You are on page 1of 10

Aplicada em: 2017

Banca: FCC
Órgão: TRT - 11ª Região (AM e RR)
Prova: Analista Judiciário – Área Judiciária
A tutela de urgência, presentes os demais requisitos
legais,
a )só pode ser concedida após justificação prévia e sempre
com caução.
b pode ser concedida quando houver perigo de dano, ou o
risco ao resultado útil do processo.
c será concedida quando houver perigo de irreversibilidade
dos efeitos da decisão.
d não pode ser efetivada através de arrolamento de bens,
quando for de natureza cautelar.
e só pode ser concedida se o requerente oferecer caução
real ou fidejussória idônea.

Aplicada em: 2017


Banca: FCC
Órgão: TRE-SP
Prova: Analista Judiciário - Área Judiciária
Ao disciplinar a tutela provisória, o novo Código de
Processo Civil estabelece que
A) a tutela de urgência não poderá ser concedida sem
justificação prévia, salvo se prestada caução idônea, caso
em que poderá ser concedida liminarmente.
b ) a tutela antecipada requerida em caráter antecedente
torna-se estável se da decisão que a conceder não for
interposto o respectivo recurso, caso em que o processo
será extinto.
c) para a concessão da tutela de evidência, exige-se,
dentre outros requisitos, a demonstração de perigo de dano
ou de risco ao resultado útil do processo.
d) efetivada a tutela cautelar requerida em caráter
antecedente, o pedido principal terá de ser formulado pelo
autor no prazo de 15 dias, em ação própria, cujos autos
deverão ser apensados aos do pedido cautelar.
e) é vedada, em qualquer caso, a concessão liminar de
tutela de evidência, antes da oitiva da parte contrária

Aplicada em: 2017


Banca: FUNECE
Órgão: UECE
Prova: Advogado
Assinale a proposição verdadeira em relação às tutelas
de urgência.
a A tutela de urgência de natureza antecipada será
concedida ainda quando houver perigo de irreversibilidade
dos efeitos da decisão.
b Para a concessão da tutela de urgência, o juiz pode,
conforme o caso, exigir caução real ou fidejussória idônea
para ressarcir os danos que a outra parte possa vir a sofrer,
não podendo a caução ser dispensada.
c Caso entenda que não há elementos para a concessão
de tutela antecipada, o órgão jurisdicional determinará a
emenda da petição inicial em até 10 (dez) dias, sob pena
de ser indeferida e de o processo ser extinto sem resolução
de mérito.
d A tutela da evidência será concedida, independentemente
da demonstração de perigo de dano ou de risco ao
resultado útil do processo, quando se tratar de pedido
reipersecutório fundado em prova documental adequada do
contrato de depósito, caso em que será decretada a ordem
de entrega do objeto custodiado, sob cominação de multa.

Aplicada em: 2017


Banca: CESPE
Órgão: SEDF
Prova: Analista de Gestão Educacional - Direito e
Legislação
Acerca do Ministério Público e da tutela de urgência,
julgue o próximo item.
Concedida e efetivada a tutela provisória de urgência
antecipada em caráter antecedente, se o réu não interpuser
recurso contra essa decisão, a tutela concedida se
estabilizará mesmo que o processo seja extinto sem
resolução de mérito. Todavia, essa decisão poderá ser
revista, reformada ou invalidada a pedido da parte
interessada no prazo de dois anos, contados da ciência da
decisão que extinguir o processo.

( ) certo ( ) errado

Provas: FCC - 2016 - SEGEP-MA - Procurador do Estado


de Segunda Classe
Disciplina: Direito Processual Civil - Assuntos: 5. Tutela
provisória 5.2. Tutela de urgência 5.3. Tutela de evidência
A tutela provisória pode fundamentar-se em urgência
ou evidência, sendo que
* a) requerida a tutela antecipada em caráter antecedente e
sendo a urgência contemporânea à propositura da ação, se
concedida a tutela antecipada, o autor deverá aditar a
petição inicial, com a complementação de sua
argumentação, a juntada de novos documentos e a
confirmação do pedido de tutela final, em quinze dias ou
em outro prazo maior que o juiz fixar.
* b) a tutela cautelar de urgência não pode ser efetivada
mediante arresto, sequestro ou arrolamento de bens,
porque sujeitos a procedimento cautelar específico.
* c) a tutela de evidência será concedida, se demonstrado
perigo de dano ou de risco ao resultado útil do processo,
quando ficar caracterizado o abuso do direito de defesa ou
o manifesto propósito protelatório da parte ou se as
alegações de fato puderem ser comprovadas apenas
documentalmente e houver tese firmada em julgamento de
casos repetitivos ou em súmula vinculante.
* d) a petição inicial da ação que visa à prestação de tutela
cautelar em caráter antecedente indicará a lide e seu
fundamento, a exposição sumária do direito que se objetiva
assegurar e o perigo de dano ou o risco ao resultado útil do
processo, mas será a petição inicial indeferida se o pedido
tiver natureza antecipatória.
* e) efetivada a tutela cautelar, o pedido principal terá de
ser formulado pelo autor no prazo de trinta dias, em autos
apensos e mediante o pagamento de novas custas
processuais.
Cristina não foi autorizada por seu plano de saúde a
realizar cirurgia de urgência indicada por seu médico.
Tendo em vista a necessidade de pronta solução para
seu caso, ela procura um(a ) advogado(a ), que afirma
que a ação a ser ajuizada terá como pedido a realização
da cirurgia, com pedido de tutela antecipada para sua
efetivação imediata, sem a oitiva do Réu. O(A )
advogado(a ) ainda sustenta que não poderá propor a
ação sem que Cristina apresente toda a documentação
que possui para a instrução da inicial, sob pena de
impossibilidade de juntada posterior. A respeito do
caso, assinale a afirmativa correta.
* a) O advogado equivocou-se. Trata-se de tutela cautelar e
não antecipada, de modo que o pedido principal terá de ser
formulado pela autora no prazo de 30 (trinta) dias nos
mesmos autos.
* b) O advogado equivocou-se. A urgência é
contemporânea à propositura da ação, pelo que a tutela
antecipada pode ser requerida em caráter antecedente,
com a possibilidade de posterior aditamento à petição
inicial.
* c) O advogado agiu corretamente. A petição inicial é o
momento correto para a apresentação de documentos.
* d) O advogado agiu corretamente. Somente a tutela
cautelar e não a antecipada pode ser requerida em caráter
antecedente
Em razão de grave enfermidade, consumidor de plano
de saúde ajuizou demanda em que pleiteava a
condenação da operadora prestadora do serviço a lhe
custear um tratamento específico, indicado por seu
médico, e que a empresa alegava não estar previsto no
contrato. Sem prejuízo da tutela jurisdicional definitiva,
abarcando a condenação da ré a cumprir a obrigação
contratual e a pagar verbas reparatórias de danos
morais, o autor requereu, em sua inicial, a concessão
de tutela provisória, consubstanciada na determinação
judicial, inaudita altera parte, para que a empresa
viabilizasse de imediato o tratamento pretendido, o que
foi deferido. Quanto a essa providência provisória,
pode-se afirmar que a sua natureza é de tutela:
Parte superior do formulário
* a) de urgência cautelar;
* b) de urgência satisfativa;
* c) da evidência cautelar;
* d) da evidência sancionatória;
e) inibitória cautelar.

Sobre a tutela provisória de urgência cautelar requerida


em caráter antecedente contra a Fazenda Pública,
assinale a alternativa correta.
* a) Caso o juiz entenda que o pedido de tutela cautelar
antecedente tenha natureza satisfativa, deverá indeferir a
petição inicial, julgando extinto o processo sem exame de
mérito.
* b) O indeferimento da tutela cautelar obsta a formulação
do pedido principal quando o motivo do indeferimento for o
reconhecimento de decadência ou de prescrição.
* c) O réu será citado para contestar no prazo de quinze
dias o pedido e indicar as provas que pretende produzir e,
não sendo contestado o pedido, os fatos alegados pelo
autor presumir-se-ão aceitos pelo réu como ocorridos, caso
em que o juiz decidirá dentro de cinco dias.
* d) O pedido principal, cuja causa de pedir poderá ser
aditada, terá de ser formulado pelo autor no prazo de 30
(trinta) dias a contar do deferimento da tutela cautelar.
* e) A tutela de urgência cautelar antecedente torna-se
estável se da decisão que a conceder não for interposto o
respectivo recurso. Nessa hipótese, qualquer das partes
poderá demandar a outra com o intuito de rever, reformar
ou invalidar a tutela estabilizada no prazo de dois anos.

A respeito do processo cautelar, assinale a opção


correta.
* a) O periculum in mora inverso não é aceito na
sistemática processual brasileira.
* b) Desde a efetivação da medida cautelar preparatória, o
beneficiário da tutela cautelar tem o prazo de trinta dias
para interpor a ação principal, sendo esse prazo
prescricional.
* c) No caso de processo cautelar preparatório, uma vez
concedida a cautela, não há necessidade de o magistrado
proferir sentença nesse processo, já que irá fazê-lo no
processo principal.
* d) No caso de cautelar infungível, não cabe a substituição
da medida cautelar por caução.
e) A responsabilidade do requerente no procedimento
cautelar será subjetiva caso a sentença no processo
principal lhe seja desfavorável.

É correto afirmar que, no procedimento cautelar


* a) não é admitida audiência, salvo a audiência de
justificação prévia, por incompatibilidade com o rito.
* b) o prazo para apresentação de defesa é de 15 (quinze)
dias, a contar da juntada do mandado de citação aos autos.
* c) o juiz pode, de ofício, substituir a medida cautelar por
caução ou outra medida menos gravosa ao requerido.
d) a eficácia da medida acautelatória permanecerá até o
julgamento da ação principal, independentemente do
requerente executar a medida concedida.
A sentença que indeferir a medida cautelar.
* a) obsta a que a parte intente a ação de conhecimento se
o juiz acolher a alegação de decadência ou de prescrição
do direito do autor.
* b) em nenhuma hipótese obsta a que a parte intente a
ação de conhecimento, porque não produz coisa julgada
material.
* c) retira um dos pressupostos processuais da ação de
conhecimento, se ela não for proposta em até trinta dias a
partir do trânsito em julgado daquela sentença.
* d) retira um dos pressupostos processuais da ação de
conhecimento, se ela não for proposta em até trinta dias a
partir do trânsito em julgado daquela sentença.
* e) só impede o ajuizamento da a

Em relação à antecipação dos efeitos da tutela


jurisdicional, é correto afirmar que
* a) a decisão concessiva da tutela antecipada, por dizer
respeito ao mérito da lide, deve ser impugnada por meio de
apelação.
* b) dada sua natureza, dependente de prova inequívoca, a
decisão que conceder a tutela jurisdicional
antecipadamente é definitiva no mesmo grau de jurisdição,
só podendo ser alterada pela superior instância.
* c) concedida ou não a antecipação da tutela, o processo
prosseguirá até final julgamento.
* d) se o autor, a título de antecipação tutelar, requerer
providência de natureza cautelar, deverá o juiz indeferir de
pronto o pedido, pela inadequação da via judicial escolhida.
* e) a decisão que antecipa a tutela prescinde de indicação
pelo juiz, de modo claro e preciso, das razões de seu
convencimento.