Вы находитесь на странице: 1из 2

Baixo fator

de potência Nota de aplicação

Qualidade Descrição do problema:


de Energia Como é difícil identificar
problemas de qualidade de
Estudo energia, os clientes muitas
de Caso vezes chegam a conclusões
erradas sobre os problemas
de energia. Isso muitas vezes
leva a soluções caras que
não corrigem de verdade
o problema encontrado. Fig. 1 Tela Exibir configuração
Por exemplo, uma instalação
contratou um consultor para
realizar uma avaliação de
planejamento para uma
nova sala de servidores
que foi proposta. A sala de
Ferramentas de medição: Analisador servidores deveria maximizar
de qualidade da energia Fluke 434 o desempenho e reduzir os
problemas de confiabilidade.

Características: Baixo fator de potência Medições efetuadas


Fig. 2 Tela Fase-Volts
Como sempre, o consultor
começou coletando leituras de
parametrização. Conectado o
Fluke 434 ao lado secundário
do transformador, ele verificou
o diagrama na tela “Exibir
Configuração” (Fig. 1) para
verificar se as conexões
estavam corretas. Mudando
para a tela de “Fase”, (Fig. 2
e 3), o consultor verificou
a polaridade e os níveis de Fig. 3 Tela Fase-Ampères
tensão. Os fasores de tensão
e fase da corrente estavam
muito distantes para operações
normais. Havia algo errado com
o fator de potência.

Fonte: Biblioteca Digital Fluke em www.fluke.com/library


Selecionando a função Conclusão:
“Potência & Energia” no menu, ele
Com base nas informações
examinou o fator de potência (FP)
coletadas com o Fluke 434,
(Fig. 4) e o fator de deslocamento
o consultor recomendou
de potência (DPF) (Fig. 5).
um banco de capacitores
para corrigir o baixo fator
de potência. Ao neutralizar
a potência reativa das cargas
indutivas, os capacitores
reduziram a discrepância do
fator de potência, aumentando
a capacidade total do sistema
elétrico e eliminando os
problemas de desempenho
e as elevadas tarifas de
Fig. 4 Fator de potência energia elétrica.

Fig. 5 Fator de potência de deslocamento

Análise
O fator de potência compara a
potência real (watts) necessária
para a potência aparente
(volts-ampères) que está
sendo consumida. Um sistema
totalmente eficaz teria um
fator de potência de 1,0. No
entanto, nesta instalação, cargas
indutivas (entre elas motores,
transformadores, e iluminação
de alta intensidade) estavam
consumindo uma energia reativa
significativa, além da energia
real. Isso estava reduzindo
o fator de potência. Fluke. Mantendo o seu mundo
E como as concessionárias funcionando.®
estão começando a cobrar tarifas
mais elevadas para fatores de
potência inferiores a 0,95, esta
instalação estava recebendo
Fluke Corporation
contas de energia elétrica mais PO Box 9090, Everett, WA USA 98206
elevadas, além de sofrer quedas Fluke Europe B.V.
de tensão e problemas de PO Box 1186, 5602 BD Eindhoven, Holanda
superaquecimento. Para saber mais, ligue para:
Nos EUA (800) 443-5853 ou
Fax (425) 446-5116
NA Europa/Or. Médio/África (31 40) 2 675 200 ou
Fax (31 40) 2 675 222
No Canadá (800)-36-FLUKE ou
Fax (905) 890-6866Em outros países
+1 (425) 446-5500 ou
Fax +1 (425) 446-5116
Na Web: http://www.fluke.com/
©2004 Fluke Corporation. Todos os direitos reservados.
2 Fluke Corporation Estudo de caso de qualidade da energia: Baixo fator de potência Impresso nos EUA. 8/2011 4061360 A-PT-BR-N Rev A