Вы находитесь на странице: 1из 29

física

oscilações e ondulatória

QUESTÕES DE VESTIBULARES
2018.1 (1o semestre)
2018.2 (2o semestre)

sumário
cinemática e dinâmica das oscilações
VESTIBULARES 2018.1............................................................................................................................... 2
VESTIBULARES 2018.2............................................................................................................................... 3

introdução à ondulatória
VESTIBULARES 2018.1................................................................................................................................ 5
VESTIBULARES 2018.2................................................................................................................................ 6

equação fundamental da ondulatória


VESTIBULARES 2018.1...............................................................................................................................8
VESTIBULARES 2018.2..............................................................................................................................11

fenômenos ondulatórios
VESTIBULARES 2018.1..............................................................................................................................13
VESTIBULARES 2018.2..............................................................................................................................16

interferência de ondas
VESTIBULARES 2018.1.............................................................................................................................. 18
VESTIBULARES 2018.2.............................................................................................................................. 20

acústica (velocidade do som)


VESTIBULARES 2018.1.............................................................................................................................. 21
VESTIBULARES 2018.2.............................................................................................................................. 22

acústica (qualidades fisiológicas)


VESTIBULARES 2018.1............................................................................................................................. 23
VESTIBULARES 2018.2............................................................................................................................. 24

fontes sonoras (cordas e tubos)


VESTIBULARES 2018.1..............................................................................................................................25
VESTIBULARES 2018.2..............................................................................................................................26

efeito Doppler
VESTIBULARES 2018.1............................................................................................................................. 27
VESTIBULARES 2018.2............................................................................................................................. 29

japizzirani@gmail.com
OSCILAÇÕES

a) na posição 5, o vetor f representa a força resultante sobre o cor-
po, e a velocidade do corpo é nula.
cinemática e dinâmica das oscilações →
*b) na posição 4, o vetor d representa a aceleração do corpo, e o

vetor e representa sua velocidade.
c) na posição 1, a velocidade e a aceleração do objeto são nulas.
VESTIBULARES 2018.1 →
d) na posição 2, o vetor b representa a velocidade, e o vetor a

representa a aceleração do objeto no instante em que passa pelo


CINEMÁTICA DAS OSCILAÇÕES ponto.
e) na posição 3, a aceleração do objeto é nula, e sua velocidade é

(UEM/PR-2018.1) - RESPOSTA: SOMA = 03 (01+02) representada pelo vetor c .
A função da posição de uma partícula que descreve um Movimento
Harmônico Simples (MHS), com unidades dadas no Sistema Inter-
(UEPG/PR-2018.1) - RESPOSTA: SOMA = 15 (01+02+04+08)
nacional de Unidades (SI), é x(t) = 0,8cos(0,2p t).
Sobre o movimento harmônico simples (MHS), assinale o que for
Com base nessas informações, assinale o que for correto.
correto.
01) A amplitude, a frequência angular e a fase inicial relativas ao mo-
01) Diz-se que um ponto material efetua um MHS linear quando,
vimento da partícula são, respectivamente, 0,8m, 0,2p rad/s e zero.
numa trajetória retilínea, oscila periodicamente em torno de uma
02) Em t = 10s, a partícula está na posição x = 0,8m, com velocidade
posição de equilíbrio, sob a ação de uma força cuja intensidade é
nula.
proporcional à distância do ponto à posição de equilíbrio.
04) A função horária da aceleração da partícula é dada por:
02) O período do MHS de um sistema massa-mola depende da mas-
a(t) = –0,16p2 sen(0,2p t).
sa m do ponto material em movimento e da constante elástica k, mas
08) Se o gráfico da posição da partícula em relação ao tempo for
não depende da amplitude de oscilação.
defasado em p radianos com relação à origem do sistema de coor-
04) A aceleração do MHS depende da abcissa que define a posição
denadas, ele será similar ao gráfico da velocidade da partícula em
e de sinal contrário a esta.
relação ao tempo.
08) Nas associações de duas molas de constantes elás-ticas k1 e k2,
é válido o seguinte:
(UFJF/MG-2018.1) - ALTERNATIVA: B
– o inverso da constante elástica resultante da associação em série
Uma criança está brincando em um balanço no parque, ao meio
dia, com o sol a pino. A posição de sua sombra, projetada no chão, dessas molas é dado por 1/ k1 + 1/ k2.
executa um movimento harmônico simples e é descrita pela função – a constante elástica resultante da associação em paralelo dessas
x(t) = a cos (bt + d) , onde x é dado em metros e t em segundos, molas é dada por k1 + k2.
a = 1,2 m, b = 0,8π rad/s e d = π /4.
Indique a opção que corresponde CORRETAMENTE aos valores do
período, velocidade e aceleração máximas que a sombra atinge. (UFRGS/RS-2018.1) - ALTERNATIVA: C
Considere π = 3,14. Um oscilador harmônico simples consiste de um bloco de massa m
preso a uma mola de constante elástica igual a 200 N/m. O bloco
a) 1,5 s; 4,0 m/s; 9,6 m/s2 oscila sobre uma mesa horizontal, sem atrito, com energia mecânica
*b) 2,5 s; 3,0 m/s; 7,6 m/s2 de 4,0 J.
c) 3,5 s; 2,0 m/s; 7,6 m/s2 Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do
d) 0,4 s; 1,0 m/s; 3,14 m/s2 enunciado abaixo, na ordem em que aparecem.
e) 2,5 s; 3,0 m/s; 10 m/s2 A amplitude de oscilação do sistema é igual a ........, e a energia
cinética do bloco, quando seu deslocamento for igual à metade da
amplitude, vale ........ .
(UECE-2018.1) - ALTERNATIVA: C
Em um sistema massa-mola, um objeto oscila de modo que sua po- a) 0,04 m – 3,0 J
sição seja dada por x = A cos(2p ft), onde A é uma constante com b) 0,04 m – 2,0 J
dimensão de comprimento, x é a posição, f a frequência e t o tempo. *c) 0,20 m – 3,0 J
A maior extensão do trajeto que o objeto percorre em um ciclo é d) 0,20 m – 2,0 J
a) A /2 . e) 0,20 m – 1,0 J
b) A.
*c) 2 A. (UEG/GO-2018.1) - ALTERNATIVA: A
d) 2p f . Em 1851, Léon Foucault realizou um experimento para demonstrar
o movimento de rotação da Terra. Esse experimento ficou conhecido
como o pêndulo de Foucault, que consistia em uma esfera de 28 kg,
DINÂMICA DAS OSCILAÇÕES pendurada na cúpula do Pantheon de Paris, por um fio inextensível
de comprimento L. Se o período do pêndulo medido por Foucault
(CESGRANRIO-FMP/RJ-2018.1) - ALTERNATIVA: B foi de 16 s, e adotando-o como um pêndulo simples, o comprimento
Um pequeno objeto de massa m é pendurado por um fio ao teto, e aproximado do fio, em metros, era de
é largado do repouso na posição 1, como mostra a Figura 1, onde
também são indicadas outras quatro posições pelas quais o objeto Adote: π = 3 e g = 10 m/s2.
passa em seu movimento oscilatório. Na Figura 2, está indicado um *a) 71 d) 44
conjunto de vetores em cada uma das posições. b) 20 e) 85
c) 64

(UNIRG/TO-2018.1) - ALTERNATIVA: A
Em um inusitado brinquedo de parque de diversões, duas pessoas
de 60 Kg de massa cada uma sentam-se em um carrinho de 600
Kg acoplado a uma mola ideal de constante elástica de 20 N/m. O
carrinho é puxado por um cabo por uma distância de 25 m e então
é solto para que possa oscilar. Considerando-se que o atrito entre o
carrinho e o solo seja desprezível, a alternativa que dá corretamente
o período de oscilação do carrinho com os passageiros será:
Adote π = 3.
*a) 36 s.
A associação correta entre as grandezas físicas descritas e os ve-
tores da Figura 2 nas posições mencionadas, quando o objeto é b) 48 s.
largado e está se deslocando da esquerda para a direita, em sua c) 56 s.
primeira oscilação, é: d) 72 s.
japizzirani@gmail.com 2
(UEM/PR-2018.1) - RESPOSTA: SOMA = 07 (01+02+04) VESTIBULARES 2018.2
Nos voos espaciais de longa duração, a determinação da massa
dos astronautas é um procedimento comum, por razões médicas. CINEMÁTICA DAS OSCILAÇÕES
No entanto, em estado de imponderabilidade (na qual os astronau-
tas flutuam dentro das naves), o uso de uma balança convencional é (INATEL/MG-2018.2) - ALTERNATIVA: A
inviável. De maneira a resolver o problema, físicos e engenheiros de O intervalo de tempo gasto por um pêndulo em uma oscilação com-
programas espaciais desenvolveram um equipamento para determi- pleta é denominado período. Se um pêndulo executa 10 oscilações
nação de massas. Ele consiste de uma cadeira conectada às pare- completas em 8,0 segundos seu período é:
des da nave por um conjunto de quatro molas idênticas de constante *a) 0,8 segundos d) 80,0 segundos
elástica k, ligadas em paralelo, cuja constante elástica equivalente b) 8,0 segundos e) NRA.
é ke . Quando o sistema é colocado em oscilação, um equipamento c) 10,0 segundos
eletrônico registra o período e, automaticamente, determina a massa
oscilante. Sabe-se que a massa do sistema com a cadeira vazia é
m e que, ao ser colocada para oscilar, apresenta um período T1 e (FPS/PE-2018.2) - ALTERNATIVA: D
que, com um dos astronautas de massa M sentado na cadeira, o Uma das medições obtidas num exame de eletrocardiograma (ECG)
período passa para T2. Considerando que o sistema pode ser visto mostra as ondas P, T e o pico QRS em função do tempo. O intervalo
como um oscilador harmônico unidimensional sem atrito, assinale o entre dois picos QRS corresponde a um batimento cardíaco. A figura
que for correto. abaixo mostra parte de um ECG típico, obtido de um paciente, em
01) O período de oscilação do sistema com a cadeira vazia de mas- que a velocidade do papel foi de 15 mm/s e a distância entre dois
picos QRS é de 12 mm.
sa m é T1 = 2p m .
ke
02) O período de oscilação do sistema com um dos astronautas de
massa M sentado na cadeira é T2 = 2p M + m .
ke
 k 
04) A massa do astronauta é dada por M =  e2  (T22 ‒ T12) .
 4p 
08) Para que T2 seja o dobro de T1 , a massa do astronauta deve ser
o dobro da massa do sistema com a cadeira vazia.
k
16) A constante elástica equivalente do conjunto de molas é ke = .
4
Com base nos dados fornecidos, determine a taxa de batimentos
(UEPG/PR-2018.1) - RESPOSTA: SOMA = 29 (01+04+08+16) cardíacos deste paciente em batimentos por minuto, bat/min.
Uma das extremidades de uma mola ideal é presa em um suporte de a) 48 bat/min *d) 75 bat/min
modo que fique paralela ao eixo vertical. Nesta situação, o compri- b) 60 bat/min e) 80 bat/min
mento da mola é 8 cm. Uma massa de 50 g é presa na extremidade c) 70 bat/min
livre da mola de tal maneira que o comprimento dela na condição de
equilíbrio é 10,5 cm. A massa é puxada até que o comprimento da (VUNESP-UNIVAG/MT-2018.2) - ALTERNATIVA: D
mola seja igual a 14 cm, quando então a massa é largada e o siste- Um pequeno objeto realiza um movimento harmônico simples de
ma passa a efetuar um movimento harmônico simples. Desprezando p
efeitos dissipativos, assinale o que for correto. acordo com a equação horária x(t) = 0,4 sen ( t + p), com x medido
2
em metros e t em segundos.
Considere g = 10 m/s2.
De acordo com a equação, podemos afirmar que
01) A constante elástica da mola é 20 N/m.
02) A amplitude de oscilação do sistema é 6 cm. a) a amplitude do movimento é 0,2 m.
04) Na presente situação, a força restauradora é a força elástica
b) a fase inicial do movimento é
p rad.
exercida pela mola. 2
08) Quando a massa está na posição de equilíbrio do sistema, a sua c) a posição inicial do objeto é 0,4 m.
energia cinética apresenta o valor máximo. *d) a frequência do movimento é 0,25 Hz.
16) O período de oscilação do sistema é p /10 s p
e) o período do movimento é s.
2
(UECE-2018.1) - ALTERNATIVA: C
Considere um dado movimento oscilatório em que uma partícula
(UECE-2018.2) - ALTERNATIVA: B
seja sujeita a uma força proporcional a cos(w t 2), onde t é o tempo. Em um sistema oscilante, a corrente elétrica i é descrita por
É correto afirmar que, neste caso, a unidade de medida de w no SI é x = a·cos(b·t). As unidades de medida das constantes a e b são,
a) s. respectivamente,
b) s–1. a) Hz e Ampére.
*c) s–2. *b) Ampére e Hz.
c) Ampére e segundo.
d) s2. d) segundo e Ampére.

(UECE-2018.2) - ALTERNATIVA: C
Um fio de comprimento L , preso no teto, tem na sua outra extremida-
de uma massa m que constitui um pêndulo simples que oscila com
período T . As partículas ao longo do fio têm
a) velocidades angulares diferentes.
b) mesma velocidade linear.
*c) mesma velocidade angular.
d) não têm velocidade angular.

(UECE-2018.2) - ALTERNATIVA: C
Um oscilador harmônico simples, do tipo massa-mola, tem a posição
de sua massa descrita por x = 2 · cos (3,14 ·t). Nesse sistema, a am-
plitude e a frequência são, respectivamente,
a) ½ e 2.
b) 2 e 3,14.
*c) 2 e ½.
d) 3,14 e 2.
japizzirani@gmail.com 3
DINÂMICA DAS OSCILAÇÕES (UEPG/PR-2018.2) - RESPOSTA: SOMA = 31 (01+02+04+08+16)
Um pêndulo é constituído por uma esfera de massa igual a 100 g,
(UFU/MG-TRANSF.2018.2) - ALTERNATIVA: A presa a um fio ideal, de massa desprezível, com um comprimento
Durante estudos sobre oscilações de pêndulos simples, um estudan- de 1 m. A esfera é inicialmente afastada de um pequeno ângulo até
te percebe que o período (T ) de oscilação de um pêndulo simples uma altura h, em relação ao ponto de equilíbrio. Considerando que
pode depender apenas do comprimento do fio (L) e da aceleração devido ao atrito com o ar, a cada oscilação o valor da altura máxima
da gravidade ( g), mas ele não se lembra da fórmula que tais grande- atingida pela esfera é 81% da altura máxima da oscilação anterior,
zas se relacionam, então ele propõe a seguinte relação: T = cLagb, assinale o que for correto.
onde c , α e b são constantes. A partir dessas informações, assinale 01) A força de atrito com o ar depende do tamanho da esfera.
a alternativa que representa os valores de α e b, respectivamente. 02) A cada oscilação, a amplitude do movimento de oscilação da
*a) 1/2 e –1/2. esfera diminui.
04) Enquanto a esfera estiver oscilando, o período de oscilação da
b) –1/2 e 1/2.
esfera permanece inalterado.
c) 1/2 e 1/2. 08) A cada oscilação, a velocidade máxima atingida pela esfera vale
d) –1/2 e –1/2. 90% da anterior.
16) Considerando que a força de atrito com o ar é diretamente pro-
(UFU/MG-2018.2) - ALTERNATIVA: D porcional à velocidade da esfera, essa força terá seu valor máximo
Considere duas situações em que dois pêndulos (A e B) de mesmo no ponto mais baixo da trajetória.
comprimento oscilam livremente em um cenário isento de resistên-
cia do ar. A esfera A tem o mesmo volume que a B, todavia, por (IF/PE-2018.2) - ALTERNATIVA: D
serem de materiais diferentes, a densidade de A é um terço da de Considere uma massa (m) pendurada por uma mola inextensível
B. Ambas são soltas da mesma altura e do repouso para iniciarem com constante elástica (k), em um local de gravidade g e forças
a oscilação. dissipativas nulas.

Com base na situação descrita, são feitas algumas afirmações.


I. O período de oscilação de A é igual ao de B.
II. A velocidade com que B passa pelo ponto mais baixo da
trajetória é três vezes maior do que a velocidade com
que A passa pelo mesmo ponto. É CORRETO afirmar que
III. A aceleração com que B passa pelo ponto mais baixo a) quanto maior for (g), menor a frequência de oscilação.
da trajetória é maior do que a de A nesse mesmo ponto. b) quanto maior for (m), maior a frequência de oscilação.
c) quanto maior for (k), maior o período de oscilação.
Em relação às afirmações acima, marque V para as verdadeiras e F *d) quanto maior for (m), maior o período de oscilação.
para as falsas e assinale a alternativa correta. e) quanto menor for (g), menor o período de oscilação.
a) I – F; II – V; III – F.
b) I – V; II – F; III – V.
(UEM/PR-2018.2) - RESPOSTA: SOMA = 24 (08+16)
c) I – F, II – V; III – V.
Um bloco A de massa m está preso a uma mola de constante elás-
*d) I – V; II – F; III – F. tica k sobre um trilho horizontal sem atrito. A outra extremidade da
mola está fixa, de modo que o bloco pode oscilar em torno de sua
(UEPG/PR-2018.2) - RESPOSTA: SOMA = 24 posição de equilíbrio x = 0. Em um trilho paralelo foi montado um
Uma massa de 100 g está conectada a duas molas ideais, uma à sistema análogo, em que um bloco B pode oscilar, em torno de x = 0,
sua direita e outra à esquerda. Inicialmente, nenhuma mola está dis- de modo independente do primeiro. O bloco B tem massa 2 m e está
tendida e cada uma é paralela ao eixo horizontal. A massa é deslo- preso a uma mola de constante elástica 2 k. Inicialmente, os dois
cada horizontalmente em 10 cm a partir do ponto de equilíbrio e dei- blocos estão em repouso: o bloco A em x = c e o bloco B em
xada oscilar. Considerando que a constante elástica de cada mola x = 2c, com c > 0. O valor de c não deve ser muito grande a ponto
é 2 ×103 N/m e desprezando efeitos dissipativos, assinale o que for de ultrapassar o limite elástico das molas. Os dois blocos são soltos
correto. Adote p = 3. simultaneamente em t = 0. Considere que a, T, E e v referem-se, res-
01) A amplitude da oscilação é 20 cm. pectivamente, ao módulo da aceleração, ao período de oscilação, à
02) Para um deslocamento de 10 cm em relação à origem, a força energia total (cinética mais potencial) e ao módulo da velocidade dos
total sobre a massa é nula. blocos. Sobre esse sistema, assinale o que for correto.
04) O sistema oscila com uma frequência de 100 Hz. 01) Imediatamente após serem soltos, aA = 4aB.
08) A frequência angular do sistema é 200 rad/s. 02) O bloco B passa por x = 0 antes que o bloco A passe.
16) A energia potencial máxima do sistema é 20 J.
04) TA = √ cTB .
08) EB = 8EA.
(UEM/PR-2018.2) - RESPOSTA OFICIAL: SOMA = 06 (02+04)
16) Em x = c / 2, vB = √5 vA .
Em um mesmo ambiente sem atrito, encontram-se dois pêndulos
simples. O primeiro é composto por um corpo de massa 200 g fixo
em uma das extremidades de um fio de comprimento 0,5 m. A outra
extremidade desse fio está fixa no ponto P, e o pêndulo oscila entre
os pontos A e B. O segundo pêndulo é composto por um objeto de
massa 200 g fixo em uma das extremidades de um fio de compri-
mento 1 m. A outra extremidade desse fio está fixa no ponto Q, e o
pêndulo oscila entre os pontos C e D. Considere que o ângulo AP̂B
mede 5º e o ângulo CQ̂D mede 10º. Assinale o que for correto.
01) O período do segundo pêndulo é o dobro do período do primeiro.
02) Após 9 oscilações completas, o corpo do segundo pêndulo per-
correu uma distância maior que p / 2 m.
04) Os triângulos APB e CQD não são semelhantes.
08) A área do setor circular APB é a metade da área do setor circular
CQD.
16) O triângulo CQD é equilátero.
japizzirani@gmail.com 4
ONDULATÓRIA (IME/RJ-2018.1) - ALTERN ATIVA: E
Considere uma corda pendurada no teto de uma sala. O intervalo de
introdução à ondulatória tempo para um pulso ondulatório percorrer toda a corda é dado por:
Dados:
• comprimento da corda: L ;
VESTIBULARES 2018.1 • densidade linear da corda: m ; e
• aceleração da gravidade: g .

(SENAI/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: B
L 2 L
Considerando o espectro eletromagnético, analise as afirmativas a) d)
que seguem. 2g 3 g

I. Em viagens de avião, é solicitado o desligamento dos celulares,


uma vez que podem interferir nas comunicações via rádio dos pilo- 2L L
b) *e) 2
tos com a torre de controle. g g
II. Com o objetivo de se bronzear, uma garota colocou um biquíni,
acendeu a luz do quarto, deitou-se exatamente em baixo da lâmpa- 2L
da incandescente e obteve a coloração mais escura da pele. c)
3g
III. Uma rádio pirata consegue transmissão em uma estação de rádio
devido à semelhança dos comprimentos de ondas das radiações
OBS.: A resolução envolve cálculo integral pois a força de tração na
emitidas.
corda é variável.
IV. Fogões a gás, máquinas fotográficas e radiação solar são exem-
plos do dia a dia em que se pode encontrar radiações eletromag-
néticas. (UDESC-2018.1) - ALTERNATIVA: E
Analise as proposições com relação às ondas eletromagnéticas e
São verdadeiras, apenas, as afirmativas
às ondas sonoras.
a) I e II.
*b) I e III. I. As ondas eletromagnéticas podem se propagar no vácuo e as
c) II e III. ondas sonoras necessitam de um meio material para se pro-
d) II e IV. pagar.
e) III e IV. II. As ondas eletromagnéticas são ondas transversais e as ondas
sonoras são ondas longitudinais.
(UNIFENAS/MG-2018.1 - MODIFICADO) - ALTERNATIVA: A III. Ondas eletromagnéticas correspondem a oscilações de cam-
Sobre ondas eletromagnéticas, assinale (V) para verdadeiro e (F) pos elétricos e de campos magnéticos perpendiculares entre
para falso, si, enquanto as ondas sonoras correspondem a oscilações das
I) Toda onda eletromagnética é transversal. partículas do meio material pelo qual as ondas sonoras se pro-
pagam.
II) Todas as frequências de ondas do visível percorrem o vácuo, com
velocidade de, aproximadamente, 3.108 m/s. IV. As ondas eletromagnéticas sempre se propagam com veloci-
dades menores do que as ondas sonoras.
III) São exemplos de ondas eletromagnéticas: raio X, raio gama, mi-
croondas, som e infravermelho. V. As ondas eletromagnéticas, correspondentes à visão humana,
estão na faixa de frequências de 20 Hz a 20 000 Hz, aproxi-
*a) V, V e F. d) V, V e F. madamente, e as ondas sonoras, correspondentes à região
b) F, V e F. e) V, V e V. da audição humana, estão na faixa de frequência 420 THz a
c) V, F e F. 750 THz, aproximadamente.
Assinale a alternativa correta.
(VUNESP-StaCASA/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: A a) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.
A figura representa uma corda por onde uma onda se propaga no b) Somente as afirmativas III, IV e V são verdadeiras.
sentido indicado.
c) Somente as afirmativas II, IV e V são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas I, III e V são verdadeiras.
*e) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.

(UEPG/PR-2018.1) - RESPOSTA: SOMA = 07 (01+02+04)


No dia a dia, existem vários sistemas e aparelhos que se baseiam
nas propriedades das ondas sonoras. Sobre o assunto, assinale o
que for correto.
01) O aparelho de ultrassom é um exemplo da aplicação de ondas
sonoras na medicina.
Considerando os pontos A, B e C indicados, as setas que represen- 02) Os sonares presentes nos submarinos utilizam ondas sonoras
→ → →
tam, fora de escala, as velocidades vetoriais vA , vB e vC desses para a localização de obstáculos.
pontos, estão correta e respectivamente desenhadas em 04) O sistema de ecolocalização, utilizado pelos morcegos, baseia-
se em ondas sonoras.
*a)
08) O forno de micro-ondas utiliza ondas sonoras no aquecimento
de alimentos.
b)
(UEPG/PR-2018.1) - RESPOSTA: SOMA = 03 (01+02)
Analisando os fenômenos ondulatórios abaixo, assinale o que for
c) correto.
I- Propagação em uma mola helicoidal.
II- Propagação do som no ar.
d) III- Propagação da luz.

01) II não pode ser polarizada.


02) III pode se propagar no vácuo.
e) 04) II não é uma onda mecânica.
08) II e III são ondas eletromagnéticas.
japizzirani@gmail.com 5
(VUNESP-UEA/AM-2018.1) - ALTERNATIVA: C VESTIBULARES 2018.2
De acordo com as características das ondas sonoras, é correto afir-
mar que o som pode
a) ser polarizado. (SENAI/SP-2018.2) - ALTERNATIVA: C
b) se propagar no vácuo. O trecho abaixo se refere à questão 57.
*c) ter velocidade constante. Os raios gama são um dos tipos de radiação emitida pelos núcleos
d) se propagar unidimensionalmente. dos átomos de alguns elementos naturais e artificiais. É uma ra-
e) ser uma exemplificação de ondas transversais. diação eletromagnética com um comprimento de onda extraordina-
riamente curto e que, por isso, possui uma enorme capacidade de
penetração.
(VUNESP-UEFS/BA-2018.1) - ALTERNATIVA: B
A respeito de ondas mecânicas e eletromagnéticas, é correto afirmar Fonte: adaptado de: Disponível em: <http://www.fisica.net/problemasresolvidos/
fisicamoderna/ufrgs-2012.php>. Acesso em: 14 jul. 2016.
que
a) ambas se propagam mais rapidamente na água do que no ar. QUESTÃO 57
*b) ambas podem sofrer os fenômenos da reflexão, refração e in- A seguir estão listadas algumas aplicações para radiações eletro-
terferência. magnéticas com diferentes comprimentos de onda.
c) as mecânicas podem ser vistas pelos seres humanos e as eletro-
I. Tratamentos radioterápicos.
magnéticas, não.
d) as mecânicas se propagam apenas pela matéria orgânica e as II. Telefonia móvel.
eletromagnéticas pela matéria orgânica e inorgânica. III. Fornos de micro-ondas.
e) as eletromagnéticas são nocivas aos seres humanos e as mecâ-
nicas, não. IV. Descontaminação de alimentos.
V. Esterilização de equipamentos médicos.

A radiação de que trata o texto é utilizada apenas em


a) I, II e III.
b) I, III e IV.
*c) I, IV e V.
d) II, III e IV.
e) III, IV e IV.

(PUC/PR-2018.2) - ALTERNATIVA: E
Algumas espécies de cobras, como por exemplo as cascavéis, pos-
suem receptores de radiação infravermelha, do tipo que é emitida
por animais de sangue quente, como aves e mamíferos. Essa detec-
ção é feita pelas fossetas loreais, órgãos localizados próximos aos
olhos dessas cobras. Com este sentido, as cascavéis obtêm uma
imagem térmica de possíveis presas e do ambiente ao redor, mesmo
quando a iluminação é escassa. Quando se propaga no vácuo, a
radiação infravermelha possui, quando em comparação à luz visível
aos olhos humanos,
a) maior frequência e maior velocidade de propagação.
b) menor comprimento de onda igual velocidade de propagação.
c) menor frequência e menor velocidade de propagação.
d) mesmo comprimento de onda e menor velocidade de propagação.
*e) maior comprimento de onda e igual velocidade de propagação.

(UEG/GO-2018.2) - ALTERNATIVA: D
A frequência da voz humana pode variar de 150 Hz a 250 Hz, sendo
geralmente a frequência mais baixa atribuída à voz masculina e a
mais alta à voz feminina. Qual é a relação entre o maior e o menor
comprimento de onda da voz humana?
a) 0,60 *d) 1,67
b) 0,97 e) 2,00
c) 1,34

(UDESC-2018.2) - ALTERNATIVA: D
Considere as proposições sobre uma onda eletromagnética.
I. É uma oscilação de um campo elétrico perpendicular a uma
oscilação do campo magnético que se propaga em uma direção
mutuamente perpendicular a ambos os campos.
II. Propaga-se pelo vácuo com uma velocidade constante.
III. A radiação de micro-ondas não é um exemplo de onda eletro-
magnética.
IV. As ondas sonoras são exemplos de onda eletromagnética.
V. Quando uma radiação eletromagnética é transmitida de um
meio para outro, altera-se sua velocidade e seu comprimento
de onda.
Assinale a afirmativa correta.
a) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.
*d) Somente as afirmativas I, II e V são verdadeiras.
e) Somente as afirmativas II, III e V são verdadeiras.
japizzirani@gmail.com 6
(SENAI/SP-2018.2) - ALTERNATIVA: A
Embora não possam ser vistas, sabe-se que as ondas eletromag-
néticas estão presentes no cotidiano das pessoas. ____ são alguns
equipamentos de uso comum na maioria das casas e exemplificam
aplicações tecnológicas para essas radiações.
Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna do texto.
*a) Rádios, televisores e fornos de micro-ondas.
b) Notebooks, geladeiras comuns e telefones fixos.
c) Celulares, televisores e motores de automóveis.
d) Fornos elétricos, fornos de micro-ondas e celulares.
e) Liquidificadores, notebooks e rádios.

(UNIGRANRIO/RJ-2018.2) - ALTERNATIVA OFICIAL: D


Leia as afirmações:
I. Uma onda transporta energia sem transportar matéria.
II. As ondas sonoras são perturbações que podem se propa-
gar no vácuo.
III. A propagação de ondas eletromagnéticas não depende do
meio em que estas se encontram, podendo propagar-se no
vácuo e em determinados meios materiais.
IV. Uma onda é longitudinal quando sua direção de propagação
é perpendicular à direção de vibração
Das afirmações acima, são verdadeiras:
a) somente I e II
b) somente II e III
c) somente III e IV
*d) somente I e III
e) todas

(UNIVESP-2018.2) - ALTERNATIVA: B
O diapasão, instrumento metálico utilizado para auxiliar na afinação
de instrumentos musicais e vozes, é também empregado em me-
dicina na avaliação da sensibilidade de pacientes com disfunções
neurológicas.

(https://www.3bscientific.com.br/diapasao-de-440-hz-sobre
-caixa-de-ressonancia-1002613-u10121,p_437_675.html)
Ao ser golpeado pelo martelo, o diapasão emite ondas sonoras ditas
a) longitudinais, uma vez que as moléculas do ar vibram perpendicu-
larmente à direção do movimento da onda.
*b) longitudinais, uma vez que as moléculas do ar vibram paralela-
mente à direção do movimento da onda.
c) transversais, uma vez que as moléculas do ar vibram perpendicu-
larmente à direção do movimento da onda.
d) transversais, uma vez que as moléculas do ar vibram paralela-
mente à direção do movimento da onda.
e) transversais ou longitudinais, uma vez que as moléculas do ar
vibram perpendicularmente à direção do movimento da onda.

(UEM/PR-2018.2) - RESPOSTA: SOMA = 12 (04+08)


Um fio de nylon, cuja extremidade esquerda está fixa em um suporte,
passa por uma roldana de massa desprezível à direita e está amar-
rado a um bloco de massa M que está pendurado, proporcionando
uma tensão no fio. A parte horizontal do fio, entre a extremidade fixa
e o ponto em que toca a roldana, tem comprimento l e massa m, com
m << M. Nesse experimento, em que as variáveis são representadas
pelo conjunto A = {M,l ,m}, um pulso ondulatório se propaga na parte
horizontal do fio com velocidade, em módulo, igual a v. Se o expe-
rimento for realizado com novas variáveis, representadas pelo con-
junto A’ = {M‘,l‘, m’}, o módulo da velocidade do pulso passa a ser
igual a v‘. Sobre esse sistema, assinale o que for correto.
01) Se A’ = {M,l,2m}, v‘ = v/2.
02) Se A’ = {9M,l ,m}, v‘ = 3√ 3v.
04) Se A’ = {9M,l ,2m}, v‘ = (3√ 2/2) v.
08) Se A’ = {9M,l ,9m}, v‘ = v.
16) Se A’ = {M,2l ,m}, v‘ = v.
japizzirani@gmail.com 7
ONDULATÓRIA (UNIFENAS/MG-2018.1) - ALTERNATIVA: A
Sobre ondas eletromagnéticas, assinale (V) para verdadeiro e (F)
equação fundamental da ondulatória para falso,
I) Toda onda eletromagnética é transversal.
VESTIBULARES 2018.1 II) Todas as frequências de ondas do visível percorrem o vácuo, com
velocidade de, aproximadamente, 3.108 m/s.
III) São exemplos de ondas eletromagnéticas: raio X, raio gama, mi-
(PUC/RJ-2018.1) - ALTERNATIVA: B
croondas, som e infravermelho.
A figura mostra a oscilação em uma corda em um dado instante de
tempo. A velocidade de propagação da onda é 0,400 m/s. IV) As ondas de rádiodifusão são as ondas eletromagnéticas, que
possuem as frequências menores, porém, as de maiores compri-
mentos de onda.
*a) V, V, F e V. d) V, V, F e F.
b) F, V, F e V. e) V, V, V e F.
c) V, F, F e V.

(UFAL-2018.1) - ALTERNATIVA: D
O exame de ultrassonografia, também chamado de ecografia, utiliza
ondas sonoras de alta frequência para produzir imagens do interior
do corpo, sem o uso de radiação ionizante (raios-X). Como as ima-
gens são adquiridas em “tempo real”, podem mostrar além das ca-
racterísticas morfológicas das estruturas, o movimento dos órgãos
internos do corpo e o sangue correndo através dos vasos. É am-
O período dessa onda, em milisegundos (ms), é
plamente utilizada na avaliação da gestação, do abdome, da pelve
a) 30,0.
masculina e feminina, de músculos e tendões, do encéfalo de bebês,
*b) 62,5.
no estudo das glândulas salivares, da tireoide e outras estruturas do
c) 12,5.
pescoço, do coração etc..
d) 25,0.
e) 31,3. Disponível em: <http://www.sonitec.com.br/exames-e-procedimentos/ultras-
sonografia.html>. Acesso em: 20 ago. 2017.

(PUC/RJ-2018.1) - ALTERNATIVA: A Durante um exame de ultrassonografia, ao avaliarmos as ondas


Uma onda progressiva senoidal, propagando-se em uma corda, tem sonoras (geradas por uma fonte emissora) que se propagam num
um comprimento de onda de 2,0 m e uma frequência de 20 Hz. Cal- determinado ambiente, é correto afirmar que o comprimento de onda
cule, em m/s, a velocidade de propagação dessa onda. ultrassônico nesse meio é dado pela
*a) 40 d) 2,0 a) razão entre a velocidade do som no meio e o período da onda.
b) 20 e) 0,10 b) multiplicação entre amplitude das ondas e a velocidade do som
c) 10 no meio.
c) razão entre a frequência da fonte emissora e a velocidade do som
no meio.
(FGV/RJ-2018.1) - ALTERNATIVA: B *d) razão entre a velocidade do som no meio e a frequência da fonte
A figura representa os campos elétrico (E) e magnético (B), em certo emissora.
instante, de uma onda eletromagnética propagando-se no vácuo na e) multiplicação entre a velocidade do som no meio e a frequência
direção y. As posições y = 2,5 × 10–6 m e y = 8,5 × 10–6 m estão da fonte emissora.
indicadas na figura.
(VUNESP/UNICID-2018.1) - ALTERNATIVA: D
Uma das utilizações do sonar em embarcações é o mapeamento do
fundo do mar. Para isso, ondas sonoras são emitidas para o fundo
do oceano e as ondas refletidas são captadas. A partir do intervalo
de tempo entre a emissão e a captação das ondas refletidas, a pro-
fundidade local é determinada.

Essa radiação tem frequência igual a


a) 4,0 × 102 Hz.
*b) 2,5 × 1013 Hz. Considere:
c) 0,5 × 1013 Hz. Velocidade da luz no vácuo = 3 × 108 m/s
d) 5,0 × 107 Hz.
e) 3,0 × 102 Hz.

www.raymarine.com
(PUC-CAMPINAS/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: E
O som do rádio chega até nós codificado nas ondas eletromagné- Considere que em um mapeamento realizado por um sonar as on-
ticas emitidas pelas antenas das emissoras. Sabendo que 1 MHz das emitidas tenham frequência igual a 3,0 × 105 Hz, que essas on-
é igual a 106 Hz e considerando a velocidade de propagação das das se propaguem na água do mar com comprimento de onda igual
ondas eletromagnéticas no ar igual a 3,0 × 108 m/s, o comprimento a 5,0 × 10–3 m e velocidade constante e que o tempo decorrido entre
de onda e o período das ondas emitidas por uma emissora de rádio a emissão e a recepção dessas ondas seja 8,0 s. A profundidade do
que opera com frequência de 100 MHz são, respectivamente, mar na região em que esse sonar se encontra é igual a
a) 1,0 m e 1,0 × 10−8 s. a) 3,7 × 103 m.
b) 1,0 m e 3,0 × 10−8 s. b) 1,9 × 102 m.
c) 3,0 m e 1,0 × 10−6 s. c) 1,0 × 104 m.
d) 3,0 m e 3,0 × 10−6 s. *d) 6,0 × 103 m.
*e) 3,0 m e 1,0 × 10−8 s. e) 4,5 × 103 m.
japizzirani@gmail.com 8
(UNIFOR/CE-2018.1) - ALTERNATIVA: C (PUC/GO-2018.1) - ALTERNATIVA: C
A figura a seguir representa um trecho de uma onda que se propaga No Texto 1, tem-se a passagem “Que aurora de porvir e que ma-
a uma velocidade de 150 m/s. nhã!”. A aurora boreal ou a austral são fenômenos óticos em que elé-
trons em alta velocidade, provenientes de ventos solares, colidem-
se com átomos ou moléculas na atmosfera terrestre e são excitados,
emitindo, além da luz visível, radiações infravermelha, ultravioleta e
de Raios X. Radiações eletromagnéticas de qualquer frequência se
propagam no espaço com a mesma rapidez que a luz, aproximada-
mente 3 × 108 m/s.
Considere que, durante um fenômeno de aurora boreal, o compri-
mento de onda da luz verde observada seja de 5 × 10–7 m. Qual é
a frequência, em Hz, dessa radiação? Assinale a resposta correta:
a) 1,5 × 10.
b) 8 × 103.
*c) 6 × 1014.
Com relação a essa figura, qual item representa corretamente a am-
d) 1,7 × 1015.
plitude (A), o comprimento de onda ( l ) e o período (T) ?
a) A = 1,1 cm; l = 2 cm e T = 1·10–4 s
(MACKENZIE/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: D
b) A = 1,1 cm; l = 2 cm e T = 2·10–4 s Uma estação de rádio tem uma frequência de sintonização de
*c) A = 1,1 cm; l = 3 cm e T = 2·10–4 s 1 000 kHz. Sabendo que a velocidade da luz no meio de propagação
d) A = 2,2 cm; l = 1 cm e T = 1·10–4 s é 3,00 ×105 km/s, o comprimento de onda desta estação de rádio
neste meio é
e) A = 2,2 cm; l = 2 cm e T = 1·10–4 s
a) 0,30 cm.
b) 0,30 m.
(UFLA/MG-2018.1) - ALTERNATIVA: D
c) 3,00 m.
Em 1865 o físico James Clerk Maxwell descobriu que a frequência, f,
que indica a cor da luz multiplicada pelo seu comprimento da onda, *d) 300 m.
l, mantêm uma relação constante conhecida como a velocidade da e) 300 km.
luz. Em equações, sua descoberta pode ser escrita como l* f = c.
Ao pôr do sol, as frequências visíveis que formam a luz solar podem (VUNESP-FMJ/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: B
ser analisadas da seguinte maneira: as frequências mais altas são Uma onda transversal propaga-se, com velocidade constante, para
espalhadas principalmente pelo nitrogênio e oxigênio da atmosfera direita, por uma corda elástica tracionada. Na figura, a linha contínua
terrestre e as frequências mais baixas são espalhadas em uma pro- representa a corda em um instante t 1 e alinha pontilhada, em um
porção de 10 vezes menor que as frequências altas. instante t 2 , tal que t 2 – t 1 é menor do que o período de oscilação dos
A alternativa que apresenta a afirmação CORRETA é: pontos da corda.
a) As frequências baixas e comprimentos de onda maiores são as
mais espalhadas.
b) As frequências baixas e comprimentos de onda menores são as
mais espalhadas.
c) As frequências baixas e comprim·entos de onda menores são as
menos espalhadas.
*d) As frequências baixas e comprimentos de onda maiores são as
menos espalhadas.

(VUNESP-StaCASA/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: A
No mar, quando a amplitude das ondas aumenta, elas perdem seu
formato senoidal, suas cristas tornam-se pontudas e seus vales ad-
quirem forma de calha. Quando a amplitude cresce muito, as ondas
quebram. Avalia-se, empiricamente, que a onda se quebra quando
1
sua altura (h) atinge do comprimento de onda (λ). Considerando as medidas indicadas na figura, a frequência de osci-
7
(Alberto Gaspar. Física, 2000. Adaptado.) lação dos pontos da corda é igual a
A velocidade de propagação de uma onda no mar pode, com boa L L–D
aproximação, ser calculada pela expressão v = g·d , em que g é a) d)
(t 2 – t 1) · D (t 2 – t 1) · L
a aceleração da gravidade e d é a profundidade do mar no local da
propagação.
D 2·L
Considere que, em uma região onde a profundidade do mar é de *b) e)
(t 2 – t 1) · L (t 2 – t 1) · D
4,9 m, as ondas se quebrem quando sua altura atinge 2 m, conforme
a figura.
D
c)
2 · (t 2 – t 1) · L

(UNISINOS/RS-2018.1) - ALTERNATIVA: A
Um cão consegue captar em seu sistema auditivo uma onda sonora
cuja frequência é de 70 kHz e comprimento de onda λ C , enquanto
que um morcego emite e recebe ondas sonoras de alta frequência,
por exemplo, de 140 kHz e comprimento de onda λ M . Supondo-se
que ambas as ondas sonoras propaguem-se no ar com a mesma
velocidade, pode-se concluir que a relação entre os comprimentos
Adotando g = 10 m/s2, a frequência com que as ondas estão oscilan- de onda λ M e λ C é dada pela expressão
do, nessa região, é de
*a) λ M = 0,5 λ C
*a) 0,5 Hz.
b) 2,0 Hz. b) λ M = 1,0 λ C
c) 1,5 Hz. c) λ M = 2,0 λ C
d) 2,5 Hz. d) λ M = 4,0 λ C
e) 1,0 Hz. e) λ M = 8,0 λ C
japizzirani@gmail.com 9
(MACKENZIE/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: D (UECE-2018.1) - ALTERNATIVA: B
Um forno microondas possui um magnetron, gerador de ondas ele- Luz infravermelha com comprimentos de onda entre 780 e 1 400 nm
tromagnéticas, cujo comprimento de onda é de 12,0 cm. Sabendo tem maior penetração na pele, podendo superar 4 mm de profundi-
que a velocidade da luz no meio de propagação é 3,00 ·105 km/s, a dade. Essa característica é bem útil em aplicações em que o calor é
frequência emitida por este gerador é utilizado no tratamento de lesões musculares localizadas. Para essa
a) 0,25 ·108 Hz. faixa do espectro eletromagnético, as frequências, em Tera Hertz,
ficam localizadas aproximadamente entre
b) 3,60 ·108 Hz.
a) 780 e 1.400.
c) 4,00 ·108 Hz.
*b) 380 e 210.
d) 0,25 ·1010 Hz.
c) 780 × 3 ×108 e 1 400 × 3 ×108.
e) 4,00 ·1010 Hz.
d) 380 × 3 ×108 e 210 × 3 ×108.

(FPS/PE-2018.1) - ALTERNATIVA: B
Suponha que uma onda se propaga em um meio linear homogêneo, (UTFPR-2018.1) - ALTERNATIVA: C
com velocidade constante de 400 m/s. Determine o período desta Assinale a alternativa correta.
onda sabendo que o comprimento de onda associado a ela é de Uma onda sonora de frequência 1 000 Hz, propagando-se no ar com
10 cm. Dê sua resposta em segundos. velocidade de 340 m/s, tem um comprimento de onda, em centíme-
tros, igual a:
a) 3,0 × 10 – 4 s
a) 17.
*b) 2,5 × 10 – 4 s
b) 68.
c) 2,0 × 10 – 4 s
*c) 34.
d) 1,5 × 10 – 4 s
d) 1,7.105.
e) 1,0 × 10 – 4 s
e) 3.4.105.

(UERJ-2018.1) - RESPOSTA: ondas de rádio (l = 1,0×102 m)


(UCB/DF-2018.1) - ALTERNATIVA: C
Em uma antena de transmissão, elétrons vibram a uma frequência
Equipamentos médicos de ultrassom funcionam utilizando como
de 3 ×106 Hz. Essa taxa produz uma combinação de campos elétri-
base o princípio físico do tempo de eco para calcular distâncias
cos e magnéticos variáveis que se propagam como ondas à veloci-
dentro do corpo. Calcule a profundidade em que se encontra um
dade da luz. No diagrama abaixo, estão relacionados tipos de onda
cisto cujo tempo de eco para uma onda com 2,0 MHz e comprimento
e seus respectivos comprimentos.
0,75 mm no tecido mole humano foi de 60 m s.
a) 9,0 cm
b) 18 cm
*c) 4,5 cm
d) 3,0 cm
e) 1,5 cm

(VUNESP-FAMERP/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: D
A tabela mostra a classificação das ondas eletromagnéticas em fun-
ção das suas frequências.

Região do espectro Faixa de


eletromagnético frequência (Hz)
Ondas de rádio < 3,0 × 109
Micro-ondas 3,0 × 109 a 3,0 × 1012
Infravermelho 3,0 × 1012 a 4,3 × 1014
Visível 4,3 × 1014 a 7,5 × 1014
Ultravioleta 7,5 × 1014 a 3,0 × 1017
Raios X 3,0 × 1017 a 3,0 × 1019
Com base nessas informações, identifique o tipo de onda que está
sendo transmitida pela antena na frequência mencionada, justifican- Raios gama > 3,0 × 1019
do sua resposta a partir dos cálculos. (www.if.ufrgs.br. Adaptado.)
Dado: Velocidade da luz = 3,0 × 108 m/s.
Considere que as ondas eletromagnéticas se propagam pelo ar com
velocidade 3,0 × 108 m/s aproximadamente e que um radar emite
(UFJF/MG-2018.1) - ALTERNATIVA: E
ondas eletromagnéticas de comprimento 2,0 cm.
Em um futuro distante, Ana fica perdida no meio de uma galáxia
As ondas emitidas por esse radar são
desconhecida e o sistema de comunicação de sua nave espacial
a) infravermelho.
para de funcionar. Ela então decide gerar ondas de rádio através da
construção de um circuito de corrente alternada, na esperança de b) ultravioleta.
que alguém da vizinhança capte essas ondas e venha socorrê-la. O c) raios X.
circuito é capaz de emitir ondas de 5 kHz. *d) micro-ondas.
Sobre as ondas emitidas pelo circuito de Ana, é possível afirmar que e) ondas de rádio.
a) O comprimento de onda da radiação gerada pelo circuito é de
6 km. (UNITAU/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: A
b) ninguém irá receber o sinal gerado pelo circuito, pois Ana está Uma onda sonora é emitida por um alto-falante de um parque de di-
numa nave no espaço, onde as ondas de rádio não se propagam. versão, com frequência de 680 hertz. Admitindo que a velocidade do
c) não há geração de ondas de rádio por esse circuito, pois é neces- som no ar é de 340 metros por segundo, é CORRETO afirmar que o
sário que haja emissão de luz para se produzir radiação. comprimento, em metros, dessa onda sonora é de
*a) 0,5
d) se Ana mudar o circuito para utilizar uma frequência maior, o seu b) 5,0
sinal de rádio viajará com uma velocidade maior no espaço. c) 1,9
*e) uma estação espacial situada a uma distância de 300 km recebe- d) 9,1
rá o sinal um milissegundo depois que Ana ligar o circuito. e) 2,0
japizzirani@gmail.com 10
VESTIBULARES 2018.2 (PUC/PR-2018.2) - ALTERNATIVA: E
Algumas espécies de cobras, como por exemplo as cascavéis, pos-
suem receptores de radiação infravermelha, do tipo que é emitida
(SENAI/SP-2018.2) - ALTERNATIVA: E por animais de sangue quente, como aves e mamíferos. Essa detec-
As figuras a seguir apresentam duas ondas sonoras em uma mesma ção é feita pelas fossetas loreais, órgãos localizados próximos aos
região do ar. olhos dessas cobras. Com este sentido, as cascavéis obtêm uma
imagem térmica de possíveis presas e do ambiente ao redor, mesmo
quando a iluminação é escassa. Quando se propaga no vácuo, a
radiação infravermelha possui, quando em comparação à luz visível
aos olhos humanos,
a) maior frequência e maior velocidade de propagação.
b) menor comprimento de onda igual velocidade de propagação.
c) menor frequência e menor velocidade de propagação.
d) mesmo comprimento de onda e menor velocidade de propagação.
*e) maior comprimento de onda e igual velocidade de propagação.

As partes mais escuras indicam as regiões de maior pressão do ar (UNIFENAS/MG-2018.2) - ALTERNATIVA: C


e as mais claras, regiões de menor pressão. Sobre as duas ondas, Complete as lacunas.
está correto afirmar que possuem Sabe-se que a cegueira das neves é uma doença do olho causada
a) o mesmo comprimento de onda e frequências diferentes. pela onda eletromagnética ultravioleta. Quando comparada à radia-
b) a mesma frequência e o mesmo comprimento de onda. ção de micro-ondas, aquela terá _________ frequência, __________
c) o mesmo comprimento de onda e velocidades diferentes. comprimento de onda e _________ energia.
d) a mesma frequência e velocidades diferentes. a) menor, menor e maior.
*e) a mesma velocidade e comprimentos de onda diferentes. b) maior, maior e maior.
*c) maior, menor e maior.
(UNFOR/CE-2018.2) - ALTERNATIVA: C d) maior, menor e menor.
“A radiação eletromagnética é uma das várias maneiras pelas quais e) menor, maior e maior.
a energia viaja no espaço. O calor de uma fogueira, a luz do Sol, os
raios X usados por seu médico, as ondas de radio, a luz ultavioleta
e também a energia usada para aquecer alimentos em um micro-on- (VUNESP-USCS/SP-2018.2) - ALTERNATIVA: C
das são, todas, formas de radiação eletromagnética. Embora essas A figura representa a onda gerada por uma lâmina vibrante (F) pro-
formas de energia pareçam ser muito diferentes umas das outras, pagando-se por uma mola em cinco instantes sucessivos, represen-
elas estão relacionadas, uma vez que todas elas exibem proprieda- tados pelas imagens de I a V. No intervalo de tempo correspondente
des de ondas”. a essas cinco imagens, o ponto P, indicado na figura, realizou uma
“Electromagnetic Radiation” - Davis ChemWiki oscilação completa.

Todas possuem cararacteristicas por seu comprimento de onda ( λ )


e por sua freqüência ( f).
Quando essas radiações propagam-se no vácuo, todas apresentam
o mesmo valor para:
a) λ
b) f.
*c) v = λ∙f
d) λ /f
e) 2 λ /f

(VUNESP-UEFS/BA-2018.2) - ALTERNATIVA: D
O espectro sonoro mostra o intervalo de frequências das ondas so-
noras audíveis pelos seres humanos. O aparelho auditivo humano
consegue perceber ondas sonoras com frequências compreendidas
entre 20 Hz e 20 000 Hz.

Frequências fora desse intervalo podem ser percebidas por outros


animais, como os elefantes, que também podem ouvir frequências
abaixo de 20 Hz, e os golfinhos e morcegos, que podem ouvir frequ-
ências acima de 20 000 Hz. Considerando que as ondas sonoras se
propaguem pelo ar com velocidade de 340 m/s, pode-se afirmar que
a) ondas sonoras com comprimento de onda de 1,2 m podem ser (http://fisicacontextoaplicacoes.blogspot.com.br. Adaptado.)
ouvidas apenas por morcegos e golfinhos.
b) seres humanos podem ouvir ondas sonoras com comprimento de Sabendo que o intervalo de tempo decorrido entre a configuração
onda de 1 cm. indicada pela figura I e a indicada pela figura V foi de 1,2 s, a veloci-
c) elefantes não podem ouvir ondas sonoras com comprimento de dade de propagação dessa onda na mola é de
onda de 10 m. a) 1,0 m/s.
*d) ondas sonoras com comprimento de onda de 14 mm podem ser b) 1,2 m/s.
ouvidas por golfinhos e morcegos. *c) 1,5 m/s.
e) ondas sonoras com comprimentos de ondas entre 17 mm e 17 m d) 0,8 m/s.
só podem ser ouvidas por seres humanos. e) 0,6 m/s.
japizzirani@gmail.com 11
(UVV/ES-2018.2) - ALTERNATIVA: C
Por espectro eletromagnético, compreende-se o intervalo da radia-
ção eletromagnética que contém as ondas de rádio, as micro-ondas,
o infravermelho, os raios x, a radiação gama, os raios ultravioletas e
a luz visível ao olho humano.
Sobre as características físicas desses tipos de ondas eletromagné-
ticas, é correto afirmar que
a) as ondas sísmicas possuem um comprimento de onda menor que
os raios ultravioletas.
b) o comprimento de onda dos raios ultravioletas é maior que os dos
raios infravermelhos.
*c) a frequência dos raios gama é maior que a dos raios infraver-
melhos.
d) a frequência da luz azul é maior que a frequência dos raios x.
e) a frequência das ondas de rádio é maior que a dos raios gama.

(MACKENZIE/SP-2018.2) - ALTERNATIVA: C
Um feixe de luz apresenta um comprimento de onda igual a 400 nm
quando se propaga no vácuo. Ao incidir em um determinado meio
X, sua velocidade passa a ser 40% menor que a velocidade de pro-
pagação da luz no vácuo. O índice de refração desse meio X e o
comprimento de onda do feixe no meio X são, respectivamente,
Dado: velocidade da luz no vácuo igual a 3,0 ×108 m/s.
a) 4/3 ; 240 nm d) 5/3 ; 300 nm
b) 4/3 ; 300 nm e) 3/2 ; 300 nm
*c) 5/3 ; 240 nm

(ACAFE/SC-2018.2) - ALTERNATIVA: A
Muitos alarmes hoje em dia utilizam sensores de presença para seu
acionamento. Os sensores, por sua vez, podem funcionar de duas
maneiras diferentes: por movimento ou temperatura. Os sensores
infravermelhos passivos (de temperatura) captam a variação térmica
e são calibrados de acordo com a temperatura do corpo humano.
Assim, caso alguém entre no ambiente, provocando uma mudan-
ça repentina na radiação infravermelha (l @ 10– 4 m), o alarme será
automaticamente acionado. Os sensores com emissores de micro
-ondas (l @ 10– 2 m) captam os movimentos e acionam os alarmes
quando movimentações estranhas ameaçam a casa. Vale ressaltar
que existem sensores de presença que aliam as duas tecnologias.
Disponível em: https://blog.casashow.com.br/funcionam-sensores-presenca/.
[Adaptado]. Acesso em: 20 de abril de 2018

Considerando o índice de refração do ar igual a 1, assinale a alterna-


tiva correta sobre as duas radiações (infravermelha e micro-ondas)
mencionadas no enunciado.
*a) As duas ondas são transversais, porém, a radiação infraverme-
lha possui maior energia do que a radiação de microondas.
b) As duas são ondas eletromagnéticas, porém, a radiação infraver-
melha é transversal e a radiação de microondas é longitudinal.
c) As duas ondas podem se propagar no vácuo, porém, a radiação
de micro-ondas possui maior frequência que a radiação infraverme-
lha.
d) As duas ondas possuem velocidades diferentes no ar, porém,
seus comprimentos de onda são iguais.

(UEPG/PR-2018.2) - RESPOSTA: SOMA = 05 (01+04)


Um inseto encontra-se flutuando em uma posição fixa na superfície
de uma poça de água. Ele agita suas patas a cada 2 segundos pro-
duzindo ondas circulares que se propagam na superfície da água.
Observa-se que cada onda demora 5 segundos para atingir a mar-
gem que se situa a 20 cm do inseto. A partir do enunciado, assinale
o que for correto.
01) As ondas produzidas na água são exemplos de ondas transver-
sais.
02) A frequência das ondas produzidas pelo inseto é 2 Hz.
04) O comprimento de onda da onda é 8 cm.
08) O período das oscilações produzidas pelo inseto é 0,5 s.

(UFJF/MG-2018.2) - ALTERNATIVA: D
Uma emissora de rádio FM emite ondas eletromagnéticas com com-
primento de onda de 3 m. Considerando a velocidade das ondas
eletromagnéticas na atmosfera igual a 300 000 km/s, a frequência
dessa emissora é de:
a) 87 MHz *d) 100 MHz
b) 90 MHz e) 110 MHz
c) 93 MHz
japizzirani@gmail.com 12
ONDULATÓRIA (SENAI/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: C
É muito comum ouvirmos, quando há um acidente aéreo, que as
fenômenos ondulatórios equipes de busca estão tentando localizar a caixa-preta do avião,
para tentar descobrir a causa do acidente por meio da escuta da
conversa entre os tripulantes, gravada pelo aparelho. Esses disposi-
VESTIBULARES 2018.1 tivos são equipados, ainda, com um gerador de pulsos de som, que
geram um pulso a cada segundo, durante um período de 30 dias.

(UEM/PR-2018.1) - ALTERNATIVA: A
Dentre os vários tipos de conexão, é possível conectar-se à internet
por meio de sinais emitidos por antenas de rádio. A vantagem dessa
conexão é dispensar o uso de qualquer fio ou cabo e, devido ao seu
longo alcance, o sinal de rádio chega a lugares onde o sinal telefô-
nico ou via cabo não alcança. Utilizando ondas de rádio, é possível
realizar transmissões entre localidades distantes entre si com ajuda
da ionosfera, que é uma camada da atmosfera composta por íons e
plasma ionosférico. Essa transmissão é possível por meio da
*a) reflexão.
b) refração.
c) polarização.
d) interferência.
e) difração.

(VUNESP-UEA/AM-2018.1) - ALTERNATIVA: B
O som emitido por uma fonte sonora (por exemplo, uma sirene) pode
ser ouvido mesmo que o ouvinte esteja atrás de um obstáculo que
se interponha entre ele e a fonte sonora. A propriedade do som que
o permite contornar obstáculos é conhecida como
a) absorção.
*b) difração.
c) polarização.
d) reflexão.
e) refração.
Fonte: <http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u126631.shtml>.

(VUNESP-UEA/AM-2018.1) - ALTERNATIVA: B De acordo com o texto e os dados da imagem, é correto dizer que
Uma corda homogênea é mantida tensa com um de seus extremos
fixo ao ponto P de uma parede. Um abalo é produzido no outro extre- a) quando o avião cai na água, a geração de pulsos de som não
mo da corda e avança, sem perda de energia, em direção ao ponto é eficiente, pois, como ao passar da água para o ar, esses pulsos
P, conforme indica a figura. mudam de frequência, eles não conseguem ser detectados pelas
equipes de busca.
b) quando o avião cai na água, a velocidade dos pulsos de som
diminui, o que dificulta a detecção da caixa-preta pelas equipes de
busca.
*c) quando o avião cai na água, a geração de pulsos de som é efi-
ciente, pois os pulsos não mudam de frequência ao sair da água, o
que torna sua detecção possível.
d) quando o avião cai na água, o comprimento de onda dos pulsos
sonoros não sofre alteração ao passar da água para o ar, o que faci-
Após a interação em P, o abalo retorna à sua origem com o formato lita a localização da caixa-preta.
indicado em
e) quando o avião cai na água, a velocidade dos pulsos sonoros não
a) d) sofre alteração ao passar da água para o ar, o que facilita a localiza-
ção da caixa-preta.

(UECE-2018.1) - ALTERNATIVA: C
No ouvido, para a chegada de informações sonoras ao cérebro, o
som se propaga, de modo simplificado, por três meios consecutivos:
o ar, no ouvido médio, um meio sólido (os ossos martelo, bigorna
e estribo) e um meio líquido, no interior da cóclea. Ao longo desse
percurso, as ondas sonoras têm
a) mudança de frequência de um meio para o outro.
*b) e)
b) manutenção da amplitude entre os meios.
*c) mudança de velocidade de propagação de um meio para o outro.
d) manutenção na forma de onda e na frequência entre os meios.

(UCB/DF-2018.1) - ALTERNATIVA: C
Equipamentos médicos de ultrassom funcionam utilizando como
base o princípio físico do tempo de eco para calcular distâncias
dentro do corpo. Calcule a profundidade em que se encontra um
cisto cujo tempo de eco para uma onda com 2,0 MHz e comprimento
c) 0,75 mm no tecido mole humano foi de 60 m s.
a) 9,0 cm
b) 18 cm
*c) 4,5 cm
d) 3,0 cm
e) 1,5 cm
japizzirani@gmail.com 13
(ACAFE/SC-2018.1) - ALTERNATIVA: D (ENEM-2017) - ALTERNATIVA: E
As ondas de ultrassom são muito utilizadas em um exame denomi- A figura mostra como é a emissão de radiação eletromagnética para
nado ultrassonografia (USG). O exame é realizado passando-se um cinco tipos de lâmpada: haleto metálico, tungstênio, mercúrio, xênon
transdutor que emite uma onda de ultrassom, com frequências entre e LED (diodo emissor de luz). As áreas marcadas em cinza são pro-
1 MHz e 10 MHz, numa velocidade das ondas de ultrassom nos te- porcionais à intensidade da energia liberada pela lâmpada. As linhas
cidos humanos da ordem de 1 500 m/s, que é refletida pelo órgão de pontilhadas mostram a sensibilidade do olho humano aos diferentes
acordo com sua densidade, sendo captado a onda refletida enviada comprimentos de onda. UV e IV são as regiões do ultravioleta e do
ao computador que forma as imagens em função da densidade do infravermelho, respectivamente.
órgão estudado. Um arquiteto deseja iluminar uma sala usando uma lâmpada que
Com base no exposto a respeito do ultrassom, analise as proposi- produza boa iluminação, mas que não aqueça o ambiente.
ções a seguir, marque com V as verdadeiras e com F as falsas e
assinale a alternativa com a sequência correta.

( ) O comprimento de onda dessas ondas de ultrassom nesse


exame varia de 1,5 mm a 0,15 mm.
( ) A realização do diagnóstico por imagem tem como base os
fenômenos de reflexão e refração de ondas longitudinais.
( ) Também por ser uma onda pode-se usar o efeito Doppler para
avaliar a velocidade do fluxo sanguíneo, por exemplo.
( ) O ultrassom é uma onda eletromagnética, por esse fato pode
penetrar nos órgãos e tecidos.
( ) O exame é comum para acompanhar as gestações, pois não
utiliza radiações ionizantes.

a) F - F - F - V - V
b) V - F - V - F - F
c) F - V - F - F - V
*d) V - V - V - F - V

(ENEM-2017) - ALTERNATIVA: D
Em uma linha de transmissão de informações por fibra óptica, quan- Disponível em: http://zeiss-campus.magnet.fsu.edu. Acesso em: 8 maio 2017 (adaptado).
do um sinal diminui sua intensidade para valores inferiores a 10 dB,
este precisa ser retransmitido. No entanto, intensidades superiores Qual tipo de lâmpada melhor atende ao desejo do arquiteto?
a 100 dB não podem ser transmitidas adequadamente. A figura apre- a) Haleto metálico.
senta como se dá a perda de sinal (perda óptica) para diferentes b) Tungstênio.
comprimentos de onda para certo tipo de fibra óptica. c) Mercúrio.
d) Xênon.
*e) LED

(UEPG/PR-2018.1) - RESPOSTA: SOMA = 03 (01+02)


Analisando os fenômenos ondulatórios abaixo, assinale o que for
correto.
I- Propagação em uma mola helicoidal.
II- Propagação do som no ar.
III- Propagação da luz.
01) II não pode ser polarizada.
02) III pode se propagar no vácuo.
04) II não é uma onda mecânica.
08) II e III são ondas eletromagnéticas.
Atenuação e limitações das fibras ópticas. Disponível em: www.gta.ufrj.br.
Acesso em: 25 maio 2017 (adaptado).
(UNISINOS/RS-2018.1) - ALTERNATIVA: D
Qual é a máxima distância, em km, que um sinal pode ser enviado Um dos dez experimentos mais importantes da Física divulgados
nessa fibra sem ser necessária uma retransmissão? pela revista científica Physics World é o que está ilustrado na figura
a) 6 *d) 90 a seguir, realizado pela primeira vez por Isaac Newton. Neste experi-
mento, pode-se separar, utilizando-se um prisma de base triangular,
b) 18 e) 100
a luz branca em suas componentes.
c) 60

(VUNESP/CEFSA-2018.1) - ALTERNATIVA: D
O som é uma onda mecânica, sendo propagado por meio de coli-
sões entre as moléculas do meio por onde se propaga. Considere
que sua velocidade de propagação em uma estrutura de aço seja
de 6 000 m/s e, em uma estrutura de alumínio, seja de 4 400 m/s.
Supondo que uma onda sonora refrate diretamente do aço para o
laço
alumínio, a razão entre os comprimentos de onda nesses dois
lAl
meios é igual a Disponível em: https://www.colegioweb.com.br/prismas-opticos/ estudo-do-angulo-
de-desvio.html. Acesso em 07 set. 2017.
18 15
a) *d) Os dois principais fenômenos ondulatórios que estão associados ao
11 11
efeito óptico ilustrado na figura são
9 12 a) reflexão e refração.
b) e) b) reflexão e difração.
13 5
c) difração e interferência.
4 *d) refração e dispersão.
c)
15 e) difração e ressonância.
japizzirani@gmail.com 14
(USF/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: E (FUVEST/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: C
Há muitas aplicações da Física que são extremamente úteis na Me- Ondas na superfície de líquidos têm velocidades que dependem da
dicina. Indubitavelmente, o estudo das ondas e de seus fenômenos profundidade do líquido e da aceleração da gravidade, desde que
auxilia a área em vários exames e no diagnóstico de doenças. A se propaguem em águas rasas. O gráfico representa o módulo v da
seguir, temos um exemplo de aplicabilidade desse conhecimento. velocidade da onda em função da profundidade h da água.

As características das ondas sonoras ou luminosas sofrem altera-


ções com a movimentação da fonte emissora de ondas ou do ob-
servador. Pode haver a variação da frequência de uma onda quan-
do refletida em células vermelhas (hemácias) em movimento. Por
exemplo, quando uma onda é emitida pelo equipamento e é refletida
em hemácias que se deslocam em sentido oposto à localização do
aparelho, a frequência da onda refletida é maior do que a da onda
emitida.
Com base nas informações do texto, a partir dessa diferença de fre-
quência da onda emitida e recebida, sabe-se
a) o número de células presentes no sangue, a partir do fenômeno Uma onda no mar, onde a profundidade da água é 4,0 m, tem com-
resultante do batimento das ondas. primento de onda igual a 50 m. Na posição em que a profundidade
b) a densidade do sangue, a partir da ressonância das ondas na da água é 1,0 m, essa onda tem comprimento de onda, em m, apro-
superfície das células sanguíneas. ximadamente igual a
c) o fluxo sanguíneo decorrente da difração das ondas na superfície a) 8. d) 35.
das células. b) 12. e) 50.
d) a densidade do sangue, a partir da amplitude da onda resultante *c) 25.
da entre a onda incidente e a refletida.
*e) a velocidade com que o sangue se movimenta, a partir das rela-
ções matemáticas originárias do efeito Doppler. (VUNESP-UEA/AM-2018.1) - ALTERNATIVA: E
Em determinadas situações de propagação, ondas conseguem se
desviar, contornar obstáculos, se espalhar ou passar por fendas em
(UFGD/MS-2018.1) - ALTERNATIVA: C seu caminho. Esse fenômeno é chamado difração e ocorre quando
Harry Potter pode se dar ao luxo de receber um manto de invisibi- o comprimento de onda é da mesma ordem de grandeza das dimen-
lidade como herança de família, mas é claro que, na vida real, as sões do obstáculo ou da fenda por onde ela passa. Dessa forma, o
coisas são um pouquinho mais complicadas. A boa notícia é que os fenômeno da difração explica o fato
melhores físicos, químicos e engenheiros de materiais do mundo a) da formação de um arco-íris no céu, em determinados dias em
estão quebrando a cabeça neste exato momento para saber como que ocorre chuva com sol.
se tornar invisível. E, por incrível que pareça, eles estão tendo con- b) da luz propagando-se pelo ar conseguir atravessar a fronteira
siderável sucesso usando técnicas sofisticadas para conseguir “cur- ar-água e passar a propagar-se pela água de uma piscina.
var” certos tipos de luz. Essas técnicas se baseiam num princípio c) de ser possível ouvir o eco da própria voz quando se grita em um
simples: a luz muda a velocidade de sua propagação quando passa lugar aberto.
de um meio para outro. É fácil perceber isso quando se coloca uma d) dos sinais de duas emissoras com frequências parecidas se mis-
caneta dentro de um copo d’água. A impressão de que a caneta está turarem, reduzindo a nitidez do som.
“quebrada” tem a ver com o fato de que a velocidade da propagação *e) de ser possível, de dentro de um quarto, ouvir uma pessoa falan-
da luz muda quando ela passa do ar para a água, que é um meio do fora dele, próxima à porta aberta, mesmo não conseguindo vê-la.
mais denso do que os gases que compõem a atmosfera. O chamado
índice de refração é uma medida dessa mudança de velocidade da
luz. Na prática, ele indica o quanto os raios de luz “entortam” ao pas- (FUVEST/SP-2018.1) - RESPOSTA NO FINAL DA QUESTÃO
sar do ar para a água ou da água para o vidro. O índice de refração é Um alto-falante emitindo som com uma única frequência é colocado
importante na busca por invisibilidade, porque, caso fosse possível próximo à extremidade aberta de um tubo cilíndrico vertical preen-
criar um material no qual ele é negativo, o que aconteceria na prática chido com um líquido. Na base do tubo, há uma torneira que permite
é que a luz, em vez de penetrar no novo meio, ficaria dando voltas escoar lentamente o líquido, de modo que a altura da coluna de
ao redor dele, o que na verdade é a definição física de invisibilidade: líquido varie uniformemente no tempo. Partindo-se do tubo comple-
um objeto que a luz não toca. Até pouco tempo atrás, acreditava-se tamente cheio com o líquido e considerando apenas a coluna de ar
que esse tipo de material (os chamados metamateriais) seria impos- criada no tubo, observa-se que o primeiro máximo de intensidade do
sível de ser fabricado. som ocorre quando a altura da coluna de líquido diminui 5 cm e que
Seria. o segundo máximo ocorre um minuto após a torneira ter sido aberta.
Texto de Reinaldo José Lopes - 31 out. Publicado em 18 fev 2011, 22h00. Determine
Disponível em: https://super.abril.com.br/ciencia/invisibilidade/. Acesso em: 12 set. 2017. a) o módulo da velocidade V de diminuição da altura da coluna de
Para um feixe de luz que incide em um metamaterial com índice de líquido;
refração negativo, é correto afirmar sobre o feixe refratado que este b) a frequência f do som emitido pelo alto-falante.
a) estará no mesmo meio que o feixe de luz incidente. Sabendo que uma parcela da onda sonora pode se propagar no
b) estará no outro meio que o feixe de luz incidente, formando sem- líquido, determine
pre o mesmo ângulo com a normal. c) o comprimento de onda deste som no líquido;
*c) seguirá a relação proposta pela Lei de Snell. d) o menor comprimento L da coluna de líquido para que haja uma
d) polarizará a luz em sentido contrário. ressonância deste som no líquido.
e) será sempre circularmente polarizado. Note e adote:
Velocidade do som no ar: var = 340 m/s.
(IFSUL/RS-2018.1) - ALTERNATIVA: C Velocidade do som no líquido: vliq = 1700 m/s.
Quando uma onda luminosa atravessa dois meios diferentes, por Considere a interface ar-líquido sempre plana.
exemplo o ar e uma parede de vidro, qual das quantidades perma- A ressonância em líquidos envolve a presença de nós na sua superfície.
nece constante?
a) A velocidade de propagação. *c) A frequência. RESPOSTA FUVEST/SP-2018.1:
b) A amplitude. d) O comprimento de onda. a) V = 2,5 ×10–3 m/s b) f = 1700 Hz c) l = 1,0 m d) L = 0,5 m
japizzirani@gmail.com 15
(UFLA/MG-2018.1) - ALTERNATIVA: D VESTIBULARES 2018.2
A velocidade do som, ao se propagar em diferentes meios, é:
Velocidade no ar: 340 m/s
(CEDERJ-2018.2) - ALTERNATIVA: C
Velocidade na água: 1 482 m/s
Sendo a luz um fenômeno ondulatório, são características suas a
Velocidade no alumínio: 6 420 m/s
velocidade de propagação, a amplitude, a frequência, a polarização
Suponha uma onda sonora propagando-se no ar, com frequência de e o comprimento de onda, entre outras. Observa-se que a luz do sol,
4 000 Hz, que penetre, na sequência, a água e o alumínio. Assinale ao passar por um prisma de vidro, produz várias cores. Esse efeito
a alternativa CORRETA: se deve à dependência da velocidade da luz no vidro e, portanto, do
a) Ao passar do ar para a água, o período da onda sonora diminuirá. índice de refração com
b) O comprimento da onda sonora propagando-se no ar será maior a) a amplitude da onda luminosa.
do que quando ela se propagar na água e no alumínio. b) a polarização da luz.
c) Ao passar do ar para o alumínio, a frequência da onda aumentará *c) a frequência da onda luminosa.
na mesma proporção do aumento de sua velocidade. d) o ângulo de incidência da luz no vidro.
*d) O comprimento da onda sonora propagando-se no ar será menor
do que quando ela se propagar na água e no alumínio.
(UNITAU/SP-2018.2) - ALTERNATIVA: A
Um trem de ondas eletromagnéticas, periódicas, e todas com fre-
(UEM/PR-2018.1) - RESPOSTA: SOMA = 06 (02+04) quência f, percorre o meio 1, chegando até a interface com o meio 2,
Sobre a natureza e a propagação de ondas, assinale o que for cor- sem qualquer tipo de obstáculo. Ao penetrar totalmente no meio 2,
reto. através da superfície de separação dos dois meios, sofre um desvio.
01) Se uma onda mecânica em um fio se propaga de acordo com É TOTALMENTE CORRETO afirmar que, devido à passagem do
a função de onda y = 4cos[2π(10t − 2x) + π/2], com x e y em centí- meio 1 para o meio 2,
metros e t em segundos, então a velocidade de propagação dessa *a) o trem de onda sofre refração, e sua frequência f mantém-se
onda é de 5π cm/s. constante.
02) Admitindo-se que a rádio UEM-FM (emissora de rádio da Uni- b) o trem de onda sofre reflexão total, e, consequentemente, sua
versidade Estadual de Maringá) opera em uma frequência de frequência f é alterada.
106,9 MHz (1MHz = 106Hz ) e que a velocidade de propagação das c) o trem de onda sofre difração e, consequentemente, sua frequên-
ondas de rádio é de 3 ×108 m/s, então o comprimento de onda na cia f é alterada.
transmissão da UEM-FM será menor que 3 m. d) o trem de onda sofre reflexão total, e sua frequência f mantém-se
04) Ondas sonoras podem apresentar reflexão, refração, difração e constante.
interferência. e) o trem de onda sofre difração, e sua frequência f mantém-se cons-
08) O princípio de Huygens estabelece que as frentes de onda (fren- tante.
tes primárias e secundárias) são sempre paralelas.
16) Uma diferença entre o comportamento das ondas transversais e
(UECE-2018.2) - ALTERNATIVA: D
longitudinais consiste no fato de que as longitudinais não produzem
Sobre o olho humano, é correto afirmar que
efeitos de interferência.
a) somente detecta ondas eletromagnéticas de mesma amplitude.
b) não detecta ondas eletromagnéticas polarizadas.
(IFSUL/RS-2018.1) - ALTERNATIVA: A c) somente detecta ondas eletromagnéticas polarizadas.
Leia com atenção o texto que segue. *d) detecta ondas eletromagnéticas nos comprimentos de onda en-
A luz propaga-se com 300 000 km/s no vácuo, propaga-se com uma tre o infravermelho e o ultravioleta.
velocidade ligeiramente menor no ar e, na água, com aproximada-
mente três quartos de sua velocidade de propagação no vácuo. Em
(UECE-2018.2) - ALTERNATIVA: A
um diamante, por exemplo, a luz se propaga com cerca de 40% do
Em espelhos planos, e no contexto da óptica geométrica, o fenôme-
valor de sua rapidez no vácuo. Quando a luz altera seu meio de
no comumente observado com raios de luz é a
propagação, além de alterar sua velocidade, ela será desviada, a
menos que sua incidência seja perpendicular a superfície de sepa- *a) reflexão.
ração dos meios. b) refração.
O texto refere-se a um fenômeno ondulatório denominado c) difração.
*a) Refração. d) interferência.
b) Reflexão.
c) Interferência. (IF/PE-2018.2) - ALTERNATIVA: A
d) Difração. Um raio de luz monocromático vermelho, ao atravessar de um meio
1 para um meio 2, sendo n2 > n1, não muda de cor. Isso se deve ao
fato de
*a) sua frequência permanecer constante.
b) o índice de refração do meio 2 ser maior que o do meio 1.
c) sua velocidade permanecer constante.
d) o índice de refração do meio 1 ser maior que o do meio 2.
e) seu comprimento de onda (λ) permanecer constante.

(IFF/RJ-2018.2) - ALTERNATIVA: E
Sobre o conceito de Ondas Sonoras, considere as afirmativas a se-
guir:
I. A velocidade de propagação do som depende do meio ma-
terial onde ele se propaga.
II. Durante a propagação do som, uma mudança de meio mate-
rial leva a mudança de velocidade de propagação resultan-
do em mudança de comprimento de onda.
III. Sons graves possuem comprimento de onda mais longo que
sons agudos.
a) Apenas a afirmação I está correta.
b) Apenas a afirmação II está correta.
c) Apenas as afirmações I e III estão corretas.
d) Apenas as afirmações I e II estão corretas.
*e) Todas as afirmativas estão corretas.
japizzirani@gmail.com 16
(IFNORTE/MG-2018.2) - ALTERNATIVA: C
Ao acionar o motor do seu barco, Pedro observou a propagação de
ondas na superfície da água, como se representa na FIGURA 06:
FIGURA 06

Quanto aos elementos físicos da onda representada na FIGURA 06,


comparando-se as regiões A e B, a afirmação CORRETA é:
a) O comprimento de onda é menor na região A.
b) A amplitude da onda é maior na região A.
*c) A velocidade da onda diminui da região A para a região B.
d) A profundidade no local é maior na região B.

(IFSUL/RS-2018.2) - ALTERNATIVA: A
As ondas eletromagnéticas estão extremamente presentes no co-
tidiano das pessoas, seja na luz solar, nos exames de imagem, no
funcionamento de um forno de micro-ondas, ou em muitas outras
circunstâncias.
Quanto a este tipo de ondas, são feitas as seguintes afirmações:
I. Transformam-se em ondas mecânicas, quando se propa-
gam em meios materiais.
II. Fenômenos como a polarização, a difração e a interferên-
cia ocorrem apenas na faixa do visível, aproximadamente
400 nm a 700 nm.
III. Em relação ao funcionamento de controles remotos, como
em televisores, portões e alarmes, o tipo de onda envolvida
está na faixa do infravermelho.
IV. A radiação gama que é utilizada, por exemplo, na esterili-
zação de equipamentos médicos, é extremamente nociva
à saúde humana, devido ao seu enorme comprimento de
onda.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)
*a) III.
b) I e II.
c) I e IV.
d) II, III e IV.

japizzirani@gmail.com 17
ONDULATÓRIA (UCPel/RS-2018.1) - ALTERNATIVA: B
Existe vários tipo de instrumentos musicais que, geralmente, são
interferência de ondas separados pelos tipos de vibrações que emitem som. Por exemplo,
temos os instrumentos de corda, como o violão, a harpa e o violi-
no, os quais se caracterizam por apresentarem vibrações causadas
VESTIBULARES 2018.1 pelas cordas fixas em duas extremidades. Ao tocarmos uma corda
de um instrumento desse tipo, causamos uma perturbação que se
propaga por ela, se refletindo na ponta fixa de um lado e repetindo
(CESGRANRIO-FMP/RJ-2018.1) - ALTERNATIVA: D a reflexão na ponta fixa do outro lado. Assim, por superposição de
Nas extremidades de uma corda vibrante de 80 cm de comprimento, uma onda na outra, podemos gerar na corda uma onda estacionária.
são produzidos dois pulsos que se propagam em sentidos opostos. Este tipo de onda é caracterizado por
A velocidade de propagação de pulsos nesta corda é 10 cm/s.
Nas duas Figuras a seguir, mostram-se imagens da corda em repou- a) ser resultado da interferência entre duas ondas com mesma am-
so (indicando pontos uniformemente distanciados sobre ela) e com plitude, mesmo comprimento de onda e mesmo de sentido de pro-
os pulsos produzidos sobre ela no instante t = 0. pagação.
*b) apresentar amplitude que varia com a posição do elemento da
corda, existindo pontos de amplitude nula, chamados nós ou nodos,
onde a corda permanece em repouso.
c) apresentar locais ao longo da corda, chamados de nós ou nodos,
onde a amplitude resultante é máxima e a corda permanece em re-
pouso.
Cinco das oito configurações abaixo correspondem a imagens obti-
das a partir da observação da propagação dos pulsos. d) apresentar amplitude igual para todos os elementos da corda,
pois nesse tipo de onda a amplitude não varia com a posição.
e) ser o resultado da interferência entre duas ondas com mesmas
amplitudes e frequências ligeiramente diferentes, produzindo o fe-
nômeno do batimento.

(UFRGS/RS-2018.1) - ALTERNATIVA: E
A figura I, abaixo, representa esquematicamente o experimento de
Young. A luz emitida pela fonte F, ao passar por dois orifícios, dá
origem a duas fontes de luz F1 e F2 , idênticas, produzindo um pa-
drão de interferência no anteparo A. São franjas de interferência,
compostas de faixas claras e escuras, decorrentes da superposição
de ondas que chegam no anteparo.
A figura II, abaixo, representa dois raios de luz que atingem o ante-
paro no ponto P. A onda oriunda do orifício F1 percorre uma distância
maior que a onda proveniente do orifício F2 . A diferença entre as
duas distâncias é ΔL.

A sequência temporal das configurações que corresponde ao perfil


dos pulsos na corda é
a) 7 – 6 – 4 – 3 – 5 *d) 1 – 2 – 7 – 6 – 3
b) 2 – 7 – 3 – 8 – 6 e) 1 – 6 – 5 – 8 – 4
c) 1 – 2 – 4 – 3 – 6

(UNITAU/SP-2018.1) - ALTERNTIVA: D
Um gerador de ondas está ligado a uma das pontas de uma corda
que tem 0,25 m de comprimento. A outra ponta da corda está presa
numa parede. Depois de um determinado tempo, observa-se uma
das figuras de ressonância abaixo.

Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do


enunciado abaixo, na ordem em que aparecem.

Se, no ponto P, há uma franja escura, a diferença ΔL deve ser igual


a um número ........ de comprimentos de onda.
No ponto central O, forma-se uma franja ........ decorrente da interfe-
Sabendo que a frequência de operação do gerador é de 600 Hz e rência ........ das ondas.
que a densidade da corda é de 60 g/m, é CORRETO afirmar que a a) inteiro − escura − destrutiva
tensão necessária para produzir tal figura de ressonância é de b) inteiro − escura − construtiva
a) 16 N. *d) 216 N. c) inteiro − clara − construtiva
b) 21 N. e) 612 N. d) semi-inteiro − escura − destrutiva
c) 126 N. *e) semi-inteiro − clara − construtiva
japizzirani@gmail.com 18
(UFRGS/RS-2018.1-TRANSF) - ALTERNATIVA OFICIAL: A
Duas ondas progressivas idênticas propagam-se em sentidos opos-
tos em uma corda de 18 m de massa desprezível, com velocidade
de 15 m/s, formando uma onda estacionária com 6 nós (incluindo o
das extremidades).
O comprimento de onda e a frequência da onda estacionária são,
respectivamente,
a) 6,0 m e 2,5 Hz. d) 5,6 m e 3,0 Hz.
b) 6,0 m e 3,0 Hz. e) 3,0 m e 2,5 Hz.
c) 5,6 m e 2,5 Hz.
OBS.: A resposta correta é: 7,2 m e 2,1 Hz.

(UFJF/MG-2018.1) - RESPOSTA: a) f = 68 Hz b) L = 0,595 m


Em um determinado experimento
sobre ondas estacionárias em- O valor da frequência, em hertz, do som produzido pela fonte sonora
prega-se um longo tubo oco de é
vidro, um alto-falante, cuja fre- a) 3 200.
quência do som pode ser sinto- b) 1 600.
nizada, e um êmbolo móvel. Uma *c) 800.
onda sonora produzida na extre- d) 640.
midade aberta do tubo propaga-se por ele até atingir a extremidade e) 400.
oposta, onde é refletida de volta na parede do êmbolo. Ao retornar,
a onda refletida interfere com a onda incidente e então, dependendo
da frequência do som produzido, forma-se um modo de vibração
harmônico. No interior do tubo sonoro, se desprezarmos o que ocor-
re nas extremidades, a amplitude do deslocamento de ar da onda
sonora estacionária pode ser representada pela figura.
Aparecem regiões de amplitude máxima (os ventres) intercalados
por regiões de amplitude mínima (os nós). Devido às condições des-
se experimento, para um tubo de comprimento l, com uma extre-
midade aberta e a outra fechada, as frequências de ressonância,
ou frequências das ondas estacionárias observadas, correspondem
4l
aos comprimentos de onda dados por:  l m = m (com m = 1, 3, 5,
etc). Considere que a velocidade de som no ar seja v = 340 m/s.
a) Considerando que o tubo descrito acima tem 125 cm de compri-
mento, calcule a frequência fundamental da onda estacionária gera-
da dentro dele.
b) Para outro experimento, agora num tubo de comprimento L, ob-
serva-se a onda estacionária da figura abaixo.

O valor do deslocamento X(t) das moléculas de ar na posição de


um dos ventres dentro do tubo pode ser representado pelo gráfico
abaixo.

Nesta situação, determine o comprimento do tubo utilizado nesta


experiência.

(ENEM-2017) - ALTERNATIVA: C
O trombone de Quincke é um dispositivo experimental utilizado para
demonstrar o fenômeno da interferência de ondas sonoras. Uma
fonte emite ondas sonoras de determinada frequência na entrada
do dispositivo. Essas ondas se dividem pelos dois caminhos (ADC
e AEC) e se encontram no ponto C, a saída do dispositivo, onde
se posiciona um detector. O trajeto ADC pode ser aumentado pelo
deslocamento dessa parte do dispositivo. Com o trajeto ADC igual
ao AEC, capta-se um som muito intenso na saída. Entretanto, au-
mentando-se gradativamente o trajeto ADC, até que ele fique como
mostrado na figura, a intensidade do som na saída fica praticamente
nula. Desta forma, conhecida a velocidade do som no interior do
tubo (320 m/s), é possível determinar o valor da frequência do som
produzido pela fonte.
japizzirani@gmail.com 19
VESTIBULARES 2018.2 (IFSUL/RS-2018.2) - ALTERNATIVA: D
As lentes de óculos tornam-se antirreflexo através da adição de uma
fina película transparente, cuja espessura deve ser da ordem de um
(UFU/MG-TRANSF.2018.2) - ALTERNATIVA: A quarto do comprimento de onda da luz incidente. Tal película é repre-
Um fio de coeficiente linear 1,5 g/m é fixo numa das suas extremi- sentada, na figura abaixo, como o meio 1, enquanto a lente é o meio
dades em um gerador de onda senoidal, e a outra extremidade é 2, o qual é mais refringente.
tensionada por um bloco de massa M = 150,0 g, conforme ilustra a
figura apresentada.
L

Gerador de
onda
senoidal

Considerando que a distância entre as extremidades fixas é de De acordo com a figura, o motivo pelo qual a luz refletida é anulada
L = 2,0 m, que a polia é ideal e que a aceleração da gravidade deve-se necessariamente à
g = 10,0 m/s2, assinale a alternativa que apresenta o valor da frequên a) absorção da luz pela lente.
cia do oscilador senoidal, para que o fio tenha o quarto harmônico. b) birrefração, ar – meio 1, meio 1 – meio 2.
*a) 10 10 Hz. c) maior transmissão da luz, ao passar do meio 1 para o meio 2.
b) 1,0 Hz. *d) interferência destrutiva dos raios refletidos, os quais estão em
c) Não é possível gerar o quarto harmônico, pois as extremidades fases opostas.
são fixas.
d) 1 000,0 Hz. (UECE-2018.2) - ALTERNATIVA: C
Considere duas ondas mecânicas transversais, de mesma frequên-
(VUNESP-C.U.S.Camilo/SP-2018.2) - ALTERNATIVA: D cia e comprimento de onda, que se propagam no mesmo meio e
A figura representa um tanque cheio de água sobre cuja superfície produzem interferência. Considere um ponto do espaço em que haja
se propaga uma onda de amplitude A e comprimento de onda λ. interferência destrutiva. Nesse ponto
Quando essa onda passa por um obstáculo de duas fendas (1 e 2) a) a amplitude é máxima.
b) as ondas são defasadas de 0°.
ocorrem dois fenômenos (F1 e F2).
*c) a amplitude é mínima.
d) as ondas são defasadas de 180°.

A denominação dos fenômenos F1 e F2 , a grandeza indicada em X e


o valor da amplitude da onda em P são, respectivamente,
a) reflexão, interferência, comprimento de onda, A.
b) reflexão, refração, frequência, 0.
c) refração, interferência, comprimento de onda, 2A.
*d) difração, interferência, comprimento de onda, 2A.
e) difração, interferência, frequência, A.

(UEPG/PR-2018.2) - RESPOSTA: SOMA = 21 (01+04+16)


Em uma corda vibrante com 1 m de comprimento, presa em suas
duas extremidades, formam ondas estacionárias de tal maneira que
há 4 nodos. Sabendo que a massa da corda é 10 g e que nessa
situação a frequência da onda estacionária é 105 Hz, assinale o que
for correto.
01) O comprimento de onda da onda estacionária é 2/ 3 m.
02) A velocidade de propagação da onda na corda vibrante é direta-
mente proporcional à densidade linear da corda.
04) A velocidade de propagação da onda na corda é 70 m/s.
08) Na situação descrita, a corda vibrante apresenta 5 ventres.
16) A tensão na corda é 49 N.
japizzirani@gmail.com 20
ONDULATÓRIA (IFNORTE/MG-2018.1) - ALTERNATIVA: A
Daniel perfura uma parede, como ilustra a FIGURA 07:
acústica (velocidade do som) FIGURA 07

VESTIBULARES 2018.1

(VUNESP/UNICID-2018.1) - ALTERNATIVA: D
Uma das utilizações do sonar em embarcações é o mapeamento do
fundo do mar. Para isso, ondas sonoras são emitidas para o fundo
do oceano e as ondas refletidas são captadas. A partir do intervalo
de tempo entre a emissão e a captação das ondas refletidas, a pro-
fundidade local é determinada.

http://img.clipartall.com. Acesso em: 24 set. 2017 (Adaptado).

Na FIGURA 07, estão representadas algumas frentes de onda do


som gerado pela furadeira empregada por Daniel e, também, a dis-
tância X entre duas dessas frentes de onda. Sobre a situação física
descrita, é CORRETO afirmar que o valor de X:
*a) É afetado pelo valor da temperatura local do ar.
b) É diretamente proporcional à frequência do som.
c) É inversamente proporcional à velocidade do som.
d) É igual ao valor da amplitude da onda sonora.

(UECE-2018.1) - ALTERNATIVA: C
www.raymarine.com No ouvido, para a chegada de informações sonoras ao cérebro, o
som se propaga, de modo simplificado, por três meios consecutivos:
Considere que em um mapeamento realizado por um sonar as on-
o ar, no ouvido médio, um meio sólido (os ossos martelo, bigorna
das emitidas tenham frequência igual a 3,0 × 105 Hz, que essas on-
e estribo) e um meio líquido, no interior da cóclea. Ao longo desse
das se propaguem na água do mar com comprimento de onda igual
percurso, as ondas sonoras têm
a 5,0 × 10–3 m e velocidade constante e que o tempo decorrido entre
a) mudança de frequência de um meio para o outro.
a emissão e a recepção dessas ondas seja 8,0 s. A profundidade do
b) manutenção da amplitude entre os meios.
mar na região em que esse sonar se encontra é igual a
*c) mudança de velocidade de propagação de um meio para o outro.
a) 3,7 × 103 m. d) manutenção na forma de onda e na frequência entre os meios.
b) 1,9 × 102 m.
c) 1,0 × 104 m. (FUVEST/SP-2018.1) - RESPOSTA NO FINAL DA QUESTÃO
*d) 6,0 × 103 m. Um alto-falante emitindo som com uma única frequência é colocado
e) 4,5 × 103 m. próximo à extremidade aberta de um tubo cilíndrico vertical preen-
chido com um líquido. Na base do tubo, há uma torneira que permite
escoar lentamente o líquido, de modo que a altura da coluna de
(UENP/PR-2018.1) - ALTERNATIVA:C líquido varie uniformemente no tempo. Partindo-se do tubo comple-
Uma embarcação oceânica inspeciona o fundo do mar com ondas tamente cheio com o líquido e considerando apenas a coluna de ar
ultrassônicas, que se propagam a 1 530 m/s na água do mar. criada no tubo, observa-se que o primeiro máximo de intensidade do
Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a profundidade, som ocorre quando a altura da coluna de líquido diminui 5 cm e que
em m, diretamente abaixo da embarcação se o tempo de retardo do o segundo máximo ocorre um minuto após a torneira ter sido aberta.
eco for igual a 4 s. Determine
a) 765 a) o módulo da velocidade V de diminuição da altura da coluna de
b) 1 530 líquido;
*c) 3 060 b) a frequência f do som emitido pelo alto-falante.
d) 4 590 Sabendo que uma parcela da onda sonora pode se propagar no
e) 6 120 líquido, determine
c) o comprimento de onda deste som no líquido;
d) o menor comprimento L da coluna de líquido para que haja uma
(UFRN /TÉCNICO-2018.1) - ALTERNATIVA: D ressonância deste som no líquido.
Durante as comemorações da inauguração de um estádio de fute-
bol, a organização do evento contratou uma empresa especialista Note e adote:
em pirotecnia que fez um espetáculo de luzes e fogos de artifício. Os Velocidade do som no ar: var = 340 m/s.
técnicos sincronizaram para que os fogos explodissem no mesmo Velocidade do som no líquido: vliq = 1700 m/s.
instante em que algumas imagens eram projetadas na parte externa Considere a interface ar-líquido sempre plana.
do estádio, produzindo um espetáculo de som e imagem. Entretanto, A ressonância em líquidos envolve a presença de nós na sua superfície.
devido à localização do estádio, o evento pôde ser visto em várias
RESPOSTA FUVEST/SP-2018.1:
localidades da cidade que estavam a quilômetros de distância. Nes-
se caso, a diferença entre a percepção de imagem e som de quem a) V = 2,5 ×10–3 m/s b) f = 1700 Hz c) l = 1,0 m d) L = 0,5 m
assiste o espetáculo no estádio e de quem o observa em um bairro
a 10 km do estádio é que (IFSUL/RS-2018.1) - ALTERNATIVA OFICIAL: D
a) a imagem e o som apresentam perfeita sincronia para quem ob- Um golfinho na água do mar, a uma temperatura de 25°C, emite uma
serva o evento no bairro distante, porém quem o assiste do estádio onda sonora direcionada verticalmente para baixo. Em relação à po-
observa um atraso do som em relação a imagem. sição em que ele emite a onda sonora, o fundo do mar encontra-se
b) a imagem e o som apresentam perfeita sincronia para quem assis- a uma profundidade de 150 m.
te o espetáculo no estádio, porém a imagem apresenta um pequeno Dado: Velocidade do som na água do mar = 1 533 m/s.
atraso em relação ao som para quem o assiste no bairro distante. Quanto tempo se passa antes que ele ouça um eco?
c) a imagem e o som apresentam perfeita sincronia para quem ob-
a) 0,098 s.
serva o evento no bairro distante, porém quem o assiste do estádio
observa um atraso da imagem em relação ao som. b) 0,960 s.
*d) a imagem e o som apresentam perfeita sincronia para quem as- c) 5,110 s.
siste o espetáculo no estádio, porém o som apresenta um atraso em d) 0,100 s.
relação à imagem para quem o assiste no bairro distante. OBS.: A resposta correta é 0,196 s ≈ 0,200 s
japizzirani@gmail.com 21
(SENAI/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: E (IFSUL/RS-2018.2) - ALTERNATIVA: B
Em filmes do Velho Oeste, observa-se, em algumas cenas, um per- Uma pessoa, inicialmente parada, dista 30 m de um muro, situado
sonagem que coloca o ouvido nos trilhos do trem para tentar perce- em um campo “aberto”. Então ela parte em direção a este com uma
ber se ele se aproxima. velocidade de 2 m/s, sendo que, a cada segundo, ela emite um as-
Considerando o exposto, analise as afirmativas a seguir. sovio intenso e curto, sendo o primeiro no momento da partida.
Sabendo que a velocidade do som no ar para este local é de 340 m/s,
I. Como os trilhos se encontram no estado sólido, as partículas es- quantos ecos poderão ser percebidos pela pessoa até sua chegada
tão mais afastadas umas das outras, aumentando a velocidade de ao muro?
propagação do som. a) 4
II. No ar, as partículas encontram-se mais próximas umas das ou- *b) 7
tras, o que dificulta a propagação do som. c) 10
III. O trem produz vibrações tanto no ar quanto nos trilhos do trem. d) 13
IV. A velocidade de propagação do som nos trilhos do trem é maior
do que no ar.
(IFSUL/RS-2018.2) - ALTERNATIVA: D
São verdadeiras, apenas, as afirmativas O Sonar (sigla para SoundNavigationandRanging) é uma técnica
a) I e II. que usa a propagação sonora (geralmente sob a água, como na
b) I e III. navegação submarina) com o intuito de navegação, comunicação
c) II e III. ou detecção de objetos na ou sob a superfície da água, como outras
d) II e IV. embarcações ou grandes animais. Dois tipos de tecnologias dividem
*e) III e IV. o nome sonar: o sonar passivo trata de ouvir os sons feitos por em-
barcações, já o sonar ativo emite pulsos de sons, sendo capaz de
receber o eco desses sons.
Disponível em: <https://www.infoescola.com/tecnologia/sonar/>.
Acesso em: 10 de maio de 2018.

Um pesquisador estava em uma região de um lago e precisava sa-


VESTIBULARES 2018.2 ber sua profundidade. Para isso, decidiu usar seus conhecimentos
de Física e fazer uso de um sonar a partir do seu barco em repouso.
Entre a emissão do sinal e sua resposta, decorreram 1,1 s.
(SENAI/SP-2018.2) - ALTERNATIVA: D
Supondo que a velocidade de propagação do som na água é de
O som propaga-se apenas onde há partículas que podem vibrar e
1 550 m/s e que a frequência do sonar é de 72 kHz, é correto afirmar
formar a onda sonora. Sendo assim, sua velocidade varia de acordo
que:
com o meio material onde se propaga.
a) o sonar é um aparelho que não pode ser utilizado para essa fun-
Quanto à velocidade de propagação dessa onda mecânica é correto
ção em virtude de emitir ondas de altas frequências.
dizer que é maior
b) a profundidade do lago é de 1 705 m.
a) na água do mar.
c) o comprimento de onda emitida pelo sonar é de 21,52 m.
b) na água doce.
*d) a profundidade do lago é de 852,5 m.
c) no vácuo.
*d) no ferro.
e) no ar.

(SENAI/SP-2018.2) - ALTERNATIVA: D
Sobre as condições e a velocidade de propagação do som, analise
as seguintes afirmativas.

I. O som se propaga melhor no inverno porque as moléculas


dos componentes do ar estão mais próximas.
II. O som se propaga melhor no verão porque as moléculas do
ar estão mais afastadas.
III. O som não é ouvido no vácuo porque não existe um meio
(átomos ou moléculas) através do qual ele possa se pro-
pagar.
IV. O som se propaga melhor e mais rápido em metais do que
na água.

Sobre esses fenômenos, está correto o que se afirma apenas em


a) I e II. *d) I, III e IV.
b) I e III. e) II, III e IV.
c) II e IV.

(IFF/RJ-2018.2) - ALTERNATIVA: E
Sobre o conceito de Ondas Sonoras, considere as afirmativas a se-
guir:
I. A velocidade de propagação do som depende do meio ma-
terial onde ele se propaga.
II. Durante a propagação do som, uma mudança de meio mate-
rial leva a mudança de velocidade de propagação resultan-
do em mudança de comprimento de onda.
III. Sons graves possuem comprimento de onda mais longo que
sons agudos.
a) Apenas a afirmação I está correta.
b) Apenas a afirmação II está correta.
c) Apenas as afirmações I e III estão corretas.
d) Apenas as afirmações I e II estão corretas.
*e) Todas as afirmativas estão corretas.
japizzirani@gmail.com 22
ONDULATÓRIA (UNIOESTE/PR-2018.1) - ALTERNATIVA: A
O Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) recentemente alterou
acústica (qualidades fisiológicas) a resolução que regulamentava o valor do nível sonoro permitido
que poderia ser emitido por um veículo automotor. A norma antiga,
no seu artigo primeiro, diz o seguinte: “A utilização, em veículos de
VESTIBULARES 2018.1 qualquer espécie, de equipamento que produza som só será permi-
tida, nas vias terrestres abertas à circulação, em nível sonoro não
superior a 80 decibéis, medido a 7 metros de distância do veículo”
(UVV/ES-2018.1) - ALTERNATIVA: C (BRASIL, 2006).
Exames auditivos devem ser feitos como qualquer exame de rotina, Considerando-se um alto-falante como uma fonte pontual e isotrópi-
já que, por meio deles, que é possível detectar e tratar problemas na ca de som, que emite ondas sonoras esféricas, assinale a alternativa
audição. Um exame muito comum para essa finalidade é a audiome- CORRETA que indica a potência mínima que ele deve possuir para
tria, que permite determinar os limiares auditivos dos indivíduos. O produzir um nível sonoro de 80 decibéis a 7 metros de distância.
valor mínimo para a intensidade de uma onda sonora para que ela
Dados: Limiar de audibilidade I0 = 10–12 W/m2 e π = 3.
seja audível é de, aproximadamente, 1,0×10–12 W/m2, sendo cha-
mado de limiar de audição. Já o valor máximo para a intensidade de Fonte: BRASIL, Min. das Cidades. CONTRAN - Conselho Nacional
uma onda sonora é de, aproximadamente, 1,0 W/m2, sendo chama- de Trânsito. Resolução nº 204, de 20-10-2006 regulamenta o volume
do de limiar de dor. e a frequência dos sons produzidos por equipamentos utilizados em
Considere que, durante um exame de audiometria, uma onda so- veículos. p. 1-4, out. 2006.
nora no limiar de audição transporta para o tímpano uma energia *a) 5,88 x 10–2 W.
de 3,0×10–15 J durante um intervalo de 1,0 min. Com esses dados, b) 11,76 x 10–2 W.
pode-se estimar que a área de um tímpano normal como sendo de c) 2,94 x 10–2 W.
a) 1,8×10–1 cm2. d) 3,14 x 10–2 W.
b) 3,0×10–3 cm2. e) 5,60 x 10–2 W.
*c) 5,0×10–1 cm2.
d) 3,0×10 4 cm2.
(CEDERJ-2018.1) - ALTERNATIVA: B
e) 5,0×10 2 cm2. Uma característica da onda sonora diminui quando um ouvinte posi-
ciona-se mais afastado de uma fonte de som. Essa característica é
(UNESP-2018.1) - ALTERNATIVA: C a) a velocidade.
Define-se a intensidade de uma onda ( I) como potência transmi- *b) a amplitude.
tida por unidade de área disposta perpendicularmente à direção c) a frequência.
de propagação da onda. Porém, essa definição não é adequada d) o timbre.
para medir nossa percepção de sons, pois nosso sistema auditivo
não responde de forma linear à intensidade das ondas incidentes, (UEPG/PR-2018.1) - RESPOSTA: SOMA = 24 (08+16)
mas de forma logarítmica. Define-se, então, nível sonoro ( β ) como Em relação às propriedades das ondas sonoras, assinale o que for
β = 10 log I , sendo β dado em decibels (dB) e I0 = 10–12 W/m2. correto.
I0 01) O fenômeno da persistência do som, devido a múltiplas refle-
Supondo que uma pessoa, posicionada de forma que a área de xões, é chamado de ressonância.
6,0 × 10–5 m2 de um de seus tímpanos esteja perpendicular à dire- 02) A altura de uma nota musical está diretamente relacionada com
ção de propagação da onda, ouça um som contínuo de nível sonoro a intensidade do som produzido por um dado instrumento musical.
igual a 60 dB durante 5,0 s, a quantidade de energia que atingiu seu 04) O efeito Doppler é um fenômeno que pode ocorrer apenas com
tímpano nesse intervalo de tempo foi ondas sonoras.
a) 1,8 × 10–8 J. 08) O som é transmitido pela vibração de átomos e moléculas que
b) 3,0 × 10–12 J. constituem um meio, por isso, não pode se propagar no vácuo.
16) É possível para um observador distinguir a mesma nota musical
*c) 3,0 × 10–10 J.
produzida por um piano e um violino, pois os sons produzidos pos-
d) 1,8 × 10–14 J. suem timbres diferentes.
e) 6,0 × 10–9 J.
(UEPA-2018.1) - ALTERNATIVA: D
(PUC/GO-2018.1) - ALTERNATIVA: A A mínima intensidade audível pelo ouvido humano a uma frequência
O trecho “o barulho do serrote” (Texto 2), faz referência a um som. de 1 000 Hz corresponde ao chamado “limiar da audibilidade”, que
Se esse serrote, considerado uma fonte sonora pontual, emitir on- possui intensidade dada por I0 = 10–12 W/m2. O nível sonoro asso-
das com intensidade de 10–8 W/m2, o nível de intensidade sonora ciado ao limiar da audibilidade é 0 dB. A tabela abaixo mostra alguns
correspondente a essa onda será de? valores típicos de nível sonoro, medidos em dB, para algumas situ-
ações do cotidiano.
Dado: I0 = 10–12 W/m2.
Assinale a resposta correta:
Situação Nível sonoro (dB)
*a) 40 dB.
b) 80 dB. Relógio de parede (tique-taque) 10
c) 120 dB. Festa barulhenta 50
d) 200 dB.
Tráfego intenso 70
(UNCISAL-2018.1) - ALTERNATIVA: C Motor de caminhão ligado 90
O nível de intensidade sonora N de uma determinada fonte, medido
I Sabe-se que a intensidade sonora decai com o inverso do quadrado
em decibéis (dB), é definido pela equação N = 10 log , em que I da distância à fonte, e que as medidas da tabela foram feitas a 1 m
I0
é a intensidade sonora da fonte e I0 = 10–12 W/m2 é a intensidade de distância da fonte, por meio de um decibelímetro. Se o decibelí-
do som de referência adotado, que corresponde, aproximadamente, metro estivesse situado a uma distância de X metros de um motor
ao limite de audibilidade humana na frequência de 1 kHz. Sabendo de caminhão ligado, o nível sonoro registrado pelo aparelho apre-
que o aparelho auditivo humano percebe intensidades sonoras de sentaria o mesmo valor que aquele observado a 1 m de distância
até 1 W/m2 sem que haja sensação de desconforto, então o nível de da porta de um salão de festas movimentado. De acordo com essas
intensidade sonora correspondente ao limiar de sensação dolorosa informações, o valor de X, em m, é igual a:
é igual a a) 25
a) 1 dB. d) 10–11 dB. b) 50
c) 75
b) 10 dB. e) 10–12 dB.
*d) 100
*c) 120 dB. e) 125
japizzirani@gmail.com 23
VESTIBULARES 2018.2 (UEPG/PR-2018.2) - RESPOSTA: SOMA = 11 (01+02+08)
Uma pessoa está falando de maneira que sua voz pode ser ouvida
até uma distância de 10 m a partir dela. Considerando que o limiar
(PUC/GO-2018.2) - ALTERNATIVA: B audível é 10−12 W/m2 e que as ondas sonoras provenientes da fala
No Texto 1, o poeta ao contemplar a amada pergunta “Por que um da pessoa em questão se propagam igualmente em todas as dire-
suspiro tépido ressona / E desmaia suavíssimo em teu peito?”. Su- ções, assinale o que for correto.
ponha que, a uma determinada distância, seja possível medir o nível 01) O nível sonoro para uma distância de 1 m da pessoa que está
de intensidade sonora do suspiro de uma única pessoa em 20 dB. falando é 20 dB.
Se 10 pessoas idênticas emitirem esse mesmo suspiro, à mesma 02) A potência das ondas sonoras produzidas pela fala é 12 ×10−10 W.
distância de um observador, a alternativa que apresenta correta- 04) A intensidade da onda sonora diminui com a distância em rela-
mente o nível de intensidade sonora medido por esse observador, ção à fonte pelo fato dela ser uma onda transversal.
considerando-se que todas as pessoas suspirem ao mesmo tempo, 08) A energia associada com o som produzido pela fala após
é (despreze qualquer efeito de interferência): 10 minutos contínuos é, aproximadamente, 7,2 ×10−7 J.
Dados: intensidade sonora no limiar de audibilidade igual a 10–12 W/m2. 16) O nível sonoro é inversamente proporcional à distância entre o
a) 20 dB. ouvinte e o falante.
*b) 30 dB.
c) 60 dB.
d) 200 dB.

(VUNESP-UEFS/BA-2018.2) - ALTERNATIVA: D
O espectro sonoro mostra o intervalo de frequências das ondas so-
noras audíveis pelos seres humanos. O aparelho auditivo humano
consegue perceber ondas sonoras com frequências compreendidas
entre 20 Hz e 20 000 Hz.

Frequências fora desse intervalo podem ser percebidas por outros


animais, como os elefantes, que também podem ouvir frequências
abaixo de 20 Hz, e os golfinhos e morcegos, que podem ouvir frequ-
ências acima de 20 000 Hz. Considerando que as ondas sonoras se
propaguem pelo ar com velocidade de 340 m/s, pode-se afirmar que
a) ondas sonoras com comprimento de onda de 1,2 m podem ser
ouvidas apenas por morcegos e golfinhos.
b) seres humanos podem ouvir ondas sonoras com comprimento de
onda de 1 cm.
c) elefantes não podem ouvir ondas sonoras com comprimento de
onda de 10 m.
*d) ondas sonoras com comprimento de onda de 14 mm podem ser
ouvidas por golfinhos e morcegos.
e) ondas sonoras com comprimentos de ondas entre 17 mm e 17 m
só podem ser ouvidas por seres humanos.

(PUC/GO-2018.2) - ALTERNATIVA: B
No Texto 6, fragmento do romance Dois irmãos, lê-se: “Por um mo-
mento a voz de Yaqub ressoou na casa”. Suponha que Yaqub pro-
duza um som, uniformemente distribuído em forma de hemisfério, de
600 W de potência sonora, em direção a um ouvinte que esteja a 10
m de distância dele. Se a área superficial do tímpano do ouvinte for
de 50 mm2, a alternativa que indica corretamente a energia transferi-
da, por segundo, para cada um de seus tímpanos, será de:
Dado: considere π = 3.
a) 2,5.10–5 W.
*b) 5,0.10–5 W.
c) 7,5.10–5 W.
d) 1,0.10–4 W.

(IFSUL/RS-2018.2) - ALTERNATIVA: C
O violão, famoso instrumento musical, emite sons em decorrência da
vibração de suas cordas, as quais produzem ondas estacionárias.
Considerando um harmônico fixo, quanto mais grossa for a cor-
da, mais ______ será o som e, quanto mais for tracionada, mais
_______ será o som.
As palavras que preenchem correta e respectivamente as lacunas,
de cima para baixo, são:
a) grave e forte. *c) grave e agudo.
b) agudo e grave. d) agudo e fraco.
japizzirani@gmail.com 24
ONDULATÓRIA (UFPR-2018.1) - ALTERNATIVA: C
Uma orquestra é formada por instrumentos musicais de várias ca-
fontes sonoras (cordas e tubos) tegorias. Entre os instrumentos de sopro, temos a flauta, que é, es-
sencialmente, um tubo sonoro aberto nas duas extremidades. Uma
dessas flautas tem comprimento L = 34 cm. Considere que a velo-
VESTIBULARES 2018.1 cidade do som no local vale vsom = 340 m/s. Levando em conside-
ração os dados apresentados, assinale a alternativa que apresenta
corretamente o valor da menor frequência (chamada de frequência
CORDAS SONORAS
fundamental) que essa flauta pode produzir.
a) 100 Hz.
(FGV/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: E b) 250 Hz.
As figuras 1 e 2 representam a mesma corda de um instrumento *c) 500 Hz.
musical percutida pelo músico e vibrando em situação estacionária. d) 1000 Hz.
e) 1500 Hz.

(FMABC/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: D
A figura 1, abaixo, mostra um estetoscópio, instrumento utilizado na
ausculta médica.

De uma figura para outra, não houve variação na tensão da corda.


Assim, é correto afirmar que, da figura 1 para a figura 2, ocorreu
campânula
a) um aumento na velocidade de propagação das ondas formadas
na corda e também na velocidade de propagação do som emitido
pelo instrumento.
b) um aumento no período de vibração das ondas na corda, mas
uma diminuição na velocidade de propagação do som emitido pelo
instrumento. figura 1 figura 2
c) uma diminuição na frequência de vibração das ondas formadas (www.fibracirurgica.com.br)
na corda, sendo mantida a frequência de vibração do som emitido
pelo instrumento. A campânula funciona como um tubo sonoro fechado em uma de
d) uma diminuição no período de vibração das ondas formadas na suas extremidades, de modo que a frequência fundamental de res-
corda e também na velocidade de propagação do som emitido pelo sonância ocorre quando se produz uma onda sonora com um nó na
instrumento. extremidade fechada e o ventre adjacente na extremidade aberta,
*e) um aumento na frequência de vibração das ondas formadas na como mostra a figura 2. Se a campânula tem profundidade 6,0 mm, o
corda, sendo mantida a velocidade de propagação do som emitido comprimento de onda da onda correspondente à frequência funda-
pelo instrumento. mental de ressonância dessa campânula é
a) 12,0 mm.
b) 15,0 mm.
c) 18,0 mm.
*d) 24,0 mm.
TUBOS SONOROS e) 30,0 mm.

(VUNESP-FAMEMA/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: E
A figura representa um instrumento musical de sopro constituído
por um tubo de comprimento L, aberto nas duas extremidades. Ao
soprar esse instrumento, estimula-se a vibração do ar, produzindo
ondas estacionárias, que se propagam com velocidade (v), dentro
desse tubo, conforme a figura.

Considerando essas informações, a frequência do som emitido por


esse instrumento será
a) f = 3 v c) f = 2 v
2L L
v v
b) f = *e) f =
4L L
v
c) f =
2L

(UNIRG/TO-2018.1) - ALTERNATIVA: C
Uma flauta doce de 50 cm de comprimento pode ser tratada como
um tubo aberto em ambas as extremidades. Supondo-se que os fu-
ros da flauta estejam tampados (exceto os orifícios de entrada e
saída do ar) e que a velocidade do som seja de 340 m/s, o compri-
mento de onda e a frequência fundamental da flauta serão respec-
tivamente:
a) 0,25 m e 250 Hz. *c) 1,00 m e 340 Hz.
b) 0,50 m e 315 Hz. d) 1,25 m e 425 Hz.
japizzirani@gmail.com 25
VESTIBULARES 2018.2

CORDAS SONORAS

(IFSUL/RS-2018.2) - ALTERNATIVA: C
O violão, famoso instrumento musical, emite sons em decorrência da
vibração de suas cordas, as quais produzem ondas estacionárias.
Considerando um harmônico fixo, quanto mais grossa for a cor-
da, mais ______ será o som e, quanto mais for tracionada, mais
_______ será o som.
As palavras que preenchem correta e respectivamente as lacunas,
de cima para baixo, são:
a) grave e forte.
b) agudo e grave.
*c) grave e agudo.
d) agudo e fraco.

(UFU/MG-TRANSF.2018.2) - ALTERNATIVA: A
Um fio de coeficiente linear 1,5 g/m é fixo numa das suas extremi-
dades em um gerador de onda senoidal, e a outra extremidade é
tensionada por um bloco de massa M = 150,0 g, conforme ilustra a
figura apresentada.
L

Gerador de
onda
senoidal

Considerando que a distância entre as extremidades fixas é de


L = 2,0 m, que a polia é ideal e que a aceleração da gravidade
g = 10,0 m/s2, assinale a alternativa que apresenta o valor da frequên
cia do oscilador senoidal, para que o fio tenha o quarto harmônico.
*a) 10 10 Hz.
b) 1,0 Hz.
c) Não é possível gerar o quarto harmônico, pois as extremidades
são fixas.
d) 1 000,0 Hz.

japizzirani@gmail.com 26
ONDULATÓRIA (PUC/PR-2018.1) - ALTERNATIVA: A
Considere os dados a seguir.
efeito Doppler Para estudar o efeito Doppler, dois amigos resolvem fazer um ex-
perimento num velódromo. Um deles pedala uma bicicleta na pista
circular, cujo raio é R. Na bicicleta, estão acoplados um velocímetro,
VESTIBULARES 2018.1 que indica uma velocidade de módulo constante v, e uma sirene, que
emite um som de frequência constante f0. O outro, que permanece
em repouso a uma distância do centro da pista igual a 2R, escuta o
(IME/RJ-2018.1) - ALTERNATIVA: B som da sirene com uma frequência aparente que varia de um valor
Como mostra a figura abaixo, um microfone M está pendurado no máximo (fmáx) a um valor mínimo (fmín). Considerando que os ouvi-
teto, preso a uma mola ideal, verticalmente acima de um alto-falante dos do amigo que está em repouso e a trajetória da buzina estão
A, que produz uma onda sonora cuja frequência é constante. O sis-
num mesmo plano horizontal, o menor intervalo de tempo (Δt) entre
tema está inicialmente em equilíbrio.
a percepção de fmáx e fmín , em função de v e R, é igual a

2p R pR
*a) d)
3v 2v

b) p R e) 3p R
v 4v

2p R
c)
v

(USF/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: E
Se o microfone for deslocado para baixo de uma distância d e depois Há muitas aplicações da Física que são extremamente úteis na Me-
liberado, a frequência captada pelo microfone ao passar pela segun- dicina. Indubitavelmente, o estudo das ondas e de seus fenômenos
da vez pelo ponto de equilíbrio será: auxilia a área em vários exames e no diagnóstico de doenças. A
Dados: seguir, temos um exemplo de aplicabilidade desse conhecimento.
• frequência da onda sonora produzida pelo alto-falante: f ;
• constante elástica da mola: k ;
• massa do microfone: m ; e
• velocidade do som: vs .

a) ]
f 1– d
vs
2k
m ] d) ]
f 1+ d
vs
2k
m ]
As características das ondas sonoras ou luminosas sofrem altera-

] ] ] ]
ções com a movimentação da fonte emissora de ondas ou do ob-
k servador. Pode haver a variação da frequência de uma onda quan-
*b) f 1+ d e) f 1– d k do refletida em células vermelhas (hemácias) em movimento. Por
vs m vs 2m exemplo, quando uma onda é emitida pelo equipamento e é refletida
em hemácias que se deslocam em sentido oposto à localização do

] ]
aparelho, a frequência da onda refletida é maior do que a da onda
k emitida.
c) f 1– d Com base nas informações do texto, a partir dessa diferença de fre-
vs m
quência da onda emitida e recebida, sabe-se
a) o número de células presentes no sangue, a partir do fenômeno
(ACAFE/SC-2018.1) - ALTERNATIVA: D resultante do batimento das ondas.
As ondas de ultrassom são muito utilizadas em um exame denomi- b) a densidade do sangue, a partir da ressonância das ondas na
nado ultrassonografia (USG). O exame é realizado passando-se um superfície das células sanguíneas.
transdutor que emite uma onda de ultrassom, com frequências entre c) o fluxo sanguíneo decorrente da difração das ondas na superfície
1 MHz e 10 MHz, numa velocidade das ondas de ultrassom nos te- das células.
cidos humanos da ordem de 1 500 m/s, que é refletida pelo órgão de d) a densidade do sangue, a partir da amplitude da onda resultante
acordo com sua densidade, sendo captado a onda refletida enviada da entre a onda incidente e a refletida.
ao computador que forma as imagens em função da densidade do *e) a velocidade com que o sangue se movimenta, a partir das rela-
órgão estudado. ções matemáticas originárias do efeito Doppler.
Com base no exposto a respeito do ultrassom, analise as proposi-
ções a seguir, marque com V as verdadeiras e com F as falsas e (IFNORTE/MG-2018.1) - ALTERNATIVA: B
assinale a alternativa com a sequência correta. Uma nave N aproxima-se da Terra, movendo-se com velocidade
v = 0,2 c, sendo c a velocidade da luz no vácuo, como ilustra o es-
( ) O comprimento de onda dessas ondas de ultrassom nesse
quema da FIGURA 11:
exame varia de 1,5 mm a 0,15 mm.
FIGURA 11
( ) A realização do diagnóstico por imagem tem como base os
fenômenos de reflexão e refração de ondas longitudinais.
( ) Também por ser uma onda pode-se usar o efeito Doppler para
avaliar a velocidade do fluxo sanguíneo, por exemplo.
( ) O ultrassom é uma onda eletromagnética, por esse fato pode
penetrar nos órgãos e tecidos. Nesse esquema, considere que: L é um feixe de luz monocromática,
emitida por N e cuja frequência, no referencial da nave, vale f o ; S
( ) O exame é comum para acompanhar as gestações, pois não
é um sensor, fixo à Terra. Nessas condições, é CORRETO afirmar
utiliza radiações ionizantes.
que:
a) F - F - F - V - V a) A frequência de L, medida por S, é igual a f o .
b) V - F - V - F - F *b) A frequência de L, medida por S, é maior que f o .
c) F - V - F - F - V c) A velocidade dos fótons de L, medida por S, é igual a 1,2 c.
*d) V - V - V - F - V d) A velocidade dos fótons de L, medida por S, é igual a 0,8 c.
japizzirani@gmail.com 27
(IME/RJ-2018.1) - RESPOSTA: a) h @ 13,1 m b) Dt @ 3,52 s (UEM/PR-2018.1) - RESPOSTA: SOMA = 13 (01+04+08)
Como mostra a figura, uma fonte sonora com uma frequência de Em relação a ondas sonoras, assinale o que for correto.
400 Hz é liberada em velocidade inicial nula, escorrega com atrito 01) A velocidade de propagação das ondas sonoras não depende da
desprezível em um plano inclinado e passa a se mover em uma velocidade da fonte emissora.
superfície horizontal, também com atrito desprezível. 02) A velocidade de propagação do som em sólidos é menor do que
a velocidade de propagação do som em gases, porque os sólidos
fonte sonora
oferecem uma resistência à passagem das ondas sonoras maior do
que a resistência oferecida pelos gases.
04) A frequência das ondas sonoras depende da velocidade da fonte
observador emissora.
h 08) A velocidade de propagação do som em um gás depende da sua
temperatura.
q 16) A velocidade de propagação do som no ar e no vácuo é pratica-
mente a mesma, pois o ar quase não oferece resistência à passa-
gem das ondas sonoras.
d
Diante do exposto, determine: (UFRGS/RS-2018.1) - ALTERNATIVA: A
a) a altura inicial h da fonte em relação à superfície horizontal, em Existe uma possibilidade de mudar a frequência de uma onda ele-
função dos demais parâmetros; tromagnética por simples reflexão. Se a superfície refletora estiver
b) o tempo decorrido, em segundos, entre o instante em que a fonte em movimento de aproximação ou afastamento da fonte emissora, a
é liberada e o instante em que a fonte passa pelo observador. onda refletida terá, respectivamente, frequência maior ou menor do
Dados: que a onda original.
• frequência ouvida pelo observador quando a fonte sonora passa Esse fenômeno, utilizado pelos radares (RaDAR é uma sigla de
por ele: 420 Hz; origem inglesa: Radio Detection And Ranging), é conhecido como
• ângulo entre o plano inclinado e a superfície horizontal: q = 30º; efeito
• distância entre o observador e a base do plano inclinado: d = 4 m; *a) Doppler.
• velocidade do som: 340 m/s; b) Faraday.
• aceleração da gravidade: g = 10 m/s2 ; c) Fotoelétrico.
d) Magnus.
• 13 @ 3,6; e
e) Zeeman.
•√ 5 @ 2,2.

(UNIMONTES/MG-2018.1) - ALTERNATIVA: D
(CESUPA-2018.1) - ALTERNATIVA: B Na figura a seguir, um homem e uma mulher estão em repouso nas
Em uma corrida de Fórmula 1, um espectador está no centro de uma posições A e B, respectivamente. Ambos escutam o som emitido por
grande reta quando vê um carro se aproximar com velocidade igual uma ambulância.
a um terço da velocidade do som no ar (Var / 3), emitindo um ruído
com frequência de 2 000 Hz. Ele então percebe que o som, quando o
carro se afasta, é diferente daquele ouvido enquanto o carro se
aproximava de sua posição na arquibancada. Considerando a ve-
locidade do carro constante, qual é a diferença entre as frequências
do som percebidas pelo espectador ?
a) 200 Hz
*b) 1 500 Hz
c) 3 000 Hz
d) 500 Hz

(ITA/SP-2018.1) - ALTERNATIVA: A
Em queixa à polícia, um músico depõe ter sido quase atropelado por
um carro, tendo distinguido o som em Mi da buzina na aproximação O som que o homem, na posição A, ouve é mais
do carro e em Ré, no seu afastamento. Então, com base no fato a) agudo, pois a frequência do som ouvido por ele é maior que a do
de ser de 10/9 a relação das frequências nMi /n
 Ré, a perícia técnica som ouvido pela mulher, na posiçaõ B.
conclui que a velocidade do carro, em km/h, deve ter sido aproxima- b) grave, pois a frequência do som ouvido por ele é maior que a do
damente de som ouvido pela mulher, na posiçaõ B.
Dado: Velocidade do som no ar = 340 m/s. c) agudo, pois a frequência do som ouvido por ele é menor que a do
*a) 64. d) 102. som ouvido pela mulher, na posiçaõ B.
b) 71. e) 130. *d) grave, pois a frequência do som ouvido por ele é menor que a do
c) 83. som ouvido pela mulher, na posiçaõ B.

(UEMG-2018.1) - ALTERNATIVA: C
Assinale a alternativa que apresenta fenômenos que poderiam estar
associados às seguintes ilustrações.

a) Ressonância magnética e oscilações forçadas.


b) Efeito Casimir e Ultrassom.
*c) Efeito Doppler e Desvio para o Vermelho (Big Bang).
d) Ressonância acústica e interferência destrutiva.
japizzirani@gmail.com 28
VESTIBULARES 2018.2

(PUC/SP-2018.2) - ALTERNATIVA: B
Uma garotinha está brincando de pular na cama elástica. Ao longo
de seu salto mais alto, desde o momento em que seus pés aban-
donaram a cama elástica e atingiram a altura máxima de 1,8 m, em
relação ao nível da cama e retornou ao exato ponto de partida, ela
deu um grito de alegria, em que o som estridente, de tom puro, tinha
uma frequência de 350 Hz.

g = 10 m/s2

Fonte: <https://pt.depositphotos.com/vector-images/trampolim.html> (editado)

Determine, em hertz, a diferença aproximada entre a maior e a me-


nor frequência dos sons percebidos pelos pais, que permanecem
muito próximos à cama elástica e em repouso em relação a ela.
Adote a velocidade do som no ar igual a 340 m/s. Despreze todas
as formas de atrito.
a) 0 *b) 12 c) 24 d) 36

(UCB/DF-2018.2) - ALTERNATIVA OFICIAL: A


Um escâner médico ultrassônico é utilizado na função doppler para
aferir a velocidade de fluxo sanguíneo de um feto, mantendo o trans-
dutor parado e de forma paralela em relação ao vaso. Nesse modo,
o equimpamento é programado para usar a equação do efeito do-

ppler, fobs = ( vsom ± vobs


±
vsom vfonte )
f, nas aferições. Se a velocidade do som

nos tecidos é de 1 500 m/s, e a razão entre a frequência emitida e


f
a observada pelo equipamento no exame foi de = 0,9999, o
fobs
módulo e o sentido da velocidade calculada para o fluxo sanguíneo
serão respectivamente,
*a) 15 cm/s se aproximando do transdutor.
b) 30 cm/s se aproximando do transdutor.
c) 400 cm/s se afastando do transdutor.
d) 1 499 cm/s se afastando do transdutor.
e) 150 cm/s se afastando do transdutor.

(IFF/RJ-2018.2) - ALTERNATIVA: D
Um caminhão de bombeiro se movimenta em uma avenida reta com
a sirene ligada, sua sirene emite um som cuja frequência é f o . Uma
pessoa, parada no ponto de ônibus nessa mesma avenida, observa
o caminhão vindo em sua direção, e ouve o som da sirene. O gráfico
a seguir mostra como varia a distância entre o caminhão e a pessoa
em função do tempo:

Com base nessas informações, podemos afirmar que a frequência


da sirene, ouvida pela pessoa, enquanto o caminhão se aproxima,
em relação à f o ,
a) aumentará de maneira linear conforme o caminhão se aproxima.
b) diminuirá de maneira linear conforme o caminhão se aproxima.
c) se manterá constante e igual a f o .
*d) se manterá constante e maior que f o .
e) se manterá constante e menor que f o .
japizzirani@gmail.com 29