Вы находитесь на странице: 1из 7

Teste

Sistema respiratório
Teste de avaliação n.o 4
Suporte básico de vida
Sistemas excretores

Escola: ___________________________________________ 9.o Ano / Turma:_________ Data: ________ /_______ /_______


Nome: ______________________________________________ N.o: _______ Classificação: _______________

Grupo I
Doença dos legionários
A doença dos legionários é provocada por bactérias do grupo Legionella, microrganismos
presentes em reservatórios aquáticos naturais, como rios e lagos, e artificiais, como sistemas de água
doméstica (quente e fria), humidificadores ou torres de arrefecimento de sistemas de ar
condicionado. As pessoas são infetadas por inalação de gotículas de água contaminada. Uma vez nos
pulmões, as bactérias podem provocar uma pneumonia grave, por vezes mortal.
Em caso de pneumonia, os alvéolos pulmonares e os bronquíolos apresentam-se inflamados,
ficando preenchidos com um muco resultante dessa inflamação. Verifica-se ainda a redução da
elasticidade das paredes dos alvéolos pulmonares, o que agrava a dificuldade respiratória.
A doença dos legionários é mais frequente em:
– pessoas do sexo masculino;
– fumadores; 4
– pessoas com mais de 50 anos de de idade; 5
– doentes crónicos ou pessoas que fizeram transplantes.

I II
2

6
A
B

1
3

Sentido do fluxo
sanguíneo

Figura 1 Parte dos pulmões que pode ser afetada pela bactéria Legionella.

1. Legenda os gases cujo fluxo se assinala com as setas A e B e as estruturas numeradas de 1 a 6.

2. Seleciona a opção que representa o percurso de uma molécula de oxigénio desde que é inspirada
até chegar ao coração.
A. Fossas nasais – laringe – faringe – alvéolo – capilar – artéria pulmonar – ventrículo esquerdo.
B. Faringe – laringe – bronquíolo – brônquio – veia pulmonar – ventrículo direito.
C. Faringe – traqueia – bronquíolo – alvéolo – capilar – veia pulmonar – aurícula esquerda.
D. Fossas nasais – traqueia – brônquios – alvéolo – capilar – artéria pulmonar – aurícula direita.

Editável e fotocopiável © Texto | À Descoberta do Corpo Humano ● CN 9.o ano 1


Teste de avaliação n.o 4

3. Explica a importância do processo representado na Figura 1 – I (hematose pulmonar).

4. Aponta três características dos alvéolos pulmonares que facilitam a hematose pulmonar.

5. Indica a característica dos alvéolos pulmonares que é afetada pelo excesso de muco, em caso de
pneumonia.

6. Seleciona a opção que completa corretamente a frase.


A redução da elasticidade das paredes dos alvéolos aumenta a dificuldade respiratória uma vez que…

A. impede a contração dos músculos intercostais e do diafragma.


B. facilita o aumento da pressão do ar dentro dos pulmões.
C. impede a aderência da pleura aos pulmões e à caixa torácica.
D. dificulta a expansão e compressão dos pulmões.

7. Seleciona a opção que completa corretamente a frase.


São determinantes individuais da doença dos legionários…

A. o estilo de vida e o género da pessoa.


B. respirar pela boca e fatores genéticos.
C. a presença de muco nos alvéolos e a diminuição da sua elasticidade.
D. a idade e o diagnóstico tardio.

8. Risca um dos termos destacados em cada alínea, de modo a obteres uma afirmação correta
relativa ao processo de expiração no ser humano.
a) O volume da caixa torácia aumenta/diminui.
b) O ar entra/sai dos pulmões.
c) A pressão interna da caixa torácica torna-se maior/menor que a pressão do ar atmosférico.
d) Os músculos intercostais contraem/relaxam.
e) O diafragma sobe/desce.

8.1 Ordena as etapas referidas nas alíneas anteriores, de forma a constituíres a sequência da
expiração. Começa pela letra d.

2 Editável e fotocopiável © Texto | À Descoberta do Corpo Humano ● CN 9.o ano


Teste de avaliação n.o 4

Grupo II
Suporte básico de vida
A paragem cardiorrespiratória (PCR) é um acontecimento súbito que constitui uma das principais
causas de morte na Europa e nos Estados Unidos da América. Estima-se que, só na Europa, entre
350 000 e 700 000 indivíduos sejam afetados, anualmente, por PCR. Na maioria dos casos de PCR,
o coração para devido a uma perturbação do ritmo designada fibrilhação ventricular (FV).
A intervenção rápida de quem presencia uma PCR é fundamental e deve basear-se em
procedimentos específicos (Figura 2). Quando devidamente executados, eles permitem diminuir
substancialmente os índices de mortalidade associados à PCR e aumentar a probabilidade de
sobrevivência da vítima.
Adaptado de Manual de Suporte Básico de Vida – Adulto, INEM (2017)

Figura 2 Cadeia de sobrevivência.

1. Classifica cada uma das afirmações seguintes como verdadeira (V) ou falsa (F).
A. Na cadeia de sobrevivência, todos os elos podem ser realizados por cidadãos comuns.
B. Todos os elos da cadeia de sobrevivência são igualmente importantes.
C. A cadeia de sobrevivência é um conjunto de regras a cumprir para evitar ter uma PCR.
D. O segundo elo da cadeia de sobrevivência consiste em assegurar o fluxo mínimo de ar e de
sangue que permita a oxigenação do coração e do cérebro.
E. No intervalo de tempo entre a chamada de socorro e a chegada da ajuda devem ser efetuadas
manobras de suporte básico de vida à vítima em PCR.
F. O primeiro elo da cadeia de sobrevivência consiste em verificar se a vítima tem telemóvel e, em
caso afirmativo, utilizá-lo para ligar para o 112, para os serviços reconhecerem a identificação
da vítima.

2. Corrige as afirmações que consideraste falsas na questão 1, sem utilizar a forma negativa.

Editável e fotocopiável © Texto | À Descoberta do Corpo Humano ● CN 9.o ano 3


Teste de avaliação n.o 4

3. Seleciona a opção que permite construir uma afirmação verdadeira.


Uma pessoa em paragem cardiorrespiratória…

A. está inconsciente mas tem batimento cardíaco e respira.


B. não tem batimento cardíaco mas respira.
C. não respira mas tem batimento cardíaco.
D. não respira nem tem batimento cardíaco.

4. Ordena os seguintes procedimentos de modo a reconstituires o algoritmo do suporte básico de


vida (SBV) em caso de paragem cardiorrespiratória (PCR).
A. Gritar por ajuda.
B. Avaliar as condições de segurança.
C. Telefonar para o 112.
D. Manter SBV.
E. Permeabilizar a via aérea.
F. Avaliar o estado de consciência.
G. Avaliar a respiração.
H. Iniciar compressões torácicas.
I. Iniciar ventilações.

5. Refere as três situações em que se pode parar o SBV.

6. Observa atentamente a Figura 3, que mostra procedimentos para colocar uma pessoa em posição
lateral de segurança (PLS).

1 2 3 4

Figura 3 Posição lateral de segurança.

6.1 Ordena os procedimentos (de 1 a 4), de modo a constituíres a sequência correta da PLS.

6.2 Seleciona a situação em que se deve colocar uma pessoa em posição lateral de segurança.
A. A pessoa foi vítima de 1 queda e suspeita-se de lesão na coluna vertebral.
B. A pessoa está engasgada.
C. A pessoa está inconsciente mas respira.
D. A pessoa não respira nem tem batimento cardíaco.

4 Editável e fotocopiável © Texto | À Descoberta do Corpo Humano ● CN 9.o ano


Teste de avaliação n.o 4

Grupo III
Excreção
Para que haja uma adequada eliminação dos produtos tóxicos do organismo, a produção diária de
urina (diurese) num adulto é de cerca de 1,5 litros. Contudo, mais de 99% da água que entra no tubo
urinífero não chega a fazer parte da urina eliminada.
Observa atentamente os esquemas da Figura 4, que ilustram o rim e a sua unidade funcional e
estrutural.
3 4
5
9 10
8 11

7
Artéria renal
6

12

Veia renal
Sentido do
2 fluxo sanguíneo
14
1

13

Figura 4 Corte longitudinal do rim e estrutura funcional e estrutural do rim.

1. Completa o texto seguinte escrevendo em cada espaço uma das opções apresentadas entre
parênteses.

O a) __________________ (nefrónio / tubo urinífero) é a unidade funcional e estrutural do rim e é


constituído pelo b) __________________ (nefrónio / tubo urinífero) e pelos capilares peritubulares.
O rim tem como função eliminar os produtos tóxicos provenientes c) __________________(do
metabolismo celular / da digestão). Estes produtos tóxicos são eliminados com água. A quantidade de
água eliminada é normalmente de apenas 1% da que é d) ________________ (filtrada / secretada),
sendo os restantes 99% e) ________________ (secretados / reabsorvidos) para f) __________________
(os capilares peritubulares / o tubo urinífero).

2. Associa a cada opção (de A a E) um ou mais números da Figura 4.


A. Arteríola aferente ______
B. Tubo que liga o rim à bexiga ______
C. Recolhe o filtrado glomerular ______
D. Secções do tubo urinífero onde ocorre secreção ______
E. Recebe a urina formada em vários tubos uriníferos ______

Editável e fotocopiável © Texto | À Descoberta do Corpo Humano ● CN 9.o ano 5


Teste de avaliação n.o 4

3. Seleciona a opção que permite construir uma afirmação verdadeira.


A reabsorção que ocorre ao longo do tubo urinífero…

A. consiste na passagem de substâncias tóxicas do plasma para o tubo urinífero.


B. consiste na passagem de água e sais minerais do plasma para a cápsula de Bowman.
C. permite recuperar substâncias úteis ao organismo.
D. tem como finalidade tornar a urina mais concentrada e assim perder-se menos água.

4. Alguns gráficos da Figura 5 representam a variação da quantidade de substâncias do conteúdo do


tubo urinífero, desde o filtrado glomerular até à chegada ao ureter (indicada como tf).

I II III IV V VI
Figura 5 Variação da quantidade de substâncias ao longo do processo de formação da urina.

4.1 Faz corresponder a cada uma das opções (de A a D) o gráfico da Figura 5 que melhor representa os
dados descritos.
A. Variação da quantidade de água _______
B. Variação da quantidade de glicose e de vitaminas _______
C. Variação da quantidade de ureia e de aditivos alimentares _______
D. Variação da quantidade de proteínas _______

5. A pele é o maior órgão do corpo humano e desempenha diversas funções.

5.1 Refere quatro funções da pele.

5.2 Indica dois comportamentos que promovem a saúde da pele.

6 Editável e fotocopiável © Texto | À Descoberta do Corpo Humano ● CN 9.o ano


Propostas de solução
Teste de avaliação n.o 4

TESTE 6.1 2 – 4 – 1 – 3
Sistema respiratório 6.2 C
Suporte básico de vida
Sistema excretores
Grupo III
Grupo I
1.
1. A – Dióxido de carbono
a) nefrónio
B – Oxigénio
1 – Capilar sanguíneo b) tubo urinífero
2 – Glóbulo vermelho c) do metabolismo celular
3 – Alvéolo pulmonar d) filtrada
4 – Brônquio e) reabsorvidos
5 – Bronquíolo
6 – Vesícula pulmonar f) os capilares peritubulares

2. C 2. A – 7
3. Através da hematose pulmonar, o organismo liberta para o ar B–1
exterior o dióxido de carbono que foi produzido pelas células C–8
e transportado pelo sangue até aos pulmões. Por outro lado, D – 10, 12
a hematose pulmonar possibilita a entrada de oxigénio para o E – 12
sangue que o transporta até às células, onde vai ser utilizado 3. C
no processo de produção de energia. 4.1 A – V
4. As paredes dos alvéolos são muito finas, estão sempre B – III
húmidas e são densamente irrigadas (aceitar ainda se os C – IV
alunos referirem a permeabilidade). D – VI
5. A espessura (ou permeabilidade) da parede do alvéolo. 5.1 Proteção contra agentes infeciosos; excreção; termorregu-
6. D lação e receção de sensações (órgão sensitivo).
7. A 5.2 Não expor a pele ao sol excessivamente, usar protetor solar
8. Riscar: de forma adequada.
a) aumenta
b) entra
COTAÇÕES
c) menor
d) contraem Total
e) desce Grupo Questões
(%)
8.1 d – e – a – c – b I 1 2 3 4 5 6 7 8 8.1
4 4 6 6 4 4 4 5 4 41
Grupo II
1. A – F II 1 2 3 4 5 6.1 6.2
B–V
6 3 4 4 6 4 4 31
C–F
D–V III 1 2 3 4.1 5.1 5.2
E–V 6 6 4 4 4 4 28
F–F
2. A – Na cadeia de sobrevivência, os dois primeiros elos 100
podem ser realizados por cidadãos comuns.
C – A cadeia de sobrevivência é um conjunto de
procedimentos que visa recuperar uma vítima de
paragem cardiorrespiratória.
F – O primeiro elo da cadeia de sobrevivência consiste em
perceber o estado da vítima e contactar o 112 de forma
eficaz.
3. D
4. B – F – A – E – G – C – H – I – D
5. Quando chega ajuda especializada; quando a pessoa que
está a fazer o SBV fica exausta; quando a vítima recomeça a
ventilar.

Editável e fotocopiável © Texto | À Descoberta do Corpo Humano ● CN 9.o ano 7