Вы находитесь на странице: 1из 4

Estação Baixada

1º Congresso do Grupo de Estudos Históricos da


Baixada Fluminense
1ª Circular

O Grupo de Estudos Históricos da Baixada Fluminense (Estação Baixada) tem o


prazer de convidar os pesquisadores para o 1º Congresso a ser realizado nos dias 11 e 12
de abril de 2014 no Instituto Multidisciplinar da Universidade Federal Rural do Rio de
Janeiro, localizado no Município de Nova Iguaçu.
O grupo reúne professores, pós-graduandos e graduandos da área de História,
cujo objetivo é localizar temáticas referentes à região, assim como discuti-las, investigá-
las e torná-las acessíveis aos demais pesquisadores da História acadêmica e escolar. Daí
reunirmo-nos para discussão de projetos individuais e coletivos, capítulos, dissertações,
teses e demais formas de produção intelectual que iluminem o passado. Tal reunião de
pesquisadores permite a visibilidade das diferentes investigações que estão sendo
realizadas, revela novas temáticas e fontes para futuras pesquisas e contribui para a
produção de monografias de fim de curso, dissertações, teses de doutorado, além de
coletâneas e projetos em editais interinstitucionais. Interessamo-nos também pelo
levantamento e/ou criação de canais de acesso às fontes ligadas à região, abrindo espaço
para futuras investigações.
O grupo se divide em duas linhas, que englobam temáticas referentes aos
campos da Sociedade, Economia e Cultura e da Política, Ideias e Instituições,
contemplando os eixos temáticos que despertam maior interesse entre os pesquisadores
da atualidade. Entendemos que a Baixada Fluminense é uma região cuja dinâmica a
integra a um todo, cuja limitação a uma história do regional, em si mesma, poderia ser
nociva a uma compreensão mais ampla do passado; embora analisá-la como objeto
principal seja exercício bem vindo à História escolar e à História local. Entre nossas
atividades, além das reuniões mensais, estão 1) manter atualizado um site para
divulgação de eventos, projetos e artigos, assim como para pesquisas em fontes
disponibilizadas para acesso livre; 2) organizar congressos e eventos relativos à Baixada
Fluminense; 3) desenvolver ferramentas que permitam acesso dos professores
pesquisadores da História escolar à história acadêmica produzida pelos membros do
grupo de pesquisa; 4) consolidar um área de pesquisa em História da Baixada
Fluminense nas suas múltiplas relações com o regional, nacional e internacional.
O presente congresso tem como principal objetivo reunir as principais pesquisas
desenvolvidas na região, aliando pesquisadores locais, graduandos, mestres e doutores.
A partir de várias temáticas o grupo pretende apresentar seus objetivos na região assim
como ampliar a discussão entre os pesquisadores. (ACHO QUE TEMOS QUE
FLOREAR MAIS COM NOSSOS OBJETIVOS – O QUE VOCES ACHAM?)
Estrutura do Evento:
Sexta feira, 11/04/2014
14:00 - Minicursos
18:30 - Cerimônia de abertura e apresentação do grupo
19:00 - Conferencia de Abertura: Professores Paulo Knauss (Professor do
Departamento de História da Universidade Federal Fluminense e Diretor do Arquivo
Geral da Cidade do Rio de Janeiro)

Sábado, 12/04/2014
8:00h – Café da Manhã
Mesas
8:30h às 10:30h - 3 pessoas e um coordenador (Haverá mesas simultâneas)
10:30h às 12:30h - 3 pessoas e um coordenador (Haverá mesas simultâneas)
12:30 h às 14:00h - almoço
14:00 – 16:00h - 3 pessoas e um coordenador (Haverá mesas simultâneas)
16:20 – 18:00 - Palestra de encerramento: Pesquisador: Genêsis Torres (Historiador e
Presidente do IPAHB (Instituto de Pesquisas do Patrimônio Histórico da Baixada).

Cronograma e Inscrições:
Apresentadores de trabalho: 20/12/2013 a 14/02/2014
Mini-curso: 06/01/2014 a 04/04/2014
Ouvintes: 02/12/2014 a 04/04/2014

Ficha de Inscrição no sítio: http://estacaobaixadagehbaf.wordpress.com/


e-mail para inscrição: estacaobaixada@gmail.com

*Mini-cursos com 20 vagas e com até 10 nomes numa lista de espera. Adequar à
demanda.

*Apresentação nos Simpósios Temáticos: Inscrição de trabalho com título, resumo e


palavras chave. (e instituição de origem)

Valores
Apresentador de Trabalho: R$ 20,00
Mini-curso: R$10,00
Ouvintes: R$ 10,00

Componentes do Estação Baixada

Prof. Dr. Álvaro Pereira do Nascimento: Professor Adjunto da Universidade Federal


Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e Membro do Programa de Pós-Graduação em
História da UFRRJ.

Prof. Dr. Alexandre Fortes: Professor Adjunto da Universidade Federal Rural do Rio
de Janeiro (UFRRJ), Membro do Programa de Pós-Graduação em História da UFRRJ e
Diretor do Instituto Multidisciplinar da UFRRJ.
Prof. Dr. Nielson Bezerra: Doutor em História pela Universidade Federal Fluminense,
Pós-Doutor pelas Universidades: University Of The West Indies; Universidade Federal
Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ; e York University.

Profª. Dr.ª Amália Dias: Profª. Adjunta da Universidade Estadual do Rio de Janeiro
(UERJ) e Membro do Programa de Pós-Graduação de Educação da Universidade
Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Prof. Dr. Carlos Eduardo C. da Costa: Professor Adjunto da Universidade Federal


Rural do Rio de Janeiro. Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em História Social da
Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHIS/UFRJ).

Prof. Ms. Denise Demétrio Vieira: Doutoranda Pelo Programa de Pós-Graduação em


História da Universidade Federal Fluminense (PPGH/UFF)

Prof. Ms. Rubens Machado: Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em


História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHIS/UFRJ).

Prof. Ms. Live França de Carvalho: Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em


História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHIS/UFRJ)

Prof. Ms. Adriana da Silva Serafim: Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em


História da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (PPGHR/UFRRJ).

Prof. Gabriel do Nascimento: Mestrando do Programa de Pós-Graduação em História


da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Prof. Allofs Daniel Baptista: Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em História


da Universidade do Rio de Janeiro (PPGH/UNIRIO).

Prof. Adriano Dos Santos Moraes: Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em


História da Universidade do Rio de Janeiro (PPGH/UNIRIO).

Prof. Maria Lúcia Bezerra da Silva Alexandre: Mestranda pelo Programa de Pós-
Graduação em História da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
(PPGHR/UFRRJ).

Prof. Daniela Carvalho Cavalheiro: Mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em


História da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (PPGHR/UFRRJ).

ANEXOS

Ementas dos Mini-cursos:

1) Nova de Iguaçu e a citricultura: visões do passado e construções do moderno


(1916-1945)
Esta proposta tem como objetivo apresentar metodologias de ensino acerca da história
do município de Nova Iguaçu. Trata-se da mudança do nome do distrito-sede de
Maxambomba para Nova Iguaçu, em 1916, até a denominação de todo o município
como Nova Iguaçu, em 1938. Durante este período, a citricultura é a atividade
econômica principal da região. É possível conhecer os modos pelos quais a atividade foi
defendida por grupos locais, em consonância com o apoio de agências estaduais e
federais. A visita do presidente Getúlio Vargas à cidade em 1931 e as comemorações
pelo centenário do município em 1933, revelam parte das estratégias de construção da
identidade entre a história do município, seu desenvolvimento e as atividades de
produção e comercialização de laranjas.

2) Título: Escravidão e Pós-Abolição na Baixada Fluminense

O presente mini-curso pretender abordar a temática da escravidão e do pós-abolição


tendo como pano de fundo o antigo Município de Iguassú até a década de 1940. No
Mini-curso pretendemos abordar diversos temas, entre eles: os antigos e os novos
quilombos; o controle do comércio nos rios por escravizados; os plantéis e as
escravarias; os primeiros anos do pós-abolição; a formação de famílias e suas
trajetórias; a ascensão social dos negros; a migração do Vale do Paraíba para a Baixada;
e a cultura negra (no coco, caxambu, Jongo e Folia de Reis). O Mini-curso abordará
esses temas a partir das novas pesquisas realizadas na região, com bibliografia
atualizada, dando enfoque para os novos métodos e fontes de pesquisa na Baixada
Fluminense.

Módulo 1: Novas Fontes e Métodos para a pesquisa da Baixada Fluminense no Tema:


Escravidão e Pós-Abolição
Módulo 2: Ocupação do solo, Plantations, Quilombos e escravaria.
Módulo 3: Segunda metade do século XIX: Mudança no Padrão das Propriedades,
entrada de novas produções e Alforrias.
Módulo 4: Pós-Abolição: Primeiros anos; Ascensão social de Negros; Trajetórias
Familiares; Migração do Vale do Paraíba, Cultura Negra e ocupação dos municípios.

Recursos Didáticos:

- Quadro Negro
- Data Show
- Filme (Parte do Jongos, Calangos e Folias)