Вы находитесь на странице: 1из 5

1

Ficha de preparação para teste: Meio Físico – Relevo e Bacias


hidrográficas – 8º ano

1. O que é o relevo?

É as diferentes formas de representar a terra.

2. A que se devem as alterações do relevo?

Aos agentes internos e externos.

3. Quais são esses agentes?

São agentes que modelam e criam as diferentes formas da superfície terrestre.

4. Dá exemplos desses agentes.

Os agentes externos são, a água o vento e a temperatura, a água engloba a precipitação, os


rios, os oceanos e os glaciares.

Os agentes internos são os movimentos das placas tectónicas, os vulcões e os sismos.

5. Qual dos agentes externos provoca maior alteração no relevo?

A água devido ao seu poder de erosão.

6. O que é a erosão?
É um conjunto de processos que modelam a superfície terrestre. Consiste no desgaste,
transporte e acumulação.

7. Que tipos de erosão provocados pela água podem ocorrer?


Erosão fluvial (rios), marítima (oceanos), pluvial (águas das chuvas) e glaciar (gelo).

8. Qual é a ação de cada um dos processos erosivos?


O desgaste refere-se ao arranque dos materiais, o transporte, ao movimento dos matérias e a
acumulação , à depositação dos materiais.

9. De que forma atuam o vento e a temperatura no processo de erosão?

O vento e temperatura são processos mais lentos que a água. O vento arranca, transporta e é
responsável pela acumulação dos materiais, forma dunas por exemplo. A temperatura atua
sobre os materiais provocando a sua dilatação e contração provocando a sua fratura.

10. O que é a altitude?

Prof. NPM
2

É a distância na vertical medida em metros, desde o nível médio das águas do mar até ao lugar
de referência.

Para que serve o estudo da altitude?


Para caraterizar e estudar o relevo terrestre.

11. Quais os tipos de altitude que existem.


Positiva, negativa e profundidade e nula.

12. Que formas de relevo estudaste?

Montanha, vale , planalto e planície.

13. Atribui características a cada uma delas?


MONTANHAS
- Formas de relevo elevadas, por vezes com grandes declives (inclinações).
O cume é o seu ponto mais alto em forma pontiaguda ou arredondado e as vertentes
são os lados que apresentam grande declive.
- Formam-se através de movimentos tectónicos convergentes.
Ao conjunto de montanhas dá-se o nome de cordilheira ou cadeia montanhosa.
VALES
- Espaços de menor altitude entre duas montanhas, muitas vezes atravessados por um
rio.
- São geralmente depressões estreitas e alongadas e surgem devido ao escoamento das águas
das chuvas ou de glaciares.
Existem vales em V fechado, em V aberto ou caldeira aluvial
PLANALTOS
- Formas de relevo planas existentes a altitudes superiores a 200m.
- Resultam, geralmente, da erosão de antigas montanhas
PLANÍCIES
- Formas de relevo planas existentes a altitudes inferiores a 200m.
- Resultam da erosão de antigos relevos ou da acumulação de sedimentos muitas vezes no
final dos rios.

14. Que mapas conheces que representem o relevo?


Os topográficos e os hipsométricos.

15. Qual a diferença entre eles?


Os topográficos são mapas que representam grande pormenor e representam o relevo através
de curvas de nível.

Prof. NPM
3

Os hipsométricos, representam o relevo através de uma gradação de cor, a cor mais escura
representa um relevo com maior altitude e a cor mais clara, um relevo com uma altitude
inferior a 200 metros.

16. O que são curvas de nível.

17. Indica as maiores cordilheiras montanhosas da europa.


Pirenéus Alpes- Apeninos- Alpes Dináricos - Cárpatos - Balcãs- Cáucaso
- Montes Urais- Montes Escandinavos

18. Identifica-as no mapa da Europa.

19. Qual a cordilheira mais importante e o ponto mais alto da Europa?


A cordilheira dos Alpes e o monte Elbrus na cordilheira do Cáucaso, na Rússia.

20. Responde para cada um restantes continentes, quais as principais cordilheiras e o


ponto mais alto.

América, norte – Montanhas rochosas e Monte Mckinley no Alásca .

América, sul – Andes e Aconcágua na Argentina.

Ásia – Himalaias e Evereste

África – Atlas e monte Kilimanjaro na Tanzânia.

Oceânia - Grande cordilheira divisória e monte wilhelm

Antártida – Montes transanárticos e Maciço Winson

21. Descreve o relevo em Portugal.

Portugal apresenta vários contrastes ao nível das formas de relevo, destacando-se as


diferenças entre o Norte e o Sul. A Norte do Rio Tejo há uma predominância de áreas
montanhosas e planaltos. O ponto mais alto do continente é a Serra da Estrela, com 1993
metros de altitude. Pelo contrário, a Sul encontramos vastas planícies (Lezíria Ribatejana e
Alentejo) e pequenas elevações (Arrábida, Monchique, ...). Quanto às regiões autónomas,
destaca-se o Pico (Açores), com 2351 metros de altitude, sendo a maior A ilha da Madeira
é, também, bastante acidentada, o ponto mais alto é o Pico Ruivo.

22. O que é um rio?

Um rio é um curso natural de água que corre num leito escavado por si.

23. Dá uma noção para cada um dos conceitos.

- Nascente - local onde nasce o rio;

- Foz - local onde desagua o rio;

Prof. NPM
4

- Leito - local onde corre o rio;

- Caudal - quantidade de água que passa por uma determinada secção do rio.

24. Qual a importância dos rios?


Os rios são indispensáveis para as atividades humanas como a agricultura e produção
de eletricidade e desde há muito que são também importantes vias de comunicação.

25. Qual a importância do ciclo hidrológico.

É através do ciclo hidrológico que a água circula na natureza permitindo o equilíbrio do sistema
global.

26. Distingue rede hidrográfica de bacia hidrográfica.

A rede hidrográfica é o conjunto formado por um rio principal e os seus afluentes e


subafluentes . A bacia hidrográfica é o território drenado por um rio principal e os seus
afluentes e subafluentes. Por outra palavras, a bacia hidrográfica é a superfície
drenada por uma rede hidrográfica.

27. O que é um interflúvio?


As linhas que unem pontos de maior altitude que separam duas bacias hidrográficas
dá-se o nome de interflúvio .

28. Como é que os rios são abastecidos?


Através da precipitação e da escorrência das águas das vertentes das montanhas.

29. O que é o regime fluvial ou hidrológico?


É a variação do caudal de um rio ao longo de um ano.

30. Que tipo de regimes conheces? Carateriza-os.


Regime perene, os rios tem água durante todo o ano embora o seu caudal aumente
no inverno. Exemplo dos rios da Europa.
Regime intermitente, os rios que transportam água durante a época das chuvas mas
depois secam, são típicos das zonas tropicais.
Regime efémero, só se forma em período de chuvas, típicos das regiões desérticas.

31. Os rios tem 3 tipos de leito, quais?

Leito de cheia ou de inundação, leito de estiagem e leito normal.

32. Quais são as três secções dos rios?


Secção Superior:
- Troço inicial do rio com grandes declives.
- Vales em forme de V.

Prof. NPM
5

- Grande velocidade da água.


- Fase da erosão: desgaste dos materiais.
Secção Intermédia:
- Troço intermédio do rio com menores declives.
- Vales em forma de V aberto.
- Velocidade da água começa a diminuir.
- Fase da erosão: transporte.
Secção Inferior:
- Troço final do rio, praticamente plano.
- Vales aberto de fundo plano.
- Baixa velocidade do escoamento da água.
- Fase da erosão: acumulação.

33. Que formas de relevo podemos encontrar em cada uma das secções?

Na secção superior, gargantas e rápidos e cascatas.

Na secção intermédia , os meandros.

Na secção inferior, o estuário e o delta .

34. Qual a diferença entre estuário e delta?


O Estuário é a parte junto à foz onde um rio alarga, aprofunda e onde as suas águas
doces se misturam com as águas salgadas do mar.
Um delta é a parte final de um rio que se ramifica formando vários canais e ilhas.

Prof. NPM