Вы находитесь на странице: 1из 5

HISTÓRIA 7º ANO A BARROQUINHA

1-Por cima das ruínas dos incas, astecas e maias, os espanhóis consolidaram seu poderio e riqueza. Até
meados do século 16, a colonização espanhola estava completamente organizada, sendo a mineração
do ouro e da prata as principais atividades lucrativas. Sobre a colonização espanhola na América
é CORRETO afirmar:

a) Os adelantados eram os conquistadores que, pelo sucesso conseguido, recebiam amplos poderes
civis e militares para governar determinada região.

b) Os espanhóis agiram com violência porque não contaram com boa receptividade dos nativos, que
acreditavam que eles (os espanhóis) eram os enviados dos deuses para destruí-los.

c) A violência e a injustiça com os nativos aumentaram quando a coroa substituiu os conquistadores


pela burocracia régia (pessoas de confiança do rei).

d) A empresa de colonização espanhola foi organizada fora dos padrões fixados pela política
mercantilista, já que os espanhóis controlavam todas as atividades na colônia.

2-O império colonial espanhol era gigantesco. Ocupava um território maior que o império português
(Brasil). Para administrar tão vastas áreas, a Coroa Espanhola criou uma estrutura jurídico-
administrativa, composta de vários órgãos. Na coluna da esquerda estão os principais órgãos criados
pela Espanha e na coluna da direita, a função de cada um.RELACIONE corretamente as colunas e
marque a letra correspondente.

Casa de ( ) Órgão responsável pela aplicação da justiça nas colônias: tribunais


1
Contratação judiciários de última instância na América

( ) Órgão cuja função era controlar todas as questões relativas ao


2 Conselho das Índias
comércio e navegação entre a Espanha e suas colônias americanas.

( ) Espécie de câmara municipal, cuja função era cuidar da


3 Audiências
administração local.

( ) Órgão com amplas atribuições, como administração elaboração de


4 Cabildos
leis,

A numeração CORRETA é:

a) 1 3 2 4 b) 3 1 4 2

c) 4 2 1 3 d) 2 4 3 1
3-Cortés chegou ao México com pouco mais de quinhentos soldados e Pizzaro entrou no Peru com
cerca de 180 homens. Como tão poucos espanhóis conseguiram derrotar milhares de astecas e incas?
Existem várias razões para a vitória dos espanhóis. Dentre essas razões podemos considerar, EXCETO
a) a superioridade bélica caracterizada pela utilização de armas de fogo.

b) as doenças trazidas pelos espanhóis, tais como sarampo, gripe.

c) o modo de agir e pensar dos espanhóis não eram compreendidos pelos nativos.

d) os nativos conheciam muito mais os costumes dos espanhóis do que estes dos nativos.

4-"(...) Assim, não pense ninguém que foram tirados o poder, os bens e a liberdade (dos indígenas): e
sim que Deus lhes concedeu a graça de pertencerem aos espanhóis, que os tornaram cristãos e que os
trata e os consideram exatamente como digo. (...) Ensinaram-lhes o uso do ferro e da candeia (...)
Deram-lhes moedas para que saibam o que compram e o que vendem, o que devem e possuem.
Ensinaram-lhes latim e ciências, que valem mais do que toda a prata e todo o ouro que eles tomaram.
Porque, com conhecimentos, são verdadeiramente homens, e da prata nem todos tiravam muito
proveito. (...)"(GÓMARA, Francisco López de. "Historia General de las India". Coletânea de Documentos
para a História da América. São Paulo: CENP, 1978)

Leia as afirmativas.

Estão corretas as afirmativas

I – Os espanhóis reconhecem não terem feito nada que pudesse compensar os nativos pela invasão e
morte de vários deles.

II – Para os espanhóis, não houve escravidão, mas o encontro dos nativos com Deus através da
catequização.

III – O texto afirma ser o conhecimento adquirido pelos indígenas, através dos espanhóis mais
importante do que o ouro e a prata.

a) I e II. b) I e III. c) II e III. d) I, II e III.

21. O processo de colonização da América Espanhola foi intenso e violento. Os espanhóis utilizaram
largamente de agressividade, superioridade técnica militar, assim como de diferentes formas de
exploração do trabalho indígena, sendo a encomienda a mais comum. Sobre a encomienda assinale o
correto.

a) Constituía-se em forma de trabalho remunerado com algumas moedas de prata, proposta pelo rei
da Espanha para a população indígena.

b) Era o direito de capturar indígenas, dado pelo rei aos encomienderos que, em troca, deveriam
proporcionar aos nativos educação cristã.

c) Constituía-se em trabalho compulsório temporário no qual o indígena trabalhava por um período e


depois podia livremente deixar de prestar serviços para a coroa espanhola.
d) Era um acordo firmado entre espanhóis e líderes indígenas para fornecimento de mão de obra nas
minas de prata.

9. Na América Espanhola os cabildos ou ayuntamientos eram:

a) tribunais judiciários que atuavam como ouvidorias, sendo seus membros nomeados pelo rei;

b) formas de servidão indígena para o trabalho agrícola em vastas extensões de terra;

c) formas de trabalho compulsório das comunidades indígenas na economia mineradora;

d) as câmaras municipais formadas por elementos de projeção social responsáveis pela administração
local;

e) governadores, nomeados pelo rei, encarregados de representar o poder central nas colônias.

5- Sobre a América de colonização espanhola, assinale a alternativa INCORRETA.


a) Apresentava os "Chapetones" no topo da hierarquia social, geralmente originários da pequena
nobreza empobrecida da Espanha, que ocupavam na colônia os altos cargos da administração pública,
militar e eclesiástica.
b) Utilizou-se da "Mita" - sistema de trabalho obrigatório temporário, em que os índios de uma
comunidade eram escolhidos por sorteio e recebiam em troca salários irrisórios.
c) Os filhos de espanhóis nascidos na América, os "Criollos", eram grandes proprietários de terras,
comerciantes e formavam a elite intelectual da colônia.
d) Os chefes indígenas convertidos ao cristianismo os "adelantados", estavam desobrigados da prática
da "Encomienda", sujeitos, entretanto, à prestação de serviços obrigatórios e à obediência aos Vice-
reis.
e) Abaixo dos "Criollos", havia a massa dos mestiços de brancos e índios, de brancos e negros e de
negros e índios. Eram capatazes das minas e das fazendas, artesãos, vaqueiros e caçadores de
escravos.

6- O mais importante órgão metropolitano da administração colonial espanhola era a(o):

a) Capitania Geral
b) Conselho de Índias
c) Conselho Ultramarino
d) casa das Índias
e) Intendencia

2. (PITÁGORAS) Para garantir a posse de riquezas, o governo espanhol criou as capitulações. As


capitulações eram:

a) Acordos feitos com particulares para que estes cuidassem da conquista.

b) Contratos feitos com os conquistados para evitar o contrabando de ouro.

c) Acordos feitos com países da Europa para evitar o fim dos monopólios.
d) Contratos entre espanhóis e nativos para regulamentar a exploração.

4. (PITÁGORAS) Leia o trecho na seguir: POLÍTICA COLONIAL Nas colônias o poder dos adelantados foi
eliminado com a formação dos Vice-Reinos e posteriormente dos Capitães gerais. O território colonial
foi dividido em quatro Vice-Reinos -- Nova Espanha, Peru, Rio da Prata, e Nova Granada -- e
posteriormente foi redividido, surgindo as Capitanias Gerais, áreas consideradas estratégicas ou não
colonizadas. Os Vice-Reis eram nomeados pelo Conselho das Índias e possuíam amplos poderes,
apesar de estarem sujeitos à fiscalização das Audiências. As Audiências eram tribunais superiores que

a) exerciam funções de justiça. b) exerciam funções militares.

c) exerciam funções fazendárias. d) regulamentavam o trabalho.

7. (Cesgranrio) Na América Colonial Espanhola, no século XVI, as populações nativas foram utilizadas
em diversas relações de trabalho. Dentre essas, uma das mais rentáveis para a Coroa foi a que permitia
aos espanhóis cobrarem tributos dos nativos em gêneros ou prestações de trabalhos nos campos. Essa
forma de trabalho era denominada:

a) "Mita". b) "Obrajes". c) "Cabildos". d) "Encomienda". e) "Ayuntamientos".

15. (Uel 2007) Leia o texto a seguir: "A causa pela qual os espanhóis destruíram tal infinidade de almas
foi unicamente não terem outra finalidade última senão o ouro, para enriquecer em pouco tempo,
subindo de um salto a posições que absolutamente não convinham a suas pessoas; enfim, não foi
senão sua avareza que causou a perda desses povos, que por serem tão dóceis e tão benignos foram
tão fáceis de subjugar; e quando os índios acreditaram encontrar algum acolhimento favorável entre
esses bárbaros, viram-se tratados pior que animais e como se fossem menos ainda que o excremento
das ruas; e assim morreram, sem Fé e sem Sacramentos, tantos milhões de pessoas.[...]." Fonte: LAS
CASAS, B. de. "O paraíso destruído". Tradução de Heraldo Barbuy. Porto Alegre: L & PM, 1985. p. 30.
Com base no texto, é correto afirmar:

a) Bartolomé de Las Casas voltou-se contra a Coroa Espanhola ao perceber que a conquista da América
sufocaria as possibilidades de evangelização dos habitantes do novo continente.

b) No episódio da conquista da América, o Frei Dominicano Bartolomé de Las Casas ficou conhecido
como defensor incondicional dos índios, ao ressaltar a crueldade dos conquistadores.

c) Os conquistadores da América hispânica e da portuguesa rechaçaram o discurso do Frei Las Casas


por considerarem que seus pensamentos representavam os princípios da Igreja Católica, contrária à
expansão territorial.

d) O Frei Dominicano defendeu a dignidade e a liberdade dos indígenas até sua morte, transformando-
se, assim, em ícone do livre-arbítrio nas Américas de colonização espanhola, portuguesa e inglesa.

e) O discurso de Las Casas em defesa dos indígenas era uma das diversas estratégias de conquista, uma
vez que ele representava nas colônias os interesses da Coroa Espanhola.
19. (Fatec) A colonização espanhola:

a) fundamentou-se na divisão da colônia em vice-reinos diretamente ligados à Espanha, destacando-


se a Casa de Contratação e o Conselho das Índias.

b) utilizou quase que exclusivamente a mão-de-obra negra, devido ao fato de a população indígena ter
sido dizimada durante a conquista.

c) desenvolveu nas colônias uma produção diversificada, produzindo-se manufaturas na região


setentrional e algodão na região meridional.

d) baseou-se nas culturas tropicais de exportação, nos minifúndios e na mão-de-obra servil.

e) criou uma organização administrativa centralizada com sede em Lima.

13 – Sobre a estrutura social e econômica da America Colonial espanhola, podemos afirmar que:

a) os “Criollos” formavam uma aristocracia econômica local, sendo donos de propriedadesrurais e de


minas.

b) os “Chapetones” eram mestiços que monopolizavam as funções administrativas e religiosas nos


vice-reinados.

c) os indígenas estavam protegidos por uma rigorosa legislação real, que proibia que trabalhassem
para os peninsulares.

d) o trabalho através da mita incidia sobre as populações negras escravas das grandes fazendas de
gado.

1 - A conquista de Cuzco, centro do Império Inca, deu-se por:

a) Hernán Cortez, em 1519;

b) Francisco Pizarro, em 1533;

c) Juan Ponce de Leon, em 1508;

d) Vasco Nunes de Balboa, em 1509;

e) Diego de Velásques, em 1511.