Вы находитесь на странице: 1из 11

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL

INSTITUTO DE BIOTECNOLOGIA

7 - Crescimento microbiano exponencial


Tabela 1 - Alguns métodos de medição de concentração celular.

Método Princípio do método

. Contagem direta em Número de células por unidade de volume em lâminas


microscópio microscópicas especiais

. Contagem em placa de Número de unidades formadoras de colônia por unidade de


Petri volume

. Medida absorbância Absorbância da suspensão celular, na faixa visível,


proporcional à concentração

. Peso seco Secagem de volume conhecido em cadinho ou membrana


filtrante com peso seco previamente conhecido

. Peso seco X Absorbância Absorbância convertida em concentração por curva de


calibração

. Proteína total Proporcionalidade entre o teor de proteínas e a concentração


celular

. Nitrogênio total Proporcionalidade entre o teor de nitrogênio e a concentração


celular

. Balanço de oxigênio Consumo de oxigênio associado ao crescimento

. Produtos metabólicos Produção associada ao crescimento


14

12

10

"Lag"
8 Estacionária
X (g/L)

6 Declínio

4 Exponencial

0
0 2 4 6 8 10 12 14 16
Tempo (h)

Curva de crescimento ideal


3

Exponencial
1
"Lag"
Estacionária
X (g/L)

0
Declínio
-1

-2

-3
0 2 4 6 8 10 12 14 16
Tempo (h)

Curva de crescimento na forma semi-logarítmica


Tabela 2 - Fases de uma curva ideal de crescimento.

Fase Características

. não ocorre aumento do número de células

.fase “lag” ou de adaptação . aumento do tamanho das células

. adaptação às novas condições ambientais

. crescimento exponencial

. fase exponencial . máxima atividade metabólica e fisiológica

. exaustão ou limitação de algum nutriente essencial, acúmulo de

. fase estacionária produtos tóxicos ou condição ambiental inadequada

. equilíbrio entre células viáveis em crescimento e células inviáveis

. intensificação das causas que levaram à fase estacionária

. fase de declínio . predominância da inviabilização celular (morte exponencial)


6

4
X (g/L)

0
0 2 4 6 8 10 12 14 16 18
Tempo (h)

Curva de crescimento de Zymomonas mobilis em meio com glicose.


Curva de crescimento de Pseudomonas putida em meio com tolueno.
(Reardon et al., Biotechnol. Bioeng., 69: 385-400, 2000)
0,5
µX 0,4
dX/dt

0,4 0,3
dX/dt (g/L/h)

0,3

µX (h-1)
0,2

0,2

0,1
0,1

0,0 0,0
0 2 4 6 8 10 12 14
Tempo (h)

Exemplo de variação de velocidades instantânea e específica


de crescimento durante um cultivo microbiano
0,8

0,6
µX,max (h-1)

0,4

0,2

0,0
0 50 100 150 200
S0 (g/l)

Exemplo de variação da máxima velocidade específica de


crescimento com a concentração inicial de substrato