You are on page 1of 34

WEG e a indústria 4.

Sebastião Lauro Nau


Gerente de Pesquisa e Inovação Tecnológica – Motores

01/03/2018
Indústria 4.0 - histórico

O conceito surgiu na Alemanha, como um programa criado pelo governo


para promover a automatização da manufatura e assim, aumentar a
produtividade das indústrias alemãs, principalmente da indústria
automobilística, que representa entre 25% e 30% da indústria alemã.

O termo indústria 4.0 foi apresentado na Feira de Hannover de 2011 e


consolidado na de 2013.

Outros termos também usados:


• Manufatura Avançada
• Digital Manufacturing
• Computer Integrated Manufacturing
• Digital Factory
• IIoT (Industrial Internet of Things)
• Smart Factory
Imagem: http://www.blindagemdeprocessos.com.br/industria-4-0/

WEG e a Indústria 4.0 1


Indústria 4.0 - histórico

Indústria 3.0

2ª Revolução Industrial
Produção em massa
10 tear mecânico 1784 baseada na divisão do Indústria 2.0
trabalho, alimentada
por energia elétrica

1ª Revolução Industrial
produção mecânica,
plantas acionadas por Indústria 1.0
água e vapor

Final do Início do Início dos anos


Hoje
Século 18 Século 20 1970

Fonte: CCA express

WEG e a Indústria 4.0


Indústria 4.0 - histórico

Fonte: Bosch, 2018

WEG e a Indústria 4.0 3


Princípios da Indústria 4.0

Interoperabilidade: Capacidade de operação Virtualização:


Sistemas capazes de em tempo real: Aquisição Simulações, cópia virtual
se conectar, comunicar e tratamento de dados de das fábricas inteligentes.
forma instantânea, Rastreabilidade e
e cooperar/ajustar.
permitindo a tomada de monitoramento remoto de
decisões em tempo real. todos os processos por
meio de sensores.

Descentralização: A Orientação a serviços: Modularidade:


tomada de decisões Informação como Produção de acordo
poderá ser feita pelo serviço suportada por com a demanda,
sistema cyber-físico de
softwares. acoplamento e
acordo com as
necessidades da produção desacoplamento de
em tempo real. módulos na produção.

WEG e a Indústria 4.0 4


Principais tecnologias da indústria 4.0

 Novos Materiais
 Sensores

5
Fatos, afirmações e previsões

1. Previsão de crescimento do mercado mundial de soluções IoT de 20% ao ano


(USD1,1trilhão em 2020).

2. Gastos globais com IIoT (Industrial Internet of Things) representará 50 a 54% do total
de gastos com IoT nos próximos anos.

3. Manufatura é o grande subsetor industrial. IoT permitirá trazer de volta fábricas da Ásia
para EUA ou Europa. Estados Unidos é o líder mundial em IIoT, com 45% do mercado
mundial.

4. Há três fases para o crescimento da IIoT: coleta, transmissão e análise de dados. A


primeira fase deve-se à redução do preço dos sensores MEMS (MicroElectroMechanical
Systems). Estão agora pequenos, baratos e com muitas funções.

5. Estamos nos movendo para a fase 2: transmissão de dados. O foco é melhorar a


conectividade. Redes LPWA - Low Power Wide Area (mais abrangente e barata e de
menor consumo).

Fonte: The Industrial Internet of Things – The next step – smarter, faster and better connected
EQUITIES TECHNOLOGY - November 2016
By: Jenny Lai, Anderson Chow, Carrie Liu, and Chi Tsang

WEG e a Indústria 4.0 6


Fatos, afirmações e previsões

6. Machine learning e big data: Bosch, Amazon, Alibaba e Baidu, líderes globais em
tecnologia e internet estão investindo em “machine learning”. Os algoritmos para
“machine learning” vão se tornar apps vendidos em app stores.

7. O ecossistema de IIoT é potencializado por 4 direcionadores: hardware,


conectividade, integração de sistemas e plataformas/nuvem/aplicações.

8. O gasto do governo americano com IIoT está focado em infraestrutura e hardware


(31% do total), segurança (25%) e software (13%).

9. Em termos de evolução da IIoT, nós estamos num estágio similar ao da Internet


no começo de 1990.

10. Quatro setores na Ásia deverão tornar-se beneficiários chave da tendência em


IIoT: semicondutores, computadores industriais, software e hardware para a nuvem.

Fonte: The Industrial Internet of Things – The next step – smarter, faster and better connected
EQUITIES TECHNOLOGY - November 2016
By: Jenny Lai, Anderson Chow, Carrie Liu, and Chi Tsang

WEG e a Indústria 4.0 7


Desafios da indústria 4.0 - Mundial

FONTE:

WEG e a Indústria 4.0 8


Impactos da Indústria 4.0
Futuro dos empregos x Empregos do Futuro

30%
dos empregos
atuais não
existiam há 10
anos

65% Dilemas
Sociais
Políticos
das crianças hoje
Comportamentais
terão empregos
Éticos
que não existem
hoje

Fonte: Future of Job Survey, World Economic Forum, 2016.


WEG e a Indústria 4.0
Impactos da Indústria 4.0
A McKinsey estima que, até 2025, os processos relacionados à Indústria 4.0
poderão reduzir custos de manutenção de equipamentos entre 10% e 40%, reduzir
o consumo de energia entre 10% e 20% e aumentar a eficiência do trabalho entre
10% e 25%.

FONTE: MCKINSEY GLOBAL INSTITUTE. 2016

WEG e a Indústria 4.0 10


Impactos da Indústria 4.0
Rápido crescimento das conexões de pessoas e coisas.

CONECTIVIDADE!
Fonte: Bosch Rexroth

WEG e a Indústria 4.0 11


CONECTIVIDADE de tudo!
Exemplos

Smartphones Smartglasses

Smartwatches

WEG e a Indústria 4.0


Smart products

Peça
Peça Smart
Peça +
+ QR Code
Peça QR Code +
+ WiFi
Código de
barras
Peça
Conclusões
1. O que pode ser digital, será! Software dominará o hardware.

2. Empregos vão acabar. Novos vão surgir. Prepare-se.

3. Inteligência Artificial vai crescer. É bom nos habituarmos.

4. Quase tudo será sensoreado , conectado e monitorado.

5. Estar 100% certo é estar atrasado!

6. Novos dilemas éticos surgirão.

7. Pense no que pode acabar com seu negócio, senão alguém vai!

8. Comece pequeno, mas pense grande (globalmente).

9. O futuro já é realidade, só que não distribuído igualmente.

WEG e a Indústria 4.0 15


Organização WEG para Indústria 4.0

WEG e a Indústria 4.0


Indústria 4.0 na WEG

Comitê Indústria 4.0


Diretor Responsável

GT Indústria 4.0
Coordenador

Produtos & Processos


Serviços

Todas as unidades de negócios participam

GT Startups
Coordenador

Todas as unidades de negócios participam

WEG e a Indústria 4.0


Iniciativas WEG para a Indústria 4.0

WEG e a Indústria 4.0


Simulação – Uma Única Física
Evolução - Análises por Ferramentas Computacionais

Análise eletromagnética Frequência natural Registro de arco elétrico Escoamento de água

Análise estrutural Escoamento de metal Escoamento de ar

WEG e a Indústria 4.0


Simulação – Integração de diversas Físicas
Térmico
Eletromagnético Fluido

Ambiente físico único para simulação


numérica. Mais oportunidades de inovação.

Estrutural Dinâmico Térmico - Eletromagnético

WEG e a Indústria 4.0


Simulação - Protótipos Virtuais Completos
Análise Modal Análise Estrutural

WEG e a Indústria 4.0


Big Data and Analytics – Inteligência Cognitiva
Processo Atual
Base de Dados de
Busca Adequação Projeto +1 Novo Projeto Proposto
Referência

30 min 30 min 20 min

Processo com Inteligência Cognitiva

Busca Projetos Elegíveis Ordenar por Custo Projeto Padronizado

1 min 1 min 1 min

WEG e a Indústria 4.0


Manufatura Aditiva – Prototipagem Rápida

impressora 3D
Prototipagem
rápida com
Impressão
tridimensional

Ensaios,
Validação e
Fabricação
de ferramentas
Modelo 3D
computacional

Peça
final

WEG e a Indústria 4.0


IoT (Big Data/Nuvem) – Monitoramento de Motores Elétricos
Website
Mobile app IoT cloud

Sistema de monitoramento
remoto:

Medição de vibração e temperatura a


partir de sensores não invasivos.

Possibilidades Futuras: medição de


ruído. Estimativa do nível de carga do
motor.

Benefícios: criação de um banco de


dados de características de
funcionamento de motores ao longo do
tempo em diversas aplicações.

WEG e a Indústria 4.0


IoT (Big Data/Nuvem) – Inversor Solar String 20 kW
Solar String IoT cloud
Inverter SIW600

Inversor para geração de energia fotovoltaica:

Controle total de plantas solares comerciais e industriais


através de tecnologia IoT.

Acesso on-line a informações como parâmetros de rede,


arranjos, inversores e até mesmo condições
meteorológicas para gerenciamento da planta, facilitando
a operação e o planejamento da manutenção.

Análise da produção de energia em tempo real e retorno


de capital.

Possui comunicação para nuvem.

WEG e a Indústria 4.0


IoT (Big Data/Nuvem) – Smart Meter WEG
Medidor de IoT cloud
Energia SMW

Medidor de energia inteligente:

O Medidor Inteligente de Energia SMW100 é a solução para medição


inteligente, multitarifação/tarifa branca e geração distribuída.

Projeto modular da interface de comunicação permite a integração de


diferentes tecnologias de mercado e adaptação a futuros requerimentos
para a tecnologia de comunicação.

A linha de medidores de energia WEG atende as necessidades


metrológicas de consumidores residenciais e comerciais, permitindo à
distribuidora de energia ter acesso a diversos dados de consumo e
indicadores que permitem a avaliação mais precisa de como a energia
elétrica está sendo entregue e consumida.

Possui comunicação para nuvem.

WEG e a Indústria 4.0


IoT (Big Data/Nuvem) – PLC300
IoT cloud

Controlador Lógico Programável PLC300:

O PLC300 é um CLP com HMI integrada, desenvolvido


para atender à necessidade de interface com o usuário
em painéis e máquinas e ao mesmo tempo um completo
CLP expansível.

Possui comunicação para nuvem.

Em desenvolvimento: novo bloco MQTT para


comunicação para nuvem (consome menos dados da
rede).

WEG e a Indústria 4.0


IoT (Big Data/Nuvem) – Gateway brand label

IoT cloud

Gateway:

Permite conexão de sistemas legados (sistemas antigos


que ainda fornecem serviços de negócio essenciais),
através dos protocolos OPC UA para comunicação local.

Possui comunicação para nuvem.

WEG e a Indústria 4.0


IoT (Big Data/Nuvem) – IHM Industrial brand label
IoT cloud

Interface homem máquina industrial:

Em desenvolvimento: as IHMs brand label com porta de


comunicação ethernet possuem o protocolo MQTT
(menor consumo de dados da rede).

A comunicação será validada com os serviços de nuvem


Microsoft Azure, IBM Bluemix e Amazon AWS.

Esta funcionalidade habilitará maquinas e sistemas com


este produto a serem conectadas aos serviços testados.

Ex. Inversor de Média Tensão com IHM poderá se


comunicar com a nuvem.

WEG e a Indústria 4.0


IoT (Big Data/Nuvem) – Sync-Rite Plus

Circuito de disparo de tiristores digital:

Integra controle de sincronização e transmissão de


grandezas do rotor por telemetria, receptor e repetidor
para uso em motores síncronos brushless que utilizem
resistor de descarga.

Monitora grandezas como tensão e corrente de campo e


disparo dos tiristores, aumentando a capacidade de
diagnósticos.

Calcula a temperatura dos enrolamentos do rotor a partir


da resistência e da corrente de campo.

WEG e a Indústria 4.0


IoT (Big Data/Nuvem) – Modular Rectifier Wheel

IoT cloud

Retificador Modular Girante com comunicação


bluetooth:

Retificador girante modular com um circuito de disparo de


tiristores utilizados em motores síncronos brushless sem
resistor de descarga.

Permite medição de grandezas do rotor e transmissão de


dados via bluetooth.

WEG e a Indústria 4.0


IoT (Big Data/Nuvem) – Subestações móveis até 500kV
IoT cloud

Supervisão e controle de subestações móveis por


meio de dispositivos móveis:

Em desenvolvimento: arquitetura digital para supervisão e


controle aplicando dispositivos móveis (tablet -
smartphone) em Transformadores Móveis, Subestações
Móveis, Banco de Capacitores Móveis, Barra de
Alimentadores Móveis, Módulos de LT.

WEG e a Indústria 4.0


Obrigado!
Sebastião Lauro Nau
slnau@weg.net