You are on page 1of 4

Hidrostática

1. Uma força de intensidade 20 N é aplicada perpendicular F, de intensidade:


perpendicularmente à superfície de área 4 m2. Calcule a) 5,0 N b) 10 N c) 20 N d) 25 N e) 50 N
a pressão média exercida 5 Pa
9. No sistema hidráulico mostrado na figura, o pistão
2. Admitindo-se que a massa específica do chumbo maior tem uma área cinquenta vezes maior do que a do
seja 11 g/cm3, qual o valor mais próximo da massa de pistão menor. Um homem forte espera conseguir
um tijolo de chumbo cujas arestas medem 22 cm, 10 exercer uma força suficiente sobre o pistão maior
cm e 5 cm? para elevar 10 kg que repousam sobre
a) 10 kg b) 11 kg c) 12 kg d) 13 kg e) 14 kg o pistão menor. Você acha que ele
será bem sucedido? Justifique sua
3. (UFRGS) A pressão de um gás contido no interior resposta.
de um recipiente cúbico é de 6000 N/m2. A aresta do
recipiente mede 0,2 m. Qual é o módulo da força média 10. Um corpo de volume 0,1 m3 é totalmente imerso
exercida pelo gás sobre cada face do recipiente? num líquido de densidade 800 kg/m3. Calcule o empuxo
(A) 40 N (B) 240 N (C) 1200 N (D) 2400 N (E) 30000 N sobre o corpo. 800 N

4. Um paralelepípedo tem dimensões 5 cm x 10 cm x 11. (Unitau) Um navio de 100 toneladas, após receber
30 cm e peso 30 N. Determinar a pressão que ele certa quantidade de sacos de café, de 60 kg cada,
exerce sobre o plano de apoio, em unidades do SI. passou a ter um volume submerso V = 160 m³. Quantas
a) Apoiado sobre a base maior; sacas de café entraram no navio se a densidade da
b) Apoiado sobre a base menor; água é 1,0 g/cm³? (A) 100 (B) 1000 (C) 600 (D) 60 (E)
c) Os resultados foram iguais? Explique. 6000

5. Um mergulhador que trabalhe à profundidade de 12. Num local onde a aceleração da gravidade é g = 10
20 m no lago sofre, em relação à superfície, uma m/s2, a pressão de um líquido homogêneo em equilíbrio
variação de pressão, em N/m2 devida ao líquido, varia, como indica o gráfico. Determine:
estimada em Dados: dágua =1,0 g/cm3 e g = 10 m/s2 a) a pressão
2,0 . 105 atmosférica
local. 1.105 Pa
6. (Fatec-SP) Submerso em um lago, um mergulhador
b) A densidade
constata que a pressão absoluta no medidor que se
do líquido. d =
encontra no seu pulso corresponde a 1,6 x10 5 N/m2.
0,01 kg/m³
Um barômetro indica a pressão atmosférica local de
c) A pressão
1,0 x105 N/m2. Considere a massa específica da água
na
sendo 103 kg/m3 e a aceleração da gravidade, 10 m/s2.
profundidade 30 m P = 3 . 105N/m²
Em relação à superfície, o mergulhador encontra-se a
uma profundidade de: 13. Dois líquidos imiscíveis de densidades d1 = 0,8
(A) 1,6 m (B) 6,0 m (C) 16 m (D) 5,0 m (E) 10 m g/cm3 e d2 = 1 g/cm3 são colocados num tubo em U e
se equilibram do modo esquematizado. Se a altura da
7. (UDESC-SC-011) A pressão atmosférica é 76
coluna do líquido menos denso vale h1 = 20 cm, qual a
cmHg em um local onde há uma piscina cheia de água,
altura h2 da coluna do líquido mais denso, em relação à
que tem uma profundidade de 5,0 m. Assinale a
horizontal que passa pela superfície de separação
alternativa correta quanto à pressão total no fundo da
entre os líquidos? 16cm
piscina.
a) 81 cmHg b) 1,50 x 105 N/m2 c) 0,50 x
5 2 5
10 N/m d) 1,5 x 10 cmHg e) 576 cmHg

8. (Mackenzie 98) Dispõe-se de uma prensa


hidráulica conforme o esquema a
seguir, na qual os êmbolos A e B, de
pesos desprezíveis, têm diâmetros
respectivamente iguais a 40cm e 10cm. 14. A Um corpo de massa 20 kg e volume 2 . 10-3 m3
Se desejarmos equilibrar um corpo de é totalmente mergulhado num líquido de densidade 8 .
80kg que repousa sobre o êmbolo A, 103 kg/m3 , num local onde g = 10 m/s2 . Determine: a.
deveremos aplicar em B a força a intensidade do empuxo sofrido. 160 N
b. a intensidade de seu peso aparente. 40 N 22. (UFSM) A relação entre “F” e “f”, na presença
c. a aceleração de sua descida no líquido, desprezadas hidráulica da figura, para que exista equilíbrio,
as resistências. a = 2 m/s² sabendo-se que o raio do cilindro maior é 10 (dez)
vezes o raio do cilindro menor, é:
15. Numa prensa hidráulica, os êmbolos têm áreas S1 a) 10-2 b) 10-1 c) 10 d) 10² e) 10³
= 0,2 m2 e S2 = 1 m2 . Que força deve ser aplicada ao Termologia
êmbolo menor para que no êmbolo maio se tenha uma
1. Um corpo de massa m a 270o C é colocado em um
força de intensidade 100 N? 20 N
recipiente, onde existe idêntica massa de água a 50 o C,
16. Um cubo de gelo flutua na superfície da água. obtendo-se uma temperatura de equilíbrio igual a
Calcule a fração submersa do cubo. 70o C. Sabe-se que o corpo não muda de estado físico
(dGELO = 0,9 g/cm³; dAGUA = 1 g/cm³) 90% e se admite que somente houve troca de calor entre o
corpo e a água, o calor específico do corpo, em cal/g oC,
17. Um submarino tem massa de 20 toneladas. Qual é igual a: a) 0,010 b) 0,030 c) 0,054 d) 0,20
deve ser seu volume, em m³ se ele estiver parado, e) 0,10
totalmente submerso no mar? (dAGUA = 1 g/cm³) 2. Em um recipiente termicamente isolado, colocam-
20 se 100 g de gelo a 0 °C. Faz-se chegar a esse
recipiente vapor de água a 100 °C, até que a
18. Um bloco de madeira de volume V = 60 cm3, temperatura do sistema seja 40 °C. Supondo que o
totalmente submerso, está atado ao fundo de um recipiente não trocou calor com os corpos, calcule a
recipiente cheio de água por meio de um fio de massa massa de água no equilíbrio térmico. São dados:
desprezível. O fio é cortado e o bloco emerge na • calor específico da água = 1 cal/g °C
superfície com 1/4 de seu volume fora da água. Sendo • calor latente de fusão do gelo = 80 cal/g
g = 10 m/s2 a aceleração da gravidade e D = 1 g/cm3 a • calor latente de condensação do vapor Lc = 540 cal/g
massa específica da água, calcule m = 20 g
a) a massa específica do bloco. d = 0,75 . 10³
kg/m³ 3. Um aquecedor que fornece calor a uma potência
b) a tração no fio, antes de ser cortado T = 0,15 N constante de 100cal/s, é utilizado para aquecer 2000g
19. Você sustenta, através de uma corda, uma pedra de água que está inicialmente a 40ºC. Determine o
de massa 10 kg que está submersa na água. O volume tempo em minutos, que o aquecedor deve funcionar
da pedra é 1litro. para aquecer a água até 70ºC. Considere o calor
a) Faça um diagrama, indicando as forças que atuam na específico da água igual a 1cal/gºC. (10min)
pedra.
b) Calcule a força de tração que você exerce na corda. 4. Um broche de prata de massa 20 g a 160°C é
c) Qual seria o valor dessa força se a pedra tivesse colocado em 28 g de água inicialmente a 30°C. Qual a
apenas metade do seu volume submerso na água? temperatura final de equilíbrio térmico, admitindo
trocas de calor apenas entre a prata e a água? Dados:
20. UNESP 2006) Uma pessoa, com o objetivo de calor específico da prata = 0,056 cal/g°C; calor
medir a pressão interna de um botijão de gás contendo específico da água = 1 cal/g°C. (tf = 35 º C)
butano, conecta à válvula do botijão um manômetro em
forma de U, contendo mercúrio. Ao abrir o registro R, 5. Uma bacia contém 18 litros de água à temperatura
a pressão do gás provoca um desnível de mercúrio no de 24 oC. Desprezando-se a capacidade térmica da
tubo, como ilustrado na figura. Considere a pressão bacia e as perdas para o ambiente, pode-se obter uma
atmosférica dada por 105 Pa, o desnível h mistura à temperatura final de 36 oC. despejando-se
= 104 cm de Hg e a secção do tubo 2 cm2. na bacia certa quantidade de água a 72 oC. Essa
Adotando a massa específica do mercúrio quantidade de água deverá ser de:
igual a 13,6 g/cm3 e g = 10 m/s2, calcule a a) 7,5 litros b) 6,0 litros c) 4,5 litros
pressão do gás 2,4 .10⁵ Pa d) 3,0 litros e) 1,5 litros

21. Uma lata cilíndrica de volume 4,0 litros e massa 6. Uma substância de massa 3000g inicialmente no
1,2kg é presa por um fio ao fundo de um tanque com estado líquido precisa receber de
água, ficando imersa a metade de seu volume. Calcule a uma fonte térmica 36000cal para
força de tração no fio. 8N transformar-se em gás. Com base
nesta afirmação, determine o calor
latente de vaporização da substância. 12cal/g 5. UNEMAT-011) Considere uma bola de 0,75Kg, que
se choca perpendicularmente com uma parede a uma
7. Num calorímetro de capacidade térmica 8,0 cal/°C, velocidade de 10m/s, e que, após o choque, retorna na
inicialmente a 10 °C, são colocados 200 g de um líquido mesma direção e mesma velocidade em módulo, ou
de calor específico 0,40 cal/g °C. Verifica-se que o seja, ocorrendo um choque perfeitamente elástico.
equilíbrio térmico se estabelece a 50 °C. Determine a Calcule a intensidade da força atuante na bola,
temperatura inicial do líquido (54 ºC) provocada pela parede, supondo que a interação do
choque tenha durado um tempo de 0,04 seg.
8. Determine o volume em litros de 0,2 mol de gás a) 250 N b) 375 N c) 300 d) 425 N e) 500 N
nitrogênio, mantido em um cilindro de êmbolo móvel, a 6. Um carro de massa 800 kg, em repouso, é
27 ºC e 2 atm. abalroado por trás por um outro de 1 200 kg que se
movimenta com velocidade 72 km/h. Supondo que a
9. Um recipiente fechado contém 16 mols de moléculas colisão tenha sido totalmente inelástica, determinar:
de gás ideal à temperatura de 600 K e sob pressão de 4,0 A velocidade do conjunto constituído pelos dois carros
atm. Mantida a temperatura, quantos mols de moléculas imediatamente após a colisão (em km/h). 43 km/h
do gás devem se introduzidos no recipiente para que a
pressão do gás passe a ser de 10 atm?
Trabalho e Energia
01) Numa montanha-russa, um carrinho de 300 kg
Impulso e Quantidade de Movimento de massa é abandonado do repouso de um ponto A, que
1. ESAL) Um objeto de massa 5,0kg movimentando-se está a 5,0 m de altura. Supondo-se que o atrito seja
a uma velocidade de módulo 10m/s, choca-se desprezível, pergunta-se:
frontalmente com um segundo objeto de massa 20kg,
parado. O primeiro objeto, após o choque, recua uma
velocidade de módulo igual a 2,0m/s. Desprezando-se o
atrito, a velocidade do segundo, após o choque tem
módulo igual a:
a) 2,0 m/s b) 3,0m/s c) 4,0 m/s d) 6,0 m/s e) 8,0 m/s a) o valor da velocidade do carrinho no ponto B;
2. Uma bomba de massa 600 kg tem velocidade de 50 b) a energia cinética do carrinho no ponto C, que está a
m/s e explode em duas partes. Um terço da massa é 4,0 m de altura
lançada para trás com velocidade de 30 m/s. 02) Uma força de intensidade 10,0 N atua sobre um
Determine a velocidade com que é lançada a outra corpo de massa igual a 2,00 kg, inicialmente em
parte. 60 m/s repouso, sobre uma mesa horizontal sem atrito. O
3. Um goleiro segura, sem recuar, uma bola chutada a corpo percorre 3,00 m enquanto a força atua.
meia altura. A velocidade da bola, no momento em que a) Que trabalho é realizado pela força?
ela chega ao goleiro, é de 72 km/h. Sabendo que o
b) Que quantidade de energia é transferida ao
goleiro gasta 0,4 segundos nessa defesa e que a massa
corpo?
da bola é 0,5 kg, podemos deduzir que a força média
c) Qual a velocidade final do corpo?
exercida pelo goleiro sobre a bola durante a defesa é:
a) 8 N b) 10 N c) 16 N d) 25 N e) 40 N
03) Qual é o trabalho realizado por uma força que
4. O diagrama horário lado varia a velocidade de um corpo de massa 0,2 kg de
mostra a variação do módulo da 4m/s para 6 m/s? O corpo ganha ou perde energia
força resultante , aplicada a um cinética?
corpo de massa 2,0 kg com 04) Um menino desce por um escorregador de
velocidade inicial de 1,0 m/s. A altura 4,0 m, a partir do repouso. Considerando
força atua sempre na mesma direção e sentido da g = 10 m/s2 e que 20% da
velocidade do corpo. energia mecânica é
Determine: dissipada durante o trajeto,
a) o módulo do impulso da força no intervalo de tempo determine a velocidade com
de 0 a 5,0 s; que o menino atinge o solo.
b) o módulo da velocidade do corpo no instante t = 5,0 6 m/s
s; 05) Um garoto de massa 40 kg
partiu do repouso no ponto A do
tobogã da figura a seguir, atingindo o ponto B com
velocidade de 10 m/s:
Admitindo g = 10 m/s2 e desprezando o efeito do ar,
calcule o trabalho das forças de atrito que agiram no
corpo do garoto de A até B.