Вы находитесь на странице: 1из 3

Doença Financeira

eftbrasil.com.br/doenca-financeira/

Muitas pessoas, a maioria delas, passa a vida inteira com problemas financeiros. O interessante é que ninguém
acha normal ter uma doença física a vida inteira, mas as pessoas acham normal, que faz parte da vida, ter
problemas financeiros. O fato é que há pessoas que conseguem ter uma vida próspera. Às vezes passam por
algum aperto ou dificuldade, mas como um problema passageiro, assim como uma gripe ou mesmo uma
pneumonia que depois vai embora.Doença Financeira

Não seria normal nem saudável alguém passar a vida inteira gripado, assim como não é saudável que alguém
passe a vida toda sem conseguir prosperar. É como se fosse uma doença mesmo. Mas como as pessoas não
veem por esse lado, acham normal e se conformam. Normalmente, a culpa pela situação é colocada em
fatores externos como a economia, o país onde vivem, no “capitalismo”, em um sócio que prejudicou ou na falta
de crescimento da empresa onde trabalham. Enfim, nunca a culpa é da pessoa em dificuldade.

Mas isso é uma doença que tem cura. A EFT (Técnica para autolimpeza emocional – Clique Aqui e Solicite o
Manual Gratuito para aprender a eliminar emoções e Pensamentos negativos em minutos!) pode ajudar
bastante a curar esse mal, pois ele está associado a sentimentos negativos como falta de auto-confiança, achar
que não merece, sentimentos de injustiça (de que é injusto ganhar bem enquanto outros não têm nada) e
crenças, muitas crenças negativas sobre o dinheiro.

Já escrevi também sobre esse tema. A televisão, a sociedade, a família, a religião estão o tempo inteiro
bombardeando nosso subconsciente, associando o dinheiro a coisas negativas, ou pelo menos é essa a
interpretação maior que conseguimos ter.

Tudo isso pode ser muito bem trabalhado e eliminado com a EFT. Veja quanta coisa pode estar por trás da
dificuldade em prosperar. Atendi recentemente a um microempresário com uma dificuldade enorme em
prosperar. A firma já tinha alguns anos, mas ele não conseguia crescer e ficar independente financeiramente.
As sessões foram feitas à distância, por telefone e pela comunicação por voz via skype pela internet.

A queixa é que ele não conseguia sair de casa para dar orçamentos, vender seus serviços; dava uma preguiça
imensa e sua mãe o cobrava constantemente (e com razão) pela inércia. Ele falava que adorava o trabalho mas
que simplesmente não conseguia fazer mais do que aquilo, e que sabia que não era preguiçoso ou
incompetente. Aliás, eu nunca acho que alguém seja realmente incompetente ou preguiçoso; creio que existem

1/3
apenas pessoas com dificuldades emocionais que podem ser resolvidas e aí ela encontra o seu caminho e
acaba a preguiça, a má vontade e tudo o mais.

Logo na primeira sessão detectamos um sentimento de inferioridade com relação aos irmãos, pois todos
sempre foram brilhantes na escola, enquanto ele, o mais novo, nunca ia tão bem. Muitas comparações ao longo
da vida, muitos elogios aos irmãos enquanto ele era sempre criticado. Um evento que havia ficado marcado
com muita intensidade na memória dele, foi que um dia a família inteira estava passeando de carro em uma
estrada que passava ao lado de um canavial com muitos trabalhadores. O pai dele comentou o seguinte, em
tom de brincadeira: “Daqui alguns anos, seus irmãos irão passar aqui de carro, todos formados, doutores,
dando um tchauzinho pra você que vai estar cortando cana no canavial…”

Cruel esse comentário? Não foi essa a intenção do pai; ele falou em tom de brincadeira, como que para fazer o
filho acordar. O filho sabia dessa intenção mas guardou uma profunda mágoa desse evento, um sentimento
extremo de ser a decepção da família. E foi isso que ele se tornou: um fracassado.

Quando começamos a falar sobre esse assunto, ele chorou bastante ao lembrar. Fizemos várias rodadas de
EFT para esse sentimento, falamos também sobre se sentir “a decepção da família”. Ao final de algumas
rodadas o resultado foi bem impressionante: ele conseguia lembrar da cena e achar graça do que o pai tinha
falado, pois realmente a intenção era essa: de ser uma piada. O sentimento de ser uma decepção também foi
trabalhado com lembranças de mais alguns fatos do passado.

O resultado disso foi muito interessante. Marcamos uma outra sessão uma semana depois quando ele relatou
que houve uma mudança profunda no seu comportamento. Começou a sair de casa para trabalhar, fazer
orçamentos, estava sem tempo pra nada devido a tanto trabalho. Ele ficou com medo que fosse apenas uma
empolgação, mas o resultado perdurou.

Com aqueles sentimentos guardados ele jamais conseguiria prosperar, ficaria doente financeiramente pelo resto
da vida. É claro que essa não era a única coisa que estava influenciando na vida financeira e normalmente não
é apenas um único fator. Também encontramos algumas crenças negativas que precisamos trabalhar. Ele tinha
dificuldade em cobrar um preço razoável e até mesmo de ir atrás receber o que lhe era devido. Foram quatro
sessões no total, o que provocou uma mudança bem significativa de comportamento.

Ainda é preciso fazer mais trabalho; tem mais assunto que pode ser mexido e ele falou que depois pretende
investir em mais sessões e está bem empolgado divulgando bastante a EFT (Clique Aqui e Solicite o Manual
Gratuito).

Esse foi apenas um exemplo. Se você passa por dificuldades financeiras, pode ser que tenha algo parecido
com o caso relatado mas também pode ser que tenha o problema fundamentado em situações, sentimentos e
crenças bem diferentes. O fato é que, se a vida financeira não vai bem, existe conteúdo emocional a ser
trabalhado que pode refletir diretamente para modificar esse resultado.

Um forte abraço!

André Lima.

PS.: Se você gostou desse artigo e acredita que esse conhecimento pode ajudar outras pessoas, então clica
em Curtir em algum lugar dessa página. Vou ficar muito grato a você!

Receba o Manual Gratuito clicando Aqui ou na imagem abaixo:

2/3
3/3

Похожие интересы