entidades autárquicas.
c) pessoas físicas no exercício de atribuições do poder público.
d) ato de qualquer autoridade do Poder Legislativo, ainda que no
exercício da administração do órgão a que pertence.
e) atos de gestão comercial praticados pelos administradores de
empresas públicas, de sociedade de economia mista e de
concessionários do serviço público.

¤´ - Q215922 ( Prova: FCC - 2012 - TCE-AP - Analista de Controle


Externo - Jurídica / Direito Processual Civil / Mandado de
Segurança; )
‹ –½–½ ½¬ ¬–– ¸¬  ½¬ ¬ ¬–½
a) por autarquia federal para proteger direitos coletivos.
b) pela União para proteger direitos individuais homogêneos.
c) por organização sindical para proteger direitos coletivos.
d) pela Defensoria Pública para proteger direitos individuais
homogêneos.
e) por partido político com ou sem representação no Congresso
Nacional para proteger direitos difusos.

¤x ¦ §ª•••ª ( Prova: FCC - 2010 - MPE-RS - Agente Administrativo


/ Direito Processual Civil / Mandado de Segurança; ) As
informações solicitadas pelo juiz em mandado de segurança
impetrado contra ato de Diretor de Escola pública devem ser
prestadas
–— por Procurador de Estado designado para defender o diretor.
b) pelo próprio diretor.
c) pelo Procurador-Geral do Estado, como represen tante do órgão
público.
d) pelo secretário da escola.
e) por advogado constituído pelo diretor.

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08

¤• - Q82228 ( Prova: FCC - 2016 ± Prefeitura de Campinas /


Cumprimento de sentença ) Em relação ao cumprimento de
sentença, considere:
!"  € ƒ„z…†} y~ |z…†z…‡~ …} ƒ}yz„ |z„ ƒ„}}‰y} em face do fiador,
do coobrigado ou do corresponsável que não tiver participado da fase de
conhecimento.
II. Quando o juiz decidir relação jurídica sujeita a condição ou termo, o
cumprimento da sentença dependerá de demonstração de que se realizou
a condição ou de que ocorreu o termo.
III. A autocomposição judicial pode envolver sujeito estranho ao processo,
mas não pode versar sobre relação jurídica que não tenha sido deduzida
em Juízo, por implicar lesão ao princípio da adstrição ou congruência.
IV. São títulos executivos judiciais as decisões proferidas no processo civil
que reconheçam a exigibilidade de obrigação de pagar quantia, somente,
dependendo a obrigação de fazer, de não fazer ou de entregar coisa de
prévio processo de conhecimento.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) II, III e IV.
b) II e IV.
c) I e III.
d) I e II.
e) I, III e IV.

4.

£
1 # 2 £µ £
3 $ £
4 % 5£µ £
6 $
£
7 D 8 $£ £
9 % 1& ' £ 11£µ 12 %£
13 £µ 14 # £ 15 $ £ 16 % £ 17£µ 18 #£
P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 08
£
19 % £
2& ' £
21 $ £
22 % 23£µ £
24 $
£
25 % 26£µ 27£µ 28£µ £
29 # £
3& '
31£ # 32£ $ 33£ % 34£ µ 35£ $ 36£ #
37£ $ 38£ µ 39£ ' 4&£ % 41£ $ 42£ #

5. CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Meus prezados alunos, chegamos ao término de nossa aula 08, na qual


RKTBDFGTKC GC [OBCFQBC CK_@B SENTENÇA E DAS DECISÕES:
f7:fg6h71i g18jf6g1k 5gl2616h71i 85gfm21n7i f761;
o2m9;p;k p7 f238563g:h7 p; 1g:hg:q;k p7 3;:p;p7 pg
1g925;:q;i aplicadas em concursos da FCC ± FUNDAÇÃO CARLOS.
oJ ()*v+ v,v-./vuv/ 274 (duzentas e setenta e quatro) questões
uv/ 0:: ;<= >=*=+)/ v) -),?) u) @<*/)k
Todas as dúvidas podem ser tiradas por meio do fórum.
BRUNO KLIPPEL - Vitória/ES

GUILHERME CORRÊA - Curitiba/PR

P 
  P 
  
www.estrategiaconcursos.com.br
A  A

500 Questões Comentadas de Processo Civil - FCC (Novo CPC)


Professores: Bruno Klippel, Guilherme Corrêa
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09

Z[\Z ]^ ±500 QUESTÕES COMENTADAS DE

_`abeffa bghg\ i jbb ± QUESTÕES SOBRE: DOS

`eb[`fafk lZ Z_e\Zmnao la Zp`Zha e f[Zf

ef_qbgefr laf etuZ`paf le leb\Z`Zmnao

ja`tZ e _`Zvaf le Z_e\Zmnar

wxyz{|} ~z|€
‚ƒ „…†‡ˆ‡‰Š‹ŒŽ ‚
ƒ ‘’‡ˆŠ“‡ˆ ”Ž•‡‰Š‹–‹ˆ ‰‹ ‹’—‹˜ 
™ƒ š›ˆŠ‹ –‹ˆ œ’‡ˆŠ“‡ˆ ”Ž•‡‰Š‹–‹ˆ ‰‹ ‹’—‹˜ ™
žƒ Ÿ‹ ‹†›ŠŽˆ ž¡
ƒ ¢Ž‰ˆ›–‡†‹Œ“‡ˆ £›‰‹›ˆ ¤¤

1. APRESENTAÇÃO:

Prezados alunos,
¥‰›”›‹•Žˆ ‹ ‰Žˆˆ‹ AULA 09 sobre: DOS RECURSOS: DA APELAÇÃO, DO
{¦} § wxw §w~¨©|§wª «}w §y¬{}w «§ «§©­{®¯}°
±}{y § ~{²}w «§ ~§­®¯}ª
„ˆˆ›•³ ˆ‡†Ž ‹‰‹—›ˆ‹–‹ˆ ‰‹ ‹’—‹ –‡ ´Žµ‡ 28 (vinte e oito) questões da
±©©, sendo que comentaremos em primeiro lugar a assertiva correta,
partindo para a análise mais breve das assertivas erradas. Claro que
estamos sempre aberto aos questionamentos e dúvidas, que podem ser
facilmente esclarecidas por meio do fórum de dúvidas do Estratégia
Concursos.

2. QUESTÕES COMENTADAS:

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09

¶ - Q386750 ( Prova: FCC - 2014 - TJ-CE - Juiz / Direito Processual Civil


/ Recursos; ) Opostos e acolhidos embargos de declaração, sua decisão
será de natureza
·¸ integrativa ao acórdão que lhe deu origem, sempre e somente
esclarecendo pontos omissos, obscuros ou contraditórios e não podendo ter
caráter infringente, próprio dos embargos de mesmo nome.
b) autônoma, desvinculada do acórdão original, para o fim de esclarecer
seus pontos obscuros, contraditórios, duvidosos e omissos, sem
infringência possível.
c) autônoma, desvinculada do acórdão original, para o fim de, em regra,
esclarecer seus pontos obscuros, contraditórios e omissos e,
excepcionalmente, podendo adquirir caráter infringente.
d) declaratória, incidental e infringente, podendo ainda esclarecer o
acórdão em seus pontos duvidosos e omissos.
e) integrativa ao acórdão que lhe deu origem, como regra geral somente
esclarecendo os pontos omissos, obscuros e contraditórios mas,
excepcionalmente, podendo ter caráter infringente.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ O recurso de embargos de declaração,
previsto no art. 1.022 do CPC/15, possui por finalidade, em primeiro lugar, de
apenas melhorar a decisão judicial, esclarecendo os pontos omissos, obscuros,
contraditórios ou com erro material, conforme hipóteses de cabimento do Art.
1.022 do CPC/15. Vejam que o recurso não tem por finalidade principal a alteração
da decisão recorrida. Percebam com cuidado, pois é fundamental para a questão,
que o recurso de embargos de declaração não serve, num primeiro momento,
para alterar a decisão. Apenas excepcionalmente é que isso pode ocorrer, hipótese
em que o recurso terá o denominado efeito infringente ou modificativo, como
autoriza o §2°, do art. 1.023 do CPC/15. Vejamos os dispositivos legais:

³Art. 1.022. Cabem embargos de declaração contra qualquer decisão


judicial para:

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
I - esclarecer obscuridade ou eliminar contradição;
II - suprir omissão de ponto ou questão sobre o qual devia se pronunciar
o juiz de ofício ou a requerimento;
III - corrigir erro material.
Parágrafo único. Considera-se omissa a decisão que:
I - deixe de se manifestar sobre tese firmada em julgamento de casos
repetitivos ou em incidente de assunção de competência aplicável ao caso
sob julgamento;
II - incorra em qualquer das condutas descritas no art. 489, § 1oÄ

Art. 1.023. Os embargos serão opostos, no prazo de 5 (cinco) dias, em


petição dirigida ao juiz, com indicação do erro, obscuridade, contradição
ou omissão, e não se sujeitam a preparo.
§ 1o Aplica-se aos embargos de declaração o art. 229Ä
Å Æo O juiz intimará o embargado para, querendo, manifestar-se,
no prazo de 5 (cinco) dias, sobre os embargos opostos, caso seu
eventual acolhimento implique a modificação da decisão
embargada´

A possibilidade do recurso de embargos de declaração conter efeito infringente ou


modificativo, foi reconhecido pela doutrina e jurisprudência vindo admitido
também no CPC/15, conforme transcrição acima. É por isso TXHDDVVHUWLYD³(´
está correta, em conformidade com o que já foi dito. Assim, em síntese: possui
natureza integrativa, podendo conter efeito infringente. Como todas as
assertivas tratam do mesmo assunto, não precisam ser analisadas em separado.

Ç - (Prova: FCC - 2016 ± Prefeitura de Campinas) No tocante à apelação,


é correto afirmar:
·¸ As questões de fato não propostas no Juízo inferior não podem ser
suscitadas na apelação, em nenhuma hipótese, porque o pedido
caracterizaria inovação processual, que é vedada.
b) Quando se pleitear efeito suspensivo à apelação, o pedido deverá ser
dirigido ao juiz que proferiu a sentença, cuja decisão caberá agravo.
c) Como regra geral, a apelação terá efeito meramente devolutivo,
produzindo efeitos imediatamente após a publicação da sentença.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ȸ As questões resolvidas na fase de conhecimento, cujas decisões
comportem ou não agravo de instrumento, não são cobertas pela preclusão
e devem ser suscitadas em preliminar de apelação ou nas contrarrazões.
ɸ Quando reformar sentença que reconheça a decadência ou a prescrição,
o tribunal, se possível, julgará o mérito, examinando as demais questões,
sem determinar o retorno do processo ao Juízo de primeiro grau.

¹ºMENTÁRIOS:
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´, uma vez que afastada a prescrição ou a
decadência, o tribunal poderá adentrar no julgamento das demais questões,
sempre que isso for possível, ou seja, quando a causa estiver madura (já ter
havido o contraditório e não ser mais necessária a produção de outras provas)
para julgamento. É o que a doutrina denomina de teoria da causa madura,
conforme transcrição do §4°, do art. 1.013 do CPC/15:

³§ 4o Quando reformar sentença que reconheça a decadência ou a


prescrição, o tribunal, se possível, julgará o mérito, examinando as
demais questões, sem determinar o retorno do processo ao juízo de
primeiro grau.´

As demais alternativas estão erradas, conforme descrição a seguir:


/HWUD³$´HUUDGD em algumas hipóteses é possível a inovação recursal, conforme
art. 1.014 do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGD o pedido deve ser feito em 2° grau, conforme art. 1.012, §3°
do CPC/15.
/HWUD ³&´ HUUDGD em regra a apelação possui efeito suspensivo, conforme art.
1.012 do CPC/15.
/HWUD ³'´ HUUDGD somente será possível no caso de a decisão não comportar
agravo de instrumento, nos termos do §1°, do art. 1.009 do CPC/15.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
Ê - Q378891 ( Prova: FCC - 2014 - TJ-AP - Juiz / Direito Processual Civil /
Recursos; ) Dos recursos a seguir enumerados, aponte aquele que é
recebido, como regra, no duplo efeito, devolutivo e suspensivo:
·¸ recurso extraordinário.
b) apelação.
c) agravo de instrumento.
d) recurso especial.
e) agravo interno.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ O único recurso que é recebido no duplo
efeito, ou seja, devolutivo e suspensivo, é o recurso de apelação, conforme arts.
1.012 e 1.013 do CPC/15, abaixo transcritos:

³Art. 1.012. A apelação terá efeito suspensivo.


Art. 1.013. A apelação devolverá ao tribunal o conhecimento da
matéria impugnada´.

Os demais recursos possuem apenas efeito devolutivo, conforme art. 995


do CPC/15, o que significa dizer que, mesmo tendo sido interpostos, a decisão
produzirá efeitos normalmente. Vejamos o dispositivo mencionado:

³Art. 995. Os recursos não impedem a eficácia da decisão, salvo


disposição legal ou decisão judicial em sentido diverso´

Ë Ì ÍÊÎÏζ¶ ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 18ª Região (GO) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Recursos; ) Os embargos de declaração
·¸ serão julgados pelo Juiz em 10 dias e, no tribunal, em 15 dias, no
máximo, salvo alegação de justa causa ou impedimento.
b) serão opostos em cinco dias e não estão sujeitos a preparo.
c) jamais poderão ter caráter infringente, limitando-se sempre a
esclarecimentos quanto a pontos omissos, obscuros ou contraditórios do
julgado.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ȸ quando manifestamente protelatórios, serão rejeitados liminarmente
pelo relator do recurso.
ɸ não suspendem nem interrompem o prazo para oposição de recurso
especial ou extraordinário, somente interrompendo o prazo para a parte
apelar.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ O recurso de embargos de declaração é
o mais simples do processo civil, possuindo procedimento simples, sem
dificuldades, além da sua petição não conter requisitos complexos. A simplicidade
pode ser extraída do art. 1.023 do CPC/15, que traz um prazo pequeno, de 5 dias,
sem a necessidade de pagamento de custas processuais, denominado de preparo
no âmbito recursal. Vejamos:

³Art. 1.023. Os embargos serão opostos, no prazo de 5 (cinco) dias, em


petição dirigida ao juiz, com indicação do erro, obscuridade, contradição
ou omissão, e não se sujeitam a preparo´

Todas as demais assertivas estão erradas, conforme demonstração abaixo:


LetrD³$´HUUDGDpois o art. 1.024 do CPC/15 diz 5 dias para o julgamento por
Juiz e, nos Tribunais, na sessão seguinte à apresentação.
/HWUD ³&´ HUUDGD já que os embargos de declaração possuem, mesmo que
excepcionalmente, caráter (ou efeito) infringente, ou seja, modificativo do
julgado, nos termos do §2°, do art. 1.023 do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGDpois quando protelatórios serão sujeitos à multa, conforme art.
1.026, § 2° do CPC/15. Apenas serão rejeitados se os dois anteriores forem
protelatórios, nos termos do §4°, do mesmo dispositivo legal.
/HWUD ³(´ HUUDGD pois interrompem o prazo para a interposição de outros
recursos, conforme art. 1.026 do CPC/15.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
Ð Ì ÍÊÐÑÏÎÐ ( Prova: FCC - 2014 - Câmara Municipal de São Paulo - SP -
Procurador Legislativo / Direito Processual Civil / Recursos; ) Após acidente
automobilístico sofrido por Jorge Nelson, seu advogado propõe ação
indenizatória, material e moral, contra Jeferson José, com pedido de
antecipação liminar total da tutela jurisdicional. A tutela é antecipada
parcialmente, no tocante ao deferimento desde logo do dano material,
indeferindo-se porém o dano moral antecipado. Nessas condições, os
advogados do autor Jorge Nelson, bem como do réu Jeferson José,
a) por se tratar de decisão liminar antecipatória, é irrecorrível para ambas
as partes, que só poderão alterá-la eventualmente requerendo sua
reconsideração ao próprio juiz que a proferiu.
b) tendo em vista que o deferimento da antecipação ao autor equivale à
sentença futura, deverá Jeferson José apelar de tal deferimento, devendo
Jorge Nelson agravar do indeferimento parcial
c) tendo em vista que a decisão interlocutória proferida significa gravame
somente para o réu Jeferson José, mas não para o autor Jorge Nelson,
admitirá o recurso de agravo apenas para o réu, não o admitindo para o
autor, já que revogável a antecipação tutelar
d) tendo em vista a natureza da decisão judicial proferida, interlocutória,
cujo conteúdo representa gravame parcial para ambos, poderão eles
interpor agravo em quinze dias de tal decisão, Jorge Nelson para obter o
deferimento total da antecipação tutelar pretendida, Jeferson José visando
ao indeferimento total dessa antecipação jurisdicional.
e) tendo em vista que a decisão interlocutória proferida significa gravame
somente para o autor Jorge Nelson, diante do indeferimento da antecipação
tutelar da indenização moral, mas não para Jeferson José, admitirá apenas
o recurso de agravo por parte do autor, mas não por parte do réu, mesmo
porque se trata de decisão revogável.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ Percebam que foi proferida uma decisão
interlocutória, pois foi deferido parcialmente um pedido liminar. Podemos dizer
que houve sucumbência recíproca, pois nenhuma das partes ficou inteiramente
satisfeita, já que o autor não conseguiu os dois pedidos, assim como o réu irá

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
sofrer com o deferimento de um pedido do autor. Assim, por tratar-se de decisão
interlocutória, poderá ser interposto pelas duas partes o recurso de agravo de
instrumento, no prazo de 15 dias, conforme previsão contida no art. 1.015 do
CPC/15.

Vejam que o pedido do autor, no recurso de agravo, será a concessão total da


liminar, ao passo que o pedido do réu será a cassação da decisão liminar deferida,
WXGR HP FRQIRUPLGDGH FRP D OHWUD ³'´ ~QLFD Fonsiderada correta. Vejamos as
demais assertivas, todas consideradas erradas:
/HWUD³$´HUUDGDSRLVDGHFLVmRLQWHUORFXWyULDpUHFRUUtYHOSRUYLDGRUHFXUVRGH
agravo de instrumento, interposto conforme art. 1.015 do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGDSRLVDPERs devem agravar, já que de decisão interlocutória o
único recurso cabível é o agravo de instrumento.
/HWUD ³&´ HUUDGD SHOR FRPR Mi YLVWR KRXYH VXFXPErQFLD UHFtSURFD FDEHQGR
recurso de ambas as partes.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVKRXYHVXFXPErQFLDUHFtSURca, como já explicado.

Ñ Ì ÍÊѶËÒÎ ( Prova: FCC - 2014 - SABESP - Advogado / Direito Processual


Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15) Concernente aos recursos,
considere:
I. Pode o prejudicado que não foi parte apresentar recurso se demonstrar
nexo de interdependência entre o interesse de intervir e a relação jurídica
submetida à apreciação judicial.
II. A renúncia ao direito de recorrer independe da aceitação da outra parte.
III. A apelação em regra possui efeito suspensivo.

Está correto o que consta em


a) I, II e III
b) I e II, apenas.
c) I e III, apenas.
d) III, apenas.
e) II, apenas.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³A´ Estão corretas todas as assertivas,
conforme análise a seguir:
I. Correta, pois esse prejudicado que não foi parte no processo é
denominado de 3º prejudicado, que pode interpor recurso se tiver
interesse jurídico, conforme art. 996 do CPC/15.
II. Correta, pois a ideia consta no art. 999 do CPC/15.
III. Correta, pois o art. 1.012 do CPC/15 afirma que a apelação em regra
possui efeito suspensivo.

Î Ì ÍÊÐÎÑÏÒ ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Cuiabá - MT - Procurador


Municipal / Direito Processual Civil / Recursos; ) Maria ajuizou ação de
cobrança contra Gerson e Renato, devedores solidários, os quais
apresentaram defesas distintas mas com fundamentos comuns. O pedido
foi julgado procedente mas apenas Renato recorreu. De acordo com o
Código de Processo Civil, o recurso
·¸ aproveita a Gerson, será recebido nos efeitos devolutivo e suspensivo,
deverá ser interposto no prazo de 15 dias e respondido no prazo de 5.
b) aproveita a Gerson, será recebido apenas no efeito devolutivo e deverá
ser interposto e respondido no prazo de 15 dias.
c) não aproveita a Gerson, será recebido apenas no efeito devolutivo e
deverá ser interposto e respondido no prazo de 15 dias.
d) não aproveita a Gerson, será recebido nos efeitos devolutivo e
suspensivo, deverá ser interposto no prazo de 15 dias e respondido no
prazo de 5.
e) aproveita a Gerson, será recebido nos efeitos devolutivo e suspensivo e
deverá ser interposto e respondido no prazo de 15 dias.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ O primeiro ponto a ser verificado na
questão está relacionado ao litisconsórcio existente e se o recurso interposto por
um litisconsorte vai aproveitar ou não ao outro. A situação encontra-se no art.
1.005 do CPC/15. Vejamos:

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09

³Art. 1.005. O recurso interposto por um dos litisconsortes a todos


aproveita, salvo se distintos ou opostos os seus interesses´

Na situação descrita pela FCC, os interesses são comuns, o que significa dizer que
o recurso interposto por um litisconsorte aproveitará o outro. Num segundo
momento, devem ser analisadas as questões sobre procedimento:
a. O recurso de apelação é recebido no duplo efeito, como regra, de acordo
com os arts. 1.012 e 1.013 do CPC/15, isto é, recebido nos efeitos
devolutivo e suspensivo.
b. O prazo de interposição e de contrarrazões é de 15 dias, conforme o §5°,
do art. 1.013 do CPC/15.
5HVXPLQGRWRGDVDVLQIRUPDo}HVSRGHPRVGL]HUTXHDOHWUD³(´HVWiWRWDOPHQWe
correta. As demais possuem os seguintes erros:
/HWUD ³$´ HUUDGD Mi TXH R SUD]R GH UHVSRVWD FRQWUDUUD]}HV  p R PHVPR GH
interposição, ou seja, 15 dias.
/HWUD³%´HUUDGDSRLVDUHJUDJHUDOpRUHFHELPHQWRQRGXSORHIHLWR
/HWUD ³&´ HUUDGD SRLV DSUoveita a outro litisconsorte e é recebido no efeito
devolutivo e suspensivo.
/HWUD³'´HUUDGDpois aproveita o outro litisconsorte e é contra-arrazoado em 15
dias.

Ï Ì ÍÊÐÊÇÒÑ ( Prova: FCC - 2014 - TRF - 3ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Recursos; ) A respeito
dos embargos de declaração, considere:
I. Têm por finalidade revisar ou anular decisões judiciais.
II. Podem ser opostos quando, na sentença, houver contradição.
III. Não são cabíveis quando houver obscuridade em acórdão.
Está correto o que consta APENAS em:
a) I e III.
b) I e II.
c) II.
d) II e III.
e) I.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³&´ Apenas a assertiva II está correta,
conforme análise a seguir:
I. Errada, pois os embargos de declaração, previstos no art. 1.022 do
CPC/15, possuem por finalidade a complementação da decisão e não a
sua reforma/anulação.
II. Correta, pois se trata de uma das hipóteses de cabimento do art. 1.022
do CPC/15.
III. Errada, já que a obscuridade é uma das situações em que o recurso
pode ser interposto, conforme art. 1.022 do CPC/15.

Ò Ì ÍÊÐÒ˶Р( Prova: FCC - 2014 - TRF - 3ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil / Recursos)
(Adaptada ao CPC/15) O agravo de instrumento;
a) será interposto perante o juiz prolator da decisão agravada que fará o
exame de admissibilidade e enviará ao tribunal respectivo.
b) pode ser interposto no prazo de dez dias, contados da publicação da
decisão impugnada, e independe de preparo.
c) é um recurso exclusivo da parte autora, para submeter à superior
instância o reexame de decisões interlocutórias.
d) contra decisão interlocutória proferida em audiência deve ser interposto
no prazo de cinco dias.
e) não comporta recurso adesivo, mesmo que tenha sido interposto no
prazo para a resposta do agravado.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ O recurso de agravo de instrumento não
pode ser interposto pela forma adesiva, ou seja, não há agravo de instrumento
adesivo, já que o art. 997, §2°, II do CPC/15 somente autoriza a forma adesiva
para 3 recursos, a saber: apelação, recurso especial e recurso extraordinário.
Vejamos o dispositivo mencionado:

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
³Art. 997. Cada parte interporá o recurso independentemente, no prazo
e com observância das exigências legais.

§ 1o Sendo vencidos autor e réu, ao recurso interposto por qualquer deles


poderá aderir o outro.
§ 2o O recurso adesivo fica subordinado ao recurso independente, sendo-
lhe aplicáveis as mesmas regras deste quanto aos requisitos de
admissibilidade e julgamento no tribunal, salvo disposição legal diversa,
observado, ainda, o seguinte:
I - será dirigido ao órgão perante o qual o recurso independente fora
interposto, no prazo de que a parte dispõe para responder;
II - será admissível na apelação, no recurso extraordinário e no
recurso especial;
III - não será conhecido, se houver desistência do recurso principal ou se
for ele considerado inadmissível´

Mesmo que o recurso de agravo venha a ser interposto no prazo de


resposta, não poderá ser considerado adesivo, como corretamente dito na
OHWUD ³(´ FRQVLGHUDGD FRUUHWD $V GHPDLV DVVHUWLYDV HVWmR HUUDGDV FRQIRUPH
análise a seguir:
/HWUD³$´HUUDGDpois o agravo de instrumento é dirigido ao tribunal e este fará
o exame de admissibilidade.
/HWUD³%´HUUDGDpois depende de preparo, como a regra geral dos recursos, além
de o prazo ser de 15 dias.
/HWUD ³&´ HUUDGD pois pode ser interposto por qualquer das partes, já que a
decisão interlocutória pode ser prejudicial a qualquer uma delas.
/HWUD³'´HUUDGDpois o recurso de agravo de instrumento sempre tem prazo de
10 dias. Quanto ao cabimento contra as decisões proferidas em audiência,
somente será possível se for enquadrada nas hipóteses do art. 1.015 do CPC/15.

¶Ó Ì ÍÊÐÒÑÇÑ ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz / Direito


Processual Civil / Recursos; ) Em relação aos recursos, é correto afirmar:
·¸ O recurso extraordinário e o recurso especial não impedem a execução
de sentença; a apelação é recebida em regra nos efeitos devolutivo e

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ÔÕÔÖ×ØÔÙÚÛÜ ÔÝÞÚÛ ÝÔ ßÙÖàá×Ô×Ô ×â ãÕ× Ý Þ×Ù ÖäÛå×ÔÔÕÝÞ Öä×Úæ Ô×u
recebimento somente no efeito devolutivo.
ç¸ Desde que com a anuência do recorrido ou dos litisconsortes, o
recorrente poderá desistir do recurso a qualquer tempo.
c) Embora subordinado ao recurso principal, o recurso adesivo prossegue
e será julgado em caso de desistência do recurso principal ou de sua
deserção.
d) Como regra, a interposição do agravo de instrumento suspende o
andamento do processo.
e) O recurso só pode ser interposto pela parte vencida ou pelo Ministério
Público, nos processos em que couber intervir, como parte ou fiscal da lei.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa CORRETA É $ /(75$ ³$´ Os recursos extraordinário e especial
estão na regra geral de inexistência de efeito suspensivo dos recursos, nos termos
do art. 995 do CPC/15:

³Art. 995. Os recursos não impedem a eficácia da decisão, salvo


disposição legal ou decisão judicial em sentido diverso´

Já em relação à apelação, a regra que consta no arts. 1.012 e 1.013 do CPC/15 é


o recebimento no duplo efeito, quais sejam, devolutivo e suspensivo, sendo que
nas situações descritas no art. 1.012, temos o recebimento apenas no efeito
devolutivo. Vejamos:

³Art. 1.012. A apelação terá efeito suspensivo.

§ 1o Além de outras hipóteses previstas em lei, começa a produzir efeitos


imediatamente após a sua publicação a sentença que:
I - homologa divisão ou demarcação de terras;
II - condena a pagar alimentos;
III - extingue sem resolução do mérito ou julga improcedentes os
embargos do executado;
IV - julga procedente o pedido de instituição de arbitragem;
V - confirma, concede ou revoga tutela provisória;
PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
VI - decreta a interdição´

As demais assertivas possuem erros, conforme será demonstrado a seguir:


/HWUD ³%´ HUUDGD SRLV D SDUWH SRGH GHVLVWLU GR UHFXUVR VHP DQXrQFLD GD SDUWH
contrária ou litisconsortes, nos termos do art. 998 do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGDMiTXHR†2°, inciso III do art. 997 do CPC/15 deixa claro que,
se houver desistência ou inadmissão do recurso principal, o subordinado (adesivo)
também será inadmitido.
/HWUD ³'´ HUUDGD SRLV R DJUDYR GH LQVWUXPHQWR p UHFHELGR DSHQDV QR HIHLWR
devolutivo, conforme art. 995 do CPC/15, o que representa dizer que não há
suspensão do processo.
/HWUD³(´HUUDGDMiTXHRDUW996 do CPC/15 diz que o 3° prejudicado, além da
parte vendia e do MP, também pode interpor recurso.

¶¶ Ì ÍÊË϶˶ ( Prova: FCC - 2013 - MPE-SE - Analista - Direito / Direito


Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15) Considere as
afirmativas:
I. O recurso pode ser interposto pela parte vencida, pelo terceiro
prejudicado e pelo Ministério Público.
èèé ê ëÙØÙÔáìäÙÛ íîïÞÙåÛ á×â Þ×ðÙáÙâÙñÝñ× ÖÝäÝ ä×åÛää×ä nos processos em
que é parte e, excepcionalmente, naqueles em que oficiou como fiscal da
lei.
III. Cumpre ao terceiro demonstrar a possibilidade de a decisão sobre a
relação jurídica submetida à apreciação judicial atingir direito de que se
afirme titular ou que possa discutir em juízo como substituto processual.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) II e III.
b) I e II.
c) I e III.
d) I.
e) III.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³&´ Somente as assertivas I e III estão
corretas, de acordo com a análise a seguir:
I. Correta, pois tais são os legitimados para o recurso, conforme art. 996
do CPC/15 que faz referência à parte vencida, 3ª prejudicado e
Ministério Público (parte ou fiscal da lei).
II. Errada, pois o MP pode recorrer em todos os processos em que oficiou
como fiscal da lei, sem exceções, mesmo que a parte não recorra.
III. Correta, conforme redação do parágrafo único do art. 996 do CPC/15.

¶Ç Ì ÍÊÊÓÐÑË ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 12ª Região (SC) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Recursos; ) Em
relação aos recursos processuais, considere:
èé ò ä×ØîØåÙÝ ÝÛ ñÙä×ÙáÛ ñ× ä×åÛää×ä ÙØñ×Ö×Øñ× ñÝ Ýå×itação da outra parte.
II. O recorrente poderá, a qualquer tempo, sem a anuência do recorrido ou
dos litisconsortes, desistir do recurso.
III. Dos despachos não cabe recurso.

Está correto o que consta em


a) I, II e III.
b) I e II, apenas.
c) I e III, apenas.
d) II e III, apenas.
e) III, apenas.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ Todas as assertivas estão corretas,
conforme análise a seguir:
I. Correta, em conformidade cm o art. 999 do CPC/15.
II. Correta, pois de acordo com o art. 998 do CPC/15, que diz que o
recorrente pode desistir do recurso por ele interposto, sem
consentimento de ninguém, já que tal ato não traz prejuízos ao
recorrido.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
III. Correta, pois diz o art. 1.001 do CPC/15 não caber recurso de despacho,
diante da ausência de prejuízo por parte do ato judicial, que nada decide,
apenas movimento o processo.

¶Ê - Q322418 ( Prova: FCC - 2013 - AL-PB - Analista Legislativo / Direito


Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15) A respeito do recurso
de apelação, é INCORRETO afirmar que
·¸ Se o processo estiver em condições de imediato julgamento, o tribunal
deve decidir desde logo o mérito quando reformar sentença sem resolução
do mérito.
b) quando o pedido da defesa tiver mais de um fundamento e o juiz acolher
apenas um deles, a apelação devolverá ao tribunal o conhecimento dos
demais.
c) serão objeto de apreciação e julgamento pelo tribunal todas as questões
suscitadas e discutidas no processo, ainda que a sentença não as tenha
julgado por inteiro.
d) as questões de fato, não propostas no juízo inferior, poderão ser
suscitadas na apelação, se a parte provar que deixou de fazê-lo por motivo
de força maior.
e) após a concessão de prazo para contrarrazões o recurso de apelação
será enviado ao tribunal respectivo, independentemente de juízo de
admissibilidade.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa IN&255(7$ e $ /(75$ ³(´ A questão trata da análise dos
pressupostos de admissibilidade da apelação, tema que se encontra nos §§2° e
3° do art. 1.010 do CPC/15.

A questão mostra a mudança no procedimento trazida pelo CPC/15 que retira do


juiz de 1° grau o exame de admissibilidade que agora só será realizado no tribunal.
As demais assertivas estão totalmente corretas, conforme análise a seguir:
/HWUD ³$´ FRUUHWD HP FRQIRUPLGDGH FRP R inciso I, do §3º do art. 1.013 do
CPC/15.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
/HWUD³%´FRUUHWDem conformidade com o §2º do art. 1.013 do CPC/15.
/HWUD³&´em conformidade com o §1º do art. 1.013 do CPC/15.
/HWUD³'´em conformidade com o art. 1.014 do CPC/15.

¶Ë Ì ÍʶËÐÊÏ ( Prova: FCC - 2013 - AL-PB - Procurador / Direito


Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15) Quanto aos recursos,
assinale a alternativa correta.
·¸ Os embargos infringentes são cabíveis, na apelação, de qualquer
acórdão não unânime.
b) Tanto a apelação como o agravo são, em regra, recebidos no duplo
efeito, excepcionalmente admitindo-se seu recebimento apenas no efeito
devolutivo.
c) A interposição de recurso especial ou extraordinário sempre obsta a
execução provisória do julgado, a partir do recebimento dos recursos
extremos.
d) Se o apelante principal desistir do recurso, a parte que interpôs recurso
adesivo poderá pedir seu prosseguimento autônomo, desde que o faça em
até dez dias da desistência.
e) Os embargos de declaração podem caráter infringente, hipótese em
que será aberto prazo para contraditório à parte contrária.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ A FCC se utiliza de questão para retirar
do candidato o conhecimento acerca dos efeitos infringentes (ou modificativos)
dos embargos de declaração, tema que foi criado pela doutrina e jurisprudência,
e que agora está positivado no CPC/15 que o admite e determina a instauração
do contraditório, nos termos do §2°, do art. 1.023 do CPC/15:
§ 2o O juiz intimará o embargado para, querendo, manifestar-se, no prazo de 5
(cinco) dias, sobre os embargos opostos, caso seu eventual acolhimento implique
a modificação da decisão embargada.
Note que a lei não usa a expressão embargos de declaração com efeitos
infringentes. As demais alternativas estão erradas, conforme se nota abaixo:

/HWUD³$´HUUDGDo CPC/15 não prevê mais o recurso de embargos infringentes.


Ainda que fosse previsto, no CPC revogado o cabimento após o julgamento da
PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
apelação só ocorria nos casos de reforma da sentença por meio de acórdão não
unânime.
/HWUD ³%´ HUUDGD pois o agravo de instrumento segue a regra geral, ou seja,
somente é recebido no efeito devolutivo, conforme art. 995 do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGDpois o art. 995 do CPC/15 deixa claro que tais recursos não são
recebidos no efeito suspensivo, ou seja, não obstam ao prosseguimento da ação
e consequentemente da execução provisória.
/HWUD ³'´ HUUDGD pois se o recurso principal é inadmitido, também o será o
adesivo, conforme art. 997, §2° do CPC/15.

¶Ð Ì ÍÊÓÓË˶ ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Juiz / Direito Processual Civil


/ Recursos; ) Sobre os recursos, é correto afirmar:
a) Os embargos infringentes são cabíveis, na apelação, de qualquer
acórdão votado majoritariamente.
b) O recurso extraordinário e o recurso especial não impedem a execução
da sentença; a interposição do agravo de instrumento não obsta o
andamento do processo, salvo se ocorrer hipótese que justifique a
concessão de efeito suspensivo em benefício do agravante.
c) Da decisão monocrática do relator que negue seguimento a recurso
manifestamente inadmissível não se admite novo recurso, cabendo à parte
a eventual impetração de mandado de segurança para assegurar o
julgamento colegiado da matéria.
d) A apelação é, em regra, recebida apenas no efeito devolutivo.
e) Os embargos de declaração têm efeito infringente como finalidade e
regra geral.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa CORRET$e$/(75$³%´ Mais uma questão da FCC tratando dos
efeitos dos recursos, em especial, dos recursos especial, extraordinário e agravo
de instrumento, que constam expressamente no art. 995 do CPC/15, que será
transcrito a seguir:

³Art. 995. Os recursos não impedem a eficácia da decisão, salvo


disposição legal ou decisão judicial em sentido diverso´

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09

Os recursos especial e extraordinário não possuem efeito suspensivo, ou seja,


são recebidos apenas no efeito devolutivo, da mesma forma o agravo de
instrumento. Em todos eles é possível que seja concedido efeito suspensivo
excepcional, VHKRXYHUVLWXDomRGHXUJrQFLDFRPRGLWRQDOHWUD³%´$VGHPDLV
assertivas estão incorretas. Vejamos:
/HWUD ³$´ HUUDGD tanto no CPC/15 que extinguiu o recurso de embargos
infringentes; quanto no CPC revogado, já que neste havia a necessidade de o
acórdão ser não unânime (maioria) e que tenha reformado a sentença de mérito
no julgamento de um recurso de apelação.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVRDUW1.021 do CPC/15 prevê o cabimento do recurso de
agravo interno, no prazo de 15 dias.
/HWUD ³'´ HUUDGD SRLV R DUW 1.012 do CPC/15 demonstra que o recurso de
apelação é recebido em regra, também no efeito suspensivo.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVRVHPEDUJRVGHGHFODUDomRSRVVXHPHIHLWRLQIringente ou
modificativo como exceção.

¶Ñ Ì ÍÇÒÇÒÒÎ ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Recursos) (Adaptada
ao CPC/15) Na apelação,
·¸ a decisão que relevar a pena de deserção pode ser objeto de agravo de
instrumento.
b) o recorrente não poderá desistir do recurso sem a anuência dos
litisconsortes.
c) o prazo para responder é de 10 dias, quando a sentença tiver sido
proferida em audiência.
d) serão objeto de apreciação e julgamento pelo tribunal todas as questões
suscitadas e discutidas no processo, ainda que não tenham sido
solucionadas, desde que relativas ao capítulo impugnado.
e) a aceitação expressa ou tácita da sentença não impede a interposição e
o conhecimento do recurso.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ $VLWXDomRSUHYLVWDQDOHWUD³'´retrata
o efeito devolutivo em profundidade, já que autoriza ao tribunal adentrar em todos
os fundamentos discutidos no processo, ainda que não trazidos no recurso de
apelação, nos termos do §1°, do art. 1.013 do CPC/15. Vejamos o dispositivo legal
mencionado:

³Art. 1.013. A apelação devolverá ao tribunal o conhecimento da matéria


impugnada.
§ 1o Serão, porém, objeto de apreciação e julgamento pelo tribunal todas
as questões suscitadas e discutidas no processo, ainda que não tenham
sido solucionadas, desde que relativas ao capítulo impugnado.´

O que consta nas demais assertivas está totalmente errado, conforme será visto
a seguir:
/HWUD³$´HUUDGDpois a decisão é irrecorrível, nos termos do §6°, do art. 1.007
do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGDSRLVRDUW998 do CPC/15 autoriza a desistência do recurso a
qualquer tempo, sem anuência do recorrido ou litisconsortes.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVRSUD]RGHGHIHVD UHVSRVWD Qa apelação é sempre de 15
dias, pois esse é o prazo para a interposição do recurso, conforme o §5°, do art.
1.003 do CPC/15.
/HWUD ³(´ HUUDGD SRLV D DFHLWDomR GD GHFLVmR H[SUHVVD RX WiFLWD LPSHGH D
interposição de recurso, por existência de preclusão lógica, conforme art. 1.000
do CPC/15.

¶Î Ì ÍÊÓÏÎÊË ( Prova: FCC - 2013 - DPE-AM - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Recursos; ) Em relação aos recursos é correto afirmar:
·¸ Em regra, a apelação deve ser recebida apenas no efeito devolutivo.
b) O agravo de instrumento deve ser interposto diretamente no Tribunal,
sendo desnecessário que a parte comunique o juízo de primeira instância
acerca da interposição.
c) Em regra, os embargos de declaração interrompem o prazo para
interposição de outros recursos.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ȸ O julgamento de mérito de recurso extraordinário cuja repercussão geral
tenha sido reconhecida pelo Supremo Tribunal Federal possui efeito
vinculante.
ɸ O recurso adesivo deve ser conhecido mesmo que não se conheça do
principal.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³C´ 2TXHVHDILUPDQDOHWUD³&´VREUHDV
consequências de interposição do recurso de embargos de declaração, qual seja,
a interrupção do prazo para outros recursos, está totalmente correto, em
conformidade com o art. 1.026 do CPC/15, abaixo transcrito:

³Art. 1.026. Os embargos de declaração não possuem efeito suspensivo


e interrompem o prazo para a interposição de recurso´

Realmente há a interrupção (cuidado, pois não é suspensão!!) do prazo recursal


quando há a interposição de embargos de declaração, sendo que o prazo do
próximo recurso será contado do zero, ou seja, haverá o reinício da contagem do
prazo após o julgamento dos embargos de declaração. Atenção, o CPC/15 alterou
a Lei dos Juizados Especiais e agora também haverá a interrupção do prazo
quando forem interpostos embargos de declaração nos juizados especiais.
As demais afirmativas estão erradas:
/HWUD ³$´ errada, pois a regra é o recebimento também no efeito suspensivo,
conforme art. 1.012 do CPC/15.
LHWUD ³%´ errada, já que o art. 1.018 do CPC/15 diz que o agravante deve
comunicar, em 3 dias, a interposição do agravo de instrumento ao Juiz da causa.
Cuidado, o caput do referido dispositivo legal passa a impressão de que é uma
mera faculdade da parte. Porém, sendo autos físicos trata-se de obrigação, nos
termos do §2°.
/HWUD³'´ errada, pois o CPC/15 não prevê a vinculação neste caso.
/HWUD ³(´ errada, pois se o principal não for conhecido, também não será o
adesivo, conforme art. 997, § 2° do CPC/15.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
¶Ï Ì ÍÇÑÊËËÐ ( Prova: FCC - 2012 - TST - Analista Judiciário - Área
Judiciária) (Adaptada ao CPC/15) Quanto aos recursos, é correto afirmar
que
a) os embargos de declaração suspendem o prazo para a interposição de
outros recursos pelas partes.
b) o agravo é recebido, em regra, no efeito suspensivo e,
excepcionalmente, no efeito meramente devolutivo.
c) a apelação do réu pode conter matéria de impugnação não constante de
sua defesa, mesmo que não se trate de matéria de ordem pública, em razão
do efeito translativo recursal.
d) cabem embargos infringentes de qualquer acórdão que, em apelação,
não tenha resultado unânime pelos integrantes da Turma Julgadora.
e) o relator não conhecerá de recurso inadmissível, prejudicado ou que não
tenha impugnado especificamente os fundamentos da decisão recorrida.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ $OHWUD³(´HVWiHPFRQIRUPLGDGHFRPR
art. 932, III do CPC/15, que traz as situações em que o Relator poderá negar
conhecimento a recurso de forma monocrática. Além disso, poderá dar ou negar
provimento, também de forma monocrática, conforme se observa da transcrição
do dispositivo legal:

³Art. 932. Incumbe ao relator:


(...)
III - não conhecer de recurso inadmissível, prejudicado ou que não
tenha impugnado especificamente os fundamentos da decisão recorrida;
IV - negar provimento a recurso que for contrário a:
a) súmula do Supremo Tribunal Federal, do Superior Tribunal de Justiça
ou do próprio tribunal;
b) acórdão proferido pelo Supremo Tribunal Federal ou pelo Superior
Tribunal de Justiça em julgamento de recursos repetitivos;
c) entendimento firmado em incidente de resolução de demandas
repetitivas ou de assunção de competência;

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
V - depois de facultada a apresentação de contrarrazões, dar
provimento ao recurso se a decisão recorrida for contrária a:
a) súmula do Supremo Tribunal Federal, do Superior Tribunal de Justiça
ou do próprio tribunal;
b) acórdão proferido pelo Supremo Tribunal Federal ou pelo Superior
Tribunal de Justiça em julgamento de recursos repetitivos;
c) entendimento firmado em incidente de resolução de demandas
repetitivas ou de assunção de competência´

Destaque-se que na negativa de seguimento o relator não julga o mérito do


recurso. Já nas hipóteses em que ele nega ou dá provimento, há a análise do
mérito recursal. As demais assertivas estão erradas:
/HWUD ³$´ HUUDGD Mi TXH R DUW 1.026 do CPC/15 fala em interrupção do prazo
para os demais recursos, e não, suspensão do prazo recursal.
/HWUD ³%´ HUUDGD SRLV p R FRQWUiULR UHJUD JHUDO no devolutivo e,
excepcionalmente, no suspensivo também.
/HWUD ³&´ HUUDGD SRLV R HIHLWR WUDQVODWLYR VRPHQWH ID]PHQomR jV PDWpULDV GH
ordem pública.
/HWUD³'´HUUDGDSRLV o CPC/15 aboliu o recurso de embargos infringentes. Na
vigência do CPC/73 também estaria errada a alternativa, já que o art. 530 do CPC
falava, para o cabimento dos embargos infringentes, de um julgamento por
maioria, em apelação, que reforme uma sentença de mérito.

¶Ò - Q266523 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Recursos; )
No que se refere aos recursos,
a) o recurso adesivo não está sujeito a preparo, servindo, para tanto, o
realizado pela parte no apelo principal.
b) a renúncia ao direito de recorrer depende da aceitação da outra parte.
c) dos despachos cabe apenas o recurso de agravo, retido ou por
instrumento.
d) ao recorrer, cabe sempre à parte impugnar inteiramente a sentença
recorrida.
e) o recorrente poderá, a qualquer tempo, sem a anuência do recorrido ou
dos litisconsortes, desistir de recurso interposto.
PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ A desistência e a renúncia aos recursos,
como atos que independem de consentimento da outra parte ou dos litisconsortes,
são temas recorrentes em questões sobre recursos da FCC. Aqui uma vez mais
conseguimos responder ao questionamento por meio do art. 998 do CPC/15,
DEDL[RWUDQVFULWRSDUDYHUPRVTXHpLGrQWLFRjOHWUD³(´FRQVLGHUDGDFRUUHWD

³Art. 998. O recorrente poderá, a qualquer tempo, sem a anuência do


recorrido ou dos litisconsortes, desistir do recurso´

Se interponho um recurso de apelação, posso do mesmo desistir, sem que haja a


necessidade de consentimento da outra parte, do recorrido, pois o meu ato de
desistir não traz qualquer prejuízo ao recorrido. Vejamos as demais assertivas,
todas erradas:
/HWUD³$´HUUDGDSRLVRDUW997, § 2° do CPC/15 diz que ao adesivo aplicam-se
as mesmas regras do principal. Como a apelação, o recurso especial e o
extraordinário (hipóteses em que é possível a interposição adesiva) possuem
preparo, a forma adesiva também exigirá o preparo.
/HWUD³%´HUUDGDSRLVDUHQ~QFLDLQGHSHQGHGDDFHLWDomRFRQIRUPHart. 999 do
CPC/15.
/HWUD ³&´ HUUDGD pois dos despachos não cabe recurso, de acordo com o art.
1.001 do CPC/15.
/HWUD ³'´ HUUDGD pois o art. 1.002 do CPC/15 diz que a decisão pode ser
impugnado por recurso na sua totalidade ou em parte. Assim, o recurso pode ser
total ou parcial.

ÇÓ Ì ÍÇÏÒ¶ÑÏ ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15)
óÙÞï×äáÛÜ ÖÝÙ ñ× èáÝÞÛÜ âÛäáÛ ×â ÝåÙñ×Øá× ÝÕáÛâÛïÙÞôstico no dia 20 de
Janeiro de 2012, ajuizou ação de indenização por danos materiais e morais
contra Iran, condutor do veículo que causou o acidente que ceifou a vida
de Italo, e Leandro, proprietário do referido veículo conduzido por Iran. Iran
e Leandro foram regularmente citados e apresentaram contestações por

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ÙØá×äâìñÙÛ ñ× ÖäÛåÕäÝñÛä×Ô ñÙõ×ä×Øá×ÔÜ ñ× ×ÔåäÙáàäÙÛÔ ñ× advocacia
diferentes. Após a regular instrução a lide foi julgada procedente em relação
aos requeridos Iran e Leandro, os quais foram condenados ao pagamento
de indenização, na forma pretendida pelo autor na peça inicial. Salienta-se
ainda que o feito tramita em autos físicos e que a sentença foi publicada
em abril de 2016. Havendo obscuridade, contradição ou omissão, Iran e
Leandro poderão apresentar embargos declaratórios no prazo de
a) 05 dias.
b) 10 dias.
c) 20 dias.
d) 06 dias.
e) 30 dias.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³%´ Trata-se de questão aparentemente
simples, que foi cobrada pela FCC em concurso de Juiz do Trabalho, podendo ser,
por isso, inserida em questões de concursos de tribunais. O recurso de embargos
de declaração terá cabimento quando houver omissão, contradição ou obscuridade
no julgado, nos termos do Art. 1.022 do CPC/15, sendo interposto no de prazo de
05 dias. MAS CUIDADO, pois são dois recorrentes, sendo que cada um possui
um Advogado diferente, o que faz com que o prazo seja contado em dobro,
conforme art. 229 do CPC/15, que será transcrito a seguir:

³Art. 229. Os litisconsortes que tiverem diferentes procuradores, de


escritórios de advocacia distintos, terão prazos contados em dobro para
todas as suas manifestações, em qualquer juízo ou tribunal,
independentemente de requerimento.

§ 1o Cessa a contagem do prazo em dobro se, havendo apenas 2 (dois)


réus, é oferecida defesa por apenas um deles.
§ 2o Não se aplica o disposto no caput aos processos em autos
eletrônicos´

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
Diante da incidência do art. 229 do CPC/15 e não sendo nenhuma das exceções
constantes nos parágrafos, a resposta correta é a que traz o prazo de 10 dias,
haja vista que o prazo legal ± 5 dias ± será contato em dobro !!!

Ƕ Ì ÍÇÏҶζ ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Recursos; ) Sobre os recursos, de
acordo com o Código de Processo Civil, é correto afirmar:
·¸ O Recurso Adesivo não será admissível no recurso extraordinário.
b) O recorrente não poderá, a qualquer tempo, sem a anuência dos
litisconsortes, desistir do recurso.
c) A renúncia ao direito de recorrer depende da aceitação da outra parte.
d) A parte que aceitar tacitamente a sentença ou a decisão não poderá
recorrer.
e) Havendo solidariedade passiva, o recurso interposto por um devedor
sempre aproveitará aos outros.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ O que se afirma corretamente na letra
³'´ VREUH D LPSRVVLELOLGDGH GH VHU LQWHUSRVWR UHFXUVR SHOD SDUWH TXH DFHLWD D
decisão, consta no art. 1.000 do CPC/15, abaixo transcrito, que é o exemplo
clássico de preclusão lógica. Vejamos:

³$UW1.000. A parte que aceitar expressa ou tacitamente a sentença ou


DGHFLVmRQmRSRGHUiUHFRUUHU´

Se fui condenado por sentença ao pagamento e aceito a decisão não poderei


interpor o recurso de apelação. A aceitação da decisão me impede, por lógica, de
recorrer. Se concordei, perdi a possibilidade de recorrer, ou seja, houve a
denominada preclusão lógica. As demais assertivas estão erradas:
/HWUD³$´HUrada, pois o art. 997, §2, II do CPC/15 permite o recurso adesivo nos
recursos de apelação, especial e extraordinário.
/HWUD³%´HUUDGDjá que o art. 998 do CPC/15 diz ser possível a desistência sem
o consentimento da outra parte ou litisconsortes.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
LetUD³&´HUUDGDpois também a renúncia independe da aceitação, conforme art.
999 do CPC/15.
/HWUD³(´HUUDGDpois somente quando as defesas forem comuns é que o recurso
de um aproveitará o outro, conforme art. 1.005, parágrafo único do CPC/15.

ÇÇ Ì Q255292 ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AP - Promotor de Justiça / Direito


Processual Civil / Recursos; ) Quanto aos recursos, é correto afirmar que
·¸ a renúncia ou a desistência ao direito de recorrer depende da anuência
da parte contrária em caso de sucumbência parcial.
b) o Ministério Público tem legitimidade para recorrer nos processos em
que é parte, mas não naqueles em que oficiou como fiscal da ordem
jurídica.
c) uma vez interposto, o recurso adesivo ganha vida processual própria,
sem subordinação ao apelo principal.
d) podem ser interpostos pela parte vencida, pelo terceiro prejudicado e
pelo Ministério Público.
e) dos despachos cabe reclamação ao próprio juiz da causa.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ Os recursos podem ser interpostos pelos
legitimados do art. 996 do CPC/15, que são: parte vencida, Ministério Público
e terceiro prejudicado. Vejamos:

³Art. 996. O recurso pode ser interposto pela parte vencida, pelo terceiro
prejudicado e pelo Ministério Público, como parte ou como fiscal da ordem
jurídica´

A informação simples consta corretamente na única assertiva que pode ser


considerada adequada. $WHQomR D H[SUHVVmR ³ILVFDO GD RUGHP MXUtGLFD´ SRGH
DSDUHFHUSRUPHLRGHXPVLQ{QLPR³custos legis´ As demais possuem os seguintes
erros:
/HWUD³$´HUUDGDSRLVDUHQ~QFLDHDGHVLVWrQFLDLQGHSHQGHPGHFRQVHQWLPHQWR
independentemente da espécie de sucumbência (se de apenas uma parte ou se
recíproca).

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
/HWUD³%´HUUDGDSRLVR03FRQIRUPHart. 996 do CPC/15, pode recorrer quando
for parte ou fiscal da ordem jurídica.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVRDUW997, §2°, III, do CPC/15 deixa claro a existência de
subordinação entre o recurso principal e o adesivo, sendo que o último somente é
julgado se o primeiro também o for.
/HWUD ³(´ HUUDGa, pois dos despachos não cabe qualquer medida, tais como
recursos, reclamações, etc.

ÇÊ Ì ÍÇжӶΠ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AP - Analista Ministerial - Direito


/ Direito Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15) A
sentença A condenou o réu à prestação de alimentos. A
sentença B decretou a interdição. E, a sentença C confirmou a tutela
provisória. Nestes casos, de acordo com o Código de Processo Civil
brasileiro em regra, a apelação será só no efeito devolutivo, quando
interposta das sentenças
·¸ B e C, apenas.
b) A e B, apenas.
c) A, B e C.
d) A e C, apenas.
e) A, apenas.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ Em todas as situações descritas o recurso
de apelação será recebido apenas no efeito devolutivo, já que estão
expressamente previstas no §1°, do art. 1.012 do CPC/15, que traz o rol de
situações em que a decisão, apesar da interposição do recurso de apelação, já
produzirá efeitos de imediato. Vejamos:

³Art. 1.012. A apelação terá efeito suspensivo.

§ 1o Além de outras hipóteses previstas em lei, começa a produzir efeitos


imediatamente após a sua publicação a sentença que:
I - homologa divisão ou demarcação de terras;
II - condena a pagar alimentos;

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
III - extingue sem resolução do mérito ou julga improcedentes os
embargos do executado;
IV - julga procedente o pedido de instituição de arbitragem;
V - confirma, concede ou revoga tutela provisória;
VI - decreta a interdição´.

ÇË - Q232518 ( Prova: FCC - 2012 - TRE-SP - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Recursos) Ribamar, advogado
recém-formado, interpôs pela primeira vez um Agravo de Instrumento de
competência do Tribunal de Justiça de São Paulo. Sua petição do agravo foi
protocolada no oitavo dia corrido após a intimação da decisão agravada,
estando instruída somente com a certidão de intimação da decisão
agravada, com as procurações outorgadas aos advogados do agravante e
do agravado e com os comprovantes de recolhimento das custas e despesas
processuais, tanto do ajuizamento da ação como da interposição do
recurso. Ribamar, após dois dias do protocolo da distribuição do agravo,
peticionou requerendo a juntada aos autos do processo de cópia da petição
do agravo de instrumento e do comprovante de sua interposição, assim
como a relação dos documentos que instruíram o recurso. Neste caso,
Ribamar
a) não instruiu a petição de agravo de instrumento com todos os
documentos que o Código de Processo Civil brasileiro considera
obrigatórios, mas a protocolou dentro do prazo legal.
b) não instruiu a petição de agravo de instrumento com todos os
documentos que o Código de Processo Civil brasileiro considera
obrigatórios, e não a protocolou dentro do prazo legal.
c) instruiu a petição de agravo de instrumento com todos os documentos
que o Código de Processo Civil brasileiro considera obrigatórios e a
protocolou dentro do prazo legal.
d) instruiu a petição de agravo de instrumento com todos os documentos
que o Código de Processo Civil brasileiro considera obrigatórios, mas não a
protocolou dentro do prazo legal.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ɸ não requereu a juntada, aos autos do processo, de cópia da petição do
agravo de instrumento e do comprovante de sua interposição, assim como,
a relação dos documentos que instruíram o recurso, dentro do prazo legal.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa CO55(7$e$/(75$³$´ Analisando a situação um tanto quanto
extensa da FCC, percebe-se que a formação do instrumento não se deu de forma
correta, ou seja, não constam naquele recurso todos os documentos listados no
art. 1.017, I do CPC/15, já que não foi relatada a juntada de cópia da decisão
agravada, da petição inicial, da contestação e da petição que gerou a
decisão agravada. Segundo consta na questão, foram juntadas no agravo o
comprovante de intimação, bem como as procurações dos Advogados, sendo
interposto no 8º dia após a intimação da decisão interlocutória. Lendo o art. 1.017,
II do CPC/15, sobre documentos obrigatórios, percebe-se facilmente o erro do
agravante. Vejamos:

³Art. 1.017. A petição de agravo de instrumento será instruída:

I - obrigatoriamente, com cópias da petição inicial, da contestação, da


petição que ensejou a decisão agravada, da própria decisão agravada, da
certidão da respectiva intimação ou outro documento oficial que
comprove a tempestividade e das procurações outorgadas aos advogados
do agravante e do agravado´.

Vejam que, apesar de não ter instruído a petição do agravo corretamente, o


mesmo foi interposto no prazo, já que este é de 15 dias, conforme dito na letra
³$´ FRQVLGHUDGD FRUUHWD $V GHPDLV HVWmR HUUDGDV FRQIRUPH GHPRQstrado a
seguir:
/HWUD ³%´ HUUDGD pois o protocolo foi no prazo legal (8º dia dos 15 de que
dispunha).
/HWUD³&´HUUDGDpois faltaram alguns documentos conforme demonstrado acima.
/HWUD ³'´ HUUDGD pois faltaram documentos obrigatórios e estava no prazo
correto.
/HWUD³(´HUUDGDpois estava no prazo do art. 1.018 do CPC/15, que é de 3 dias.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09

ÇÐ Ì ÍÊÑÏÎÇÐ ( Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Tecnico de Atividade Judiciária


/ Direito Processual Civil / Recursos; ) No tocante à apelação:
a) é cabível sua interposição de sentenças e de quaisquer decisões
interlocutórias.
b) será sempre recebida nos efeitos devolutivo e suspensivo, obstando pois
a execução provisória do julgado.
c) seu preparo será oferecido perante o tribunal que a julgar.
d) nos casos de extinção do processo sem julgamento do mérito, o tribunal
pode desde logo julgar a lide, se a causa versar questão exclusivamente de
direito e estiver em condições de julgamento imediato.
e) trata-se de recurso interposto diretamente ao tribunal competente.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ A situação trazida pela letra, que confere
com o inciso I, do §3º do art. 1.013 do CPC/15WUDWDGDGHQRPLQDGD³WHRULDGD
FDXVDPDGXUD´TXHVmRVLWXDo}HVHPTXHRPpULWRSRGHVHUMXOJDGRSHODSULPHLUD
vez, diretamente pelo Tribunal, no julgamento do recurso de apelação.
Exemplificando: João ajuizou ação em face de Carlos, sendo que o processo foi
extinto sem julgamento do mérito, conforme art. 485 do CPC/15. João interpôs
recurso de apelação, que foi remetido ao TJ. No Tribunal, pode ser provido o
recurso e julgado o mérito diretamente, sem necessidade de retorno do processo
SDUDRJUDX&RPRD³FDXVDHVWiPDGXUD´SRGHR7ULEXQDOGHVGHORJRMXOJi-
lo. As demais assertivas estão erradas, conforme será visto a seguir:
/HWUD ³$´ HUUDGD SRLV somente aquelas decisões interlocutórias que não eram
passíveis de agravo de instrumento que podem ser atacadas na apelação, nos
termos do §1°, do art. 1.009 do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGDMi TXHQR§1°, do art. 1.012 do CPC/15 temos situações em
que a apelação é recebida apenas no efeito devolutivo.
/HWUD ³&´ HUUDGD SRLV R SUHSDUR p UHDOL]DGR QR PRPHQWR GD LQWHUSRVLomR
conforme art. 1.007 do CPC/15, perante o Juízo a quo, que proferiu a decisão.
/HWUD³(´HUUDGD pois a apelação é dirigida ao juiz de primeiro grau, conforme
art. 1.010 do CPC/15.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ÇÏ - Q214901 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-PE - Analista Judiciário - Área
Judiciária - e Administrativa / Direito Processual Civil / Recursos)
(Adaptada ao CPC/15) No procesVR ³9´ R DSHODQWH SURYRX MXVWR
impedimento para a falta de recolhimento das custas recursais e o M.M.
juiz relevou a pena de deserção, fixando prazo para efetuar o preparo.
Neste caso, de acordo com o Código de Processo Civil brasileiro, em regra,
esta decisão é
a) recorrível através de Recurso Extraordinário.
b) recorrível através de Agravo de Instrumento.
c) recorrível através de Apelação.
d) irrecorrível.
e) recorrível através de Agravo Retido.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ A situação está prevista no §6, do art.
1.007 do CPC/15, da seguinte forma:

³§ 6o Provando o recorrente justo impedimento, o relator relevará a pena


de deserção, por decisão irrecorrível, fixando-lhe prazo de 5 (cinco) dias
para efetuar o preparo´

Na situação, pode o Juiz, se entender que realmente houve justa causa para o
recorrente não realizar o recolhimento do preparo no prazo, relevar (ou seja,
deixará a de aplicar) a pena de deserção.

ÇÎ - Q215015 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-PE - Técnico Judiciário - Área


Judiciária - e Administrativa / Direito Processual Civil / Recursos; ) No
processo I a parte vencida interpôs apelação; no processo II o réu interpôs
recurso extraordinário; no processo III o autor interpôs recurso especial;
no processo IV o réu interpôs agravo de instrumento. Nestes casos, de
acordo com o Código de Processo Civil brasileiro caberá recurso adesivo
APENAS nos processos
·¸ I, II e IV.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ç¸ I e II.
ö¸ III e IV.
d) I, II e III.
e) I e III.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ Caberá recurso apenas nos processos I,
II e III, conforme análise a seguir, que tem por base o art. 997, §2°, II do CPC/15:

³Art. 997. Cada parte interporá o recurso independentemente, no prazo


e com observância das exigências legais.

§ 1o Sendo vencidos autor e réu, ao recurso interposto por qualquer deles


poderá aderir o outro.
§ 2o O recurso adesivo fica subordinado ao recurso independente, sendo-
lhe aplicáveis as mesmas regras deste quanto aos requisitos de
admissibilidade e julgamento no tribunal, salvo disposição legal diversa,
observado, ainda, o seguinte:
I - será dirigido ao órgão perante o qual o recurso independente fora
interposto, no prazo de que a parte dispõe para responder;
II - será admissível na apelação, no recurso extraordinário e no
recurso especial´

Somente no processo IV, no qual foi interposto o recurso de agravo de


instrumento, é que não é possível a utilização do recurso adesivo.

ÇÏ - Q125496 ( Prova: FCC - 2011 - TRE-AP - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao
CPC/15) Considere as seguintes assertivas a respeito do Recurso de
Apelação:

I. A apelação será recebida só no efeito devolutivo, quando interposta de


sentença que confirmar a tutela provisória.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
èèé ÷×å×ïÙñÝ Ô×â ×õ×ÙáÛ ÔÕÔÖ×ØÔÙÚÛ, o apelado poderá promover o pedido
de cumprimento provisório depois de publicada a sentença.
III. Provando o apelante justo impedimento, o juiz relevará a pena de
deserção, fixando-lhe prazo para efetuar o preparo. Esta decisão será
irrecorrível.
IV. Após a apresentação da resposta, o juiz fará o exame de admissibilidade
antes de remeter o recurso ao tribunal.

De acordo com o Código de Processo Civil brasileiro, está correto o que se


afirma SOMENTE em
a) I, II e III.
b) II, III e IV.
c) I e II.
d) III e IV.
e) I e III.

¹º»¼½¾¿ÀÁºÂÃ
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ Estão corretas as assertivas I, II e III,
conforme análise abaixo:
I. Correta, pois a confirmação da tutela provisória por sentença, é uma das
hipóteses que levam ao recebimento da apelação apenas no efeito
devolutivo, conforme art. 1.012, §1°, V do CPC/15.
II. Correta, pois trata-se da redação do art. 1.012, §2° do CPC/15.
III. Correta, em conformidade com o art. 1.007, §3° do CPC/15, que trata
da matéria.
IV. Errada, pois o art. 1.010, §3º do CPC/15 informa que os autos serão
remetidos independente de juízo de admissibilidade.

3. LISTA DAS QUESTÕES APRESENTADAS:

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
¶ - Q386750 ( Prova: FCC - 2014 - TJ-CE - Juiz / Direito Processual Civil
/ Recursos; ) Opostos e acolhidos embargos de declaração, sua decisão
será de natureza
·¸ integrativa ao acórdão que lhe deu origem, sempre e somente
esclarecendo pontos omissos, obscuros ou contraditórios e não podendo ter
caráter infringente, próprio dos embargos de mesmo nome.
b) autônoma, desvinculada do acórdão original, para o fim de esclarecer
seus pontos obscuros, contraditórios, duvidosos e omissos, sem
infringência possível.
c) autônoma, desvinculada do acórdão original, para o fim de, em regra,
esclarecer seus pontos obscuros, contraditórios e omissos e,
excepcionalmente, podendo adquirir caráter infringente.
d) declaratória, incidental e infringente, podendo ainda esclarecer o
acórdão em seus pontos duvidosos e omissos.
e) integrativa ao acórdão que lhe deu origem, como regra geral somente
esclarecendo os pontos omissos, obscuros e contraditórios mas,
excepcionalmente, podendo ter caráter infringente.

Ç - (Prova: FCC - 2016 ± Prefeitura de Campinas) No tocante à apelação,


é correto afirmar:
·¸ As questões de fato não propostas no Juízo inferior não podem ser
suscitadas na apelação, em nenhuma hipótese, porque o pedido
caracterizaria inovação processual, que é vedada.
b) Quando se pleitear efeito suspensivo à apelação, o pedido deverá ser
dirigido ao juiz que proferiu a sentença, cuja decisão caberá agravo.
c) Como regra geral, a apelação terá efeito meramente devolutivo,
produzindo efeitos imediatamente após a publicação da sentença.
d) As questões resolvidas na fase de conhecimento, cujas decisões
comportem ou não agravo de instrumento, não são cobertas pela preclusão
e devem ser suscitadas em preliminar de apelação ou nas contrarrazões.
e) Quando reformar sentença que reconheça a decadência ou a prescrição,
o tribunal, se possível, julgará o mérito, examinando as demais questões,
sem determinar o retorno do processo ao Juízo de primeiro grau.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
Ê - Q378891 ( Prova: FCC - 2014 - TJ-AP - Juiz / Direito Processual Civil /
Recursos; ) Dos recursos a seguir enumerados, aponte aquele que é
recebido, como regra, no duplo efeito, devolutivo e suspensivo:
·¸ recurso extraordinário.
b) apelação.
c) agravo de instrumento.
d) recurso especial.
e) agravo interno.

Ë Ì ÍÊÎÏζ¶ ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 18ª Região (GO) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Recursos; ) Os embargos de declaração
·¸ serão julgados pelo Juiz em 10 dias e, no tribunal, em 15 dias, no
máximo, salvo alegação de justa causa ou impedimento.
b) serão opostos em cinco dias e não estão sujeitos a preparo.
c) jamais poderão ter caráter infringente, limitando-se sempre a
esclarecimentos quanto a pontos omissos, obscuros ou contraditórios do
julgado.
d) quando manifestamente protelatórios, serão rejeitados liminarmente
pelo relator do recurso.
e) não suspendem nem interrompem o prazo para oposição de recurso
especial ou extraordinário, somente interrompendo o prazo para a parte
apelar.

Ð Ì ÍÊÐÑÏÎÐ ( Prova: FCC - 2014 - Câmara Municipal de São Paulo - SP -


Procurador Legislativo / Direito Processual Civil / Recursos; ) Após acidente
automobilístico sofrido por Jorge Nelson, seu advogado propõe ação
indenizatória, material e moral, contra Jeferson José, com pedido de
antecipação liminar total da tutela jurisdicional. A tutela é antecipada
parcialmente, no tocante ao deferimento desde logo do dano material,
indeferindo-se porém o dano moral antecipado. Nessas condições, os
advogados do autor Jorge Nelson, bem como do réu Jeferson José,
·¸ por se tratar de decisão liminar antecipatória, é irrecorrível para ambas
as partes, que só poderão alterá-la eventualmente requerendo sua
reconsideração ao próprio juiz que a proferiu.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ç¸ tendo em vista que o deferimento da antecipação ao autor equivale à
sentença futura, deverá Jeferson José apelar de tal deferimento, devendo
Jorge Nelson agravar do indeferimento parcial
ö¸ tendo em vista que a decisão interlocutória proferida significa gravame
somente para o réu Jeferson José, mas não para o autor Jorge Nelson,
admitirá o recurso de agravo apenas para o réu, não o admitindo para o
autor, já que revogável a antecipação tutelar
d) tendo em vista a natureza da decisão judicial proferida, interlocutória,
cujo conteúdo representa gravame parcial para ambos, poderão eles
interpor agravo em quinze dias de tal decisão, Jorge Nelson para obter o
deferimento total da antecipação tutelar pretendida, Jeferson José visando
ao indeferimento total dessa antecipação jurisdicional.
e) tendo em vista que a decisão interlocutória proferida significa gravame
somente para o autor Jorge Nelson, diante do indeferimento da antecipação
tutelar da indenização moral, mas não para Jeferson José, admitirá apenas
o recurso de agravo por parte do autor, mas não por parte do réu, mesmo
porque se trata de decisão revogável.

Ñ Ì ÍÊѶËÒÎ ( Prova: FCC - 2014 - SABESP - Advogado / Direito Processual


Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15) Concernente aos recursos,
considere:
I. Pode o prejudicado que não foi parte apresentar recurso se demonstrar
nexo de interdependência entre o interesse de intervir e a relação jurídica
submetida à apreciação judicial.
èèé ò ä×ØîØåÙÝ ÝÛ ñÙä×ÙáÛ ñ× ä×åÛää×ä ÙØñ×Ö×Øñ× ñÝ Ýå×itação da outra parte.
III. A apelação em regra possui efeito suspensivo.

Está correto o que consta em


a) I, II e III
b) I e II, apenas.
c) I e III, apenas.
d) III, apenas.
e) II, apenas.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09

Î Ì ÍÊÐÎÑÏÒ ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Cuiabá - MT - Procurador


Municipal / Direito Processual Civil / Recursos; ) Maria ajuizou ação de
cobrança contra Gerson e Renato, devedores solidários, os quais
apresentaram defesas distintas mas com fundamentos comuns. O pedido
foi julgado procedente mas apenas Renato recorreu. De acordo com o
Código de Processo Civil, o recurso
·¸ aproveita a Gerson, será recebido nos efeitos devolutivo e suspensivo,
deverá ser interposto no prazo de 15 dias e respondido no prazo de 5.
b) aproveita a Gerson, será recebido apenas no efeito devolutivo e deverá
ser interposto e respondido no prazo de 15 dias.
c) não aproveita a Gerson, será recebido apenas no efeito devolutivo e
deverá ser interposto e respondido no prazo de 15 dias.
d) não aproveita a Gerson, será recebido nos efeitos devolutivo e
suspensivo, deverá ser interposto no prazo de 15 dias e respondido no
prazo de 5.
e) aproveita a Gerson, será recebido nos efeitos devolutivo e suspensivo e
deverá ser interposto e respondido no prazo de 15 dias.

Ï Ì ÍÊÐÊÇÒÑ ( Prova: FCC - 2014 - TRF - 3ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Recursos; ) A respeito
dos embargos de declaração, considere:
I. Têm por finalidade revisar ou anular decisões judiciais.
II. Podem ser opostos quando, na sentença, houver contradição.
III. Não são cabíveis quando houver obscuridade em acórdão.
Está correto o que consta APENAS em:
·¸ I e III.
b) I e II.
c) II.
d) II e III.
e) I.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
Ò Ì ÍÊÐÒ˶Р( Prova: FCC - 2014 - TRF - 3ª REGIÃO - Analista Judiciário
- Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil / Recursos)
(Adaptada ao CPC/15) O agravo de instrumento;
·¸ será interposto perante o juiz prolator da decisão agravada que fará o
exame de admissibilidade e enviará ao tribunal respectivo.
b) pode ser interposto no prazo de dez dias, contados da publicação da
decisão impugnada, e independe de preparo.
c) é um recurso exclusivo da parte autora, para submeter à superior
instância o reexame de decisões interlocutórias.
d) contra decisão interlocutória proferida em audiência deve ser interposto
no prazo de cinco dias.
e) não comporta recurso adesivo, mesmo que tenha sido interposto no
prazo para a resposta do agravado.

¶Ó Ì ÍÊÐÒÑÇÑ ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz / Direito


Processual Civil / Recursos; ) Em relação aos recursos, é correto afirmar:
·¸ O recurso extraordinário e o recurso especial não impedem a execução
de sentença; a apelação é recebida em regra nos efeitos devolutivo e
suspensivo, salvo as hipóteses em que a lei processual prevê seu
recebimento somente no efeito devolutivo.
b) Desde que com a anuência do recorrido ou dos litisconsortes, o
recorrente poderá desistir do recurso a qualquer tempo.
c) Embora subordinado ao recurso principal, o recurso adesivo prossegue
e será julgado em caso de desistência do recurso principal ou de sua
deserção.
d) Como regra, a interposição do agravo de instrumento suspende o
andamento do processo.
e) O recurso só pode ser interposto pela parte vencida ou pelo Ministério
Público, nos processos em que couber intervir, como parte ou fiscal da lei.

¶¶ Ì ÍÊË϶˶ ( Prova: FCC - 2013 - MPE-SE - Analista - Direito / Direito


Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15) Considere as
afirmativas:

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
èé ê ä×åÕäÔÛ ÖÛñ× Ô×ä ÙØá×äÖÛÔáÛ Ö×ÞÝ ÖÝäá× Ú×ØåÙñÝÜ Ö×ÞÛ terceiro
prejudicado e pelo Ministério Público.
II. O Ministério Público tem legitimidade para recorrer nos processos em
que é parte e, excepcionalmente, naqueles em que oficiou como fiscal da
lei.
III. Cumpre ao terceiro demonstrar a possibilidade de a decisão sobre a
relação jurídica submetida à apreciação judicial atingir direito de que se
afirme titular ou que possa discutir em juízo como substituto processual.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) II e III.
b) I e II.
c) I e III.
d) I.
e) III.

¶Ç Ì ÍÊÊÓÐÑË ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 12ª Região (SC) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Recursos; ) Em
relação aos recursos processuais, considere:
èé ò ä×ØîØåÙÝ ÝÛ ñÙä×ÙáÛ ñ× ä×åÛää×ä ÙØñ×Ö×Øñ× ñÝ Ýå×itação da outra parte.
II. O recorrente poderá, a qualquer tempo, sem a anuência do recorrido ou
dos litisconsortes, desistir do recurso.
III. Dos despachos não cabe recurso.

Está correto o que consta em


a) I, II e III.
b) I e II, apenas.
c) I e III, apenas.
d) II e III, apenas.
e) III, apenas.

¶Ê - Q322418 ( Prova: FCC - 2013 - AL-PB - Analista Legislativo / Direito


Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15) A respeito do recurso
de apelação, é INCORRETO afirmar que

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
·¸ Se o processo estiver em condições de imediato julgamento, o tribunal
deve decidir desde logo o mérito quando reformar sentença sem resolução
do mérito.
ç¸ quando o pedido da defesa tiver mais de um fundamento e o juiz acolher
apenas um deles, a apelação devolverá ao tribunal o conhecimento dos
demais.
c) serão objeto de apreciação e julgamento pelo tribunal todas as questões
suscitadas e discutidas no processo, ainda que a sentença não as tenha
julgado por inteiro.
d) as questões de fato, não propostas no juízo inferior, poderão ser
suscitadas na apelação, se a parte provar que deixou de fazê-lo por motivo
de força maior.
e) após a concessão de prazo para contrarrazões o recurso de apelação
será enviado ao tribunal respectivo, independentemente de juízo de
admissibilidade.

¶Ë Ì ÍʶËÐÊÏ ( Prova: FCC - 2013 - AL-PB - Procurador / Direito


Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15) Quanto aos recursos,
assinale a alternativa correta.
·¸ Os embargos infringentes são cabíveis, na apelação, de qualquer
acórdão não unânime.
b) Tanto a apelação como o agravo são, em regra, recebidos no duplo
efeito, excepcionalmente admitindo-se seu recebimento apenas no efeito
devolutivo.
c) A interposição de recurso especial ou extraordinário sempre obsta a
execução provisória do julgado, a partir do recebimento dos recursos
extremos.
d) Se o apelante principal desistir do recurso, a parte que interpôs recurso
adesivo poderá pedir seu prosseguimento autônomo, desde que o faça em
até dez dias da desistência.
e) Os embargos de declaração podem caráter infringente, hipótese em
que será aberto prazo para contraditório à parte contrária.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
¶Ð Ì ÍÊÓÓË˶ ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Juiz / Direito Processual Civil
/ Recursos; ) Sobre os recursos, é correto afirmar:
·¸ Os embargos infringentes são cabíveis, na apelação, de qualquer
acórdão votado majoritariamente.
b) O recurso extraordinário e o recurso especial não impedem a execução
da sentença; a interposição do agravo de instrumento não obsta o
andamento do processo, salvo se ocorrer hipótese que justifique a
concessão de efeito suspensivo em benefício do agravante.
c) Da decisão monocrática do relator que negue seguimento a recurso
manifestamente inadmissível não se admite novo recurso, cabendo à parte
a eventual impetração de mandado de segurança para assegurar o
julgamento colegiado da matéria.
d) A apelação é, em regra, recebida apenas no efeito devolutivo.
e) Os embargos de declaração têm efeito infringente como finalidade e
regra geral.

¶Ñ Ì ÍÇÒÇÒÒÎ ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Recursos) (Adaptada
ao CPC/15) Na apelação,
·¸ a decisão que relevar a pena de deserção pode ser objeto de agravo de
instrumento.
b) o recorrente não poderá desistir do recurso sem a anuência dos
litisconsortes.
c) o prazo para responder é de 10 dias, quando a sentença tiver sido
proferida em audiência.
d) serão objeto de apreciação e julgamento pelo tribunal todas as questões
suscitadas e discutidas no processo, ainda que não tenham sido
solucionadas, desde que relativas ao capítulo impugnado.
e) a aceitação expressa ou tácita da sentença não impede a interposição e
o conhecimento do recurso.

¶Î Ì ÍÊÓÏÎÊË ( Prova: FCC - 2013 - DPE-AM - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Recursos; ) Em relação aos recursos é correto afirmar:

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
·¸ Em regra, a apelação deve ser recebida apenas no efeito devolutivo.
ç¸ O agravo de instrumento deve ser interposto diretamente no Tribunal,
sendo desnecessário que a parte comunique o juízo de primeira instância
acerca da interposição.
c) Em regra, os embargos de declaração interrompem o prazo para
interposição de outros recursos.
d) O julgamento de mérito de recurso extraordinário cuja repercussão geral
tenha sido reconhecida pelo Supremo Tribunal Federal possui efeito
vinculante.
e) O recurso adesivo deve ser conhecido mesmo que não se conheça do
principal.

¶Ï Ì ÍÇÑÊËËÐ ( Prova: FCC - 2012 - TST - Analista Judiciário - Área


Judiciária) (Adaptada ao CPC/15) Quanto aos recursos, é correto afirmar
que
·¸ os embargos de declaração suspendem o prazo para a interposição de
outros recursos pelas partes.
b) o agravo é recebido, em regra, no efeito suspensivo e,
excepcionalmente, no efeito meramente devolutivo.
c) a apelação do réu pode conter matéria de impugnação não constante de
sua defesa, mesmo que não se trate de matéria de ordem pública, em razão
do efeito translativo recursal.
d) cabem embargos infringentes de qualquer acórdão que, em apelação,
não tenha resultado unânime pelos integrantes da Turma Julgadora.
e) o relator não conhecerá de recurso inadmissível, prejudicado ou que não
tenha impugnado especificamente os fundamentos da decisão recorrida.

¶Ò - Q266523 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Recursos; )
øÛ ãÕ× Ô× ä×õ×ä× ÝÛÔ ä×åÕäÔÛÔÜ
a) o recurso adesivo não está sujeito a preparo, servindo, para tanto, o
realizado pela parte no apelo principal.
b) a renúncia ao direito de recorrer depende da aceitação da outra parte.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ö¸ dos despachos cabe apenas o recurso de agravo, retido ou por
instrumento.
ȸ ao recorrer, cabe sempre à parte impugnar inteiramente a sentença
recorrida.
e) o recorrente poderá, a qualquer tempo, sem a anuência do recorrido ou
dos litisconsortes, desistir de recurso interposto.

ÇÓ Ì ÍÇÏÒ¶ÑÏ ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15)
óÙÞï×äáÛÜ ÖÝÙ ñ× èáÝÞÛÜ âÛäáÛ ×â ÝåÙñ×Øá× ÝÕáÛâÛïÙÞôstico no dia 20 de
Janeiro de 2012, ajuizou ação de indenização por danos materiais e morais
contra Iran, condutor do veículo que causou o acidente que ceifou a vida
de Italo, e Leandro, proprietário do referido veículo conduzido por Iran. Iran
e Leandro foram regularmente citados e apresentaram contestações por
intermédio de procuradores diferentes, de escritórios de advocacia
diferentes. Após a regular instrução a lide foi julgada procedente em relação
aos requeridos Iran e Leandro, os quais foram condenados ao pagamento
de indenização, na forma pretendida pelo autor na peça inicial. Salienta-se
ainda que o feito tramita em autos físicos e que a sentença foi publicada
em abril de 2016. Havendo obscuridade, contradição ou omissão, Iran e
Leandro poderão apresentar embargos declaratórios no prazo de
a) 05 dias.
b) 10 dias.
c) 20 dias.
d) 06 dias.
e) 30 dias.

Ƕ Ì ÍÇÏҶζ ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Recursos; ) Sobre os recursos, de
acordo com o Código de Processo Civil, é correto afirmar:
·¸ O Recurso Adesivo não será admissível no recurso extraordinário.
b) O recorrente não poderá, a qualquer tempo, sem a anuência dos
litisconsortes, desistir do recurso.
c) A renúncia ao direito de recorrer depende da aceitação da outra parte.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ȸ A parte que aceitar tacitamente a sentença ou a decisão não poderá
recorrer.
ɸ Havendo solidariedade passiva, o recurso interposto por um devedor
sempre aproveitará aos outros.
ÇÇ Ì Q255292 ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AP - Promotor de Justiça / Direito
Processual Civil / Recursos; ) Quanto aos recursos, é correto afirmar que
a) a renúncia ou a desistência ao direito de recorrer depende da anuência
da parte contrária em caso de sucumbência parcial.
b) o Ministério Público tem legitimidade para recorrer nos processos em
que é parte, mas não naqueles em que oficiou como fiscal da ordem
jurídica.
c) uma vez interposto, o recurso adesivo ganha vida processual própria,
sem subordinação ao apelo principal.
d) podem ser interpostos pela parte vencida, pelo terceiro prejudicado e
pelo Ministério Público.
e) dos despachos cabe reclamação ao próprio juiz da causa.

ÇÊ Ì ÍÇжӶΠ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AP - Analista Ministerial - Direito


/ Direito Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao CPC/15) A
sentença A condenou o réu à prestação de alimentos. A
sentença B decretou a interdição. E, a sentença C confirmou a tutela
provisória. Nestes casos, de acordo com o Código de Processo Civil
brasileiro em regra, a apelação será só no efeito devolutivo, quando
interposta das sentenças
a) B e C, apenas.
b) A e B, apenas.
c) A, B e C.
d) A e C, apenas.
e) A, apenas.

ÇË - Q232518 ( Prova: FCC - 2012 - TRE-SP - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Recursos) Ribamar, advogado
recém-formado, interpôs pela primeira vez um Agravo de Instrumento de

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
åÛâÖ×áæØåÙÝ ñÛ ùäÙïÕØÝÞ ñ× úÕÔáÙûÝ ñ× üýÛ íÝÕÞÛé üÕÝ Ö×áição do agravo foi
protocolada no oitavo dia corrido após a intimação da decisão agravada,
estando instruída somente com a certidão de intimação da decisão
agravada, com as procurações outorgadas aos advogados do agravante e
do agravado e com os comprovantes de recolhimento das custas e despesas
processuais, tanto do ajuizamento da ação como da interposição do
recurso. Ribamar, após dois dias do protocolo da distribuição do agravo,
peticionou requerendo a juntada aos autos do processo de cópia da petição
do agravo de instrumento e do comprovante de sua interposição, assim
como a relação dos documentos que instruíram o recurso. Neste caso,
Ribamar
a) não instruiu a petição de agravo de instrumento com todos os
documentos que o Código de Processo Civil brasileiro considera
obrigatórios, mas a protocolou dentro do prazo legal.
b) não instruiu a petição de agravo de instrumento com todos os
documentos que o Código de Processo Civil brasileiro considera
obrigatórios, e não a protocolou dentro do prazo legal.
c) instruiu a petição de agravo de instrumento com todos os documentos
que o Código de Processo Civil brasileiro considera obrigatórios e a
protocolou dentro do prazo legal.
d) instruiu a petição de agravo de instrumento com todos os documentos
que o Código de Processo Civil brasileiro considera obrigatórios, mas não a
protocolou dentro do prazo legal.
e) não requereu a juntada, aos autos do processo, de cópia da petição do
agravo de instrumento e do comprovante de sua interposição, assim como,
a relação dos documentos que instruíram o recurso, dentro do prazo legal.

ÇÐ Ì ÍÊÑÏÎÇÐ ( Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Tecnico de Atividade Judiciária


/ Direito Processual Civil / Recursos; ) No tocante à apelação:
·¸ é cabível sua interposição de sentenças e de quaisquer decisões
interlocutórias.
b) será sempre recebida nos efeitos devolutivo e suspensivo, obstando pois
a execução provisória do julgado.
c) seu preparo será oferecido perante o tribunal que a julgar.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
ȸ nos casos de extinção do processo sem julgamento do mérito, o tribunal
pode desde logo julgar a lide, se a causa versar questão exclusivamente de
direito e estiver em condições de julgamento imediato.
ɸ trata-se de recurso interposto diretamente ao tribunal competente.

ÇÏ - Q214901 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-PE - Analista Judiciário - Área


Judiciária - e Administrativa / Direito Processual Civil / Recursos)
(Adaptada ao CPC/15) No procesVR ³9´ R DSHODQWH SURYRX MXVWR
impedimento para a falta de recolhimento das custas recursais e o M.M.
juiz relevou a pena de deserção, fixando prazo para efetuar o preparo.
Neste caso, de acordo com o Código de Processo Civil brasileiro, em regra,
esta decisão é
·¸ recorrível através de Recurso Extraordinário.
b) recorrível através de Agravo de Instrumento.
c) recorrível através de Apelação.
d) irrecorrível.
e) recorrível através de Agravo Retido.

ÇÎ - Q215015 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-PE - Técnico Judiciário - Área


Judiciária - e Administrativa / Direito Processual Civil / Recursos; ) No
processo I a parte vencida interpôs apelação; no processo II o réu interpôs
recurso extraordinário; no processo III o autor interpôs recurso especial;
no processo IV o réu interpôs agravo de instrumento. Nestes casos, de
acordo com o Código de Processo Civil brasileiro caberá recurso adesivo
APENAS nos processos
a) I, II e IV.
b) I e II.
c) III e IV.
d) I, II e III.
e) I e III.

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09

ÇÏ - Q125496 ( Prova: FCC - 2011 - TRE-AP - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Recursos) (Adaptada ao
CPC/15) Considere as seguintes assertivas a respeito do Recurso de
Apelação:

I. A apelação será recebida só no efeito devolutivo, quando interposta de


sentença que confirmar a tutela provisória.
èèé ÷×å×ïÙñÝ Ô×â ×õ×ÙáÛ ÔÕÔÖ×ØÔÙÚÛ, o apelado poderá promover o pedido
de cumprimento provisório depois de publicada a sentença.
III. Provando o apelante justo impedimento, o juiz relevará a pena de
deserção, fixando-lhe prazo para efetuar o preparo. Esta decisão será
irrecorrível.
IV. Após a apresentação da resposta, o juiz fará o exame de admissibilidade
antes de remeter o recurso ao tribunal.

De acordo com o Código de Processo Civil brasileiro, está correto o que se


afirma SOMENTE em
a) I, II e III.
b) II, III e IV.
c) I e II.
d) III e IV.
e) I e III.

4.

þé ÿ 2é ÿ 3é 4é 5é 
PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 09
6é ò 7é ÿ 8é  9é ÿ þ1é A
þþé C þ2é A þ3é E þ4é ÿ þ5é B
þ6é D þ7é C þ8é E þ9é ÿ 21é B
2þé  22é  23é C 24é A 25é D
26é D 27é  28é A

5. CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Meus prezados alunos, chegamos ao término de nossa aula 09, na qual


”Ž•‡‰Š‹•Žˆ ‹ˆ œ’‡ˆŠ“‡ˆ ˆŽ †‡ DOS RECURSOS: DA APELAÇÃO, DO
{¦} § wxw §w~¨©|§wª «}w §y¬{}w «§ «§©­{®¯}°
±}{y § ~{²}w «§ ~§­®¯}, aplicadas em concursos da FCC ±
±x€«®¯} ©{­}w ©Fwª Já foram analisadas 302 (trezentas e
d 
 d      d  ª

Todas as dúvidas podem ser tiradas por meio do fórum.

BRUNO KLIPPEL - Vitória/ES

GUILHERME CORRÊA - Curitiba/PR

PBCDF GBHKC LMNOORM PBCDF THNMURBVR WCBBXY


www.estrategiaconcursos.com.br
A 

500 Questões Comentadas de Processo Civil - FCC (Novo CPC)


Professores: Bruno Klippel, Guilherme Corrêa
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10

+,-+ 10 ±500 QUESTÕES COMENTADAS DE


./0:;<<0 :=>=- ? @:: ± QUESTÕES SOBRE: DA
-=L,=B+CD0 B; <;EG;EC+ ; B0 ./0:;<<0 B;
;H;:,CD0I B+ ;H;:,CD0 ;J K;/+-I ;<.M:=;<N
;H;:,CD0 .0/ L,+EG=+ :;/G+ :0EG/+
B;>;B0/ <0->;EG;N <,<.;E<D0 ;HG=ECD0O

1. APRESENTAÇÃO:

Prezados alunos,
QRSTSUVWX U RWXXU AULA 10 sobre: DA LIQUIDAÇÃO DE SENTENÇA E
YZ [\Z]^__Z Y^ ^`^]abcZe Yf ^`^]abcZ ^g h^\fie ^_[j]IES,
^`^]abcZ [Z\ kaflmnf ]^\mf ]Zlm\f Y^o^YZ\ _Zio^lm^p
_a_[^l_cZ ^`mnlbcZq Assim, serão analisadas na aula de hoje 42
rstuvwxyu w ztu{| stw{y}w{ zu ~]], sendo que comentaremos em
primeiro lugar a assertiva correta, partindo para a análise mais breve das
assertivas erradas. Claro que estamos sempre abertos aos
questionamentos e dúvidas, que podem ser facilmente esclarecidas por
meio do fórum de dúvidas do Estratégia Concursos.

2. QUESTÕES COMENTADAS:

 - Q371258 ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Titular de Serviços de Notas e


de Registros - Remoção / Direito Processual Civil / Liquidação de sentença)
(Adaptada ao CPC/15) Paulo ajuizou ação de indenização contra Pedro,
julgada procedente em primeiro grau, cuja sentença condenatória
determinou que parte do valor da indenização devida seria fixada por meio

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
€ ‚ƒ„…ƒ€†‡ˆ‰ € Š‹Œ‹‡† ‰Ž †ŽƒŒŽ†‹Œ‰‘ ’ Š‹Œ‹‡† “‰ƒ confirmada pelo
E. Tribunal de Justiça de Pernambuco e transitou em julgado. Com o retorno
dos autos à origem, Paulo inicia a fase de liquidação de sentença na forma
fixada em sentença e o Magistrado, antes de determinar a intimação da
parte contrária na pessoa de seu advogado, determina que a liquidação da
sentença seja feita pelo procedimento comum, já que há a necessidade de
prova de fatos novos. Neste caso, a
”• liquidação por forma diversa da estabelecida na sentença não ofende a
coisa julgada.
b) decisão do Magistrado é nula, pois ofendeu a coisa julgada.
c) decisão do Magistrado é anulável, pois ofendeu a coisa julgada.
d) decisão do Magistrado é nula, pois foi prolatada de ofício, não havendo
requerimento de pelo menos uma das partes.
e) decisão do Magistrado é anulável, pois foi prolatada de ofício, não
havendo requerimento de pelo menos uma das partes.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ A coisa julgada se forma em relação aos
pedidos que foram analisados, ou seja, na hipótese da questão, o que transita em
julgado é a decisão que reconheceu o direito ao recebimento de indenização e não
a forma de liquidação, que pode ser alterada sem qualquer ofensa à coisa julgada.
Mesmo que a sentença que transitou em julgado tenha determinado a liquidação
por arbitramento, pode ser que seja realizada pelo procedimento comum, como
na situação em concreto, caso entenda o Magistrado que se trata de espécie de
liquidação apta a demonstração do quantum debeatur. Vejam que a resposta
DGHTXDGD OHWUD ³$´ p D PDLV VLPSOHV GHODV H p D ~QLFD TXH DILUPD QmR KDYHU
violação à coisa julgada. 2HQWHQGLPHQWRFRQVWDQWHQDOHWUD³$´HVWiGHDcordo
com a Súmula nº 344 do STJ, abaixo transcrita:

³$OLTXLGDomRSRUIRUPDGLYHUVDGDHVWDEHOHFLGDQDVHQWHQoDQmRRIHQGH
DFRLVDMXOJDGD´

As demais assertivas não precisam ser analisadas, pois tratam do mesmo


assunto.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10

¡ - Q300443 ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Juiz / Direito Processual Civil /


Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) A liquidação da sentença
”• por arbitramento, far-se-á quando determinado pela sentença,
convencionado pelas partes ou quando o exigir a natureza do objeto da
liquidação.
b) será obrigatória nos casos em que haja a necessidade de realização de
simples cálculo aritmético.
c) pelo procedimento comum, admite nova discussão da lide, com eventual
modificação da decisão que a originou.
d) implica a citação pessoal do devedor para cumprimento do julgamento.
e) só pode ser requerida com o trânsito em julgado da sentença ou
acórdão.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´, já que expressa a redação do art. 509,
I do CPC/15:

³Art. 509. Quando a sentença condenar ao pagamento de quantia


ilíquida, proceder-se-á à sua liquidação, a requerimento do credor ou do
devedor:

I - por arbitramento, quando determinado pela sentença, convencionado


pelas partes ou exigido pela natureza do objeto da liquidação´

O que se afirma FRUUHWDPHQWHQDOHWUD³$´~QLFDFRQVLGHUDGDFRUUHWDFRQWpPDV


informações constante do dispositivo acima citado. As demais assertivas estão
erradas:
/HWUD ³%´ HUUDGD SRLV o §2°, do art. 509 do CPC/15 afirma que se o valor
depender de simples cálculo aritmético, o credor poderá iniciar o cumprimento de
sentença, sem a necessidade de um procedimento de liquidação.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
/HWUD³&´HUUDGDSRLVQDOLTXLGDomRQmRpSRVVtYHO rediscutir a decisão liquidanda,
nos termos do §4°, do art. 509 do CPC/15.
/HWUD³'´HUUada, já que o art. 511 do CPC/15 diz que a parte será intimada na
pessoa de seu advogado ou por meio da sociedade de advogados da qual faça
parte.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVSRGHVHUUHTXHULGDDOLTXLGDomRSURYLVyULDFRQVRDQWHDUW
512 do CPC/15.

¢ - Q280561 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 18ª Região (GO) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Liquidação de sentença) (Adaptada
ao CPC/15) A liquidação de sentença
”• pode incorporar os juros moratórios, embora omissa a sentença
condenatória.
b) por arbitramento não pode ser convencionada pelas partes.
c) pelo procedimento comum permite ao réu arguir a prescrição que não
foi alegada no processo que originou a sentença ilíquida transitada em
julgado.
d) por forma diversa da estabelecida na sentença ofende a coisa julgada.
e) pelo procedimento comum é inadmissível nas causas de ressarcimento
por danos causados em acidente de veículo de via terrestre.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ $LQIRUPDomRTXHFRQVWDQDOHWUD³$´
única considerada correta, está em conformidade com a Súmula nº 254 do STF,
abaixo transcrita:

³,1&/8(0-SE OS JUROS MORATÓRIOS NA LIQUIDAÇÃO, EMBORA


20,66223(','2,1,&,$/28$&21'(1$d­2´.

Vejamos os erros das demais assertivas:


/HWUD³%´HUUDGDSRLVRDUW509, I do CPC/15 prevê a liquidação por arbitramento
quando houver convenção entre as partes.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
/HWUD ³&´ HUUDGD SRLV QD OLTXLGDomR QmR Ki SRVVLELOLGDGH GH UHGLVFXWLU IDWRV
relacionados ao processo em que se originou a sentença liquidanda, conforme §4°,
do art. 509 do CPC/15.
/HWUD ³'´ HUUDGD SRLV D 6~PXOD Qž  GR 67- GL] QmR KDYHU RIHQVD j FRLVD
julgada.
/HWUD ³(´ HUUDGD SRLV é possível a liquidação pelo procedimento comum, caso
seja necessária a alegação e prova de fatos novos.

£ - Q270122 ( Prova: FCC - 2012 - PGM-Joao Pessoa-PB - Procurador


Municipal / Direito Processual Civil / Liquidação de sentença) (Adaptada
ao CPC/15) Uma empresa de cartão de crédito foi condenada em uma
ação de indenização movida por uma Confederação Brasileira de um
determinado esporte, pelo uso indevido da logomarca da Confederação em
determinada campanha promocional, não sendo possível aferir o prejuízo
sofrido pela vencedora durante a regular instrução. Neste caso, a
Confederação vencedora deverá promover a liquidação
a) por cálculo, necessariamente após o trânsito em julgado da sentença
monocrática que julgou procedente a ação indenizatória.
b) pelo procedimento comum, necessariamente após o trânsito em julgado
da sentença monocrática que julgou procedente a ação indenizatória.
c) por arbitramento, necessariamente após o trânsito em julgado da
sentença monocrática que julgou procedente a ação indenizatória.
d) por arbitramento, que poderá ser requerida na pendência de recurso,
processando-se em autos apartados, no juízo de origem, cumprindo ao
liquidante instruir o pedido com cópias das peças processuais pertinentes.
e) pelo procedimento comum, que poderá ser requerida na pendência de
recurso, processando-se em autos apartados, no juízo de origem,
cumprindo ao liquidante instruir o pedido com cópias das peças processuais
pertinentes.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ A situação deixa clara a necessidade de
realização de perícia para se aferir o valor da indenização devida à confederação
do esporte. Assim, nos termos do art. 509, I do CPC/15, tal forma de liquidação

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
será realizada quando ³(...) ou exigido pelD QDWXUH]D GR REMHWR GD OLTXLGDomR´.
Além disso, poderá ser realizada a liquidação provisória, ou seja, na pendência de
recurso, seguindo-se o procedimento previsto no art. 512 do CPC/15, informações
TXHFRQVWDPQDOHWUD³'´.

As demais assertivas ficam excluídas, já que tratam de outras formas de


liquidação.

¤ ± Q289163 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Liquidação de sentença) (Adaptada
ao CPC/15) No que concerne à liquidação de sentença, de acordo com o
Código de Processo Civil,
”• das decisões interlocutórias proferidas na fase de liquidação caberá
recurso de apelação sem efeito suspensivo.
b) do requerimento de liquidação de sentença será a parte, em regra,
citada e intimada pessoalmente.
c) a liquidação poderá ser requerida na pendência de recurso, processando-
se em autos apartados, no juízo de origem, cumprindo ao liquidante instruir
o pedido com cópias das peças processuais pertinentes.
d) na liquidação pelo procedimento comum é possível nova discussão da
lide ou modificação da sentença que a julgou.
e) na liquidação por arbitramento, observar-se-á, no que couber, o
procedimento comum.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ $DVVHUWLYD³&´WUDWDGDSRVVLELOLGDGHGH
ser iniciada a liquidação provisória, ou seja, na pendência de recurso, sendo que
o que se afirma na assertiva correta é a redação do art. 512 do CPC/15, abaixo
transcrito:

³Art. 512. A liquidação poderá ser realizada na pendência de recurso,


processando-se em autos apartados no juízo de origem, cumprindo ao
liquidante instruir o pedido com cópias das peças processuais
pertinentes´

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10

As demais assertivas estão erradas, conforme será demonstrado a seguir:


/HWUD³$´HUUDGDSRLVFDEHUiRUHFXUVRGHDJUDYRGHLQVWUXPHQWRFRQIRUPHDUW
1.015, parágrafo único, do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGDSRLVDLQWLPDomRpIHLWDSRUPHLRGR$GYRJDGR ou sociedade de
advogados, conforme art. 511 do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVR§4°, do art. 509 do CPC/15 não permite a modificação
do julgado.
/HWUD ³(´ HUUDGD SRLV OLTXLGDomR SRU DUELWUDPHQWR há procedimento específico
previsto no art. 510 do CPC/15.

¥ - Q248815 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Juiz do


Trabalho - Prova TIPO 4 / Direito Processual Civil / Cumprimento de
sentença; Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) A respeito da
liquidação e do cumprimento de sentença, é correto afirmar:
a) Do requerimento de liquidação de sentença será a parte intimada na
pessoa de seu advogado ou por meio da sociedade de advogados.
b) Não sendo requerida a execução no prazo de seis meses, sempre ocorre
a prescrição da pretensão ao crédito.
c) Far-se-á a liquidação por arbitramento quando, para determinar o valor
da condenação, houver necessidade de alegar e provar fato novo.
d) Quando na sentença houver uma parte líquida e outra ilíquida, o credor
deverá promover a liquidação da parte ilíquida antes de requerer o
cumprimento da parte líquida.
e) Caso o devedor, condenado ao pagamento de quantia certa ou já fixada
em liquidação, não o efetue no prazo de cinco dias, o montante da
condenação será acrescido de multa no percentual de vinte por cento.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa COR5(7$ e $ /(75$ ³$´ Percebemos que a FCC está sempre
fazendo menção à forma de intimação da parte do início da liquidação, tema que
consta no art. 511 do CPC/15. A intimação não é pessoal, mas sim, por meio do
Advogado ou sociedade de advogados, conforme transcrição a seguir:

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
³Art. 511. Na liquidação pelo procedimento comum, o juiz determinará
a intimação do requerido, na pessoa de seu advogado ou da sociedade
de advogados a que estiver vinculado, para, querendo, apresentar
contestação no prazo de 15 (quinze) dias, observando-se, a seguir, no
que couber, o disposto no Livro I da Parte Especial deste Código¦§

O que consta nas demais assertivas está errado, conforme será demonstrado a
seguir:
/HWUD³%´HUUDGDa prescrição ocorre no prazo previsto no Código Civil e varia de
acordo com a natureza do crédito.
/HWUD³&´HUUDGDpois se há necessidade de prova de fato novo, cabe a liquidação
pelo procedimento comum, conforme art. 509, II do CPC/15.
/HWUD ³'´ HUUDGD já que pode haver a liquidação e execução simultâneas,
conforme art. 509 §1º do CPC/15.
/HWUD³(´HUUDGDpois o art. 523 do CPC/15 fala em cumprimento em 15 dias,
sob pena de multa de 10%. Além da multa salienta-se que haverá honorários de
advogado também de 10%.

¨ - Q249338 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 11ª Região (AM) - Juiz do


Trabalho - Tipo 5 / Direito Processual Civil / Liquidação de sentença)
(Adaptada ao CPC/15) A liquidação de sentença
”• por arbitramento é necessária quando houver necessidade de alegar e
provar fato novo.
b) pode ser requerida na pendência do julgamento da apelação com efeito
suspensivo.
c) admite a discussão de matérias alheias à fixação do valor da obrigação,
desde que sejam de ordem pública.
d) por arbitramento não pode ser convencionada pelas partes, salvo se a
convenção antecedeu a decisão objeto da liquidação.
e) será necessária ainda que o valor da sentença possa ser obtido a partir
de simples cálculo aritmético.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ 2TXHVHDILUPDQD OHWUD³%´GHVHU
possível a liquidação na pendência do julgamento da apelação com efeito
P  !"##$! P %"!&$'$ ()*
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
suspensivo, está correto, em conformidade com o art. 512 do CPC/15, que trata
da liquidação provisória, que pode ser realizada independentemente do recurso
possuir ou não efeito suspensivo. Isso ocorre porque, lendo o dispositivo, o mesmo
apenas faz menção a recurso, sem qualquer informação sobre os seus efeitos.
Vejamos:

³Art. 512. A liquidação poderá ser realizada na pendência de recurso,


processando-se em autos apartados no juízo de origem, cumprindo ao
liquidante instruir o pedido com cópias das peças processuais
pertinentes´

Já as demais assertivas estão erradas. Vejamos:


LeWUD³$´HUUDGDpois a liquidação pelo procedimento comum é a que demanda
a prova de fatos novos, conforme art. 509, II do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGDjá que o §4°, do art. 509 do CPC/15 não permite a rediscussão
de matérias relacionadas ao processo de conhecimento.
/HWUD³'´HUUDGDpois uma das hipóteses de liquidação por arbitramento é a partir
da convenção das partes, de acordo com o art. 509, I do CPC/15.
/HWUD³(´HUUDGDjá que o §2°, do art. 509 do CPC/15 afirma que nesta hipóteses
a parte poderá iniciar desde logo o cumprimento de sentença.

© - Q232329 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Analista Judiciário - Execução


de Mandados / Direito Processual Civil / Liquidação de sentença) A
liquidação da sentença
”• poderá ser requerida na pendência de recurso, processando-se em autos
apartados, no juízo de origem, cumprindo ao liquidante instruir o pedido
com cópias das peças processuais pertinentes.
b) é determinada em toda e qualquer sentença condenatória.
c) permite discutir de novo a lide, com eventual modificação da sentença
que a determinou.
d) é recorrível por apelação.
e) far-se-á por arbitramento quando, para determinar o valor da
condenação, houver necessidade de alegar e provar fato novo.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ Novamente a FCC traz em uma questão
que é facilmente respondida com base no dispositivo do CPC que trata da
liquidação provisória, ou seja, a liquidação que é realizada na pendência de
recurso. O dispositivo mencionado é o art. 512 do CPC/15, abaixo transcrito, que
pH[DWDPHQWHDUHVSRVWDFRQVWDQWHQDOHWUD³$´

³Art. 512. A liquidação poderá ser realizada na pendência de recurso,


processando-se em autos apartados no juízo de origem, cumprindo ao
liquidante instruir o pedido com cópias das peças processuais
pertinentes´

Vejamos o que tem de errado nas demais assertivas:


/HWUD ³%´ HUUDGD SRLV VRPHQWH D VHQWHQoD LOtTXLGD p TXH VHUi REMHWR GH
liquidação. Se a sentença já é líquida, inicia-se logo a execução (ou cumprimento
de sentença).
/HWUD³&´HUUDGDSRLV não é possível modificar a sentença, conforme §4°, do art.
509 do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVo art. 1.015 do CPC/15 prevê o cabimento de agravo de
instrumento contra as decisões interlocutórias proferidas em fase de liquidação de
sentença.
/HWUD ³(´: errada, pois se há necessidade de prova de fato novo, a liquidação
deverá ser realizada pelo procedimento comum, conforme art. 509, II do CPC/15.

ª - Q111477 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 23ª REGIÃO (MT) - Técnico


Judiciário - Área Administrativa / Direito Processual Civil / Liquidação de
sentença) (Adaptada ao CPC/15) Quando a liquidação da sentença
depender apenas de cálculo aritmético, o credor requererá
a) a prévia remessa dos autos ao contador do juízo, para elaboração do
cálculo.
b) a liquidação da sentença por arbitramento.
c) o cumprimento da sentença, instruindo o pedido com a memória
discriminada e atualizada do cálculo.
d) a liquidação da sentença pelo procedimento comum.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
«• a nomeação de perito contábil, às expensas do executado, para
elaboração do cálculo.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³&´ Se a liquidação depende apenas de
cálculos aritméticos é porque não há necessidade de perito, não é hipótese de
arbitramento, não há remessa ao contador do juízo, bem como não há
necessidade de prova de fato novo. Vejam que a única assertiva que demonstra
FRUUHWDPHQWHRSURFHGLPHQWRDVHUVHJXLGRpDOHWUD³&´TXHIDODHPLQVWUXLUR
pedido de cumprimento com a memória discriminada e atualizada do cálculo, que
é a informação que consta no §2°, do art. 509 e art. 524 do CPC/15:

³Art. 509, §2° Quando a apuração do valor depender apenas de cálculo


aritmético, o credor poderá promover, desde logo, o cumprimento da
sentença.

Art. 524. O requerimento previsto no art. 523 ¬­®¯ °±¬²®³´µ¶ ·¶¸


µ­¸¶±¬²®¹²°º¶ µ°¬·®°¸°±¹µ¶ ­ ¹²³¹»°¼¹µ¶ µ¶ ·®½µ°²¶´

As demais assertivas não precisam ser analisadas, pois excluídas


automaticamente com a análise realizada.

¾ - Q87800 ( Prova: FCC - 2011 - TJ-PE - Juiz / Direito Processual Civil /


Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) No tocante à liquidação,
é correto afirmar que
”• das decisões proferidas nesta fase caberá apelação.
b) quando esta se der pelo procedimento comum, haverá necessidade de
alegar e provar fato novo para determinar o valor da condenação.
c) é sempre necessária, quando haja condenação em pecúnia.
d) é defensável que nela se discuta novamente a lide ou que se modifique
a sentença que a julgou.
e) seu requerimento pressupõe a formação anterior e necessária de coisa
julgada.

–—˜™š›œž—Ÿ 
P  !"##$! P %"!&$'$ ()*
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ $~QLFDDVVHUWLYDFRUUHWDpDOHWUD³%´
que traz o art. 509, II do CPC/15, que trata da liquidação pelo procedimento
comum. Vejamos:

³Art. 509. Quando a sentença condenar ao pagamento de quantia


ilíquida, proceder-se-á à sua liquidação, a requerimento do credor ou do
devedor:
(...)
II - pelo procedimento comum, quando houver necessidade de alegar e
SURYDUIDWRQRYR´.

Se há necessidade de prova de fatos novos, a liquidação será pelo


procedimento comum. As demais assertivas estão totalmente erradas,
conforme será demonstrado a seguir:
/HWUD³$´HUUDGDSRLVdas decisões interlocutórias caberá agravo de instrumento,
conforme parágrafo único, do art. 1.015 do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVDOLTXLGDomRVRPHQWHpQHFHVViULDTXDQGRDVHQWHQoDIRU
ilíquida, ou seja, quando não apontar o valor da condenação.
/HWUD³'´HUUDGDjá que o §4°, do art. 509 do CPC/15 diz que na liquidação não
é possível a rediscussão dos temas tratados na decisão liquidanda.
/HWUD³(´HUUDGDpois o art. 512 do CPC/15 permite a liquidação provisória, ou
seja, mesmo que não haja trânsito em julgado.

 - Q77230 ( Prova: FCC - 2010 - TCE-RO - Auditor / Direito Processual


Civil / Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) Se uma sentença
transitada em julgado decidiu que a liquidação deve ser feita pelo
procedimento comum,
a) não poderá haver liquidação por arbitramento, porque a ordem judicial
não seria respeitada.
b) nada impede que a liquidação se faça por arbitramento, se o seu
procedimento se mostrar mais adequado.
c) a liquidação por arbitramento somente será admissível se for necessário
alegar e provar fato novo.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
¿• a liquidação por arbitramento somente será admissível se a liquidação
por artigos concluir pelo valor zero.
«• a liquidação por arbitramento poderá substituir a liquidação por artigos
apenas se houver convenção das partes.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ O enteQGLPHQWRH[SRVWRQDOHWUD³%´GH
que pode ser realizada a liquidação de forma diversa daquela que consta na
sentença transitada em julgado, mostra-se correta, pois em conformidade com a
Súmula nº 344 do STJ. Realmente não há ofensa à coisa julgada se for realizada
a liquidação de forma diversa daquela definida na sentença. Vejamos o
entendimento do STJ:

³$OLTXLGDomRSRUIRUPDGLYHUVDGDHVWDEHOHFLGDQDVHQWHQoDQmRRIHQGH
DFRLVDMXOJDGD´

Assim, se definida por sentença que a liquidação seria por artigos, pode ser feita
por arbitramento se essa forma se mostrar mais adequada. Vejamos as demais
assertivas:
/HWUD³$´HUUDGDSRLVYLRODRHQWHQGLPHQWRGD6~PXODQžGR67-
/HWUD ³&´ HUUDGD SRLV VH Ki QHFHVVLGDGH GH SURYD GH IDWR QRYR p SRUTXH D
liquidação deve ser feita pelo procedimento comum.
/HWUD ³'´ HUUDGD SRLV QmR Ki TXDOTXHU QRUPD TXH DILUPH R TXH HVWi GLWR QD
assertiva.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVVHR-XL]FRQFOXLUTXHDQRYDIRUPDGHOLTXLGDomRpEHQpILFD
poderá realiza-la.

¡ - Q81912 (Prova: FCC - 2010 - PGM-TERESINA-PI - Procurador


Municipal - Prova tipo 3 / Direito Processual Civil / Liquidação de sentença)
(Adaptada ao CPC/15) A liquidação da sentença
”• não abre ensejo à realização de perícia.
b) é determinada de ofício pelo juiz, após a condenação no processo de
conhecimento.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
À• pode ser feita pelo próprio credor, independentemente de cálculo do
contador judicial, nas hipóteses em que o valor da condenação for
facilmente determinável.
¿• dá-se pelo procedimento comum quando houver necessidade de perícia
e prova em audiência.
e) constitui-se em novo processo com necessidade de citação do devedor.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ 2TXHVHDILUPDQDOHWUD³&´FRQVLGHUDGD
correta, consta no §2°, do art. 509 e no art. 524 do CPC/15, que comumente é
denominada de liquidação por cálculos, pois há somente a apresentação de
memória de cálculo pelo próprio credor, com discussão em contraditório sobre a
correção ou incorreção daquela memória de cálculo. Vejamos:

³Art. 509, §2° Quando a apuração do valor depender apenas de cálculo


aritmético, o credor poderá promover, desde logo, o cumprimento da
sentença.

Art. 524. O requerimento previsto no art. 523 ¬­®¯ °±¬²®³´µ¶ ·¶¸


µ­¸¶±¬²®¹²°º¶ µ°¬·®°¸°±¹µ¶ ­ ¹²³¹»°¼¹µ¶ µ¶ ·®½µ°²¶´

Se os cálculos de liquidação dependem tão somente de cálculos aritméticos, pode


ser o credor o autor dos cálculos, sem necessidade de perícia ou qualquer outro
procedimento. Vejamos os erros das demais assertivas:
/HWUD ³$´ HUUDGD Mi TXH QD OLTXLGDomR SRU DUELWUDPHQWR e pelo procedimento
comum comumente haverá produção de provas.
/HWUD ³%´ HUUDGD SRLV VHPSUH GHSHQGH GH UHTXHULPHQWR GD SDUWH 1mR Ki
liquidação realizada de ofício pelo Juiz.
/HWUD ³'´ HUUDGD pois a liquidação pelo procedimento comum não demanda
necessariamente perícia, mas sim a alegação e prova de fato novo.
/HWUD ³(´ HUUDGD já que não se trata de novo processo e apenas haverá a
intimação do devedor, nos termos do art. 511 do CPC/15.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
¢ - Q59920 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-GO - Juiz / Direito Processual Civil
/ Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) É INCORRETO afirmar:
a) Procede-se à liquidação quando a sentença não de terminar desde logo
o valor devido.
b) Das decisões interlocutórias proferidas na fase de liquidação de sentença
caberá agravo de instrumento.
c) Como regra, a impugnação ao cumprimento de sentença não terá efeito
suspensivo.
d) Far-se-á liquidação por arbitramento quando, para determinar o valor
da condenação, houver necessidade de alegar e provar fato novo.
e) É vedado, na liquidação, discutir de novo a lide ou modificar a sentença
que a julgou.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa IN&255(7$e$/(75$³'´uma vez que quando há a necessidade
de alegação e prova de fato novo a liquidação será pelo procedimento comum e
não por arbitramento.

As demais assertivas estão corretas:


/HWUD³$´FRUUHWDGHDFRUGRFRPRDUW509 do CPC/15.
/HWUD ³%´ FRUUHWD HP FRQIRUPLGDGH FRP R parágrafo único do art. 1.015 do
CPC/15.
/HWUD³&´FRUUHWDHPFRQIRUPLGDGHFRPR§6°, do art. 525 do CPC/15.
/HWUD³(´FRUUHWDFRQIRUPHR§4°, do art. 509 do CPC/15.

£ Á ¢¨©©ª¢ ( Prova: FCC - 2014 - TJ-AP - Juiz / Direito Processual Civil


/ Execução) (Adaptada ao CPC/15) No tocante à execução por quantia
certa contra devedor solvente, é correto afirmar:
”• A citação do executado far-se-á para pagamento do débito em 24 horas,
ou nomeação de bens à penhora.
b) Não estão sujeitos à execução os bens que a lei considera
impenhoráveis, mas poderão ser executados os bens inalienáveis, desde
que suntuosos.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
À• A expropriação de bens do devedor consiste, exclusivamente, na
adjudicação em favor do exequente, na alienação por iniciativa particular e
na alienação em hasta pública.
¿• À falta de outros bens, podem ser penhorados os frutos e rendimentos
dos bens inalienáveis.
e) Mesmo após a adjudicação ou alienação dos bens, pode o executado, a
todo tempo, remir a execução, desde que pague ou consigne a importância
atualizada do débito, juros, custas e honorários advocatícios.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ 2TXHVHDILUPDQDOHWUD³'´FRQVLGHUDGD
correta, é a redação do art. 834 do CPC/15, que trata dos bens relativamente
impenhoráveis, ou seja, que podem ser penhorados na falta de outros. Vejamos:

³Art. 834. Podem ser penhorados, à falta de outros bens, os frutos e os


rendimentos dos bens inalienáveis´

As demais assertivas estão erradas, de acordo com a análise a seguir:


/HWUD³$´HUUDGa, pois o devedor será citado para pagamento no prazo de 3 dias,
nos termos do art. 829 do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGDSRLVRDUW833, I do CPC/15 diz que os bens inalienáveis são
absolutamente impenhoráveis, sem exceção.
/HWUD ³&´ HUUDGD Mi TXH R DUW 825, III do CPC/15 também menciona a
apropriação de frutos e rendimentos de empresa ou de estabelecimentos e de
outros bens.
/HWUD³(´HUUDGDMiTXHRDUW826 do CPC/15 diz que o devedor pode remir antes
da adjudicação ou alienação dos bens.

¤ - Q378894 ( Prova: FCC - 2014 - TJ-AP - Juiz / Direito Processual Civil


/ Execução) (Adaptada ao CPC/15) Em relação aos embargos à
execução, é correto afirmar:
”• A decisão relativa aos efeitos dos embargos, se recebidos no duplo efeito
ou somente no efeito devolutivo, é irrecorrível, por ausência de gravame.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
Õ Uma vez opostos, como regra conceder-se-á o efeito suspensivo da
execução.
c) O Juiz os rejeitará liminarmente quando intempestivos, quando indeferir
a inicial, julgar liminarmente improcedente, ou quando manifestamente
protelatórios.
d) Serão oferecidos no prazo de 10 dias, contados da data da juntada aos
autos do mandado de citação.
e) Quando houver mais de um executado, o prazo para embargar só se
iniciará após a citação de todos os devedores.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³&´ É correto diz que o Juiz rejeitará
liminarmente os embargos quando intempestivos, quando inepta a petição inicial
ou quando manifestamente procrastinatórios, tudo em conformidade com o art.
918 do CPC/15, assim redigido:

³Art. 918. O juiz rejeitará liminarmente os embargos: I - quando


intempestivos; II - nos casos de indeferimento da petição inicial e de
improcedência liminar do pedido; III - manifestamente protelatórios´

As demais assertivas estão erradas, conforme será demonstrado a seguir:


/HWUD³$´HUUDGDSRLVRart. 1.015, X do CPC/15 prevê o cabimento do agravo de
instrumento contra a decisão relativa ao efeito suspensivo dos embargos à
execução.
/HWUD³%´HUUDGDSRLVRHIHLWRVXVSHQVLYRpVLWXDomRH[cepcional. A regra geral,
conforme art. 919 do CPC/15 é a ausência de efeito suspensivo para os embargos.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVRSUD]RpGHGLDVFRQIRUPHDUW915 do CPC/15.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVR†žGRDUW915 do CPC/15 deixa claro que os prazos são
independentes, que cada executado deverá apresentar os embargos no seu prazo,
contado da juntada aos autos do mandado cumprido. Apenas será contado da
última juntada no caso de os executados serem cônjuges ou companheiros.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
¥ ± Q378712 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 18ª Região (GO) - Juiz do
Trabalho / Direito Processual Civil / Execução) (Adaptada ao CPC/15) No
tocante à penhora de bens, é INCORRETO afirmar:
”• Desde que trabalhada pela família, não pode ser penhorada a pequena
propriedade rural, assim definida em lei.
b) À falta de outros bens, podem ser penhorados os frutos e rendimentos
dos bens inalienáveis.
c) São absolutamente impenhoráveis os livros, as máquinas, as
ferramentas, os utensílios, os instrumentos ou outros bens móveis
necessários ou úteis ao exercício de qualquer profissão.
d) O seguro de vida não pode ser penhorado.
e) A impenhorabilidade é oponível à cobrança do crédito concedido para a
aquisição do próprio bem.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa IN&255(7$ e $ /(75$ ³(´ O que se afirmD QD OHWUD ³(´ HVWi
incorreto, pois em desconformidade com o art. 833, §1º do CPC/15, assim
redigido:

³§ 1o A impenhorabilidade não é oponível à execução de dívida relativa


ao próprio bem, inclusive àquela contraída para sua aquisição´

Vejam que o devedor não pode dizer que o seu apartamento é impenhorável, por
ser um bem de família, se o credor é o banco que lhe concedeu empréstimo para
aquisição do próprio bem. O mesmo ocorre com o taxista que adquiriu o seu carro
por meio de financiamento bancário. Apesar do bem ser utilizado para o
desenvolvimento do seu trabalho, não pode alegar a sua impenhorabilidade. As
outras informações estão corretas, conforme será demonstrado a seguir:
/HWUD³$´FRUUHWDem conformidade com o art. 833, VIII do CPC/15.
LetrD ³%´ FRUUHWD de acordo com o art. 834 do CPC/15, que trata dos bens
relativamente impenhoráveis.
/HWUD³&´FRUUHWDconforme art. 833, V do CPC/15, que são bens absolutamente
impenhoráveis.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
/HWUD³'´FRUUHWDconforme art. 833, VI do CPC/15.

¨ - Q357566 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 2ª REGIÃO (SP) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Execução) (Adaptada
ao CPC/15) Considere as afirmativas referentes aos embargos à
execução:

I. O executado, independentemente de penhora, depósito ou caução,


poderá opor-se à execução por meio de embargos.
Äđ Ł ‰‰ŠŒ‰Š ‰Š †ŽÆ‰Š  ŽÇ‰‹ÈÇƒ€† ‚ƒŒƒÆɋǃ† € Ê-fé, as sanções
correspondentes serão promovidas no próprio processo de execução, em
autos apensos, operando-se por meio de compensação ou por execução.
III. Recebidos os embargos, será o exequente ouvido no prazo de 15 dias;
a seguir, o juiz julgará imediatamente o pedido ou designará audiência.
Encerrada a instrução proferirá sentença.
Está correto o que consta em
a) I e III, apenas.
b) II e III, apenas.
c) II, apenas.
d) I, apenas.
e) I, II e III.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ Estão corretas as assertivas I, II e III,
conforme análise a seguir:
I. Correta, pois essa é a redação do art. 915 do CPC/15.
II. Correta, já que essa é a redação do art. 777 do CPC/15.
III. Correta, pois é a redação do art. 920 do CPC/15.

© - Q357681 ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Cuiabá - MT - Procurador


Municipal / Direito Processual Civil / Execução) Valdir celebrou contrato de
empréstimo com Banco Europa, cujo instrumento foi assinado por duas
testemunhas. Porém, vendo-se em dificuldades financeiras, ajuizou ação

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
†‹…‚†ŒËŽƒ†  “‰Ž…‚‰… €ƒ€‰ € ‚ƒƒ‹†Ž †Ž† ƒ€ƒŽ a execução do
contrato. Não obstante, o Banco Europa ajuizou ação de execução. Em sede
de embargos, embora sem prestar caução, Valdir pugnou pela suspensão
da execução até julgamento da ação anulatória, argumentando estar o
débito sob discussão judicial. Este pedido deverá ser
a) indeferido, porque a execução dos contratos bancários não admite
suspensão.
b) deferido, pois os embargos, por si só, suspendem, em regra, a
execução.
c) deferido, pois o débito está sob discussão judicial e a ação anulatória
poderá vir a ser julgada procedente.
d) indeferido, pois a propositura de ação referente ao débito, por si só, não
inibe o credor de promover-lhe a execução.
e) deferido apenas se as ações tramitarem perante o mesmo juízo.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ Percebam que a narrativa, apesar de
um pouco confusa, é simples de ser analisada. Diante do mesmo contrato, tivemos
o ajuizamento de duas ações:
a. Ação anulatória, ajuizada por Valdir em face do Banco;
b. Ação de execução, ajuizada pelo Banco em face de Valdir;

Apesar das duas ações buscarem pretensões contrárias ± anulação e execução ±


podem tramitar normalmente, sem qualquer suspensão da execução, ainda mais
porque não há qualquer informação acerca do deferimento de liminar para
suspender qualquer ação que trata da execução do contrato. Se não há decisão
nHVVHVHQWLGRpSRUTXHDH[HFXomRSRGHVHJXLUQRUPDOPHQWHFRQIRUPHOHWUD³'´.
As demais assertivas tratam do mesmo assunto, não havendo
necessidade de análise em separado.

ª - Q360704 ( Prova: FCC - 2014 - TRF - 3ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Área Judiciária / Direito Processual Civil / Execução) A respeito da
execução em geral, considere:

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10

I. Podem ser penhoradas cotas sociais de sociedade limitada por dívida


particular de sócio.
Äđ ̃dž Š…́ƒŒ‰Š Î ÏÇ…‡ˆ‰ ‰Š ‹Š Ǝ†Ð†€‰Š lj ы…Š Ž†‚ m fraude à
execução.
III. O fiador, quando executado, não poderá nomear à penhora bens livres
e desembaraçados do devedor.
Está correto o que consta APENAS em
a) III.
b) I e III.
c) II e III.
d) II.
e) I e II.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ Apenas as assertivas I e II estão
corretas, conforme análise que será realizada a seguir:

I. Correta, pois o art. 835, IX do CPC/15, ao tratar da ordem de preferência


para a penhora de bens, diz explicitamente acerca da possibilidade de
serem penhoradas as ações e quotas de sociedades empresárias.
II. Correta, de acordo com o art. 790, V do CPC/15.
III. Errada, pois o art. 794 do CPC/15 permite ao fiador, quando executado,
nomear bens do devedor, conforme transcrição a seguir:

³Art. 794. O fiador, quando executado, tem o direito de exigir que


primeiro sejam executados os bens do devedor situados na mesma
comarca, livres e desembargados, indicando-os pormenorizadamente à
penhora´

¡¾ - Q359417 ( Prova: FCC - 2014 - TRF - 3ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil / Execução)

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
(Adaptada ao CPC/15) No que concerne à execução por quantia certa
contra devedor solvente,
”• são, absolutamente, impenhoráveis os livros, as máquinas, as
ferramentas, os utensílios, os instrumentos ou outros bens móveis
necessários ou úteis ao exercício de qualquer profissão.
b) não podem ser penhorados, à falta de outros bens, os frutos e
rendimentos dos bens inalienáveis.
c) o executado pode remir a execução, pagando ou consignando a
importância atualizada da dívida, mais juros, custas e honorários
advocatícios, até trinta dias após a adjudicação ou alienação dos bens
penhorados.
d) a impenhorabilidade é oponível à cobrança do crédito concedido para a
aquisição do próprio bem.
e) a impenhorabilidade não alcança quantias depositadas em caderneta de
poupança, qualquer que seja o valor.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ A alternativa correta levou em
consideração a impenhorabilidade absoluta de alguns bens descritos no art. 833
do CPC/15, em especial, aqueles descritos no inciso V do dispositivo legal, abaixo
transcrito:

³9- os livros, as máquinas, as ferramentas, os utensílios, os instrumentos


ou outros bens móveis necessários ou úteis ao exercício da profissão do
executado´

Tais bens não podem ser penhorados de maneira alguma, mesmo que não exista
qualquer outro bem. Por isso é que a impenhorabilidade é absoluta. As demais
assertivas possuem vícios. Vejamos:
/HWUD³%´HUUDGDpois o art. 834 do CPC/15 autoriza a penhora nestes casos.
/HWUD³&´HUUDGDpois pode o executado remir a execução até a adjudicação ou
alienação, conforme art. 826 do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGDpois o §1º do art. 833 do CPC/15 diz que a impenhorabilidade
não se opõe à cobrança de crédito concedido para aquisição do próprio bem.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
/HWUD³(´HUUDGDpois alcança os valores depositados em caderneta de poupança
até 40 salários mínimos, conforme inciso X do art. 833 do CPC/15.

¡ - Q361336 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista


Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil /
Execução; ) Na posse de mandado de penhora, o oficial de justiça se dirige
ao endereço residencial do devedor para a realização do ato. Chegando ao
local, o devedor atende o oficial, mas não permite sua entrada, fechando
as portas da casa, a fim de obstar a penhora dos bens. Neste caso, segundo
o procedimento previsto pelo Código de Processo Civil, o oficial de justiça.
a) prosseguirá no cumprimento do mandado, arrombando portas, móveis
e gavetas, onde presumir que se achem os bens, não sendo necessária
ordem judicial expressa de arrombamento.
b) prosseguirá no cumprimento do mandado, requisitando auxílio de força
policial para arrombar portas, móveis e gavetas, onde presumir que se
achem os bens, não sendo necessária ordem judicial expressa de
arrombamento.
c) comunicará o fato ao juiz, solicitando-lhe ordem de arrombamento, que
deve ser expressa.
d) prosseguirá no cumprimento do mandado, arrestando tantos bens
quantos bastem para garantir a execução, desde que possíveis de serem
visualizados e identificados sem entrar na casa.
e) prosseguirá no cumprimento do mandado, arrombando portas, móveis
e gavetas, onde presumir que se achem os bens, não sendo necessária
ordem judicial expressa de arrombamento, e dará ordem de prisão ao
devedor por resistir ao cumprimento da ordem judicial de penhora.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³&´ A situação narrada pela FCC está
relacionada diretamente ao art. 846 do CPC/15, que fala em comunicação ao Juiz
com requerimento de ordem de arrombamento, que deve ser expressamente
deferida para que seja efetivada. Vejamos o dispositivo legal:

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
³Art. 846. Se o executado fechar as portas da casa a fim de obstar a
penhora dos bens, o oficial de justiça comunicará o fato ao juiz,
solicitando-lhe ordem de arrombamento´.

Com o deferimento da ordem, aplica-se o §1°, do art. 846 do CPC/15, que assim
diz:

³§ 1o Deferido o pedido, 2 (dois) oficiais de justiça cumprirão o mandado,


arrombando cômodos e móveis em que se presuma estarem os bens, e
lavrarão de tudo auto circunstanciado, que será assinado por 2 (duas)
testemunhas presentes à diligência´

As demais assertivas possuem erros, conforme será demonstrado a


seguir:
/HWUD ³$´ HUUDGD pois não há ordem de arrombamento implícita. Deve ser
requerida ao Juiz e por ele deferida.
/HWUD ³%´ HUUDGD pois não há ordem de arrombamento implícita. Deve ser
requerida ao Juiz e por ele deferida.
/HWUD ³'´ HUUDGD pois não há que se fazer o arresto, já que o devedor foi
encontrado. O art. 830 do CPC/15, que fala em arresto executivo, somente se
aplica se o devedor/executado não for encontrado.
/HWUD ³(´ HUUDGD pois não há ordem de arrombamento implícita. Deve ser
requerida ao Juiz e por ele deferida.

¡¡ - Q361338 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista


Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil / Execução)
(Adaptada ao CPC/15) Sobre o procedimento de alienação por meio de
leilão judicial, previsto pelo Código de Processo Civil, considere:

I. Existindo primeira praça ou leilão de diversos bens e se houver mais de


um (uma) lançador, será preferido aquele que se propuser a arrematá-los
englobadamente, oferecendo para os que tiverem licitantes o preço de
maior lanço e para os que não tiverem, preço inferior ao da avaliação, desde
que não seja vil.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
Äđ ҅†‚„…Ž ŠŠ‰† Ó †€ƒŒƒ€† † ‚†‹‡†ŽÔ lj Ïǁ‡ˆ‰ Ջica dos
mandatários, quanto aos bens de cuja administração ou alienação estejam
encarregados.
ÄÄđ Ö ‰ŠŠ×Ё‚ „… ‰  Š…́ƒŒ‰ Î ‚ƒ‚ˆ‰ ͅ€ƒÇƒ†‚ ŠÍa adquirido por meio de
pagamento em prestações.
IV. Se o arrematante ou seu fiador não pagar o preço no prazo estabelecido,
o juiz impor-lhe-á, em favor do exequente, a perda da caução, voltando os
bens a novo leilão, dos quais não serão admitidos a participar o
arrematante e o fiador remissos.
V. O fiador do arrematante, que pagar o valor do lanço e a multa, poderá
requerer que a arrematação lhe seja transferida.

Está correto o que consta APENAS em


a) I, II e III.
b) III, IV e V.
c) I, III e IV.
d) II, IV e V.
e) I, II e V.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ Estão corretas as assertivas III, IV e V,
conforme análise a seguir:
I. Errada, pois o art. 893 do CPC/15 diz que para os bens que já possuem
lance, o valor deve ser igual ao do maior lance e para os demais bens,
o valor da avaliação. Vejamos a transcrição do dispositivo legal:

³Art. 893. Se o leilão for de diversos bens e houver mais de um lançador,


terá preferência aquele que se propuser a arrematá-los todos, em
conjunto, oferecendo, para os bens que não tiverem lance, preço igual
ao da avaliação e, para os demais, preço igual ao do maior lance que, na
tentativa de arrematação individualizada, tenha sido oferecido para eles´

II. Errada, pois vários outros não podem lançar, conforme art. 890 do
CPC/15, abaixo transcrito para conhecimento:

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
³Art. 890. Pode oferecer lance quem estiver na livre administração de
seus bens, com exceção:
I - dos tutores, dos curadores, dos testamenteiros, dos administradores
ou dos liquidantes, quanto aos bens confiados à sua guarda e à sua
responsabilidade;
II - dos mandatários, quanto aos bens de cuja administração ou alienação
estejam encarregados;
III - do juiz, do membro do Ministério Público e da Defensoria Pública, do
escrivão, do chefe de secretaria e dos demais servidores e auxiliares da
justiça, em relação aos bens e direitos objeto de alienação na localidade
onde servirem ou a que se estender a sua autoridade;
IV - dos servidores públicos em geral, quanto aos bens ou aos direitos da
pessoa jurídica a que servirem ou que estejam sob sua administração
direta ou indireta;
V - dos leiloeiros e seus prepostos, quanto aos bens de cuja venda
estejam encarregados;
VI - dos advogados de qualquer das partes´

III. Correta, já que o art. 895 do CPC/15 autoriza o pagamento parcelado e


disciplina seu procedimento, conforme transcrição abaixo:

Art. 895. O interessado em adquirir o bem penhorado em prestações poderá


apresentar, por escrito:
I - até o início do primeiro leilão, proposta de aquisição do bem por valor não
inferior ao da avaliação;
II - até o início do segundo leilão, proposta de aquisição do bem por valor que
não seja considerado vil.
§ 1o A proposta conterá, em qualquer hipótese, oferta de pagamento de pelo
menos vinte e cinco por cento do valor do lance à vista e o restante parcelado
em até 30 (trinta) meses, garantido por caução idônea, quando se tratar de
móveis, e por hipoteca do próprio bem, quando se tratar de imóveis.
§ 2o As propostas para aquisição em prestações indicarão o prazo, a
modalidade, o indexador de correção monetária e as condições de pagamento
do saldo.
§ 4o No caso de atraso no pagamento de qualquer das prestações, incidirá multa
de dez por cento sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas
vincendas.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
§ 5o O inadimplemento autoriza o exequente a pedir a resolução da arrematação
ou promover, em face do arrematante, a execução do valor devido, devendo
ambos os pedidos ser formulados nos autos da execução em que se deu a
arrematação.
§ 6o A apresentação da proposta prevista neste artigo não suspende o leilão.
§ 7o A proposta de pagamento do lance à vista sempre prevalecerá sobre as
propostas de pagamento parcelado.
§ 8o Havendo mais de uma proposta de pagamento parcelado:
I - em diferentes condições, o juiz decidirá pela mais vantajosa, assim
compreendida, sempre, a de maior valor;
II - em iguais condições, o juiz decidirá pela formulada em primeiro lugar.
§ 9o No caso de arrematação a prazo, os pagamentos feitos pelo arrematante
pertencerão ao exequente até o limite de seu crédito, e os subsequentes, ao
executado.

IV. Correta, em conformidade com o art. 897 do CPC/15.


V. Correta, de acordo com o art. 898 do CPC/15.

¡¢ - Q357876 ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Recife - PE - Procurador


/ Direito Processual Civil / Execução) (Adaptada ao CPC/15)
Considerando que Carlos e Daniel foram citados em execução de título
executivo extrajudicial, analise as proposições abaixo.

I. Se reconhecerem o crédito, Carlos e Daniel poderão, no prazo dos


embargos, depositar 30% do valor da execução, incluindo custas e
honorários e requerer o pagamento do saldo remanescente em até 6
parcelas mensais, corrigidas monetariamente e acrescidas de juros de 1%
ao mês.
II. Caso tenham procuradores diferentes, Carlos e Daniel gozarão do prazo
em dobro para apresentação de embargos.
III. Carlos e Daniel poderão, uma vez garantido o juízo, apresentar
embargos, no prazo de quinze dias, contado da data da juntada do último
mandado aos autos.

Está correto o que se afirma em

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
”• I, II e III.
Õ I, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I e II, apenas.
e) I e III, apenas.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³%´ Apenas a assertiva I está correta,
conforme será demonstrado a seguir:
I. Correta, em conformidade com o art. 916 do CPC/15, que será transcrito
a seguir:

³Art. 916. No prazo para embargos, reconhecendo o crédito do


exequente e comprovando o depósito de trinta por cento do valor em
execução, acrescido de custas e de honorários de advogado, o executado
poderá requerer que lhe seja permitido pagar o restante em até 6 (seis)
parcelas mensais, acrescidas de correção monetária e de juros de um por
cento ao mês´.

II. Errada, pois o art. 915, §3º do CPC/15 diz não se aplicar o art. 229 do
CPC/15 em relação ao prazo para embargos.
III. Errada, pois o prazo é independente, conforme art. 915, §1º do CPC/15,
ou seja, da juntada de cada mandado de citação terá início o prazo para
o litisconsorte. Apenas será contado da última juntada no caso de os
executados serem cônjuges ou companheiros entre si. Além disso, para
a apresentação de embargos não há a necessidade de garantia do juízo,
nos termos do art. 914 do CPC/15.

¡£ - Q351048 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 15ª Região - Analista Judiciário


- Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil / Execução; ) Carlos
venceu ação de indenização por acidente do trabalho contra a empregadora
XIS Cosméticos. Por sua vez, quando do cumprimento da sentença, o juiz
desconsiderou a personalidade jurídica de XIS Cosméticos e determinou a

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
‹È‰Ž† €‰Š ‹Š € Š… †€ƒ‹ƒŠŒŽ†€‰ŽÔ ’‚†‰Ž‘ ’‰ DžŽƒŽ o mandado, o
oficial de justiça constatou que Alaor possui um único bem imóvel urbano
no qual reside com sua esposa, não escriturado como bem de família, além
dos móveis que o guarnecem, equipamentos de uso profissional e algumas
obras de arte, todos quitados. De acordo com lei especial que dispõe sobre
a impenhorabilidade do bem de família, a penhora
”• deverá recair sobre todos os bens, incluindo o imóvel, por tratar-se de
dívida decorrente de acidente do trabalho movida por empregado contra
empregadora.
b) deverá recair apenas sobre as obras de arte, tendo em vista que os
demais bens estão abrangidos pela impenhorabilidade do bem de família.
c) deverá recair apenas sobre os equipamentos de uso profissional e sobre
as obras de arte, tendo em vista que os demais bens estão abrangidos pela
impenhorabilidade do bem de família.
d) deverá recair sobre os móveis que guarnecem o imóvel, sobre os
equipamentos de uso profissional e sobre as obras de arte, tendo em vista
que apenas o imóvel está abrangido pela impenhorabilidade do bem de
família.
e) não deverá ser realizada, tendo em vista que todos os bens estão
abrangidos pela impenhorabilidade do bem de família.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ A lei que trata do bem de família é a
8009/90. Os principais pontos são transcritos para análise:

ØÙÚÛ§ ÜÝ Þ ßàáâãä Úãåßæãçèßéä êÚáêÚßë æë èéåéäì ëí æé ãçWLGDGHIDPLOLDUp


°¸î­±ï¶®¯º­» ­ ±ð¶ ®­¬î¶±µ­®¯  ñ³¹»ñ³­® ²°î¶ µ­ µívida civil,
·¶¸­®·°¹»ò ó°¬·¹»ò î®­º°µ­±·°¯®°¹ ¶³ µ­ ¶³²®¹ ±¹²³®­¼¹ò contraída pelos
·ô±õ³ö­¬ ¶³ î­»¶¬ î¹°¬ ¶³ ó°»ï¶¬ ñ³­ ¬­õ¹¸ ¬­³¬ ­²ários e nele
®­¬°µ¹¸ò ¬¹»º¶ ±¹¬ ï°î÷²­¬­¬ î®­º°¬²¹¬ ±­¬²¹ »­°ø ù¹®¯ö®¹óo único. A
°¸î­±ï¶®¹ú°»°µ¹µ­ ·¶¸î®­­±µ­ ¶ °¸÷º­» ¬¶ú®­ ¶ ñ³¹» ¬­ assentam a
·¶±¬²®³ûð¶ò ¹¬ ±²¹ûü­¬ò ¹¬ ú­±ó­°²¶®°¹¬ µ­ ñ³¹»ñ³­® ±¹²³reza e todos

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
¶¬ ­ñ³°î¹¸­±²¶¬ò °±·»³¬°º­ ¶¬ µ­ ³¬¶ 󰬬°¶±¹»ò ¶³ ¸÷ºeis que
ýíéÚçãèãà é èéåéì æãåæã þíã þíßÛéæë妧

ÿ   
-se da impenhorabilidade os veículos de
        



ÿArt. 5º Para os efeitos de impenhorabilidade, de que trata esta


l   ! "# $ #%&l "'l(ado pelo casal
" ol ' )#l o # o#'* Parágrafo
ú±°·¶ø +¹ ï°î÷²­¬­ µ­ ¶ ·¹¬¹»ò ¶³ ­±²°µ¹µ­ 󹸰»°¹®ò ¬­® possuidor de
º¯®°¶¬ °¸÷º­°¬ ³²°»°¼¹µ¶¬ ·¶¸¶ ®­¬°µv±·°¹ò ¹ °¸î­±ï¶®¹ú°»idade recairá
¬¶ú®­ ¶ µ­ ¸­±¶® º¹»¶®ò ¬¹»º¶ ¬­ ¶³²®¶ ²°º­® ¬°µ¶ ®­ö°¬²®ado, para esse
ó°¸ò ±¶ f­ö°¬²®¶ µ­ ,¸÷º­°¬ ­ ±¹ 󶮸¹ µ¶ DUWGR&yGLJR&LYLO´

Analisando o que foi dito pela FCC, verifica-se que o executado possui apenas um
imóvel, que não foi registrado como bem de família. Pela leitura do art. 5º da Lei
8009/90, não há necessidade de tal registro quando se tratar de imóvel único.
Além disso, as obras de arte não estão abrangidas pela impenhorabilidade,
SRGHQGR VHU SRUWDQWR SHQKRUDGDV FRPR GL] D OHWUD ³%´ FRQVLGHUDGD FRUUHWD
Vejamos os erros das demais assertivas:
/HWUD ³$´ HUUDGD SRLV QmR SRGH UHFDLU VREUH R LPyYHO H RV PyYHLV TXH R
guarnecem, salvo as obras de arte.
/HWUD ³&´ HUUDGD SRLV RV HTXLSDPHQWRV GH XVR SURILVVLRQDO VmR DEVROXWDPHQWH
impenhoráveis.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVVRPHQWHDVREUDVGHDUWHSRGHPVHUSHQKRUDGDV
/HWUD³(´HUUDGDSRLVDVREUDVGHDUWHSRGHPVHUSHQKRUDGDV

¡¤ - Q351052 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 15ª Região - Analista Judiciário


- Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil / Execução; ) Em
relação ao processo de execução, é correto afirmar:
”• A petição inicial da ação de execução prescinde da juntada do título
executivo.
b) É possível que ocorram várias penhoras sobre um mesmo bem.
c) O processo executivo não admite emenda à petição inicial.
d) A propositura da execução não interrompe a prescrição.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
«• O credor precisa indicar, na petição inicial da execução, o valor
atualizado do débito, mas a cobrança da correção monetária deve ser feita
em processo autônomo.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³%´ A informação de que é possível a
realização de várias penhoras sobre um mesmo bem é totalmente válida, sendo
muito comum no dia a dia forense. Imagine que o mesmo devedor é executado
em 3 processos, cada um no valor de R$100.000,00. O único bem passível de
penhora é um imóvel avaliado em R$300.000,00. Podemos realizar as três
penhoras sobre o mesmo bem, aliená-lo, efetuando o pagamento aos três
credores. As demais informações, das outras assertivas, estão totalmente erradas
conforme análise a seguir:
/HWUD ³$´ HUUDGD SRLV WDO GRFXPHQWR p LPSUHVFLQGtYHO 7UDWD-se de documento
obrigatório, pois não há execução sem título executivo.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVRDUW801 do CPC/15 permite a emenda no prazo de 15
dias.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVRDUW802 do CPC/15 fala que o despacho que ordena a
citação interrompe a prescrição havendo a retroação do termo interruptivo à data
de propositura da demanda.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVDFREUDQoDGDFRUUHomRPRQHWiULDMXURVPXOWDVHHWFVHUi
realizada nos próprios autos do processo, sendo contempladas no valor atualizado
do débito.

¡¥ - Q355316 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 15ª Região - Analista Judiciário


- Área Judiciária / Direito Processual Civil / Execução; ) Em ação promovida
por José, João é condenado a indenizá-lo pelas consequências decorrentes
de lesão corporal dolosa, incluindo danos materiais emergentes, arbitrados
em quantia certa, e despesas com tratamentos médicos futuros, até total
recuperação de José. Ao executar a sentença, transitada em julgado,
José (Adaptada ao CPC/15)
”• deverá, primeiro, promover a liquidação por arbitramento da parte
ilíquida, para depois executar a decisão.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
Õ deverá, primeiro, promover a liquidação pelo procedimento comum da
parte ilíquida, para depois executar a decisão.
À• poderá promover, simultaneamente, a execução da parte líquida e a
liquidação pelo procedimento comum da parte ilíquida da decisão.
d) poderá promover, nos mesmos autos, a execução da parte líquida e a
liquidação por arbitramento da parte ilíquida da decisão.
e) poderá promover apenas a execução da parte líquida, pois é vedado ao
juiz proferir decisão sem determinação prévia do quantum debeatur.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa CORRETA É A L(75$³&´Mais uma vez a questão é respondida
com base no art. 509 §1º do CPC/15, que fala na possibilidade de ser requerida a
execução e a liquidação simultâneas. Vejamos:

³§ 1o Quando na sentença houver uma parte líquida e outra ilíquida, ao


credor é lícito promover simultaneamente a execução daquela e, em
autos apartados, a liquidação desta´

É exatamente o que se tem na situação narrada pela FCC. Um capítulo já é


líquido ± danos morais ± e o outro ilíquido ± danos materiais ± sendo que o último
deve ser liquidado pelo procedimento comum em decorrência da necessidade de
serem provados fatos novos, que são os gastos necessários ao reestabelecimento
do acidentado. Não há que se falar em liquidação por arbitramento, pois não há
necessidade de produção de prova pericial para chegarmos ao valor da
condenação, mas sim, prova do que será realizado durante o tratamento para
chegarmos ao valor do dano. Assim, ficam excluídas as demais assertivas,
pois trazem formas diferentes de liquidação ou afirmam algo diferente da
possibilidade de execução e liquidação simultâneas.

¡7 - Q350510 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 5ª Região (BA) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Execução) (Adaptada
ao CPC/15) Maria Glória não pagou por roupas compradas em loja de
Porto Seguro. Executada, pois emitiu cheque que voltou sem a devida

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
Ž‰ÐƒŠˆ‰ € “…‹€‰ŠÔ Ž‰Ç…Ž† †€Ð‰Æ†€‰ †Ž† †ŽÆ†Ž † xecução, alegando
a má qualidade das roupas adquiridas. Esses embargos do devedor
”• são relativos aos títulos extrajudiciais e podem ser opostos
independentemente de penhora, caução ou depósito, no prazo de 15 dias,
contados da data da juntada aos autos do mandado de citação da
executada.
b) são relativos aos títulos extrajudiciais e podem ser opostos somente
após garantir-se o Juízo mediante penhora, caução ou depósito, no prazo
de 15 dias, contados da data da juntada aos autos do mandado de citação
da executada.
c) são relativos aos títulos extrajudiciais ou judiciais, podendo ser opostos,
após penhora, caução ou depósito, em dez dias após juntada aos autos do
mandado de citação da executada.
d) são relativos aos títulos judiciais ou extrajudiciais, podendo ser opostos,
independentemente de penhora, depósito ou caução, em quinze dias após
a data de citação da executada.
e) foram extintos após as últimas reformas processuais, hoje sendo
possível apenas a oposição de impugnações aos títulos executivos, judiciais
ou extrajudiciais.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa CORR(7$e$/(75$³$´ Em primeiro lugar fica fácil perceber que
se trata de ação de execução de título extrajudicial, haja vista que o título é um
FKHTXH³VHPIXQGRV´$VVLPDGHIHVDGRH[HFXWDGRVHJXLUiDVUHJUDVGHVFULWDV
nos artigos 914 e seguintes do CPC/15, que tratam dos embargos do devedor.
Vejamos o art. 736 e 738 do CPC, que respondem ao questionamento, conforme
OHWUD³$´

³Art. 914. O executado, independentemente de penhora, depósito ou


caução, poderá se opor à execução por meio de embargos.
§ 1o Os embargos à execução serão distribuídos por dependência,
autuados em apartado e instruídos com cópias das peças processuais
relevantes, que poderão ser declaradas autênticas pelo próprio
advogado, sob sua responsabilidade pessoal.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
§ 2o Na execução por carta, os embargos serão oferecidos no juízo
deprecante ou no juízo deprecado, mas a competência para julgá-los é
do juízo deprecante, salvo se versarem unicamente sobre vícios ou
defeitos da penhora, da avaliação ou da alienação dos bens efetuadas no
juízo deprecado´

³Art. 915. Os embargos serão oferecidos no prazo de 15 (quinze) dias,


contado, conforme o caso, na forma do art. 231¦§

Vejam que não há necessidade de garantia do juízo para a apresentação dos


embargos na execução por título extrajudicial, ou seja, não há necessidade de
penhora prévia. Além disso, os embargos serão apresentados no prazo de 15 dias
a contar da juntada aos autos do mandado de citação, tudo conforme dito na letra
³$´~QLFDFRQVLGHUDGDFRUUHWD9HMDPRVRVHUURVGDVGHPDLVDVVHUWLYDV
/HWUD³%´HUUDGDSRLVQmRGHSHQGHGHJDUDQWLDGRMXt]R
/HWUD³&´HUUDGDpois não é judicial, o prazo não é de 10 dias e não precisa de
garantia do juízo.
/HWUD³'´HUUDGDpois não é a defesa nas execuções de títulos judiciais.
/HWUD³(´HUUDGDpois os embargos ainda estão previstos no CPC/15, conforme
demonstrado anteriormente.

¡© Á ¢¢¡¢¤ ( Prova: FCC - 2013 - PGE-BA - Analista de Procuradoria -


Área de Apoio Jurídico / Direito Processual Civil / Execução) (Adaptada ao
CPC/15) Promovida execução contra a empresa de guindastes Hulk -
Serviços Pesados Ltda., são oferecidos embargos do devedor, antes mesmo
de o Juízo estar garantido por penhora ou caução de bens. Tais embargos
”• serão recebidos no efeito suspensivo, se for alegado excesso de
execução.
b) serão rejeitados liminarmente, pela ausência de garantia do Juízo.
c) serão julgados improcedentes, por não haver penhora ou caução de bens
por parte da embargante.
d) serão, em regra, recebidos no duplo efeito, devolutivo e suspensivo.
e) serão recebidos, em regra, somente no efeito devolutivo.

–—˜™š›œž—Ÿ 
P  !"##$! P %"!&$'$ ()*
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ Como já visto, os embargos do devedor
não dependem de garantia do juízo, ou seja, para a sua apresentação não há
necessidade de penhora ou caução, nos termos do art. 914 do CPC/15. Além disso,
o art. 919 do CPC/15 deixa clara a ausência de efeito suspensivo:

³Art. 919. Os embargos à execução não terão efeito suspensivo´

Assim, os embargos serão recebidos normalmente, mas apenas no efeito


devolutivo.

As demais assertivas ficam excluídas com a análise feita, não


demandando análise em separado.

¡ª - Q314535 ( Prova: FCC - 2013 - AL-PB - Procurador / Direito


Processual Civil / Recursos; Execução; ) Os embargos do devedor
”• são recebidos, em regra, somente no efeito devolutivo,
excepcionalmente admitindo-se seu recebimento no duplo efeito.
b) são cabíveis, como defesa, tanto no cumprimento de sentença como na
execução por título extrajudicial.
c) exigem somente julgamento meritório, não havendo hipótese de
rejeição liminar, por sua natureza.
d) para serem opostos, necessariamente, o executado terá garantido
previamente o Juízo.
e) seguem rito especial, não havendo possibilidade de audiência
instrutória.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ Um tema recorrente nas questões sobre
execução toca aos efeitos em que são recebidos os embargos do devedor: apenas
efeito devolutivo ou também no suspensivo? A resposta é simples pois está
explícita no art. 919 do CPC/15, abaixo transcrito:

³Art. 919. Os embargos à execução não terão efeito suspensivo


§ 1o O juiz poderá, a requerimento do embargante, atribuir efeito
suspensivo aos embargos quando verificados os requisitos para a
P  !"##$! P %"!&$'$ ()*
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
concessão da tutela provisória e desde que a execução já esteja garantida
por penhora, depósito ou caução suficientes´

A regra geral é o recebimento apenas no efeito devolutivo.


Excepcionalmente poderá ser deferido o efeito suspensivo se a parte requerer,
garantir o juízo e demonstrar a presença dos requisitos para a concessão de tutela
provisória. Vejamos os erros das demais assertivas:
/HWUD ³%´ HUUDGD pois no cumprimento de sentença a defesa é por meio de
impugnação, conforme art. 525 do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGDpois podem ser indeferidas liminarmente nas hipóteses do art.
918 do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGDpois o art. 914 do CPC/15 dispensa a garantia do juízo.
/HWUD ³(´ HUUDGD pois o art. 920 do CPC/15 demonstra a possibilidade de
audiência e instrução dos embargos.

¢¾ - Q371263 ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Titular de Serviços de Notas


e de Registros - Remoção / Direito Processual Civil / Execução; ) Analise
as seguintes assertivas sobre os bens de família:

I. O único imóvel residencial do devedor que esteja locado a terceiros é


impenhorável, desde que a renda obtida com a locação seja revertida para
a subsistência da família ou para o pagamento de outra moradia.
II. O conceito de impenhorabilidade de bem de família abrange também o
imóvel pertencente a pessoas solteiras, separadas e viúvas.
III. A vaga de garagem que possui matrícula própria no registro de imóveis
não constitui bem de família para efeito de penhora.

De acordo com o entendimento sumulado do Superior Tribunal de Justiça


está correto o que se afirma em
a) II, apenas.
b) I e II, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I e III, apenas.
e) I, II e III.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ Todas as informações estão corretas,
conforme veremos a seguir:
I. Correto, em total conformidade com a Súmula nº 486 do STJ, abaixo
transcrita:

³eLPSHQKRUiYHOR~QLFRLPyYHOUHVLGHQFLDOGRGHYHGRUTXHHVWHMDORFDGR
a terceiros, desde que a renda obtida com a locação seja revertida para
a subsistêQFLDRXDPRUDGLDGDVXDIDPtOLD´

II. Correto, conforme Súmula nº 364 do STJ, abaixo transcrita:

³2FRQFHLWRGHLPSHQKRUDELOLGDGHGHEHPGHIDPtOLDDEUDQJHWDPEpPR
LPyYHOSHUWHQFHQWHDSHVVRDVVROWHLUDVVHSDUDGDVHYL~YDV´

III. Correto, conforme Súmula nº 449 do STJ, abaixo transcrita:

³$YDJDGHJDUDJHPTXHSRVVXLPDWUtFXODSUySULDQRUHJLVWURGHLPyYHLV
QmRFRQVWLWXLEHPGHIDPtOLDSDUDHIHLWRGHSHQKRUD´

¢ - Q371266 ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Titular de Serviços de Notas


e de Registros - Remoção / Direito Processual Civil / Execução; ) Italo
ajuizou ação de execução de título extrajudicial contra Maria e José,
casados. Maria é citada no dia 10 de novembro de 2012 e o mandado
citatório juntado em cartório no dia 13 de novembro de 2012. José, após
inúmeras tentativas, é citado no dia 22 de novembro de 2012 e o respectivo
mandado citatório é juntado aos autos no dia 25 de novembro de 2012.
Neste caso, o prazo para Maria e José embargarem a execução é
”• de 15 dias contado da juntada aos autos do mandato de penhora.
b) de 15 dias contado da juntada do último mandado citatório cumprido.
c) autônomo e de 10 dias contado a partir da juntada do respectivo
mandado citatório.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
¿• autônomo e de 15 dias contado a partir da juntada do respectivo
mandado citatório.
«• de 10 dias contado da juntada do último mandado citatório cumprido.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³%´ A questão é respondida com base no
art. 915, §1° do CPC/15, que fala no prazo de 15 dias para apresentação de
embargos, após a juntada do mandado de citação. Além disto, o dispositivo diz
que o prazo é autônomo para os executados, salvo se foram cônjuges ou
companheiros, como no caso em tela, hipótese em que o prazo de 15 dias
será contado do último mandado citatório cumprido. Muito cuidado com o
detalhe de serem os executados casados ou companheiros. Vejamos:

³Art. 915. Os embargos serão oferecidos no prazo de 15 (quinze) dias,


contado, conforme o caso, na forma do art. 231ø
§ -o Quando houver mais de um executado, o prazo para cada um deles
embargar conta-se a partir da juntada do respectivo comprovante da
citação, salvo no caso de cônjuges ou de companheiros, quando será
contado a partir da juntada do último´

Pelo fato de serem os executados casados é que a resposta correta é a


OHWUD³%´As demais ficam excluídas automaticamente.

¢¡ - Q292957 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Analista


Judiciário - Área Administrativa / Direito Processual Civil / Execução; ) A
impenhorabilidade do bem de família prevista na Lei no 8.009/1990 NÃO
alcança
a) o imóvel residencial de irmãos que vivem juntos.
b) o terreno sem benfeitorias, único bem do casal.
c) o apartamento onde reside sozinho o devedor.
d) a casa que serve de residência à união entre pessoas do mesmo sexo.
e) o imóvel que serve de residência aos companheiros que vivem em união
estável.

–—˜™š›œž—Ÿ 
P  !"##$! P %"!&$'$ ()*
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ A questão é interessante, porém, fácil
de ser respondida. A única situação que não é abrangida pela impenhorabilidade
GREHPGHIDPtOLDpDOHWUD³%´TXHIDODHPterreno sem benfeitorias, única
bem do casal. Por que a resposta é fácil? Porque em todas as demais situações
temos pessoas morando nos imóveis, sejam irmãos, seja sozinho, sejam pessoas
do mesmo sexo, sejam parceiros em união estável. A única situação em que não
há ninguém morando no imóvel é aquele que traz um terreno sem benfeitorias.
Mesmo que seja o único bem do casal, não é considerado bem de família. Assim,
pode ser penhorado e vendido normalmente. As demais assertivas não
precisam ser analisadas. Apenas para complementação, a Lei do bem de família
é a nº 8009/90.

¢¢ - Q292836 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Execução; )
O ÏÇ…Œ†€‰ ‰€ ŽƒŽ † ÏÇ…‡ˆ‰Ô †Æ†‹€‰ ‰… lj‹ŠƒÆ‹†‹€‰ a
importância atualizada da dívida, mais juros, custas e honorários
advocatícios, antes
a) da efetivação da penhora de bens.
b) de adjudicados ou alienados os bens.
c) da avaliação dos bens penhorados.
d) da primeira praça ou leilão.
e) da segunda praça ou leilão.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³%´ Um dos temas mais cobrados nos
concursos, quando a questão trata da execução, é a possibilidade do executado
remir a execução. A resposta é sempre simples pois geralmente as bancas querem
saber o momento, tema que está explícito no art. 826 do CPC/15, abaixo
transcrito:

³Art. 826. Antes de adjudicados ou alienados os bens, o executado pode,


a todo tempo, remir a execução, pagando ou consignando a importância
atualizada da dívida, acrescida de juros, custas e honorários
advocatícios´
P  !"##$! P %"!&$'$ ()*
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10

Vejam que antes da adjudicação ou alienação dos bens, é possível ao


executado remir a execução.

¢£ - Q286690 ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AL - Promotor de Justiça / Direito


Processual Civil / Execução; ) Numa execução por quantia certa contra
devedor solvente, foram encontrados os seguintes bens passíveis de
penhora:

I. Bens imóveis.
II. Pedras e metais preciosos.
III. Veículos de via terrestre.
IV. Quotas de sociedade empresária.
V. Direitos aquisitivos derivados de promessa de compra e venda e de
alienação fiduciária em garantia.

A penhora observará preferencialmente a seguinte ordem:


a) III, I, IV, II e V.
b) I, III, V, II e IV.
c) I, II, III, IV e V.
d) II, III, I, IV e V.
e) III, IV, I, V e II.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ A ordem de penhora a ser seguida, com
base no art. 835 do CPC/15, é a seguinte:
III. veículos de via terrestre;
I. Bens imóveis;
IV. Quotas de sociedade empresária;
II. Pedras e metais preciosos;
V. Direitos aquisitivos derivados de promessa de compra e venda e de alienação
fiduciária em garantia
O art. 835 do CPC/15, que estabelece a ordem de preferência dos bens que devem
ser penhorados, será transcrito a seguir para conhecimento:

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10

³Art. 835. A penhora observará, preferencialmente, a seguinte ordem:


I - dinheiro, em espécie ou em depósito ou aplicação em instituição
financeira; II - títulos da dívida pública da União, dos Estados e do Distrito
Federal com cotação em mercado; III - títulos e valores mobiliários com
cotação em mercado; IV - veículos de via terrestre; V - bens imóveis; VI
- bens móveis em geral; VII - semoventes; VIII - navios e aeronaves; IX
- ações e quotas de sociedades simples e empresárias; X - percentual do
faturamento de empresa devedora; XI - pedras e metais preciosos; XII -
direitos aquisitivos derivados de promessa de compra e venda e de
alienação fiduciária em garantia; XIII - outros direitos´

¢¤ - Q77978 ( Prova: FCC - 2010 - TCE-AP - Procurador / Direito Processual


Civil / Execução) (Adaptada ao CPC/15) Em matéria de embargos à execução,
é correto afirmar:
”• O prazo para embargar será de 30 dias, contados da juntada do último
mandado citatório, quando os executados, em litisconsórcio, tiverem diferentes
procuradores.
b) Curador especial não tem legitimidade para opor embargos do devedor na
situação em que o executado é citado por hora certa e permanece revel.
c) Quando houver mais de um executado, o prazo para cada um deles embargar
conta-se a partir da juntada do último mandado de citação, salvo tratando-se
de cônjuges ou companheiros.
d) Na execução por carta, os embargos serão oferecidos no juízo deprecante ou
no juízo deprecado, mas a competência para julgá-los é do juízo deprecante,
salvo se versarem unicamente sobre vícios ou defeitos da penhora, da avaliação
ou da alienação dos bens efetuadas no juízo deprecado.
e) Os embargos serão apresentados no prazo de 15 dias, contados do termo de
penhora, depósito ou caução, e instruído com as cópias relevantes do processo
de execução.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³D´ A informação da FCC considerada
correta consta expressamente no art. 914, §2º do CPC/15, que trata do

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
procedimento a ser aplicado aos embargos do devedor no caso de execução por
carta, conforme transcrição a seguir:

³† o Na execução por carta, os embargos serão oferecidos no juízo


deprecante ou no juízo deprecado, mas a competência para julgá-los é
do juízo deprecante, salvo se versarem unicamente sobre vícios ou
defeitos da penhora, da avaliação ou da alienação dos bens efetuadas no
juízo deprecado´

As demais assertivas mostram-se erradas, conforme demonstrado a


seguir:
/HWUD³$´HUUDGDSRLVRSUD]RpVLPSOHVGHGLDVQmRVHDSOLFDQGRRDUW229
do CPC/15 que determina a contagem em dobro, nos termos do art. 915, §3º do
CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGDpois a Súmula nº 196 do STJ diz deter legitimidade o curador
especial para a apresentação dos embargos.
/HWUD ³&´ HUUDGD pois o prazo de cada litisconsorte é independente, salvo se
foram cônjuges ou companheiros, conforme art. 915, §1º do CPC/15.
/HWUD ³(´ HUUDGD pois o prazo é de 15 dias contados da juntada aos autos do
mandado de citação, nos termos do art. 915 do CPC/15.

¢¥ Á ¡¥¥¤¡¡ ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Execução de Mandados) (Adaptada ao CPC/15) E Ž‚†‡ˆ‰ Î ÏÇ…‡ˆ‰.
a) Podem ser executados os bens que a lei considera impenhoráveis ou
inalienáveis.
b) Entre outros, são absolutamente impenhoráveis os vestuários, bem
como os pertences de uso pessoal do executado, salvo se de elevado valor.
c) À falta de outros bens, não podem ser penhorados os frutos e
rendimentos dos bens inalienáveis.
d) É penhorável a quantia depositada em caderneta de poupança, de
qualquer valor, salvo se ficar provado que se destina à futura aposentadoria
do executado.
e) O seguro de vida é penhorável, por não ter natureza de crédito
alimentício.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³%´ Dentre os bens absolutamente
impenhoráveis, descritos no art. 833 do CPC/15, temos aqueles insertos no inciso
III, abaixo transcrito:

³,,,- os vestuários, bem como os pertences de uso pessoal do executado,


VDOYRVHGHHOHYDGRYDORU´

O que consta nas demais assertivas está errado, conforme será visto a seguir:
/HWUD ³$´ HUUDGD SRLV RV LPSHQKRUiYHLV QmR SRGHP SHOR SUySULR QRPH VHU
penhorados, bem como os inalienáveis, conforme art. 832 do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVRDrt. 834 do CPC/15 deixa clara a possibilidade de penhora
neste caso.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVDLPSHQKRUDELOLGDGHDEVROXWDGDSRXSDQoDpSDUDRYDORU
de até 40 salários mínimos, conforme inciso X da Art. 833 do CPC/15.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVRVHJXURpYLGDpDEVROXWDPHQWHLPSHQKRUiYHOFRQIRUPH
art. 833, VI do CPC/15.

¢¨ - Q248816 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Juiz do


Trabalho - Prova TIPO 4 / Direito Processual Civil / Execução) (Adaptada
ao CPC/15) É INCORRETO afirmar:
a) O fiador, quando executado, poderá nomear à penhora bens livres e
desembargados do devedor.
b) Os bens do sócio administrador de empresa, em regra, respondem pelas
dívidas da sociedade.
c) São títulos executivos judiciais o crédito de auxiliar da justiça, quando
as custas, emolumentos ou honorários tiverem sido aprovados por decisão
judicial.
d) É definitiva a execução fundada em título extrajudicial.
e) Considera-se em fraude à execução a alienação ou oneração de bens
quando, ao tempo da alienação ou oneração, corria contra o devedor
demanda capaz de reduzi-lo à insolvência.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ Os bens do sócio podem vir a responder
pelas dívidas da sociedade, mas somente de forma excepcional, já que o art.
789, II do CPC/15 fala desta responsabilidade nos termos da lei. Isso ocorre, por
exemplo, nas sociedades em que os sócios possuem responsabilidade ilimitada,
como ocorre na sociedade em nome coletivo.

As demais assertivas estão corretas, conforme será visto a seguir:


/HWUD³$´correta, conforme art. 794 do CPC/15.
/HWUD³&´correta, de acordo com o art. 515, V do CPC/15.
/HWUD³'´correta, pois as hipóteses de execução provisória existem apenas para
os títulos executivos judiciais, nos termos do art. 520 do CPC/15.
/HWUD³(´correta, de acordo com o art. 792, IV do CPC/15.

¢© - Q249333 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 11ª Região (AM) - Juiz do


Trabalho - Tipo 5 / Direito Processual Civil / Execução) Na execução,
a) verificando o juiz que a petição inicial está incompleta, deverá indeferi-
la de imediato.
b) não pode ela fundar-se em mais de um título extrajudicial relativos ao
mesmo negócio.
c) ela se realiza no interesse do credor, que adquire, pela penhora, o direito
de preferência sobre os bens penhorados.
d) cumpre ao credor, ao requerê-la, pedir a intimação do devedor,
instruindo a inicial com os documentos pertinentes.
e) quando puder ser realizada por vários meios, o juiz mandará que se a
promova pelo modo menos gravoso para o credor.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ $ LQIRUPDomR TXH FRQVWD QD OHWUD ³&´
está de acordo com o art. 797 do CPC/15, abaixo transcrito:

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
³Art. 797. Ressalvado o caso de insolvência do devedor, em que tem
lugar o concurso universal, realiza-se a execução no interesse do
exequente que adquire, pela penhora, o direito de preferência sobre os
bens penhorados´

As demais assertivas trazem informações erradas, conforme análise a seguir:


/HWUD³$´HUUDGDSRLVGHYHUiGHWHUPLQDUDHPHQGDGDSHWLomRLQLFLal, de acordo
com o art. 801 do CPC/15.
/HWUD ³%´ HUUDGD pois a Súmula nº 27 do STJ permite que a execução esteja
fundada em mais de um título executivo extrajudicial.
/HWUD³'´HUUDGDpois o art. 829 do CPC/15 diz que haverá a citação de executado
e não a intimação.
/HWUD³(´HUUDGDpois o meio é menos gravoso para o devedor, conforme art. 805
do CPC/15.

¢9 - Q240543 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 6ª Região (PE) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil /
Execução; Cumprimento de sentença) (Adaptada ao CPC/15) No
cumprimento de sentença, o devedor condenado ao pagamento de quantia
certa
”• será citado para efetuar o pagamento em 24 horas ou nomear bens à
penhora, instaurando-se novo processo, pela execução.
b) poderá impugná-lo, alegando, apenas, causa extintiva da obrigação
posterior ao trânsito em julgado da sentença.
c) poderá impugná-lo, alegando nulidade da citação no processo de
conhecimento, ainda que ele não tenha corrido à revelia.
d) não poderá impugná-lo, salvo se o processo de conhecimento tiver
corrido à revelia.
e) deverá efetuar o pagamento no prazo de 15 dias, sob pena de ser
acrescida multa e honorários advocatícios, ambos de 10%.

–—˜™š›œž—Ÿ 
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´já que consta exatamente o contido no
art. 523, §1° do CPC/15:

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
³Art. 523. No caso de condenação em quantia certa, ou já fixada em
liquidação, e no caso de decisão sobre parcela incontroversa, o
cumprimento definitivo da sentença far-se-á a requerimento do
exequente, sendo o executado intimado para pagar o débito, no prazo de
15 (quinze) dias, acrescido de custas, se houver.

§ 1o Não ocorrendo pagamento voluntário no prazo do caput, o débito


será acrescido de multa de dez por cento e, também, de honorários de
advogado de dez por cento´.

As demais assertivas estão erradas, conforme demonstrado a seguir:


/HWUD³$´HUUDGDpois o certo é intimação para pagamento no prazo de 15 dias,
nos termos do art. 523 do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGDSRLVR§1°, do art. 525 do CPC/15, traz várias outras alegações
que podem ser trazidas na impugnação.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVRLQFLVR,GR §1°, do art. 525 do CPC/15 fala em nulidade
de citação apenas se o processo correu à revelia.
/HWUD ³'´ HUUDGD SRLV R DUW 525 do CPC/15 autoriza a apresentação de
impugnação, ainda que o processo não tenha corrido à revelia.

£¾ - Q231481 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Área Judiciária / Direito Processual Civil / Execução)
N…† ÏÇ…‡ˆ‰Ô “ƒŒ† † ‹È‰Ž†  “ŒƒÐ†€† † †Ð†‚ƒ†‡ˆ‰Ô requereram a
adjudicação do bem penhorado pelo valor da avaliação: o exequente, um
credor concorrente que havia penhorado o mesmo bem, um filho do
executado, o cônjuge do executado e o pai do executado. Procedida
licitação entre os pretendentes, constatou-se a igualdade das respectivas
ofertas. Nesse caso, terá preferência o
a) cônjuge do executado
b) exequente.
c) filho do executado
d) credor concorrente.
e) pai do executado.

–—˜™š›œž—Ÿ 
P  !"##$! P %"!&$'$ ()*
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ A resposta consta no art. 876, §6º do
CPC/15, assim redigido:

³§ 6o Se houver mais de um pretendente, proceder-se-á a licitação entre


eles, tendo preferência, em caso de igualdade de oferta, o cônjuge, o
companheiro, o descendente ou o ascendente, nessa ordem´

Vejam que o cônjuge do executado possui preferência caso todas as


ofertas sejam iguais. Após dele, o descendente ou ascendente.

£ Á (Prova: FCC - 2016 ± Prefeitura de Campinas - Procurador)


O “ƒ†€‰ŽÔ „…†‹€‰ ÏÇ…Œ†€‰Ô Œ ‰ €ƒŽƒŒ‰ € ÏƒÆƒŽ „… primeiro sejam
executados os bens do devedor situados na mesma comarca, livres e
desembargados, indicando-RVSRUPHQRUL]DGDPHQWHjSHQKRUD´
Esse enunciado refere-se ao
a) direito de imputação do devedor, passível de renúncia pelo fiador, por
se tratar de direito disponível.
b) direito de preleção ou preferência, que é passível de renúncia pelo
fiador.
c) benefício de ordem, que é passível de renúncia pelo fiador.
d) benefício de ordem, que é insuscetível de renúncia pelo fiador.
e) direito de preleção ou preferência, que é insuscetível de renúncia pelo
fiador.

COMENTÁRIOS:
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³C´ Nos termos do art. 794 do CPC/15
possui o direito de exigir a execução de bens do devedor principal. A isso, dá-se
o nome de benefício de ordem. Este benefício pode ser renunciado pelo fiador, por
meio de cláusula contratual, situação bastante comum nos contratos de fiança
firmados em contrato de locação de imóveis.
Na alternativa ³D´ o erro está em não admitir a renúncia do benefício de ordem.
As demais assertivas não possuem relação com a afirmativa constante do
enunciado e por isso não precisam ser analisadas separadamente.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10

£¡ Á (Prova: FCC - 2016 ± Prefeitura de Campinas - Procurador)


E Ž‚†‡ˆ‰ †‰ DžŽƒ‹Œ‰ € Š‹Œ‹‡†Ô lj‹Šƒ€Ž.
I. O cumprimento da sentença não poderá ser promovido em face do fiador,
do coobrigado ou do corresponsável que não tiver participado da fase de
conhecimento.
II. Quando o juiz decidir relação jurídica sujeita a condição ou termo, o
cumprimento da sentença dependerá de demonstração de que se realizou
a condição ou de que ocorreu o termo.
III. A autocomposição judicial pode envolver sujeito estranho ao processo,
mas não pode versar sobre relação jurídica que não tenha sido deduzida
em Juízo, por implicar lesão ao princípio da adstrição ou congruência.
IV. São títulos executivos judiciais as decisões proferidas no processo civil
que reconheçam a exigibilidade de obrigação de pagar quantia, somente,
dependendo a obrigação de fazer, de não fazer ou de entregar coisa de
prévio processo de conhecimento.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) II, III e IV.
b) II e IV.
c) I e III.
d) I e II.
e) I, III e IV.

COMENTÁRIOS:
A alternativa &255(7$e$/(75$³D´, conforme análise feita a seguir:

I. Correta, em conformidade com o §5°, do art. 513 do CPC/15. Caso fosse


possível o cumprimento de sentença em face do fiador que não tivesse
participado da fase de conhecimento, haveria clara violação ao princípio
do contraditório.
II. Correta, nos termos do art. 514 do CPC/15.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
III. Errada, já que a autocomposição pode abranger terceiro ao processo e
também questões que não fazem parte da demanda judicial, nos termos
do art. 515, §2°, do CPC/15.
IV. Errada, já que as sentenças que reconhecem a obrigação de fazer, não
fazer e entregar coisa também são títulos executivos judiciais, nos
termos do art. 515, I do CPC/15.

3. LISTA DAS QUESTÕES APRESENTADAS:

 - Q371258 ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Titular de Serviços de


Notas e de Registros - Remoção / Direito Processual Civil /
Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) Paulo ajuizou ação
de indenização contra Pedro, julgada procedente em primeiro grau,
cuja sentença condenatória determinou que parte do valor da
indenização devida seria fixada por meio de liquidação de sentença
por arbitramento. A sentença foi confirmada pelo E. Tribunal de
Justiça de Pernambuco e transitou em julgado. Com o retorno dos
autos à origem, Paulo inicia a fase de liquidação de sentença na
forma fixada em sentença e o Magistrado, antes de determinar a
intimação da parte contrária na pessoa de seu advogado, determina
que a liquidação da sentença seja feita pelo procedimento comum,
já que há a necessidade de prova de fatos novos. Neste caso, a
”• liquidação por forma diversa da estabelecida na sentença não
ofende a coisa julgada.
b) decisão do Magistrado é nula, pois ofendeu a coisa julgada.
c) decisão do Magistrado é anulável, pois ofendeu a coisa julgada.
d) decisão do Magistrado é nula, pois foi prolatada de ofício, não
havendo requerimento de pelo menos uma das partes.
e) decisão do Magistrado é anulável, pois foi prolatada de ofício,
não havendo requerimento de pelo menos uma das partes.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
¡ - Q300443 ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Juiz / Direito Processual
Civil / Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) A liquidação
da sentença
a) por arbitramento, far-se-á quando determinado pela sentença,
convencionado pelas partes ou quando o exigir a natureza do objeto
da liquidação.
b) será obrigatória nos casos em que haja a necessidade de
realização de simples cálculo aritmético.
c) pelo procedimento comum, admite nova discussão da lide, com
eventual modificação da decisão que a originou.
d) implica a citação pessoal do devedor para cumprimento do
julgamento.
e) só pode ser requerida com o trânsito em julgado da sentença ou
acórdão.

¢ - Q280561 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 18ª Região (GO) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Liquidação de sentença)
(Adaptada ao CPC/15) A liquidação de sentença
”• pode incorporar os juros moratórios, embora omissa a sentença
condenatória.
b) por arbitramento não pode ser convencionada pelas partes.
c) pelo procedimento comum permite ao réu arguir a prescrição que
não foi alegada no processo que originou a sentença ilíquida
transitada em julgado.
d) por forma diversa da estabelecida na sentença ofende a coisa
julgada.
e) pelo procedimento comum é inadmissível nas causas de
ressarcimento por danos causados em acidente de veículo de via
terrestre.

£ - Q270122 ( Prova: FCC - 2012 - PGM-Joao Pessoa-PB -


Procurador Municipal / Direito Processual Civil / Liquidação de
sentença) (Adaptada ao CPC/15) Uma empresa de cartão de crédito

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
/01 À02¿«2”¿” «3 43” ”560 ¿« 12¿«217”560 3081¿” 90: uma
Confederação Brasileira de um determinado esporte, pelo uso
indevido da logomarca da Confederação em determinada campanha
promocional, não sendo possível aferir o prejuízo sofrido pela
vencedora durante a regular instrução. Neste caso, a Confederação
vencedora deverá promover a liquidação
”• por cálculo, necessariamente após o trânsito em julgado da
sentença monocrática que julgou procedente a ação indenizatória.
b) pelo procedimento comum, necessariamente após o trânsito em
julgado da sentença monocrática que julgou procedente a ação
indenizatória.
c) por arbitramento, necessariamente após o trânsito em julgado
da sentença monocrática que julgou procedente a ação
indenizatória.
d) por arbitramento, que poderá ser requerida na pendência de
recurso, processando-se em autos apartados, no juízo de origem,
cumprindo ao liquidante instruir o pedido com cópias das peças
processuais pertinentes.
e) pelo procedimento comum, que poderá ser requerida na
pendência de recurso, processando-se em autos apartados, no juízo
de origem, cumprindo ao liquidante instruir o pedido com cópias
das peças processuais pertinentes.

¤ ± Q289163 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Liquidação de sentença)
(Adaptada ao CPC/15) No que concerne à liquidação de sentença,
de acordo com o Código de Processo Civil,
a) das decisões interlocutórias proferidas na fase de liquidação
caberá recurso de apelação sem efeito suspensivo.
b) do requerimento de liquidação de sentença será a parte, em
regra, citada e intimada pessoalmente.
c) a liquidação poderá ser requerida na pendência de recurso,
processando-se em autos apartados, no juízo de origem, cumprindo

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
”0 a1;41¿”2<« 12=<:41: 0 9«¿1¿0 À03 À>91”= ¿”= 9«5”s processuais
pertinentes.
¿• na liquidação pelo procedimento comum é possível nova
discussão da lide ou modificação da sentença que a julgou.
e) na liquidação por arbitramento, observar-se-á, no que couber, o
procedimento comum.

¥ - Q248815 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Juiz do


Trabalho - Prova TIPO 4 / Direito Processual Civil / Cumprimento
de sentença; Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) A
respeito da liquidação e do cumprimento de sentença, é correto
afirmar:
a) Do requerimento de liquidação de sentença será a parte intimada
na pessoa de seu advogado ou por meio da sociedade de
advogados.
b) Não sendo requerida a execução no prazo de seis meses, sempre
ocorre a prescrição da pretensão ao crédito.
c) Far-se-á a liquidação por arbitramento quando, para determinar
o valor da condenação, houver necessidade de alegar e provar fato
novo.
d) Quando na sentença houver uma parte líquida e outra ilíquida, o
credor deverá promover a liquidação da parte ilíquida antes de
requerer o cumprimento da parte líquida.
e) Caso o devedor, condenado ao pagamento de quantia certa ou já
fixada em liquidação, não o efetue no prazo de cinco dias, o
montante da condenação será acrescido de multa no percentual de
vinte por cento.

¨ - Q249338 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 11ª Região (AM) - Juiz do


Trabalho - Tipo 5 / Direito Processual Civil / Liquidação de
sentença) (Adaptada ao CPC/15) A liquidação de sentença
”• por arbitramento é necessária quando houver necessidade de
alegar e provar fato novo.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
Õ pode ser requerida na pendência do julgamento da apelação com
efeito suspensivo.
À• admite a discussão de matérias alheias à fixação do valor da
obrigação, desde que sejam de ordem pública.
d) por arbitramento não pode ser convencionada pelas partes,
salvo se a convenção antecedeu a decisão objeto da liquidação.
e) será necessária ainda que o valor da sentença possa ser obtido
a partir de simples cálculo aritmético.

© - Q232329 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Analista Judiciário -


Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Liquidação de
sentença) A liquidação da sentença
”• poderá ser requerida na pendência de recurso, processando-se
em autos apartados, no juízo de origem, cumprindo ao liquidante
instruir o pedido com cópias das peças processuais pertinentes.
b) é determinada em toda e qualquer sentença condenatória.
c) permite discutir de novo a lide, com eventual modificação da
sentença que a determinou.
d) é recorrível por apelação.
e) far-se-á por arbitramento quando, para determinar o valor da
condenação, houver necessidade de alegar e provar fato novo.

ª - Q111477 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 23ª REGIÃO (MT) - Técnico


Judiciário - Área Administrativa / Direito Processual Civil /
Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) Quando a
liquidação da sentença depender apenas de cálculo aritmético, o
credor requererá
”• a prévia remessa dos autos ao contador do juízo, para elaboração
do cálculo.
b) a liquidação da sentença por arbitramento.
c) o cumprimento da sentença, instruindo o pedido com a memória
discriminada e atualizada do cálculo.
d) a liquidação da sentença pelo procedimento comum.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
«• a nomeação de perito contábil, às expensas do executado, para
elaboração do cálculo.

¾ - Q87800 ( Prova: FCC - 2011 - TJ-PE - Juiz / Direito Processual


Civil / Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) No tocante
à liquidação, é correto afirmar que
a) das decisões proferidas nesta fase caberá apelação.
b) quando esta se der pelo procedimento comum, haverá
necessidade de alegar e provar fato novo para determinar o valor
da condenação.
c) é sempre necessária, quando haja condenação em pecúnia.
d) é defensável que nela se discuta novamente a lide ou que se
modifique a sentença que a julgou.
e) seu requerimento pressupõe a formação anterior e necessária de
coisa julgada.

 - Q77230 ( Prova: FCC - 2010 - TCE-RO - Auditor / Direito


Processual Civil / Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15)
Se uma sentença transitada em julgado decidiu que a liquidação
deve ser feita pelo procedimento comum,
”• não poderá haver liquidação por arbitramento, porque a ordem
judicial não seria respeitada.
b) nada impede que a liquidação se faça por arbitramento, se o seu
procedimento se mostrar mais adequado.
c) a liquidação por arbitramento somente será admissível se for
necessário alegar e provar fato novo.
d) a liquidação por arbitramento somente será admissível se a
liquidação por artigos concluir pelo valor zero.
e) a liquidação por arbitramento poderá substituir a liquidação por
artigos apenas se houver convenção das partes.

¡ - Q81912 (Prova: FCC - 2010 - PGM-TERESINA-PI - Procurador


Municipal - Prova tipo 3 / Direito Processual Civil / Liquidação de
sentença) (Adaptada ao CPC/15) A liquidação da sentença

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
”• não abre ensejo à realização de perícia.
b) é determinada de ofício pelo juiz, após a condenação no processo
de conhecimento.
c) pode ser feita pelo próprio credor, independentemente de cálculo
do contador judicial, nas hipóteses em que o valor da condenação
for facilmente determinável.
d) dá-se pelo procedimento comum quando houver necessidade de
perícia e prova em audiência.
e) constitui-se em novo processo com necessidade de citação do
devedor.

¢ - Q59920 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-GO - Juiz / Direito Processual


Civil / Liquidação de sentença) (Adaptada ao CPC/15) É
INCORRETO afirmar:
”• Procede-se à liquidação quando a sentença não de terminar
desde logo o valor devido.
b) Das decisões interlocutórias proferidas na fase de liquidação de
sentença caberá agravo de instrumento.
c) Como regra, a impugnação ao cumprimento de sentença não terá
efeito suspensivo.
d) Far-se-á liquidação por arbitramento quando, para determinar o
valor da condenação, houver necessidade de alegar e provar fato
novo.
e) É vedado, na liquidação, discutir de novo a lide ou modificar a
sentença que a julgou.

£ Á ¢¨©©ª¢ ( Prova: FCC - 2014 - TJ-AP - Juiz / Direito Processual


Civil / Execução) (Adaptada ao CPC/15) No tocante à execução por
quantia certa contra devedor solvente, é correto afirmar:
”• A citação do executado far-se-á para pagamento do débito em
24 horas, ou nomeação de bens à penhora.
b) Não estão sujeitos à execução os bens que a lei considera
impenhoráveis, mas poderão ser executados os bens inalienáveis,
desde que suntuosos.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
À• A expropriação de bens do devedor consiste, exclusivamente, na
adjudicação em favor do exequente, na alienação por iniciativa
particular e na alienação em hasta pública.
d) À falta de outros bens, podem ser penhorados os frutos e
rendimentos dos bens inalienáveis.
e) Mesmo após a adjudicação ou alienação dos bens, pode o
executado, a todo tempo, remir a execução, desde que pague ou
consigne a importância atualizada do débito, juros, custas e
honorários advocatícios.

¤ - Q378894 ( Prova: FCC - 2014 - TJ-AP - Juiz / Direito Processual


Civil / Execução) (Adaptada ao CPC/15) Em relação aos embargos
à execução, é correto afirmar:
”• A decisão relativa aos efeitos dos embargos, se recebidos no
duplo efeito ou somente no efeito devolutivo, é irrecorrível, por
ausência de gravame.
b) Uma vez opostos, como regra conceder-se-á o efeito suspensivo
da execução.
c) O Juiz os rejeitará liminarmente quando intempestivos, quando
indeferir a inicial, julgar liminarmente improcedente, ou quando
manifestamente protelatórios.
d) Serão oferecidos no prazo de 10 dias, contados da data da
juntada aos autos do mandado de citação.
e) Quando houver mais de um executado, o prazo para embargar
só se iniciará após a citação de todos os devedores.

¥ ± Q378712 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 18ª Região (GO) - Juiz do


Trabalho / Direito Processual Civil / Execução) (Adaptada ao
CPC/15) No tocante à penhora de bens, é INCORRETO afirmar:
”• Desde que trabalhada pela família, não pode ser penhorada a
pequena propriedade rural, assim definida em lei.
b) À falta de outros bens, podem ser penhorados os frutos e
rendimentos dos bens inalienáveis.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
À• São absolutamente impenhoráveis os livros, as máquinas, as
ferramentas, os utensílios, os instrumentos ou outros bens móveis
necessários ou úteis ao exercício de qualquer profissão.
¿• O seguro de vida não pode ser penhorado.
e) A impenhorabilidade é oponível à cobrança do crédito concedido
para a aquisição do próprio bem.

¨ - Q357566 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 2ª REGIÃO (SP) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Execução)
(Adaptada ao CPC/15) Considere as afirmativas referentes aos
embargos à execução:

I. O executado, independentemente de penhora, depósito ou


caução, poderá opor-se à execução por meio de embargos.
II. Se opostos os embargos em reconhecida litigância de má-fé, as
sanções correspondentes serão promovidas no próprio processo de
execução, em autos apensos, operando-se por meio de
compensação ou por execução.
III. Recebidos os embargos, será o exequente ouvido no prazo de
15 dias; a seguir, o juiz julgará imediatamente o pedido ou
designará audiência. Encerrada a instrução proferirá sentença.
Está correto o que consta em
a) I e III, apenas.
b) II e III, apenas.
c) II, apenas.
d) I, apenas.
e) I, II e III.

© - Q357681 ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Cuiabá - MT -


Procurador Municipal / Direito Processual Civil / Execução) Valdir
celebrou contrato de empréstimo com Banco Europa, cujo
instrumento foi assinado por duas testemunhas. Porém, vendo-se
em dificuldades financeiras, ajuizou ação anulatória e formulou
pedido de liminar para impedir a execução do contrato. Não

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
0Ã=<”2<«? 0 @”2À0 ™4:09” ”A41704 ”560 ¿« «B«À4560C Em sede de
embargos, embora sem prestar caução, Valdir pugnou pela
suspensão da execução até julgamento da ação anulatória,
argumentando estar o débito sob discussão judicial. Este pedido
deverá ser
a) indeferido, porque a execução dos contratos bancários não
admite suspensão.
b) deferido, pois os embargos, por si só, suspendem, em regra, a
execução.
c) deferido, pois o débito está sob discussão judicial e a ação
anulatória poderá vir a ser julgada procedente.
d) indeferido, pois a propositura de ação referente ao débito, por si
só, não inibe o credor de promover-lhe a execução.
e) deferido apenas se as ações tramitarem perante o mesmo juízo.

ª - Q360704 ( Prova: FCC - 2014 - TRF - 3ª REGIÃO - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Execução) A
respeito da execução em geral, considere:

I. Podem ser penhoradas cotas sociais de sociedade limitada por


dívida particular de sócio.
II. Ficam sujeitos à execução os bens gravados com ônus real em
fraude à execução.
III. O fiador, quando executado, não poderá nomear à penhora
bens livres e desembaraçados do devedor.
Está correto o que consta APENAS em
a) III.
b) I e III.
c) II e III.
d) II.
e) I e II.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
¡¾ - Q359417 ( Prova: FCC - 2014 - TRF - 3ª REGIÃO - Analista
Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil /
Execução) (Adaptada ao CPC/15) No que concerne à execução por
quantia certa contra devedor solvente,
”• são, absolutamente, impenhoráveis os livros, as máquinas, as
ferramentas, os utensílios, os instrumentos ou outros bens móveis
necessários ou úteis ao exercício de qualquer profissão.
b) não podem ser penhorados, à falta de outros bens, os frutos e
rendimentos dos bens inalienáveis.
c) o executado pode remir a execução, pagando ou consignando a
importância atualizada da dívida, mais juros, custas e honorários
advocatícios, até trinta dias após a adjudicação ou alienação dos
bens penhorados.
d) a impenhorabilidade é oponível à cobrança do crédito concedido
para a aquisição do próprio bem.
e) a impenhorabilidade não alcança quantias depositadas em
caderneta de poupança, qualquer que seja o valor.

¡ - Q361336 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista


Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil /
Execução; ) Na posse de mandado de penhora, o oficial de justiça
se dirige ao endereço residencial do devedor para a realização do
ato. Chegando ao local, o devedor atende o oficial, mas não permite
sua entrada, fechando as portas da casa, a fim de obstar a penhora
dos bens. Neste caso, segundo o procedimento previsto pelo Código
de Processo Civil, o oficial de justiça.
”• prosseguirá no cumprimento do mandado, arrombando portas,
móveis e gavetas, onde presumir que se achem os bens, não sendo
necessária ordem judicial expressa de arrombamento.
b) prosseguirá no cumprimento do mandado, requisitando auxílio
de força policial para arrombar portas, móveis e gavetas, onde
presumir que se achem os bens, não sendo necessária ordem
judicial expressa de arrombamento.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
À• comunicará o fato ao juiz, solicitando-lhe ordem de
arrombamento, que deve ser expressa.
d) prosseguirá no cumprimento do mandado, arrestando tantos
bens quantos bastem para garantir a execução, desde que possíveis
de serem visualizados e identificados sem entrar na casa.
e) prosseguirá no cumprimento do mandado, arrombando portas,
móveis e gavetas, onde presumir que se achem os bens, não sendo
necessária ordem judicial expressa de arrombamento, e dará
ordem de prisão ao devedor por resistir ao cumprimento da ordem
judicial de penhora.

¡¡ - Q361338 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista


Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil /
Execução) (Adaptada ao CPC/15) Sobre o procedimento de
alienação por meio de leilão judicial, previsto pelo Código de
Processo Civil, considere:

I. Existindo primeira praça ou leilão de diversos bens e se houver


mais de um (uma) lançador, será preferido aquele que se propuser
a arrematá-los englobadamente, oferecendo para os que tiverem
licitantes o preço de maior lanço e para os que não tiverem, preço
inferior ao da avaliação, desde que não seja vil.
II. Qualquer pessoa é admitida a lançar, com exceção única dos
mandatários, quanto aos bens de cuja administração ou alienação
estejam encarregados.
III. É possível que o bem sujeito à leilão judicial seja adquirido por
meio de pagamento em prestações.
IV. Se o arrematante ou seu fiador não pagar o preço no prazo
estabelecido, o juiz impor-lhe-á, em favor do exequente, a perda da
caução, voltando os bens a novo leilão, dos quais não serão
admitidos a participar o arrematante e o fiador remissos.
V. O fiador do arrematante, que pagar o valor do lanço e a multa,
poderá requerer que a arrematação lhe seja transferida.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10

Está correto o que consta APENAS em


”• I, II e III.
b) III, IV e V.
c) I, III e IV.
d) II, IV e V.
e) I, II e V.

¡¢ - Q357876 ( Prova: FCC - 2014 - Prefeitura de Recife - PE -


Procurador / Direito Processual Civil / Execução) (Adaptada ao
CPC/15) Considerando que Carlos e Daniel foram citados em
execução de título executivo extrajudicial, analise as proposições
abaixo.

I. Se reconhecerem o crédito, Carlos e Daniel poderão, no prazo dos


embargos, depositar 30% do valor da execução, incluindo custas e
honorários e requerer o pagamento do saldo remanescente em até
6 parcelas mensais, corrigidas monetariamente e acrescidas de
juros de 1% ao mês.
II. Caso tenham procuradores diferentes, Carlos e Daniel gozarão
do prazo em dobro para apresentação de embargos.
III. Carlos e Daniel poderão, uma vez garantido o juízo, apresentar
embargos, no prazo de quinze dias, contado da data da juntada do
último mandado aos autos.

Está correto o que se afirma em


a) I, II e III.
b) I, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I e II, apenas.
e) I e III, apenas.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
¡£ - Q351048 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 15ª Região - Analista
Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil /
Execução; ) Carlos venceu ação de indenização por acidente do
trabalho contra a empregadora XIS Cosméticos. Por sua vez,
quando do cumprimento da sentença, o juiz desconsiderou a
personalidade jurídica de XIS Cosméticos e determinou a penhora
dos bens de seu administrador, Alaor. Ao cumprir o mandado, o
oficial de justiça constatou que Alaor possui um único bem imóvel
urbano no qual reside com sua esposa, não escriturado como bem
de família, além dos móveis que o guarnecem, equipamentos de uso
profissional e algumas obras de arte, todos quitados. De acordo
com lei especial que dispõe sobre a impenhorabilidade do bem de
família, a penhora
a) deverá recair sobre todos os bens, incluindo o imóvel, por tratar-
se de dívida decorrente de acidente do trabalho movida por
empregado contra empregadora.
b) deverá recair apenas sobre as obras de arte, tendo em vista que
os demais bens estão abrangidos pela impenhorabilidade do bem
de família.
c) deverá recair apenas sobre os equipamentos de uso profissional
e sobre as obras de arte, tendo em vista que os demais bens estão
abrangidos pela impenhorabilidade do bem de família.
d) deverá recair sobre os móveis que guarnecem o imóvel, sobre os
equipamentos de uso profissional e sobre as obras de arte, tendo
em vista que apenas o imóvel está abrangido pela
impenhorabilidade do bem de família.
e) não deverá ser realizada, tendo em vista que todos os bens estão
abrangidos pela impenhorabilidade do bem de família.

¡¤ - Q351052 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 15ª Região - Analista


Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil /
Execução; ) Em relação ao processo de execução, é correto
afirmar:

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
”• A petição inicial da ação de execução prescinde da juntada do
título executivo.
Õ É possível que ocorram várias penhoras sobre um mesmo bem.
c) O processo executivo não admite emenda à petição inicial.
d) A propositura da execução não interrompe a prescrição.
e) O credor precisa indicar, na petição inicial da execução, o valor
atualizado do débito, mas a cobrança da correção monetária deve
ser feita em processo autônomo.

¡¥ - Q355316 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 15ª Região - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Execução; )
Em ação promovida por José, João é condenado a indenizá-lo pelas
consequências decorrentes de lesão corporal dolosa, incluindo
danos materiais emergentes, arbitrados em quantia certa, e
despesas com tratamentos médicos futuros, até total recuperação
de José. Ao executar a sentença, transitada em julgado,
José (Adaptada ao CPC/15)
”• deverá, primeiro, promover a liquidação por arbitramento da
parte ilíquida, para depois executar a decisão.
b) deverá, primeiro, promover a liquidação pelo procedimento
comum da parte ilíquida, para depois executar a decisão.
c) poderá promover, simultaneamente, a execução da parte líquida
e a liquidação pelo procedimento comum da parte ilíquida da
decisão.
d) poderá promover, nos mesmos autos, a execução da parte
líquida e a liquidação por arbitramento da parte ilíquida da decisão.
e) poderá promover apenas a execução da parte líquida, pois é
vedado ao juiz proferir decisão sem determinação prévia
do quantum debeatur.

¡7 - Q350510 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 5ª Região (BA) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Execução)
(Adaptada ao CPC/15) Maria Glória não pagou por roupas
compradas em loja de Porto Seguro. Executada, pois emitiu cheque

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
;4« 80a<04 =«3 ” ¿«81¿” 9:081=60 ¿« /42¿0=? 9:0À4:” ”dvogado para
embargar a execução, alegando a má qualidade das roupas
adquiridas. Esses embargos do devedor
”• são relativos aos títulos extrajudiciais e podem ser opostos
independentemente de penhora, caução ou depósito, no prazo de
15 dias, contados da data da juntada aos autos do mandado de
citação da executada.
b) são relativos aos títulos extrajudiciais e podem ser opostos
somente após garantir-se o Juízo mediante penhora, caução ou
depósito, no prazo de 15 dias, contados da data da juntada aos
autos do mandado de citação da executada.
c) são relativos aos títulos extrajudiciais ou judiciais, podendo ser
opostos, após penhora, caução ou depósito, em dez dias após
juntada aos autos do mandado de citação da executada.
d) são relativos aos títulos judiciais ou extrajudiciais, podendo ser
opostos, independentemente de penhora, depósito ou caução, em
quinze dias após a data de citação da executada.
e) foram extintos após as últimas reformas processuais, hoje sendo
possível apenas a oposição de impugnações aos títulos executivos,
judiciais ou extrajudiciais.

¡© Á ¢¢¡¢¤ ( Prova: FCC - 2013 - PGE-BA - Analista de


Procuradoria - Área de Apoio Jurídico / Direito Processual Civil /
Execução) (Adaptada ao CPC/15) Promovida execução contra a
empresa de guindastes Hulk - Serviços Pesados Ltda., são
oferecidos embargos do devedor, antes mesmo de o Juízo estar
garantido por penhora ou caução de bens. Tais embargos
”• serão recebidos no efeito suspensivo, se for alegado excesso de
execução.
b) serão rejeitados liminarmente, pela ausência de garantia do
Juízo.
c) serão julgados improcedentes, por não haver penhora ou caução
de bens por parte da embargante.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
¿• serão, em regra, recebidos no duplo efeito, devolutivo e
suspensivo.
«• serão recebidos, em regra, somente no efeito devolutivo.

¡ª - Q314535 ( Prova: FCC - 2013 - AL-PB - Procurador / Direito


Processual Civil / Recursos; Execução; ) Os embargos do devedor
”• são recebidos, em regra, somente no efeito devolutivo,
excepcionalmente admitindo-se seu recebimento no duplo efeito.
b) são cabíveis, como defesa, tanto no cumprimento de sentença
como na execução por título extrajudicial.
c) exigem somente julgamento meritório, não havendo hipótese de
rejeição liminar, por sua natureza.
d) para serem opostos, necessariamente, o executado terá
garantido previamente o Juízo.
e) seguem rito especial, não havendo possibilidade de audiência
instrutória.

¢¾ - Q371263 ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Titular de Serviços de


Notas e de Registros - Remoção / Direito Processual Civil /
Execução; ) Analise as seguintes assertivas sobre os bens de
família:

I. O único imóvel residencial do devedor que esteja locado a


terceiros é impenhorável, desde que a renda obtida com a locação
seja revertida para a subsistência da família ou para o pagamento
de outra moradia.
II. O conceito de impenhorabilidade de bem de família abrange
também o imóvel pertencente a pessoas solteiras, separadas e
viúvas.
III. A vaga de garagem que possui matrícula própria no registro de
imóveis não constitui bem de família para efeito de penhora.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
D« ”À0:¿0 À03 0 «2<«2¿13«2<0 =434a”¿0 ¿0 Ÿ49«:10: ›ribunal de
Justiça está correto o que se afirma em
”• II, apenas.
b) I e II, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I e III, apenas.
e) I, II e III.

¢ - Q371266 ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Titular de Serviços de


Notas e de Registros - Remoção / Direito Processual Civil /
Execução; ) Italo ajuizou ação de execução de título extrajudicial
contra Maria e José, casados. Maria é citada no dia 10 de novembro
de 2012 e o mandado citatório juntado em cartório no dia 13 de
novembro de 2012. José, após inúmeras tentativas, é citado no dia
22 de novembro de 2012 e o respectivo mandado citatório é juntado
aos autos no dia 25 de novembro de 2012. Neste caso, o prazo para
Maria e José embargarem a execução é
”• de 15 dias contado da juntada aos autos do mandato de penhora.
b) de 15 dias contado da juntada do último mandado citatório
cumprido.
c) autônomo e de 10 dias contado a partir da juntada do respectivo
mandado citatório.
d) autônomo e de 15 dias contado a partir da juntada do respectivo
mandado citatório.
e) de 10 dias contado da juntada do último mandado citatório
cumprido.

¢¡ - Q292957 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Analista


Judiciário - Área Administrativa / Direito Processual Civil /
Execução; ) A impenhorabilidade do bem de família prevista na Lei
no 8.009/1990 NÃO alcança
”• o imóvel residencial de irmãos que vivem juntos.
P  !"##$! P %"!&$'$ ()*
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
Õ o terreno sem benfeitorias, único bem do casal.
À• o apartamento onde reside sozinho o devedor.
d) a casa que serve de residência à união entre pessoas do mesmo
sexo.
e) o imóvel que serve de residência aos companheiros que vivem
em união estável.

¢¢ - Q292836 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil /
Execução; )
— «B«À4<”¿0 90¿« :«31: ” «B«À4560? 9”F”2¿0 04 À02=1gnando a
importância atualizada da dívida, mais juros, custas e honorários
advocatícios, antes
a) da efetivação da penhora de bens.
b) de adjudicados ou alienados os bens.
c) da avaliação dos bens penhorados.
d) da primeira praça ou leilão.
e) da segunda praça ou leilão.

¢£ - Q286690 ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AL - Promotor de Justiça /


Direito Processual Civil / Execução; ) Numa execução por quantia
certa contra devedor solvente, foram encontrados os seguintes
bens passíveis de penhora:

I. Bens imóveis.
II. Pedras e metais preciosos.
III. Veículos de via terrestre.
IV. Quotas de sociedade empresária.
V. Direitos aquisitivos derivados de promessa de compra e venda e
de alienação fiduciária em garantia.

A penhora observará preferencialmente a seguinte ordem:

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
”• III, I, IV, II e V.
Õ I, III, V, II e IV.
c) I, II, III, IV e V.
d) II, III, I, IV e V.
e) III, IV, I, V e II.

¢¤ - Q77978 ( Prova: FCC - 2010 - TCE-AP - Procurador / Direito


Processual Civil / Execução) (Adaptada ao CPC/15) Em matéria de
embargos à execução, é correto afirmar:
a) O prazo para embargar será de 30 dias, contados da juntada do
último mandado citatório, quando os executados, em litisconsórcio,
tiverem diferentes procuradores.
b) Curador especial não tem legitimidade para opor embargos do
devedor na situação em que o executado é citado por hora certa e
permanece revel.
c) Quando houver mais de um executado, o prazo para cada um deles
embargar conta-se a partir da juntada do último mandado de citação,
salvo tratando-se de cônjuges ou companheiros.
d) Na execução por carta, os embargos serão oferecidos no juízo
deprecante ou no juízo deprecado, mas a competência para julgá-los é
do juízo deprecante, salvo se versarem unicamente sobre vícios ou
defeitos da penhora, da avaliação ou da alienação dos bens efetuadas
no juízo deprecado.
e) Os embargos serão apresentados no prazo de 15 dias, contados do
termo de penhora, depósito ou caução, e instruído com as cópias
relevantes do processo de execução.

¢¥ Á ¡¥¥¤¡¡ ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista


Judiciário - Execução de Mandados) (Adaptada ao CPC/15) Em
relação à execução:
”• Podem ser executados os bens que a lei considera impenhoráveis
ou inalienáveis.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
Õ Entre outros, são absolutamente impenhoráveis os vestuários,
bem como os pertences de uso pessoal do executado, salvo se de
elevado valor.
c) À falta de outros bens, não podem ser penhorados os frutos e
rendimentos dos bens inalienáveis.
d) É penhorável a quantia depositada em caderneta de poupança,
de qualquer valor, salvo se ficar provado que se destina à futura
aposentadoria do executado.
e) O seguro de vida é penhorável, por não ter natureza de crédito
alimentício.

¢¨ - Q248816 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Juiz do


Trabalho - Prova TIPO 4 / Direito Processual Civil / Execução)
(Adaptada ao CPC/15) É INCORRETO afirmar:
”• O fiador, quando executado, poderá nomear à penhora bens
livres e desembargados do devedor.
b) Os bens do sócio administrador de empresa, em regra,
respondem pelas dívidas da sociedade.
c) São títulos executivos judiciais o crédito de auxiliar da justiça,
quando as custas, emolumentos ou honorários tiverem sido
aprovados por decisão judicial.
d) É definitiva a execução fundada em título extrajudicial.
e) Considera-se em fraude à execução a alienação ou oneração de
bens quando, ao tempo da alienação ou oneração, corria contra o
devedor demanda capaz de reduzi-lo à insolvência.

¢© - Q249333 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 11ª Região (AM) - Juiz do


Trabalho - Tipo 5 / Direito Processual Civil / Execução) Na
execução,
”• verificando o juiz que a petição inicial está incompleta, deverá
indeferi-la de imediato.
b) não pode ela fundar-se em mais de um título extrajudicial
relativos ao mesmo negócio.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
À• ela se realiza no interesse do credor, que adquire, pela penhora,
o direito de preferência sobre os bens penhorados.
¿• cumpre ao credor, ao requerê-la, pedir a intimação do devedor,
instruindo a inicial com os documentos pertinentes.
e) quando puder ser realizada por vários meios, o juiz mandará que
se a promova pelo modo menos gravoso para o credor.

¢9 - Q240543 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 6ª Região (PE) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil /
Execução; Cumprimento de sentença) (Adaptada ao CPC/15) No
cumprimento de sentença, o devedor condenado ao pagamento de
quantia certa
”• será citado para efetuar o pagamento em 24 horas ou nomear
bens à penhora, instaurando-se novo processo, pela execução.
b) poderá impugná-lo, alegando, apenas, causa extintiva da
obrigação posterior ao trânsito em julgado da sentença.
c) poderá impugná-lo, alegando nulidade da citação no processo de
conhecimento, ainda que ele não tenha corrido à revelia.
d) não poderá impugná-lo, salvo se o processo de conhecimento
tiver corrido à revelia.
e) deverá efetuar o pagamento no prazo de 15 dias, sob pena de
ser acrescida multa e honorários advocatícios, ambos de 10%.

£¾ - Q231481 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Execução)
š43” «B«À4560? /«1<” ” 9«2G0:” « «/«<18”¿” ” ”8”a1”5ão,
requereram a adjudicação do bem penhorado pelo valor da
avaliação: o exequente, um credor concorrente que havia
penhorado o mesmo bem, um filho do executado, o cônjuge do
executado e o pai do executado. Procedida licitação entre os
pretendentes, constatou-se a igualdade das respectivas ofertas.
Nesse caso, terá preferência o
a) cônjuge do executado
b) exequente.

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
À• filho do executado
¿• credor concorrente.
e) pai do executado.

£ Á (Prova: FCC - 2016 ± Prefeitura de Campinas - Procurador)


— /1”¿0:? ;4”2¿0 «B«À4<”¿0? <«3 0 ¿1:«1<0 ¿« «B1F1: que primeiro
sejam executados os bens do devedor situados na mesma comarca,
livres e desembargados, indicando-os pormenorizadamente à
SHQKRUD´
Esse enunciado refere-se ao
a) direito de imputação do devedor, passível de renúncia pelo
fiador, por se tratar de direito disponível.
b) direito de preleção ou preferência, que é passível de renúncia
pelo fiador.
c) benefício de ordem, que é passível de renúncia pelo fiador.
d) benefício de ordem, que é insuscetível de renúncia pelo fiador.
e) direito de preleção ou preferência, que é insuscetível de renúncia
pelo fiador.

£¡ Á (Prova: FCC - 2016 ± Prefeitura de Campinas - Procurador)


™3 :«a”560 ”0 À439:13«2<0 ¿« =«2<«25”? À02=1¿«:« 
I. O cumprimento da sentença não poderá ser promovido em face
do fiador, do coobrigado ou do corresponsável que não tiver
participado da fase de conhecimento.
II. Quando o juiz decidir relação jurídica sujeita a condição ou
termo, o cumprimento da sentença dependerá de demonstração de
que se realizou a condição ou de que ocorreu o termo.
III. A autocomposição judicial pode envolver sujeito estranho ao
processo, mas não pode versar sobre relação jurídica que não tenha
sido deduzida em Juízo, por implicar lesão ao princípio da adstrição
ou congruência.
IV. São títulos executivos judiciais as decisões proferidas no
processo civil que reconheçam a exigibilidade de obrigação de

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
9”F”: ;4”2<1”? =03«2<«? ¿«9«2¿«2¿0 ” 0Ã:1F”560 ¿« /azer, de não
fazer ou de entregar coisa de prévio processo de conhecimento.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) II, III e IV.
b) II e IV.
c) I e III.
d) I e II.
e) I, III e IV.

4.

H‘ ’ I‘ ’ J‘ ’ K‘ L M‘ P
Q‘ ’ R‘ S T‘ ’ U‘ P HV‘ S
HH‘ S HI‘ P HJ‘ L HK‘ L HM‘ P
HQ‘ E HR‘ E HT‘ L HU‘ E IV‘ ’
IH‘ P II‘ S IJ‘ S IK‘ S IM‘ S
IQ‘ P IR‘ ’ IT‘ E IU‘ ’ JV‘ E
JH‘ S JI‘ S JJ‘ S JK‘ ’ JM‘ L
JQ‘ S JR‘ S JT‘ P JU‘ E KV‘ ’
KH‘ P KI‘ L

5. CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Meus prezados alunos, chegamos ao término de nossa aula 10, na qual


TWVcRWUVWX UX XYcXWZcX XW[\c DA LIQUIDAÇÃO DE SENTENÇA E DO
P  !"##$! P %"!&$'$ ()*
www.estrategiaconcursos.com.br
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± CPC /15
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 10
[\Z]^__Z Y^ ^`^]abcZe Yf ^`^]abcZ ^g h^\fie ^_[j]n^_p
^`^]abcZ [Z\ kaflmnf ]^\mf ]Zlm\f Y^o^YZ\ _Zio^lm^p
_a_[^l_cZ ^`mnlbcZp aplicadas em concursos da FUNDAÇÃO
]f\iZ_ ]]fhf_q Já foram analisadas 344 (trezentes e quarenta e
stuyvq| stw{y}w{ zu{ ^__ stw ywvw`q{ uq bqxdq zq etv{o.

Todas as dúvidas podem ser tiradas por meio do fórum!

BRUNO KLIPPEL
Vitória/ES

GUILHERME CORRÊA
Curitiba/PR

P  !"##$! P %"!&$'$ ()*


www.estrategiaconcursos.com.br
A 

500 Questões Comentadas de Processo Civil - FCC (Novo CPC)


Professores: Bruno Klippel, Guilherme Corrêa
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00

„…†„ ‡‡ ± DEMONSTRATIVA: 500 QUESTÕES


ˆ‰Š‹Œ„Ž„ Ž‹ ‘‰ˆ‹‰ ˆ’“’† ” •ˆˆ ± DE
ACORDO COM O NOVO CPC - L. 13.105/15 -
–…‹—‹ ‰˜‘‹ ‘’Œˆ™’‰ š‹‘„’ Ž‰
‘‰ˆ‹‰› œ…‘’Ž’ž‰ ‹ „ž‰Ÿ

 ¡¢£¤¥¦ ¨£©¥ª«
¬­ ®¯°±²±³´µ¶·¸ ¹¬
º­ »°¸³¸¼°µ½µ ¹¾
¿­ À±´¸Á¸Â¸¼Ãµ ¹Ä
¾. Questões comentadas na aula: ¹Ä
Å­ Æò´µ Áµ² Çȱ²´É±² ʸ½±³´µÁµ² ³µ µÈÂµË ¿¿
Ì­ ͵ε°Ã´¸² ¾¬
Ä­ »¸³²ÃÁ±°µ¶É±² ÏóµÃ² ¾¬

1. APRESENTAÇÃO:

Prezados Alunos do ESTRATÉGIA CONCURSOS,

Nós ± Bruno Klippel e Guilherme Correia, iniciamos mais uma CURSO DE


QUESTÕES COMENTADAS DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL, JÁ DE ACORDO
ÐÑÒ Ñ ÓÑÔÑ ÐÕÐ Ö Lei 13.105/2015. Nesse curso de 500 questões da FCC,
analisaremos os principais tópicos que constam nos editais para técnico e analista,
de forma já adaptada ao CPC/15. O nosso estudo será baseado em questões de
TRIBUNAIS, principalmente. Assim, teremos questões de TJs, TRTs, TRFs e
outros aplicados pela FCC, já que a questão de um TRT hoje, pode ser a questão
do TRF de amanhã!!

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 1 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
Antes de iniciarmos a apresentação do curso, uma rápida apresentação dos
Professores:

x BRUNO KLIPPEL, Advogado, Mestre em Direito Processual Civil pela


Faculdade de Direito de Vitória (FDV), Doutor em Direito do Trabalho na
PUC/SP, sou Professor de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho na
FDV/ES, na Universidade de Vila Velha (UVV/ES), da Faculdade Estácio de
Sá de Vitória/ES, bem como no curso preparatório para concursos CEP ±
Centro de Evolução Profissional, em Vila Velha e Vitória (ES), IOB/Marcato
Concursos/SP e Aprova Concursos/PR. Tenho vários livros escritos, voltados
para concursos públicos, que recomendo como leitura para todos os
concursos da área trabalhista.

x GUILHERME CORRÊA, Advogado; Bacharel em Direito pela Universidade


Federal do Paraná; Mestre em Direito Processual Civil pela
Universidade Federal do Paraná, Professor de Direito Processual Civil e
Prática Jurídica na Universidade Positivo (Curitiba-PR); Professor nos cursos
de pós-graduação em Direito da ABDCONST, Universidade Positivo e Univel;
Professor do Aprova Concursos/PR; Professor do Estratégia Concursos/FD.
Membro associado do Instituto Brasileiro de Direito Processual (IBDP).

×ØÙ ÚÛÙ ÛÚÚÜ Ü aula demonstrativa, com temas introdutórios, as questões


ÝÞßàáâãäãå åæÞ àß áçßàèÞ èàäéêëäÞ ± 24 (vinte e quatro) ± mas ao final
do curso teremos analisado todas as 500 (quinhentas questões) ao longo de 13
aulas (demonstrativa + 12).

2. CRONOGRAMA:

Nosso curso está dividido em 13 aulas, tratando-se da primeira aula GRATUITA


e DEMONSTRATIVA, seguindo-se 12 aulas de questões comentadas, conforme
quadro abaixo. O nosso estudo será dividido da seguinte maneira:

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 2 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00

ìíîï ðð ± Aula demonstrativa


Da Jurisdição; Da Ação; Princípios gerais do processo.

AULA 01
ñòó ôõö÷ø÷ùûüó ýù þõóÿ÷Dù ñò ñ÷ûüÿòû ýü üûüÿùû÷ù ýò Serventuário da Justiça, Do
Oficial de Justiça, Do Perito e do Assistente Técnico; Deveres e Responsabilidades;
Impedimentos.

AULA 02
ñòó ôÿòó ûòüóóõù÷ó ñò üò ü ýòó ûùòó ûòüóóõù÷ó ñòó Atos das Partes,
Dos Atos do Juiz, Dos Atos dos Auxiliares da Justiça, Do Lugar dos Atos Processuais.
Dos Prazos dos Atos Processuais, Da Verificação dos Prazos, Das Penalidades pelo
Descumprimento dos Prazos.

AULA 03
ñù òõ
÷ùD ò ýòó ôÿòó ûòüóóõù÷ó ñùó ùûÿùó ûüùÿ û÷ù Rogatória, de
Ordem), Da Citação, Da Intimação, Da Notificação (Conceito, Forma, Requisitos,
Espécies).

AULA 04
Oõÿûòó ôÿòó ûòüóóõù÷ó ñù ñ÷óÿû÷õ÷D ò ñò ü÷óÿûò ñò þõiz, do Ministério
Público, Serventuários e Auxiliares da Justiça: Suspeição e Impedimento. Das
Nulidades.

AULA 05
ñù ùù÷ýùýü ûòüóóõùø ñüóüóùó ûòüóóõù÷ó ñùó ùûÿüó ñòs Procuradores.
Da Competência Internacional. Da Competência Interna, Da Competência
Territorial, Da Competência Funcional, Da Competência em Razão da Matéria, Das
Modificações da Competência, Da Declaração de Incompetência.

AULA 06
ñùó ûòùó ó
 ÷üó üóÿüõ
ùó ü üû÷ÿòó ù ù ÷ýùýü

   ü
 dimentos,
Suspeição.

AULA 07
ñù ôõý÷
÷ù ýù ò ÷ø÷ùD ò

 
óÿûõD ò ü þõøùü
ÿò  ùóüó de seu
Desenvolvimento, Finalidade.

AULA 08
ñù ü
ÿü
Dù ü ýùó ñü÷óüó ò
ü÷ÿòó üó÷üó üõ÷ó÷ÿòó ûeclusão, Coisa
Julgada. Do cumprimento da sentença. Do Mandado de Segurança.

AULA 09
ñòó üõûóòó ñù ôüøùD ò ñò ôûùò ü óõùó ó÷üó ñòó bargos de
Declaração, Forma e Prazos de Apelação.

AULA 10
ñò ûòüóóò ýü öüõD ò ñù öüõD ò ü üûùø üó÷üó öüõção por Quantia
Certa contra Devedor Solvente, suspensão extinção.

AULA 11
ñòó ûòüý÷ü
ÿòó óü÷ù÷ó ñòó ûòüý÷ü
ÿòó óü÷ù÷ó ýü Jurisdição
Contenciosa: Consignação em Pagamento, Ações Possessórias e Embargos de
Terceiros. Da Execução Fiscal (Lei nº 6.830/1980).

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 3 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
ìAì 
ñòó þõ÷ùýòó óü÷ù÷ó üýüûù÷ó ü÷
!"#$%&"! ñòó þõ÷ados Especiais Cíveis e
nº 9.099/95. Lei nº 11.419/2006 ± Lei do Processo Judicial Eletrônico. Da Ação
Civil Pública.

Nossas aulas seguirão as seguintes datas:

ìAì ðð ± 10/05
AULA 01 ± 16/05
AULA 02 ± 23/05
AULA 03 ± 30/06
AULA 04 ± 06/06
AULA 05 ± 12/06
AULA 06 ± 18/06
AULA 07 ± 24/06
AULA 08 ± 30/06
AULA 09 ± 06/07
AULA 10 ± 12/07
AULA 11 ± 20/07
AULA 12 ± 26/07

3. METODOLOGIA:

A metodologia que será aplicada em nosso curso parte das seguintes premissas:

' Serão escolhidas 500 (quinhentas) questões da FCC que já foram


aplicadas pela FCC em concursos de Tribunais, principalmente. Todas as
questões já estarão adaptadas ao CPC/15, mesmo que tenham sido
aplicadas antes da vigência deste.

' Serão analisadas todas as assertivas, iniciando-se pela correta


(gabarito), seguindo-se da análise das demais assertivas.

O estudo por meio de questões que concursos anteriores é o melhor método para
aqueles que buscam a aprovação, pois as bancas examinadoras repetem

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 4 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
questões, cobram as mesmas matérias, o que faz com que você fique totalmente
familiarizado com o formato das questões.

4. QUESTÕES COMENTADAS NA AULA:

 - Q314536 ( Prova: FCC - 2013 - AL-PB - Procurador / Direito Processual Civil /

Princípios Gerais do Processo; )


O pedido do autor delimita a jurisdição a ser prestada. O princípio processual que
informa essa delimitação é o da
a) duração razoável do processo.
b) eventualidade.
c) imparcialidade.
d) adstrição ou congruência.
e) celeridade ou economia processuais.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ Um dos princípios mais importantes em
direito processual civil recebe o nome de congruência, mais comum, ou
adstrição. Esse princípio encontra-se nos artigos 141 e 492 do CPC/15 e possui
uma ideia muito simples: o Juiz deve julgar de acordo com o que foi pedido
pelo autor, ou seja, dentro dos limites que foram impostos pelo mesmo.
Vejamos os dispositivos legais para continuarmos a explicação:

³$UW 41. O juiz decidirá o mérito nos limites propostos pelas partes,
sendo-lhe vedado conhecer de questões não suscitadas a cujo respeito a
OHLH[LJHDLQLFLDWLYDGDSDUWH´

³$UW 92. É vedado ao juiz proferir decisão de natureza diversa da


pedida, bem como condenar a parte em quantidade superior ou em
objeto diverso do que Ihe foi demandado.
Parágrafo único. A decisão deve ser certa, ainda que resolva relação
MXUtGLFDFRQGLFLRQDO´.

O princípio da congruência ou adstrição, diz que o Juiz está limitado, ao julgar,


àquilo que foi pedido pela parte. Não pode o Magistrado, em regra, decidir o que

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 5 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
não foi pedido, sob pena de nulidade da sua sentença. Alguns vícios podem surgir
quando se viola o principio em estudo. A decisão pode ser considerada, quando
isso ocorre, em:
x Extra petita: nessa situação, o Juiz profere sentença julgando algo que
QmRIRLSHGLGRRXVHMDMXOJD³IRUD´GRSHGLGRFRPo por exemplo, um dano
moral que não consta do pedido inicial do autor.
x Ultra petita: aqui o vício decorre da quantidade ser superior ao pedido, ou
VHMD D GHFLVmR GHIHUH DOJR ³DOpP´ GR SHGLGR FRPR QD KLSyWHVH GH XP
pedido de condenação ao pagamento de danos morais de R$100.000,00 e
uma condenação de R$150.000,00.
x Citra ou infra petita: na situação, o vício decorre do fato da decisão não
ter julgado todos os pedidos que foram feitos, ou seja, a decisão é omissa
em relação à algum pedido formulado pela parte.

Os demais princípios tratam de outros assuntos, conforme análise abaixo:


/HWUD³$´GXUDomRUD]RiYHOGR SURFHVVo, conforme art. 5º, LXXVIII da CF/88 e
art. 6°, CPC/15, o processo não pode demorar mais do que o tempo razoável,
necessário a um bom julgamento.
/HWUD³%´HYHQWXDOLGDGHSUHYLVWRQRDUW36 do CPC/15, aplicável à defesa do
réu. Diz que o réu deve levar ao processo toda a defesa existente, num único
momento, que é o prazo previsto em lei.
/HWUD ³&´ LPSDUFLDOLGDGH GL] TXH R -XL] GHYH tratar as partes igualmente,
conforme art. 139, I do CPC/15.
/HWUD ³(´ celeridade ou economia processuais, traz a ideia de que devem ser
trilhados os caminhos mais céleres para o término do processo, evitando os gastos
de tempo e dinheiro desnecessários, de acordo com o art. 139, II do CPC/15.

 - Q265148 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário - Área

Judiciária / Direito Processual Civil / Princípios Gerais do Processo; )


"É defeso ao juiz proferir sentença, a favor do autor, de natureza diversa da
pedida, bem como condenar o réu em quantidade superior ou em objeto diverso
do que lhe foi demandado". No que se refere ao princípio processual civil trata-se
a) da eventualidade ou especificidade.
b) da correlação ou congruência.
c) do livre convencimento e persuasão racional.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 6 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
d. da legalidade e isonomia processuais.

e. da inafastabilidade da jurisdição.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ Vejam que a ideia é a mesma da questão
anterior, sendo que a redação da questão é praticamente a transcrição do caput
art. 492 do CPC/15, que trata do princípio da congruência. Ocorre que na
questão anterior o princípio também era chamado de adstrição. Agora surge uma
nova nomenclatura, que é correlação. Assim, se a questão falar em
congruência, correlação ou adstrição, estará mencionando a situação em que
o Juiz deve julgar de acordo com o pedido formulado pelo autor, sob pena da
sentença ser considerada extra petita, ultra petita ou infra (citra) petita. As demais
assertivas tratam de outros princípios que serão objeto de análise nas demais
questões sobre o tema.

3 / 01233 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 11ª Região (AM) - Juiz do Trabalho -

Tipo 5 / Direito Processual Civil / Princípios Gerais do Processo; )


üøò û÷
P÷ò ýù üü
ÿõùø÷ýùýü ýüü ò
a) réu comportar-se de modo leal no processo, salvo eventual contraposição à má-
fé processual do autor.
b) juiz aproveitar os atos processuais, ainda que praticados por forma equivocada,
se atingiram sua finalidade e não houve prejuízo à parte adversa.
c) juiz fundamentar cada tópico da sentença, para a hipótese de interposição de
eventual recurso de apelação.
d) juiz ater-se ao pedido formulado, ao proferir sentença, salvo eventual matéria
aferível de ofício.
e) réu alegar toda a defesa que tiver contra o autor, na contestação, de forma
especificada.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ O princípio da eventualidade está
previsto no art. 336 do CPC/15, conforme transcrição a seguir:

³Incumbe ao réu alegar, na contestação, toda a matéria de


defesa, expondo as razões de fato e de direito, com que impugna

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 7 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
o pedido do autor e especificando as provas que pretende
SURGX]LU´

Percebam que o dispositivo legal diz que é na contestação (e não em qualquer


outro momento) que o réu deve alegar toda a matéria de defesa. Aqui
reside o princípio da eventualidade, pois marca um momento adequado ao
oferecimento de toda a defesa. Vejam que não pode o réu apresentar a sua defesa
³DRVSRXFRV´DRORQJRGRSURFHVVRSRLVFDEHDRPHVPRWUD]HUDRSURFHVVRWRGDV
as suas alegações naquele determinado momento ± contestação ± sob pena de
preclusão, ou seja, sob pena de perder a possibilidade de alegar as suas matérias
de defesa. Quando, em determinada questão, você ler princípio da
eventualidade, lembre-se de EVENTO, MOMENTO, pois a contestação é o
evento certo, correto, adequado para o réu trazer as suas alegações de
defesa, FRQIRUPH OHWUD ³(´ GD TXHVWmR Tal princípio é chamado por alguns
doutrinadores como princípio da concentração das defesas.
/HWUD ³$´ WUDWD GR SULQFtSLR GD SURELGDGH SURFHVVXDO WDPEpP FRQKHFLGR FRPR
boa-fé processual, conforme art. 5° do CPC/15.
LeWUD³%´ trata do princípio da instrumentalidade das formas, conforme art. 188
do CPC/15.
/HWUD³&´ trata do princípio do livre convencimento motivado da sentença ou da
persuasão racional do juiz, conforme art. 371 do CPC/15.
/HWUD³'´ trata do princípio da congruência, também denominado de correlação
ou adstrição, conforme artigos 141 e 492 do CPC/15.

ð
1 / 04 1 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 20ª REGIÃO (SE) - Juiz do Trabalho -

Tipo 1 / Direito Processual Civil / Princípios Gerais do Processo; ) O Código de


Processo Civil prevê que o comparecimento espontâneo do réu aos autos supre a
falta de sua citação. Nessa norma vislumbra-se o princípio processual
a) da instrumentalidade dos atos processuais.
b) da eventualidade.
c) da congruência ou adstrição.
d) da persuasão racional.
e) do livre convencimento do juiz.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 8 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ A regra descrita na questão encontra-se
no art. 239, §1º do CPC/15, abaixo transcrito:

³$UW 39. Para a validade do processo é indispensável a citação


inicial do réu ou do executado, ressalvadas as hipóteses de
indeferimento da petição inicial ou de improcedência liminar do
pedido. § 1o O comparecimento espontâneo do réu ou do
executado supre a falta ou a nulidade da citação, fluindo a
partir desta data o prazo para apresentação de contestação
ou de embargos à execução´

A ideia é bem simples: a citação é indispensável para a validade do processo. Sem


a citação o processo é nulo. Ocorre que, mesmo sem citação, pode ser que o réu
tenha conhecimento do processo, por qualquer outro meio, como a hipótese de
ter um amigo que trabalhe no fórum, saiba do processo e o avise. Nessa situação,
o réu conhecerá o processo e apresentará a defesa, sem que nenhum prejuízo
seja verificado. A norma foi descumprida, pois não houve citação, não a
finalidade do ato foi alcançada, já que o réu ficou sabendo do processo e
apresentou defesa. Se a finalidade foi atingida e não houve prejuízo, não há
qualquer nulidade. Isso que foi dito consta expressamente no art. 188 do
CPC/15, que trata do princípio da instrumentalidade das formas. Vejamos:

³2VDWRVHWHUPRVSURFHVVXDLVindependem de forma determinada,


salvo quando a lei expressamente a exigir, considerando-se
válidos os que, realizados de outro modo, Ihe preencham a
fLQDOLGDGHHVVHQFLDO´

Sempre que a questão trouxer a palavra finalidade, há 99% de chance de


estar tratando do princípio da instrumentalidade (ou instrumentalidade
das formas), pois essa é a palavra-chave.
/HWUD³%´RSULQFtSLRGDHYHQWXDOLGDGH ou da concentração das defes, previsto no
art. 336 do CPC/15, trata da apresentação da defesa pelo réu, que deve trazer

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 9 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
todos os seus argumentos na contestação. Lembrando que tal princípio também
é chamado de concentração das defesas.
/HWUD³&´RSULQFtSLRGDFRQJruência ou adstrição diz que o Juiz deve julgar tendo
como limite o pedido do autor, conforme artigos 141 e 482 do CPC/15.
Letras ³'´ H³(´: o princípio da persuasão racional ou do livre convencimento do
juiz aparecem como sinônimos com previsão no art. 371 do CPC/15, diz que o Juiz
é livre para apreciar a prova, mas deve fundamentar a sua decisão. Por este
princípio ele pode se convencer por meio de qualquer prova produzida, sempre
com o dever de fundamentação. Por fim, salienta-se que na redação do dispositivo
GR&3&IRLH[FOXtGDDSDODYUD³OLYUH´SRULVVRDOJXQVSUHIHUHPQmRPDLVIDODU
em livre convencimento motivado.

5 / 022 ðð2 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz do Trabalho /
Direito Processual Civil / Princípios Gerais do Processo; )
 ûüøùD ò ùòó û÷
P÷òó Eõ
ýùü
ÿù÷ó ýò ûòüóóò ÷÷ø o
a) da instrumentalidade significa que nenhuma nulidade processual é passível de
convalidação, pois o que é nulo não produz efeito algum nos autos.
b) da eventualidade é o que determina ao réu a interposição de reconvenção ou
de pedido contraposto.
c) da congruência é o que determina ao autor que só cumule pedidos coerentes
entre si.
d) inquisitivo é o que dá às partes a liberdade de instauração e impulso
processuais.
e) da demanda é o que determina que nenhum juiz prestará a tutela jurisdicional
senão quando requerida pela parte.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ O princípio da demanda também é
conhecido como dispositivo ou inércia, estando previsto no art. 2°, do CPC/15,
abaixo transcrito:

³Art. 2º O processo começa por iniciativa da parte, mas se


desenvolve por impulso oficial, salvo as exceções previstas em
lei´.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 10 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
Esse princípio destaca que o Juiz não julgará sem antes ser provocado pela parte
autora, que por meio da petição inicial leva o conflito ao conhecimento do Poder
Judiciário. O Juiz não pode instaurar o processo de ofício, ou seja, sem
requerimento da parte.
As demais assertivas estão erradas. Vejamos:
/HWUD ³$´ HUUDGR SRLV R DUW 88 do CPC/15 diz que a nulidade pode ser
convalidada, ou seja, deixar de ser reconhecida, quando não houver prejuízo à
parte, por ter o ato atingido a sua finalidade.
/HWUD³%´HUUDGRSRLVRSULQFtSLRGDHYHQWXDOLGDGHGL]TXHRUpXGHYHDOHJDUWRGD
a sua defesa na contestação, conforme art. 336 do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGRSRLVRSULQFtSLRGDFRQJUXrQFLDSUHYLVWRQRs arts. 141 e 492 do
CPC/15, afirma que o Juiz deve julgar limitado aos pedidos formulados pelo autor.
/HWUD³'´HUUDGRSRLVRSULQFtSLRLQTXLVLWLYRSUHYrDSRVVLELOidade do Juiz praticar
atos de ofício, ou seja, mesmo sem pedido da parte.

ð
4 / 0 14 ( Prova: FCC - 2011 - TCE-SP - Procurador / Direito Processual Civil

/ Princípios Gerais do Processo; )


û÷
O 
P ÷ò üûùø ýò ûòüóóò õü ùÿû÷õ÷ 6ó ùûÿüó ÿòýù ù ÷niciativa, seja na
instauração do processo, seja no seu impulso, é o princípio
a) do devido processo legal.
b) inquisitivo.
c) dispositivo.
d) da eventualidade.
e) da verdade real.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ A assertiva não está totalmente correta,
pois fala em iniciativa das partes na instauração do processo e no seu
impulso, como sendo reflexos do princípio dispositivo, também chamado de
inércia ou demanda. Vejam que o art. 2° do CPC/15 possui a seguinte redação:

³2SURFHVVRFRPHoa por iniciativa da parte, mas se desenvolve por


impulso oficial, salvo as exceções previstas em lei´

São duas situações distintas:

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 11 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00

1. Começo do processo, ou seja, a sua instauração, que depende de


requerimento da parte, que é reflexo do princípio dispositivo.
2. Impulso do processo, ou seja, andamento do processo, que é feito por
iniciativa do Juiz e, por isso, é reflexo do princípio inquisitivo.

A assertiva correta trata apenas do princípio dispositivo, o que não está correto,
mas a FCC considerou adequada HPYLUWXGHGDIUDVH³que atribui às partes toda
a iniciativa´. Assim, quando a FCC falar em iniciativa das partes, marque
princípio dispositivo como correto, pois são as expressões-chave desse
princípio. As demais assertivas trazem situações totalmente erradas:
/HWUD ³$´ GHYLGR SURFHVVR OHJDO GL] TXH D QRUPDV SURFHVVXDLV GHYHP VHU
cumpridas por todos, sob pena de nulidade do processo.
/HWUD³%´LQTXLVLWLYRWUDWDGDUHDOL]DomRGHDWRVSURFHVVXDLVGHRItFLRSHOR-XL]
/HWUD³'´o princípio da eventualidade está relacionado à apresentação da defesa
do réu, na contestação, sob pena de preclusão, conforme art. 336 do CPC/15.
LetrD³(´YHUGDGHUHDOHVWiOLJDGD à produção de provas, que deve buscar o que
realmente aconteceu no mundo dos fatos, retratando-o nos autos para que a
sentença reconheça a verdade.

7 / 08772 ( Prova: FCC - 2011 - TJ-PE - Juiz / Direito Processual Civil /

Princípios Gerais do Processo; )


É òûûüÿò ùE÷ûùû õü
a) o princípio da eventualidade concerne aos limites do pedido inicial formulado.
b) a coerência dos argumentos expostos caracteriza o princípio da congruência ou
adstrição.
c) o princípio isonômico previsto processualmente é meramente formal e abstrato,
ao contrário de igual princípio constitucional.
d) o princípio da iniciativa da parte rege o processo civil, não comportando
exceções.
e) é possível ao juiz, por sua própria iniciativa, determinar as provas que entender
necessárias à instrução do processo, indeferindo diligências inúteis ou meramente
procrastinatórias.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 12 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ $DILUPDomRIHLWDQD OHWUD³(´HVWiGH
acordo com o princípio dos poderes instrutórios do Juiz, previsto no art. 370
do CPC/15, que será abaixo transcrito:

³&DEHUiDRMXL]GHRItFLRRXDUHTXHULPHQWRGDSDUWH determinar
as provas necessárias ao julgamento do mérito.
Parágrafo único: o juiz indeferirá, em decisão fundamentada, as
GLOLJrQFLDVLQ~WHLVRXPHUDPHQWHSURWHODWyULDV´

O Juiz pode determinar a produção de qualquer meio de prova que entenda


necessário ao seu convencimento, já que, para julgar, deve estar certo do que
ocorreu na situação versada nos autos. Além disso, com base em seus poderes
instrutórios, pode indeferir a produção de provas requeridas pelas partes, por
entendê-las inúteis ou procrastinatórias, ou seja, requeridas apenas para atrasar
o processo, para ganhar tempo, atrasar a decisão do Magistrado. As demais
assertivas estão totalmente erradas. Vejamos:

/HWUD³$´HUUDGRpois esse princípio é o da congruência, correlação ou adstrição,


previsto nos artigos 141 e 492 do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGRpois essa coerência é necessária como um requisito da petição
inicial, conforme art. 319 do CPC/15, já que a exposição dos fatos é sempre
necessária (causa de pedir).
/HWUD³&´HUUDGRpois a isonomia processual é material, ou seja, a isonomia que
traz um tratamento desigual aos desiguais, conforme art. 1048, I do CPC/15, que
fala em tramitação privilegiada aos maiores de 60 anos e doentes graves.
/HWUD ³'´ HUUDGR pois existem exceções ao princípio dispositivo (iniciativa das
partes), já que o impulso é oficial e existem matérias (de ordem pública), que
podem ser reconhecidas de ofício, conforme art. 337, §5º do CPC/15.

8 / 077338 ( Prova: FCC - 2010 - TCE-RO - Procurador / Direito Processual Civil /

Princípios Gerais do Processo; )


ô ùûù
ÿ÷ù ýò 9õ÷
ùÿõûùø
a) permite a criação de tribunal para julgar determinado caso.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 13 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
b. confere aos tribunais, indiscriminadamente, o poder de avocação de processos.

c. possibilita a derrogação e a disponibilidade das competências.

d) inviabiliza a edição de regras de competência determinada por prerrogativa de


função.
e) admite a pré-constituição, por lei, de critérios objetivos de determinação da
competência.

: ¦¢;ª<£¤¥¦ =
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ Que órgão jurisdicional julgará
eventual pedido meu de reparação de danos? A resposta já existe. A regra
já está pré-estabelecida em lei. A lei diz o local competente para o
ajuizamento da ação (competência territorial), bem como o tipo de Vara
que julgará a matéria (competência material). Vejam que o órgão julgador
não será escolhido ou criado após o ajuizamento da ação. Esse princípio,
que prevê que o Juiz competente será pré-determinado através de critérios
objetivos, é denominado de princípio do Juiz natural, garantia prevista
no art. 5º, LIII da CF/88, assim redigido:

³QLQJXpPVHUiSURFHVVDGRQHPVHQWHQFLDGRVHQmRSHODDXWRULGDGH
FRPSHWHQWH´

Também o art. 5º, XXXVII da CF/88 trata do princípio, ao dizer que:

³QmRKDYHUiMXt]RRXWULEXQDOGHH[FHomR´

O tribunal de exceção, proibido pela CF, é aquele criado para julgar determinado
conflito, ou seja, escolhido para julgar um fato determinado ou determinada
pessoa. A proibição decorre da ideia de que o mesmo não será imparcial, já que
criado ou instituído para aquele caso. As demais assertivas não precisam ser
analisadas em separado.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 14 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
2 / 052427 ( Prova: FCC - 2010 - TJ-MS - Juiz / Direito Processual Civil /

Princípios Gerais do Processo; Da Jurisdição e Ação; )


û÷
É 
P ÷ò ÷
Eòûùÿ÷ò ýò ûòüóóò ÷÷ø ò û÷
P÷ò
a) dispositivo, significando que o juiz não pode conhecer de matéria a cujo
respeito a lei exige a iniciativa da parte.
b) da inércia, significando que o processo se origina por impulso oficial, mas se
desenvolve por iniciativa da parte.
c) da congruência, significando que o juiz deve ser coerente na exposição de suas
razões de decidir.
d) da eventualidade, significando que as partes devem comparecer em todos os
atos do processo, manifestando- se eventualmente.
e) da instrumentalidade das formas, significando que o ato deve ser considerado
em si mesmo, sem preocupações teleológicas.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ Já se sabe que o princípio dispositivo
também é denominado de inércia, trazendo a ideia de que a parte é quem provoca
o Poder Judiciário, levando ao mesmo os fatos e fundamentos jurídicos, bem como
formulando os pedidos. O Juiz não pode julgar aquilo que não foi levado pelo
autor, sob pena de ferir o princípio dispositivo. A última parte do art. 141 do
CPC/15 traz a UHGDomRTXHFRQVWDQDOHWUD³$´FRQVLGHUDGDFRUUHWD9HMDPRV

³2 MXL] GHFLGLUi o mérito nos limites propostos pelas partes,


sendo-lhe vedado conhecer de questões não suscitadas a
FXMRUHVSHLWRDOHLH[LJHDLQLFLDWLYDGDSDUWH´

Se a lei impõe a iniciativa da parte, como sendo o princípio dispositivo, caso o Juiz
conheça de questões não suscitadas, não alegadas pela parte, estará ferindo o
referido princípio. As demais assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:

/HWUD³%´HUUDGRSRLVpRFRQtrário. O processo começa por iniciativa da parte,


mas se desenvolve por impulso oficial, conforme art. 2º CPC/15.
/HWUD ³&´ HUUDGR SRLV D FRHUrQFLD GR -XL] QD VHQWHQoD ID] SDUWH GR OLYUH
convencimento motivado ou persuasão racional do juiz, previsto no art. 371 do
CPC/15.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 15 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
/HWUD³'´HUUDGRSRLVRSULQFtSLRGDHYHQWXDOLGDGHGL]TXHRUpXGHYHDOHJDUQD
contestação, toda a matéria de defesa, conforme art. 336 do CPC/15.
/HWUD ³(´ HUUDGR SRLV D ILQDOLGDGH GR DWR GHYH VHU FRQVLGHUDGD FRQIRUPH DUW
188 do CPC/15.

ð / ( Prova: FCC - 2015 ± MANAUS PREV ± Procurador Autárquico / Direito


Processual Civil / Princípios Gerais do Processo)
 ò û÷
P÷òó üûù÷ó ýò ûòüóóò ÷÷ø
a) economia processual, publicidade dos atos processuais, eventualidade.
b) individualização da pena, duração razoável do processo, livre investigação das
provas.
c) presunção de inocência, direito ao juiz natural, inércia.
d) domínio do fato, vedação à prova ilícita, contraditório e ampla defesa.
e) anualidade, motivação das decisões judiciais, isonomia processual.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³A´ Em todas as alternativas a FCC traz
princípios que regem o processo civil, mas em algumas delas traz princípios de
outros ramos do direito. Na alternativa correta a banca traz o princípio da
economia processual que refere-se ao amplo aproveitamento do ato processual
realizado. Além disso, apresenta o princípio da publicidade, previsto no CPC/15 no
art. 11, bem como no art. 93, IX, da CF/88. Por fim, o princípio da eventualidade,
referente à contestação, previsto no art. 336, do CPC/15.
/HWUD³B´HUUDGa, pois o princípio da individualização da pena é do direito penal e
não do processo civil.
/HWUD³&´HUUDGa, pois o princípio da presunção de inocência pertence ao processo
penal.
/HWUD³'´HUUDGD, pois a teoria do domínio do fato é utilizada no âmbito penal.
/HWUD ³(´ HUUDGa, já que menciona o extinto princípio da anualidade, previsto
anteriormente para o direito tributário.

 / 058 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Área

Administrativa / Direito Processual Civil / Princípios Gerais do


Processo; Prova; Do Juiz; )

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 16 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
  ùÿû÷ù ýü ùøòûùD ò ýù ûòù üøò 9õ÷ ò ý÷ò ýü Processo Civil adota o
princípio da
ï. persuasão racional.
b) prova legal.
c) livre convicção.
d) proporcionalidade.
e) oralidade.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ Em nosso sistema processual não há
prova mais forte ou mais fraca. Assim, não se pode dizer que a prova testemunhal
é mais forte ou mais fraca que a prova documental. Não se pode afirmar que o
documento prova mais ou menos que a testemunha. Há uma liberdade para que
o Juiz determine a produção das provas, analise-as e julgue. Esse é o sistema
denominado de persuasão racional. O sistema da prova legal é o que diz que
uma prova é mais forte que outra, o que está totalmente dispensado conforme
DQiOLVH DFLPD $ OHWUD ³&´ QmR HVWi FRUUHWD TXH WUDWD GD OLYUH FRQYLFomR HVWi
errado, pois não trata da valoração da prova, e sim, do julgamento. As demais
assertivas estão erradas.

 / Q584088 - Da ação - Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TRT - 9ª REGIÃO (PR)

>?@BFG HIJKLJ@ MNQLJLR?L@ S T?UF VQWLKLXY?FYLBF


Se estiverem ausentes as condições da ação, mas o réu nada alegar em contestação,
o juiz deve:
a) conhecer da matéria de ofício, em qualquer grau de jurisdição, e extinguir o
processo sem resolução de mérito.
b) dar ao processo curso normal, em razão da preclusão.
c) conhecer da matéria de ofício, desde que ainda não tenha ocorrido audiência de
instrução, e extinguir o processo com resolução de mérito.
d) conhecer da matéria, em qualquer grau de jurisdição, mas apenas se a matéria
foi alegada pelo réu no curso do processo, extinguindo-o sem resolução de mérito.
e) conhecer da matéria de ofício, em qualquer grau de jurisdição, e extinguir o
processo com resolução de mérito.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 17 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ O CPC/15 exclui das condições da ação
a possibilidade jurídica do pedido, mantendo somente a legitimidade das partes e
o interesse de agir (processual). A análise das condições da ação é matéria de
ordem pública e por isso pode ser analisada de ofício pelo juiz, em qualquer tempo
e grau de jurisdição. Salienta-se que no CPC/15, ainda que o juiz possa analisar
de ofício a matéria, ele deve dar oportunidade para a parte se manifestar, nos
termos do que dispõe o art. 10:

Art. 10. O juiz não pode decidir, em grau algum de jurisdição, com
base em fundamento a respeito do qual não se tenha dado às
partes oportunidade de se manifestar, ainda que se trate de
matéria sobre a qual deva decidir de ofício.

Apesar do acima citado, não há impedimento para que o juiz conheça de ofício de
tais matérias, como bem autoriza o art. 337, caput e §5° do CPC/15:

Art. 337. Incumbe ao réu, antes de discutir o mérito, alegar: I -


inexistência ou nulidade da citação; II - incompetência absoluta e
relativa; III - incorreção do valor da causa; IV - inépcia da petição
inicial; V - perempção; VI - litispendência; VII - coisa julgada;VIII
- conexão; IX - incapacidade da parte, defeito de representação
ou falta de autorização; X - convenção de arbitragem; XI -
ausência de legitimidade ou de interesse processual; XII -
falta de caução ou de outra prestação que a lei exige como
preliminar; XIII - indevida concessão do benefício de gratuidade
de justiça.
(...)
§ 5o Excetuadas a convenção de arbitragem e a incompetência
relativa, o juiz conhecerá de ofício das matérias enumeradas
neste artigo.

Além disso, o CPC/15 afirma que a ausência de qualquer das condições da ação
leva à extinção do feito sem análise do mérito, como bem se observa do contido
no art. 485:
Art. 485. O juiz não resolverá o mérito quando: I - indeferir a
petição inicial; II - o processo ficar parado durante mais de 1 (um)
ano por negligência das partes; III - por não promover os atos e
as diligências que lhe incumbir, o autor abandonar a causa por

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 18 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
mais de 30 (trinta) dias; IV - verificar a ausência de pressupostos
de constituição e de desenvolvimento válido e regular do processo;
V - reconhecer a existência de perempção, de litispendência ou de
coisa julgada; VI - verificar ausência de legitimidade ou de
interesse processual; VII - acolher a alegação de existência de
convenção de arbitragem ou quando o juízo arbitral reconhecer
sua competência; VIII - homologar a desistência da ação; IX - em
caso de morte da parte, a ação for considerada intransmissível por
disposição legal; e X - nos demais casos prescritos neste Código.

/HWUD³%´HUUDGDMiTXHVHWUDWDGHPDWpULDGHRUGHPS~EOLFDHSRULVVRQmRHVWi
sujeita à preclusão.
/HWUD ³&´ HUUDGD XPD YH] TXH R FRQKHFLPHQWR SRGH RFRUUHU HP TXDOTXHU
momento e além disso, a extinção neste caso não é com resolução do mérito.
/HWUD³'´HUUDGDSRUVHWUDWDUGHPDWpULDGHRUGHPS~EOLFDSRGHVHUFRQKHFLGD
de ofício pelo juiz, independentemente de provocação do réu.
/HWUD³(´HUUDGDDH[WLQomRQHVWHFDVRVHUiVHPDQiOLVHGRPpULWR

3 / 03 ðð13 ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Juiz / Direito Processual Civil / Da


Jurisdição e Ação; Competência; )
 ûüøùD ò 6 9õû÷óý÷D ò ü 6 òüÿ
÷ù  òûûüÿò ùE÷ûùr que
a) a jurisdição tem por objetivo solucionar casos litigiosos, pois os não litigiosos
são resolvidos administrativamente.
b) a arbitragem é modo qualificado e específico de exercício da jurisdição por
particulares escolhidos pelas partes.
c) em nenhuma hipótese poderá o juiz exercer a jurisdição de ofício, sendo preciso
a manifestação do interesse da parte nesse sentido.
d) a jurisdição é deferida aos juízes e membros do Ministério Público em todo
território nacional.
e) a jurisdição é una e não fracionável; o que se reparte é a competência, que
com a jurisdição não se confunde, por tratar, a competência, da capacidade de
exercer poder outorgada pela Constituição e pela legislação infraconstitucional.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ Jurisdição é o poder-dever-função do
Estado de, quando provocado, julgar o conflito que lhe foi apresentado. Se sofro
um acidente que me gera prejuízo, o causador deve me indenizar. Ao ajuizar a
ação de indenização, o Estado prestará a sua jurisdição, analisando e julgando o

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 19 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
pedido. O Estado assumiu para si o poder de julgar. Ao ser provocado, desenvolve
um dever seu. Além disso, julgar é uma das funções do Estado. Essa jurisdição é
una, não se divide, não se fraciona, pois é o Estado que a detém. Ocorre que o
Estado possui vários órgãos jurisdicionais, como a Justiça Comum Estadual e
Federal, a Justiça do Trabalho, a Justiça Eleitoral. Além disso, essas Justiças são
divididas em órgãos de primeiro grau (as Varas) e os Tribunais. Aos diversos
yUJmRVMXULVGLFLRQDLVDOHLFRQIHUH³SDUWHGDMXULVGLomR´RXVHMDHOHVSRGHPMXOJDU
parte dos conflitos apresentados, de acordo com o local, a matéria, a pessoa, etc.
(VVD³SDUWHGDMXULVGLomR´pGHQRPLQDGDGH competência. Essa competência é
FODVVLILFDGD SHOD )&& HP VXD OHWUD ³(´ FRPR ³capacidade de exercer poder
outorgada pela Constituição e pela OHJLVODomR LQIUDFRQVWLWXFLRQDO´. As demais
assertivas estão erradas. Vejamos:

/HWUD ³$´ HUUDGD SRLV WDPEpP H[LVWH D MXULVGLomR YROXQWiULD TXH WUDWD GH
situações não conflituosas, mas que dependem da decisão do Juiz.
/HWUD ³%´ HUUDGD SRLV D DUELWUDgem é um meio alternativo à jurisdição, pois
somente o Estado a possui e não as partes.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVH[LVWHPVLWXDo}HVHPTXHR-XL]SRGHDJLUGHRItFLRFRPR
nas situações em que reconhece a existência de normas de ordem pública,
conforme art. 337, §5º do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVDMXULVGLomRpWtSLFDGR(VWDGRTXHDUHDOL]DSRUPHLRGR
Poder Judiciário e não dos membros do Ministério Público.

1 / 084482 ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AL - Promotor de Justiça / Direito

Processual Civil / Da Jurisdição e Ação; )


No que concerne à natureza jurídica da ação, as afirmativas de que ³QmRKiDomR
VHPGLUHLWR´, ³QmRKiGLUHLWRVHPDomR´ e de que ³DDomRVHJXHDQDWXUH]DGR
direito´VmRFRQVHTXrQFLDVGRFRQFHLWRIRUPXODGRSHODWHRULD
a) do direito subjetivo instrumental.
b) do direito autônomo e concreto.
c) do direito autônomo e abstrato.
d) clássica ou imanentista.
e) do direito de fazer agir o Estado e não do direito de agir.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}
www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 20 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
A alternativa CORRETA É A LET5$ ³'´ A teoria clássica ou imanentista dizia
que o direito de ação era parte do direito material e que existe em função desse
último. A ideia era assim: se tenho direito a ser indenizado, tenho direito de ação,
ou seja, ir ao Poder Judiciário pedir a indenização. Se não tenho direito a ser
LQGHQL]DGR QmR WHQKR GLUHLWR GH DomR $ WHRULD FOiVVLFD RX LPDQHQWLVWD ³OLJDYD
XPDFRLVDjRXWUD´ 1mRVHYLDRGLUHLWR GHDomRFRPo um direito autônomo, e
sim, uma parte do direito material. O direito de ação é autônomo e abstrato,
pois independe da existência do direito material. Mesmo não tendo direito a ser
indenizado, posso ajuizar uma ação de indenização para, ao final, receber a
sentença de improcedência. Vejam que não tive o direito material reconhecido,
mas exerci o direito de ação. Claro que há a necessidade de preencher certos
requisitos, as condições da ação, pensadas por Liebman, que criou a teoria
eclética, ao falar em: legitimidade das partes, interesse processuais e
possibilidade jurídica do pedido.

5 / 07255 ( Prova: FCC - 2010 - TRT - 22ª Região (PI) - Analista Judiciário -

Área Judiciária / Direito Processual Civil / Da Jurisdição e Ação; ) A


indeclinabilidade é uma característica
ï. da ação.
b) da jurisdição.
c) do processo.
d) da lide.
e) do procedimento.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³B´ A indeclinabilidade é uma característica
da jurisdição, prevista no art. 140 do CPC/15, abaixo transcrito antes da
explicação:

O juiz não se exime de decidir sob a alegação de lacuna ou


obscuridade do ordenamento jurídico.

Uma vez provocado o Estado, que exercerá a jurisdição, a fim de julgar aquilo que
foi pedido, deve aquele decidir, mesmo que não haja norma jurídica sobre o
DVVXQWR0HVPRTXHR-XL]³YDVFXOKH´WRGRRRUGHQDPHQWRMXUtGLFRHSHUFHEDTXH
ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}
www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 21 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
o legislador não tenha criado norma jurídica sobre o assunto, deve decidir. A ideia
é que o Estado não pode deixar de julgar. Não pode deixar de dar uma resposta
ao autor. Uma vez requerida a jurisdição, essa é indeclinável.

4 / 0773 ( Prova: FCC - 2010 - TCE-RO - Auditor / Direito Processual Civil /

Da Jurisdição e Ação; )
ô 9õû÷óý÷D ò ò
ÿü
÷òóù ÷÷ø
a) é divisível.
b) é atividade substitutiva.
c) é exercida pelo Tribunal de Contas da União.
d) é exercida por membro do Ministério Público.
e) não pressupõe território.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´. A jurisdição é exercida pelo Estado, por
meio do Poder Judiciário, razão pela qual não é exercida pelos Tribunais de Contas
e membros do Ministério Público. Somente os Juízes, que são membros do Poder
Judiciário, em regra, exercem esse poder-dever-função do Estado. Salienta-se que
em hipóteses excepcionais, como por exemplo, no processo de impeachment (art.
52, I e II, da CF/88) o julgamento poderá ser feito fora do Poder Judiciário.
Mas vejam que a jurisdição somente é exercida quando as partes não conseguem,
de comum acordo, resolver os seus conflitos. Se bato no carro de outra pessoa e
a indenizo voluntariamente, nós resolvemos o problema antes existente. Mas se
não a indenizo, cria-se um conflito de interesses que será resolvido pelo Poder
Judiciário, caso o autor exerça o direito de ação. Ao decidir e condenar, o Estado
está substituindo a vontade das partes, o que significa dizer que a jurisdição é
uma atividade substitutiva, pois o Estado impõe uma decisão em substituição
à vontade das partes, já que a minha vontade era ficar inadimplente, mas o Estado
impôs a condenação e retirou a quantia do meu patrimônio, contrariando a minha
vontade.

7 / 052423 ( Prova: FCC - 2010 - TJ-MS - Juiz / Direito Processual Civil / Da

Jurisdição e Ação; Contestação; )


 ùøùZóü õü õù ùD ò  ÷ý
ÿ÷ù 6 òõÿûù õù
ýò ÿ÷üû
ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}
www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 22 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
ï. fundamentos e pedidos de mesma natureza.
b. a mesma natureza.

c) o mesmo pedido e as mesmas partes.


d) o mesmo pedido, as mesmas partes e mesma causa de pedir.
e) o mesmo pedido e mesma causa de pedir.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ Cada ação é identificada por meios doe
seus elementos. São elementos da ação: partes, causa de pedir e pedido. Se
duas ou mão ações possuírem os mesmos elementos da ação, serão consideradas
idênticas. Essa informação consta no art. 337, §2º do CPC/15, que será transcrito
a seguir:

³8PD DomR p LGrQWLFD j RXWUD TXDQGR WHP DV PHVPDV SDUWHV D


PHVPDFDXVDGHSHGLUHRPHVPRSHGLGR´

Se as duas ações idênticas estiverem em curso, ou seja, tramitando ao mesmo


tempo, teremos o vício denominado de litispendência (§3°, do art. 337, do
CPC/15). Se for ajuizada ação idêntica à outra que já foi julgada, em definitivo,
teremos o vício denominado de coisa julgada litispendência (§4°, do art. 337,
do CPC/15).

8 - Q12613 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PA - Analista Judiciário - Área Judiciária /

Direito Processual Civil / Princípios Gerais do Processo; Da Jurisdição e Ação; )


þõû÷óý÷D ò 
a) a faculdade atribuída ao Poder Executivo de propor e sancionar leis que
regulamentem situações jurídicas ocorridas na vida em sociedade.
b) a faculdade outorgada ao Poder Legislativo de regulamentar a vida social,
estabelecendo, através das leis, as regras jurídicas de observância obrigatória.
c) o poder das autoridades judiciárias regularmente investidas no cargo de dizer o
direito no caso concreto.
d) o direito individual público, subjetivo e autônomo, de pleitear, perante o Estado
a solução de um conflito de interesses.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 23 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
e. o instrumento pelo qual o Estado procede à composição da lide, aplicando o

Direito ao caso concreto, dirimindo os conflitos de interesses.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ Jurisdição vem de jus dicere, ou seja,
de dizer o direito. O EVWDGR ³GL] R GLUHLWR´ QRV FDVRV FRQFUHWRV TXH OKH VmR
apresentados, ou seja, afirma nos processos qual é a norma (o direito) a ser
aplicada naquele caso concreto. Trata-se de um dever, já que a jurisdição é um
poder-dever-função do Estado. Não se trata de faculdade do Estado, pois a
partir do momento que trouxe para si esse poder, passou a ser obrigado a dizer o
GLUHLWRTXDQGRSURYRFDGR$MXULVGLomRQmRpXP³LQVWUXPHQWR´FRPRGLWRQDOHWUD
³(´SRLVRLQVWUXPHQWRGHTXHVHYDOHR(VWDGRSDUDH[HUFHURSRGer jurisdicional
é o processo. -i R GLUHLWR GH LU DR 3RGHU -XGLFLiULR GHVFULWR QD OHWUD ³'´ p R
direito de ação.

2 - Q25201 ( Prova: FCC - 2008 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário -

Área Administrativa / Direito Processual Civil / Da Jurisdição e Ação; )


ô ûüóü÷ÿò ýù 9õû÷óý÷D ò ü ýù ùD ò ò
ó÷ýüûü

I. Nenhum juiz prestará tutela jurisdicional, senão quando a parte ou o interessado


a requerer, nos casos e formas legais.
II. O direito de ação é objetivo, decorre de uma pretensão e depende da existência
do direito que se pretende fazer reconhecido e executado.
III. Na jurisdição voluntária, não há lide, tratando-se de forma de administração
pública de interesses privados.

É correto o que se afirma APENAS em


a) II.
b) II e III.
c) I.
d) I e II.
e) I e III.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ Somente as assertivas I e III estão
corretas, conforme análise a seguir:
ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}
www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 24 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00

I. Apesar da modificação do texto legislativo neste ponto, o item continua


correto, já que o princípio da inércia mantém-se no CPC/15 no art. 2º.
II. Errado, pois o direito de ação é subjetivo e não depende da existência
do direito material, já que é abstrato.
III. Correto, pois nas situações de jurisdição voluntária não há lide, mas é
uma situação em que a intervenção do Estado é necessária, como no
divórcio consensual. Trata-se, como dito, de administração pública de
interesses privados.

ð / 084 ( Prova: FCC - 2007 - TRT - 23ª REGIÃO (MT) - Analista Judiciário -
Área Judiciária - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Da Jurisdição e
Ação; )
É totalmente correto afirmar que o direito de ação é um direito
a) subjetivo, privado, autônomo e concreto.
b) subjetivo, público, autônomo e abstrato.
c) objetivo, público e vinculado ao resultado do processo.
d) objetivo, privado e vinculado ao resultado do processo.
e) objetivo, privado, concreto e abstrato.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ O direito de ação é subjetivo, público,
autônomo e abstrato, conforme análise a seguir:

x Subjetivo: pois exercidos pelos sujeitos que se entendem que houve


violação aos seus direitos.
x Público: pois exercido em face do Estado, pois se pede àquele a resolução
dos conflitos.
x Autônomo: pois diferente do direito material. Existem dois direitos: o
material e o processual (ação).
x Abstrato: pois independe do reconhecimento do direito material. Mesmo
que não haja direito material, ou seja, mesmo que o direito do autor não
seja reconhecido (sentença de improcedência), o direito de ação terá
existido e exercido.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 25 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
 / 0 ð ð ( Prova: FCC - 2006 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Analista Judiciário -
Área Administrativa / Direito Processual Civil / Da Jurisdição e Ação; )
A respeito da jurisdição e da ação, é correto afirmar que
a) o interesse do autor não pode limitar-se à declaração da autenticidade de
documento.
b) é admissível a ação declaratória, ainda que tenha ocorrido a violação do direito.
c) não é necessário ter interesse e legitimidade para propor ou contestar a ação.
d) o interesse do autor não pode limitar-se à declaração da existência ou
inexistência de relação jurídica.
e) o interesse do autor não pode limitar-se à declaração da falsidade de
documento.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ O arts. 19 e 20 do CPC/15 tratam da
ação declaratória, dispondo que:

Art. 19 - O interesse do autor pode limitar-se à declaração: I - da


existência, da inexistência ou do modo de ser de uma relação
jurídica; II - da autenticidade ou falsidade de documento.

Art. 20 - É admissível a ação declaratória, ainda que tenha


ocorrido a violação do direito.

O fato de ter havido a violação do direito, não impede o autor de buscar apenas a
declaração de existência do direito, apesar do mais comum ser a busca pela
condenação, como uma forma de reparar a lesão. As demais assertivas estão
erradas, conforme análise a seguir:
/HWUD³$´HUUDGRSRLVFRQWUDULDRDUW19, II do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGRSRLVVmRFRQGLo}HVGDDomRQHFHVViULDVDRDMXL]DPHQWRGDDomR
conforme art. 17 do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGRSRLVFRQWUDULDRart. 19, I do CPC/15.
/HWUD³(´HUUDGRSRLVFRQWUDULDRDUW19, II do CPC/15.

 / Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: DPE-PB Prova: Defensor Público Em relação à
ação, é correto afirmar:

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 26 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
ï. Os elementos da ação são as partes, o pedido e a causa de pedir, servindo para
identificá-la e não se confundindo com suas condições.
b. Se os elementos da ação forem idênticos, ter-se-á a configuração de
continência ou conexão, conforme a natureza da demanda.
c) Se os elementos da ação forem semelhantes, ter-se-á a caracterização de
litispendência ou coisa julgada.
d) O direito de ação em sentido estrito é incondicionado, por decorrer do direito de
acesso à justiça.
e) As condições da ação constituem matéria de ordem pública e, assim, devem ser
arguidas pela parte, não podendo ser reconhecidas de ofício pelo juiz.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³A´ De fato, as condições da ação
(legitimidade das partes e interesse de agir/processual) não se confundem com
os seus elementos, quais sejam: partes, causa de pedir e pedido. Estes elementos
aparecem identificados no §2°, do art. 337, do CPC/15.

As demais assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:


/HWUD³%´HUUDGDSRLVDLGHQWLGDGHGRVHOHPHQWRVJHUDDOLWLVSHQGrQcia ou coisa
julgada, nos termos do §§ 1°, 3° e 4°, do art. 337, do CPC/15.
/HWUD ³C´ HUUDGD SRLV a lei exige que os elementos sejam idênticos e não
semelhantes.
/HWUD ³D´ HUUDGD o direito de ação existe o preenchimento de requisitos, as
chamadas condições da ação, nos termos do art. 17, do CPC/15.
/HWUD ³(´ HUUDGD as condições da ação, por constituírem-se em matérias de
ordem públicas podem ser conhecidas de ofício pelo juiz, nos termos do §5°, do
art. 337, do CPC/15.

3 - Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: FCC Órgão: TRT - 18ª Região (GO) Prova: Juiz
do trabalho.
>F?F [?@[@? @N J@KYUXYF? F\]@ I KUJUXXR?L@ YU? LKYU?UXXU U legitimidade. O postulado
refere-se
a) às condições da ação do interesse processual de agir e da legitimidade para a
causa, que em regra dirá respeito à legitimação ordinária.
b) aos pressupostos processuais do interesse processual de agir e da legitimidade
ordinária para a causa.
c) às condições da ação do interesse processual de agir e da legitimidade para a
causa, que em regra tratará da legitimação extraordinária.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 27 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
d. aos pressupostos processuais do interesse processual de agir e da legitimidade
extraordinária para a causa.
e. ao interesse processual em demandar e na legitimação para a defesa dos
interesses próprios e alheios, tanto difusos como coletivos.

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³A´ A alternativa repete o contido no art.
17, do CPC/15 que deixa clara a necessidade do interesse e da legitimidade. Além
disso, o art. 18, do CPC/15 deixa claro que somente será possível a postulação de
direito alheio em nome próprio quando houver autorização do ordenamento
jurídico, ou seja, de forma excepcional será possível a legitimidade extraordinária:

Art. 18. Ninguém poderá pleitear direito alheio em nome próprio,


salvo quando autorizado pelo ordenamento jurídico.

As demais assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:


Letras ³%´ H³'´: erradas, legitimidade e interesse são condições da ação e não
pressupostos SURFHVVXDLV$OpPGLVVRQDOHWUD³'´KiDDILUPDomRGHTXHDUHJUD
é da legitimidade extraordinária, o que está errado, já que conforme o citado
dispositivo legal acima, a regra é legitimidade ordinária.
/HWUD ³&´ HUUDGD SRLV a regra é a da legitimidade ordinária, nos termos do já
citado art. 18, do CPC/15.
/HWUD ³E´ HUUDGD já que a legitimidade para os direitos difusos e coletivos é
extraordinária e não ordinária, como a alternativa sugere.

1 - Ano: 2014 Banca: FCC- Órgão: TRT - 18ª Região (GO) - Prova: Juiz do trabalho
^ QU_UX@ F@ MNL` [?@_U?L? XUKYUK\Fa F _FB@? Q@ FNY@?a QU natureza diversa da pedida,
bem como condenar o réu em quantidade superior ou em objeto diverso do que lhe
foi demandado. Esse enunciado normativo refere-se ao princípio processual da
a) obrigatoriedade da jurisdição.
b) eventualidade.
c) inércia jurisdicional.
d) adstrição ou congruência.
e) reciprocidade decisória.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 28 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00

ÐÑÒCÓ()*+Ñ,-
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ Um dos princípios mais importantes em
direito processual civil recebe o nome de congruência, adstrição ou da
correlação entre a sentença e o pedido. Esse princípio encontra-se nos artigos
141 e 492 do CPC/15 e possui uma ideia muito simples: o Juiz deve julgar de
acordo com o que foi pedido pelo autor, ou seja, dentro dos limites que
foram impostos pelo mesmo. Vejamos os dispositivos legais para continuarmos
a explicação:

³$UW 41. O juiz decidirá o mérito nos limites propostos pelas partes,
sendo-lhe vedado conhecer de questões não suscitadas a cujo respeito a
OHLH[LJHDLQLFLDWLYDGDSDUWH´

³$UW 92. É vedado ao juiz proferir decisão de natureza diversa da


pedida, bem como condenar a parte em quantidade superior ou em
objeto diverso do que Ihe foi demandado.
Parágrafo único. A decisão deve ser certa, ainda que resolva relação
MXUtGLFDFRQGLFLRQDO´.

O princípio da congruência ou adstrição, diz que o Juiz está limitado, ao julgar,


àquilo que foi pedido pela parte. Não pode o Magistrado, em regra, decidir o que
não foi pedido, sob pena de nulidade da sua sentença. Alguns vícios podem surgir
quando se viola o principio em estudo. A decisão pode ser considerada, quando
isso ocorre, em:
x Extra petita: nessa situação, o Juiz profere sentença julgando algo que
QmRIRLSHGLGRRXVHMDMXOJD³IRUD´GRSHGLGRFRPRSRUH[HPSORXPGDQR
moral que não consta do pedido inicial do autor.
x Ultra petita: aqui o vício decorre da quantidade ser superior ao pedido, ou
seja, a decisão defere algR ³DOpP´ GR SHGLGR FRPR QD KLSyWHVH GH XP
pedido de condenação ao pagamento de danos morais de R$100.000,00 e
uma condenação de R$150.000,00.
x Citra ou infra petita: na situação, o vício decorre do fato da decisão não
ter julgado todos os pedidos que foram feitos, ou seja, a decisão é omissa
em relação à algum pedido formulado pela parte.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 29 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00

Os demais princípios tratam de outros assuntos, conforme análise abaixo:


/HWUD³$´REULJDWRULHGDGHGDMXULVGLomRpDLGHLDGHTXHQmRKiFRPRVHH[FOXLU
da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito, conforme art. 5º,
XXXV da CF/88 e art. 3°, CPC/15.
/HWUD³%´HYHQWXDOLGDGHSUHYLVWRQRDUWGR&3&DSOLFiYHOjGHIHVDGR
réu. Diz que o réu deve levar ao processo toda a defesa existente, num único
momento, que é o prazo previsto em lei.
/HWUD ³&´ LQpUFLD GL] TXH D -XULVGLomR VRPHQWH VHUi H[HUFLGD TXDQGR KRXYHU
provocação da parte interessada, nos termos do art. 2°, do CPC/15.
/HWUD ³(´ UHFLSURFLGDGH GHFLVyULD HVWi OLJDGD D PHFDQLVPRV GH FRRSHUDção
jurídica.

5. LISTA DAS QUESTÕES COMENTADAS NA AULA:

 - Q314536 ( Prova: FCC - 2013 - AL-PB - Procurador / Direito Processual Civil /

Princípios Gerais do Processo; )


O üý÷ýò ýò ùõÿòû ýüø÷÷ÿù ù 9õû÷óý÷D ò ù óüû ûüóÿùýù O princípio processual que
informa essa delimitação é o da
a) duração razoável do processo.
b) eventualidade.
c) imparcialidade.
d) adstrição ou congruência.
e) celeridade ou economia processuais.

 - Q265148 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário - Área

Judiciária / Direito Processual Civil / Princípios Gerais do Processo; )


fÉ ýüEüóò ùò 9õ÷ ûòEüû÷û óü
ÿü
Dù ù Eùòû ýò ùõÿòû de natureza diversa da
pedida, bem como condenar o réu em quantidade superior ou em objeto diverso
do que lhe foi demandado". No que se refere ao princípio processual civil trata-se
a) da eventualidade ou especificidade.
b) da correlação ou congruência.
c) do livre convencimento e persuasão racional.
d) da legalidade e isonomia processuais.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 30 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
e. da inafastabilidade da jurisdição.

3 / 01233 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 11ª Região (AM) - Juiz do Trabalho -
Tipo 5 / Direito Processual Civil / Princípios Gerais do Processo; )
Pelo princípio da eventualidade, deve o
a) réu comportar-se de modo leal no processo, salvo eventual contraposição à má-
fé processual do autor.
b) juiz aproveitar os atos processuais, ainda que praticados por forma equivocada,
se atingiram sua finalidade e não houve prejuízo à parte adversa.
c) juiz fundamentar cada tópico da sentença, para a hipótese de interposição de
eventual recurso de apelação.
d) juiz ater-se ao pedido formulado, ao proferir sentença, salvo eventual matéria
aferível de ofício.
e) réu alegar toda a defesa que tiver contra o autor, na contestação, de forma
especificada.

ð
1 / 04 1 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 20ª REGIÃO (SE) - Juiz do Trabalho -

Tipo 1 / Direito Processual Civil / Princípios Gerais do Processo; ) O Código de


Processo Civil prevê que o comparecimento espontâneo do réu aos autos supre a
falta de sua citação. Nessa norma vislumbra-se o princípio processual
ï. da instrumentalidade dos atos processuais.
b) da eventualidade.
c) da congruência ou adstrição.
d) da persuasão racional.
e) do livre convencimento do juiz.

5 / 022 ðð2 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Juiz do Trabalho /
Direito Processual Civil / Princípios Gerais do Processo; )
 ûüøùD ò ùòó û÷
P÷òó Eõ
ýùü
ÿù÷ó ýò ûòüóóò ÷÷ø o
a) da instrumentalidade significa que nenhuma nulidade processual é passível de
convalidação, pois o que é nulo não produz efeito algum nos autos.
b) da eventualidade é o que determina ao réu a interposição de reconvenção ou
de pedido contraposto.
c) da congruência é o que determina ao autor que só cumule pedidos coerentes
entre si.
d) inquisitivo é o que dá às partes a liberdade de instauração e impulso
processuais.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 31 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
e. da demanda é o que determina que nenhum juiz prestará a tutela jurisdicional

senão quando requerida pela parte.

ð
4 / 0 14 ( Prova: FCC - 2011 - TCE-SP - Procurador / Direito Processual Civil
/ Princípios Gerais do Processo; )
O princípio geral do processo que atribui às partes toda a iniciativa, seja na
instauração do processo, seja no seu impulso, é o princípio
a) do devido processo legal.
b) inquisitivo.
c) dispositivo.
d) da eventualidade.
e) da verdade real.

7 / 08772 ( Prova: FCC - 2011 - TJ-PE - Juiz / Direito Processual Civil /

Princípios Gerais do Processo; )


É òûûüÿò ùE÷ûùû õü
a) o princípio da eventualidade concerne aos limites do pedido inicial formulado.
b) a coerência dos argumentos expostos caracteriza o princípio da congruência ou
adstrição.
c) o princípio isonômico previsto processualmente é meramente formal e abstrato,
ao contrário de igual princípio constitucional.
d) o princípio da iniciativa da parte rege o processo civil, não comportando
exceções.
e) é possível ao juiz, por sua própria iniciativa, determinar as provas que entender
necessárias à instrução do processo, indeferindo diligências inúteis ou meramente
procrastinatórias.

8 / 077338 ( Prova: FCC - 2010 - TCE-RO - Procurador / Direito Processual Civil /

Princípios Gerais do Processo; )


ô ùûù
ÿ÷ù ýò 9õ÷
ùÿõûùø
a) permite a criação de tribunal para julgar determinado caso.
b) confere aos tribunais, indiscriminadamente, o poder de avocação de processos.
c) possibilita a derrogação e a disponibilidade das competências.
d) inviabiliza a edição de regras de competência determinada por prerrogativa de
função.
e) admite a pré-constituição, por lei, de critérios objetivos de determinação da
competência.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 32 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00

2 / 052427 ( Prova: FCC - 2010 - TJ-MS - Juiz / Direito Processual Civil /

Princípios Gerais do Processo; Da Jurisdição e Ação; )


É princípio informativo do processo civil o princípio
a) dispositivo, significando que o juiz não pode conhecer de matéria a cujo
respeito a lei exige a iniciativa da parte.
b) da inércia, significando que o processo se origina por impulso oficial, mas se
desenvolve por iniciativa da parte.
c) da congruência, significando que o juiz deve ser coerente na exposição de suas
razões de decidir.
d) da eventualidade, significando que as partes devem comparecer em todos os
atos do processo, manifestando- se eventualmente.
e) da instrumentalidade das formas, significando que o ato deve ser considerado
em si mesmo, sem preocupações teleológicas.

ð - ( Prova: FCC - 2015 ± MANAUS PREV ± Procurador Autárquico / Direito


Processual Civil / Princípios Gerais do Processo)
 ò û÷
P÷òó üûù÷ó ýò ûòüóóò ÷÷ø
a) economia processual, publicidade dos atos processuais, eventualidade.
b) individualização da pena, duração razoável do processo, livre investigação das
provas.
c) presunção de inocência, direito ao juiz natural, inércia.
d) domínio do fato, vedação à prova ilícita, contraditório e ampla defesa.
e) anualidade, motivação das decisões judiciais, isonomia processual.

 - Q25282 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Área

Administrativa / Direito Processual Civil / Princípios Gerais do


Processo; Prova; Do Juiz; )
  ùÿû÷ù ýü ùøòûùD ò ýù ûòù üøò 9õ÷ ò ý÷ò ýü Processo Civil adota o
princípio da
a) persuasão racional.
b) prova legal.
c) livre convicção.
d) proporcionalidade.
e) oralidade.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 33 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
 - Q584088 - Da ação - Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TRT - 9ª REGIÃO (PR)

>?@BFG HIJKLJ@ MNQLJLR?L@ S T?UF VQWLKLXY?FYLBF

Se estiverem ausentes as condições da ação, mas o réu nada alegar em contestação,


o juiz deve:
a) conhecer da matéria de ofício, em qualquer grau de jurisdição, e extinguir o
processo sem resolução de mérito.
b) dar ao processo curso normal, em razão da preclusão.
c) conhecer da matéria de ofício, desde que ainda não tenha ocorrido audiência de
instrução, e extinguir o processo com resolução de mérito.
d) conhecer da matéria, em qualquer grau de jurisdição, mas apenas se a matéria
foi alegada pelo réu no curso do processo, extinguindo-o sem resolução de mérito.
e) conhecer da matéria de ofício, em qualquer grau de jurisdição, e extinguir o
processo com resolução de mérito.

3 / 03 ðð13 ( Prova: FCC - 2013 - TJ-PE - Juiz / Direito Processual Civil / Da


Jurisdição e Ação; Competência; )
 ûüøùD ò 6 9õû÷óý÷D ò ü 6 òüÿ
÷ù  òûûüÿò ùE÷ûùr que
a) a jurisdição tem por objetivo solucionar casos litigiosos, pois os não litigiosos
são resolvidos administrativamente.
b) a arbitragem é modo qualificado e específico de exercício da jurisdição por
particulares escolhidos pelas partes.
c) em nenhuma hipótese poderá o juiz exercer a jurisdição de ofício, sendo preciso
a manifestação do interesse da parte nesse sentido.
d) a jurisdição é deferida aos juízes e membros do Ministério Público em todo
território nacional.
e) a jurisdição é una e não fracionável; o que se reparte é a competência, que
com a jurisdição não se confunde, por tratar, a competência, da capacidade de
exercer poder outorgada pela Constituição e pela legislação infraconstitucional.

1 - Q286689 ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AL - Promotor de Justiça / Direito

Processual Civil / Da Jurisdição e Ação; )


gò õü ò
üû
ü 6
ùÿõûüù 9õûPý÷ù ýù ùD ò ùó ùE÷ûùÿ÷vas de que ³QmRKiDomR
VHPGLUHLWR´, ³QmRKiGLUHLWRVHPDomR´ e de que ³DDomRVHJXHDQDWXUH]DGR
direito´VmRFRQVHTXrQFLDVGRFRQFHLWRIRUPXODGRSHODWHRULD
a) do direito subjetivo instrumental.
b) do direito autônomo e concreto.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 34 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
c. do direito autônomo e abstrato.

d. clássica ou imanentista.

e) do direito de fazer agir o Estado e não do direito de agir.

5 - Q79552 ( Prova: FCC - 2010 - TRT - 22ª Região (PI) - Analista Judiciário -

Área Judiciária / Direito Processual Civil / Da Jurisdição e Ação; ) A


indeclinabilidade é uma característica
ï. da ação.
b) da jurisdição.
c) do processo.
d) da lide.
e) do procedimento.

4 - Q77223 ( Prova: FCC - 2010 - TCE-RO - Auditor / Direito Processual Civil /

Da Jurisdição e Ação; )
ô 9õû÷óý÷D ò ò
ÿü
÷òóù ÷÷ø
a) é divisível.
b) é atividade substitutiva.
c) é exercida pelo Tribunal de Contas da União.
d) é exercida por membro do Ministério Público.
e) não pressupõe território.

7 - Q59693 ( Prova: FCC - 2010 - TJ-MS - Juiz / Direito Processual Civil / Da

Jurisdição e Ação; Contestação; )


Fala-se que uma ação é idêntica à outra quando tiver
a) fundamentos e pedidos de mesma natureza.
b) a mesma natureza.
c) o mesmo pedido e as mesmas partes.
d) o mesmo pedido, as mesmas partes e mesma causa de pedir.
e) o mesmo pedido e mesma causa de pedir.

8 - Q12613 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PA - Analista Judiciário - Área Judiciária /

Direito Processual Civil / Princípios Gerais do Processo; Da Jurisdição e Ação; )


þõû÷óý÷D ò 
a) a faculdade atribuída ao Poder Executivo de propor e sancionar leis que
regulamentem situações jurídicas ocorridas na vida em sociedade.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 35 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
b. a faculdade outorgada ao Poder Legislativo de regulamentar a vida social,

estabelecendo, através das leis, as regras jurídicas de observância obrigatória.


c. o poder das autoridades judiciárias regularmente investidas no cargo de dizer o

direito no caso concreto.


d) o direito individual público, subjetivo e autônomo, de pleitear, perante o Estado
a solução de um conflito de interesses.
e) o instrumento pelo qual o Estado procede à composição da lide, aplicando o
Direito ao caso concreto, dirimindo os conflitos de interesses.

2 - Q25201 ( Prova: FCC - 2008 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário -

Área Administrativa / Direito Processual Civil / Da Jurisdição e Ação; )


ô ûüóü÷ÿò ýù 9õû÷óý÷D ò ü ýù ùD ò ò
ó÷ýüûü

I. Nenhum juiz prestará tutela jurisdicional, senão quando a parte ou o interessado


a requerer, nos casos e formas legais.
II. O direito de ação é objetivo, decorre de uma pretensão e depende da existência
do direito que se pretende fazer reconhecido e executado.
III. Na jurisdição voluntária, não há lide, tratando-se de forma de administração
pública de interesses privados.

É correto o que se afirma APENAS em


a) II.
b) II e III.
c) I.
d) I e II.
e) I e III.

 ð - Q286 ( Prova: FCC - 2007 - TRT - 23ª REGIÃO (MT) - Analista Judiciário -
Área Judiciária - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Da Jurisdição e
Ação; )
É ÿòÿùøü
ÿü òûûüÿò ùE÷ûùû õü ò ý÷ûü÷ÿò ýü ùD ò  õ direito
a) subjetivo, privado, autônomo e concreto.
b) subjetivo, público, autônomo e abstrato.
c) objetivo, público e vinculado ao resultado do processo.
d) objetivo, privado e vinculado ao resultado do processo.
e) objetivo, privado, concreto e abstrato.

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 36 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00

 - Q1010 ( Prova: FCC - 2006 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Analista Judiciário -

Área Administrativa / Direito Processual Civil / Da Jurisdição e Ação; )


ô ûüóü÷ÿò ýù 9õû÷óý÷D ò ü ýù ùD ò  òûûüÿò ùE÷ûùû õü
a) o interesse do autor não pode limitar-se à declaração da autenticidade de
documento.
b) é admissível a ação declaratória, ainda que tenha ocorrido a violação do direito.
c) não é necessário ter interesse e legitimidade para propor ou contestar a ação.
d) o interesse do autor não pode limitar-se à declaração da existência ou
inexistência de relação jurídica.
e) o interesse do autor não pode limitar-se à declaração da falsidade de
documento.

 - Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: DPE-PB Prova: Defensor Público Em relação à
ação, é correto afirmar:
ï. Os elementos da ação são as partes, o pedido e a causa de pedir, servindo para
identificá-la e não se confundindo com suas condições.
b) Se os elementos da ação forem idênticos, ter-se-á a configuração de
continência ou conexão, conforme a natureza da demanda.
c) Se os elementos da ação forem semelhantes, ter-se-á a caracterização de
litispendência ou coisa julgada.
d) O direito de ação em sentido estrito é incondicionado, por decorrer do direito de
acesso à justiça.
e) As condições da ação constituem matéria de ordem pública e, assim, devem ser
arguidas pela parte, não podendo ser reconhecidas de ofício pelo juiz.

3 - Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: FCC Órgão: TRT - 18ª Região (GO) Prova: Juiz
do trabalho.
>F?F [?@[@? @N J@KYUXYF? F\]@ I KUJUXXR?L@ YU? LKYU?UXXU U legitimidade. O postulado
refere-se
a) às condições da ação do interesse processual de agir e da legitimidade para a
causa, que em regra dirá respeito à legitimação ordinária.
b) aos pressupostos processuais do interesse processual de agir e da legitimidade
ordinária para a causa.
c) às condições da ação do interesse processual de agir e da legitimidade para a
causa, que em regra tratará da legitimação extraordinária.
d) aos pressupostos processuais do interesse processual de agir e da legitimidade
extraordinária para a causa.
e) ao interesse processual em demandar e na legitimação para a defesa dos
interesses próprios e alheios, tanto difusos como coletivos.

1 - Ano: 2014 Banca: FCC- Órgão: TRT - 18ª Região (GO) - Prova: Juiz do trabalho
^ QU_UX@ F@ MNL` [?@_U?L? XUKYUK\Fa F _FB@? Q@ FNY@?a Qe natureza diversa da pedida,
bem como condenar o réu em quantidade superior ou em objeto diverso do que lhe
foi demandado. Esse enunciado normativo refere-se ao princípio processual da
ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}
www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 37 de 38
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa ± Aula 00
ï. obrigatoriedade da jurisdição.
b. eventualidade.
c) inércia jurisdicional.
d) adstrição ou congruência.
e) reciprocidade decisória.

hi GABARITOS:

! ñ # j k  lô $ 

m n  o  % ô !" ô
!! ô !# ô !k  !l ñ !$ j

!m j !n ñ !o !%  #" j

#! j ## ô #k ô #l ñ

7. CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Prezados alunos, chegamos ao término de nossa aula demonstrativa, em


Çȱ analisamos 24 (vinte e quatro) das 500 (quinhentas) questões
pq rstuqi Todas as dúvidas podem ser tiradas por meio do fórum.

Até breve ! Forte abraço. Tudo de bom. Sucesso!

BRUNO KLIPPEL / Vitória - ES.


www.brunoklippel.com.br
https://www.facebook.com/bruno.klippel

GUILHERME CORRÊA / Curitiba - PR.


https://www.facebook.com/guilherme.correa.10441?fref=ts

ghijk mhnpi rstuuws ghijk xntsywhzw {ihh|}


www.estrategiaconcursos.com.br
~€‚ƒ 38 de 38
vwxy z{

500 Questões Comentadas de Processo Civil - FCC (Novo CPC)


Professores: Bruno Klippel, Guilherme Corrêa
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01

•–—• ˜™ ±500 QUESTÕES COMENTADAS DE


š›œžŸŸœ  ¡ — ¢ £ ± QUESTÕES SOBRE: DOS

¤¥¦§¨§¤©ª« ¬¤ ­¥«®§¯¤° ¬± ¬§©ª®±© ¬ª «ª²©ª®¤©§¤³ ¬±

«ª©´ªµ®¥¶©§± ¬¤ ­¥«®§¯¤³ ¬± ±·§²§¤¨ ¬ª ­¥«®§¯¤³ ¬±

¸ª©§®± ª ¬± ¤««§«®ªµ®ª ®¹²µ§²±º ¬ª´ª©ª« ª

©ª«¸±µ«¤»§¨§¬¤¬ª«º §¼¸ª¬§¼ªµ®±«½

«¥¼¶©§± ¸¶¾§µ¤

¿À ÁÂÃÄÅÄÆÇÈÊËÌ Í¿

ÎÀ ÏÐÄÅÇÑÄÅ ÒÌÓÄÆÇÈÔÈÅ ÆÈ ÈÐÕÈÖ ÍÎ

×À ØÙÅÇÈ ÔÈÅ ÚÐÄÅÇÑÄÅ ÒÌÓÄÆÇÈÔÈÅ ÆÈ ÈÐÕÈÖ ÎÍ

ÛÀ ÜÈÝÈÃÙÇÌÅ ÎÞ

ßÀ àÌÆÅÙÔÄÃÈÊÑÄÅ áÙÆÈÙÅ Îâ

1. APRESENTAÇÃO:

Prezados alunos,
ãÆÙÒÙÈÓÌÅ È ÆÌÅÅÈ AULA 01 sobre DOS AUXILIARES DA JUSTIÇA: DO
¬§©ª®±© ¬ª «ª²©ª®¤©§¤³ ¬± «ª©´ªµ®¥¶©§± ¬¤ ­¥«®§¯¤³ ¬±

±·§²§¤¨ ¬ª ­¥«®§¯¤³ ¬± ¸ª©§®± ª ¬± ¤««§«®ªµ®ª ®¹²µ§²O;

¬ª´ª©ª« ª ©ª«¸±µ«¤»§¨§¬¤¬ª«º §¼¸ª¬§¼ªµ®±«½

São poucas as questões da FCC sobre os assuntos da aula de hoje.


¤ääåæ³ çèäéêëèæéä åìíêîåç ïîèäðñèä òó ´¥µª«¸ è ²ª«¸ª/UNB, que
ÆËÌ ÄÆÇÃÈÃËÌ ÆÌ ÒÌÓÂÐÇÌ ÔÈÅ ßÍÍ ÚÐÄÅÇÑÄÅÀ

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 1 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
ÁÅÅÙÓô ÅÄÃËÌ ÈÆÈÕÙÅÈÔÈÅ ÆÈ ÈÐÕÈ ÔÄ õÌöÄ 12 (doze) QUESTÕES da FCC,

sendo que comentaremos em primeiro lugar a assertiva correta, partindo


para a análise mais breve das assertivas erradas.

2. QUESTÕES COMENTADAS:

÷ - Q353297 ( Prova: FCC - 2014 - TRF - 3ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
Pedro, oficial de justiça, viajou para visitar sua mãe doente e resolveu
delegar a outra pessoa o cumprimento de mandado de citação do réu de
uma ação de cobrança. A conduta de Pedro.
a) é ilegal, pois está obrigado a realizar pessoalmente as diligências
próprias de seu cargo.
b) é legal, se a pessoa à qual delegou as atribuições tiver cumprido as
formalidades inerentes ao ato citatório e for analista judiciário oficial de
justiça.
c) só é ilegal se a pessoa que cumpriu a diligência for seu cônjuge, irmão
ou parente até o terceiro grau.
d) legal, porque a lei atribui ao oficial de justiça poderes para delegar suas
funções por necessidade do serviço ou outro motivo justificado.
e) só é ilegal se a certidão a respeito da ocorrência, com menção de lugar,
dia e hora, não tiver sido lavrada e assinada pelo próprio oficial de justiça

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ A única assertiva que pode ser
FRQVLGHUDGDFRUUHWDpDOHWUD³$´SRLVpD~QLFDTXHGL]GHIRUPDHQIiWLFDTXHR
ato é ilegal, pois deve ser realizado exclusivamente pelo Oficial de Justiça. A
informação pode ser retirada do art. 154 do CPC/15, que trata das incumbências
daquele auxiliar da justiça, afirmando logo no inciso I que:

Fazer pessoalmente as citações, prisões, penhoras, arrestos e demais


diligências próprias do seu ofício, sempre que possível na presença de 2

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 2 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
(duas) testemunhas, certificando no mandado o ocorrido, com menção
ao lugar, ao dia e à hora;

Não há qualquer informação no sentido de que outra pessoa possa realizar o ato
por delegação, seja parente ou não. Isso significa dizer que em qualquer situação,
o ato será ilegal, já que o CPC/15 diz ser o mesmo pessoal. Cuidado com a letra
³(´TXHé incorreta, pois mesmo que a certidão seja lavrada pelo Oficial de Justiça,
o ato continua a ser ilegal, já que o ato e a certidão devem ser realizados pelo
serventuário. As demais assertivas não precisam ser analisadas sem
separado, pois já foram excluídas.

2 ± Q251018 ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AP - Analista Ministerial - Direito


/ Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; (Adaptada ao
CPC/15)
José Reinaldo e João Vitório são engenheiros e peritos judiciais. No
SURFHVVR³;´-RVp5HLQDOGRDSUHVHQWRXGRORVDPHQWHODXGRSHULFLDOFRQWHQGR
LQIRUPDo}HV LQYHUtGLFDV SDUD SUHMXGLFDU R DXWRU 1R SURFHVVR ³<´ -RmR
Vitório apresentou culposamente, em razão de conduta negligente, laudo
pericial contendo informações inverídicas o que acabou prejudicando o réu.
Nestes casos, de acordo com o Código de Processo Civil, José Reinaldo
a) ficará inabilitado por três anos a funcionar em outras perícias e João
Vitório por dois anos.
b) ficará inabilitado por dois anos a funcionar em outras perícias e João
Vitório por quatro anos.
c) e João Vitório ficarão inabilitados por quatro anos, a funcionar em outras
perícias.
d) ficará inabilitado por cinco anos a funcionar em outras perícias e João
Vitório por três anos.
e) e João Vitório ficarão inabilitados pelo prazo de dois a cinco anos a
funcionar em outras perícias.

øùúûüýþÿ ù C 

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 3 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ A resposta correta, que contempla
sanções aos dois peritos, que agiram com dolo e culpa, é respondida pelo art. 158
do CPC/15, assim redigido:

O perito que, por dolo ou culpa, prestar informações inverídicas


responderá pelos prejuízos que causar à parte e ficará inabilitado para
atuar em outras perícias no prazo de 2 (dois) a 5 (cinco) anos,
independentemente das demais sanções previstas em lei, devendo o juiz
comunicar o fato ao respectivo órgão de classe para adoção das medidas
que entender cabíveis.

Vejam que, independentemente do ato ter sido praticado com culpa (imprudência,
negligência, imperícia) ou dolo, a sanção é a mesma: não poderá o perito
funcionar em outras perícias pelo prazo de dois a cinco anos, além de responder
pelas demais sanções previstas em lei. Assim, no problema narrado, José Reinaldo
H-RmR9LWyULRSRUWHUHPLQFRUULGRHPFXOSDHGRORQRVWHUPRVGDOHWUD³(´ILFDUmR
inabilitados pelo prazo de dois a cinco anos. As demais assertivas não
precisam ser analisadas sem separado, pois já foram excluídas.

3 - Q232844 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
NÃO se inclui dentre os auxiliares da justiça o
a) perito.
b) intérprete.
c) administrador.
d) oficial de justiça.
e) advogado.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ Trata-se de questão fácil, pois o art. 149
do CPC/15 traz um rol daqueles que são auxiliares da justiça, a saber:

São auxiliares da Justiça, além de outros cujas atribuições sejam


determinadas pelas normas de organização judiciária, o escrivão, o chefe
de secretaria, o oficial de justiça, o perito, o depositário, o

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 4 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
administrador, o intérprete, o tradutor, o mediador, o conciliador
judicial, o partidor, o distribuidor, o contabilista e o regulador de avarias.

Vejam que o único dos arrolados pela FCC que não é serventuário da Justiça é o
Advogado, pois representa a parte, sujeito parcial do processo, que não realiza
atos em nome do Estado, e sim, de um particular (autor ou réu). As demais
assertivas não precisam ser analisadas sem separado, pois já foram
excluídas.

4 - Q214963 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-PE - Oficial de Justiça - Judiciária e


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )

Débora pretende candidatar-se ao cargo de oficial de justiça do Tribunal de


Justiça de Pernambuco. Indagou a Julia, sua amiga advogada, quais as
incumbências que o Código de Processo Civil brasileiro estabelece à função
de Oficial de Justiça. Julia respondeu que não se recordava de todas, mas
que ao oficial de justiça incumbe
a) efetuar avaliações.
b) redigir, em forma legal, os ofícios, mandados e cartas precatórias.
c) ter, sob sua guarda e responsabilidade, os autos, não permitindo que
saiam do cartório.
d) fazer pessoalmente as citações, certificando no mandado o ocorrido,
com menção de lugar, dia e hora, na presença obrigatória de, no mínimo,
três testemunhas
e) fazer pessoalmente as prisões certificando no mandado o ocorrido, com
menção de lugar, dia e hora, na presença obrigatória de, no mínimo, três
testemunhas.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ A partir de 2006, o Oficial de Justiça
passou a ter a incumbência de realizar avaliações, conforme art. 154, V do
CPC/15, além das seguintes:

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 5 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
Art. 154. Incumbe ao oficial de justiça: I - fazer pessoalmente
citações, prisões, penhoras, arrestos e demais diligências próprias do
seu ofício, sempre que possível na presença de 2 (duas) testemunhas,
certificando no mandado o ocorrido, com menção ao lugar, ao dia e à
hora; II - executar as ordens do juiz a que estiver subordinado; III -
entregar o mandado em cartório após seu cumprimento; IV - auxiliar o
juiz na manutenção da ordem; V - efetuar avaliações, quando for o
caso; VI - certificar, em mandado, proposta de autocomposição
apresentada por qualquer das partes, na ocasião de realização de ato de
comunicação que lhe couber.

As demais incumbências são típicas de outros serventuárias, como análise a seguir


realizada:
/HWUD³%´LQFXPEHDRHVFULYmRFRQIRUPHDUW52, I do CPC/15.
/HWUD³&´incumbe ao escrivão, conforme art. 152, IV do CPC/15.
/HWUD ³'´ QmR Ki QHFHVVLGDGH GH SUHVHQoD GH  WHVWHPXQKDV H VLP GH GXDV
quando possível, nos termos do art. 154, I do CPC/15.
/HWUD ³(´ PHVPR HUUR GD DVVHUWLYD DQWHULRU SRLV TXDQGR SRVVtYHO VHUmR 
testemunhas presentes ao ato.

5 - Q87506 ( Prova: FCC - 2011 - TRE-RN - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
João é perito judicial e recebeu ofício para proceder à perícia no processo
A. Porém, João pretende escusar-se do encargo. Neste caso, ele deverá
a) apresentar a escusa dentro de 15 dias, contados da intimação,
independentemente de fundamentação.
b) cumprir o ofício, tratando-se de ordem judicial inescusável.
c) apresentar a escusa dentro de 15 dias, contados da intimação, alegando
motivo legítimo.
d) apresentar a escusa dentro de 5 dias, contados da intimação, alegando
motivo legítimo.
e) apresentar a escusa dentro de 10 dias, contados da intimação, alegando
motivo legítimo.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$e$/(75$³C´ A escusa do Perito está regulamentada
no art. 157, §1° do CPC/15, que assim prescreve:

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 6 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
Art. 157. O perito tem o dever de cumprir o ofício no prazo que lhe
designar o juiz, empregando toda sua diligência, podendo escusar-se do
encargo alegando motivo legítimo.

§ 1o A escusa será apresentada no prazo de 15 (quinze) dias, contado da


intimação, da suspeição ou do impedimento supervenientes, sob pena de
renúncia ao direito a alegá-la.

Vejam que as únicas assertivas que trazem o prazo correto (15 dias) são a ³$´H
a ³C´UD]mRSHODTXDODVGHPDLVVmRIDFLOPHQWHH[FOXtGDVHPHVSHFLDODOHWUD³%´
que diz ser o encargo inescusável. $/HWUD³$´DSHVDUGHFRQWHURSUD]RFRUUHWR
está errada pelo fato de afirmar que a escusa seria independentemente de
fundamentação. Salienta-se que no CPC revogado o prazo era de 5 dias e não 15
dias, como aparece no CPC/15. Por tal razão, o gabarito oficial indicava outra
alternativa. Aqui houve mudança na alternativa correta, a fim de a questão ficar
adaptada à nova legislação. As demais assertivas não precisam ser
analisadas sem separado, pois já foram excluídas.

6 - Q26951 ( Prova: FCC - 2010 - TRE-AM - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça)
(Adaptada ao CPC/15)
O   
    
  erídicas
a) ficará inabilitado, por dois a cinco anos, a funcionar em outras perícias.
b) ficará inabilitado, por um ano, a funcionar em outras perícias.
c) ficará inabilitado, por três anos, a funcionar em outras perícias.
d) ficará inabilitado a funcionar em qualquer perícia por prazo
indeterminado.
e) não ficará inabilitado a funcionar em outras perícias.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ Novamente uma questão que é
respondida com base no art. 158 do CPC/15, muito lembrado pela FCC nas
questões sobre o perito. Trata-se do dispositivo que menciona as penalidades a
serem impostas ao perito que atua com dolo ou culpa, fornecendo informações
inverídicas em seu laudo. Vejamos:

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 7 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
O perito que, por dolo ou culpa, prestar informações inverídicas responderá pelos
prejuízos que causar à parte e ficará inabilitado para atuar em outras perícias no
prazo de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, independentemente das demais sanções
previstas em lei, devendo o juiz comunicar o fato ao respectivo órgão de classe
para adoção das medidas que entender cabíveis.

Há apenas uma assertiva que fala corretamente no prazo de 2 a 5 anos de


inabilitação. Isso torna a questão mais fácil de ser respondida. Além disso, a FCC
gosta de cobrar do concurseiro o conhecimento acerca da aplicação da penalidade
nas hipóteses de dolo ou culpa. A penalidade é a mesma. Além da inabilitação,
tem-se as demais sanções previstas em lei, além da comunicação do fato ao
respectivo órgão de classe. As demais assertivas não precisam ser
analisadas sem separado, pois já foram excluídas.

7 - Q165662 ( Prova: FCC - 2008 - TRF - 5ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça)
Considere as seguintes situações:
I O          rio da parte.
II. O perito é inimigo capital de uma das partes envolvidas na lide.
III. Uma das partes envolvidas na lide é devedora da esposa do perito.
IV. Parente consanguíneo do perito na linha colateral até o terceiro grau
está postulando em processo contencioso, como advogado da parte.
V. O perito exerce cargo de administração de pessoa jurídica, parte na
causa.
VI. O Perito é interessado no julgamento da causa em favor de uma das
partes.

De acordo com o Código de Processo Civil são hipóteses de suspeição de


parcialidade do perito, dentre outras:
a) I, II, V e VI.
b) III, IV, V e VI.
c) II, III e VI.
d) II, III, IV e V.
e) I, IV e V.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 8 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ São hipóteses de suspeição do perito as
mencionadas nos incisos II, III e VI, conforme análise que será feita a seguir.
Antes de serem analisados as situações, é importante mencionar que o art. 148,
II do CPC/15 manda aplicar aos auxiliares da justiça (dentre eles o perito) as
hipóteses de suspeição do art. 145 do CPC/15, direcionado, em um primeiro
momento, ao Juiz. Com base no último dispositivo mencionado, temos que:

I. A intervenção como mandatário da parte (como Advogado da parte) é


causa de impedimento do perito, e não de suspeição, conforme art. 144,
I do CPC/15.
II. Correta, pois a inimizade é hipótese de suspeição, conforme art. 145, I
do CPC/15. Note-se que o CPC/15 não fala mais em inimizade capital,
ou seja, basta que haja a inimizade para se ter a suspeição. Apesar da
modificação na legislação, a alternativa mantém-se correta.
III. Correta, o fato de uma das partes ser devedora da esposa do perito faz
com que o mesmo seja suspeito, conforme art. 145, III do CPC/15.
IV. O parentesco caracteriza o impedimento, conforme art. 144, IV do
CPC/15.
V. O fato de ser administrador de pessoa jurídica parte na causa faz com
que haja impedimento, conforme art. 144, V do CPC/15.
VI. Correta, o interesse no julgamento faz com que haja suspeição,
conforme art. 145, IV do CPC/15.

8 - Q165668 ( Prova: FCC - 2008 - TRF - 5ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
O perito nomeado pelo Juiz poderá escusar-se do encargo, sob pena de se
reputar renunciado este direito (Adaptada ao CPC/15)
a) no prazo de 48 horas, contados da intimação, independentemente de
justificativa motivada.
b) no prazo de quinze dias, contados da intimação, independentemente de
justificativa motivada.
c) alegando motivo legítimo, no prazo de dez dias, contados da intimação
ou do impedimento superveniente.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 9 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
d no prazo de dez dias, contados da intimação, independentemente de
justificativa motivada.
e alegando motivo legítimo, no prazo de quinze dias, contados da
intimação ou do impedimento superveniente.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ Um dos assuntos mais cobrados pela
)&&TXDQGRRDVVXQWRp³SHULWR¶FRQVWDQRcaput e §1°, do art. 157 do CPC/15,
assim redigido:

Art. 157. O perito tem o dever de cumprir o ofício no prazo que lhe
designar o juiz, empregando toda sua diligência, podendo escusar-se do
encargo alegando motivo legítimo.

§ 1o A escusa será apresentada no prazo de 15 (quinze) dias, contado da


intimação, da suspeição ou do impedimento supervenientes, sob pena de
renúncia ao direito a alegá-la.

Vejam que só duas assertivas falam em prazo de 15 (quinze) dias, o que ajuda
bastante. Além disso, por lógica, por tratar-se de encargo público, a recusa deve
ser fundamentada, por motivo legítimo, como menciona o caput do art. 157
do CPC/15. As demais assertivas não precisam ser analisadas sem
separado, pois já foram excluídas.

9 - (Q492695 - Prova: FCC - 2015 ± MANAUSPREV ± Procurador


Autárquico)

EÓ ÃÄÕÈÊËÌ ÈÌÅ ÈÐÙÕÙÈÃÄÅ ÔÈ öÐÅÇÙÊÈô


a) incumbe ao escrivão redigir e entregar, em cartório, o mandado,
logo depois de cumprido por quem de direito.
b) nas localidades onde não houver profissionais qualificados para
exercerem a função de peritos, a prova técnica será dispensada.
c) os peritos não são necessários se as partes ou o juiz conhecerem
a matéria sobre a qual deveriam opinar, ainda que técnica.
d) o oficial de justiça tem a obrigação legal de avaliar todo e qualquer
bem penhorado, informando-se com terceiros se não dispuser de
conhecimento técnico especializado para consecução do mister.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 10 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
è o escrivão e o oficial de justiça são civil e regressivamente
responsáveis em caso de injusta recusa ao cumprimento no prazo
dos atos legais ou judiciais a que estão subordinados.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$e$/(75$³E´ O art. 155, do CPC/15 expressa de forma
clara as hipóteses em que o escrivão, o chefe de secretaria e o oficial de justiça
serão civilmente responsáveis, dispondo que:

Art. 155. O escrivão, o chefe de secretaria e o oficial de justiça são responsáveis,


civil e regressivamente, quando:

I - sem justo motivo, se recusarem a cumprir no prazo os atos impostos pela lei ou
pelo juiz a que estão subordinados;

II - praticarem ato nulo com dolo ou culpa.

Salienta-se que quando a lei fala em responsabilidade civil e regressiva, indica a


possibilidade de o prejudicado acionar o Estado e este obter o direito de regresso
junto ao auxiliar responsável pelo ato.
As demais alternativas apresentam equívocos, conforme análise a seguir:

/HWUD³$´HUUDGRpois ao escrivão incumbe a redação do mandado, mas o seu


cumprimento e devolução após a diligência são incumbências do oficial de justiça,
nos termos da combinação entre os artigos 152, I e 154, III, ambos do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGRa dispensa da prova técnica ocorrerá somente quando as partes
apresentarem pareceres técnicos ou documentos que elucidem a questão, nos
termos do art. 472, do CPC/15.
/HWUD ³&´ HUUDGR conforme analisado na questão anterior, não há na lei a
possibilidade de dispensa da prova técnica pelo simples fato de as partes ou o juiz
conhecerem a matéria.
/HWUD³D´HUUDGRo parágrafo único, do art. 870, do CPC/15 determina que o juiz
nomeará avaliador, em caso de necessidade de conhecimentos técnicos
especializados para a avaliação do bem penhorado.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 11 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
÷1 - Q426 ( Prova: FCC - 2007 - TJ-PE - Analista Judiciário - Área
Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça;)
(Adaptada ao CPC/15)
D   
 
   

a) dolo ou culpa, prestar informações inverídicas, responderá pelos
prejuízos que causar à parte e ficará inabilitado, por 6 anos, a funcionar em
outras perícias.
b) culpa, prestar informações inverídicas, não responderá pelos prejuízos
que causar à parte, mas ficará inabilitado, por 1 ano, a funcionar em outras
perícias.
c) culpa, prestar informações inverídicas, responderá pelos prejuízos que
causar à parte, mas não ficará inabilitado a funcionar em outras perícias.
d) dolo ou culpa, prestar informações inverídicas, responderá pelos
prejuízos que causar à parte e ficará inabilitado, pelo prazo de 2 a 5 anos,
a funcionar em outras perícias.
e) dolo, prestar informações inverídicas, responderá pelos prejuízos que
causar à parte, e ficará inabilitado, por 8 anos, a funcionar em outras
perícias.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³'´ Novamente uma questão que a FCC
gosta bastante, sobre as penalidades que podem ser impostas ao perito, conforme
art. 158 do CPC/15. Vejam que a banca examinadora repete a questão ao longo
dos anos. Vejamos o que diz o art. 158 do CPC/15:

³Art. 158. O perito que, por dolo ou culpa, prestar informações inverídicas
responderá pelos prejuízos que causar à parte e ficará inabilitado para
atuar em outras perícias no prazo de 2 (dois) a 5 (cinco) anos,
independentemente das demais sanções previstas em lei, devendo o juiz
comunicar o fato ao respectivo órgão de classe para adoção das medidas
que entender cabíveis.

O que é sempre importante para a questão? Lembrar que as penalidades são


aplicadas para as hipóteses de culpa ou dolo, indistintamente, e que o perito
|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž
www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 12 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
ficará inabilitado pelo prazo de 2 a 5 anos para funcionar em outras perícias,
além de responder pelas demais sanções previstas em lei. As demais assertivas
não precisam ser analisadas sem separado, pois já foram excluídas.

÷÷ - Q1260 ( Prova: FCC - 2007 - TRF - 4ª REGIÃO - Analista Judiciário -


Área Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
Sobre os auxiliares da Justiça analise:
I. Incumbe ao Oficial de Justiça, dentre outras atribuições, auxiliar o juiz
na manutenção da ordem.
II. A prática de ato nulo com dolo ou culpa caracteriza uma das hipóteses
através da qual o escrivão e o oficial de justiça são civilmente responsáveis.
III. O perito nomeado poderá escusar-se do encargo alegando motivo
legítimo, recusa esta que deverá ser apresentada dentro de 10 dias,
contados da intimação ou do impedimento superveniente.
IV. Incumbe ao escrivão, dentre outras atribuições, dar
independentemente de despacho, certidão de qualquer ato ou termo do
processo, respeitando as restrições previstas em lei.

De acordo com o Código de Processo Civil, está correto o que se afirma


APENAS em
a) I, II e III.
b) I, II e IV.
c) I e IV.
d) II, III e IV.
e) II e IV.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ Estão corretas as assertivas I, II e IV,
conforme análise a seguir:
I. Correto, pois em conformidade com o art. 154, IV do CPC/15, como uma
das atribuições do Oficial de Justiça.
II. Correto, de acordo com o art. 155, II do CPC/15.
III. Errado, pois o prazo é de 15 dias, conforme art. 157, § 1° do CPC/15.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 13 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
IV. Correto, já de acordo com o art. 152, V do CPC/15, que trata das
certidões a serem expedidas pelo Escrivão.

÷2 - Q53570 ( Prova: FCC - 2006 - TRE-AP - Analista Judiciário - Área


Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
           !
a) O perito e o intérprete, em razão das peculiaridades de sua atuação,
não podem ser considerados auxiliares da justiça.
b) O escrivão e o oficial de justiça serão civilmente responsáveis quando
praticarem ato nulo com dolo, mas não com culpa.
c) Incumbe ao oficial de justiça redigir, em forma legal, os ofícios,
mandados, cartas precatórias e mais atos que pertencem ao seu ofício.
d) Em cada juízo haverá apenas um oficial de justiça, cujas atribuições são
determinadas pelas normas de organização judiciária.
e) No impedimento do escrivão, o juiz convocar-lhe-á o substituto, e, não
o havendo, nomeará pessoa idônea para o ato.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ Vejam que a questão da FCC repete
simplesmente a redação do §2°, do art. 152 do CPC/15, conforme transcrição a
seguir:

³1R LPSHGLPHQWR GR HVFULYmR ou chefe de secretaria, o juiz


convocará substituto e, não o havendo, nomeará pessoa idônea
SDUDRDWR´

As demais assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:

/HWUD³$´HUUDGRSRLVRSHULWRHRLQWpUSUHWHFRQVWDPQRDUW49 do CPC/15, que


traz o rol dos auxiliares da Justiça.
/HWUD³%´HUUDGRSRLVRDUW55, II do CPC/15 fala em dolo e culpa.
/HWUD³&´HUUDGRSRLV a realização de atos de redação é atribuição do escrivão ou
chefe de secretaria, conforme art. 152, I do CPC/15.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 14 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
/HWUD ³'´ HUUDGR Mi TXH R DUW 50 do CPC/15 fala em um ou mais ofícios de
Justiça.

VUNESP

÷ - Q312987 ( Prova: VUNESP - 2013 - TJ-SP - Escrevente Técnico


Judiciário / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
    "   #  
 $ ao escrivão ou
chefe de secretaria
a) fazer pessoalmente as citações, prisões, penhoras, arrestos e mais
diligências próprias do seu ofício, certificando no mandado o ocorrido, com
menção de lugar, dia e hora.
b) auxiliar o juiz na manutenção da ordem.
c) efetuar avaliações, certificando o valor atribuído aos bens avaliados.
d) redigir, em forma legal, os ofícios, mandados, cartas precatórias e mais
atos que pertencem ao seu ofício.
e) entregar, em cartório, o mandado, logo depois de cumprido.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ A redação de ofícios, mandados, cartas,
etc, isto é, a redação de documentos em geral cabe ao escrivão ou ao chefe de
secretaria, conforme art. 152, I do CPC/15, abaixo transcrito:

³$UW 52. Incumbe ao escrivão ou ao chefe de secretaria: I -


redigir, na forma legal, os ofícios, os mandados, as cartas
precatórias e os demais DWRVTXHSHUWHQFHPDRVHXRItFLR´

Salienta-se que o chefe de secretaria atua nas serventias judiciais estatizadas, já


nas privadas, quem atua é o escrivão. As demais atribuições previstas na questão
não cabem ao escrivão ou ao chefe de secretaria, conforme análise a seguir:
/HWUD³$´HUUDGRSRLVVmRLQFXPErQFLDVGR2ILFLDOGH-XVWLoDFRQIRUPHDUW54,
I do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGRSRLVFDEHDR2ILFLDOGH-XVWLoDFRQIRUPHDUW. 154, IV do CPC/15.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 15 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
/HWUD³&´HUUDGRSRLVDYDOLDUFDEHDR2ILFLDOGH-XVWLoDFRQIRUPHDUW54, V do
CPC/15.
/HWUD³E´HUUDGRpois trata-se de incumbência do Oficial de Justiça, conforme art.
154, III do CPC/15.

2 - Q69386 ( Prova: VUNESP - 2009 - TJ-SP - Oficial de Justiça / Direito


Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
Leia atentamente as assertivas a seguir:

I. A certidão do oficial de justiça tem fé pública e prevalece até prova em


contrário.
II. O oficial de justiça é civilmente responsável, independentemente de
culpa, quando praticar ato nulo.
III. Incumbe ao oficial de justiça auxiliar o juiz na manutenção da ordem.
IV. A desistência da ação, pelo autor, produz efeito desde que protocolizada
a petição, cessando todos os atos processuais, em todas as suas fases.
V. Decisão interlocutória é ato pelo qual o juiz, no curso do processo,
resolve questão ordinatória.

Está correto o que se afirma apenas em


a) I e II.
b) II e IV.
c) I e III.
d) II, III e V.
e) III, IV e V.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³&´ Estão corretas as assertivas I e III,
conforme análise a seguir:

I. Correta, pois a fé pública das certidões do Oficial de Justiça significa


dizer que presume-se verdadeira a informação que nelas constam. A
presunção é relativa, pois pode ser demonstrado que a informação é
inverídica.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 16 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
II. Errada, pois o art. 155, II do CPC/15 fala em responsabilização quando
houver dolo ou culpa.
III. Correta, pois realmente é atribuição do Oficial de Justiça, conforme art.
154, IV do CPC/15.
IV. Errada, já que o art. 200, parágrafo único do CPC/15 fala da necessidade
do pedido de desistência ser homologado pelo Juiz.
V. Errada, pois o art. 203, §2º do CPC/15 define como decisão
interlocutória qualquer pronunciamento judicial que não se enquadre no
conceito de sentença. O importante é que tenha carga decisória e não
seja sentença.

CESPE

÷ - Q311584 ( Prova: CESPE - 2013 - TJ-DF - Técnico Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
               

julgue os itens seguintes:


O oficial de justiça, no cumprimento de suas obrigações, somente
responderá civilmente se praticar ato nulo com dolo.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa está ERRADA, pois o art. 155, II do CPC fala em dolo e culpa e não
apenas dolo, como dito pelo CESPE/Unb. Vejamos:

³Art. 155. O escrivão, o chefe de secretaria e o oficial de justiça são


responsáveis, civil e regressivamente, quando:

I - sem justo motivo, se recusarem a cumprir no prazo os atos impostos


pela lei ou pelo juiz a que estão subordinados;

II - praticarem ato nulo com dolo ou culpa´

2 - Q311418 ( Prova: CESPE - 2013 - TJ-DF - Analista Judiciário - Área


Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 17 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
   %          "  
serventuário da justiça, julgue os itens subsequentes:
& '()*(+,-.)/0 :; <-',/=; > ?0+'/:();:0 /@A(:/:0 :( exercer sua
função em processo no qual seja parte, ainda que a parte contrária
não alegue tal impedimento.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa está CORRETA. Informação perfeita, pois o impedimento surge
independentemente da alegação da parte contrária, pois já consta no art. 144 do
CPC/15. O fato da ser parte faz com que, conforme art. 144, IV do CPC/15, o
serventuário seja considerado impedido de atuar. Vejamos:

Art. 144. Há impedimento do juiz, sendo-lhe vedado exercer as suas


funções no processo: IV ± quando for parte no processo ele próprio,
seu cônjuge ou companheiro, ou parente, consanguíneo ou afim, em linha
reta ou colateral, até o terceiro grau inclusive´

Salienta-se que apesar de o art. 144, do CPC/15 falar em impedimento do juiz,


tal regra aplica-se aos auxiliares da justiça, nos termo do disposto no art. 148, do
CPC/15:

Art. 148. Aplicam-se os motivos de impedimento e de suspeição:

I - ao membro do Ministério Público;

II - aos auxiliares da justiça;

III - aos demais sujeitos imparciais do processo.

3 - Q27667 ( Prova: CESPE - 2010 - TRE-BA - Técnico Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
À B  "   #   F#G
    "imos itens,
a respeito da competência, das partes e dos procuradores, do juiz e
dos auxiliares da justiça e do tempo dos atos processuais.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 18 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
& HJH /+?-@K( ;0 ('?)/*L0M (+,)( 0-,);' ;,)/K-/=N('M redigir, em
forma legal, os ofícios, mandados, cartas precatórias e mais atos
que pertençam ao seu ofício, bem como efetivar as ordens judiciais,
realizando citações e intimações e praticando todos os demais atos
que lhe forem atribuídos pelas normas de organização judiciária.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa está CORRETA. As atribuições mencionadas acima constam nos
incisos I e II do art. 152 do CPC/15, abaixo transcritos:

³$UW52. Incumbe ao escrivão ou ao chefe de secretaria: I - redigir, na


forma legal, os ofícios, os mandados, as cartas precatórias e os demais
atos que pertençam ao seu ofício; II - efetivar as ordens judiciais, realizar
citações e intimações, bem como praticar todos os demais atos que lhe
forem atribuídos pelas normas de organização judiciária´

Vejam que as questões do CESPE/Unb sobre auxiliares são bem simples,


respondidas com base na legislação seca.

4 P Q÷1÷991 ( Prova: CESPE - 2005 - TRT - 16ª REGIÃO (MA) - Analista


Judiciário - Área Judiciária - Execução de Mandados / Direito Processual
Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
   %  $R       
   os itens
seguintes.
Sempre que possível, a diligência deve ser realizada na presença de
duas testemunhas.

øùúûüýþÿ ù C 
A alternativa está CORRETADLQGDPDLVSRUTXHXWLOL]RXDH[SUHVVmR³VHPSUHTXH
SRVVtYHO´FRQIRUPHSUHFHLWXDRDUW54, I do CPC/15, abaixo transcrito:

³ID]HU pessoalmente as citações, prisões, penhoras, arrestos e


demais diligências próprias do seu ofício, sempre que possível,

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 19 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
na presença de duas testemunhas, certificando no mandado o
ocorrido, com menção ao lugar, dia e à hora´

3. LISTA DAS QUESTÕES APRESENTADAS:

FCC

÷ - Q353297 ( Prova: FCC - 2014 - TRF - 3ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
Pedro, oficial de justiça, viajou para visitar sua mãe doente e resolveu
delegar a outra pessoa o cumprimento de mandado de citação do réu de
uma ação de cobrança. A conduta de Pedro.
a é ilegal, pois está obrigado a realizar pessoalmente as diligências
próprias de seu cargo.
b) é legal, se a pessoa à qual delegou as atribuições tiver cumprido as
formalidades inerentes ao ato citatório e for analista judiciário oficial de
justiça.
c) só é ilegal se a pessoa que cumpriu a diligência for seu cônjuge, irmão
ou parente até o terceiro grau.
d) legal, porque a lei atribui ao oficial de justiça poderes para delegar suas
funções por necessidade do serviço ou outro motivo justificado.
e) só é ilegal se a certidão a respeito da ocorrência, com menção de lugar,
dia e hora, não tiver sido lavrada e assinada pelo próprio oficial de justiça

2 ± Q251018 ( Prova: FCC - 2012 - MPE-AP - Analista Ministerial - Direito


/ Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; (Adaptada ao
CPC/15)
José Reinaldo e João Vitório são engenheiros e peritos judiciais. No
SURFHVVR³;´-RVp5HLQDOGRDSUHVHQWRXdolosamente laudo pericial contendo
LQIRUPDo}HV LQYHUtGLFDV SDUD SUHMXGLFDU R DXWRU 1R SURFHVVR ³<´ -RmR
Vitório apresentou culposamente, em razão de conduta negligente, laudo
pericial contendo informações inverídicas o que acabou prejudicando o réu.
Nestes casos, de acordo com o Código de Processo Civil, José Reinaldo

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 20 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
a ficará inabilitado por três anos a funcionar em outras perícias e João
Vitório por dois anos.
b) ficará inabilitado por dois anos a funcionar em outras perícias e João
Vitório por quatro anos.
c) e João Vitório ficarão inabilitados por quatro anos, a funcionar em outras
perícias.
d) ficará inabilitado por cinco anos a funcionar em outras perícias e João
Vitório por três anos.
e) e João Vitório ficarão inabilitados pelo prazo de dois a cinco anos a
funcionar em outras perícias.

3 - Q232844 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
NÃO se inclui dentre os auxiliares da justiça o
a perito.
b) intérprete.
c) administrador.
d) oficial de justiça.
e) advogado.

4 - Q214963 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-PE - Oficial de Justiça - Judiciária e


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )

Débora pretende candidatar-se ao cargo de oficial de justiça do Tribunal de


Justiça de Pernambuco. Indagou a Julia, sua amiga advogada, quais as
incumbências que o Código de Processo Civil brasileiro estabelece à função
de Oficial de Justiça. Julia respondeu que não se recordava de todas, mas
que ao oficial de justiça incumbe
a) efetuar avaliações.
b) redigir, em forma legal, os ofícios, mandados e cartas precatórias.
c) ter, sob sua guarda e responsabilidade, os autos, não permitindo que
saiam do cartório.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 21 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
d fazer pessoalmente as citações, certificando no mandado o ocorrido,
com menção de lugar, dia e hora, na presença obrigatória de, no mínimo,
três testemunhas
e fazer pessoalmente as prisões certificando no mandado o ocorrido, com
menção de lugar, dia e hora, na presença obrigatória de, no mínimo, três
testemunhas.

5 - Q87506 ( Prova: FCC - 2011 - TRE-RN - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
João é perito judicial e recebeu ofício para proceder à perícia no processo
A. Porém, João pretende escusar-se do encargo. Neste caso, ele deverá
a) apresentar a escusa dentro de 15 dias, contados da intimação,
independentemente de fundamentação.
b) cumprir o ofício, tratando-se de ordem judicial inescusável.
c) apresentar a escusa dentro de 15 dias, contados da intimação, alegando
motivo legítimo.
d) apresentar a escusa dentro de 5 dias, contados da intimação, alegando
motivo legítimo.
e) apresentar a escusa dentro de 10 dias, contados da intimação, alegando
motivo legítimo.

6 - Q26951 ( Prova: FCC - 2010 - TRE-AM - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça)
(Adaptada ao CPC/15)
O perito que, por dolo ou culpa, prestar informações inverídicas
a) ficará inabilitado, por dois a cinco anos, a funcionar em outras perícias.
b) ficará inabilitado, por um ano, a funcionar em outras perícias.
c) ficará inabilitado, por três anos, a funcionar em outras perícias.
d) ficará inabilitado a funcionar em qualquer perícia por prazo
indeterminado.
e) não ficará inabilitado a funcionar em outras perícias.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 22 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
7 - Q165662 ( Prova: FCC - 2008 - TRF - 5ª REGIÃO - Técnico Judiciário
- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça)
Considere as seguintes situações:
I O          rio da parte.
II. O perito é inimigo capital de uma das partes envolvidas na lide.
III. Uma das partes envolvidas na lide é devedora da esposa do perito.
IV. Parente consanguíneo do perito na linha colateral até o terceiro grau
está postulando em processo contencioso, como advogado da parte.
V. O perito exerce cargo de administração de pessoa jurídica, parte na
causa.
VI. O Perito é interessado no julgamento da causa em favor de uma das
partes.

De acordo com o Código de Processo Civil são hipóteses de suspeição de


parcialidade do perito, dentre outras:
a) I, II, V e VI.
b) III, IV, V e VI.
c) II, III e VI.
d) II, III, IV e V.
e) I, IV e V.

8 - Q165668 ( Prova: FCC - 2008 - TRF - 5ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
O      S B    T   
sob pena de se
reputar renunciado este direito (Adaptada ao CPC/15)
a) no prazo de 48 horas, contados da intimação, independentemente de
justificativa motivada.
b) no prazo de quinze dias, contados da intimação, independentemente de
justificativa motivada.
c) alegando motivo legítimo, no prazo de dez dias, contados da intimação
ou do impedimento superveniente.
d) no prazo de dez dias, contados da intimação, independentemente de
justificativa motivada.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 23 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
e alegando motivo legítimo, no prazo de quinze dias, contados da
intimação ou do impedimento superveniente.

9 - (Q492695 - Prova: FCC - 2015 ± MANAUSPREV ± Procurador


Autárquico)

EÓ ÃÄÕÈÊËÌ ÈÌÅ ÈÐÙÕÙÈÃÄÅ ÔÈ öÐÅÇÙÊÈô


a) incumbe ao escrivão redigir e entregar, em cartório, o mandado,
logo depois de cumprido por quem de direito.
b) nas localidades onde não houver profissionais qualificados para
exercerem a função de peritos, a prova técnica será dispensada.
c) os peritos não são necessários se as partes ou o juiz conhecerem
a matéria sobre a qual deveriam opinar, ainda que técnica.
d) o oficial de justiça tem a obrigação legal de avaliar todo e qualquer
bem penhorado, informando-se com terceiros se não dispuser de
conhecimento técnico especializado para consecução do mister.
e) o escrivão e o oficial de justiça são civil e regressivamente
responsáveis em caso de injusta recusa ao cumprimento no prazo
dos atos legais ou judiciais a que estão subordinados.

÷1 - Q426 ( Prova: FCC - 2007 - TJ-PE - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça;)
(Adaptada ao CPC/15)
D   
 
   

a) dolo ou culpa, prestar informações inverídicas, responderá pelos
prejuízos que causar à parte e ficará inabilitado, por 6 anos, a funcionar em
outras perícias.
b) culpa, prestar informações inverídicas, não responderá pelos prejuízos
que causar à parte, mas ficará inabilitado, por 1 ano, a funcionar em outras
perícias.
c) culpa, prestar informações inverídicas, responderá pelos prejuízos que
causar à parte, mas não ficará inabilitado a funcionar em outras perícias.
d) dolo ou culpa, prestar informações inverídicas, responderá pelos
prejuízos que causar à parte e ficará inabilitado, pelo prazo de 2 a 5 anos,
a funcionar em outras perícias.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 24 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
e dolo, prestar informações inverídicas, responderá pelos prejuízos que
causar à parte, e ficará inabilitado, por 8 anos, a funcionar em outras
perícias.

÷÷ - Q1260 ( Prova: FCC - 2007 - TRF - 4ª REGIÃO - Analista Judiciário -


Área Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
Sobre os auxiliares da Justiça analise:
I. Incumbe ao Oficial de Justiça, dentre outras atribuições, auxiliar o juiz
na manutenção da ordem.
II. A prática de ato nulo com dolo ou culpa caracteriza uma das hipóteses
através da qual o escrivão e o oficial de justiça são civilmente responsáveis.
III. O perito nomeado poderá escusar-se do encargo alegando motivo
legítimo, recusa esta que deverá ser apresentada dentro de 10 dias,
contados da intimação ou do impedimento superveniente.
IV. Incumbe ao escrivão, dentre outras atribuições, dar
independentemente de despacho, certidão de qualquer ato ou termo do
processo, respeitando as restrições previstas em lei.

De acordo com o Código de Processo Civil, está correto o que se afirma


APENAS em
a) I, II e III.
b) I, II e IV.
c) I e IV.
d) II, III e IV.
e) II e IV.

÷2 - Q53570 ( Prova: FCC - 2006 - TRE-AP - Analista Judiciário - Área


Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
           !
a) O perito e o intérprete, em razão das peculiaridades de sua atuação,
não podem ser considerados auxiliares da justiça.
b) O escrivão e o oficial de justiça serão civilmente responsáveis quando
praticarem ato nulo com dolo, mas não com culpa.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 25 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
c Incumbe ao oficial de justiça redigir, em forma legal, os ofícios,
mandados, cartas precatórias e mais atos que pertencem ao seu ofício.
d Em cada juízo haverá apenas um oficial de justiça, cujas atribuições são
determinadas pelas normas de organização judiciária.
e) No impedimento do escrivão, o juiz convocar-lhe-á o substituto, e, não
o havendo, nomeará pessoa idônea para o ato.

VUNESP

÷ - Q312987 ( Prova: VUNESP - 2013 - TJ-SP - Escrevente Técnico


Judiciário / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
    "   #  
 $ ao escrivão ou
chefe de secretaria
a) fazer pessoalmente as citações, prisões, penhoras, arrestos e mais
diligências próprias do seu ofício, certificando no mandado o ocorrido, com
menção de lugar, dia e hora.
b) auxiliar o juiz na manutenção da ordem.
c) efetuar avaliações, certificando o valor atribuído aos bens avaliados.
d) redigir, em forma legal, os ofícios, mandados, cartas precatórias e mais
atos que pertencem ao seu ofício.
e) entregar, em cartório, o mandado, logo depois de cumprido.

2 - Q69386 ( Prova: VUNESP - 2009 - TJ-SP - Oficial de Justiça / Direito


Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
Leia atentamente as assertivas a seguir:

I. A certidão do oficial de justiça tem fé pública e prevalece até prova em


contrário.
II. O oficial de justiça é civilmente responsável, independentemente de
culpa, quando praticar ato nulo.
III. Incumbe ao oficial de justiça auxiliar o juiz na manutenção da ordem.
IV. A desistência da ação, pelo autor, produz efeito desde que protocolizada
a petição, cessando todos os atos processuais, em todas as suas fases.

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 26 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
V D    "        B
 rso do processo,
resolve questão ordinatória.

Está correto o que se afirma apenas em


a) I e II.
b) II e IV.
c) I e III.
d) II, III e V.
e) III, IV e V.

CESPE

÷ - Q311584 ( Prova: CESPE - 2013 - TJ-DF - Técnico Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
               

julgue os itens seguintes:


O oficial de justiça, no cumprimento de suas obrigações, somente
responderá civilmente se praticar ato nulo com dolo.

2 - Q311418 ( Prova: CESPE - 2013 - TJ-DF - Analista Judiciário - Área


Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
   %          "  
serventuário da justiça, julgue os itens subsequentes:
O serventuário da justiça é considerado impedido de exercer sua
função em processo no qual seja parte, ainda que a parte contrária
não alegue tal impedimento.

3 - Q27667 ( Prova: CESPE - 2010 - TRE-BA - Técnico Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
À B  "   #   F#G
    "imos itens,
a respeito da competência, das partes e dos procuradores, do juiz e
dos auxiliares da justiça e do tempo dos atos processuais.
O CPC incumbe ao escrivão, entre outras atribuições, redigir, em
forma legal, os ofícios, mandados, cartas precatórias e mais atos

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 27 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
q-( A(),(+=;@ ;0 '(- 0UW?/0M K(@ ?0@0 (U(,/*;) ;' 0rdens judiciais,
realizando citações e intimações e praticando todos os demais atos
que lhe forem atribuídos pelas normas de organização judiciária.

4 P Q÷1÷991 ( Prova: CESPE - 2005 - TRT - 16ª REGIÃO (MA) - Analista


Judiciário - Área Judiciária - Execução de Mandados / Direito Processual
Civil / Dos Auxiliares da Justiça; )
Com relação à incumbência dos oficiais de justiça, julgue os itens
seguintes.
Sempre que possível, a diligência deve ser realizada na presença de
duas testemunhas.

4.

FCC:

X A Y E Z E [ A \ C
] A ^ C _ E ` E Xb D
XX B XY E

fgüû h

X D Y C

øû hû

X ERRADA Y CORRETA Z CORRETA [ CORRETA

5. CONSIDERAÇÕES FINAIS:

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 28 de 29
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 01
Meus prezados alunos, chegamos ao término de nossa aula 01, na qual
ÒÌÓÄÆÇÈÓÌÅ ÈÅ ÚÐÄÅÇÑÄÅ ÅÌÝÃÄ DOS AUXILIARES DA JUSTIÇA: DO
¬§©ª®±© ¬ª «ª²©ª®¤©§¤³ ¬± «ª©´ªµ®¥¶©§± ¬¤ ­¥«®§¯¤³ ¬±

±·§²§¤¨ ¬ª ­¥«®§¯¤³ ¬± ¸ª©§®± ª ¬± ¤««§«®ªµ®ª ®¹²µ§²O;

¬ª´ª©ª« ª ©ª«¸±µ«¤»§¨§¬¤¬ª«º §¼¸ª¬§¼ªµ®±«³ aplicadas em


concursos da FCC ± FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS.

­ i jéçóæ óìóêåäóòóä kl mðçåìðó è äèåä  ïîèäðñèä òóä noo que


teremos ao longo do curso.

Todas as dúvidas podem ser tiradas por meio do fórum.

Até breve!
Forte abraço. Tudo de bom. Sucesso!

BRUNO KLIPPEL - Vitória/ES

GUILHERME CORRÊA - Curitiba/PR

|}~€ }‚ƒ~ „…†‡‡ˆ… |}~€ ‰‚†…Šˆ}‹ˆ Œ~}}Ž


www.estrategiaconcursos.com.br
‘’“” 29 de 29
prst uv

500 Questões Comentadas de Processo Civil - FCC (Novo CPC)


Professores: Bruno Klippel, Guilherme Corrêa
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02

ŒŽŒ  ±500 QUESTÕES COMENTADAS DE


‘’“”•––“ ”—˜—Ž ™ š”” ± QUESTÕES SOBRE: Dos

›œž Ÿ ¡¢žž£¤¥ž¦ § ¨¢©ª ¢ «ž Ÿ¬¤­®¯ °¬®±²¯¯³´µ¯¶ Dos Atos das


°´¬·²¯¶ §®¯ ¸·®¯ «® ¹³µ­¶ §®¯ ¸·®¯ «®¯ ¸³ºµ»µ´¬²¯ «a Justiça, Do Lugar
«®¯ ¸·®¯ °¬®±²¯¯³´µ¯¼ §®¯ °¬´­®¯ «®¯ ¸·®¯ °¬®±²¯¯³´µs, Da Verificação
«®¯ °¬´­®¯¶ §´¯ °²½´»µ«´«²¯ ª²»® §²¯±³©ª¬µ©²½·® «®¯ Prazos.

¾¿ÁÂÃÄÅ ÆÂÇÄÈÉ
ÊË ÌÍÎÏÐÏÑÒÓÔÕÖ ×Ê
ØË ÙÚÏÐÒÛÏÐ ÜÖÝÏÑÒÓÞÓÐ ÑÓ ÓÚßÓà ×Ø
áË âãÐÒÓ ÞÓÐ äÚÏÐÒÛÏÐ ÜÖÝÏÑÒÓÞÓÐ ÑÓ ÓÚßÓà áå
æË çÓèÓÎãÒÖÐ éé
éË êÖÑÐãÞÏÎÓÔÛÏÐ ëãÑÓãÐ éì

1. APRESENTAÇÃO:

Prezados alunos,
íÑãÜãÓÝÖÐ Ó ÑÖÐÐÓ AULA 02 sobre DOS ATOS PROCESSUAIS: DO
îïÁÆÅ ï ðž ÆÃÉñž ÆÃÅòï¾¾¿Éľó ðž Éîž ðɾ ÆÉÃîï¾ó DOS
Éîž ðÅ ô¿Äñó ðž Éîž ðž É¿õÄöÄÉÃï¾ ðÉ ô¿¾îÄ÷Éó ðÅ LUGAR
ðž Éîž ÆÃÅòï¾¾¿Éľø ðž ÆÃÉñž ðž Éîž ÆÃÅòï¾¾¿ÉÄS,
ðÉ ùïÃÄúÄòÉ÷ûÅ ðž ÆÃÉñžó ðɾ ÆïÈÉöÄðÉðï¾ ÆïöÅ
ðï¾ò¿ÁÆÃÄÁïÈîÅ ðž ÆÃÉñžø

ÌÐÐãÝü ÐÏÎÕÖ ÓÑÓßãÐÓÞÓÐ ÑÓ ÓÚßÓ ÞÏ ýÖþÏ 34 (tinta e quatro questões da


úòò, sendo que comentaremos em primeiro lugar a assertiva correta,
partindo para a análise mais breve das assertivas erradas. Claro que
estamos sempre aberto aos questionamentos e dúvidas, que podem ser

wxyz{ |x}~y €‚‚ƒ€ wxyz{ „}€…ƒx†ƒ ‡yxxˆ‰


www.estrategiaconcursos.com.br
Š‹gina 1 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
facilmente esclarecidas por meio do Fórum de dúvidas do Estratégia
Concursos.

2. QUESTÕES COMENTADAS:

1 - Q356872 ( Prova: FCC - 2014 - Câmara Municipal de São Paulo - SP -


Procurador Legislativo / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
No tocante ao tempo e lugar dos atos processuais, considere as afirmações
abaixo.
I. Durante as férias e nos feriados não se praticarão aos processuais, com
a única exceção das medidas cautelares urgentes.
II. Entre outros, processam-se durante as férias e não se suspendem pela
superveniência delas os atos de jurisdição voluntária, bem como os
necessários à conservação de direitos, quando possam ser prejudicados
pelo adiamento.
III. Os atos processuais realizam-se necessariamente na sede do juízo, só
se efetuando em outro lugar em razão de obstáculo arguido pelo
interessado e acolhido pelo juiz.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) I e II.
b) II e III.
c) III.
d) I
e) II

C¨
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ Apenas o que se afirma em II está
correto, conforme análise abaixo realizada:
I. Errado, já que a afirmação está em desconformidade com o art. 214 do
CPC/15, assim redigido:

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 2 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
³$UW 214. Durante as férias e nos feriados não se praticarão atos
processuais, excetuando-se: I ± os atos previstos no art. 212, §2°
(citações, intimações e penhoras); II ± a tutela de urgência´

II. Correto, pois tais ações estão descritas no art. 215 do CPC/15, que
arrola as ao}HVTXH³QmRSDUDP´GXUDQWHDVIpULDV9HMDPRV

³Art. 215. Processam-se durante as férias forenses, onde as houver, e


não se suspendem pela superveniência delas: I - os procedimentos de
jurisdição voluntária e os necessários à conservação de direitos, quando
puderem ser prejudicados pelo adiamento; II - a ação de alimentos e os
processos de nomeação ou remoção de tutor e curador; III - os processos
que a lei determinar´

III. Errado, já que o art. 217 do CPC/15 traz outras situações em que os
atos processuais não serão realizados na sede do juízo, conforme
transcrição abaixo:

³Art. 217. Os atos processuais realizar-se-ão ordinariamente na sede do juízo, ou,


excepcionalmente, em outro lugar em razão de deferência, de interesse da justiça,
da natureza do ato ou de obstáculo arguido pelo interessado e acolhido pelo juiz.´

2 - Q348138 ( Prova: FCC - 2013 - MPE-SE - Analista - Direito / Direito


Processual Civil / Dos Atos Processuais; ) Quanto à forma dos atos
processuais, é correto afirmar:
´a Os atos processuais realizam-se em dias úteis, das seis às vinte horas,
em nenhuma hipótese podendo ultrapassar esses horários, que são
peremptórios.
b) Os atos das partes, consistentes em declarações unilaterais ou bilaterais
de vontade, produzem imediatamente a constituição, a modificação ou a
extinção de direitos processuais.
c) Os atos do juiz que lhe competem, exclusivamente são as sentenças,
todos os demais podendo ser praticados pelo escrivão e revistos
posteriormente pelo juiz.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 3 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
«a É vedado ao juiz determinar prazos para a prática dos atos processuais,
pois é sempre a lei que os determina.
²a O prazo legal interrompe-se nos feriados e na superveniência de férias,
contando-se do início a partir do primeiro dia útil posterior a elas.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ A informação trazida pela FCC na letra
³%´HVWiFRUUHWDSRLVFRQIRUPHRDUW200 do CPC/15, que será transcrito abaixo:

³$UW200. Os atos das partes consistentes em declarações unilaterais ou


bilaterais de vontade produzem imediatamente a constituição, a
modificação ou a extinção de direitos processuais.
Parágrafo único. A desistência da ação só produzirá efeitos após
homologação judicial´

Vejam que basta a declaração de vontade da parte para que haja a constituição,
modificação ou a extinção de direitos, não havendo necessidade de
pronunciamento judicial, a não ser para a desistência da ação, que depende da
homologação judicial para que surta efeitos. As demais assertivas estão erradas,
conforme análise abaixo:

/HWUD ³$´ HUUada, já que os §§1º e 2° do art. 212 do CPC/15 prevê hipóteses
excepcionais, de urgência, em que o ato processual poderá ser realizado fora dos
horários previstos no caput do dispositivo, quais seja, em dias úteis das 6h às
20h.
/HWUD ³&´ HUUDGD SRLV R art. 203 do CPC/15 fala em sentenças, despachos e
decisões interlocutórias. Apenas os atos meramente ordinatórios é que são
praticados pelo servidor e revistos pelo Juiz, quando necessário, nos termos do
§4º do art. 203 do CPC/15.
/HWUD ³'´ HUUDGD SRLV além dos prazos legais, existem os judiciais, que são
determinados pelo Juiz no caso concreto, conforme consta no art. 218, §1° do
CPC.
/HWUD ³(´ HUUDGD SRLV RV SUD]RV não são contados nos dias sem expediente
forense e nem no período de 20 de dezembro a 20 de janeiro. Ou seja, não há

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 4 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
interrupção dos prazos, mas sim suspensão no período, nos termos dos arts. 219
e 220, do CPC/15.

3 - Q324848 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 12ª Região (SC) - Técnico


Judiciário / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
E  !"# $ %# &#' (#' )#*''+ ,'-
a) é obrigatório o uso do vernáculo, sendo sempre defeso juntar aos autos
documentos redigidos em língua estrangeira
b) é lícito o uso da estenotipia na transcrição de depoimentos, mas não
taquigrafia ou gravações por imagens, por falta de previsão legal.
c) não dependem de forma determinada senão quando a lei expressamente
a exigir, tendo-se como válidos aqueles atos que, realizados de outro modo,
lhe preencham a finalidade essencial.
d) devem ser necessariamente digitalizados, embora possam ser apenas
armazenados e assinados por meio eletrônico, na forma da lei.
e) em princípio, são públicos, correndo porém em segredo de justiça se
alguma das partes o requerer, em qualquer feito.

C¨
A alternativa C255(7$ e $ /(75$ ³&´ $ DILUPDomR FRQWLGD QD OHWUD ³&´
considerada correta pela FCC, é muito comum nos concursos públicos. Trata-se
da redação do art. 188 do CPC/15, que trata do princípio da instrumentalidade
das formas. A regra é: o ato processual não tem forma predeterminada, mas pode
a lei impor, como faz com a citação. Se a forma não for respeitada, mas a
finalidade do ato for atingida, não haverá qualquer nulidade, por total ausência de
prejuízo. A principal palavra relacionada ao princípio da instrumentalidade é
finalidade. Vejam o art. 188 do CPC/15:

³$UW 88. Os atos e termos processuais independem de forma


determinada, salvo quando a lei expressamente a exigir, considerando-
se válidos os que, realizados de outro modo, Ihe preencham a finalidade
HVVHQFLDO´

As demais assertivas estão erradas, conforme será analisado a seguir:


ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 5 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
/HWUD ³$´ HUUDGD já que é possível a juntada de documentos em língua
estrangeira, desde que seja juntada a tradução, conforme art. 192 do CPC/15:

³Art. 192. Em todos os atos e termos do processo é obrigatório o uso da


língua portuguesa.

Parágrafo único. O documento redigido em língua estrangeira somente


poderá ser juntado aos autos quando acompanhado de versão para a
língua portuguesa tramitada por via diplomática ou pela autoridade
central, ou firmada por tradutor juramentado´

/HWUD³%´HUUDGDpois o art. 210 do CPC/15 traz a previsão de utilização de outros


métodos, como a gravação dos atos processuais.
/HWUD³'´HUUDGDpois o art. 193 do CPC/15 diz que:

³Art. 193. Os atos processuais podem ser total ou parcialmente digitais,


de forma a permitir que sejam produzidos, comunicados, armazenados e
validados por meio eletrônico, na forma da lei´

/HWUD ³(´ HUUDGD já que a restrição da publicidade, prevista no art. 189 do


CPC/15, somente pode ocorrer naquelas hipóteses ali descritas, por meio de
pedido da parte ou de ofício pelo Juiz, ou seja, não é possível a restrição à
publicidade em qualquer processo.

4 - Q292833 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Dos Atos
Processuais; ) No que concerne aos atos processuais, os atos do juiz que
designam audiência de conciliação, que extinguem o processo sem
resolução do mérito e que indeferem a produção de prova pericial são,
respectivamente,
´a decisões interlocutórias, despachos e sentenças.
b) sentenças, despachos e decisões interlocutórias.
c) decisões interlocutórias, sentenças e despachos.
d) despachos, decisões interlocutórias e sentenças.
e) despachos, sentenças e decisões interlocutórias.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 6 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02

C¨
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ Analisando-se o art. 203 do CPC/15,
conseguimos chegar à conclusão de que os atos acima narrados são,
respectivamente:
a. Despachos: designou audiência de conciliação, isto é, não decidiu nada,
ou seja, o ato não é decisório e nos termos do art. 203, §3° do CPC/15 é
despacho.
b. Sentenças: extinguiu o processo sem resolução do mérito, conforme art.
485 do CPC/15 e art. 203, §1º do CPC/15.
c. Decisões interlocutórias: indeferiu a produção de prova pericial, ou seja,
decidiu, mas não se trata de sentença, conforme art. 203, §2º do CPC/15.

As demais assertivas não precisam ser analisadas, pois tratam do mesmo


assunto.

5 - Q265149 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Área Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
É correto afirmar que
a) os atos e termos processuais não dependem de forma determinada
senão quando a lei expressamente a exigir, tendo-se por válidos aqueles
que, realizados de modo diverso, lhe preencham a finalidade essencial.
b) o direito de consultar os autos e de pedir certidão de seus atos é livre a
qualquer pessoa, salvo apenas o segredo de justiça.
c) em todos os atos e termos do processo é facultativo o uso do vernáculo,
pois pode ser anexado ao processo documento redigido em língua
estrangeira, sem ressalvas.
d) os atos processuais, como regra, correm em segredo de justiça,
podendo ser tornados públicos por ordem judicial fundamentada.
e) é possível às partes lançar nos autos cotas marginais ou interlineares,
desde que em linguagem processual de praxe.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 7 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ Mais uma vez a FCC se vale do art. 188
do CPC/15 em uma questão. O dispositivo legal trata do princípio da
µ½¯·¬³©²½·´»µ«´«² «´¯ i®¬©´¯¶ que em síntese diz: se o ato processual
´·µ½.µ¬ ´ ¯³´ iµ½´»µ«´«²¶ ©²¯©® «²¯¬²¯ª²µ·´½«® ´ i®rma prevista, o ato
¯²¬s ±®½¯µ«²¬´«® /s»µ«®¼ O dispositivo é muito utilizado em concursos, em
especial, aqueles organizados pela FCC. Vejamos a redação do art. 188 do
CPC/15:

³$UW 88. Os atos e termos processuais independem de forma


determinada, salvo quando a lei expressamente a exigir, considerando-
se válidos os que, realizados de outro modo, Ihe preencham a finalidade
HVVHQFLDO´

As demais assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:


/HWUD³%´HUUDGDSRLVR†2° do art. 189 do CPC afirma a possibilidade de terceiro
que demonstre interesse jurídico requerer certidão ao Juiz, mesmo nos processos
em segredo de justiça, quando for demonstrado o interesse jurídico no processo.
Vejamos o dispositivo legal:

³O terceiro que demonstrar interesse jurídico pode requerer ao juiz


certidão do dispositivo da sentença, bem como de inventário e de partilha
resultantes de divórcio ou separação.´

/HWUD ³&´ HUUDGD pois a utilização do vernáculo (língua oficial do país) é


obrigatória, conforme art. 192 do CPC/15, sendo que os documentos em língua
estrangeira podem ser juntados com tradução feita por tradutor juramentado, ou
ainda que tenha tramitado pela via diplomática ou pela autoridade central.
/HWUD³'´HUUDGDpois é o contrário, conforme art. 189 do CPC/15. A regra é a
publicidade e o segredo de justiça a exceção.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 8 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
/HWUD³(´HUUDGDpois a conduta está proibida pelo art. 202 do CPC/15. Significa
dizer que as partes não podem escrever nas entrelinhas, nos cantos das petições,
etc.

6 - Q231478 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Área Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
O ato pelo qual o juiz, no curso do processo, resolve questão incidente é
denominado
a) decisão interlocutória.
b) despacho.
c) ato ordinatório.
d) sentença constitutiva.
e) sentença declaratória.

C¨
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ Trata-se de questão simples, basta a
análise do disposto no §2°, do art. 203, do CPC/15 que acaba definindo decisão
interlocutória por meio de exclusão. Vejamos:

³Decisão interlocutória é todo pronunciamento judicial de natureza


decisória que não se enquadre no § 1o.´

No caso, a decisão que resolve questão incidente não põe fim à fase cognitiva e
por isso não pode ser definida como sentença. Desta forma, se não é sentença,
mas possui conteúdo decisório, é decisão interlocutória. As demais assertivas
não precisam ser analisadas.

7 - Q232845 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
Q+ 0(# $ %# &#' (#' )#*''+ ,'8 *#0',&9

I. Em todos os termos e atos do processo é obrigatório o uso do vernáculo.


II. Poderá ser juntado aos autos documento redigido em língua estrangeira,

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 9 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
* c0&# # :+,;8 ' 0"# &#,0  # ,&,# 8 #&0  (radução.
III. É lícito o uso da taquigrafia, da estenotipia, ou de outro método idôneo,
em qualquer juízo ou tribunal.
Está correto o que consta SOMENTE em
a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) I.
e) II.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´Estão corretas apenas as assertivas I e
III, de acordo com a análise a seguir:

I. Correta, já que essa é a regra contida no art. 192 do CPC/15.


II. Errada, pois o art. 192, parágrafo único do CPC/15 diz que tem que ser
juntada a versão no vernáculo, firmada por tradutor juramentado,
independentemente do Juiz conhecer ou não a língua estrangeira. Ainda
a lei abre a possibilidade de ser juntada versão em língua portuguesa
tramitada por via diplomática ou pela autoridade central.
III. Correta, pois essa é a informação que consta no art. 210 do CPC/15.

< - Q231618 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
O (# & :+0( & & )(,!=' #' +(#'
a) depende de decisão interlocutória do juiz, resolvendo pedido da parte
no curso do processo.
b) depende de prévio despacho do juiz, ordenando que o servidor assim o
proceda.
c) pode ser feito pelos advogados de quaisquer das partes,
independentemente de ordem judicial.
d) independe de despacho, devendo ser praticado de ofício por servidor e
revisto pelo juiz quando necessário.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 10 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
²a só pode ser feito em decorrência de sentença pelo juiz, ao apreciar
requerimento formulado pela parte.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ Vejamos a redação do art. 203, §4º do
CPC/15:

³Os atos meramente ordinatórios, como a juntada e a vista obrigatória,


independem de despacho, devendo ser praticados de ofício pelo servidor
e revistos pelo juiz quando necessário´

O ato de juntada de uma petição independe de despacho, sendo que o servidor


realizará o ato sem que o Juiz determine. Se necessário, o Juiz pode rever o que
foi feito pelo servidor. Essa é a ideLDGR†žTXHpDDVVHUWLYD³'´GDTXHVWmRGD
FCC. Somente esta resposta é possível para a questão, razão pela qual não
precisam ser analisadas em separado as demais assertivas.

> - Q221177 ( Prova: FCC - 2012 - TRE-PR - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
Adaptada ao CPC/15
Q+ 0&# , )'*? &(,0 & %# )  # (# )rocessual,
a) em nenhuma hipótese poderá ser aproveitado, se a forma determinada
tiver sido preterida.
b) o juiz considerará inválido o ato se, realizado de outro modo, lhe
alcançar a finalidade.
c) o juiz considerará válido o ato se, realizado de outro modo, lhe alcançar
a finalidade.
d) somente a requerimento da parte prejudicada o juiz lhe negará eficácia,
se a forma determinada não for atendida.
e) somente a requerimento de ambas as partes o juiz considerará válido o
ato se, realizado de outro modo, lhe alcançar a finalidade.

C¨

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 11 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´A questão também trata do princípio da
instrumentalidade das formas, mas sob a ótica da redação do art. 277 do CPC/15.
A redação do dispositivo em análise diz que:

³4XDQGRDOHLSUHVFUHYHUGHWHUPLQDGDIRUPDRMXL]FRQsiderará válido o
DWRVHUHDOL]DGRGHRXWURPRGR,KHDOFDQoDUDILQDOLGDGH´

Como já dito anteriormente, pode ser que o ato processual seja realizado sem a
observância à todas as formalidades. Mas, apesar disto, pode ser que não haja
qualquer nulidade, caso não acarrete qualquer prejuízo às partes. Por vezes, o ato
não segue a forma que a lei prescreveu, como na citação do réu, que é
indispensável para a validade do processo, mas que não foi feita em determinado
processo. Mesmo sem citação, pode ser que o réu saiba da existência do processo,
contrate um Advogado e apresente defesa tempestivamente. E ai eu pergunto?
Respeitaram a forma? Não. Houve prejuízo? Não. Então há nulidade? Não.
Simples assim.

1@ - Q262210 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 20ª REGIÃO (SE) - Juiz do


Trabalho - Tipo 1 / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
A' ')B*,' & )*+'"# '"#
a) todas as condições de procedibilidade processual, que objetivam a
formação e o desenvolvimento válido e regular do processo.
b) a perempção, a litispendência e a coisa julgada, extinguindo-se o
processo, em razão de seu reconhecimento, com resolução do mérito.
c) a decadência e a prescrição, extinguindo-se o processo, quando
reconhecidas, sem resolução do mérito.
d) todas as exceções processuais, meios de defesa indireta, que visam a
obstar o regular prosseguimento do processo.
e) temporal, consumativa e lógica, impossibilitando a prática do ato
processual ulterior se antes reconhecidas nos autos.

C¨
A alternativa CORRETA É A /(75$³(´ Em relação à preclusão, que é a perda
da possibilidade de realização de um ato processual, a FCC lançou mão das
ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 12 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
espécies tradicionais de preclusão, a saber: temporal, consumativa e lógica, que
se presentes no processo, impossibilitam a prática do ato processual. Vamos
analisar cada uma delas:
a. Temporal: está relacionada à perda do prazo para a prática de um ato
processual. Está prevista no art. 223 do CPC/15. Se tenho 15 dias para
interpor o recurso de apelação, no 16º dia já surge a preclusão temporal,
que me impede de realizar o ato.

b. Consumativa: está relacionada à pratica anterior do ato processual. Vejam


que o art. 335 do CPC/15 diz que a defesa pode ser apresentada no prazo
de 15 dias. Se apresente a contestação no 5º dia, eu consumei o ato de
defesa. Não posso reapresentar a contestação, mesmo que não tenham
passados os 15 dias.

c. Lógica: a preclusão lógica decorre da prática de outro ato incompatível com


outro futuro, como previsto no art. 1.000 do CPC/15. A parte que cumpre
a determinação judicial (condenação ao pagamento de R$100.000,00 por
sentença), não pode recorrer, pois são dois atos contrários, incompatíveis,
ilógicos.

11 D F2@246@ ( Prova: FCC - 2011 - PGE-MT - Procurador / Direito


Processual Civil / Dos Atos Processuais; ) Adaptada ao CPC/15
A '),(# &# ()#  +G  &#' (#' )#*''+ ,'8 B *(# H+e
a) a citação pode ser praticada nos feriados.
b) os atos processuais realizar-se-ão em dias úteis, das nove às dezoito
horas.
c) os prazos estabelecidos pelo juiz não se suspendem nos feriados.
d) podem as partes, de comum acordo, reduzir ou prorrogar os prazos
dilatórios, mesmo depois do respectivo vencimento.
e) a parte não poderá renunciar ao prazo estabelecido exclusivamente em
seu favor.

C¨

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 13 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
A alternativa CORRETA É $/(75$³$´ O art. 214 do CPC/15 traz alguns atos
processuais que podem ser realizados durante as férias e feriados, diante da
urgência. Vejamos:

³Durante as férias forenses e nos feriados, não se praticarão atos


processuais, excetuando-se:

I - os atos previstos no art. 212, § 2o IJKLMNRSTU KVLKWMNRST S XSVYZ[MT\]

^^ _ M L`LSbM dS `[efVJKM´

Vejam que a citação UHIHULGD QD OHWUD ³$´ SRGH VHU UHDOL]DGD Qesses períodos.
Vejamos as demais assertivas:

/HWUD³%´HUUDGRSRLVRDUW212 do CPC/15 fala das 6h às 20h.


/HWUD³&´HUUDGRSRLVos prazos processuais são contados somente nos dias úteis,
nos termos do art. 219, do CPC/15.
/HWUD ³'´ HUUDGR SRLV R art. 139, VI e parágrafo único do CPC/15 diz que a
possibilidade de dilação dos prazos somente pode ser determinada antes de
encerrado o prazo regular.
/HWUD³(´HUUDGRMiTXHRDUW225 do CPC/15 permite tal renúncia, já que o prazo
era exclusivamente seu. Logo, pode abrir mão do mesmo.

12 D F1254>< ( Prova: FCC - 2011 - TRE-AP - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; Das
Comunicações dos atos; )
Quando a carta precatória for enviada para Juiz que carecer de competência
em razão da hierarquia, este
a) a cumprirá, cabendo às partes a arguição da nulidade do ato.
b) recusará cumprimento, enviando-a para a Corregedoria-Geral do
Tribunal competente.
c) a cumprirá e posteriormente enviará para a autoridade hierarquicamente
competente para ratificação dos atos.
d) recusará cumprimento, devolvendo-a com despacho motivado.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 14 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
²a recusará cumprimento, enviando-a para o Tribunal Superior competente
para apreciação da irregularidade através de processo administrativo.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´O art. 267 do CPC/15 arrola as situações
em que o Juiz deprecado recusará o cumprimento da mesma. Dentre as situações,
temos o inciso II que fala: ³quando faltar ao juiz competência em razão da matéria
RXGDKLHUDUTXLD´ Se a carta precatória deveria ter sido remetida ao TJ/ES e, por
erro, chegou à Vara Cível, não deve o Juiz Cível cumpri-la. Deverá recusar
cumprimento, devolvendo-a com despacho motivado. Salienta-se que no
parágrafo único do referido dispositivo legal, há autorização para que,
neste caso, o juiz remeta a carta ao juiz ou tribunal competente para o
devido cumprimento.

13 - Q87124 ( Prova: FCC - 2011 - TRF - 1ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
g#0',& ' 'G+,0(' ''(,? ' '),(# & &,'(,c+,!"#9
I. Distribuir-se-ão por dependência as causas de qualquer natureza quando,
tendo sido extinto o processo, sem julgamento de mérito, for reiterado o
pedido, ainda que em litisconsórcio com outros autores.
II. Distribuir-se-ão por dependência as causas de qualquer natureza
quando, tendo sido extinto o processo, sem julgamento de mérito, for
reiterado o pedido, ainda que sejam parcialmente alterados os réus da
demanda.
III. O juiz, de ofício ou a requerimento do interessado, corrigirá o erro ou
a falta de distribuição, compensando-a.
IV. É vedada a fiscalização da distribuição pela parte ou por seu procurador,
tratando-se de ato interno exclusivo do cartório competente.
De acordo com o Código Civil brasileiro, está correto o que se afirma
SOMENTE em:
a) I e III.
b) II e IV.
c) I, II e III.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 15 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
«a I, II e IV.
²a II, III e IV.

C¨
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³&´ Podemos dizer que estão corretas as
assertivas I, II e III, conforme análise a seguir:
I. Correta, pois a distribuição, nessa situação, será feita por dependência,
para a mesma vara em que tramitou a ação anteriormente extinta,
conforme art. 286, II do CPC/15.
II. Correta, pois essa situação também consta no art. 286, II do CPC/15.
III. Correta, já que essa é a redação do art. 288 do CPC/15.
IV. Errada, pois o art. 289 do CPC/15 diz que a distribuição pode ser
fiscalizada pela parte, procurador, MP ou defensoria pública.

14 - Q51511 ( Prova: FCC - 2010 - MPE-RN - Agente Administrativo /


Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
h# H+ &,; '),(# #' (#' )#*''+ ,' 0# )#*''# *,?,8 B *#rreto afirmar
que
a) a desistência da ação produz efeito a partir da juntada do pedido ao
respectivo processo.
b) nos processos que correm em segredo de justiça, o terceiro, que
demonstrar interesse jurídico, pode requerer ao juiz certidão do dispositivo
da sentença, bem como de inventário e partilha resultante do desquite.
c) documento em língua estrangeira somente poderá ser juntado aos autos
quando acompanhado de versão em vernáculo, que pode ser feita pelo
próprio advogado, sob declaração de veracidade.
d) não tem valor legal a assinatura do juiz feita eletronicamente.
e) é vedado o uso da taquigrafia ou da estenotipia em qualquer juízo ou
tribunal.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ A única afirmativa adequada consta na
OHWUD³%´SRLVGHDFRUGRFRPR†2° do art. 189 do CPC/15, que dispõe acerca da

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 16 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
possibilidade do terceiro requerer certidão em processo que tramitou em segredo
de justiça. Vejamos o dispositivo legal:

³O terceiro que demonstrar interesse jurídico pode requerer ao juiz


certidão do dispositivo da sentença, bem como de inventário e de partilha
resultantes de divórcio ou separação´

As outras assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:


/HWUD³$´HUUDGDSRLVDGHVLVWrQFLDGHSHQGHGDKRPRORJDomRGR-XL]FRQIRUPH
parágrafo único do art. 200 do CPC/15.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVR parágrafo único do art. 192 do CPC/15 diz que a tradução
deve ser feita por tradutor juramentado ou ter passado pela via diplomática ou
autoridade central.
/HWUD ³'´ HUUDGD Mi TXH R DUW 205, §2º do CPC/15 fala em possibilidade de
assinatura eletrônica pelo juiz em todos os graus de jurisdição.
/HWUD ³(´ errada, pois o art. 210 do CPC/15 diz que tais métodos podem ser
adotados.

15 - Q36859 ( Prova: FCC - 2010 - TRF - 4ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Área Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; Prazos; )
Quanto aos atos processuais, considere:
Adaptada ao CPC/15
I. Não havendo preceito legal nem assinação pelo juiz, será de dez dias o
prazo para a prática de ato processual a cargo da parte.
II. Quando os litisconsortes tiverem diferentes procuradores de escritórios
de advocacia diferentes, ser-lhes-ão contados em dobro os prazos para de
modo geral para falar nos autos.
III. Versando o processo sobre direitos que admitam autocomposição, é
lícito às partes plenamente capazes estipular mudanças no procedimento
para ajustá-lo às especificidades da causa e convencionar sobre os seus
ônus, poderes, faculdades e deveres processuais, antes ou durante o
processo.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 17 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
jkl g#)+( mse-ão em dobro os prazos para as manifestações da Fazenda
Pública ou do Ministério Público.
De acordo com o Código de Processo Civil, está correto o que consta
APENAS em
a) I e IV.
b) II e III.
c) II, III e IV.
d) III e IV.
e) I, II e III.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ Estão corretas apenas as assertivas II,
III e IV, conforme análise a seguir:

I. Errada, pois o art. 218, §3° do CPC/15 diz que, nessa situação, o prazo
será de 5 dias. Caso a lei não determine o prazo, nem mesmo o Juiz,
será automaticamente de 5 dias. Trata-se de regra simples que é
sempre cobradas nos concursos.
II. Correta, pois a regra encontra-se no art. 229 do CPC/15, que prevê a
dobra de prazo para a hipótese de existência de litisconsórcio, sendo
que os litisconsortes estão assistidos por procuradores (advogados)
diferentes de escritórios diferentes. Salienta-se que no caso de processo
eletrônico, não se aplica a dobra do prazo.
III. Correta, pois a informação consta no art. 190 do CPC/15, conforme
transcrição abaixo:

³$UW 90. Versando o processo sobre direitos que admitam


autocomposição, é lícito às partes plenamente capazes estipular
mudanças no procedimento para ajustá-lo às especificidades da causa e
convencionar sobre os seus ônus, poderes, faculdades e deveres
processuais, antes ou durante o processo.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 18 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
IV. Correta, pois a prerrogativa de prazo para a Fazenda Pública e o
Ministério Público consta adequadamente nos arts. 180 e 183 do
CPC/15, transcritos a seguir:

Art. 180. O Ministério Público gozará de prazo em dobro para manifestar-


se nos autos, que terá início a partir de sua intimação pessoal, nos termos
do art. 183, § 1on.

oArt. 183. A União, os Estados, o Distrito Federal, os Municípios e suas


respectivas autarquias e fundações de direito público gozarão de prazo
em dobro para todas as suas manifestações processuais, cuja contagem
terá início a partir da intimação pessoal´

16 - Q26948 ( Prova: FCC - 2010 - TRE-AM - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; Das
Comunicações dos atos; )
Considere as assertivas abaixo a respeito das cartas.

I. Cumprida a carta, será devolvida ao juízo de origem, no prazo de 30 dias,


mediante traslado e pagamento das custas pela parte.
II. A carta tem caráter itinerante; antes ou depois de Ihe ser ordenado o
cumprimento, poderá ser apresentada a juízo diverso do que dela consta,
a fim de se praticar o ato.
III. Quando o objeto da carta for exame pericial sobre documento, este
será remetido em cópia fotográfica de alta resolução, ficando nos autos o
documento original.
IV. A carta de ordem, carta precatória ou carta rogatória pode ser expedida
por meio eletrônico, situação em que a assinatura do juiz deverá ser
eletrônica, na forma da lei.

De acordo com o Código de Processo Civil, está correto o que se afirma


APENAS em
a) I, II e III.
b) I, II e IV.
c) II e IV.
d) III e IV.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 19 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
²a II, III e IV.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ Somente estão corretas as assertivas II
e IV, conforme análise a seguir:

I. Errada, pois o art. 268 do CPC/15 fala em prazo de 10 dias para a


devolução, independentemente de translado, conforme dispositivo
abaixo transcrito:

³$UW68. Cumprida a carta, será devolvida ao juízo de origem, no prazo


de 10 (dez) dias, independentemente de traslado, pagas as custas pela
pDUWH´

II. Correta, já que o caráter itinerante da carta está consagrado no art. 262
do CPC/15, transcrito abaixo:

³$UW62. A carta tem caráter itinerante, podendo, antes ou depois de


Ihe ser ordenado o cumprimento, ser encaminhada a juízo diverso do que
dHODFRQVWDDILPGHVHSUDWLFDURDWR´

III. Errada, pois o §2º do art. 260 do CPC/15 diz que será remetido o original
com a carta, ficando cópia nos autos. Vejamos:

³†o Quando o objeto da carta for exame pericial sobre documento, este
será remetido em oriJLQDOILFDQGRQRVDXWRVUHSURGXomRIRWRJUiILFD´

IV. Correta, pois adequada ao art. 263 do CPC/15, assim redigido:

³Art. 263 As cartas deverão, preferencialmente, ser expedidas por meio


eletrônico, caso em que a assinatura do juiz deverá ser eletrônica, na
forma da lei.´

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 20 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
17 - Q76365 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-AP - Analista Judiciário - Área
Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
h# H+ *#0*0 #' (#' )#*''+ ,'8 & *#&# *# # gp&,G# &e Processo
Civil, é INCORRETO afirmar que:
a) A assinatura dos juízes, em todos os graus de jurisdição, pode ser feita
eletronicamente, na forma da lei.
b) Os termos de juntada, vista, conclusão e outros semelhantes constarão
de notas datadas e rubricadas pelo escrivão.
c) Os atos meramente ordinatórios, como a juntada e a vista obrigatória,
independem de despacho, devendo ser praticados de ofício pelo servidor e
revistos pelo juiz quando necessários.
d) A desistência da ação produzirá efeito de forma imediata após o
protocolo da petição, independentemente de homologação judicial por
sentença.
e) No caso de processo eletrônico, eventuais contradições na transcrição
deverão ser suscitadas oralmente no momento da realização do ato, sob
pena de preclusão, devendo o juiz decidir de plano, registrando- se a
alegação e a decisão no termo.

C¨
A alternativa IN&255(7$e$/(75$³'´ Da mesma forma que posso ajuizar
uma ação, posso dela desistir, desde que formule requerimento nesse sentido. Ao
analisar o meu pedido de desistência, o Juiz proferirá sentença extinguindo o
processo sem resolução do mérito, nos termos do art. 485 do CPC/15. Percebe-
se que o pedido de desistência não produz efeitos de forma imediata, como afirma
DOHWUD³'´FRQVLGHUDGDFRPR~QLFDLQFRUUHWD2SHGLGRGHSHQGHGDDSUHFLDomo
do Juiz e sentença que extinga o processo. Essa ideia consta no art. 200, parágrafo
único do CPC/15, abaixo transcrito:

³$GHVLVWrQFLDGDDomRVySURGX]LUiHIHLWRs após homologação judicial´

As demais afirmativas estão corretas, nos termos da análise abaixo realizada:


/HWUD³$´FRUUHWDSRLVGHDFRUGRFRPRDUW205, §2° do CPC/15.
/HWUD³%´FRUUHWDMiTXHpDUHGDomRGRDUW208 do CPC/15.
ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 21 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
/HWUD³&´FRUUHWDFRQIRUPHDUW203, §4º do CPC/15.
/HWUD³(´FRUUHWDHPFRQIRUPLGDGHFRPRDUW209, §2º do CPC/15.

1< - Q45932 ( Prova: FCC - 2009 - MPE-AP - Técnico Administrativo /


Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; ) A respeito da forma dos
atos processuais, considere: (Adaptada ao CPC/15)

I. A desistência da ação só produzirá efeito depois de homologada


judicialmente.
II. Decisão interlocutória é o ato judicial que possui carga decisória, mas
não se enquadra no conceito de sentença.
III. Os atos ordinatórios, como a juntada e a vista obrigatória, dependem
de despacho do juiz, não podendo ser praticados de ofício pelo servidor.

Está correto o que se afirma SOMENTE em


a) I.
b) III.
c) I e II.
d) I e III.
e) II e III.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ Estão corretas apenas as assertivas I e
II, nos termos da análise abaixo:

I. Correta, pois a informação consta no art. 200, § único do CPC/15 fala


que o pedido de desistência, para produzir efeitos, depende de
homologação do Juiz.
II. Correta, pois é o conceito que consta no art. 203, §2º do CPC/15, pois
a decisão interlocutória tão somente decide uma questão no curso do
processo, sem por fim à fase cognitiva.
III. Errada, pois o art. 203, §4º do CPC/15 diz que tais atos, por serem
simples, não precisam de atuação do Juiz, podendo ser realizados pelo

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 22 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
servidor. Somente quando necessário é que haverá a análise pelo
Magistrado.

1> - Q266518 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Prazos; ) (Adaptada
ao CPC/15)
h# (#* 0( #' ) ;#' )#*''+ ,'8
a) salvo estipulação em contrário, computar-se-ão os prazos, incluindo o
dia do começo e excluindo o do vencimento.
b) é possível ao juiz, independente de anuência das partes, reduzir ou
prorrogar os prazos peremptórios.
c) o prazo, estabelecido pela lei ou pelo juiz, é contínuo, mas é
interrompido nos feriados.
d) quando a lei não marcar outro prazo, as intimações só obrigarão o
comparecimento após decorridos cinco dias.
e) não havendo preceito legal nem fixação pelo juiz, será de cinco dias o
prazo para a prática de ato processual a cargo da parte.

C¨
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ $ LQIRUPDomR TXH FRQVWD QD OHWUD ³(´
está de acordo com o art. 218, §3° do CPC/15, assim redigido:

³Inexistindo preceito legal ou prazo determinado pelo juiz, será de 5


(cinco) dias o prazo para a prática de ato processual a cargo da parte´

A informação é simples: se a lei não fixar o prazo, o Juiz fixará no caso concreto.
Caso seja omisso, o prazo será automaticamente de 5 dias. As demais
informações estão erradas, de acordo com a análise a seguir:

/HWUD³$´HUUDGRSRLVDLQIRUPDomRTXHFRQVWDQRDUW224 do CPC/15 é diversa:


exclui-se o primeiro e inclui-se o último.
/HWUD³%´HUUDGRSRLVRVSUD]RVSHUHPSWyULRVQmRSRGHPVHUDOWHUDGRVpelo juiz
sem a anuência das partes, conforme art. 222, §1° do CPC/15.
ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 23 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
/HWUD³&´HUUDGRSRLVRVSUD]RVQmRVHLQWHUURPSHPQRVIHULDGRVmas apenas
não computados em tais dias, nos termos do art. 219 do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGRMiTXHRDUW218, §2° do CPC/15 fala em 48 horas e não cinco
dias.

2@ D F236372 ( Prova: FCC - 2012 - MPE-PE - Técnico Ministerial - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Prazos; )
q rtuvwxyvz {| }~w€z|vvu€ { r‚ƒ „ t… ~z…w zu{| p GLItFLO R
transporte. Segundo o Código de Processo Civil brasileiro, nas comarcas
onde for difícil o transporte, o juiz
a) poderá prorrogar quaisquer prazos, mas nunca por mais de dois meses.
b) poderá prorrogar apenas os prazos dilatórios, mas nunca por mais de
trinta dias.
c) não poderá prorrogar os prazos processuais porque são peremptórios e
consequentemente improrrogáveis.
d) poderá prorrogar apenas os prazos comuns para ambas as partes, mas
nunca por mais de trinta dias.
e) poderá prorrogar apenas os prazos dilatórios, mas nunca por mais de
quinze dias.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ A questão é facilmente respondida com
base no art. 222 do CPC/15, assim redigido:

³Art. 222. Na comarca, seção ou subseção judiciária onde for difícil o transporte, o
juiz poderá prorrogar os prazos por até 2 (dois) meses´

Vejam que na hipótese da comarca possuir transporte deficitário, o Juiz pode


prorrogar quaisquer prazos por até 2 mesesFRQIRUPHDILUPDGRQDOHWUD³$´~QLFD
correta. As demais estão erradas, conforme análise abaixo:

/HWUD ³%´ HUUDda, pois todos os prazos podem ser prorrogados ± dilatórios e
peremptórios ± por até 2 meses, podendo superar este limite no caso de
calamidade pública, nos termos do §2°, do art. 222, do CPC/15.
ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 24 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
/HWUD³&´HUUDGDpois o art. 222 do CPC/15 prevê a prorrogação.
/HWUD³'´HUUDGDpois pode prorrogar todos os prazos, por 2 meses, ou até mais,
no caso de calamidade pública.
/HWUD³(´HUUDGDpelos fundamentos já expostos.

21 - Q231482 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Área Judiciária / Direito Processual Civil / Prazos; ) (Adaptada ao
CPC/15)
†0#,0 m' )*+'"# pG,*
a) a autoridade que torna imutável e indiscutível a decisão de mérito, não
mais sujeita a recurso.
b) a extinção de uma faculdade processual pela prática de ato incompatível
com o que se pretende realizar.
c) o exaurimento da faculdade processual pelo seu exercício no prazo
previsto.
d) a autoridade que torna imutável e indiscutível a decisão de mérito, não
mais sujeita a recurso ou a ação rescisória.
e) a perda de uma faculdade processual pelo decurso do prazo previsto
para o seu exercício.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ A questão é importante e depende de
conhecimento doutrinário, pois a lei não traz um conceito para preclusão lógica.
Vamos lá !!! Preclusão, em um primeiro momento, é a perda da possibilidade
de realização de um ato processual. Perde-se a possibilidade, a faculdade, de
realizar um ato processual. Essa perda pode decorrer de diversos modos, por
várias situações. Uma delas é a prática de um ato incompatível com outro,
que é a preclusão lógica. Um exemplo simples serve para demonstrar o
conceito: sou intimado de uma sentença que me condenou ao pagamento de
R$100.000,00. O que fazer? Se discordo da condenação, recorre. Se concordo,
pago. Imagine se eu pago e depois recorro? Meio ilógico essa atitude, concorda?
Se paguei, não posso recorrer, pois a primeira atitude é incompatível com
a segunda. Perdi a possibilidade de recorrer em decorrência da preclusão lógico

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 25 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
que surgiu com o pagamento da quantia devida. Vejamos as demais
assertivas:

/HWUD³$´HUUDGDpois esse é o conceito de coisa julgada, conforme art. 502 do


CPC/15.
/HWUD ³&´ HUUDGD pois esse é o conceito de preclusão consumativa, que é
caracteriza pela prática do ato corretamente, no prazo adequado, que impede a
repetição do ato.
/HWUD³'´HUUDGD pois também é o conceito de coisa julgada.
/HWUD³(´HUUDGDjá que esse é o conceito de preclusão temporal, que é perda do
prazo para a prática do ato.

22 - Q214964 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-PE - Oficial de Justiça - Judiciária


e Administrativa / Direito Processual Civil / Prazos; )
† *#&# *# # gp&,G# & ‡#*''# g,?, c ',,#8 0 ' *#marcas onde for
difícil o transporte, o juiz poderá prorrogar
a) quaisquer prazos, mas nunca por mais dois meses, com exceção dos
casos de calamidade pública, em que este limite poderá ser excedido.
b) apenas os prazos dilatórios, mas nunca por mais de sessenta dias, com
exceção dos casos de calamidade pública, em que este limite poderá ser
excedido.
c) quaisquer prazos, mas nunca por mais de noventa dias, inclusive nos
casos de calamidade pública.
d) apenas os prazos dilatórios, mas nunca por mais de noventa dias,
inclusive nos casos de calamidade pública.
e) quaisquer prazos, mas nunca por mais de trinta dias, com exceção dos
casos de calamidade pública, em que este limite poderá ser excedido.

C¨
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ Novamente a FCC se utiliza da
informação contida no art. 222 do CPC/15 em uma pergunta sobre prazos. Vamos
relembrar o dispositivo legal:

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 26 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
³$UW 222. Na comarca, seção ou subseção judiciária onde for difícil o
transporte, o juiz poderá prorrogar os prazos por até 2 (dois) meses.
(...)
§2°. Havendo calamidade pública, o limite previsto no caput para
prorrogação SRGHUiVHUH[FHGLGR´

Se a TXHVWmRPHQFLRQDU³FRPDUFDRQGHpGLItFLORWUDQVSRUWH´ OHPEUH-se que o


Juiz pode prorrogar quaisquer prazos, visando facilitar a prática dos atos
processuais, mas que essa prorrogação não pode exceder 2 meses. Vejamos as
demais assertivas:

/HWUD³%´HUUDGRSRLVDWpPHVPRRVSUD]RVSHUHPSWyULRV TXDLVTXHU SRGHPVH


prorrogados.
/HWUD³&´HUUDGRSRLVRSUD]RPi[LPRpGHdois meses, salvo nas situações de
calamidade pública, nos quais não há limite máximo.
/HWUD³'´HUUDGRSRUWXGRRTXHIDODPRVDWpDJRUD
/HWUD³(´HUUDGR1DYHUGDGHWXGRHUUDGRFRPRMiYLPRV

23 D F7>37> ( Prova: FCC - 2010 - TRT - 8ª Região (PA e AP) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Prazos; )
O ) ;# )#*''+ 
a) estabelecido pelo juiz ou pela lei é contínuo, interrompendo-se somente
nos domingos e feriados.
b) para a prática de ato a cargo da parte será de dez dias quando não
houver preceito legal, nem assinação pelo juiz.
c) não pode ser renunciado pela parte quando estabelecido exclusivamente
em seu favor.
d) prorroga-se até o primeiro dia útil se no dia do vencimento o expediente
forense for encerrado antes da hora normal.
e) para recorrer é computado em quádruplo quando a parte for o Ministério
Público.

C¨
ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 27 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³'´ A regra sobre contagem dos prazos
processuais encontra-se no art. 224, §1°, do CPC/15, sendo que na contagem é
aplicada a seguinte regra: exclui-se o primeiro dia e inclui-se o último. O
primeiro e último dia da contagem deve possuir expediente forense completo.
Ou seja, se no primeiro ou no último dia da contagem o expediente forense iniciar
com atraso ou encerrar de forma antecipada, ocorrerá a prorrogação para o
próximo dia útil:

³Art. 224, § 1o Os dias do começo e do vencimento do prazo serão protraídos


para o primeiro dia útil seguinte, se coincidirem com dia em que o expediente
forense for encerrado antes ou iniciado depois da hora normal ou houver
indisponibilidade da comunicação eletrônica.

Vejam que uma das situações que levam à prorrogação do prazo está descrita na
OHWUD³'´TXHpRHQFHUUDPHQWRGRH[SHGLHQWHIRUHQVHDQWHVGDKRUD$VGHPDLV
assertivas estão totalmente erradas, de acordo com a análise abaixo:

/HWUD ³$´ errada, pois os prazos não se interrompem nos feriados (sábados,
domingos e feriados), mas tão somente não são computados na contagem, nos
termos do art. 219, do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGDpois o prazo é de 5 dias, conforme art. 218, §3° do CPC/15.
Letra ³&´ HUUDGD pois o art. 225 do CPC/15 prevê a renúncia se o prazo for
exclusivo da parte. Se é direito dela, ela pode renunciar.
/HWUD ³E´ HUUDGD pois o art. 180 do CPC/15 prevê o prazo em dobro para
manifestação do MP.

24 D F2<21< ( Prova: FCC - 2009 - TJ-AP - Analista Judiciário - Área


Judiciária - Execução de Mandados / Direito Processual Civil /
Litisconsorcio; Prazos; ) (Adaptada ao CPC/15) Quando os
litisconsortes tiverem diferentes procuradores de escritórios de advocacia
distintos, ser-lhe-ão contados em dobro os prazos
´a para contestar, recorrer e, de modo geral, para falar nos autos.
b) somente para contestar.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 28 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
±a somente para contestar e recorrer.
«a para contestar e em quádruplo para recorrer.
e) para recorrer e em quádruplo para contestar.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´A resposta encontra-se no art. 229 do
CPC/15, assim redigido:

³Art. 229 Os litisconsortes que tiverem diferentes procuradores, de escritórios de


advocacia distintos, terão prazos contados em dobro para todas as suas
manifestações, em qualquer juízo ou tribunal, independentemente de requerimento.

Digamos que A tenha ajuizado uma ação em face de B e C e que os réus tenham
Advogados diferentes, que pertençam a escritórios de advocacia distintos. Esse
fato faz com que os prazos das partes sejam contados em dobro, conforme
GHVFULomR OHJDO $VVLP FRUUHWD HVWi D OHWUD ³$´ As demais assertivas não
precisam ser analisadas.

25 D F2<@3@ ( Prova: FCC - 2009 - TJ-AP - Técnico Judiciário - Área


Judiciária / Direito Processual Civil / Resposta do réu; Prazos; )
ˆ‰#'Bˆ :+,;#+ + & 0& *#0( ˆ‡ +#ˆ  ˆ‡&#ˆl ˆ‡ +#ˆ e "Pedro"
foram regularmente citados e outorgaram procurações a advogados
diferentes, de escritórios distintos. O prazo para apresentação de
reconvenção, a partir da juntada aos autos do mandado de citação, é de
a) 05 dias.
b) 10 dias.
c) 15 dias.
d) 20 dias.
e) 30 dias.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ Vamos partir do pressuposto de que será
aplicado o art. 229 do CPC/15, já analisado na questão anterior. O prazo normal
para apresentação da reconvenção é de 15 dias, por ser o prazo de defesa previsto
ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 29 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
no art. 335 do CPC/15. Assim, se as partes possuem prazos em dobro por
possuírem diferentes procuradores, o prazo para apresentação da reconvenção é
GH  GLDV FRQIRUPH OHWUD ³(´ As demais assertivas não precisam ser
analisadas.

26 - Q16254 ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 7ª Região (CE) - Analista


Judiciário - Área Judiciária - Execução de Mandados / Direito Processual
Civil / Dos Atos Processuais; Prazos; ) (Adaptada ao CPC/15) No que
concerne aos prazos, de acordo com o Código de Processo Civil, é certo que
´a decorrido o prazo, extingue-se, independentemente de declaração
judicial, o direito de praticar o ato, ficando salvo, porém, à parte provar
que o não realizou por justa causa.
b) podem as partes, sem mútuo acordo, reduzir ou prorrogar o prazo
peremptório.
c) quando a lei não marcar outro prazo, as intimações somente obrigarão
a comparecimento depois de decorridas vinte e quatro horas.
d) nas comarcas onde for difícil o transporte o juiz poderá prorrogar
quaisquer prazos, mas nunca por mais de trinta dias.
e) a parte não poderá renunciar ao prazo estabelecido exclusivamente em
seu favor.

C¨
A alternativa CORRETA É $/(75$³$´ $DILUPDWLYDFRQWLGDQDOHWUD³$´WUDWD
da preclusão temporal, que está regulamentada no art. 223 do CPC/15, que em
síntese pode ser assim explicado: se perco o prazo para a interposição de um
recurso, incidirá a preclusão temporal, que não permitirá mais a prática do ato. A
preclusão surge independentemente de declaração judicial, mas é possível que a
parte prove um motivo justo para a perda do prazo. Se isso ocorrer, o Juiz relevará
a pena de preclusão, permitindo que a parte pratique o ato em prazo por ele
determinado. As demais assertivas estão erradas, conforme explicação abaixo:

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 30 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
/HWUD ³%´ HUUDGD pois o art. 190 do CPC/15 permite a realização de negócios
jurídicos processuais e o art. 191 a fixação do calendário processual. Porém, em
ambos os casos há a necessidade de consentimento.
/HWUD³&´HUUDGDpois o art. 218, §2° do CPC/15 fala em prazo de 48 horas.
/HWUD ³'´ HUUDGD já que o art. 222 do CPC/15 fala no prazo máximo de dois
meses. Cuidado aqui, dois meses não é a mesma coisa que 60 dias. Em
muitas provas as bancas fazem esta troca para confundir os alunos.
/HWUD³(´HUUDGDpois o art. 225 do CPC/15 permite a renúncia de prazo criado
exclusivamente em favor da parte. Se o direito é da parte, pode ela renunciar ao
mesmo.

27 - Q336185 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 18ª Região (GO) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
O :+,;
a) decide, em regra, por equidade.
b) deve encaminhar os autos ao tribunal competente, quando se verificar
lacuna na lei.
c) não está vinculado à prova, salvo a pericial.
d) responde por perdas e danos se aplicar, quando da sentença,
entendimento contrário à jurisprudência consolidada pelos tribunais
superiores.
e) pode, de ofício, determinar a produção das provas necessárias à
instrução do feito.

C¨
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ Uma das regras mais importantes de
direito processual civil é a que permite ao Juiz a produção das provas necessários
à instrução do feito, para que se descubra a verdade real. À essa norma dá-se o
nome de poderes instrutórios do Juiz, previstos no art. 370 do CPC/15,
transcrito a seguir:

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 31 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
³Art. 370. Caberá ao juiz, de ofício ou a requerimento da parte, determinar as
provas necessárias ao julgamento do mérito.

Parágrafo único. O juiz indeferirá, em decisão fundamentada, as diligências inúteis


ou meramente protelatórias´

As demais assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:


/HWUD³$´HUUDGDSRLVR-XL]GHFLGHSRUHTXLGDGH VHQVRGHMXVWLoDERPVHQVR 
somente quando a lei permite, conforme art. 140, parágrafo único do CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGDMiTXHRDUW40 do CPC/15 diz que, mesmo havendo lacuna,
deve o Juiz julgar a lide.
/HWUD ³&´ HUUDGD SRLV QHP PHVPR j SURYD SHULFLDO HVWi YLQFXODGR R -XL]
conforme art. 371 do CPC/15, que autoriza a análise de todas as provas colhidas
e a formação do convencimento com base em qualquer delas.
/HWUD³'´HUUDGDMiTXHapesar de o CPC/15 prever a necessidade de respeito à
jurisprudência superior, nos termos do art. 927, a responsabilidade do juiz está
prevista no art. 143, do CPC/15 que dentre as hipóteses de responsabilização
enumera a atuação com dolo ou fraude, o que não foi descrito na alternativa.

2< D F3@224@ ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 9ª REGIÃO (PR) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
Compete ao juiz:
I. Assegurar às partes igualdade de tratamento e tentar conciliá-las a
qualquer tempo.
II. Ter os autos sob sua guarda e responsabilidade, não permitindo que
saiam de cartório, exceto nas hipóteses permitidas por lei.
III. Prevenir ou reprimir qualquer ato contrário à dignidade da justiça.
São efetivamente da competência do juiz o que se afirma em
a) I e II, apenas.
b) I e III, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I, II e III.
e) III, apenas.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 32 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02

C¨
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³%´ Apenas as assertivas I e III estão
corretas, conforme análise abaixo:

I. Correta, pois se trata de um dos deveres do Juiz, conforme art. 139, I e


V do CPC/15.
II. Errada, pois essa é uma incumbência do escrivão ou chefe de secretaria,
conforme art. 152, IV do CPC/15.
III. Correta, pois descrito expressamente no art. 139, III do CPC/15.

2> - Q266521 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
g#)( # :+,;
a) sentenciar ou despachar nos autos, salvo em caso de lacuna ou
obscuridade da lei.
b) decidir, como regra geral, por equidade os processos de sua
competência.
c) decidir a lide nos limites em que foi proposta, sendo- lhe defeso conhecer
de questões, não suscitadas, a cujo respeito a lei exige a iniciativa da parte.
d) apreciar a prova de modo tarifado, hierarquizado, atendendo aos fatos
e circunstâncias dos autos, desde que alegados pelas partes.
e) julgar a causa como lhe parecer mais conveniente ou adequado,
independentemente do pedido formulado pela parte.

C¨
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³C´ $ DILUPDWLYD TXH FRQVWD QD OHWUD ³&´
totalmente correta, é conhecida como princípio da congruência, da correlação
ou adstrição, previsto nos artigos 141 e 492 do CPC/15. Em síntese, dispõe a lei
que a Juiz deve julgar dentro dos limites impostos pelo autor em seu pedido.
Vejamos os dois dispositivos mencionados:

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 33 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
³Art. 141. O juiz decidirá o mérito nos limites propostos pelas partes, sendo-lhe
vedado conhecer de questões não suscitadas a cujo respeito a lei exige iniciativa
da parte.´

³Art. 492. É vedado ao juiz proferir decisão de natureza diversa da pedida, bem
como condenar a parte em quantidade superior ou em objeto diverso do que lhe foi
demandado´

As demais assertivas estão erradas, de acordo com a análise abaixo:


/HWUD³$´: errada, pois mesma havendo lacuna ou obscuridade na lei, o art. 140
do CPC/15 o Juiz deve julgar.
/HWUD³%´HUUDGDMiTXHRDUW40, parágrafo único, do CPC/15 demonstra que o
julgamento por equidade é exceção, apenas possível nas hipóteses previstas na
lei.
/HWUD³'´HUUDGDXPDYH]TXHRDUW371 do CPC/15 fala em apreciação livre da
prova, ou seja, prescreve o princípio do livre convencimento motivado do Juiz.
/HWUD³(´HUUDGDMi TXHR-XL]DRMXOJDUGHYHREVHUYDURTXe foi pedido pela
parte, sob pena de ferimento ao princípio da congruência, já analisado
anteriormente.

3@ - Q232323 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Analista Judiciário - Execução


de Mandados / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
O :+,; ')#0&Š )# )& '  & 0#' H+ 0&#
a) recusar, omitir ou retardar, sem justo motivo, providência que deva
ordenar de ofício, ou a requerimento da parte.
b) sua sentença for alterada pelos tribunais.
c) exceder o prazo de noventa dias para término de qualquer processo.
d) determinar provas que os tribunais entendam desnecessárias.
e) retardar, em qualquer situação, providência inerente ao exercício de
suas funções.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ A questão é respondida com base no
art. 143 do CPC/15, abaixo transcrito:

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 34 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02

³$UW43. O juiz responderá, civil e regressivamente, por perdas e danos,


quando: I - no exercício de suas funções, proceder com dolo ou fraude;
II - recusar, omitir ou retardar, sem justo motivo, providência que
deva ordenar de ofício, ou a requerimento da parte.
Parágrafo único. As hipóteses previstas no inciso II somente serão verificadas
depois que a parte requerer ao juiz que determine a providência e o requerimento
não for apreciado no prazo de 10 (dez) dias´

A única assertiva que preFLVDVHUDQDOLVDGDHPVHSDUDGRpDOHWUD³(´UHWDUGDU


providência em qualquer situação. Vejam que a assertiva está errada pois o
retardamento deve ocorrer sem justo motivo, pois se houve motivo justo, não
responderá o Juiz por perdas e danos. As demais não precisam ser analisadas
em separado.

31 D F232<43 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Do Juiz; ) (Adaptada ao
CPC/15)
O :+,;
a) O juiz apreciará a prova constante dos autos, independentemente do
sujeito que a tiver promovido, e indicará na decisão as razões da formação
de seu convencimento.
b) só poderá tentar conciliar as partes na audiência de conciliação
especialmente designada para esse fim.
c) poderá decidir a lide fora dos limites em que foi proposta, conhecendo
de questões não suscitadas, a cujo respeito a lei exige a iniciativa da parte.
d) não poderá ordenar a produção de provas necessárias à instrução do
processo sem expresso requerimento das partes.
e) poderá deixar de sentenciar alegando lacuna ou obscuridade da lei.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³$´ A assertiva considerada correta trata do
princípio do livre convencimento motivado do Juiz, previsto no art. 371 do
CPC/15, transcrito abaixo:

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 35 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02

³$UWO juiz apreciará a prova constante dos autos, independentemente do


sujeito que a tiver promovido, e indicará na decisão as razões da formação de seu
convencimento.´

As demais estão erradas, de acordo com a análise que será realizada:


/HWUD³%´HUUDGDSRLVRDUW39, V do CPC/15 diz que a tentativa de acordo deve
ocorrer a qualquer tempo.
/HWUD³&´HUUDGDSRLVDLGHLDpDRSRVWDFRQIRUPHDUW41 e 492 do CPC/15,
que tratam do princípio da congruência (correlação ou adstrição).
/HWUD³'´HUUDGDMiTXHRDUW370 do CPC/15, ao prever os poderes instrutórios
do Juiz, afirmou a possibilidade de serem deferidas provas de ofício, isto é, sem
requerimento da parte.
/HWUD³(´HUUDGDMiTXHRDUW40 do CPC/15 diz que o Juiz não pode deixar de
sentenciar ou despachar alegando lacuna ou obscuridade da lei.

32 D F7<<55 ( Prova: FCC - 2010 - TRT - 8ª Região (PA e AP) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
E + !"# & *#c 0! # :+,; H+ )',&,+ +&,‹0*, de instrução e
julgamento se aposentou. Nesse caso,
a) deverá julgar a lide, mesmo aposentado, em razão do princípio da
identidade física do juiz.
b) poderá, julgar a lide, em razão do princípio da identidade física do juiz.
c) a ação será julgada pelo seu sucessor, pois, nesse caso, não prevalece
o princípio da identidade física do juiz.
d) o seu sucessor anulará a ação desde a citação, devolvendo ao réu o
prazo para contestação.
e) deverá julgar a lide, mesmo aposentado, mas a sua sentença deverá ser
ratificada pelo juiz que vier a sucedê-lo.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´, já que o CPC/15 não prevê mais o
princípio da identidade física do juiz.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 36 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
Ainda, salienta-se que mesmo na vigência do CPC/73 a alternativa estaria correta,
já que a aposentadoria do juiz era uma das exceções ao referido princípio.

33 D F161>< ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 7ª Região (CE) - Analista


Judiciário - Área Administrativa / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
(Adaptada ao CPC/15)
g#0',& ' ''(,? ' c ,Œ# '#c # ‰+,;l

I. No julgamento da lide ainda que existente lacuna no ordenamento


jurídico, o juiz não se exime de decidir.
II. O juiz poderá indeferir diligências requeridas pelas partes, quando
inúteis ou meramente protelatórias.
III. O juiz decidirá a lide nos limites em que foi proposta, sendo-lhe defeso
conhecer de questões, não suscitadas, a cujo respeito a lei exige a iniciativa
da parte.
IV. O juiz, titular ou substituto, que concluir a audiência, ainda que estiver
promovido, julgará a lide.

É correto o que se afirma APENAS em


a) II e IV.
b) II, III e IV.
c) I, II e IV.
d) I, II e III.
e) I, III e IV.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ Estão corretas apenas as assertivas I,
II e III, conforme análise abaixo:

I. Correta, pois em conformidade com o art. 140 do CPC/15 o juiz não se


exime de decidir alegando lacuna no ordenamento jurídico.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 37 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
II. Correta, já que, dentro dos poderes instrutórios do Juiz, presentes no
art. 370 do CPC/15, está o poder de indeferir tais pedidos, se
considerados inúteis ou protelatórios.
III. Correta, pois de acordo com o princípio da congruência, conforme
prescrito no art. 141 do CPC/15.
IV. Errada, pois se houve promoção do Juiz, ele não decidirá a lide, já que
o CPC/15 não prevê mais o princípio da identidade física do juiz.
Salienta-se que mesmo quando existia tal princípio, a promoção do juiz
era uma das exceções.

34 D F566>6 ( Prova: FCC - 2009 - DPE-MT - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Do Juiz; ) Quanto às funções exercidas pelo juiz:
´a as decisões aplicam sempre as normas legais, sendo-lhe defeso utilizar-
se de outros meios para despachar ou sentenciar.
b) visando à justiça de cada caso, deve como regra julgar por equidade.
c) deve zelar pelo tratamento isonômico das partes, conciliá-las sempre
que possível, procurar a rápida solução do litígio e prevenir ou reprimir
qualquer ato contrário à dignidade da justiça.
d) diante do princípio da iniciativa da parte, deve aguardar que esta
requeira as provas a serem produzidas, não podendo fazê-lo de ofício.
e) pode decidir livremente a lide, desde que fundamentadamente, podendo
examinar quaisquer questões do processo, levantadas ou não pelas partes,
em busca de subsídios para o julgamento.

C¨
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ 7RGDVDVFRQGXWDVGHVFULWDVQDOHWUD³&´
estão arroladas no art. 139 do CPC/15, que trata dos deveres do Juiz. Vejamos:

³Art. 139. O juiz dirigirá o processo conforme as disposições deste Código,


incumbindo-lhe: I - assegurar às partes igualdade de tratamento; II - velar pela
duração razoável do processo; III - prevenir ou reprimir qualquer ato contrário à
dignidade da justiça e indeferir postulações meramente protelatórias; IV -
determinar todas as medidas indutivas, coercitivas, mandamentais ou sub-
rogatórias necessárias para assegurar o cumprimento de ordem judicial, inclusive
nas ações que tenham por objeto prestação pecuniária; V - promover, a qualquer
tempo, a autocomposição, preferencialmente com auxílio de conciliadores e

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 38 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
mediadores judiciais; VI - dilatar os prazos processuais e alterar a ordem de
produção dos meios de prova, adequando-os às necessidades do conflito de modo
a conferir maior efetividade à tutela do direito; VII - exercer o poder de polícia,
requisitando, quando necessário, força policial, além da segurança interna dos
fóruns e tribunais; VIII - determinar, a qualquer tempo, o comparecimento pessoal
das partes, para inquiri-las sobre os fatos da causa, hipótese em que não incidirá a
pena de confesso; IX - determinar o suprimento de pressupostos processuais e o
saneamento de outros vícios processuais; X - quando se deparar com diversas
demandas individuais repetitivas, oficiar o Ministério Público, a Defensoria Pública
e, na medida do possível, outros legitimados a que se referem o art. 5o da Lei
no 7.347, de 24 de julho de 1985 Ž  art. 82 da Lei no 8.078, de 11 de setembro de
1990 ara, se for o caso, promover a propositura da ação coletiva respectiva´

As demais assertivas estão erradas. Vejamos:


/HWUD³$´HUUDGDMiTXHnão são somente as normas que servem de parâmetro
jurídico, mas também a jurisprudência pode ser utilizada, por exemplo.
/HWUD ³%´ HUUDGD Mi TXH D HTXLGDGH p XPD IRUPD H[FHSFLRQDO GH MXOJDPHQWR
conforme art. 140, parágrafo único do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGDSRLVRVSRGHUHVLQVWUXWyULRVGR-XL]SUHYLVWRVQRDUW 370 do
CPC/15, permitem a produção da prova por determinação de ofício do Juiz.
/HWUD³(´HUUDGDSRLVGHDFRUGRFRPRDUW41 do CPC/15, que trata do princípio
da congruência, o Magistrado deve julgar com base nos pedidos das partes, não
podendo manifestar-se sobre o que deveria ser suscitado pela parte.

3. LISTA DAS QUESTÕES APRESENTADAS:

1 - Q356872 ( Prova: FCC - 2014 - Câmara Municipal de São Paulo - SP -


Procurador Legislativo / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
No tocante ao tempo e lugar dos atos processuais, considere as afirmações
abaixo.
I. Durante as férias e nos feriados não se praticarão aos processuais, com
a única exceção das medidas cautelares urgentes.
II. Entre outros, processam-se durante as férias e não se suspendem pela
superveniência delas os atos de jurisdição voluntária, bem como os
necessários à conservação de direitos, quando possam ser prejudicados
pelo adiamento.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 39 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
jjjl O' (#' )#*''+ ,'  ,; m' 0*'' , 0( 0 '& do juízo, só
se efetuando em outro lugar em razão de obstáculo arguido pelo
interessado e acolhido pelo juiz.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) I e II.
b) II e III.
c) III.
d) I
e) II

2 - Q348138 ( Prova: FCC - 2013 - MPE-SE - Analista - Direito / Direito


Processual Civil / Dos Atos Processuais; ) Quanto à forma dos atos
processuais, é correto afirmar:
´a Os atos processuais realizam-se em dias úteis, das seis às vinte horas,
em nenhuma hipótese podendo ultrapassar esses horários, que são
peremptórios.
b) Os atos das partes, consistentes em declarações unilaterais ou bilaterais
de vontade, produzem imediatamente a constituição, a modificação ou a
extinção de direitos processuais.
c) Os atos do juiz que lhe competem, exclusivamente são as sentenças,
todos os demais podendo ser praticados pelo escrivão e revistos
posteriormente pelo juiz.
d) É vedado ao juiz determinar prazos para a prática dos atos processuais,
pois é sempre a lei que os determina.
e) O prazo legal interrompe-se nos feriados e na superveniência de férias,
contando-se do início a partir do primeiro dia útil posterior a elas.

3 - Q324848 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 12ª Região (SC) - Técnico


Judiciário / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
E  !"# $ %# &#' (#' )#*''+ ,'-
a) é obrigatório o uso do vernáculo, sendo sempre defeso juntar aos autos
documentos redigidos em língua estrangeira

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 40 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
‘a é lícito o uso da estenotipia na transcrição de depoimentos, mas não
taquigrafia ou gravações por imagens, por falta de previsão legal.
c) não dependem de forma determinada senão quando a lei expressamente
a exigir, tendo-se como válidos aqueles atos que, realizados de outro modo,
lhe preencham a finalidade essencial.
d) devem ser necessariamente digitalizados, embora possam ser apenas
armazenados e assinados por meio eletrônico, na forma da lei.
e) em princípio, são públicos, correndo porém em segredo de justiça se
alguma das partes o requerer, em qualquer feito.

4 - Q292833 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Dos Atos
Processuais; ) No que concerne aos atos processuais, os atos do juiz que
designam audiência de conciliação, que extinguem o processo sem
resolução do mérito e que indeferem a produção de prova pericial são,
respectivamente,
´a decisões interlocutórias, despachos e sentenças.
b) sentenças, despachos e decisões interlocutórias.
c) decisões interlocutórias, sentenças e despachos.
d) despachos, decisões interlocutórias e sentenças.
e) despachos, sentenças e decisões interlocutórias.

5 - Q265149 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Área Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
É correto afirmar que
a) os atos e termos processuais não dependem de forma determinada
senão quando a lei expressamente a exigir, tendo-se por válidos aqueles
que, realizados de modo diverso, lhe preencham a finalidade essencial.
b) o direito de consultar os autos e de pedir certidão de seus atos é livre a
qualquer pessoa, salvo apenas o segredo de justiça.
c) em todos os atos e termos do processo é facultativo o uso do vernáculo,
pois pode ser anexado ao processo documento redigido em língua
estrangeira, sem ressalvas.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 41 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
«a os atos processuais, como regra, correm em segredo de justiça,
podendo ser tornados públicos por ordem judicial fundamentada.
²a é possível às partes lançar nos autos cotas marginais ou interlineares,
desde que em linguagem processual de praxe.

6 - Q231478 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Área Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
O ato pelo qual o juiz, no curso do processo, resolve questão incidente é
denominado
a) decisão interlocutória.
b) despacho.
c) ato ordinatório.
d) sentença constitutiva.
e) sentença declaratória.

7 - Q232845 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
Q+ 0(# $ %# &#' (#' )#*''+ ,'8 *#0',&9

I. Em todos os termos e atos do processo é obrigatório o uso do vernáculo.


II. Poderá ser juntado aos autos documento redigido em língua estrangeira,
cabendo ao juiz, se não dominar o idioma, ordenar a tradução.
III. É lícito o uso da taquigrafia, da estenotipia, ou de outro método idôneo,
em qualquer juízo ou tribunal.
Está correto o que consta SOMENTE em
a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) I.
e) II.

< - Q231618 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 42 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
O (# & :+0( & & )(,!=' #' +(#'
´a depende de decisão interlocutória do juiz, resolvendo pedido da parte
no curso do processo.
b) depende de prévio despacho do juiz, ordenando que o servidor assim o
proceda.
c) pode ser feito pelos advogados de quaisquer das partes,
independentemente de ordem judicial.
d) independe de despacho, devendo ser praticado de ofício por servidor e
revisto pelo juiz quando necessário.
e) só pode ser feito em decorrência de sentença pelo juiz, ao apreciar
requerimento formulado pela parte.

> - Q221177 ( Prova: FCC - 2012 - TRE-PR - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
Adaptada ao CPC/15
Q+ 0&# , )'*? &(,0 & %# )  # (# )rocessual,
a) em nenhuma hipótese poderá ser aproveitado, se a forma determinada
tiver sido preterida.
b) o juiz considerará inválido o ato se, realizado de outro modo, lhe
alcançar a finalidade.
c) o juiz considerará válido o ato se, realizado de outro modo, lhe alcançar
a finalidade.
d) somente a requerimento da parte prejudicada o juiz lhe negará eficácia,
se a forma determinada não for atendida.
e) somente a requerimento de ambas as partes o juiz considerará válido o
ato se, realizado de outro modo, lhe alcançar a finalidade.

1@ - Q262210 ( Prova: FCC - 2012 - TRT - 20ª REGIÃO (SE) - Juiz do


Trabalho - Tipo 1 / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
A' ')B*,' & )*+'"# '"#
a) todas as condições de procedibilidade processual, que objetivam a
formação e o desenvolvimento válido e regular do processo.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 43 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
‘a a perempção, a litispendência e a coisa julgada, extinguindo-se o
processo, em razão de seu reconhecimento, com resolução do mérito.
±a a decadência e a prescrição, extinguindo-se o processo, quando
reconhecidas, sem resolução do mérito.
d) todas as exceções processuais, meios de defesa indireta, que visam a
obstar o regular prosseguimento do processo.
e) temporal, consumativa e lógica, impossibilitando a prática do ato
processual ulterior se antes reconhecidas nos autos.

11 D F2@246@ ( Prova: FCC - 2011 - PGE-MT - Procurador / Direito


Processual Civil / Dos Atos Processuais; ) Adaptada ao CPC/15
A '),(# &# ()#  +G  &#' (#' )#*''+ ,'8 B *(# H+e
a) a citação pode ser praticada nos feriados.
b) os atos processuais realizar-se-ão em dias úteis, das nove às dezoito
horas.
c) os prazos estabelecidos pelo juiz não se suspendem nos feriados.
d) podem as partes, de comum acordo, reduzir ou prorrogar os prazos
dilatórios, mesmo depois do respectivo vencimento.
e) a parte não poderá renunciar ao prazo estabelecido exclusivamente em
seu favor.

12 D F1254>< ( Prova: FCC - 2011 - TRE-AP - Analista Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; Das
Comunicações dos atos; )
Quando a carta precatória for enviada para Juiz que carecer de competência
em razão da hierarquia, este
a) a cumprirá, cabendo às partes a arguição da nulidade do ato.
b) recusará cumprimento, enviando-a para a Corregedoria-Geral do
Tribunal competente.
c) a cumprirá e posteriormente enviará para a autoridade hierarquicamente
competente para ratificação dos atos.
d) recusará cumprimento, devolvendo-a com despacho motivado.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 44 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
²a recusará cumprimento, enviando-a para o Tribunal Superior competente
para apreciação da irregularidade através de processo administrativo .

13 - Q87124 ( Prova: FCC - 2011 - TRF - 1ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
g#0',& ' 'G+,0(' ''(,? ' '),(# & &,'(,c+,!"#9
I. Distribuir-se-ão por dependência as causas de qualquer natureza quando,
tendo sido extinto o processo, sem julgamento de mérito, for reiterado o
pedido, ainda que em litisconsórcio com outros autores.
II. Distribuir-se-ão por dependência as causas de qualquer natureza
quando, tendo sido extinto o processo, sem julgamento de mérito, for
reiterado o pedido, ainda que sejam parcialmente alterados os réus da
demanda.
III. O juiz, de ofício ou a requerimento do interessado, corrigirá o erro ou
a falta de distribuição, compensando-a.
IV. É vedada a fiscalização da distribuição pela parte ou por seu procurador,
tratando-se de ato interno exclusivo do cartório competente.
De acordo com o Código Civil brasileiro, está correto o que se afirma
SOMENTE em:
a) I e III.
b) II e IV.
c) I, II e III.
d) I, II e IV.
e) II, III e IV.

14 - Q51511 ( Prova: FCC - 2010 - MPE-RN - Agente Administrativo /


Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
h# H+ &,; '),(# #' (#' )#*''+ ,' 0# )#*''# *,?,8 B correto afirmar
que
a) a desistência da ação produz efeito a partir da juntada do pedido ao
respectivo processo.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 45 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
‘a nos processos que correm em segredo de justiça, o terceiro, que
demonstrar interesse jurídico, pode requerer ao juiz certidão do dispositivo
da sentença, bem como de inventário e partilha resultante do desquite.
c) documento em língua estrangeira somente poderá ser juntado aos autos
quando acompanhado de versão em vernáculo, que pode ser feita pelo
próprio advogado, sob declaração de veracidade.
d) não tem valor legal a assinatura do juiz feita eletronicamente.
e) é vedado o uso da taquigrafia ou da estenotipia em qualquer juízo ou
tribunal.

15 - Q36859 ( Prova: FCC - 2010 - TRF - 4ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Área Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; Prazos; )
Quanto aos atos processuais, considere:
Adaptada ao CPC/15
jl h"# ’ ?0&# )*,(# G  0 '',0 !"# )# :+,;8 será de dez dias o
prazo para a prática de ato processual a cargo da parte.
II. Quando os litisconsortes tiverem diferentes procuradores de escritórios
de advocacia diferentes, ser-lhes-ão contados em dobro os prazos para de
modo geral para falar nos autos.
III. Versando o processo sobre direitos que admitam autocomposição, é
lícito às partes plenamente capazes estipular mudanças no procedimento
para ajustá-lo às especificidades da causa e convencionar sobre os seus
ônus, poderes, faculdades e deveres processuais, antes ou durante o
processo.
IV. Computar-se-ão em dobro os prazos para as manifestações da Fazenda
Pública ou do Ministério Público.
De acordo com o Código de Processo Civil, está correto o que consta
APENAS em
a) I e IV.
b) II e III.
c) II, III e IV.
d) III e IV.
e) I, II e III.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 46 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
16 - Q26948 ( Prova: FCC - 2010 - TRE-AM - Analista Judiciário - Área
Administrativa / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; Das
Comunicações dos atos; )
Considere as assertivas abaixo a respeito das cartas.

I. Cumprida a carta, será devolvida ao juízo de origem, no prazo de 30 dias,


mediante traslado e pagamento das custas pela parte.
II. A carta tem caráter itinerante; antes ou depois de Ihe ser ordenado o
cumprimento, poderá ser apresentada a juízo diverso do que dela consta,
a fim de se praticar o ato.
III. Quando o objeto da carta for exame pericial sobre documento, este
será remetido em cópia fotográfica de alta resolução, ficando nos autos o
documento original.
IV. A carta de ordem, carta precatória ou carta rogatória pode ser expedida
por meio eletrônico, situação em que a assinatura do juiz deverá ser
eletrônica, na forma da lei.

De acordo com o Código de Processo Civil, está correto o que se afirma


APENAS em
a) I, II e III.
b) I, II e IV.
c) II e IV.
d) III e IV.
e) II, III e IV.

17 - Q76365 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-AP - Analista Judiciário - Área


Judiciária / Direito Processual Civil / Dos Atos Processuais; )
h# H+ *#0*0 #' (#' )#*''+ ,'8 & *#&# *# # gp&,G# &e Processo
CIvil, é INCORRETO afirmar que:
a) A assinatura dos juízes, em todos os graus de jurisdição, pode ser feita
eletronicamente, na forma da lei.
b) Os termos de juntada, vista, conclusão e outros semelhantes constarão
de notas datadas e rubricadas pelo escrivão.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 47 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
±a Os atos meramente ordinatórios, como a juntada e a vista obrigatória,
independem de despacho, devendo ser praticados de ofício pelo servidor e
revistos pelo juiz quando necessários.
d) A desistência da ação produzirá efeito de forma imediata após o
protocolo da petição, independentemente de homologação judicial por
sentença.
e) No caso de processo eletrônico, eventuais contradições na transcrição
deverão ser suscitadas oralmente no momento da realização do ato, sob
pena de preclusão, devendo o juiz decidir de plano, registrando- se a
alegação e a decisão no termo.

“” - Q45932 ( Prova: FCC - 2009 - MPE-AP - Técnico Administrativo / Direito


Processual Civil / Dos Atos Processuais; ) A respeito da forma dos atos
processuais, considere: (Adaptada ao CPC/15)

I. A desistência da ação só produzirá efeito depois de homologada judicialmente.


II. Decisão interlocutória é o ato judicial que possui carga decisória, mas não se
enquadra no conceito de sentença.
III. Os atos ordinatórios, como a juntada e a vista obrigatória, dependem de
despacho do juiz, não podendo ser praticados de ofício pelo servidor.

Está correto o que se afirma SOMENTE em


a) I.
b) III.
c) I e II.
d) I e III.
e) II e III.

“• - Q266518 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário -


Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Prazos; ) (Adaptada ao
CPC/15)
–Z LZJMVLS MZT X[M—ZT X[ZJSTT`MKTU
a) salvo estipulação em contrário, computar-se-ão os prazos, incluindo o dia do
começo e excluindo o do vencimento.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 48 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
˜™ é possível ao juiz, independente de anuência das partes, reduzir ou prorrogar
os prazos peremptórios.
š™ o prazo, estabelecido pela lei ou pelo juiz, é contínuo, mas é interrompido nos
feriados.
d) quando a lei não marcar outro prazo, as intimações só obrigarão o
comparecimento após decorridos cinco dias.
e) não havendo preceito legal nem fixação pelo juiz, será de cinco dias o prazo
para a prática de ato processual a cargo da parte.

›œ  ž›Ÿ Ÿ¡› ( Prova: FCC - 2012 - MPE-PE - Técnico Ministerial - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Prazos; )
¢ £¤¥¦§¨©¦ª «¬ ­®¯§°ª¬¦±¦¥°¯ «¯ £¯²¯³ ´ ¤µ¯ ®ªµ¯±§¯ ª¥«¬ ´GLItFLOR
transporte. Segundo o Código de Processo Civil brasileiro, nas comarcas onde for
difícil o transporte, o juiz
a) poderá prorrogar quaisquer prazos, mas nunca por mais de dois meses.
b) poderá prorrogar apenas os prazos dilatórios, mas nunca por mais de trinta
dias.
c) não poderá prorrogar os prazos processuais porque são peremptórios e
consequentemente improrrogáveis.
d) poderá prorrogar apenas os prazos comuns para ambas as partes, mas nunca
por mais de trinta dias.
e) poderá prorrogar apenas os prazos dilatórios, mas nunca por mais de quinze
dias.

›“ - Q231482 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista Judiciário -


Área Judiciária / Direito Processual Civil / Prazos; ) (Adaptada ao CPC/15)
¶SVZWKVM_TS X[SJb`T·Z b¸eKJM
a) a autoridade que torna imutável e indiscutível a decisão de mérito, não mais
sujeita a recurso.
b) a extinção de uma faculdade processual pela prática de ato incompatível com
o que se pretende realizar.
c) o exaurimento da faculdade processual pelo seu exercício no prazo previsto.
d) a autoridade que torna imutável e indiscutível a decisão de mérito, não mais
sujeita a recurso ou a ação rescisória.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 49 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
¹™ a perda de uma faculdade processual pelo decurso do prazo previsto para o
seu exercício.

›› - Q214964 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-PE - Oficial de Justiça - Judiciária e


Administrativa / Direito Processual Civil / Prazos; )
¶S MJZ[dZ JZW Z º¸dKeZ dS »[ZJSTTZ ºK¼Kb ½[MTKbSK[ZU VMT comarcas onde for difícil
o transporte, o juiz poderá prorrogar
a) quaisquer prazos, mas nunca por mais dois meses, com exceção dos casos de
calamidade pública, em que este limite poderá ser excedido.
b) apenas os prazos dilatórios, mas nunca por mais de sessenta dias, com
exceção dos casos de calamidade pública, em que este limite poderá ser
excedido.
c) quaisquer prazos, mas nunca por mais de noventa dias, inclusive nos casos de
calamidade pública.
d) apenas os prazos dilatórios, mas nunca por mais de noventa dias, inclusive
nos casos de calamidade pública.
e) quaisquer prazos, mas nunca por mais de trinta dias, com exceção dos casos
de calamidade pública, em que este limite poderá ser excedido.

23 D F7>37> ( Prova: FCC - 2010 - TRT - 8ª Região (PA e AP) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Prazos; )
O prazo processual
a) estabelecido pelo juiz ou pela lei é contínuo, interrompendo-se somente
nos domingos e feriados.
b) para a prática de ato a cargo da parte será de dez dias quando não
houver preceito legal, nem assinação pelo juiz.
c) não pode ser renunciado pela parte quando estabelecido exclusivamente
em seu favor.
d) prorroga-se até o primeiro dia útil se no dia do vencimento o expediente
forense for encerrado antes da hora normal.
e) para recorrer é computado em quádruplo quando a parte for o Ministério
Público.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 50 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
›¾  ž›”›“” ( Prova: FCC - 2009 - TJ-AP - Analista Judiciário - Área Judiciária -
Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Litisconsorcio; Prazos; )
(Adaptada ao CPC/15) Quando os litisconsortes tiverem diferentes
procuradores de escritórios de advocacia distintos, ser-lhe-ão contados em dobro
os prazos
a) para contestar, recorrer e, de modo geral, para falar nos autos.
b) somente para contestar.
c) somente para contestar e recorrer.
d) para contestar e em quádruplo para recorrer.
e) para recorrer e em quádruplo para contestar.

›¿  ž›”œŸœ ( Prova: FCC - 2009 - TJ-AP - Técnico Judiciário - Área Judiciária /


Direito Processual Civil / Resposta do réu; Prazos; )
ÀÁZTÂÀ MÃ`K—Z` `WM dSWMVdM JZVL[M À»M`bZÀ S À»Sd[ZÀÄ À»M`bZ" e "Pedro" foram
regularmente citados e outorgaram procurações a advogados diferentes, de
escritórios distintos. O prazo para apresentação de reconvenção, a partir da
juntada aos autos do mandado de citação, é de
a) 05 dias.
b) 10 dias.
c) 15 dias.
d) 20 dias.
e) 30 dias.

26 - Q16254 ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 7ª Região (CE) - Analista


Judiciário - Área Judiciária - Execução de Mandados / Direito Processual
Civil / Dos Atos Processuais; Prazos; ) (Adaptada ao CPC/15) No que
concerne aos prazos, de acordo com o Código de Processo Civil, é certo que
´a decorrido o prazo, extingue-se, independentemente de declaração
judicial, o direito de praticar o ato, ficando salvo, porém, à parte provar
que o não realizou por justa causa.
b) podem as partes, sem mútuo acordo, reduzir ou prorrogar o prazo
peremptório.
c) quando a lei não marcar outro prazo, as intimações somente obrigarão
a comparecimento depois de decorridas vinte e quatro horas.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 51 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
«a nas comarcas onde for difícil o transporte o juiz poderá prorrogar
quaisquer prazos, mas nunca por mais de trinta dias.
²a a parte não poderá renunciar ao prazo estabelecido exclusivamente em
seu favor.

27 D F3361<5 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 18ª Região (GO) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
O :+,;
a) decide, em regra, por equidade.
b) deve encaminhar os autos ao tribunal competente, quando se verificar
lacuna na lei.
c) não está vinculado à prova, salvo a pericial.
d) responde por perdas e danos se aplicar, quando da sentença,
entendimento contrário à jurisprudência consolidada pelos tribunais
superiores.
e) pode, de ofício, determinar a produção das provas necessárias à
instrução do feito.

2< D F3@224@ ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 9ª REGIÃO (PR) - Analista


Judiciário - Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
g#)( # :+,;9
I. Assegurar às partes igualdade de tratamento e tentar conciliá-las a
qualquer tempo.
II. Ter os autos sob sua guarda e responsabilidade, não permitindo que
saiam de cartório, exceto nas hipóteses permitidas por lei.
III. Prevenir ou reprimir qualquer ato contrário à dignidade da justiça.
São efetivamente da competência do juiz o que se afirma em
a) I e II, apenas.
b) I e III, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I, II e III.
e) III, apenas.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 52 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02

2> - Q266521 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
Compete ao juiz
a) sentenciar ou despachar nos autos, salvo em caso de lacuna ou
obscuridade da lei.
b) decidir, como regra geral, por equidade os processos de sua
competência.
c) decidir a lide nos limites em que foi proposta, sendo- lhe defeso conhecer
de questões, não suscitadas, a cujo respeito a lei exige a iniciativa da parte.
d) apreciar a prova de modo tarifado, hierarquizado, atendendo aos fatos
e circunstâncias dos autos, desde que alegados pelas partes.
e) julgar a causa como lhe parecer mais conveniente ou adequado,
independentemente do pedido formulado pela parte.

3@ - Q232323 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Analista Judiciário - Execução


de Mandados / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
O :+,; ')#0&Š )# )& '  & 0#' H+ 0&#
a) recusar, omitir ou retardar, sem justo motivo, providência que deva
ordenar de ofício, ou a requerimento da parte.
b) sua sentença for alterada pelos tribunais.
c) exceder o prazo de noventa dias para término de qualquer processo.
d) determinar provas que os tribunais entendam desnecessárias.
e) retardar, em qualquer situação, providência inerente ao exercício de
suas funções.

Ÿ“  ž›Ÿ›”¾Ÿ ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário - Área


Administrativa / Direito Processual Civil / Do Juiz; ) (Adaptada ao CPC/15)
Å Ã`K—
a) O juiz apreciará a prova constante dos autos, independentemente do sujeito
que a tiver promovido, e indicará na decisão as razões da formação de seu
convencimento.
b) só poderá tentar conciliar as partes na audiência de conciliação especialmente
designada para esse fim.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 53 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
š™ poderá decidir a lide fora dos limites em que foi proposta, conhecendo de
questões não suscitadas, a cujo respeito a lei exige a iniciativa da parte.
ƙ não poderá ordenar a produção de provas necessárias à instrução do processo
sem expresso requerimento das partes.
e) poderá deixar de sentenciar alegando lacuna ou obscuridade da lei.

32 D F7<<55 ( Prova: FCC - 2010 - TRT - 8ª Região (PA e AP) - Analista


Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
E + !"# & *#c 0! # :+,; H+ )',&,+ +&,‹0*, de instrução e
julgamento se aposentou. Nesse caso,
a) deverá julgar a lide, mesmo aposentado, em razão do princípio da
identidade física do juiz.
b) poderá, julgar a lide, em razão do princípio da identidade física do juiz.
c) a ação será julgada pelo seu sucessor, pois, nesse caso, não prevalece
o princípio da identidade física do juiz.
d) o seu sucessor anulará a ação desde a citação, devolvendo ao réu o
prazo para contestação.
e) deverá julgar a lide, mesmo aposentado, mas a sua sentença deverá ser
ratificada pelo juiz que vier a sucedê-lo.

33 D F161>< ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 7ª Região (CE) - Analista


Judiciário - Área Administrativa / Direito Processual Civil / Do Juiz; )
(Adaptada ao CPC/15)
Considere as assertivas abaixo sobre o Juiz.

I. No julgamento da lide ainda que existente lacuna no ordenamento


jurídico, o juiz não se exime de decidir.
II. O juiz poderá indeferir diligências requeridas pelas partes, quando
inúteis ou meramente protelatórias.
III. O juiz decidirá a lide nos limites em que foi proposta, sendo-lhe defeso
conhecer de questões, não suscitadas, a cujo respeito a lei exige a iniciativa
da parte.

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 54 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
jkl O :+,;8 (,(+  #+ '+c'(,(+(#8 H+ *#0*+, +&,‹0*, , ainda que estiver
promovido, julgará a lide.

É correto o que se afirma APENAS em


a) II e IV.
b) II, III e IV.
c) I, II e IV.
d) I, II e III.
e) I, III e IV.

34 D F566>6 ( Prova: FCC - 2009 - DPE-MT - Defensor Público / Direito


Processual Civil / Do Juiz; ) Quanto às funções exercidas pelo juiz:
´a as decisões aplicam sempre as normas legais, sendo-lhe defeso utilizar-
se de outros meios para despachar ou sentenciar.
b) visando à justiça de cada caso, deve como regra julgar por equidade.
c) deve zelar pelo tratamento isonômico das partes, conciliá-las sempre
que possível, procurar a rápida solução do litígio e prevenir ou reprimir
qualquer ato contrário à dignidade da justiça.
d) diante do princípio da iniciativa da parte, deve aguardar que esta
requeira as provas a serem produzidas, não podendo fazê-lo de ofício.
e) pode decidir livremente a lide, desde que fundamentadamente, podendo
examinar quaisquer questões do processo, levantadas ou não pelas partes,
em busca de subsídios para o julgamento.

4.

Çl E Èl B Él C Êl E Ël A
Ìl A Íl B Îl D Ïl C ÇÐl E

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 55 de 56
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 02
ÇÇl A ÇÈl D ÇÉl C ÇÊl B ÇËl C
ÇÌl C ÇÍl D ÇÎl C ÇÏl E ÈÐl A
ÈÇl B ÈÈl A ÈÉl D ÈÊl A ÈËl E
ÈÌl A ÈÍl E ÈÎl B ÈÏl C ÉÐl A
ÉÇl A ÉÈl C ÉÉl D ÉÊl C

5. CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Meus prezados alunos, chegamos ao término de nossa aula 02, na qual


ÜÖÝÏÑÒÓÝÖÐ ÓÐ äÚÏÐÒÛÏÐ ÐÖèÎÏ DOS ATOS PROCESSUAIS: DO TEMPO
ï ðž ÆÃÉñž ÆÃÅòï¾¾¿Éľó ðž Éîž ðɾ ÆÉÃîï¾ó ðž ÉTOS
ðÅ ô¿Äñó ðž Éîž ðž É¿õÄöÄÉÃï¾ ðÉ ô¿¾îÄ÷Éó ðÅ ö¿ÇÉà ðÅS
Éîž ÆÃÅòï¾¾¿Éľø ðž ÆÃÉñž ðž Éîž ÆÃÅòï¾¾¿Éľó ðA
ùïÃÄúÄòÉ÷ûÅ ðž ÆÃÉñžó ðɾ ÆïÈÉöÄðÉðï¾ ÆïöÅ
ðï¾ò¿ÁÆÃÄÁïÈîÅ ðž ÆÃÉñžó aplicadas em concursos da FCC ±
FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS.

ôÑ ÒÓÔÕÖ Õ×ÕØÙÚÕÛÕÚ ÜÝ ÞÚßàß×ta) questões das 500 que teremos ao


longo do curso.

Todas as dúvidas podem ser tiradas por meio do fórum.


Até breve!
Forte abraço. Tudo de bom. Sucesso!

BRUNO KLIPPEL
Vitória/ES

GUILHERME CORRÊA
Curitiba/PR

ÿP  P 
 ÿP  
P
 PP
www.estrategiaconcursos.com.br
gina 56 de 56
áâãä åæ

500 Questões Comentadas de Processo Civil - FCC (Novo CPC)


Professores: Bruno Klippel, Guilherme Corrêa
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 03

A A  ±500 QUESTÕES COMENTADAS DE


P 
  ± QUESTÕES SOBRE: Da
C C C AC PC  
(P C     C
  C  DC C (CC C 
RC !"#

S$%&')* +&,)-.
1/ 0234546789:; <1
=/ >?457@45 B;E4678F85 68 8?G8H <=
I/ JK578 F85 L?457@45 B;E4678F85 68 8?G8H II
M/ N8O83K7;5 MQ
T/ U;65KF4389@45 VK68K5 MQ
1. APRESENTAÇÃO:

Prezados alunos,
W6KBK8E;5 8 6;558 AULA 03 sobre: DA COMUNICAÇÃO DOS ATOS
+'*XYSS$.)SZ [.S X.'\.S ]+'YX.\^')._ '*,.\^')._ [Y
*'[Y%`_ [. X)\.ab*_ [. )-\)%.ab*_ [. -*\)c)X.ab*
]X*-XY)\*_ c*'%._ 'Yd$)S)\*S_ YS+eX)YS`f
055KEg 543:; 868GK58F85 68 8?G8 F4 h;i4 26 (vinte e seis questões da
cXX, sendo que comentaremos em primeiro lugar a assertiva correta,
partindo para a análise mais breve das assertivas erradas. Claro que
estamos sempre abertos aos questionamentos e dúvidas, que podem ser
facilmente esclarecidas por meio do fórum de dúvidas do Estratégia
Concursos.

çèéêë ìèíîé ïðñòòóð çèéêë ôíñðõóèöó ÷éèèøù


www.estrategiaconcursos.com.br
úûüýþÿ 1 de 46
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 03

2. QUESTÕES COMENTADAS:

j - Q373388 ( Prova: FCC - 2014 - TRT - 2ª REGIÃO (SP) - Analista


Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil / Das
Comunicações dos atos) (Adaptada ao CPC/15)
kl mnopqrs t uslvwxupqrs ysz p{sz |msunzzvpxz}
a) por se tratar de ordem judicial a ser cumprida em Comarca diversa, a
carta precatória deve ser assinada pessoalmente pelo juiz, não se
permitindo, nesse caso, a assinatura eletrônica.
b) O comparecimento espontâneo do réu supre a falta ou a nulidade da
citação, fluindo a partir desta data o prazo para apresentação de
contestação.
c) tratando-se de ato formal e solene, a citação irregular não pode ser
suprida em nenhuma hipótese.
d) o cumprimento da carta precatória é impositivo, não podendo o juiz
deprecado de mesma hierarquia devolvê- la sem cumprir o ato requerido
em nenhuma situação.
e) expede-se carta de ordem quando dirigida à autoridade judiciária
estrangeira.

~€‚ƒ„…†‡ˆ
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´. A informação TXHFRQVWDQD OHWUD³%´
está totalmente de acordo com o §1º do art. 239 do CPC/15, que trata do
comparecimento espontâneo do réu ao processo. Sabe-se que o réu deve ser
citado para que tenha conhecimento do processo e, querendo, apresente defesa.
Pode ser que o réu, mesmo sem ser citado, tome conhecimento do processo e
compareça, apresentando defesa. Pode ser que tome conhecimento por meio de
um amigo que trabalho no fórum, por exemplo. Se o réu apresentar defesa, não
haverá qualquer nulidade processual, haja vista a ausência de prejuízo. O
importante aqui é entender que a partir do momento que ele comparece nos
autos, toma conhecimento do processo e por tal razão tem início o seu prazo de
defesa, nos termos do já citado dispositivo legal, abaixo transcrito:

çèéêë ìèíîé ïðñòòóð çèéêë ôíñðõóèöó ÷éèèøù


www.estrategiaconcursos.com.br
úûüýþÿ 2 de 46
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 03

³O comparecimento espontâneo do réu ou do executado supre a falta ou a


nulidade da citação, fluindo a partir desta data o prazo para apresentação
de contestação ou de embargos à execução.´

Notem que o CPC/15 mudou a regra. Antigamente o prazo tinha início após a
intimação a respeito da decisão que acatou a nulidade de citação. Agora, a partir
do momento em que comparece ao feito, tem início o prazo de defesa. Vejam que
as informações constanWHV QD OHWUD ³%´ HVWmR SHUIHLWDPHQWH DGHTXDGDV $V TXH
constam nas demais assertivas estão erradas, conforme análise a seguir:

/HWUD³$´HUUDGDSRLVRDUW63 do CPC/15 prevê a possibilidade de a carta ser


assinada eletronicamente.
/HWUD³&´HUUDGDpois se houver o comparecimento espontâneo, o vício estará
suprido, conforme art. 239, §1º do CPC/15.
/HWUD ³'´ HUUDGD Mi TXH R DUW 67 do CPC/15 traz situações em que o juízo
deprecado pode recusar o cumprimento da carta, devolvendo-a ao juízo
deprecante.
/HWUD³(´HUUDGDpois a carta rogatória é que é dirigida à autoridade judiciária
estrangeira, conforme art. 237, II do CPC/15.

‰ - Q351047 ( Prova: FCC - 2013 - TRT - 15ª Região - Analista Judiciário


- Oficial de Justiça Avaliador / Direito Processual Civil / Das Comunicações
dos atos; ) Antônio ajuizou ação contra Fernando e requereu a citação, por
mandado, no domicílio em que o réu tem residência. Fernando, porém,
sabendo do ajuizamento da ação, passou a não mais atender à campainha
e ao interfone, de modo que o oficial de justiça não o encontrasse para
citação. Por duas vezes o oficial de justiça foi ao local mas não conseguiu
encontrar Fernando. Certo de que Fernando está se ocultando para evitar
a citação, o oficial de justiça deverá (Adaptada ao CPC/15)
a) devolver o mandado sem cumprimento, certificando
pormenorizadamente todo o ocorrido, a fim de que o juiz determine, de
ofício ou a requerimento da parte, citação por hora certa ou por edital.

çèéêë ìèíîé ïðñòòóð çèéêë ôíñðõóèöó ÷éèèøù


www.estrategiaconcursos.com.br
úûüýþÿ 3 de 46
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 03
Š‹ arrombar a porta da residência a fim de encontrar e citar pessoalmente
Fernando.
Œ‹ comunicar o fato ao juiz e sugerir a citação de Fernando por hora certa.
d) intimar qualquer pessoa da família de Fernando, ou, em sua falta, algum
vizinho, de que, no dia imediato, voltará a fim de realizar citação por hora
certa.
e) certificar pormenorizadamente todo o ocorrido a fim de que o autor
requeira a citação por hora certa.

~€‚ƒ„…†‡ˆ
A alternativa &255(7$e$/(75$³'´ O problema criado pela FCC trouxe todos
os requisitos para a realização da citação por hora certa, que consta nos artigos
252 a 254 do CPC/15, que é feita quando o Oficial de Justiça não encontra o réu,
apesar de tê-lo procurado por 2 vezes, sendo que há suspeita de ocultação.
Destaca-se que no CPC revogado eram necessárias três tentativas; agora somente
duas tentativas já legitimam esta modalidade de citação. Vejamos a redação do
art. 252 do CPC/15:

³Art. 252. Quando, por 2 (duas) vezes, o oficial de justiça houver procurado o
citando em seu domicílio ou residência sem o encontrar, deverá, havendo suspeita
de ocultação, intimar qualquer pessoa da família ou, em sua falta, qualquer vizinho
de que, no dia útil imediato, voltará a fim de efetuar a citação, na hora que
designar´

1HVVDVLWXDomRFRQIRUPHOHWUD³'´R2ILFLDOGH-XVWLoDLQWLPDUiSHVVRDGDIDPtOLD
ou vizinho, informando-o de que no dia seguinte voltará para citar o réu. Salienta-
se ainda a inovação do CPC/15 ± no parágrafo único do mesmo artigo ± ao prever
que além do parenta ou do vizinho, a intimação poderá ser feita ao funcionário da
portaria ou responsável pela entrega de correspondências:
³1RVFRQGRPtQLRVHGLOtFLRVou nos loteamentos com controle de acesso, será válida
a intimação a que se refere o caput feita a funcionário da portaria responsável pelo
UHFHELPHQWRGHFRUUHVSRQGrQFLD´

O restante do procedimento está descrito nos arts. 253 e 254 do CPC/15:

çèéêë ìèíîé ïðñòòóð çèéêë ôíñðõóèöó ÷éèèøù


www.estrategiaconcursos.com.br
úûüýþÿ 4 de 46
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 03

³Art. 253. No dia e na hora designados, o oficial de justiça,


independentemente de novo despacho, comparecerá ao domicílio ou à
residência do citando a fim de realizar a diligência.

§ 1o Se o citando não estiver presente, o oficial de justiça procurará


informar-se das razões da ausência, dando por feita a citação, ainda
que o citando se tenha ocultado em outra comarca, seção ou subseção
judiciárias.

§ 2o A citação com hora certa será efetivada mesmo que a pessoa da


família ou o vizinho que houver sido intimado esteja ausente, ou se,
embora presente, a pessoa da família ou o vizinho se recusar a receber
o mandado.

§ 3o Da certidão da ocorrência, o oficial de justiça deixará contrafé com


qualquer pessoa da família ou vizinho, conforme o caso, declarando-lhe
o nome.

§ 4o O oficial de justiça fará constar do mandado a advertência de que


será nomeado curador especial se houver revelia.

Art. 254. Feita a citação com hora certa, o escrivão ou chefe de secretaria
enviará ao réu, executado ou interessado, no prazo de 10 (dez) dias,
contado da data da juntada do mandado aos autos, carta, telegrama ou
correspondência eletrônica, dando-lhe de tudo ciência´

As demais assertivas, por exclusão, estão totalmente erradas, pois o único


procedimento adequado é a realização da citação por hora certa. Vale a pena
DQDOLVDUDSHQDVDDVVHUWLYD³(´TXHGL]TXHRDXWRUDSDUWLUGDVLWXDomRGHVFULWD
requererá a citação por hora certa. Não há tal necessidade, pois é o Oficial de
Justiça que verifica o cabimento da medida e a realiza. Não há pedido de
citação por hora certa e nem mesmo necessidade de despacho neste
sentido. A citação por hora certa é prerrogativa do Oficial de Justiça ao
verificar o atendimento dos requisitos.

çèéêë ìèíîé ïðñòòóð çèéêë ôíñðõóèöó ÷éèèøù


www.estrategiaconcursos.com.br
úûüýþÿ 5 de 46
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 03

 - Q332324 ( Prova: FCC - 2013 - PGE-BA - Analista de Procuradoria -


Área de Apoio Calculista / Direito Processual Civil / Das Comunicações dos
atos; ) No sexto dia após o falecimento de seu cônjuge, Cícero Silva é
citado para responder a uma ação de cobrança de aluguéis inadimplidos.
Esse ato
Ž‹ é válido e o processo terá seguimento regular, pois só não se pode citar
o réu no dia do falecimento de seu cônjuge.
b) não é válido e terá que ser repetido, pois não se fará a citação ao réu,
salvo para evitar o perecimento do direito, no dia do falecimento de seu
cônjuge e nos sete dias seguintes.
c) é válido e o processo terá seguimento regular porque só não se fará a
citação ao réu no dia do falecimento de seu cônjuge e nos cinco dias
seguintes.
d) é válido porque não existe qualquer impedimento, em relação à citação,
no tocante ao falecimento do cônjuge, salvo se este era corréu no processo,
quando então deverão seus herdeiros habilitar - se no feito.
e) não é válido exclusivamente porque, falecido o cônjuge, será sempre
preciso que o processo seja suspenso e regularizado com a habilitação de
seus herdeiros.

~€‚ƒ„…†‡ˆ
A alternativa &255(7$e$/(75$³%´ A situação narrada encontra-se descrita
no art. 244, II do CPC/15, abaixo transcrito:

³Art. 244. Não se fará a citação, salvo para evitar o perecimento do


direito: II - de cônjuge, de companheiro ou de qualquer parente do
morto, consanguíneo ou afim, em linha reta ou na linha colateral em
segundo grau, no dia do falecimento e nos 7 (sete) dias seguintes´;

Uma das hipóteses em que a citação não deve ser realizada, salvo em situações
urgentes, ocorre nas situações de óbito, no dia do falecimento e nos 7 dias
seguintes. Vejam que a citação ocorreu no 6º dia após o falecimento, o que
significa dizer que a citação não é válida e que, por isso, deve ser repetida,

çèéêë ìèíîé ïðñòòóð çèéêë ôíñðõóèöó ÷éèèøù


www.estrategiaconcursos.com.br
úûüýþÿ 6 de 46
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 03
FRQIRUPHGLWRQDOHWUD³%´&XLGDGRDSHQDVFRPDOHWUD³(´SRLVRSUREOHPDQmR
afirma que o cônjuge morto era parte no processo. Assim, não há necessidade de
suspensão e regularização do processo. As demais assertivas não precisam
ser analisadas em separado.

 - Q266517 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO - Analista Judiciário


- Execução de Mandados / Direito Processual Civil / Das Comunicações dos
atos; ) Sobre as intimações, está correto afirmar:
Ž‹ Efetuam-se de ofício, em processos pendentes, salvo disposição em
contrário.
b) É prescindível que da publicação dos atos processuais constem os nomes
das partes e de seus advogados, suficientes para sua identificação.
c) A intimação pelo correio far-se-á quando frustrada a realização por
Oficial de Justiça.
d) Consideram-se realizadas sempre no primeiro dia útil seguinte ao dia de
sua ocorrência.
e) A intimação do Ministério Público será feita por meio do Diário Oficial do
Estado.

~€‚ƒ„…†‡ˆ
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³$´ 2 TXH VH DILUPD QD OHWUD ³$´ FRQVWD
expressamente no art. 271 do CPC/15. Vejamos:

³Art. 271. O juiz determinará de ofício as intimações em processos pendentes,


VDOYRGLVSRVLomRHPFRQWUiULR´

As intimações são comunicações que visam dar ciência às partes e outros sujeitos
do processo (MP, perito, testemunhas, etc) dos acontecimentos do processo.
Assim, são realizados de ofício pelo Juiz, isto é, independentemente de pedido,
com base no princípio do impulso oficial previsto no art. 2° do CPC/15. As demais
assertivas estão erradas, de acordo com a análise abaixo:

/HWUD ³%´ HUUDGR pois é imprescindível, conforme art. 272, §2º do CPC/15.
Importante lembrar que em substituição ao nome do advogado pode constar o da
çèéêë ìèíîé ïðñòòóð çèéêë ôíñðõóèöó ÷éèèøù
www.estrategiaconcursos.com.br
úûüýþÿ 7 de 46
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 03
sociedade de advogados a que pertença, desde que requerido, nos termos da
parte final do já citado dispositivo legal.
/HWUD³&´HUUDGRpois é o contrário. Será realizada por oficial de justiça quando
frustrada a intimação pelos correios ou por meio eletrônico, de acordo com o art.
275 do CPC/15.
/HWUD³'´HUUDGRpois o art. 230 do CPC/15, fala que o prazo será contado da
citação, da intimação ou da notificação. Lembrando que na contagem do prazo
exclui-se o dia do começo e inclui-se o do vencimento.
/HWUD ³(´ HUUDGR já que o Ministério Público será intimado pessoalmente,
conforme art. 180 do CPC/15.

 - Q232325 ( Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Analista Judiciário - Execução


de Mandados / Direito Processual Civil / Das Comunicações dos atos; )
‘s’mn p xw{xlpqrs “ usmmn{s p”xmlpm•
a) a intimação do representante do Ministério Público é feita pela imprensa
oficial.
b) as intimações necessitam de provocação da parte para serem realizadas.
c) cumpre ao cartório judicial atualizar o endereço dos advogados para fins
de realização de comunicações e intimações processuais, contatando a
Ordem dos Advogados do Brasil para esse fim.
d) se tiverem ocorrido em dia em que não tenha havido expediente forense,
as intimações consideram-se realizadas no primeiro dia útil anterior.
e) far-se-á a intimação por meio de oficial de justiça quando frustrada a
realização pelo correio.

~€‚ƒ„…†‡ˆ
A alternativa &255(7$ e $ /(75$ ³(´ A informação quH FRQVWD QD OHWUD ³(´
está adequada, pois de acordo com o art. 275 do CPC/15, transcrito a seguir:

³Art. 275. A intimação será feita por oficial de justiça quando frustrada a realização
por meio eletrônico ou pelo correio´

çèéêë ìèíîé ïðñòòóð çèéêë ôíñðõóèöó ÷éèèøù


www.estrategiaconcursos.com.br
úûüýþÿ 8 de 46
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 03
Vejam que a regra sobre os atos de comunicação processual ± citação e intimações
± é que sejam feitas pelos correios ou por meio eletrônico. Não sendo possível, aí
serão realizadas por Oficial de Justiça.

As demais assertivas estão erradas, de acordo com a análise a seguir:


Letra ³$´ HUUDGR SRLV R 03 p LQWLPDGR SHVVRDOPHQWH FRQIRUPH DUW 180 do
CPC/15.
/HWUD³%´HUUDGRMiTXHRDUW71 do CPC/15 diz que as intimações são realizadas
de ofício, ou seja, mesmo sem pedido.
/HWUD ³&´ HUUDGR já que o art. 106, II do CPC/15 diz que cabe ao Advogado
informar eventual alteração de endereço.
/HWUD³'´HUUDGRjá que o art. 224, § 1° do CPC/15 diz que o início do prazo é
protraído para o primeiro dia útil seguinte e não anterior.

– - Q232846 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Das Comunicações dos
atos; ) Pode ser expedida por meio eletrônico, com assinatura eletrônica
do juiz, na forma da lei,
Ž‹ somente a carta precatória e a carta rogatória.
b) somente a carta de ordem e a carta precatória.
c) a carta de ordem, a carta precatória e a carta rogatória.
d) somente a carta precatória.
e) somente a carta de ordem.

~€‚ƒ„…†‡ˆ
A alternativa &255(7$e$/(75$³&´ A resposta é simples e consta no art.
263 do CPC/15, conforme transcrição a seguir:

³As cartas deverão, preferencialmente, ser expedidas por meio eletrônico, caso em
que a assinatura do juiz deverá ser eletrônica, na forma da lei´

Vejam que o CPC/15 trata de forma genérica das cartas, não excluindo nenhuma
da possibilidade de expedição por meio eletrônico. Sendo assim, todas as cartas
çèéêë ìèíîé ïðñòòóð çèéêë ôíñðõóèöó ÷éèèøù
www.estrategiaconcursos.com.br
úûüýþÿ 9 de 46
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 03
podem ser encaminhadas por meio eletrônico, com assinatura eletrônica do Juiz,
razão pela qual está adequada D DVVHUWLYD ³&´ TXH WUDWD GDV FDUWDV GH RUGHP
precatória e rogatória. Salienta-se ainda que a precatória e a de ordem eletrônicas
poderão ser enviadas por telegrama ou telefone, nos termos do art. 264, do
CPC/15. As demais assertivas não precisam ser analisadas em separado.

— - Q232847 ( Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário


- Área Administrativa / Direito Processual Civil / Das Comunicações dos
atos; Prazos; )
˜vl |msunzzs ™š ysxz m“vz• ›pvos} œvn ”sx ux{pys |nos usmreio, em
20/02/2011, tendo o aviso de recebimento sido juntado aos autos em
02/03/2011; Pedro, que foi citado pessoalmente, em 10/03/2011, tendo o
oficial de justiça certificado o cumprimento do mandado de citação em
11/03/2011, tendo o mandado de citação sido juntado aos autos em
20/03/2011. Nesse caso, começa a correr o prazo para Paulo da data
a) em que o oficial de justiça certificou ter cumprido o mandado de citação
de Pedro.
b) em que Paulo foi citado pelo correio.
c) em que o aviso de recebimento da carta de citação de Paulo foi juntado
aos autos.
d) em que Pedro foi citado pelo oficial de justiça.
e) de juntada aos autos do mandado de citação de Pedro.

~€‚ƒ„…†‡ˆ
A alternativa &255(7$e$/(75$³(´ O problema, apesar de parecer complexo
é bem simples, se lembrarmos do art. 231, II e §1° do CPC/15, que fala do início
dos prazos quando há mais de um réu, como na hipótese descrita pela FCC.
Vejamos:

³Art. 231. Salvo disposição em sentido diverso, considera-se dia do começo do


prazo:

(...)
çèéêë ìèíîé ïðñòòóð çèéêë ôíñðõóèöó ÷éèèøù
www.estrategiaconcursos.com.br
úûüýþÿ 10 de 46
500 Questões Comentadas de DIREITO PROCESSUAL CIVIL ±
FCC ± NOVO CPC
Prof. Bruno Klippel e Prof. Guilherme Corrêa± Aula 03
II - a data de juntada aos autos do mandado cumprido, quando a citação ou a
intimação for por oficial de justiça;

(...)

§ 1o Quando houver mais de um réu, o dia do começo do prazo para contestar


corresponderá à última das datas a que se referem os incisos I a VI do FDSXW´

A única informação relevante na situação descrita é qual foi a última citação


juntada aos autos. Vejam que o mandado de citação de Pedro foi juntado aos
autos em 20/03/2011, sendo que o prazo de resposta dos dois réus ± Paulo e
Pedro - VHJXLUi WDO GD