Вы находитесь на странице: 1из 3

A MISSA EXPLICADA

PRIMEIRO PASSO – IR À MISSA

CONTEÚDO TEMÁTICO

A CELEBRAÇÃO
Missa, Eucaristia, Liturgia: significados
O ritual celebrativo
Liturgia como memorial da entrega de Cristo
O Domingo e a sua importância

PARA SABER MAIS

Sacrosanctum Concilium 5-7, 9, 26, 33, 35


Instrução Geral do Missal Romano nnº 1-6
Dies Domini 19-33

BIBLIOGRAFIA ÚTIL

 Corações ao alto, Introdução à liturgia da Igreja, D. José Manuel Cordeiro,


Paulus Editora
 A Eucaristia faz a Igreja, Ildebrando Scicolone, SNL
 Os Mistérios de Cristo na Liturgia, Cónego José Ferreira, SNL
 A Missa, Cardeal Jean-Marie Lustiger, Editorial A. O. – Braga

Rua Camilo Castelo Branco, 4 – 1150-084 Lisboa ― Tel. 21 314 68 39 / 91 592 86 96 ― form.distancia@patriarcado-lisboa.pt
http://idfc.patriarcado-lisboa.pt/?pg=formacaodist
2

MINISTÉRIO LITÚRGICO

O Presidente da Celebração
Esta semana abordamos o seguinte ministério litúrgico – o Presidente da
Celebração.
Os celebrantes fundamentais de toda a celebração litúrgica são a assembleia
reunida por Deus. Mas, a partir dela, alguns têm uma função específica, um
ministério (ou seja, um serviço), pelo qual, como afirma o Catecismo, são ministros:
«escolhidos e consagrados pelo sacramento da Ordem, pelo qual o Espírito Santo
os torna aptos para agirem na pessoa de Cristo-Cabeça ao serviço de todos os
membros da Igreja», citando assim o Concílio Vaticano II (CIC 1142).
O Presidente da Celebração ou o celebrante, é a figura central de toda a
celebração, destaca-se pelo seu agir e é como que a presença de Jesus Cristo
entre aqueles que ali estão a celebrar com ele. Sobre este ministério, diz o
Cardeal Jean-Marie Lustiger na sua obra A Missa:
«Quando o celebrante entra na assembleia, significa que Cristo se torna presente
nesta morada feita desses homens e mulheres reunidos em seu nome. Nesse
momento, toda a assembleia toma consciência de que se converte, pela própria
reunião, em Templo habitado pelo Espírito. Cristo entra nela e faz nela a sua
morada, associando à sua Palavra e ao seu sacrifício de louvor o seu povo assim
reunido.»
Na missa existem outros ministérios os quais ao longo deste itinerário formativo
iremos abordar a cada semana. São eles o Sacristão, o Acólito, os Leitores e os
Ministros Extraordinários da Comunhão.

PARA REZAR

Para nos prepararmos devidamente para o encontro com Jesus, sugerimos esta
oração:

Consagração ao Sagrado Coração de Jesus


Prostrado a vossos pés, bom Jesus,
considerando as inefáveis provas de amor que me destes
e as lições sublimes que continuamente me dá
o vosso sacratíssimo Coração,
humildemente Vos peço a graça de Vos conhecer, amar e servir
como vosso fiel discípulo para me fazer digno
das promessas e bênçãos que generosamente concedeis
aos que deveras Vos conhecem, amam e servem.
3

Eu sou pobre e humilde e preciso de Vós.


Sou pecador e preciso do vosso divino ensinamento
para iluminar e guiar a minha ignorância.
Sou muito débil, a cada momento caio e, por isso,
necessito do vosso apoio para não desfalecer.

Sagrado Coração de Jesus, sede para mim:


socorro da minha miséria, luz dos meus olhos,
sustento dos meus passos, remédio dos meus males,
auxílio em toda a necessidade.
De Vós tudo espera o meu pobre coração.
Vós o animais e o convidais frequentes vezes
como afirmastes no vosso Evangelho:
«Vinde a Mim; aprendei de Mim; pedi; insisti...»

Hoje venho às portas do vosso Coração:


chamo, peço e espero.

O meu, eu Vo-lo entrego para sempre.


Tomai-o Vós, e dai-me em troca o que sabeis que me convém
para bem viver na terra e ser feliz na eternidade.
Amen.

As Minhas Orações, PAULUS Editora

VIDA REAL - DESAFIO

Para concluirmos este primeiro passo, propomos um pequeno "trabalho de casa",


em jeito de desafio para realizar no dia-a-dia durante esta primeira semana.

Celebrar
Na sua comunidade, preste uma cuidada atenção a toda a celebração litúrgica.
Como é que ela decorre? Conhece todos os seus momentos?
Observe também os vários intervenientes, desde o acólito, ao coro, ao sacristão,
ao leitor, ao sacerdote e ao diácono, à própria assembleia orante. O que faz
cada um deles? Como celebram?
E finalmente, o que lhe sugere todo este ritual festivo?
Se desejar, partilhe a sua reflexão no tópico do nosso fórum dedicado a este
tema.