Вы находитесь на странице: 1из 3

COLÉGIO MUNICIPAL EM TEMPO INTEGRAL REITOR JOÃO ALFREDO

PROJETO DIDÁTICO CORAL JUNINO

PROFESSORA: LUCIANA DANTAS TEIXEIRA DE ARAÚJO


PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Ano letivo de 2016
PERFIL DOS PARTICIPANTES: Alunos do Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano)
ÁREA DE CONHECIMENTO: Arte/Música

JUSTIFICATIVA

Trabalhar Canto Coral na escola é uma maneira de tornar o aluno protagonista na


disciplina de Arte, participando ativamente da linguagem musical e inserindo essa
participação positiva na comunidade, transformando a aprendizagem em exercício de
cidadania.
Além de desenvolver as habilidades musicais, despertando e estimulando o gosto
pela expressão artística, o canto coral também trabalha importantes conteúdos como:
cooperação e trabalho em grupo, importância de cumprir regras para obter um resultado
excelente, análise crítica da produção e até das próprias regras, percebendo a riqueza de
trocar informações, percepções e opiniões para o crescimento coletivo, capacidade de
liderança (dentro do coral os alunos são estimulados a se organizar em subgrupos).
Desenvolve também a habilidade de comunicação e interpretação linguística (a letra de
cada música é estudada minuciosamente), expressão corporal, socialização,
apresentação em público, e melhora significativa da relação com a própria escola,
fazendo o aluno descobrir prazer e interesse em participar das aulas, e perceber seu
senso de valor dentro da comunidade escolar.
Os benefícios pedagógicos são muitos, mas ainda há os benefícios físicos e
emocionais, já que o estudo da técnica vocal ajuda os alunos a melhorar a respiração,
postura, autocontrole, e a dinâmica do canto coral propicia inteligência emocional,
atenção, concentração e autoestima.
Todos esses benefícios devem ser trabalhados considerando o universo cultural e
sonoro do aluno, partindo da realidade que lhe é familiar, mas ao mesmo tempo
oportunizando que ele tenha acesso a um conhecimento mais profundo da própria
cultura: “A música não é somente executada em um contexto social, mas é também
aprendida e compreendida no mesmo contexto.” (1994, p. 9 apud BEINEKE, 2003,
p.93)

OBJETIVOS

* Desenvolver habilidades artísticas, linguísticas, cognitivas, emocionais, físicas e


sociais dos alunos, estabelecendo uma educação para valores.
* Promover o estudo dos elementos da música (melodia, ritmo, harmonia) e as
propriedades sonoras (altura, intensidade, timbre, textura), explorando esses conceitos
na prática das aulas-ensaios.
* Melhorar a qualidade do vínculo do aluno com a escola, valorizando a pedagogia da
presença.
* Implementar o exercício da cidadania através da participação ativa na comunidade,
incentivando o protagonismo juvenil.
* Trabalhar a cultura musical do Recife, com foco na vida e obra de Luiz Gonzaga,
propondo uma fusão de ritmos e sonoridades para apontar novos caminhos de fazer
artístico.

METODOLOGIA

* Ensino de técnica vocal


* Estudo das letras das músicas, com leitura e escrita dessas, atentando a questões
linguísticas como gênero, vocabulário, estrutura textual, e também a questões
semânticas, etc.
* Estudo dos aspectos musicais do repertório, inserindo a teoria musical concomitante à
prática.
* Apreciação musical através de vídeo-documentários, gravações de shows, CDs e
audição da própria produção musical do coro.
* Pesquisa em livros, CDs e internet, dos estilos musicais e compositor estudados.

RECURSOS

* Fotocópias.
* Pastas para partituras.
* Televisão monitor com entrada USB ou datashow.
* Microfones e caixa de som apropriados para o coral.

AVALIAÇÃO

A avaliação se dará de forma contínua, valorizando o processo de desenvolvimento


integral do aluno (ser, conviver, fazer e conhecer), e também em apresentações na
escola e na comunidade.

RESULTADOS ESPERADOS

Participação sócio-cultural da escola na comunidade, incialmente em seu


entorno, à medida em que o coral se apresentar para outros alunos da escola, pais e
amigos dos mesmos, e posteriormente expandir essa participação para outros locais do
bairro e da cidade, em diferentes ambientes, e voltando-se a propostas diversas:
entretenimento, ações educativas, eventos em datas comemorativas, concursos e
festivais, etc.
Esperamos ainda ampliar os conhecimentos dos alunos sobre a cultura recifense,
brasileira e universal, utilizando os ensaios como instrumento lúdico e prazeroso de
construir saberes e torná-los significativos.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BEINEKE, Viviane. O ensino de flauta doce na educação fundamental. In:


HENTSCHKE, Liane, DELBEN, Luciana. Ensino de música: propostas para pensar
e agir em sala de aula. São Paulo: Moderna,2003

CHAN, Telma. Coralito. São Paulo: Irmãos Vitale, 2006.

GAINZA, Violeta Hemsy de. Estudos de Psicopedagogia Musical.3. ed. São Paulo:
Summus, 1988.

MATHIAS, Nelson. Coral: um canto apaixonante. Brasília: Ed. Musimed, 1986.

PRIOLLI, Maria Luísa de Mattos. Princípios básicos da música para a juventude.


RiodeJaneiro: Casa Oliveira de Música, 2000.

SWANWICK,Keith. Ensinando música musicalmente. São Paulo:Moderna, 2003.


.