Вы находитесь на странице: 1из 3

PEDRO THOMÉ DE ARRUDA NETO

Odete Medauar
Prefácio

DI EIT AS P ÍTICAS
PÚBLICAS

Belo Horizonte

2015
SUMÁRIO

PREFÁCIO .............................................................................................................. 15
APRESENTAÇÃO .................................................................................................. 17
INTRODUÇÃO ...................................................................................................... 19
1 Introdução ................................................................................................... 19
1.1 Apresentação do tema ............................................................................... 19
1.2 Evolução histórica do estado-administração e as possibilidades de
controle estatal. ........................................................................................... 26
1.3 O direito das políticas públicas no direito comparado ........................ 34
1.4 O estágio atual do direito das políticas públicas no Brasil e suas
possibilidades ............................................................................................. 38
1.5 O novo processo especial judicial de controle das políticas públicas
no Brasil ...................................................................................................... 48

PRIMEIRA PARTE ................................................................................................. .50


2.1 Classificações acerca do controle da administração pública ............... 50
2.2 O Ministério Público como órgão de controle da administração
pública ........................................................................................................ 56
2.3 Políticas públicas e suas premissas estruturantes ................................. 63
2.3.a Noções, diferenciações e definição de políticas públicas ..................... 63
2.3.b Limites-garantia do mínimo existencial, razoabilidade da pretensão
deduzida em juízo e reserva do possível.. .............................................. 78
2.3.c Técnicas de Coerção ................................................................................... 80
2.4 As políticas públicas e o Ministério Público brasileiro ......................... 83
2.5 Controle das políticas públicas no Brasil hodierno ............................... 88
SEGUNDA PARTE ............................................................................................ 92
3.1 A questão metodológica: uma nova perspectiva para os problemas
da administração pública por meio da integração entre direito e
ciência da administração ........................................................................... 92
3.2 A questão do mérito administrativo ..................................................... 100
3.3 A questão do ativismo judicial... ............................................................ 109
3.4 A questão da separação dos poderes .................................................... 123
3.5 A questão orçamentária em geral e a questão do controle abstrato
de constitucionalidade das leis orçamentárias .................................... 131
3.6 A questão dos níveis de eficácia das normas constitucionais ............ 134
3.7 A questão da equidade ........................................................................... 140
3.8 A questão da implementação das políticas públicas como processo
decisório complexo e dialógico .............................................................. 146
3.9 A questão do minimum existencial, da oposição da cláusula da
reserva do possível e da proibição do retrocesso social no direito
brasileiro .................................................................................................... 152
3.10 A questão do abuso de poder judiciário no controle de políticas
públicas ..................................................................................................... 159
3.11 As políticas públicas e a transparência administrativa ..................... 165
3.12 As políticas públicas de quarta dimensão e a democracia
participativa: o caso da gestão democrática na educação ................. 183
4 Conclusão .................................................................................................. 199
REFERÊNCIAS ................................................................................................. 205