Вы находитесь на странице: 1из 2
 

TÉCNICA DE ANÁLISE SISTEMÁTICA DE CAUSAS (TASC®)

    Pessoal Processo/Operação DESCRIÇÃO DE ACIDENTE OU INCIDENTE    
   

Pessoal

Processo/Operação

DESCRIÇÃO DE ACIDENTE OU INCIDENTE

   
    Pessoal Processo/Operação DESCRIÇÃO DE ACIDENTE OU INCIDENTE    

Propriedade

 

Meio Ambiente

 
 

Severidade da Perda

 

AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE PERDA SE NÃO FOR CONTROLADA

 

Freqüência da Exposição ◊ (A) Alta - Muitas pessoas expostas muitas vezes diariamente ◊ (B) Moderada - Número moderado de pessoas expostas algumas vezes por dia. ◊ (C) Baixa - Poucas pessoas expostas em menos de um dia

◊ (A) Maior - Perda de vida; incap. Permanente; Perda do processo; Custo maior; Derramament

◊ (B) Sério - Perda de tempo por lesões sem incap; interrup. do proc; Custo significativo, derram

◊ (C) Menor - Lesão menor s/ perda de tempo; interrup. Parcial do proc; Custo menor

Probabilidade de Reincidência ◊ (A) Alta - Probabilidade de Reincidência da Perda ◊ (B) Moderada - Probabilidade de Reincidência da Perda ◊ (C) Baixa - Probabilidade de Reincidência da Perda

 
 
    Tipo de Contato    
 

Tipo de Contato

 
    Tipo de Contato    
 
 

ACIDENTE PESSOAL/DOENÇA

 

PROPRIEDADE, PROCESSO E DANOS AMBIENTAIS

 

1. Queda para um nível inferior (Veja C.I.: 1, 2, 3, 4, 5, 8, 9, 10, 11, 13, 14, 15, 16, 18, 19, 20, 21,22, 23, 24, 25, 27 e 35)

 

4 . Prender entre Veja: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15 16, 18, 19, 20, 22, 24, 25, 26, 27, 35 e 36)

 

7. Colisão. Veja C.I. 1, 4, 5, 6, 7, 8, 10, 13, 14, 15, 20, 22, 23, 24, 33, 34 e 35.

10. Incêndio e Explosão,. Veja C.I. 1, 3, 4, 5, 6, 8, 9, 10, 13, 14, 15, 18, 20, 22, 23, 24, 25, 28, 29, 30, 31, 32, 36

13. Dano ou perda da carga. Veja C.I. 1, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10,12, 13, 14, 15, 18, 20, 21, 22, 23, 24, 25, 28, 29, 31, 33, 34, 35 e 36 14. Poluição Ambiental. Veja C.I. 1, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 13, 14, 15, 18, 20, 21, 22, 23, 24, 25, 28, 31, 32, 33, 34, 35 e 36. 15. Perda de Estabilidade. Veja C.I. 1, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 14, 15, 18, 20, 21, 22, 23, 24, 34 e 36 16. Outros Contatos. Veja C.I. 1 a 37

2. Queda no mesmo nível (Escorregões e Tropeços) Veja C.I.: 1, 2, 4, 5, 8, 11, 12, 13, 14, 15, 18, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27 e 35)

5. Contato com calor, Frio, Eletricidade, Radiação, barulho, Tóxicos e Biológicos. Veja C.I. 1, 2, 3, 4, 5, 6, 8, 9, 10, 11, 12,

8. Encalhando Veja C.I. 1, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 14, 15, 18, 20, 22, 23, 24, 33, 34 e 35.

 

11. Falha de Casco e Integridade. Veja C.I. 1, 3, 4, 5, 6, 7, 9, 10, 14, 15, 18, 20, 21, 22, 24, 35 e 36

3. Pancada contra/por Veja C.I: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 18, 19, 20, 22, 24, 25, 26, 27, 35 e 36)

13, 14, 15, 16, 18, 19, 20, 22, 23, 28, 29, 30, 31, 32, 33, 34 e 36. 6. Sobre-tensão (sobre-esforço, sobrecarga, superexposição, ergono- mia) Veja C.I: 1, 2, 4, 5, 6, 8, 10, 11, 12, 13, 14, 18, 19, 20, 26, 27 e 32.

9. Avaria por contato (Docagem, Comportas, Boias). Veja C.I. 1, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 13, 14, 15, 18, 20, 22, 23, 24, 33, 34 e 35

12. Quebra de Máquinas e Equipamentos. Veja C.I. 1, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 13, 14, 15, 18, 20, 22, 23, 24, 25, 28, 31, 32, 34 e 36

 
    Causas Imediatas/ Diretas (CI)    
 

Causas Imediatas/ Diretas (CI)

 
    Causas Imediatas/ Diretas (CI)    
 
 

ATOS/ PRÁTICAS ABAIXO DOS

 

CONDIÇÕES ABAIXO DOS PADRÕES

 
 

PADRÕES

 

18. Proteções e barreiras inadequadas (Veja C.B.: 5,7,8,9,10,11, 28. Perigo de explosão ou incêndio (Veja C.B.: 5,6,7,8,9,10,

 

1.

Falha para seguir regras e regulamentos. (Veja C.B. 2,3,4,5,6,7,8, 7. Navegação incorreta ou manuseio do navio (Veja C.B. 1,2,3,4,5,

13. Fazer brincadeiras (Veja C.B.: 2,3,4,5,7,8,13,15)

 

12,13,15)

 

11,12,13,15)

 

10,13,15

 

6,7,8,9,12,13,15

14. Trabalhar sob influencia do álcool e/ou outras drogas 19. EPI inadequados ou defeituoso (Veja C.B.:

29. Exposição a ruídos ou temperatura (Veja C.B.: 1,2,3,5,6,7,8,9,10,

2.

Falha por não usar o EPI apropriado. (Veja C.B. 2,3,4,5,6,7,8,10,

8. Falha de sinalização e advertência (Veja C.B.: 1,2,3,4,5,6,7,8,

(Veja C.B.: 2,3,4,5,7,8,13,15) 15. Sabotagem, Dano (Veja C.B.: 2,4,7) 16. Suicídio/Homicídio (Veja C.B.: 2,3,4,7) 17. Outros atos abaixo do padrão (Veja C.B.: 1 até 15)

20. Ferramentas, equipamentos ou materiais defeituosos (Veja C

11,12,13,15)

 

12,13,15

 

9,10,12,13,15)

 

8,9,10,11,12,13,14,15)

30. Exposição a radiações (Veja C.B.: 5,6,7,8,9,10,11,12,13,14)

3.

Operar equipamentos sem autorização (Veja C.B.: 2,3,4,5,

9. Falha de segurança (Veja C.B.: 2,3,4,5,6,7,8,9,

21. Condições de casco ou estrutura (Veja C.B.: 8,9,10,11,12,13 31. Ventilação inadequada (Veja C.B.: 8,9,10,11,12,13) 22. Sistema de advertência inadequado (Veja C.B.: 8,9,10,11,12, 32. Condições ambientais (Veja C.B.: 8,9,10,11)

 

7,8,12,13,15)

 

12,13,15)

 

4.

Uso incorreto de máquinas e equipamentos (Veja C.B.: 1,2,3,4,5,610. Tornar os dispositivos de segurança inoperáveis (Veja

 

13,14,15)

 

33. Cartas, publicações ou outras documentações desatualizadas (Veja C.B.: 8,9,10,11) 34. Abastecimento de combustível e/ou lubrificante (veja C.B. 5,6,7,8,9

7,8,9,10,12,13,15)

 

C.B.: 2,3,4,5,6,7,8, 12,13,15)

 

23. Condições de tempo adversas (Veja C.B.: 5,6,7,8,9,13) 24. Condições de mar adversas (Veja C.B.: 5,6,7,8,9,13) 25. Ordem e limpeza deficientes, desordem (Veja C.B.: 5,6,7,8,9,

5.

Usar equipamento defeituoso (Veja C.B.: 2,3,4,5,6,7,8,

 

11. Adotar posição inadequada para o trabalho (Veja C.B.: 1,2,

9,10,11,12,13,14,15)

 

3,4,5,6,7,8,9,12,13,15)

10,11,13,15)

 

6. Falha de acompanhamento as instruções de reparo/manutenção (Veja C.B.: 2,3,4,5,6,7,8,10,13,15)

12. Elevar, manusear ou estocar inapropriadamente (Veja C.B: 1,2,3,4,5,6,7,

 

10,11,12)

 

35. Facilidades do Porto e Estaleiro (Veja C.B. 5,6,7,8,13,15) 36. Carga (Veja C.B.:5,6,7,8,13,15)

 

8,9)

 

26. Espaço restrito ou congestionado (Veja C.B.: 8,9,13)

 

27. Iluminação excessiva ou inadequada (Veja C.B.: 8,9,10,11,12 37. Outras condições abaixo do padrão (Veja C.B.:1 até 15)

 
     
 
     
 
 

Causas Básicas/ Raízes (CB)

 
 

FATORES PESSOAIS

 

FATORES DE TRABALHO

1.

Capacidade Física/ Fisiológica Inadequada (Veja ACN: 6,9,12,15,18)

 

4.

Tensão Mental ou Psicológica

8.

Liderança e/ou Supervisão Inadequada (Veja ACN: 1,2,3,4,5,6,8,9,10,11,12,13,14,15,16,17,18)

10.

Pedidos de Compra Inadequados (Veja ACN: 1,3,4,6,9,12,13,14,15,19) 10.1. Especificações inadequadas de requisições

13.

Padrões de Trabalho Inadequados

 
 

(Veja ACN: 1,4,5,6,10,11,12,15,16,18,20)

(Veja ACN: 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11,13,14,15,16,19) 13.1. Desenvolvimento inadequado de padrões para:

 

1.1. Altura, peso, tamanho, força, alcance,etc. inadequados

4.1.

Sobrecarga emocional Fadiga devido a carga mental da tarefa ou velocidade

 

4.2.

 

8.1. Relações hierárquicas pouco claras ou conflituosas 10.2. Pesquisa inadeq. dos materiais/ equipamentos 10.3. Especificações inadequadas aos vendedores

 

13.1.1.

Levantamento e avaliação das

1.2. Capacidade de movimentação do corpo limitada

4.3.

Necessidade extrema na tomada de decisões/julgamentos

 

exposições e necessidades

1.3. Sensibilidade a certas substâncias ou alergias

4.4.

Rotina, monotonia, demanda de vigilância eventual

8.2.

Designação de responsabilidades pouco claras ou conflituosas

 

10.4.

Modo ou via de transporte inadequado

 

13.1.2.

Em acordo com a estrutura do procedimento

1.4. Sensibilidade a determinados extremos sensoriais (temperatura, som, etc.)

4.4.

Rotina, monotonia, demanda de vigilância eventual Necessidade de concentração/ percepção profunda

 

10.5. Inspeção de recebimento e aceitação inadequado 10.6. Cominic inadeq. de dados de segurança e saúde

13.1.3.

Envolvimento do trabalhador Procedimentos/ práticas/ regras

 

4.5.

 

8.3. Delegação inadequada ou insuficiente

13.1.4.

1.5. Visão deficiente

 

4.6.

Atividades "insignificantes" ou "degradantes"

8.4. Dar políticas, procedimento, práticas ou guias 10.7. Manuseio inadequado de materiais

 

13.2.

Comunicação inadequada de padrões para:

1.6. Audição deficiente

4.7.

Ordens confusas/direções conflitantes

inadequados

10.8. Armazenamento inadequado de materiais

 

13.2.1.

Publicação

1.7. Outras deficiências sensoriais (tato, gosto, olfato, equilíbrio)

 

4.8.

Preocupação com problemas Frustrações

 

8.5. Dar objetivos, metas ou padrões contraditórios 10.9. Transporte inadequado de materiais

13.1.2.

Distribuição

4.9.

8.6. Programação ou planejamento de trabalho 10.10. Identificação inadequada de materiais perigosos 13.2.3. Tradução para línguas apropriadas

 

1.8. Incapacidade respiratória

 

4.10. Doenças mentais

 

inadequado

10.11. Disposição inadequada de lixo e dejetos

 

13.2.4.

Treinamento

1.9. Outras incapacidades físicas temporárias ou permanentes

 

5.

Falta de Conhecimento

 

8.7. Instruções, orientação e/ou treinamento 10.12. Seleção inadequada de contratos 13.2.5. Reforço mediante sinais, códigos de

 

2.

Capacidade Mental/ Psicológica Inadequada (Veja ACN: 6,9,10,15,18)

 

(Veja ACN: 2,4,5,6,7,8,9,10,11,12,13,15,16,18,20)

 

inadequado

11.

Manutenção Inadequada

 

cores e ajuda de trabalho

5.1.

Falta de experiência

8.8. Fornecer documentos de referência, diretrizes e (Veja ACN: 1,3,4,6,9,10,13,15,19)

 

13.3.

Manutenção inadequada de padrões para:

 

2.1.

Temores e fobias

 

5.2.

Orientação deficiente

publicações guias inadequados

11.1. Prevenção inadequada

 

13.3.1.

Seguimento do fluxo de trabalho

2.2.

Distúrbios emocionais/Doenças mentais

 

5.3.

Treinamento inicial inadequado

8.9. Identificação e avaliação inadequada de 11.1.1. Avaliação de necessidades

13.3.2. Atualização

 

2.3.

Nível de inteligência

 

5.4.

Treinamento de atualização inadequado

exposições a perdas

11.1.2.

Lubrificação e manutenção

13.3.3.

Monitoramento do uso de padrões/

 

2.4.

Incapacidade de compreensão

 

5.5.

Ordens mal interpretadas

8.10. Falta de conhecimento do trabalho de 11.1.3. Ajuste/ Montagem

 

procedimentos/ regras

2.5.

Tomada de decisão deficiente

 

6.

Falta de Habilidade

 

administração/ supervisão

11.1.4.

Limpeza ou polimento

2.6.

Coordenação deficiente

 

(Veja ACN: 2,4,5,6,7,9,10,13,15,16)

 

8.11. Contratação inadequada do trabalhador conforme 11.2. Reparo inadequado

14.

13.4. Monitoração inadequada de cumprimento Uso e Desgaste Excessivo

 

2.7.

Tempo de reação lento

6.1.

Instrução inicial insuficiente

suas qualificações individuais e requerimentos de trabalho/ tarefa

 

11.2.1.

Comunicação de necessidades Programação do trabalho

2.8.

Aptidão mecânica deficiente

 

6.2.

Prática inadequada

11.2.2.

 

(Veja ACN: 3,4,6,9,10,13,14,15) 14.1. Planejamento inadequado de uso

2.9

Baixa aptidão de aprendizagem

6.3.

Desempenho esporádico

8.12. Medição e avaliação inadequada de desempenho 11.2.3. Inspeção de peças

 

14.2. Prolongamento excessivo da vida útil 14.3. Inspeção e/ou controle inadequado

 

2.10.

Falha de memória

 

6.4.

Falta de preparação

8.13. Retroalimentação inadequada ou incorreta com 11.2.4. Substituição de partes

3.

Tensão Física ou Fisiológica (Veja ACN: 4,6,9,11,12,13,15,18,20)

 

6.5

Revisão de instrução inadequada

relação ao desempenho Engenharia Inadequada

12.

Equipamentos e Ferramentas Inadequadas (Veja ACN: 1,3,4,6,7,9,11,12,14,15,19)

14.4. Carregamento ou disponibilidade imprópria

 

7.

Motivação imprópria

9.

14.5.

Manutenção inadequada

 

3.1. Lesão ou enfermidade

 

(Veja ACN: 1,2,4,5,6,8,10,11,13,14,17,18)

(Veja ACN: 1,3,4,9,12,14) 9.1. Avaliação inadequada das exposições a perdas

12.1. Avaliação inadequada de necessidades e riscos

14.6.

Uso por pessoas não qualificadas/ treinadas

 

3.2. Fadiga devido a carga ou duração das tarefas

 

7.1.

Desempenho impróprio é aceito (tolerado)

12.2.

Considerações inadequadas de fatores

14.7. Uso para propósitos errados Abuso ou Maltrato

 

3.3. Fadiga devido a falta de descanso

 

7.2.

Punição pelo desempenho impróprio

9.2. Consideração inadequada dos fatores humanos/ ergonômicos

15.

3.4. Fadiga devido a sobrecarga sensorial

 

7.3.

Falta de incentivos

humanos/ ergonômicos

12.3. Padrões ou especificações inadequadas

(Veja ACN: 1,3,4,6,8,9,10,11,13,14,15,16,17,19)

 

3.5. Exposição a riscos contra a saúde

 

7.4.

Demasiadas frustrações

9.3. Padrões, especificações e/ou critérios de projetos 12.4. Disponibilidade inadequada

15.1.

Conduta inapropriada não permitida

3.6. Exposição a temperaturas extremas

 

7.5. Falta de desafios

 

inadequados

12.5. Ajuste/ reparo/manutenção inadequada

 

15.1.1.

Intencional

3.7. Insuficiência de oxigênio

 

7.6.

Sem interesse em otimizar tempo ou esforço

9.4. Monitoramento inadequado da construção 12.6. Reparo e recuperação inadequada

15.1.2.

Não intencional

3.8. Variação da pressão atmosférica

 

7.7.

Sem interesse em evitar o desconforto

9.5. Avaliação inadequada das condições operacionais 12.7. Remoção e substituição inadequada de peças 15.2. Conduta inapropriada permitida

 

3.9. Restrição de movimentos

 

7.8. Sem interesse em sobressair

 

9.6. Controles inadequados ou impróprios defeituosas 9.7. Monitoração ou operação inicial inadequada 9.8. Avaliação inadequada das mudanças

 

15.2.1.

Intencional

3.10. Insuficiência do açúcar no sangue

 

7.9. Disciplina inadequada

15.2.2. Não intencional

 

3.11. Drogas

 

7.10. Pressão indevida dos companheiros

 
 

7.11. Exemplo impróprio da supervisão

 

7.12. Retro alimentação inadequada de desempenho

7.13. Inadequado reforço positivo para o comportamento correto

7.14. Impróprios incentivos de produção

 
     
 
     
 
Ações de Controle Necessárias (ACN) 1.LIDERANÇA E ADMINISTRAÇÃO 5. INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES/INCIDENTES 10.
Ações de Controle Necessárias (ACN)
1.LIDERANÇA E ADMINISTRAÇÃO
5.
INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES/INCIDENTES
10.
TREINAMENTO DE CONHECIMENTOS E
16.
COMUNICAÇÕES EM GRUPO
P
S
C
P
S
C
P
S
C
HABILIDADES
1.1. Política Geral e Planos a longa distância
5.1. Sistema de Invest. De Acidentes/ Incidentes
16.1
Reuniões de Grupo de Controle de Perdas
1.2. Coordenador designado de Controle de Perdas
5.2. Participação do Gerente de Operações
10.1. Administração
16.2. Manutenção de Registros
1.3. Participação e verificação do gerenciamento
5.3. Acidentes/ Incid. Graves e de Ato Potencial
10.2. Análise das Necessidades de Treinamento
16.3. Participação da Administração
1.4. Padrões Estabelecidos de Desempenho de
Controle de Perdas
5.4. Ações Corretivas e de Acompanhamento
10.3. Qualificações do Instrutor
5.5. Investigação e Comunicação de Incidentes
(Quase- Acidentes)
10.4. Sistemas de Treinamento
1.5. Participação em Ativid. De Controle de Perdas
10.5. Aval. do Sistema de Trein. e Acompanhamento
1.6. Reuniões de Gerenciamento
5.6. Manutenção dos Relatórios de Acidentes/ Incidentes
17.
PROMOÇÃO GERAL
P
S
C
1.7. Manual de Referência de Controle de Perdas
1.8. Condução das Auditorias Internas
11.
EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
17.1. Quadros de Avisos de Controle de Perdas
P
S
C
1.9. Responsabilidade Individual pelo Controle de
Perdas
6.
OBSERVAÇÃO DE TAREFAS
17.2. Uso de Estatísticas de Acidentes/ Incidentes
P
S
C
11.1. Identificação das Necessidades de EPI
17.3. Promoção de Temas Críticos
1.10. Estabelecimento de Objetivos Anuais de
Controle de Perdas
6.1.
Administração
11.2. Registros de EPI
17.4. Prêmios e Reconhecimentos Individuais
6.3.
Observação do desempenho de Tarefas
11.3. Cumprimento dos Padrões
17.5. Publicações de Informações de Controle de
1.11. Comitês de Meio Ambiente e Segurança a bordo
6.4.
Observação do desempenho de Tarefas Críticas
Perdas
1.12. Recusa ao Trabalho Devido a Perigos de
Controle de Perdas
6.5.
Sistema de Acompanhamento
17.6. Prêmios e Reconhecimento pelo desempenho do Navio
6.6.
Análise dos Relatórios de Observação de
desempenho do trabalho
12.
CONTROLE DE SAÚDE E HIGIENE OCUPACIONAL
17.7. Sistema de Promoção de Ordem e Limpeza
P
S
C
1.13. Biblioteca de Referência
17.8.
Registros das Atividades de Promoção
1.14. Controle de Documentos
12.1. Administração
1.15. Regulamentações, Códigos e Padrões
12.2. Identificação e Avaliação de Riscos à Saúde
1.16. Comunicações Externas
12.3. Controle de Riscos à Saúde
7.PREPARAÇÃO PARA EMERGÊNCIAS
P
S
C
12.4. Monitoramento de Saúde Ocup. e Higiene Industrial
12.5. Informação e Treinamento
12.6. Sistema de Cuidados à Saúde
18.
RECRUTAMENTO E ORIENTAÇÃO
P
S
C
2.
TREINAMENTO DA LIDERANÇA
7.1. Administração
7.2. Análise de Resposta a Emergências
12.7. Assistência Profissional
12.8. Comunicações
18.1. Requisitos de Capacidade
2.1. Análise das Necessidades de Treinamento
7.3. Plano de Emergências
12.9. Registros
18.2. Exames Médicos
2.2. Orientação/ Indução da Liderança em Controle
de Perdas
7.4. Resposta a derrame e limpeza
18.3. Orientação/ Indução Geral
7.5. Controle das Fontes de Energia
18.4. Recrutamento e seleção de pessoal
2.3. Trein. Formal Inicial do Gerenciam. De Terra e Profissionais
7.6. Sistemas de Resgate e Segurança
2.4. Revisão, Atualização e Treinamento Avançado
Formal do Gerenciamento de Terra e Profissonais
7.7. Equipes de Emergência
P
S
C
7.8. Sistema de Experiências Adquiridas
13.
AVALIAÇÃO E REVISÃO DO SISTEMA
2.5. Trein. Formal Inicial de Líder. Contr. De Perdas a bordo
7.9. Primeiro Socorros
19.
ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS
P
S
C
2.6. Revisão, Atualização e Treinamento Avançado
Formal da Liderança em Controle de Perdas a bordo
7.10. Ajuda Mútua e Assistência Externa Organizada
13.1. Aval. dos Planos de longo alcance
7.11. Planejamento Pós-Evento
13.2. Sistema regular de monitoramento
19.1. Obtenção
2.7. Trein. Formal do Coord. do Controle de Perdas
7.12. Comunicação em Caso de Emergência
13.3. Revisão do sistema
19.2. Seleção de Contratados
2.8. Registros de Treinamento
7.13. Comunicações com a Comunidade
13.4. Inspeções de Percepção
19.3. Administração de Contratados/ Terceiros
13.5. Manutenção de Registros
19.4. Gerenciamento do Navio e Afretados
3.
INSPEÇÕES PLANEJADAS E MANUTENÇÃO
3.1. Inspeções Gerais Planejadas de Controle de Perdas
8.
REGRAS DE SEGURANÇA E PERMISSÕES DE TRABALHO
P
S
C
20.
SEGURANÇA FORA DO TRABALHO
P
S
C
3.2. Sistemas, equipamentos, componentes e itens/partes críticos
8.1. Regras Gerais de Controle de Perdas
3.3. Sistema de Manutenção e Inspeção Planejada
8.2. Regras para Trabalho Especializado
14.
ENGENHARIA E GERENCIAMENTO DE MUDANÇAS
P
S
C
20.1. Identificação e Análise do Problema
3.4. Sistemas de Segurança e Emergência
8.3. Sistema de Perm. de Trabalho
20.2. Educação de Segurança Fora do Trabalho
3.5. Teste e Manutenção de equipamentos em Stand-By
especiais, inativos e pré-uso
8.4. Certificados de Classe e Estatutários
14.1. Administração
8.5. Aprendizagem e Revisão das Regras
14.2. Identificação de Perigos e Avaliação de Riscos
3.6. Sistema Alternativo de Comunicação de
Condições Abaixo do Padrão
8.6. Cumprimento e Reconhecimento das Regras
14.3. Revisão de Projetos e Gerenciamento de de Mudanças
8.7. Uso de Avisos de Instr. e Códigos de Cores
14.4. Controles de Proces. De Operação e Trabalho
3.7. Requisitos de Cumprimento
14.5. Aquisição ( Equipamento de 2ª mão)
3.8. Acompanhamento do sistema de Manutenção e
LEGENDA
Inspeção Planejada
9.
ANÁLISE DE ACIDENTES/ INCIDENTES
P
S
C
P
- Atividade do Programa
P
S
C
3.9. Análise dos relatórios de Manutenção e Inspeção Planejada
15.
COMUNICAÇÕES PESSOAIS
9.1.
Medição das Conseqüências
S
- Padrões do Programa são estabelecidos
4.
ANÁLISES DAS TAREFAS E OPERAÇÕES CRÍTICAS
9.2.
Análise de Causas e Controles
15.1. Sistema de Comunicação Pessoal
4.1. Administração
Identificação e Análise de Danos à
Propriedade/ Perdas no Processo
9.3.
15.2. Orientação/ Indução de Trabalho
C
- Atingido total cumprimento aos padrões
4.2. Levantamento dasTarefas e Operações Críticas
15.3. Instrução de Tarefas
4.3. Objet. Para Anál. De Tarefas Críticas e Procedimentos
9.4.
Análise de Incidentes (Quase- acidentes)
15.4. Contatos Pessoais Planejados
4.4. Anál. e Proc. de Tarefas e Operações Críticas
9.5.
Equipes do Projeto p/ Solução de Problemas
4.5. Identificação e Controle de Perdas Potenciais