Вы находитесь на странице: 1из 11
Nome: ANA PAULA PESCARA Namero do documento de identidade: 5846551 SC Sala: 02100 Numero de inscrigao: 10171641 Sequencial: 008 / 060 Local de realizagao da(s) prova(s): Curitiba/PR Cargo 12: Agente de Policia Federal PES LoL “ho receber ete caern de rovs, confi nicilmente eos seus dades pessoas eos dads {do cargo a que vocé concorre, transerits acima, estao corres e coincidem com o que esta ‘episrado na sua Fotha de Respostas e na sua Folha de Texto Defntivo da Prova Discursiva, Contra também o seu nome em cada pagina numerada deste caderna de provas (desconsidere estas instrugées, caso se trate de caderno de prova reserva). Em seguida, verique se esto ‘caderno contem a quantidade do itens indcada em sua Fotha de Respostas, correspondents a(s) prova(s)obetva(s),e. prova dscursiva, acompanhada de espago para rascunho. Caso 0 caderno Sa ecletodeltnttaras aul essay oer i esta incompleto, tenha qualquer detito e(ou) apresente divergéncia quanto aos seus dados oer pessoas (ou) 20s dados do.cargo aque voc® concort, sole, de imediato, ao(a) aplicador(a) de provas mais proximo(a) que tome as prvidéncias necessaras. ee Ce es ante a realizagdo das provas,n ni rosa nem selevante Durante a ealizagao das provas, no se comunique com outros(as}cancxdaos(as) nem se levant pe sah ease) ally sem autoizagdo de apicador(a) de provas, Nao serdo forecidas folhas suplementares para o rascunho nem para a tarscrigao do texto definitive daprovadscursva, Sat Na duragao das provas, estaincluido o tempo destinado aidenticaao — aque seratetaro decorrer | pores as provas —, ao preenchimento da Folha de Respostas e a rarscrrao oo texto da prova erent ciscursiva para Folha de Texto Definitive da Prova Discursiva, r Coreen ‘Ao terminaras provas, char o(a) plicador(a} de povas mais proaros.dewanc-e a sua Flha {de Respostas ea sua olha de Texto Definitivo da Prova Discarsivae dome olacal ae provas A desobediénciaa qualquer uma das determinagbes constants em eta. we preserte caderno, na Nome do canidato: ANA PAULA PESCARA CESPE | CEBRASPE — DGPIPF — Ay sco: 2018 + Cada um dos itens da(s) prova(s) objetiva(s) esti vinculado ao comando que imediatamente o antecede. De acordo com 0 comando ‘aque cada um deles esteja vinculado, marque, na Folha de Respostas, para cada item: 0 campo designado com o cddigo C, caso julgue 0 item CERTO; ou o campo designado com o eédigo E, caso julgue o item ERRADO. A auséncia de marcagto ou a marcagao de ambos os campos ndo serdo apenadas, ou sé no receberio pontuagio negativa, Para as devidas marcages, use a Folha de Respostas,tnico documento valido para a correo da(s)sua(s) prova(s)objetiva(s). ++ Nositens ue avaliarem conhecimentos de informitica e(ou) teenologia da informagao, amenos quesejaexpicitamente informado © contréri, eonsdere que todos os programas mencionados esto em configuragdo-padrio, em portugués, e que nfo hi restrigBes de prote¢o, de funcionamento ¢ de uso em relagio aos programas, arquivos, dretoios, recursos e equipamentos mencionados. + No(s) item(ns) constituido(s) pela estrutura Situaglo hipotética: seguida de Assertivat .., os dados apresentados como situagdo hipotetica deverao ser considerados premissa(s) para o julgamento da assertiva proposta. + Eventuais espacos livres — identificados ou nao pela expresso “Espaco livre” ser utilizados para anotagdes, rascunhos ete. que constarem deste cademno de provas podertio PROVA OBJETIVA ‘ Imagine uma operagao de busca na selva, Sem mapas, binéculos ou apoio logistico; somente com um facto, Assim cram feitas as operagdes de combate 4 pornografia infanti + pela Policia Federal até 0 dia em que peritos eriminais federais desenvolveram, no estado de Mato Grosso do Sul, o Nudetective , (© programa executa em minutos uma busca que poderia levar- meses, encontrando todo 0 contetido pomogrifico de pedofilia em computadores, pendrives, ‘smartphones e demais midias de armazenamento. Para ajudar o trabalho dos peritos, existem programas que buscam os arquivos de imagem e video através de sua hash ‘2 ousuaassinatura digital. Logo nos primeiros testes, adetecgaio de imagens apresentou mais de 90% de acerto. Para o teste, pegaram um HD com conteido jé ‘= periciado e rodaram o programa. Conseguiram 95% de acerto em 12 minutos, Seu diferencial era no s6 buscar pela assinatura digital ou nomes conhecidos, mas também por novos 4 arquivos por intermédio da leitura dos pixels presentes nna imagem calibrados a uma paleta de tons de pele. Comegava a revolugdo em termos de investigagdo criminal 2 de pomografia infantil ‘Além da detecgio de imagens e videos, todo 0 processo de busca e obteneio de resultados ésimultaneo, o que 25 economiza tempo e dinheir. ‘A licenga de uso do software, que é programado em Java, € gratuita © 6 é disponibilizada para forcas da lei e 22 pesquisas académicas. Segundo seus desenvolvedores, nunca houve ointuito de venda, pois nao enxergam sentido em lucrar com algo que seja para salvar criangas. Mas, entdo, por que ndo + deixi-lo disponivel para todos? Somente para que no possa ser utilizado para criar formas de burli-lo, explicam. Desde seu langamento, 0 Nudetective ja foi se compartithado com Argentina, Paraguai, Suécia, Austria, ‘Noruega, Nova Zelindia e Portugal. Ganhou reconhecimento € premiagdes em congressos forenses no Brasil e no mundo. eat so cna com> oa No que se refere aos sentidos e aos aspects linguisticos do texto apresentado,julgue s tens seguintes, 1. Infere-se do texto que 0 Nudetective foi _desenvolvido cespecificamente para 0 combate & pornografia infantil 2 Um dos beneficios do Nudetective para a Policia Federal é tomar mais célere a investigagdo de crimes relacionados & pornografia infantil 3 Oprimeiro pardgrafo do texto informa que, antes da eriagao do Nudetective, a Policia Federal nao dispunha de dispositivos tecnolégicos para a investigagdo de crimes de piedofilia na Internet. 4 De acordo com 0 texto, diversos paises da América e da Europa compraram a licenga de uso do software criado pelos policiais federais do Mato Grosso do Sul, o que demonstra 0 reconhecimento estrangeiro da qualidade do trabalho forense do Brasil, 5 Conclui-se do texto que a varredura do Nudetective é restrita a dispositivos conectados A Internet. # A insergdo de uma virgula imediatamente apés a palavra “Assim” (0.2) alteraria os sentidos do texto. 7 No periodo em que se insere, 0 termo “Logo” (?.13) expressa uma ideia de conelusio, 8 O emprego do sinal indicativo de erase em “a uma paleta (€.20)manteria a corregdo gramatial dotexto, uma vez que, no trecho, 0 voedbulo “a” antecede palavras no feminino, Nao se concebe que um ato normative de qualquer nnatureza seja redigido de forma obscura, que dificulte ou impossibilite sua compreensio. A transparéneia do sentido dos atos ormatives, bem como sua inteligibilidade, sio requisites do proprio Estado de direito: ¢ inaceitavel que um texto legal ndo seja pelos cidadaos. A publicidade implica, pois, necessariamente, clareza e concisd0. entendido Considerando. fragmento de texto apresentado, julgue os seguintes itens, de acordo com o disposto no Manual de Redagio da Presidéncia da Repablica (MRPR). 8 Aredagdodos atos normativos deve permitir que cada cidadao, ‘partir de suas condigdes proprias de leitura, atribua a0 texto legal sua prépria interpretagao. 1 Embora estabelega parimetros para © uso da lingua em redagdes oficiais, 0 MRPR rejeita a adoc3o de um padrao de escrita baseado em uma linguagem administrativa cespecifica, alheia a evolugdo natural da lingua, 11 A.concisio é uma qualidade da redagdo oficial que atende a0 principio da economia linguistica, segundo 0 qual se deve reduzir a0 minimo de palavras possivel 0 conteiido a ser ‘comunicado, evitando-se redundancias ou trechos initeis. Cargo 12: Agonte de Policia Fedora Nome do candidate: ANA PAULA PESCARA Texto IZAIAAA A policia parisiense — disse ele —éextremamente hhabil & sua_maneira, Seus agentes so perseverantes, engenhosos, astutos e perfeitamente versados nos conhecimentos que seus deveres parecem exigir de modo especial. Assim, quando 0 delegado G... nos contou, Pormenorizadamente, a maneira pela qual realizou suas Pesquisas no Hotel D..., ndo tive divida de que efetuara luma investigagao satisfatéria (...) até © ponto a que chegou o seu trabalho, AtE 0 ponto a que chegou o seu trabalho? — perguntei Sim —respondeu Dupin. — As medidas adotadas no foram apenas as melhores que poderiam ser tomadas, mas Tealizadas com absoluta perfeigdo. Se a carta estivesse depositada dentro do raio de suas investigagbes, esses rapazes, sem divida, a teriam encontrado. Ri, simplesmente — mas ele parecia haver dito tudo aquilo com’a maxima seriedade. ‘As medidas, pois — prosseguiu —, eram boas em seu género, e foram bem executadas: seu defeito residia em serem inaplicaveis ao caso e ao homem em questo. Um certo cconjunto de recursos altamente engenhosos ¢, para delegado, uma espécie de leito de Procusto, ao qual procura adaptar forga todos os seus planos, Mas, no caso em aprego, cometeu uma série de erros, por ser demasiado profundo ou demasiado superficial. (..) E, se 0 delegado ¢ toda a sua corte tém cometido tantos enganos, isso se deve (...) a uma apreciagao inexata, ow melhor, a uma nao apreciago da inteligéncia daqueles com quem se metem. Consideram engenhosas apenas. as suas proprias ideias e, a0 procurar alguma coisa que se ache escondida, ndo pensam sendio nos meios que eles proprios teriam empregado para escondé-la. Estio certos apenas num ;ponto: naquele em que sua engenhosidade representa fielmente ‘ada massa; mas, quando a asticia do malfeitor é diferente da deles, © malfeitor, naturalmente, os engana Isso sempre acontece quando a asticia deste ultimo esti acima da deles e, ‘muito frequentemente, quando esti abaixo. Nao variam seu sistema de investigago; na melhor das hipoteses, quando sao instigados por algum caso insélito, ou por alguma recompensa extraordindria, ampliam ou exageram os seus modos de agir habituais, sem que se afastem, no entanto, de seus prineipios. () Vocé compreenderi, agora, o que eu queria dizer a0 afirmar que, se a carta roubada tivesse sido escondida dentro do raio de investigacao do nosso delegado — ou, em outras palavras, se o principio inspirador estivesse compreendido nos principios do detezado —, sua descoberta seria uma questo inteiramente fora de dividd. Este funcionario, porém, se enganou por completo, ea fonte remota de seu fracasso reside na suposiglo de que © ministro é um idiota, pois adquiriu, renome de poeta. Segundo o delegado, todos as poetas $40 iotas — e, neste caso, ele € apenas culpado de uma non listributio medit, ao inferir que todos os poetas so idiotas. — Mas ele ¢ realmente poeta? — perguntei. — Sei que so dois irmaos, ¢ que ambos adq letras. O ministro, creio eu, escreveu eruditamente sobre 0 cilculo diferencial, E um matemitico, ¢ nao um poeta, — Vocé est enganado. Conhego-o bem, E ambas as coisas. Como poeta e matemitico, raciocinaria bem; como ‘mero matemético, nao raciocinaria de modo algum, e ficaria, assim, a mercé do delegado. — Vocé me surpreende — respondi — com essas opinides, que tém sido desmentidas pela voz do mundo. Naturalmente, no querera destruir, de um golpe, ideias amadurecidas durante tantos séculos. A razdo matemitica & ha muito considerada como a razo par excellence. CESPE | CEBRASPE - DGPIPF — Ay \g40: 2018 No que se refere A tipologia © aos sentidos do texto I2ATAAA, julgue os proximos itens. 2 6 Dupin ¢ irénico ao caracterizar a policia parisiense como habil pardgrafo, 0 que é comprovado pela critica que nto pardigrafo, a0 trabalho do delegado e de sua equipe, 0s quais, conforme Dupin, “Estdo certos apenas num onto” (!. 32 € 33), Na opinido de Dupin, a intcligéncia da policia de Paris equipara-se a “da massa” (1.34), que, conforme se infere do texto, € uma inteligéncia média, (O narrador discorda de Dupin com relagdo a opiniao de que © fato de o ministro ser poeta € o que Ihe permite raciocinar bem, o que fica evidente no iltimo pardgrafo do texto. Oprimeiro parigrafo do texto é predominantemente descritivo, pois apresenta as caracteristicas da “policia parisiense”. Infere-se das falas de Dupin que a opiniio do delegado 4 respeito dos poetas foi determinante para que ele no encontrasse “a carta roubada”. Tulgue os seguintes itens, relatives aos sentidos © aos aspectos linguisticos do texto IZALAAA. ” 0 a 2 n A supressdo da virgula empregada logo apés a palavra “algum’ ({.59) manteria a correcao gramatical do texto. Mantendo-se a corregao gramatical e os sentidos originais do texto, 0 seu sexto pardgrafo poderia ser assim reescrito: Perguntei,entretanto, se ele era realmente poeta, Sabia que sto dois inmdos e que ambos adquiriram renome nas letras. © ministro, acreditava eu, escrevia eruditamente sobre 0 ccéleulo diferencial: é um matematico, nao um poeta © pronome “ele”, no trecho “ele é apenas culpado de uma non distributio medit” (0, $1 e 52), refere-se a “0 ministro” (1.49). A corregio gramatical do texto seria mantida caso a forma “compreenderd” (0.42) fosse substitufda por compreende, embora o sentido original do perfodo em que ela ocorre fosse alterado: no original, 0 emprego do futuro revela uma expectativa de Dupin em relago a seu interlocutor; com ‘emprego do presente, essa expectativa seria transformada em fato consumado. verbal Dados os sentidos do sexto paragrafo, é possivel supor que, na frase “E ambas as coisas”, no sétimo pardgrafo, est eliptico 0 trecho ele é logo apés “ ‘No trecho “ao procurar alguma coisa que se ache escondida” ((.30¢31), o pronome “que” exerce a func de complemento dda forma verbal “ache”. AA supresstio do sinal indicativo de erase em “a sua maneira” (1.2) manteria a corregdo gramatical do texto. Feitas as devidas alteragdes de maitisculas e minusculas, 0 ponto e virgula empregado logo apés “bem” (1.58) poderia ser corretamente substituido por ponto final. ‘Cargo 12: Agente de Policia Federal