Вы находитесь на странице: 1из 4

Faculdade de Direito e Relações Internacionais - Curso de Direito

Plano de Ensino de Direitos Humanos e Fronteiras


Prof. Dra. Caroline Barbosa Contente Nogueira

Ementa:
Direito Natural e Direito Positivo; Trajetória histórica dos Direitos Humanos; Conceitos,
Características e Dimensões dos Direitos Humanos; Universalismo, Multiculturalismo e
Interculturalidade; Proteção internacional dos direitos humanos no âmbito nacional,
regional e universal. Direito dos Refugiados e Direito Humanitário; Reinvenção dos
Direitos Humanos; Novos Temas e Novos Atores; Integração Regional e Cooperação
Judiciária; e, Desenvolvimento Local e Regional nas Fronteiras.

Objetivo
Proporcionar aos estudantes uma compreensão dos Direitos Humanos a partir da Teoria
Crítica, buscando dialogar os conceitos e aprofundar as temáticas relativas aos conflitos
transfronteiriços.
Possibilitar aos discentes a capacidade de analisar criticamente os conteúdos estudados
ao longo do curso de Direito, e das demais áreas, entendendo a dignidade da pessoa
humana, para além da abstração teórica e das construções ocidentais.
Apresentar retos para o diálogo com os direitos humanos como parte do exercício da
cidadania e para além da concepção individual.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1
1.1 Direitos Humanos: aspectos introdutórios
1.1.1 Direito Natural e Direito Positivo
1.1.2 Trajetória Histórica dos Direitos Humanos
1.2 Direitos Humanos: Revisão conceitual
1.2.1 Direitos Humanos: Conceitos, características e Dimensões dos Direitos Humanos
1.2.2 Fronteiras: Conceito, conflitos e questionamentos.

UNIDADE 2
2.1 Universalismo
2.1.1 Modernidade, colonialismo e eurocentrismo
2.1.2 Racismo e colonialidade do Poder
2.2 Relativismo Cultural
2.3 Unilateralismo e Multiculturalismo
2.3.1 Natureza e Cultura
2.3.2 Território, Territorialidade e Identidade Cultural
2.3.3 Modernidade, Etnocentrismo e universalismo
2.3.4 Multiculturalismo, Plurietnicidade, Plurinacionalidade e Interculturalidade
2.4 Teoria Crítica dos Direitos Humanos
2.4.1 Direitos Humanos para quem?
2.4.2 A Reinvenção dos Direitos Humanos

UNIDADE 3
3.1 Proteção Internacional dos Direitos Humanos
3.1.1 Tratados Internacionais de Direitos Humanos
3.1.2 Sistemas Internacionais de Proteção de Direitos Humanos: Sistema Global e
Sistema Interamericano
3.2 Direitos Humanos em âmbito nacional e regional
3.2.1 Constituição Brasileira de 1988 e os Tratados de Proteção dos Direitos Humanos
3.2.2 Direitos Fundamentais e Direitos Humanos
3.2.3 Proteção dos Direitos Humanos em âmbito regional
3.3 Direito dos Refugiados e Direito Humanitário

UNIDADE 4
4.1 Novos Temas e Novos Atores
4.1.1 Povos e Fronteiras: conflitos étnicos e socioculturais
4.2.2 Fronteiras e Tráfico de Pessoas
4.2 Integração Regional e Cooperação Judiciária
4.3 Desenvolvimento local e Fronteiras

Procedimento de ensino:
O processo de ensino se dará de maneira dialogada com a turma, preservando a
autonomia da professora em mudança de procedimentos didáticos e avaliativos ao longo
do curso. Os encontros serão ser presenciais, na medida do regimento, devendo ser
direcionados e mediados pela professora com aulas expositivas, discussões e debates
dos alunos, assim como estudos dirigidos para aprofundar os conhecimentos e a
capacidade crítica de análise dos Direitos Humanos.

Recursos

Serão utilizados recursos técnicos, tais como: livros e demais referências indicadas pela
professora e pelo PPC do Curso de Direito, quadro, giz, projetor, vídeos contendo
conferências e aulas sobre os temas discutidos em sala. A construção dos saberes se
dará de distintas maneiras, utilizadas e mediadas pela professora ao longo do curso e
conforme a necessidade de aprendizado dos alunos.

Avaliação

A avaliação ocorrerá de maneira dialogada com a turma, contendo duas provas


obrigatórias, trabalhos escritos (pesquisa bibliográfica e documental, fichamentos, leituras
e estudos dirigidos, resenhas e resumos), seminários, debates, discussões, todos com
base no conteúdo dado em sala de aula através de aulas expositivas, videos e textos/
livros. A prova será composta de questões objetivas e subjetivas, com sua nota somadas
à trabalhos escritos e orais, conforme diálogo em sala de aula. Todas as formas avaliavas
partem da autonomia do professor em sala de aula, dialogadas com os alunos, podendo
ser modificadas conforme o andamento da disciplina.

Bibliografia Básica:
ALEXY, Robert. Teoria dos Direitos Fundamentais. Trad. Virgílio Afonso da Silva. São
Paulo: Malheiros.
FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. RJ: Paz e Terra.
HERRERA FLORES, Joaquin. A (re)invenção dos Direitos Humanos. Trad. Carlos Roberto
Diogo Garvia; Antônio Henrique Graciano Subxberger; Jefferson Aparecido Dias.
Fundação Boiteux: Florianópolis, 2009.
_____. Teoria Crítica dos Direitos Humanos: os Direitos Humanos como produtos
culturais. Rio de Janeiro: Editora Lumen Juris, 2009

HOBSBAWM, Eric J. Globalizacao, democracia e terrorismo. SP: Companhia das Letras,


2008.
SARLET, Ingo Wolfgang. Dignidade da pessoa humana e direitos fundamentais na
Constituição Federal de 1988. RS: Livraria do Advogado, 2006.
_______. Direitos humanos e democracia. RJ: Forense Universitária, 2007.
TRINDADE, Antônio Augusto Caçado. Tratado de direito internacional dos direitos
humanos. RS: Sergio Antônio Fabris, 2003.
COMPARATO, Fabio Konder. A afirmação histórica dos direitos humanos. SP: Saraiva,
2007.

Bibliografia Complementar:
ALBUQUERQUE MELO, Celso. Curso de Direito Internacional Público. RJ: Renovar,
2004.
BALDI, CESAR AUGUSTO. Direitos humanos na sociedade cosmopolita. RJ: Renovar,
2004.
BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. RJ: Campus, 1992.
COMPARATO, Fábio Konder. A afirmação histórica dos Direitos Humanos. SP: Saraiva.
_______Rumo à justiça. SP: Saraiva, 2010.
DALLARI, DALMO DE ABREU. Direitos humanos e cidadania.SP: Moderna, 2009
LAFER, Celso. A reconstrução dos Direitos Humanos: um diálogo com o pensamento de
HannahArendt. SP: Companhia das Letras, 2010.
_______. A internacionalização dos direitos humanos: constituição, racismo e relações
internacionais. Barueri, SP: Manole, 2005.
HERNANDEZ, Matheus de Carvalho. A Conferencia de Viena e a internacionalização dos
direitos humanos. Curitiba: Juruá, 2014.
HERRERA FLORES, Joaquín. Los derechos humanos como productos culturales. Crítica
del humanismo abstracto. Madrid: Libros de la Catarata, 2005.
HOBSBAWM, Eric J. A era das revoluções: Europa 1789-1848. RJ: Paz e Terra, 1981.
RUBIO, D. S. . Encantos y Desencantos de los Derechos Humanos. 1. ed. Barcelona-ES:
Editorial Icaria, 2011. v. 1. 176p .
_____. Teoría Critica Dos Direitos Humanos no Siglo XXI. 1. ed. Porto Alegre: Edipucrs,
2008.
_____. A imigração e o tráfico de pessoas face a face com a adversidade e os direitos
humanos: xenofobia, discriminação, trabalho escravo e precarização do trabalho. Revista
da Faculdade de Direito da UFG , v. 39, p. 13-52, 2015.
_____. Universalismo de confluência, derechos humanos y procesos de inversion.
Societas , v. 8, p. 47, 2006.
_____. Derechos humanos inmigracion y algunas paradojas del universalismo. Crítica
Jurídica , v. 1, p. 289, 2001.
_____. Pueblos indígenas, identidades y derechos en contextos migratorios. 1. ed.
Barcelona-ES: Icaria Editorial, 2012. 246p .
SARLET, Ingo Wolfgang. A eficácia dos direitos fundamentais. RS: Livraria do Advogado,
2007.
SOARES, Mário Lúcio Quintão .Direitos Fundamentais e Direito Comunitário: por uma
metódica de Direitos Fundamentais aplicada às normas comunitárias. BH: Del Rey.
SOUSA SANTOS, B. (Org.). Reconhecer para libertar. Os caminhos do cosmopolitismo
multicultural. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999.
_____. “Por uma concepção multilateral de direitos humanos”. In Lua Nova, No 39. São
Paulo: Cedec, 1997.
TORRES, Ricardo Lobo (org.); MELLO, Celso de Albuquerque; AMARAL, Gustavo; et al.
Teoria dos Direitos Fundamentais. RJ: Renovar, 2012.

A professora indicará outros referenciais de leitura ao longo da disciplina.