Вы находитесь на странице: 1из 2

RELAÇÃO DE LEITURAS INDICADAS PARA A DISCIPLINA DE HERMENÊUTICA JURÍDICA

(BLOCOS I, II E III)
BLOCO I:
I – Do Processo de Conhecimento à Hermenêutica Jurídica

Textos:
Raimundo Bezerra Falcão – Hermenêutica – “Sentido e Cultura”, pp. 13-31.
Márcio Augusto Vasconcelos Diniz – Constituição e Hermenêutica Constitucional –
“Conhecimento, Interpretação e Hermenêutica”, pp. 197-204.

BLOCO II:
II – Principais Escolas e Movimentos da Hermenêutica Jurídica e os Tradicionais Elementos (ou
Processos) Interpretativos
2.1. – Introdução.
2.1.1. – No Direito Romano.
2.1.2. – Na Idade Média.

Textos:
Maria da Conceição Ferreira Magalhães. “A Hermenêutica Jurídica”, pp. 1-16.
Raimundo Bezerra Falcão. “Hermenêutica”, pp. 146-156.
Carlos Maximiliano. “Hermenêutica e Aplicação do Direito”. pp. 44-47.

Tópico(s):
2.2. – A Escola da Exegese e a Dogmática.

Textos:
Maria da Conceição Ferreira Magalhães. “A Hermenêutica Jurídica”, pp. 16-24.
Carlos Maximiliano. “Hermenêutica e Aplicação do Direito”. pp. 36-38; 87-106; 121-123.
Raimundo Bezerra Falcão. “Hermenêutica”, pp. 156-158.
Rubens Limongi França. “Hermenêutica Jurídica”, pp.34-35.

Tópico(s):
2.3. – A Escola Histórico-Evolutiva.

Textos:
Karl Larenz. “Metodologia da Ciência do Direito”, pp. 9-19.
Carlos Maximiliano. “Hermenêutica e Aplicação do Direito”. pp. 38-41; 112-120 e 129-134.
Alípio Silveira. “Hermenêutica Jurídica: Seus Princípios Fundamentais no Direito Brasileiro”
(Capítulo 10: O Método Histórico-Evolutivo), pp. 227-243.

Tópico(s):
2.4. – A Jurisprudência dos Conceitos.

Texto:
Karl Larenz. “Metodologia da Ciência do Direito”, pp. 21-29.

Tópico(s):
2.5. – As Fases de Rudolf von Jhering.
2.5.1. – A 1ª Fase de Jhering: O Método “Histórico-Natural”.
2.5.2. – A 2ª Fase de Jhering: A Formulação Teleológica.

Textos:
Karl Larenz. “Metodologia da Ciência do Direito”, pp. 29-33; 45-49 e 55-63.
Carlos Maximiliano. “Hermenêutica e Aplicação do Direito”. pp. 124-128.

Tópico(s):
2.6. – O “Direito Livre”.
2.6.1. - Considerações Gerais.
2.6.2. – A Vertente Moderada (ou Livre Pesquisa do Direito; ou Livre Indagação Científica).
2.6.3. – A Vertente Extremada (ou “Direito Livre” Stricto Sensu; ou Direito Justo; ou Contra Legem).
2.6.4. – O “Direito Livre” e o “Direito Alternativo”.

Textos:
Karl Larenz. “Metodologia da Ciência do Direito”, pp. 77-91.
Maria da Conceição Ferreira Magalhães. “A Hermenêutica Jurídica”, pp. 56-61 e 66-73.
Carlos Maximiliano. “Hermenêutica e Aplicação do Direito”. pp. 55-70.
Raimundo Bezerra Falcão. “Hermenêutica”, pp. 158-165.
Alípio Silveira. “O Fator Político-Social na Interpretação das Leis” (Interpretação na Alemanha
Nazista), pp. 264-269.
Gustavo Liberato. “Revista da Procuradoria Geral do Município de Fortaleza” (O Direito
Alternativo e a Escola do Direito Livre), pp. 279-299.

Tópico(s):
2.7. – A Interpretação no Positivismo Kelseniano.

Textos:
Hans Kelsen. “Teoria Pura do Direito” (Item VIII – A Interpretação), pp. 245-252.
Maria da Conceição Ferreira Magalhães. “A Hermenêutica Jurídica”, pp. 92-98.

Tópico(s):
2.8. – A Tópica Jurídica.

Textos:
Raimundo Bezerra Falcão. “Hermenêutica”, pp. 178-181.
Maria da Conceição Ferreira Magalhães. “A Hermenêutica Jurídica”, pp. 103-108.
Karl Larenz. “Metodologia da Ciência do Direito”, pp. 201-215.

Tópico(s):
2.9. – Friedrich Müller e a Teoria Estruturante do Direito.

Texto:
Pablo Castro Miozzo – Interpretação Jurídica e Criação Judicial do Direito - Friedrich Müller - p.
227-270.

BLOCO III:
III – Noções de Hermenêutica Constitucional

3.1. – Principais Métodos de Trabalho da Hermenêutica Constitucional


3.2. – Princípios de Hermenêutica Constitucional
3.3. – Principais Técnicas de Decisão de Tribunais Constitucionais.

Texto:
Inocêncio Mártires Coelho – Métodos e Princípios da Interpretação Constitucional
José Joaquim Gomes Canotilho – Direito Constitucional e Teoria da Constituição – p. 1179-1229
+ Material em Nota de Aula.