Вы находитесь на странице: 1из 5

TEXACO BRASIL Ltda.

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANCA DE PRODUTOS


QUÍMICOS(FISPQ)
00958 – MARFAK MP-2
pag:1 de 5

LEIA E COMPREENDA A FISPQ ANTES DE MANIPULAR OU ELIMINAR O PRODUTO

1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA


• CÓDIGO E NOME DO PRODUTO
00958 – MARFAK MP-2
• DESCRIÇÃO
Graxa lubrificante
• COMPANHIA
TEXACO BRASIL LTDA..- PRODUTOS DE PETRÓLEO
Avenida República do Chile, 230/25ºandar – 20031-170 – Centro – Rio de Janeiro - Brasil
Telefone de Emergência: 0800 21 22 33 - Opção 2
Home Page : www.texaco.com.br

2. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÃO SOBRE OS INGREDIENTES


Nome % peso CAS No
Óleo mineral parafínico hidrotratado N.A 72623-83-7
Óleo mineral parafínico N.A. 64742-65-0
Óleo mineral parafínico residual hidrotratado N.A. 64742-62-7
Sabão de lítio de ácido graxo N.A. 7620-77-1.
Nenhum componente deste produto é considerado perigoso segundo a OSHA
Extrato DMSO IP 346 < 3%
3. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS
• Graves efeitos de exposição ao homem
Inalação
Produto não volátil a temperatura ambiente. Os vapores ou a névoa provenientes do aquecimento do produto
podem causar mal-estar no nariz e na garganta. Coriza e tosse podem ocorrer em conseqüência de
condições de trabalho especiais.
Contato coma pele
O contato breve não é irritante. O contato prolongado, por exemplo com a roupa molhada com o material,
pode produzir um desengorduramento da pele ou uma irritação que se caracteriza por rubor e mal-estar
ligeiro . O material proveniente de equipamento à alta pressão ou vazamentos à alta pressão podem penetrar
na pele e se não se tratar devidamente, pode causar lesões graves, incluindo desfiguração, perda de função
podendo mesmo requerer amputação da área afetada. Para evitar tais lesões graves, deve procurar-se
atenção médica imediata mesmo se a lesão parecer pouco grave.
Contato com os olhos
Pode causar uma irritação mínima que se manifesta como mal-estar temporário.
Ingestão
Não se esperam efeitos desfavoráveis. Em caso de ingestão de quantidade considerável, podem ocorrer
dores abdominais, náuseas e diarréia.
• Efeitos crônicos de exposição ao homem
Condições médicas agravadas por exposição
Por causa das suas propriedades desengorduradoras, o contato prolongado e repetido com a pele pode
agravar uma dermatite já existente (condição cutânea).
• Efeitos de exposição ao ambiente
Não se espera algum efeito devido à viscosidade que dificulta a mobilidade.

10/01/2001
Revisado em 14/04/2003
TEXACO BRASIL Ltda.
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANCA DE PRODUTOS
QUÍMICOS(FISPQ)
00958 – MARFAK MP-2
pag:2 de 5

4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS


• Rota de exposição
Inalação
Se os sintomas que estão descritos acima ocorrerem, remover a vítima para o ar livre. Administrar respiração
artificial em caso de parada respiratória. Encaminhar ao médico.
Contato cutâneo
Lavar a pele com sabão e água abundantes durante vários minutos. A injeção à alta pressão do material na
pele, não se tratando devidamente, pode causar danos graves. Chamar um médico em caso de se
desenvolver ou persistir a irritação da pele.
Contato com os olhos
Lavar os olhos com água abundante durante vários minutos. Chamar um médico se persistir a irritação.
Ingestão
Não provocar vômito. Dar dois copos d’água à vítima caso consciente.

5. MEDIDAS DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO


• Meios de extinção adequados
Utilizar água pulverizada, pó seco, espuma ou dióxido de carbono. Utilizar água para esfriar os reservatórios
expostos ao fogo. Em caso de fuga ou derrame não inflamado, utilizar água pulverizada para dispersar os
vapores e para proteger o pessoal que tenta deter a fuga.
• Meios de extinção contra indicados
Repuxo.
• Perigos específicos
Pode haver liberação de sulfeto de hidrogênio bem como aldeídos e cetonas irritantes durante a combustão
do produto.
• Equipamento protetor especial para bombeiros
A natureza do equipamento de proteção especial necessário dependerá do tamanho do incêndio, do grau de
encerramento do fogo e da ventilação natural disponível. Para incêndios em lugares encerrados e em áreas
mal ventiladas recomenda-se roupa resistente ao fogo e aparelhos de respiração autônomos. Para qualquer
incêndio de grande proporção relacionado com este produto recomenda-se o equipamento completo à prova
de fogo.
• Outras considerações
Em caso de incêndio, sempre chamar os bombeiros. Os incêndios pequenos, como aqueles que se podem
dominar com um extintor manual, normalmente podem ser combatidos por uma pessoa instruída quanto aos
riscos dos fogos de líquidos inflamáveis. Os fogos mais fortes devem ser combatidos por pessoas que
tenham recebido uma instrução completa. Assegurar que haja uma rota de evasão disponível.

6. MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO/VAZAMENTO


• Precauções pessoais
Evitar o contato com olhos e pele.
• Precauções para com o meio ambiente
Deve-se evitar que o produto se infiltre no solo e atinja o lençol freático e outros cursos d’água.
• Métodos de remoção e limpeza
Absorver com material apropriado. Recolher de forma mecânica.

10/01/2001
Revisado em 14/04/2003
TEXACO BRASIL Ltda.
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANCA DE PRODUTOS
QUÍMICOS(FISPQ)
00958 – MARFAK MP-2
pag:3 de 5

7. MANIPULAÇÃO E ARMAZENAGEM
• Manipulação
Medidas técnicas apropriadas
Não requer técnica específica.
Prevenção da exposição
Evitar o contato prolongado ou repetido pela pele.
Precauções para manuseio seguro
Não requer técnica específica
• Armazenagem
Medidas técnicas técnica apropriada
Manter os recipientes fechados enquanto não se utilizarem.
Condições de armazenamento
Recomenda-se armazenar em lugar seco
Produtos incompatíveis
Recomenda-se manter afastado de agentes oxidantes fortes bem como fontes de ignição.

8. CONTROLES DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO PESSOAL


• Limite de exposição para o produto
5mg/m³ de ar para a névoa de óleo mineral durante uma exposição média diária de 8 horas (ACGIH).
• Proteção respiratória
Normalmente não necessária.
• Proteção de mãos e pele
Recomenda-se o uso de luvas impermeáveis
• Proteção da vista
Recomenda-se o uso de óculos protetores do tipo químico ou de protetor facial para evitar o contato com os
olhos.
• Medidas de higiene
Os empregados expostos devem realizar uma limpeza pessoal razoável. Isto inclui a lavagem das áreas
cutâneas expostas
Várias vezes por dia com água e sabão e a lavagem (em seco) da roupa de trabalho.

9. PROPRIEDADES FISICO-QUIMICAS
Aparência: Substância de consistência pastosa e textura lisa, cor marron
esverdeada.
Odor Odor de hidrocarboneto
PH N.D.(produto insolúvel em água)
Ponto de fulgor (COC), °C: > 220
Densidade relativa N.D. (substância sólida)
Viscosidade N.A. (substância sólida)
Limites de explosividade(LEI/LES) N.A.(produto não inflamável)

10/01/2001
Revisado em 14/04/2003
TEXACO BRASIL Ltda.
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANCA DE PRODUTOS
QUÍMICOS(FISPQ)
00958 – MARFAK MP-2
pag:4 de 5

Solubilidade Insolúvel em água. Soluvel em outros hidrocarbonetos

10.ESTABILIDADE E REATIVIDADE
• Estabilidade
Produto estável.
• Reações perigosas
Não ocorrem.
• Materiais a evitar
Agentes oxidantes enérgicos.
• Produtos de decomposição perigosos
Óxidos de carbono, aldeídos e cetonas.

11.INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS
Dose letal mediana
• Oral:
LD50 Acredita-se que é > 5.00 g/kg (rato) praticamente não tóxico
• Inalação:
Não determinado.
• Pele:
LD50 Acredita-se que é > 2.00 g/kg (coelho) praticamente não tóxico
Índice de irritação, Estimativa de irritação (espécie)
• Pele:
(Draize) Acredita-se que é < .50 /8.0 (coelho) nenhum efeito apreciável
• Olhos:
(Draize) Acredita-se que é < 15.00 /110 (coelho) nenhum efeito apreciável
• Sensibilização:
Não determinado.
• Outros:
Nenhum

12.INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS
• Ecotoxicidade aquática:
Aguda
Peixe(O. mykiss) - LL50, 96h: >5000 mg/l. (método: óleo disperso em água). Barbieri et al, 1993.
Crônica
Peixe(P.promelas) – NOEL(limite de efeito não observado): >5000 mg/l(método: EPA 1000.0/óleo disperso em
água). Parâmetros observados: reprodução e sobrevivência. Barbieri et al, 1993.
• Mobilidade:
Devido à baixa solubilidade, a dispersão em água se dá em função do movimento do curso d’água.
• Persistência e biodegradabilidade:
23%.- Sturm teste modificado(OECD 301B)
• Potencial de bioacumulação:
Não há dados que indiquem que este produto seja significativamente bioacumulativo aos seres
aquáticos(CONCAWE, Dossiê de produtos – 1997).
10/01/2001
Revisado em 14/04/2003
TEXACO BRASIL Ltda.
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANCA DE PRODUTOS
QUÍMICOS(FISPQ)
00958 – MARFAK MP-2
pag:5 de 5

13.CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E ELIMINAÇÃO


• Eliminação de resíduos
Eliminar segundo as leis e as regras locais quanto ao descarte de resíduos de produtos petrolíferos.
• Embalagens contaminadas
Recomenda-se encaminhar para empresas especializadas em reciclagem.

14.INFORMAÇAO SOBRE TRANSPORTE


• Transporte rodoviário e no Mercosul
Não regulado de acordo com o Ministério dos Transportes( port. MT n°. 402 de 09/09/1998).
• Transporte aéreo doméstico e internacional ICAO & IATA(section 4.2):
Não regulado
• Transporte Marítimo(IMDG):
Não regulado

15.REGULAMENTAÇÕES
Produto não regulado segundo as autoridades locais e de acordo com a portaria MT n º 402, de 09/09/1998 e
a 7ª edição das Recomendações das Nações Unidas..

16.OUTRAS INFORMAÇÕES
Alterações foram feitas nas seções: 1, 2, 14

Toda a informação contida nesta Folha de Dados de Segurança e, em particular, a


Informação sobre a saúde, a segurança e o ambiente, é exata e real de acordo com o nosso
conhecimento, à data da publicação especificada. Não obstante, a companhia não é
responsável por qualquer erro involuntário ou acidental que pode conter nesta Ficha de
Informações de Segurança de Produto Químico A entrega desta Ficha de Dados de Segurança
não isenta usuário da sua obrigação de assegurar-se que o produto descrito é apropriado para
a sua situação particular e que as precauções de segurança e os conselhos do ambiente são
adequados para as suas necessidades e o seu caso concreto. Além disso, é obrigação do
usuário utilizar este produto com segurança e cumprir a legislação em vigor referente à
utilização do produto.
A Companhia não aceitará nenhuma responsabilidade por danos, lesões ou perdas em
conseqüência de não seguir as recomendações de segurança e outras contidas nesta Ficha de
Dados de Segurança, nem de perigos inerentes à natureza do material, nem da sua má ou
inadequada utilização.

10/01/2001
Revisado em 14/04/2003

Похожие интересы