Вы находитесь на странице: 1из 4

Dispositivo de Proteção Contra Surtos DPS Classe II e Classe I/II

“Máxima eficiência para proteção de


equipamentos eletro-eletrônicos contra
sobretensões na rede elétrica.”

Aplicações
O motivo mais frequente da queima de equipamentos eletrônicos é a sobretensão causada por descargas atmosféricas (raios) ou manobras das concessionárias.
Os Dispositivos de Proteção contra Surtos (DPS) Classe I e Classe II são geralmente instalados no padrão de entrada ou nos quadros de distribuição juntamente
com os disjuntores e possuem a função de direcionar à terra parte das correntes geradas por descargas atmosféricas, protegendo assim os equipamentos.

Segundo dados do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat - Inpe), no Brasil temos uma das maiores incidências de raios do mundo (algo em torno de 70 milhões
a cada ano), sendo que esta é também uma das maiores causas de acidentes em nosso país.

A norma brasileira de instalações elétricas NBR 5410/2004, impõe o uso de DPS em duas situações:
1) Em edificações alimentadas total ou parcialmente por rede aérea as quais estejam sujeitas à mais de 25 dias de trovoadas por ano.
2) Em edificações com SPDA (Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas) – para-raios.
A norma brasileira de SPDA, NBR 5419/2015, também impõe o uso do DPS.

Características Gerais
Conectores.
Parte fixa: base.

Isolação dos parafusos,


evitando contato acidental.

Varistor: Parte móvel: refil


sensor de proteção.
Indicações de operação: verde
(operação) e vermelho (fora de Ao final da vida útil
operação). (display frontal na cor
vermelha), somente
Fixação trilho Corrente estampada na a parte móvel (refil)
DIN 35mm padrão. parte frontal, evitando precisa de substituição.
adulterações.

Embalagem especial
Conectores. para ponto de venda.

www.soprano.com.br 19
Dispositivo de Proteção Contra Surtos DPS Classe II e Classe I/II
DPS Classe II
Modelos DPS1-10 DPS1-20 DPS1-45 DPS1-80 DPS3-20 DPS3-45 DPS4-20 DPS4-45
Norma técnica IEC 61643-1:2007
Número de pólos 1 3 4
Classe II
Tensão nominal (UN) 110V~220V
Tensão de aplicação (UC) 275V

Nível de Proteção de Tensão(UP) <1.2kV <1.2kV <1.4kV <1.4kV <1.0kV <1.4kV <1.2kV <1.4kV

Indicações de operação: verde (operação) e vermelho (fora de operação)

Corrente de impulso Máx. (10/350µs) In - - - - - - - -

Corrente nominal de descarga (8/20µs) In 5kA 10kA 20kA 40kA 10kA 20kA 10kA 20kA

Corrente máxima de descarga (8/20µs) Imax 10kA 20kA 45kA 80kA 20kA 45kA 20kA 45kA

Tempo de resposta (tA) <25ns


Grau de Proteção IP20
Conectores para cabos 50,0mm²

Largura máxima para barramentos 8mm

Temperatura de aplicação -40°~+80°C

DPS Classe I/II


Modelos DPS1-12,5/60 DPS1-25/120 DPS3-12,5/60 DPS4-12,5/60
Norma técnica IEC 61643-1:2007
Número de pólos 1 1 3 4
Classe I/II
Tensão nominal (UN) 110V~220V
Tensão de aplicação (UC) 275V

Nível de Proteção de Tensão(UP) <1.2kV <1.3kV <1.2kV <1.2kV

Indicações de operação: verde (operação) e vermelho (fora de operação)

Corrente de impulso Máx. (10/350µs) In 12,5kA 25kA 12,5kA 12,5kA

Corrente nominal de descarga (8/20µs) In 30kA 60kA 30kA 30kA

Corrente máxima de descarga (8/20µs) Imax 60kA 120kA 60kA 60kA

Tempo de resposta (tA) <25ns


Grau de Proteção IP20
Conectores para cabos 50,0mm²

Largura máxima para barramentos 8mm

Temperatura de aplicação -40°~+80°C

Curva de atuação Classe I Curva de atuação Classe II:

0,9IMÁX 0,9IMÁX

0,5IMÁX 0,5IMÁX

10 350 8 20

20 www.soprano.com.br
Dispositivo de Proteção Contra Surtos DPS DPS1
DPS1 Monopolar Classe II e Classe I/II
Monopolar
DPS1-10 | DPS1-20 | DPS1-45 DPS1-12,5/60 DPS1-25/120 | DPS1-80
Dimensionais (mm)
DPS1 Monopolar DPS1 Monopolar
1 Pólo| DPS1-20
DPS1-10 DPS1 - 10 | | DPS1-45
DPS1 - 12,5/60 |DPS1-12,5/60
DPS1 - 20 | DPS1 - 45 DPS1-25/120 | DPS1-80
DPS1 - 25/120 | DPS1 - 80

DPS3 Trípolar DPS4 Tretrapolar


3 Pólos
DPS3-20 | DPS3-45 | |DPS3-12,5/60
DPS3 - 20 DPS3 - 45 | DPS3 - 12,5 4DPS4-20
Pólos |DPS4
DPS4-45 | DPS4-12,5/60
- 20 | DPS4 - 45 | DPS4 - 12,5

DPS3 Trípolar DPS4 Tretrapolar


DPS3-20 | DPS3-45 | DPS3-12,5/60 DPS4-20 | DPS4-45 | DPS4-12,5/60

Códigos - DPS Classe II


Modelos Códigos 1 Pólo Corrente Nominal (In) Corrente Máxima (Imax)

DPS1 - 10 05190.0011.01 5kA 10kA

DPS1 - 20 05190.0001.01 10 kA 20 kA

DPS1 - 45 05190.0003.01 20 kA 45 kA

DPS1 - 80 05190.0004.01 40 kA 80 kA

Modelos Códigos 3 Pólos Corrente Nominal (In) CorrenteMáxima (Imax)

DPS3-20 05190.0001.03 10 kA 20 kA

DPS3-45 05190.0003.03 20 kA 45 kA

Modelos Códigos 4 Pólos Corrente Nominal (In) CorrenteMáxima (Imax)

DPS4 - 20 05190.0001.04 10 kA 20 kA

DPS4 - 45 05190.0003.04 20 kA 45 kA

www.soprano.com.br 21
Dispositivo de Proteção Contra Surtos DPS Classe II e Classe I/II
Códigos - DPS Classe I/II
Modelos Códigos 1 Pólo Corrente de Impulso (Iimp) Corrente Nominal (In) Corrente Máxima (Imax)
4 PÓLOS
DPS1 - 12,5/60 05190.0005.01 12,5kA 30 kA 60 kA

DPS1 - 25/120 05190.0006.01 25kA 60 kA 120 kA

Modelos Códigos 3 Pólo Corrente de Impulso (Iimp) Corrente Nominal (In) Corrente Máxima (Imax)

DPS3 - 12,5/60 05190.0005.03 12,5kA 30 kA 60 kA

Modelos Códigos 4 Pólos Corrente de Impulso (Iimp) Corrente Nominal (In) CorrenteMáxima (Imax)

Ficha Técnica - Dispositivo Proteção


DPS4 - 12,5/60 contra Surto DPS
05190.0005.04 12,5kA 30 kA 60 kA

Curva de Atuação Classe I Curva de Atuação Classe II


Códigos - Refil DPS
0,9I 4 PÓLOS
MÁX
0,9IMÁX

Modelos Códigos 1 Pólo Corrente de Impulso (Iimp) Corrente Nominal (In) Corrente Máxima (Imax)

Refil DPS 20S-275 05570.0001.01 - 10 kA 20 kA


0,5IMÁX 0,5IMÁX
Refil DPS 45S-275 05570.0003.01 - 20 kA 45 kA

Refil DPS 12,5/60kA-275 05570.0008.01 12,5kA 30 kA 60 kA

*Refil específico10
para modelo DPS Soprano.
350 8 20

Esquema de
Esquema deLigações do DPS
Instalação do DPS

Instalação
InstalaçãoMonofásica
Monofásica InstalaçãoBifásica
Instalação Bifásica Instalação Trifásica
Trifásica InstalaçãoTrifásica
Instalação Tetrafásica
+ Neutro
L1
L2
L3
N
PEN

*Aplicáveis em todos os tipos de aterramento. Para o correto funcionamento do DPS, deve-se possuir um bom aterramento.

Composição do Produto
Classificação e uso do DPS

Na seleção da corrente nominal de descarga e/ou da corrente de impulso do DPS, distinguem-se três situações:

1) Quando o DPS for destinado à proteção contra sobretensões de origem atmosférica transmitidas pela linha externa de alimentação e contra sobretensões
de manobra, sua corrente nominal de descarga In não deve ser inferior a 5 kA (8/20 µs) para cada modo de proteção. Todavia, In não deve ser inferior a 20
kA (8/20 µs) emRefil
redesDPS
trifásicas, ou a 10 kA (8/20 µs) em redes monofásicas, quando o DPS for usado entre neutro e PE;

2) Quando o DPS for destinado à proteção contra sobretensões provocadas por descargas atmosféricas diretas sobre a edificação ou em suas proximidades,
sua corrente de impulso Iimp deve ser determinada com base na IEC 61312-1; se o valor da corrente não puder ser determinado, Iimp não deve ser inferior
a 12,5 kA para cada modo de proteção. No caso de DPS usado entre neutro e PE, Iimp também deve ser determinada conforme a IEC 61312-1; ou, caso o
valor da corrente não possa ser determinado, Iimp não deve ser inferior a 50 kA para uma rede trifásica ou 25 kA para uma rede monofásica;

3) Quando o DPS for destinado, simultaneamente, à proteção contra todas as sobretensões relacionadas nas duas situações anteriores, os valores de In e
de Iimp do DPS devem ser determinados, individualmente, como especificado acima.
Base DPS
(Fonte: NBR 5410-2005)

22 www.soprano.com.br