Вы находитесь на странице: 1из 4

Laboratório de Eletrônica Analógica II

Experimento: Amplificador Diferencial


Objetivo: O Amplificador Diferencial é um dos estágios da estrutura interna de um
Amplificador Operacional, pode-se dizer que é o estágio mais importante e talvez o
único que tem seu estudo necessário quando se diz respeito ao conhecimento de um
AMPOP.
O Amp. Dif. apresenta transistores em sua estrutura, alimentados por fontes CC.
Possuem em sua saída um sinal diferencial Vo igual ao sinal diferencial de entrada Vin
multiplicado por um fator de ganho Ad.

Material:
 Osciloscópio;
 Gerador de Funções;
 Fonte Simétrica;
 Matriz de Contato (Proto-board);
 Componentes eletrônicos: 2xTransistor BC337, 2xResistor 3.9k, 1xResistor 3.3k,
1xResistor 5.1k, 1xResistor 1k e 1xResistor 8.2k.

Circuitos:

Figura 1 - Terminação Simples. Figura 2 - Terminação Dupla.

Prof. Luiz Carlos Gomes de Freitas


Laboratório de Eletrônica Analógica II

Figura 3 – Terminação em MC. Figura 4 – Terminação em MC.

Equações:
Tensão de entrada: 𝑉𝑖𝑛 = 𝑉𝑖𝑛1 − 𝑉𝑖𝑛2
Tensão de saída: 𝑉𝑜 = 𝑉𝑜1 − 𝑉𝑜2
𝑉 𝑅 𝑅
Ganho para terminação simples ou dupla: 𝐴𝑑 = 𝑉 𝑜 = 𝛽 2𝑟𝑐 = 2𝑟𝑐
𝑖𝑛 𝑖 𝑒

𝑉 𝑅
Ganho em modo comum: 𝐴𝑐 = 𝑉 𝑜 = 𝛽 𝑟 +2(𝛽+1
𝑐
)𝑅
𝑖𝑛 𝑖 𝐸

𝐴𝑑
Rejeição em modo comum: 𝐶𝑀𝑅𝑅 = 𝐴𝑐

Procedimentos:
1. LEIA TODO O ROTEIRO ANTES DE INICIAR OS EXPERIMENTOS;
2. Ajuste a corrente de curto circuito das fontes para 0,07A. Curto-circuite os
polos + e – das fontes CC, configurando-a de forma simétrica;
3. Monte e energize o circuito Amplificador Diferencial: Terminação Simples;
 Ajustar o Gerador de funções para fornecer uma onda senoidal de 1 V e
frequência 1k Hz e aplicar o sinal na entrada do circuito;
 Conectar o canal 1 do Osciloscópio na entrada e o canal 2 na saída do
circuito;
 Observar as formas de onda no Osciloscópio e fazer uma análise
comparando os sinais com o conhecimento teórico.
4. Monte e energize o circuito Amplificador Diferencial: Terminação Dupla;

Prof. Luiz Carlos Gomes de Freitas


Laboratório de Eletrônica Analógica II

 Ajustar o Gerador de funções para fornecer uma onda senoidal de 1 V e


frequência 1k Hz e aplicar o sinal na entrada do circuito;
 Conectar o canal 1 do Osciloscópio na entrada e o canal 2 na saída do
circuito;
 Observar as formas de onda no Osciloscópio e fazer uma análise
comparando os sinais com o conhecimento teórico.
5. Monte e energize o circuito Amplificador Diferencial: Modo Comum;
 Ajustar o Gerador de funções para fornecer uma onda senoidal de 1 V e
frequência 1k Hz e aplicar o sinal na entrada do circuito;
 Conectar o canal 1 do Osciloscópio na entrada e o canal 2 na saída do
circuito;
 Observar as formas de onda no Osciloscópio e fazer uma análise
comparando os sinais com o conhecimento teórico;
 Fazer a montagem da Figura 4 e observar como a variação da resistência
de emissor (RE) altera o CMRR.
6. Desmontar todas as estruturas e colocar cada componente em seu devido
local.

Prof. Luiz Carlos Gomes de Freitas


Laboratório de Eletrônica Analógica II

Formas de onda:
Após a realização de todos os procedimentos, escolha uma das configurações realizadas
e represente a forma de onda de saída do circuito em experimento em relação a forma
de onda de entrada. Preencha os valores de tensão nos respectivos campos tracejados.
Para cálculos, utilize ri = 20k Ω.

Prof. Luiz Carlos Gomes de Freitas