You are on page 1of 11

CRI

CONDOMÍNIO
RESIDENCIAL ITAMIRIN

REGIMENTO (DIREITOS E
DEVERES) NORMAS DA
PORTARIA REMOTA E
ACESSOS DO
CONDÔMINO
PORTARIA
ECLUSA DE PEDESTRE E
PORTÕES DE ENTRADA E SAÍDA
São principais pontos de segurança de um condomínio, por ela circulam todas as
pessoas, materiais e veículos que entram e saem de maneira regular.
O sistema de Gerenciamento de Acesso Remoto detém o controle de passagem dos
pedestres pela eclusa e de veículos pelo portão de entrada e saída.

Este manual traz instruções para a utilização correta do sistema com segurança.

Procedimentos de
utilização da eclusa.

Na portaria estão instalados


quatro terminais de comunicação
(interfones) conforme a
necessidade.

O primeiro está instalado na parte externa da


eclusa (entrada) e serve para a identificação e
autorização da entrada do visitante (PEDESTRE).

O segundo e terceiro estão instalados dentro da


eclusa e serve para se comunicar com a portaria
em caso de emergência e/ou anormalidade.

O quarto fica na parte interna do condomínio


(saída), e serve para solicitar à portaria a abertura
da eclusa para saída do condomínio
(PEDESTRE).

OBS: Não segurar ou conduzir o a porta, evitando


assim o seu travamento. A abertura e o
fechamento são automáticos.
Funcionamento do tag e
aplicativo do celular

O morador ou funcionário de posse do TAG (chaveiro) ou APP Kiper (QRCODE) deve


aproximar o dispositivo do leitor que se encontra, geralmente ao lado do terminal de
comunicação (interfone) para acionar a abertura da porta de entrada (1º porta).
O morador deve entrar e aguardar o fechamento automático do 1º porta, em seguida aproximar
o TAG ou APP Kiper (QRCODE) do 2º leitor que acionará a abertura da porta de saída (2º
portão) que também fechará automaticamente.

OBS: poderá o morador ou funcionário de posse do TAG ou QRCODE utiliza-lo para sair com
seu veículo, em caso de esquecimento do controle do portão, porém, neste caso ao retornar
com o veículo deverá entrar pela ENTRADA DE VISITANTE, utilizando o TAG ou QRCODE.

Funcionamento do interfone

Ao chegar na eclusa, o Um sinal é enviado O atendente fala com o


Então, entra em contato
visitante aciona o interfone. diretamente do condomínio visitante e o vê pelo circuito
com o morador.
para a empresa. de câmeras.

Possibilitando que ele fale Mesmo fora de casa, o morador Somente após a liberação o
com o visitante. autoriza ou não a entrada do atendente permite o acesso.
visitante.

Visitantes e prestadores de serviço deverão tocar o único botão do interfone (terminal de


comunicação).
O atendente da portaria externa fará a identificação e entrará em contato com o morador para
que autorize a entrada. Autorizado, abre-se a 1º porta e, em seguida, o 2º porta.
UTILIZAÇÃO
Portão pedestre

Não entre na eclusa


com pessoas
desconhecidas e
que não tenham
recebido
autorização.

OBS: Se isso
ocorrer, siga as
instruções abaixo:

Se ocorrer, não abra Peça para a pessoa se


o segundo portão e identificar e receber
saia da eclusa. autorização para entrada.

Oriente os familiares e visitantes de como funciona a


portaria, que todos devam identificar-se e aguardar a
liberação pelo morador.

Caso haja uma situação de risco, o morador


pode acionar a empresa de segurança
(pânico silencioso) através dos controles
de acesso. As ligações e os vídeos são
gravados remotamente, permitindo registro
do acesso de moradores, visitantes e
prestadores de serviço.
UTILIZAÇÃO
Portão veículos
Um controle de garagem anticlonagem e identificado com o
nome do morador permite entradas e saídas rápidas para os
moradores.

Ao entrar e sair com o veículo, o portão deverá ser aberto


quando o veículo este estiver próximo ao portão.

Ao passar, aguarde o seu fechamento total antes de


prosseguir, mesmo que tenha outro veículo atrás aguardando.

Somente assim estará resguardando a integridade de todos.

Acessos de pedestres não serão permitidos pelo portão de


veículos. Para os usuários ou visitantes (PEDESTRES) o
acesso deverá ser feito exclusivamente pela eclusa.

O acesso de dois veículos ao mesmo tempo (carona) é de


responsabilidade do morador que abrir o portão e não aguardar
o seu fechamento, pós tal ação gerará alarmes para
deslocamento tático desnecessariamente.

VISITANTES: Visitantes com o seu veículo deverá ficar na


frente do portão EXCLUSIVO PARA VISITANTE aguardando
autorização do morador.

Atenção: ao fechamento do portão para evitar acidentes, iniciar


o ciclo de abertura após passagem detectada pelos sensores
de presença o sistema iniciará automaticamente o ciclo de
fechamento (3 segundos), sendo assim é proibido acesso de
pedestres antes e/ou de outros veículos durante este processo.

Caso haja uma situação de risco, o morador


pode acionar a empresa de segurança
(pânico silencioso) através dos controles
de acesso. As ligações e os vídeos são
gravados remotamente, permitindo registro
do acesso de moradores, visitantes e
prestadores de serviço.
Normas, procedimentos e penalidades
diversas
Todos os condôminos, seus inquilinos e respectivos familiares, seus prepostos e os
empregados do condomínio são obrigados a cumprir, respeitar e, dentro de sua
competência, a fazer cumprir e respeitar as disposições deste Regimento.

DIREITOS E DEVERRES:
Conforme a convenção do condomínio, no período de 22:00h às 06:00h cabe aos moradores
guardarem silêncio, evitando-se ruídos ou sons que possam perturbar o sossego e o bem-
estar dos demais moradores.
Durante as 24h00, o uso de aparelhos que produzem som ou instrumentos musicais deve
ser feito de modo a não perturbar qualquer morador, salvo em ocasiões especiais
devidamente comunicadas com antecedência ao Síndico.
Os jogos e/ou brincadeiras infantis somente poderão ser praticadas em locais apropriados,
em geral das 09h00 às 22h00,
No caso de locação das unidades autônomas, os condôminos e seus familiares transferem
automaticamente para os inquilinos e seus familiares o direito ao uso das garagens, piscinas,
sauna, salão de festas e outras dependências comuns, enquanto perdurar a locação.Ficam
ainda obrigados a fazer constar do contrato cópia do presente Regimento Interno.
Os condôminos serão responsáveis pelos danos e prejuízos que pessoalmente, seus
dependentes, visitantes e prepostos venham a causar em qualquer área comum do Prédio,
ficando obrigados a indenizar o Condomínio, pelo valor do dano causado a ser apurado pela
Administração e exigido do Condômino responsável.
O descumprimento reiterado (a partir de duas vezes) das normas da convenção e deste
Regimento poderá gerar, contra o faltoso, a imposição de multa de até cinco quotas
condominiais, a critério do síndico.
É proibido o uso de bicicletas, bola, skates. patins e similares no parquinho.

CADASTRAMENTO:
Na implantação do sistema todos os moradores foram cadastrados por unidade, fornecendo
os seus dados pessoais (RG, CPF, telefones de contato), bem como de todos que habitam a
residência, incluindo as crianças menores e os funcionário. Preencher pela ordem de contato
na qual o Porteiro Externo deve efetuar as ligações por morador.
No caso de mudança de proprietário ou inquilino, conforme agendamento da mudança com o
zelador (vide procedimento de mudança) os TAG´s e Controles ativos ligados a residência
serão bloqueados pela Administração do condomínio. Caberá o proprietário ou novo inquilino
providenciar desbloqueio e alteração cadastral junto a PATRIMONIAL no telefone 47-
33484818 (atendimento 24 horas).
Em caso de perda ou furto, o condômino proprietário ou inquilino é responsável pelo
cancelamento/bloqueio do controle e TAG de acesso, o não cancelamento/bloqueio por parte
do condômino proprietário ou inquilino é responsável por entradas indevidas no condômino
conforme registro no sistema que identificará o acesso com o seu equipamento.

ACESSO:
Os moradores receberão um chaveiro (TAG) e um controle (PORTÃO), um dispositivo
eletrônico individual e nominal, que permite o acesso ao condomínio pela passagem de
pedestre (eclusa) e portão exclusivo para morador.
Ao passar, aguarde o fechamento iniciar antes de prosseguir, mesmo que tenha outro
veículo atrás aguardando.
Toda passagem é registrada, permitindo à geração de relatórios.
Normas, procedimentos e penalidades
diversas
ACESSO PROPRIETÁRIO/LOCADO:
A locação se caracteriza pela entrega da posse direta do imóvel ao locatário. Esta entrega
pressupõe que o locatário recebe, além da unidade imobiliária em si, as demais partes
acessórias. Ou seja, o todo da propriedade, vale dizer, incluídas as áreas de uso comum da
coletividade.
O condomínio informa ao Locador da unidade que a utilização somente compete àqueles
que a habitam. Ou, seguindo outro pensamento, o locador deverá esclarecer ao condomínio
em que condições alugou sua unidade. O locador deve sempre comunicar a locação de sua
unidade ao condomínio, caso o inquilino pague as taxas condominiais, este terá direito a
usufruir das áreas comuns e livre acesso com TAG e Controle do portão, podendo o locador
autorizar a entrada do proprietário enquanto o imóvel estiver locado.

ACESSO VEÍCULOS – “CARONA” (ENTRADA DE DOIS VEÍCULO AO


MESMO TEMPO):
O morador ao abrir o portão de entrada EXCLUSIVO para moradores, deverá passar e
aguardar o portão começar a descer, após o acionamento e o portão começar a fechar, só
nesse momento o morador deverá seguir com o veículo.
A cada entrada junto com o morador que abriu o portão será registrado um alerta na central
e ocorrerá uma ligação para o morador questionando se a pessoa que entrou sem abrir o
portão com o controle está com o mesmo, e será deslocado um agente de segurança para o
local a cada ocorrência.
A administração receberá diariamente relatórios com essas ocorrências e a cada ocorrência
irá gerar uma despesa que será cobrada do morador que fez a abertura e não aguardou o
fechamento do portão.

Para os visitantes, o condômino deverá orientar os seus convidados e visitantes do


procedimento de fechamento do protão, após ser aberto pela central de atendimento.
Da mesma forma ficará registrado no sistema o acesso de pessoa não autorizada devido ao
visitante não ter aguardando, neste caso será deslocado um agente de segurança para o
local a cada ocorrência.
A administração receberá diariamente relatórios com essas ocorrências e a cada ocorrência
irá gerar uma despesa que será cobrada do morador que fez a abertura e não aguardou o
fechamento do portão.

ACESSO VISITANTES E ENTREGADORES DE LANCHES:


Visitantes e entregadores deverão tocar o único botão no terminal de comunicação
(interfone) que fica disponível tanto na eclusa quanto no portão EXCLUSIVO PARA
VISITANTE, fazer sua identificação e aguardar a autorização.
Na saída, da mesma forma, deverão tocar o único botão no terminal de comunicação
(interfone) disponível na saída, fazer sua identificação e aguardar a abertura.
Ao passar, aguarde o fechamento do portão iniciar antes de prosseguir, mesmo que tenha
outro veículo atrás aguardando.
Normas, procedimentos e penalidades
diversas
ACESSO VISITANTES E SALÃO DE FESTAS:
Nos dias de festa ou qualquer evento em que o morador for anfitrião, o morador será
responsável pela criação e envio dos convides de acesso, bem como a entrada e
permanência dos mesmos dentro do condomínio.O morador que fará a reserva do salão,
enviará através do aplicativo KIPER para sua LISTA DE CONVIDADOS e/ou
PRESTADORES DE SERVIÇOS por e-mail ou whatsapp a autorização de entrada. O
convidado ou prestador de serviço receberá um código de barras QRCODE que dará uma
vez o acesso aos seus convidados para entrar e sair.

ACESSO FUNCIONÁRIOS (DIARÍSTAS, BABÁ, JARDINEIRO, PEDREIROS


E ETC):
Para os funcionários terem acesso à unidade o morador poderá optar por fornecer um TAG
(chaveiro) ou um controle (portão), mediante cadastramento, ou autorizar seu acesso
sempre que necessitar entrar no condomínio através de solicitação da portaria pelo telefone
fixo ou celular.
A cada entrada do funcionário, diaristas e etc... Irá ser registrada gerando relatórios e o
morador receberá um alerta de aviso no celular informando que “tal” pessoa entrou no
horário “X” e saiu no horário “X”.

ACESSO PRESTADOR DE SERVIÇOS:


Prestadores de serviços deverão acessar o portão EXCLUSICO PARA VISITANTE,
identificar-se e aguardar a abertura do portão, ao abrir o portão o mesmo deverá aguardar o
fechamento, e só então o mesmo deverá prosseguir.
Ao sair do condomínio deverão interfonar na saída, onde será solicitado a identificação do
porteiro externo, para registro em relatório da sua saída

** A responsabilidade dos prestadores de serviços será do morador que o autorizou,


conforme registro no sistema. Caso ocorra algum problema o morador será penalizado com
multa de 10% sobre o valor da taxa de condomínio.

Prestadores de serviços, motoboys e funcionários das unidades que possuam TAG


(chaveiro) ou controle deverão utilizar o portão EXCLUSICO PARAMORADORES para ser
identificados. A cada entrada Irá ser registrada gerando relatórios e o morador receberá um
alerta de aviso no celular informando que “tal” pessoa entrou no horário “X” e saiu no horário
“X”.

** A responsabilidade dos prestadores de serviços será do morador que o autorizou,


conforme registro no sistema. Caso ocorra algum problema o morador será penalizado com
multa de 10% sobre o valor da taxa de condomínio.

ACESSO CORRETORES DE IMÓVEIS:


Corretores de imóveis serão acompanhados do zelador, após autorização do morador com
um dia de antecedência, o atendimento será dentro do horário comercial (das 8 as 18horas
de segunda a sexta-feira, não permitindo entrada em outro horário.
Caso o corretor tenha o TAG ou Controle de acesso do morador, o morador é responsável
pelas ações do correto de imóveis, sendo que qualquer conduta adversa o morador será
penalizado com multa de 10% sobre o valor da taxa de condomínio.
Normas, procedimentos e penalidades
diversas
ACESSO MUDANÇA, ENTREGA DE MÓVEIS E MATERIAIS DE
CONTRUÇÃO:
A entrada de caminhão de mudança, entrega de móveis e utensílios ou material de
construção somente será permitida EM HORÁRIO COMERCIAL (das 8 as 18horas de
segunda a sexta-feira
O morador deverá comunicar ao Zelador um dia antes que irá conduzir o caminhão/veículo
de mudança pelo portão de número 4 que fica localizado na rua lateral do condomínio rua:
ERNESTO POLYDORIO FERREIRA. As mudanças só serão permitidas EM HORÁRIO
COMERCIAL (das 8 as 18horas de segunda a sexta-feira.

ACESSO VANS ESCOLARES:


Ao lado da saída de veículos, em frente ao condomínio na lateral haverá estacionamento,
onde as Vans deverão parar e o seu filho deverá descer e fazer o acesso pela eclusa com o
seu TAG.
Após a entrada do seu filho você receberá um alerta em seu celular através do aplicativo
KIPER, onde avisará que seu filho entrou no condomínio para que você saiba a hora que ele
entrou.
Poderá o morador comprar um controle adicional (custo do morador) para deixar com o
motorista da VAN, porém é de responsabilidade do morador quaisquer problemas oriundos
desta atitude.
O condomínio não orienta este procedimento, pois pode danificar o calçamento e os portões,
além da segurança.
Vans maiores de 2,50metros não serão autorizadas a entrar devido a altura do portão.

ACESSO BICICLETAS:
As bicicletas devem passar por dentro da eclusa de pedestres, em hipótese alguma as
pessoas com bicicletas devem passar pelos portões de entrada e saída.
O morador que fizer a saída ou entrada de bicicleta pelos portões será gerado um evento no
sistema identificando o morado pelo controle ou TAG e o morador será penalizado.

RESPONSABILIDADE:
A autorização/permissão de entrada ao condomínio é de responsabilidade do morador.
Assim como o tempo para liberar a entrada do visitante/prestador de serviços dependerá
exclusivamente do contato do atendente externo com o autorizador. A portaria não autoriza
entrada de funcionários ou visitantes somente pelas imagens ou autorização sobre pré-aviso.

MANNUTENÇÃO OU PROBLEMAS COM PORTÃO OU ECLUSA:


Em casos de problema nos motores do portão ou eclusa: a empresa PATRIMONIAL
disponibiliza um vigilante para permanecer no local até a manutenção técnica.
As instruções ao vigilante são repassadas pela central de monitoramento.

CORRESPONDÊNCIAS (CORREIO OU TRANSPORTADORA):


O correio o entregador irá interfonar e a central irá entrar em contato com o zelador que fará
o recebimento das correspondências e procederá com a distribuição das caixas de
correspondências.
Para encomendas o zelador irá comunicar ao síndico que comunicará ao morador que há
uma encomendar para ser retirada na eclusa.
Normas, procedimentos e penalidades
diversas
PÂNICO NA ECLUSA:
O morador/usuário quando sentir-se ameaçado ou em risco deverá passar a TAG no leitor
por duas vezes seguida, obedecendo o acendimento da luz da leitora por duas vezes, com
isso será identicado na central de operações um chamado de PÂNICO EMERGENCIAL.

PÂNICO NO PORTÃO:
O morador/usuário quando sentir-se ameaçado ou em risco deverá pressionar o botão maior
(01) do controle remoto por 05 (cinco) segundos até a confirmação com o piscar do LED do
controle, com isso o portão irá abrir e será identificado na central de operações um chamado
de PÂNICO EMERGENCIAL.

PEDIDO DE IMAGENS, VÍDEOS E AUDIO:


Se o morador necessitar de cópia de vídeos referente a alguma ocorrência, deverá solicitar
ao síndico do condomínio.

CRIANÇAS:
Não permitir que crianças brinquem com o controle/TAG (chaveiro).

ESTACIONAMENTO AREA COMUM:


A capacidade de estacionamento de veículo é de 20, ultrapassando este limite os veículos
deverão estacionar no estacionamento externo do lado de fora do condomínio;
As vagas predestinadas a uso do salão de festas, são de uso exclusivo para eventos e não
poderão ser utilizadas para outros fins, para tal fim deve-se utilizar a parte integrante que
compete a sua residência, salvo em casos de autorização pela administração por tempo
determinado.

SALÃO DE FESTA:
O salão de festas é para uso EXCLUSIVO dos condôminos (locatários ou proprietários),
interessados em locar o espaço para promoção de festas.
O Locador deverá seguir à legislação atual com relação à produção de ruídos e, em qualquer
caso, a faixa horária de silêncio que vai das 22h00min às 07h00min, devendo observar os
seguintes;
A duração máxima permitida por festa são 6h (seis horas);
O horário limite para terminar a festa é às 2h (duas horas);
Deverá ser especificado a finalidade da utilização do salão, qual tipo de evento, em nome de
quem será o evento;
A capacidade limite do salão é de 200 pessoas conforme alvará expedido pela prefeitura;
O dono do imóvel não terá direito a reservar o salão com a “taxa de morador” caso este não
resida no condomínio, salvo em casos de contrato em que a taxa condominial seja paga pelo
proprietário. Neste caso o inquilino perde o direito da reserva com a “taxa de morador”;

ACESSO A AMBULÂNCIAS:
As ambulâncias serão orientadas a entrarem pelo portão de saída. Quando a ambulância
interfonar para a central a mesma irá orientar que a entrada seja pelo portão de saída e a
central abrirá o portão.
DADOS PARA CONTATO:
ANDRÉ – 991780202
sindicoitamirim@hotmail.com

ALEX – 996047903
alex.moyses@Hotmail.com

PATRIMONIAL – 33484818
jessica.cardoso@patrimonialseguranca.com.br

ZELADOR - 999638842

Related Interests