Вы находитесь на странице: 1из 3

Janete, 52 anos, casada, do lar, evangélica,

natural de Cascavel, procedente de Curitiba.

QP: “cansaço”

HMA: há 4 meses percebeu certa fadiga para


EXAME FÍSICO DO CORAÇÃO realizar tarefas domésticas que estava
acostumada a fazer. Trinta dias depois,
percebeu que o quadro se agravara, sendo
caracterizado por palpitações e dispnéia,
principalmente desencadeados por esforços de
menor intensidade. Há 1 mês, a dispnéia veio
se acentuando mesmo quando executando
mínimos esforços, estando atualmente com
necessidade de utilizar 3 travesseiros para
conseguir dormir.

INSPEÇÃO GERAL: estado geral regular;


normocorada; acianótica; hidratada; APARELHO CARDIOVASCULAR:
obesidade.

DADOS VITAIS: PA: 130 x 85 mmHg (deitada), PA: INSPEÇÃO: ictus cordis visível e pulsátil;
125 X 85 (sentada); T: 36⁰C; Pulso=FC: 110 jugulares ingurgitadas; necessidade de
bpm; FR: 22 resp/min. elevar a cabeça para não piorar a
APARELHO RESPIRATÓRIO: paciente dispnéia.
discretamente taquipneica à inspeção, na
posição sentada; palpação: expansibilidade e
FTV normais; percussão: normal; ausculta: PALPAÇÃO: ictus cordis aumentado (3
estertores (crepitações) finos em 1/3 inferior dedos); ausência de frêmito à palpação do
do tórax bilateralmente. precórdio.
• AUSCULTA: bulhas cardíacas rítmicas e
normofonéticas, taquicárdicas, com presença 1. Qual o termo utilizado para se relatar a
de terceira bulha (B3). necessidade de elevar a cabeça do paciente, quando
deitado, para diminuição da dispnéia?
• OBS: edema moderado de membros inferiores 2. Como se define a posição do ictus cordis?
bilateral, com cacifo; demais itens do exame
físico segmentar sem particularidades.
3. Qual a relação entre a dispnéia do paciente e o
achado de estertores finos (crepitações finas) à
ausculta pulmonar?

4. Qual o significado da presença de terceira bulha


(B3)?

5. Por que a paciente apresenta ingurgitamento


jugular e
edema de membros inferiores?

1. Qual o termo utilizado para se relatar a


necessidade de elevar a cabeça do paciente, 2. Como se define a posição do ictus cordis?
quando deitado, para diminuição da dispnéia?
R: Localiza-se no encontro da linha
hemiclavicular esquerda com o quinto espaço
R: ortopnéia. intercostal esquerdo.

3. Qual a relação entre a dispnéia do paciente


e o achado de estertores finos (crepitações
finas) à ausculta pulmonar?

R: ambos ocorrem devido à congestão


pulmonar.
4. Qual o significado da presença de terceira bulha
(B3)?

R: significa presença de insuficiência cardíaca


esquerda(descompensada).

5. Por que a paciente apresenta ingurgitamento


jugular e edema de membros inferiores?
R: Devido à insuficiência cardíaca direita (que,
neste caso, faz parte do quadro de insuficiência
cardíaca congestiva, incluindo também
insuficiência cardíaca esquerda).