Вы находитесь на странице: 1из 9

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Escola Politécnica
Departamento de Recursos Hídricos e Meio Ambiente
EEH592 – Gestão de Projetos
Professor Gilberto Fialho

2º TRABALHO
PRÁTICO
Introdução

Este trabalho apresentará três empresas com três tipos diferentes de


organogramas: funcional, matricial, e voltado para projeto.
A primeira empresa é a TAM Linhas Aéreas, empresa do setor de aviação
com mais de quarenta anos de mercado fazendo o transporte de passageiros e cargas.
A segunda empresa é a Embraer, empresa também do setor de aviação, mas
que atua em todas as etapas de um processo complexo: projeto, desenvolvimento,
fabricação, venda e suporte pós-venda de aeronaves para os segmentos de aviação
comercial, aviação executiva, além de oferecer soluções integradas para defesa e
segurança.1
A terceira empresa é a Empresa de Supervisão e Gerenciamento Ambiental
(ESGA), que é formada pelo Consórcio vencedor da concorrência internacional
promovida pelo DNIT, para dar apoio à Coordenação-Geral de Meio Ambiente -
CGMAB nas obras de duplicação da BR-101 Sul. As empresas que compõem este
consórcio são: Concremat, Tecnosolo e CNEC. Elas realizam a supervisão e o
gerenciamento ambiental das obras no trecho Florianópolis/SC - Osório/RS.2

1
Ver bibliografia [1]
2
Ver bibliografia [2]
Organogramas
ORGANOGRAMA FUNCIONAL

Para este tipo de organograma a empresa escolhida foi a TAM, que possui um
complexo organograma divido em dez páginas. Aqui serão apresentadas quatro delas.

O primeiro organograma apresenta a presidência com suas diretorias e gerências


diretamente subordinadas a ela, e as vice-presidências. O segundo organograma amplia essas
diretorias, detalhando seus gerentes e supervisores. O terceiro e quarto organogramas são
complementares, e apresentam uma das Vice-Presidências, a de Comercial e Planejamento,
dividindo-a em oito diretorias contendo cinquenta gerências e uma supervisão.

Administração Superior

Detalhamentos Diretos de Presidência


Vice-Presidência Comercial e Planejamento

Vice-Presidência Comercial e Planejamento (2)


ORGANOGRAMA MATRICIAL

A composição da alta administração da Embraer é representada por um


organograma funcional3, porém sua Vice-Presidência Industrial, setor chave da empresa que
engloba aproximadamente 80% de seu contingente4 possui uma estrutura matricial, onde se
pode observar as Diretorias de Engenharia, de Produção, e de Suprimentos interligadas às
gerências que compõem a Diretoria de Programas.

ORGANOGRAMA VOLTADO PARA PROJETOS

O organograma apresentado a seguir é da Empresa de Supervisão e Gerenciamento


Ambiental (ESGA) e diz respeito ao projeto de duplicação da BR-101 Sul. Essa empresa foi
criada apenas com a finalidade deste projeto, e por isso este é um organograma voltado para
projetos.
O organograma se inicia com o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de
Transportes), órgão público responsável pelo projeto, contratante da empresa. Abaixo dele
encontram-se a Coordenação Geral de Meio Ambiente, e as 16ª e 10ª Unidades de Infraestrutura
3
Em anexo
4
Ver bibliografia [4]
do DNIT, que correspondem respectivamente às unidades de Santa Catarina e Rio Grande do
Sul, estados por onde passa a rodovia. Pode-se ainda observar uma interação entre as
coordenadorias da Supervisão Ambiental, Adjunta, e da Interação Social.
Conclusão
Por ser o mais utilizado pelas empresas, o organograma funcional foi o mais
encontrado durante a pesquisa. Sua forma se adéqua melhor ao perfil hierárquico e de
baixa dependência dos setores dentro das empresas.
O organograma matricial tem como principais características uma maior
flexibilidade para a empresa e uma interação dentro dela, podendo os profissionais
atenderem a diversos projetos. O organograma aqui apresentado foi resultado de uma
reestruturação da vice-presidência industrial da Embraer, a qual procurou exatamente
isto, ao mesmo tempo em que diminuía custos e tempo de desenvolvimento de novos
produtos.5
O último organograma apresentou a Empresa de Supervisão e
Gerenciamento Ambiental, criada a partir de um consórcio com o objetivo exclusivo de
atender um determinado projeto. Esse tipo de organigrama é mais voltado para projetos
de longa duração, devido ao trabalho de se estruturar em cima deles. O projeto em
questão teve início em 2001, quando foram liberadas as primeiras Lincenças Prévias;
em 2002 foi emitida a Licença de Instalação, com validade por quatro anos, e
posteriormente renovada. A nova LI 572/2008, de 05/01/2009 é a licença vigente e tem
validade por quatro anos.6

5
Ver bibliografia [4]
6
Ver bibliografia [5]
Bibliografia
1. http://www.embraer.com/pt-
BR/ConhecaEmbraer/TradicaoHistoria/Paginas/Home.aspx
2. http://www.101sul.com.br/site/quem_somos.php
3. http://nmeturma012010.wikispaces.com/file/view/TAM+Linhas+A%C3%A9rea
s.pdf
4. http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/4383/4383_5.PDF
5. http://www.101sul.com.br/site/organograma.php
Anexo

Organograma Embraer Alta Administração – Organograma funcional

Похожие интересы