Вы находитесь на странице: 1из 3

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO (UPE)

ESCOLA POLITÉCNICA DE PERNAMBUCO (POLI)


DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA (DEE)

Disciplina: Laboratório de Eletrônica Analógica e Digital Período: 1º semestre de 2018


Professor: Luciano A. C. Lisboa Data de entrega: 20/04/2017

Polarização dos Transístores


Heitor Leite Ramos Thayná Maria Morim de Barros Barreto

1 Resumo emissor (E), base (B) e coletor (C),


respectivamente. Basicamente, o TBJ são
Onde se descreve o que o relatório contém. reguladores de correntes que regulam a corrente
Lembrar de sempre escrever de modo impessoal, passando do emissor para o capacitor, na
como, por exemplo: "o circuito foi montado", em proporção da polarização aplicada no terminal da
vez de "nós montamos o circuito". base, agindo como uma chave controlada pela
corrente. Por mais pequena que seja a corrente
chegando na base, ela consegue controlar uma
2 Objetivo corrnete muito maior chegando no coletor.
O princípio dos dois transistores, NPN e PNP, são
No diodo, foi visto que diodos simples são feito de exatamente os memos, sendo a única diferença na
duas peças de dois materiais semicondutores para polarização de cada um deles.
formar uma junção pn e também aprendemos sobre Há três maneiras de conectar ele no circuito com
as propriedades e características dele. um terminal sendo comum para tanto a entrada
Se dois diodos individuais forem juntados, será como a saída. Cada tipo de conexão responde
dado dois PN com junções conectado em série diferentemente para o sinal de entrada, e a
compartilando um terminal P ou N. A fusão destes característica do circuito também muda de acordo
dois diodos produz três terminais de três camadas com cada arranjo.
e duas junções, formando a base de um transistor
bipolar, ou TBJ. - Arranjo base comum - tem ganho de voltagem
Tranistores são um elemento feito de três terminais mas nenhum de corrente
com materiais semicondutores diferentes que - Arranjo emissor comum - tem tanto ganho de
podem atuar como isolador ou condutor pela voltagem como de corrente
aplicação de um sinal com voltagem pequena. A - Arranjo coletor comum - tem ganho de corrente
habilidade do transistor de trocar entre esses dois mas não de voltagem
estados dá a ele a capacidade de ter duas funções
básicas: chaveamento (utilizado na eletrônica
digital) e amplificação (utilizado na eletrônica
analógica). Os TBJ têm a habilidade de operar em
três regiões distintas:

Região ativa - o transistor trabalha como um


amplificador e Ic = b.Ib
Região de saturação - o transistor está trabalhando
como uma chave no estado ligado
Região de corte - o transistor está trabalhando
como uma chave no estado desligado

A palavra transistor é a combinação das palavras


em inglês "transfer" e "varistor", que descreve o
modo dele de operação nos dias antigos do
desenvolvimento da eletrônica. Há dois tipos de
TBJ: PNP e NPN, que descreve o arranjo físico do
material tipo P e tipo N.
O transistor bipolar básico consiste de duas
junções PN produzindo três terminais conectado
com cada terminal, dando um nome para
diferencial dos outros dois. Esses são chamados de
1
Circuito 1

Circuito 2

Circuito 3

Circuito 4
4 Análise
Onde é feita a comparação entre os resultados
3 Metodologia esperados e obtidos, procurando explicar possíveis
divergências entre os mesmos.

2
5 Conclusão não só facilita a visualização quanto gasta
menos tinta.
Não confundir com resumo! Tirada a partir da 3) No caso de mais de uma curva,
análise, pode em alguns casos ser apenas a identifique claramente qual é qual, seja na
informação de que tudo funcionou como esperado, própria foto ou na legenda.
ou pode ser que os modelos de simulação estão 4) Sempre indique as escalas verticais e
errados, que é impossível realizar o experimento horizontais.
nas condições de temperatura e pressão de Recife,
que o aluno deveria ter escolhido artes plásticas Observe a figura 2 abaixo:
para começo de conversa, etc.

Apêndice
O relatório termina na conclusão. Este apêndice
serve apenas para orientar o aluno como deve
inserir figuras, tabelas e demais considerações.

Equações devem ser centralizadas na coluna e


numeradas por um índice no lado direito, como
mostra a equação 1

f ( x)  ax  b (1)
Figura 2. Foto de tela de osciloscópio mostrando o
funcionamento de um integrador com capacitor
Figuras e tabelas devem ser posicionadas o mais chaveado. Entrada (onda quadrada) e saída (triangular)
próximo possível de onde são citadas no texto e estão em 1 V/divisão e a escala de tempo é de 5
sempre conter uma legenda, vide a Figura 1 e ms/divisão.
Tabela 1.
Referências
CAJUEIRO, J. P. C. ES238 - Eletrônica I.
Outubro2011.
Http://www2.ee.ufpe.br/joaopaulo/eln1/.

HOROWITZ, P.; HILL, W. The Art of


Electronics. 2. ed. [S.l.]: Cambridge University
Fig. 1. Circuito integrador. Press, 1989.

Tabela 1. Número das cores em resistores

Em relação à fotografia de osciloscópio, siga as


seguintes regras:

1) Observe o foco e tente manter a escala


visível.
2) Converta a foto para preto-e-branco
(escala de cinza) e inverta as cores. Isto