Вы находитесь на странице: 1из 4

•Fomentar o interesse pela Ciência e Tecnologia, nas áreas de computação, eletrónica e

mecânica para futuras atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico;

•Promover o estudo e a aplicabilidade de conceitos multidisciplinares, como física,


matemática, informática, mecânica, entre outras;

•Estimular a criatividade e a inteligência promovendo a interdisciplinaridade;

•Tornar o aluno um agente ativo de seu próprio conhecimento;

•Incentivar o trabalho de grupo;

•Explorar aspetos de pesquisa, construção e automação;

•Compreender o que caracteriza e distingue a Robótica Inteligente e qual a sua aplicabilidade;

•Despertar o caráter ecológico e a sustentabilidade, uma vez que o projeto utilizará lixo
tecnológico (computadores antigos, brinquedos descartados, sucatas de eletrónicos) para
construção dos projetos a desenvolver;

•Estimular nos alunos, o interesse pela execução de atividades experimentais, promovendo a


investigação na procura das melhores soluções para um melhor desempenho dos robôs
construídos;

•Estimular alunos e professores a criar atividades e projetos na área da robótica, divulgando


seus resultados para a comunidade científica através da participação em eventos nacionais e
internacionais;

•Motivar para as competições robóticas: Festival Nacional de Robótica e Robocup;

•Desenvolver de competências a nível das línguas estrangeiras;

•Promover situações que ajudem a gerir comportamentos, nomeadamente a gestão de


emoções, lidar com a frustração e a sociabilização com diferentes culturas;

•Desmistificar a robótica como área que requer uma superespecialização dos participantes.

O nosso plano de trabalho contempla a construção de robots e a


programação dos mesmos de forma a estarem aptos a participar nos eventos
nacionais e internacionais:
A importância de desenvolver a curiosidade científica e a aprendizagem assente na experiência
vai ao encontro dos desafios que se colocam à Escola na atualidade.

O Agrupamento de Escolas de Celeirós promove uma aprendizagem que extravasa a sala de


aula e contribui para a formação integral dos seus alunos.

Introduzir na escola as novas tecnologias e o gosto pela ciência responde, igualmente, aos
interesses e à apetência que os jovens manifestam no seu dia-a-dia por estas áreas.

Os principais objetivos do clube são:

Fomentar a criação de atividades extracurriculares que permitam aos alunos aplicar os


conhecimentos adquiridos em projetos aliciantes;

Criar e apoiar equipas de alunos para participar em concursos de robótica e áreas afins;

Fomentar o interesse pela Ciência e Tecnologia, nas áreas de computação, eletrónica e


mecânica para futuras atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico;

Estimular nos alunos, o interesse pela execução de atividades experimentais, promovendo a


investigação na procura das melhores soluções para um melhor desempenho dos robôs
construídos;
Os vários tipos de linguagem de programação estão a ganhar uma importância crescente no
mundo atual, sendo fundamentais, não só na área das Ciências, Tecnologia, Engenharia e
Matemática, mas também em outras áreas, por auxiliarem no desenvolvimento de
capacidades transversais, tais como o pensamento analítico, a resolução de problemas, o
trabalho colaborativo e a criatividade.

Neste sentido, a Escola Secundária Campos Melo, através do seu Clube de Programação e
Robótica, procura oferecer uma formação complementar aos currículos da escola. O Clube tem
uma tradição de mais de 10 anos onde tem envolvido alunos de todas as idades em trabalho
com componentes mecânicos, hardware e programação para criar e programar robôs
autónomos capaz de executar tarefas sozinhos.

Qualquer aluno que participe no clube costuma participar na construção dos robôs, na ligação
e funcionamento dos componentes eletrónicos e no desenvolvimento da programação dos
mesmos. Estes projetos apesar de serem divertidos, têm pelo caminho vários problemas
(avarias, erros de programação, entre outros), que requerem paciência persistência e
motivação para os ultrapassar; competências também desenvolvidas no Clube.

O envolvimento nos projetos desenvolvidos tem incluído a participação dos alunos em


concursos nacionais de robótica e programação, tais como: Festival Nacional de Robótica,
Concurso Robô Bombeiro e Roboparty.

O objetivo deste projeto é a utilização da robótica educativa como meio de introdução à


programação e robótica, por alunos do nosso Agrupamento de Escolas, através da realização
de atividades de carácter experimental, utilizando o robot “”Lego Mindstorms EV3” e o robot
“mBot”.

Pretende-se que os alunos abordem conceitos de diversas disciplinas, tais como, Matemática,
Física, Química, Educação Tecnológica, Informática (programação), Inglês e Educação Visual.
Pretende-se também que desenvolvam competências sociais e de comunicação, dentro e fora
da escola, em grupo e também na Internet. Este clube carateriza-se por ser um ambiente de
trabalho, onde os alunos têm a oportunidade de montar e programar o seu próprio robot,
controlando-o através de um computador ou tablet com um software especializado. O aluno
torna-se construtor de conhecimento, através da observação, da própria prática e do trabalho
colaborativo que surge entre professores e alunos.

O Clube como Projeto Interdisciplinar procura envolver o aluno na conceção, realização e


avaliação de projetos, permitindo-lhe articular saberes de diversas áreas disciplinares em
torno de problemas e temas de pesquisa ou de intervenção. A Robótica, como área que faz
interface com diferentes tecnologias e abordagens, da mecânica à eletrónica, da informática à
literatura de ficção, mostra-se capaz de suscitar a convergência dos meios humanos e
materiais da Escola na experimentação e elaboração de A Informática como área do saber,
ocupa hoje um lugar privilegiado, pelos avanços tecnológicos conseguidos, pela penetração em
todas as atividades produtivas e, fundamentalmente, como instrumento de ensino e
aprendizagem. Os desenvolvimentos mais recentes, dos interfaces gráficos e interativos à
"explosão" da Internet e das redes digitais, são forte motivo de interesse dos nossos jovens.

A Robótica na educação é um meio para a aprendizagem, com ela potenciamos a criatividade,


o raciocínio lógico, a organização e trabalho colaborativo. Aprende-se a lidar com os sucessos e
insucessos e a valorizar o trabalho em equipa. A partilha e a entre ajuda fazem-nos sentir
capazes de superar dificuldades que nos pareciam inultrapassáveis se estivéssemos isolados.
Ajuda-nos a entender os limites da tecnologia e desperta-nos para o desafio, como se a nossa
mente abrisse um pouco mais.

No Clube da Robótica do Colégio Campo de Flores, iniciámos um percurso que nos permite
percorrer os caminhos da eletrónica, automatismos, programação e por fim a robótica. No
domínio da iniciação à robótica estamos a dar os primeiros passos, programando em placas
Arduino, com o kit da BQ “my first robotics” que está a ser um sucesso como podem
testemunhar os nossos alunos. A informática e as tecnologias da informação e comunicação
são outras áreas de que nos servimos para a realização dos nossos eventos. Paralelamente às
atividades práticas, desenvolvemos competências no domínio da programação com as
linguagens Scratch (linguagem visual), BitBloq (linguagem física) e HTML linguagem que
utilizamos nas páginas Internet. Saber e Saber Fazer é o nosso lema!