Вы находитесь на странице: 1из 7

dz

Diário da Zambézia
Previsão do tempo
Água continua rara
Director interino: Joaquim Chibalo
Ano XIII Edição n°2.707 Segunda-feira: 30/04/2018
Quelimane, s.a.r.l.

MANUSEAMENTO DE NAVIOS E CARGAS

Porto de Quelimane • Largo dos CFM •


QUELIMANE • MOÇAMBIQUE
Phone: +258 (4) 21 27 47/21 31 22 • Fax:
+258 (4) 21 27 47 • e-mail:
Quelimane Registado sob o nº 028/GABINFO-DE/2005 d.muzeia@teledata.mz

Máxima 29ºC
Jornaldiariodazambezia@gmail.com Contactos: 849290123/ 848972777
Mínima 21°C 35,00 mt
A Voz do Povo jornal

Finalmente Mussa Bin Bique


evacua estudantes
para outras
universidades
Pág. 4

Violência
Doméstica na "mó"
de cima
Pág. 3

Avaria de

Cessou
equipamento
inviabiliza prova de
vida
Pág. 2
Diário da Zambézia 30 de Abril de 2018 Edição n° 2.707

Sociedade Em Morrumbala
Avaria de equipamento inviabiliza prova de vida

O
distrito de Morrumbala maior controlo e actualização interlocutores foram mais longe
na Zambézia está há dos seus dados, nos sistemas ao afirmar que esta situação
sensivelmente duas de cadastro dos Funcionários gasta muitos recursos financeiros
semanas sem realizar a prova e Agentes do Estado. e esforços físicos, visto que são
de vida para os funcionários obrigados a deslocar-se para
Alguns funcionários interpelados
e Agentes do Estado (FAE), distritos circunvizinhos para
na semana finda pelo Diário da
devido a avaria do equipamento fazer prova de vida, sabido que
Zambézia, que não quiseram
informático que havia este processo é obrigatório.
dar a cara por temer represálias,
sido alocado para o efeito.
contaram que a situação vem SP distrital nega falar
Na sequência disso, os gestores se arrastando desde a primeira telefonicamente
daquele distrito socorrem-se quinzena deste mês, que termina
Contactado telefonicamente
para Quelimane e Mopeia na hoje, e de lá para cá, não há
neste domingo (29), o Secretário
província da Zambézia, Mutarara informação sobre a concertação
Permanente do Governo
na província de Tete e Caia do equipamento em causa.
do distrito de Morrumbala,
em Sofala, para realizar a prova
Por outro lado, os nossos Dúlio David Nobre, de modo
de vida, com vista a garantir
2
Diário da Zambézia 27 de Abril de 2018 Edição n° 2.707

a nos inteirar do assunto, indicam que o equipamento os funcionários fantasmas


este negou prestar qualquer informático de prova de vida, ou seja, evitar que o governo
informação alegadamente que havia sido alocado naquele pague vencimentos as pessoas
por ser via telefónica. distrito encontra-se em reparação inexistentes ou que perderam
na cidade de Quelimane. o direito de auferi-los por várias
Entretanto, as informações em
razões. (Nhama Matabicho)
poder do Dário da Zambézia Refira-se que, a prova de vida
visa igualmente neutralizar
Mesmo com a lei aprovada
Violência Doméstica na "mó" de cima
V
olvidos cerca de nove
anos da aprovação da
lei 26/2009, de 29 de
Setembro, a Lei contra a Violência
Doméstica (VD), persiste
na falta de conhecimento
do dispositivo legal nas
zonas urbanas, e, sobretudo,
nas zonas rurais, onde não
abundam instituições de justiça.
Se por um lado, a publicitação da
lei constitui um dos desafios no
combate à violência intrafamiliar,
por outro, verifica-se ainda a
predominância de alguns usos
e costumes locais conflituantes
com as normas jurídicas que
salvaguardam os direitos e
liberdades fundamentais.
Dados em poder do Diário da
Zambézia, referentes à violência
doméstica ao nível da província
indicam que, nos últimos 3 meses
do ano em curso, foram registadas
581 ocorrências, na Polícia ou
Gabinetes de Atendimento a
Mulher e Menores vítimas de
Violência, contra 464 registados
no igual período do ano passado,
sendo que as mulheres constituem
a maioria das vítimas. Assume-se
que o nível de consciencialização
tenha aumentado, visto que
este tipo de violência passou a
dominar os discursos públicos.
A violência física simples,
abandono de lar e regulação
de poder parental, e a violência
patrimonial, figuram entre os
principais tipos de violência
mais denunciados para além da
prevalência dos maus-tratos de
menores, violência sexual e física,
falta de assistência alimentar aos
filhos e a violência psicológica.
Esta última, apesar de ser

3
Diário da Zambézia 30 de Abril de 2018 Edição n° 2.707

invisível, deixa traumas e pode deixar esta prática, mesmo gabinete de atendimento neste
degenerar em violência física e, com tantas medidas tomadas. período, foram de imediato
em casos extremos ou morte. canalizados às autoridades
Muibo aponta a falta de diálogo
da Justiça para a tramitação
Ana Maria Muibo, Chefe do entre os casais, consumo
processual. A fonte não avançou
Gabinete de Atendimento à excessivo de álcool, associado
o número de indivíduos que
Família e Menores Vítimas aos ciúmes, como sendo as
estão neste momento detidos
de Violência na província da principais razões que concorrem
em conexão com os casos.
Zambézia, disse em para a violência doméstica
entrevista ao DZ na província, sendo Para reduzir os casos de
na semana finda, que grande parte violência doméstica, segundo
que a situação é dos casos de a nossa entrevistada, a sua
preocupante pelo violência é de instituição está trabalhar com
facto dos casos agressões físicas, os líderes comunitários dos
estarem aumentar patrimonial e distritos, a realizar campanhas
gradualmente, abuso de poder. de sensibilização nas
o que mostra comunidades, mesmo que
A mesma fez saber
que as famílias não se cumpra por parte das
ainda que todos os
ainda estão longe de famílias. (Joaquim Chibalo)
casos reportados ao
Educação Na Mussa Bin Bique
Estudantes “evacuados” para outras universidades
F
oi consumada a decisão
que havia sido tomada pelo
governo provincial, segundo
a qual, a Universidade Mussa
Bin Bique (UMBB), não deveria
inscrever estudantes para o 1º
ano, mas foi difícil acatar esta
medida, basta lembrar nas várias
matérias noticiosas veiculadas
em vários órgãos de informação
em torno do mesmo assunto.
O governo foi pressionado,
sobretudo pela mídia, dai que,
colocou uma mão dura, situação
que fez com que os alunos
inscritos no presente ano na
UMBB, fossem colocados
noutras universidades,
como Universidade Católica
Moçambique (UCM) e Instituto
Superior de Ciência e Educação
à Distância (ISCED), como forma pelo nosso jornal, disseram seria bom que se devolvesse os
de salvar estes estudantes que que o processo foi complexo, valores e não alocar para outras
gastaram valores para matricular. e neste momento, receiam universidades” – disse Rijone.
estar atrasados em relação
Informações obtidas pelo O mesmo lamentou no entanto, da
aos futuros colegas que vão
Diário da Zambézia, indicam decisão tomada pela Universidade
encontrar nestas universidades.
que em causa estão cerca de Mussa Bin Bique, de implementar
400 alunos divididos em 6 Rijone Américo, um dos o 1º ano sem a devida autorização.
turmas, que na última semana estudantes disse estar insatisfeito “Nesta falha cometida pela
receberam informação para pelo facto de ter sido encontrado universidade, alunos é que
não frequentarem naquela desprevenido, porque sendo saem a perder” – Lamentou.
universidade, até que a mesma explicou, na semana finda houve
Outro estudante que também
reúna as condições para o efeito. realização das avaliações naquela
mostrou-se indignado é Sérgio
universidade. “Isso vai complicar
Alguns estudantes entrevistados Manuel, que para ele, mesmo
o processo de aprendizagem,
4
Diário da Zambézia 27 de Abril de 2018 Edição n° 2.707

com esta situação, os estudantes e responsabilizar-se em Bin Bique não é nova, e nos
ainda estarão lesados. “Isso não devolver os valores” – disse. anos passados também houve
é solução, o normal seria, a sempre barulho, mas conseguiu
Refira-se que a crise da Mussa
mesma universidade assumir resistir. (Joaquim Chibalo)

Sociedade Finalmente

Cessou
cargo. Só que como ele é um
daqueles camaradas que sempre
“venerou” o partido, então, a
decisão da cessação foi sempre
protelada, mas parece que já
estava insustentável daí que,
foi lhe comunicada a decisão.
Camaradas esfregam as mãos
Com a cessação de Hélder De
Araújo, há muitos camaradas
das escolas, quer dizer, muitos
directores e directoras das
escolas, esfregam as mãos e
outros vão dando tudo o que
podem para ver se a sorte lhes
cai e assim serem nomeados.
Alguns destes que esfregam as
mãos, são pessoas mais próximas
ao exonerado, comiam com
ele, andavam juntos no partido,
hoje, querem assumir o cargo
deixado vago, pegando naquela
velha máxima segundo a qual
“aqueles que comem consigo

H
é que te matam”. Sabido que as
élder de Araújo, já não nosso poder, indicam que até decisões começam do partido,
é director distrital de então, não foi nomeado ninguém sabe o Diário da Zambézia que
Educação, Juventude para ocupar o cargo, e, neste chamadas telefónicas e uso do
e Tecnologias de Quelimane, momento, a direcção de Educação termo camarada agudizou-se nos
desde o pretérito final de semana. em Quelimane está sendo gerida últimos dias, quer para a chefia
por uma Comissão instituída máxima do partido, assim como
Sabe o Diário da Zambézia, que
pelo Governo de Quelimane. para o governo de Quelimane.
De Araújo fez a entrega de pastas
na última sexta-feira, perante os A saída de Hélder do cargo, Carlos Carneiro, administrador de
quadros dos Serviços Distritais consumou-se finalmente e aliás, Quelimane está sendo venerado
e ao que se sabe, até agora, ele já era de esperar, porque, havia à todos níveis, para ver se ele
não ocupa algum outro cargo. indícios claros que mais tarde encontra alguns destes camaradas
ou mais cedo, ele iria deixar o para indicá-lo como director
As informações que estão em distrital de Educação. (Redacção)

Tabela de Publicidade para 2018

Dimensões da publicidade Preços [Meticais]


22cm - 18 [A4] Padrão Standard [Página inteira] 12.432,42
cm - 12 cm [A5] Metade da página 15 6.956,23
7.5cm – 5cm [A6] ¼ da página 3.478,75
Rodapé 3.042,00
Orelha 2.960,10
5
Diário da Zambézia 30 de Abril de 2018 Edição n° 2.707

Na Zambézia
Água continua rara
• Entretanto, mais nove furos serão reforçados neste ano

A
taxa de cobertura de posto administrativo do Ilé, Nante Gurué, Nawela em Alto Molocué
abastecimento de água na na Maganja da Costa, Macuze em e no Posto Administrativo de
província da Zambézia no Namacurra, Tetete no Maquival no distrito de Quelimane.
geral, tende aumentar segundo distrito
Este facto foi tornado público
as autoridades governamentais, d o
nesta terça-feira (24), pelo
porém, a olhar pelos níveis
governador da Zambézia, Abdul
percentuais que actualmente
Razak, num fórum do Programa
rondam em 53%, para uma
Nacional de Abastecimento
cobertura global de 2.056.000
de Água e Saneamento
habitantes, o nível de cobertura
(PRONASAR), alargado a
está a quem de desejar.
técnicos nacionais incluindo
Com vista acelerar o processo administradores distritais e
de abastecimento de água as quadros da direcção Provincial
comunidades, mais nove furos das Obras Públicas, Habitação
serão abertos até Dezembro do e Recurso Hídricos na Zambézia.
ano em curso, nos distritos de
Com a construção e reabilitação
Lugela, Berre, Molevala, Errego
6
Diário da Zambézia 27 de Abril de 2018 Edição n° 2.707

das fontes de água nos pontos a monitoria e fiscalização das como, por exemplo, a malária,
dos distritos apontados, espera- fontes de abastecimento de que até ao momento é uma das
se que até no final deste ano, a água distribuídas um pouco por principais causas de internamento
taxa de cobertura em termos de todos os distritos da província. e mortes nas unidades sanitárias.
abastecimento de água atinjam
Importa referir que, para além Aliás, a reunião do PRONASAR
uma meta estimada em 57%,
de abastecimento de água, foi antecedida por um seminário
num aumento percentual avaliado
faz parte de um dos objectivos de capacitação sobre os cuidados
em mais 34%, se comparado
a ser alçando ate em 2020, o básicos do saneamento de meio,
com actual estágio de cobertura.
cuidado de saneamento básico alargado aos administradores
Como forma de concretizar nas comunidades, visando a distritais incluindo alguns líderes
esta acção em prol do bem das redução significativa de várias comunitários e religiosos, oriundos
comunidades, dez distritos da doenças endémicas que afligem um pouco por todos cantos da
província beneficiaram-se de igual as comunidades, a destacar província. (Iderson Ribeiro)
número de motorizadas, destinadas doenças de origens hídrica

PREÇÁRIO DE ASSINATURAS
Assinaturas mensais USD 20 Edições mensais
Mensal (Singulares): 40,00 Mensal (Instituções-Nacionais): 45,00 * Instituições Estrangeiras: 60,00
Cobrado em USD ou em moeda convertível ao Câmbio do dia
7