Вы находитесь на странице: 1из 2

Segunda aula - sistemas psicológicos 2 - prof.

Paula rabello - segunda aula

Livros
Teorias da personalidade - James fadiman & Robert frager - Ed 12
Estudar os Cap 1 freud Cap 2 perls Cap 3 skinner

A psicanalise dos contos de fadas - Bruno bettelhem

Psicanalise -- sistemas psicológicos 3

Sigmund Freud 1856 – 1939


1856, Judeu, nasceu em 6 de maio e Fretberg na Moravia a atual republica Thceca ;
1860, família muda-se para Viena, Austria, devido a problemas financeiros;
Influencia de Darwin e Goethe;
1873 faculdade de medicina, aos 17 anos
Trabalha no laboratório de fisiologia do dr. Ernest Brucke que influencia a crença de Freud nas
origens biológicas da consciência;
Acompanha cursos de Britaro. Influencia humana na psicanalise;
1881 aprovação nos exames;
Dedicação a clinica médica, mais especificamente a psiquiatria;
Interesse por conexões entre a sífilis e moléstias bi sistema nervoso
Desenvolve técnicas de coloração de tecidos nervosos;
Lança bases para utilização clinica da cocaína
1880\1890 fixa-se como neurologista de renome com trabalhos importantes na área médica sobre
afasia, paralisia infantil, paralisia cerebral, etc.
Trabalha com Charcot em Paris
Trabalho com Brewer em Viena
Abandono da Hipinose devido a problemas com o metodo catártico de Brewer.
1896 uso do termo psicanalise
Método da fala livre.

Sistemas psicológicos 3
Psicanalise

1908 origem da sociedade de psicanalítica de Viena. Alguns seguidores abraham, ferencsi, adler,
jung. Alguns se tornaram dissidentes mais tarde.

1923. Problemas de saúde. Câncer na boca mandíbula.

1933 queima de livros de freud em berlim


1938 emigra para Inglaterra apos ocupação da Áustria pelos alemães durante nazismo.
1939 morre 23 de setembro

Jean Maryim Charcot 1825 1893


Medico com atuação em psiquiatria neurologia- utiliza método de hipnose. Para ele hipnose
eliminava temporariamente as manifestações histéricas: paralisias, perturbações nos movimentos
oculares, tosse nervosa, repugnância dos alimentos, acesso hidrofobia, estalos de alteração
psíquica (absece) em que as histéricas não conseguiam integrar eventos psíquicos dolorosos. Ex.:
balbuciavam palavras sem sentido.

Hipnose e histeria constituem um mesmo processo.


As perturbações assumiam aparentemente dimensões físicas nao eram expressam de um foco
lessional, mas sim manifestação de um processo sugestivo, em geral traumático que desencadeia
sintomatologia física " fiori 1981 pag 12

Processos sugestivos ---> sintomas de doencas mentais.

Liebaut 1823 1904 e bernheim 1840 1919 frança

Trabalhos sobre sugestões pós-hipnóticas


Reforçam ideia da existência de processos inconscientes, subjacentes e determinantes, da
consciência.
Ex.: guarda chuva.

Posterior a esta ideia, leva a Freud abandonar a hipnose conduzindo o paciente a buscar de forma
consciente os eventos traumáticos reprimidos

Joseph Brewer 1842 – 1925 Áustria.


Médico fisiologista, compartilha ideias e envia pacientes para Freud.
Pesquisas como tratamento da histeria através da hipnose
Ex.: Ana O. Primeiro caso clinico a ser tratado no modelo que originaria a psicanalise.