You are on page 1of 1

Apenas Um no trono

“Eu sou o SENHOR, e não há outro; além de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que não
me conheces. Para que se saiba, até ao nascente do sol e até ao poente, que além de mim
não há outro; eu sou o SENHOR, e não há outro. Eu formo a luz e crio as trevas; faço a paz
e crio o mal; eu, o SENHOR, faço todas estas coisas.- Is 45.5-7”

Esta é uma passagem um pouco polêmica do antigo testamento, pois nela


encontramos Deus levantando um Homem ímpio, o Rei Ciro, rei da Pérsia para
dominar e castigar a Babilônia por ter maltratado o povo de Deus, e além disso no
final do verso 7 diz que nosso Deus criou o Mal, que se refere às calamidades e
tragédias e não o mal moral (isso seria uma heresia) mas essas discussões são
assunto para outro artigo, o que desejo focar neste texto maravilhoso da palavra do
nosso Deus, é a maneira como ele nos trás paz.

Ao estudarmos essa passagem a verdade fundamental que nos é


apresentada, é que nosso Deus é soberano e único. O povo de Judá após ser
advertido pelos profetas diversas vezes insistiram em seu pecado apesar de serem
amados por Deus, e para que eles aprendessem a obedecer e para punir a rebeldia
da nação o Senhor enviou o Império babilônico para levar o povo para o cativeiro,
neste processo muitos morreram, outros foram feridos e os que saíram ilesos foram
levados para outra cultura, onde tiveram sua fé provada constantemente por conta
da rebeldia, mas no meio desta tragédia Deus fala ao profeta Isaias que Ele iria
enviar outro rei ímpio para derrotar a Babilônia e libertar o povo de Deus, no meio
dessas reviravoltas políticas o povo poderia pensar que Deus tinha perdido o
controle, mas é ai que nosso Deus fala que ele não simplesmente esta no controle,
mas que ele é o Único que tem o controle, satanás não tem, Nabucodonosor não
tem, Ciro não tem, os demônios não tem, as enfermidades não tem, a morte não
tem. Tudo aquilo de “ruim” que estava acontecendo era controlado por Deus, e não
há maior consolo do que saber que a mão que vai nos afligir é a mão que nos cura,
é mão que nos salva, pois “sabemos que todas as coisas cooperam para o bem,
daqueles que amam a Deus” e nós só podemos amar a Deus pois “Ele nos amou
primeiro”.

Por isso irmão não perca a esperança quando os dias maus vierem, pois
quem os enviou é o mesmo que vai fazer o sol raiar novamente sobre a sua vida.

Em Cristo Ev. Günther Nagel