Вы находитесь на странице: 1из 34

Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.

CURRÍCULO

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM
ELETRÔNICA E COMUNICAÇÕES
PARA OFICIAIS

(C-Ap-ELT / COM)

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

2017
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ELETRÔNICA E COMUNICAÇÕES PARA OFICIAIS

(C-Ap-ELT / COM)

ÍNDICE
Páginas
SINOPSE GERAL DO CURSO......................................................................... 3a7
SUMÁRIO DA DISCIPLINA I
8e9
NOÇÕES GERAIS DE REDE....................................................................
SUMÁRIO DA DISCIPLINA II
10 e 11
ADMINISTRAÇÃO DE REDES NA MB...................................................
SUMÁRIO DA DISCIPLINA III
12 e 13
PRINCÍPIOS DE TRANSMISSÃO E COMUTAÇÃO...............................
SUMÁRIO DA DISCIPLINA IV
14 e 15
PROCEDIMENTOS DE COMUNICAÇÕES NAVAIS.............................
SUMÁRIO DA DISCIPLINA V
16 e 17
INTRODUÇÃO À GUERRA ELETRÔNICA............................................
SUMÁRIO DA DISCIPLINA VI
18 a 20
PROCESSAMENTO DIGITAL DE SINAIS..............................................
SUMÁRIO DA DISCIPLINA VII
21
INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO.........................
SUMÁRIO DA DISCIPLINA VIII
22 e 23
METODOLOGIA DA PESQUISA ............................................................
SUMÁRIO DA DISCIPLINA IX
TREINAMENTO FÍSICO MILITAR.......................................................... 24 a 31
ANEXO A
ROTEIRO DE PALESTRAS SOBRE SEGURANÇA ORGÂNICA......... 34
ANEXO B
ROTEIRO DE PALESTRAS SOBRE ROBÓTICA................................... 35

-2-
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM: CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ELETRÔNICA E COMUNICAÇÕES
PARA OFICIAIS
SIGLA: C-Ap-ELT / COM

SINOPSE GERAL DO CURSO

DURAÇÃO: 12 SEMANAS CARGA HORÁRIA TOTAL: 420 HORAS

1) PROPÓSITO DO CURSO
Atualizar e ampliar os conhecimentos técnicos adquiridos nos diversos cursos do Sistema de
Ensino Naval (SEN), realizados ainda nos primeiros postos da carreira, visando ao desempenho das
funções cometidas nos postos subalterno, intermediário e superior da carreira do Oficial Eletrônico e
Comunicativo.

1.1) PERFIL DO OFICIAL APERFEIÇOADO EM ELETRÔNICA E COMUNICAÇÕES


Ao Oficial Subalterno e Intermediário com Curso de Aperfeiçoamento (C-Ap) são cometidas
responsabilidades por atividades técnicas, tais como o exercício das funções de
ajudante/encarregado de divisão, chefe de departamento e serviços e funções nas atividades típicas
de um navio de superfície.
A competência deste oficial requer a aquisição de conhecimentos e o desenvolvimento de
habilidades e atitudes que serão somadas às que foram obtidas nos Cursos de Graduação de Oficiais
da Escola Naval, de Formação de Oficiais do CIAW e de Especialização (oficiais do QC-CA e 2ª
fase do Ciclo Pós Escolar da Escola Naval). Assim, o Oficial CA/QC-CA ao concluir o C-Ap,
deve:
a) Ser capaz de perseguir o contínuo aperfeiçoamento profissional, sujeito, cada vez mais, a
transformações velozes e sofisticadas acompanhando as inovações tecnológicas e o estado-
da-arte dos equipamentos referentes à sua área de atuação técnica;
b) Possuir desenvoltura na interpretação de leis, normas, regulamentos e documentos que se
refiram à sua área de atuação técnica;
c) Liderar seus subordinados nas atividades técnicas da sua área de aperfeiçoamento;
d) Aplicar as técnicas, ferramentas e processos administrativos empregados na gestão de
manutenção de equipamentos e sistemas;
e) Ler e interpretar planos, desenhos técnicos e diagramas referentes a equipamentos e
sistemas da sua área de aperfeiçoamento;
f) Empregar os procedimentos para identificação de itens de sobressalentes, durante a
condução de reparos, utilizando manuais, planos, desenhos e catálogos disponíveis a bordo;
g) Empregar a sistemática dos processos de obtenção de sobressalentes;
h) Identificar os métodos de catalogação de componentes utilizados pelos fabricantes e pela
MB;
i) Estar familiarizado com a Sistemática e reconhecer as capacitações das OMPS e serviços
especializados disponíveis;
j) Conduzir adestramentos nos sistemas e equipamentos relativos à sua área de
aperfeiçoamento;
k) Dirigir e supervisionar as atividades de Controle de Avarias Operacionais relativos a sua
área de aperfeiçoamento;
l) Aplicar as normas e supervisionar as atividades de segurança do trabalho;

-3-
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

m) Aplicar os conceitos básicos sobre redes de computadores e segurança das informações


digitais; e
n) Aplicar os conceitos básicos da tecnologia da informação.

Ademais, os oficiais aperfeiçoados em eletrônica e comunicações deverão, nas respectivas


áreas de formação, ser também capazes de:
a) Operar os equipamentos de criptografia e criptofonia utilizados na MB e identificar os
“softwares” e “hardwares” empregados nesta função;
b) Identificar os principais os conceitos referentes ao processamento digital básico de sinais e o
seu uso na MB;
c) Identificar os principais filtros digitais e o seu emprego em equipamentos eletrônicos
navais;
d) Analisar o funcionamento de um moderno sistema de comunicações e identificar os
procedimentos para, a partir de um plano de comunicações, otimizar o uso dos
equipamentos associados ao sistema;
e) Identificar os conceitos básicos aplicados na guerra eletrônica;
f) Descrever os conceitos de instalação, configuração e administração do sistema operacional
de redes utilizado pela MB;
g) Supervisionar a manutenção e reparos em equipamentos e sistemas eletrônicos navais em
nível de primeiro escalão;
h) Descrever as características e o funcionamento, e supervisionar a operação, a manutenção e
testes dos radares empregados pela MB;
i) Supervisionar a operação, a manutenção, a inspeção e os testes em um sistema de
processamento de dados táticos típicos utilizados pela MB;
j) Identificar os sistemas auxiliares seus equipamentos e componentes empregados no
resfriamento e isolamento eletrostático de equipamentos eletrônicos de alta potência;
k) Identificar a legislação nacional e internacional de comunicações e estar apto a utilizar as
publicações pertinentes ao assunto;
l) Identificar as publicações e dominar os conceitos que tratam sobre procedimentos,
doutrinas, normas da segurança das comunicações na MB;
m) Ser capaz de, a partir do estabelecimento de um plano de comunicações, analisar o
funcionamento de um moderno sistema de comunicações e otimizar o uso dos equipamentos
associados e identificar os procedimentos de comunicações a serem utilizados;
n) Aplicar as técnicas necessárias à instalação e administração redes de microcomputadores.
o) Dominar os principais conceitos referentes à transmissão de dados, voz e imagem;
p) Elaborar planos de comunicações e guerra eletrônica para navios e grupamentos operativos.
q) Identificar os principais filtros digitais componentes dos modernos equipamentos
eletrônicos e sistemas de comunicações;
r) Identificar os principais conceitos de processamento digital básico de sinais aplicados aos
equipamentos de comunicações e o seu uso em outros sistemas da MB;
s) Exercer a função de Oficial de Comunicações e de Eletrônica de um navio, grupamento
operativo e estações fixas da MB; e
t) Interpretar e avaliar as especificações, aplicações e limites de sistemas de comunicações em
face da guerra eletrônica.

2) DIRETRIZES GERAIS DO CURSO


A) QUANTO À ESTRUTURAÇÃO DO CURSO
a) O curso será conduzido no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk;

-4-
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

b) No CIAW, o número máximo de tempos-aula diários deverá ser sete (07), com cinquenta (50)
minutos cada, seguidos de um intervalo obrigatório de dez (10) minutos entre eles; e
c) As disciplinas serão conduzidas obedecendo-se às necessidades de pré-requisitos, sendo
ministradas, sequencialmente.

B) QUANTO ÀS TÉCNICAS DE ENSINO


O ensino deverá ser desenvolvido por meio das técnicas de ensino a seguir, de modo a
incentivar, ao máximo, a participação dos alunos nas atividades escolares:
a) Aula Expositiva (AE);
b) Aula Prática (AP);
c) Estudo Dirigido (ED);
d) Estudo de Caso (EC); e
e) Demonstração Prática (DP).

C) QUANTO À FREQUÊNCIA ÀS AULAS


a) A frequência às aulas e demais atividades programadas é obrigatória;
b) Terá a matrícula trancada, o aluno que atingir 25% de faltas justificadas, do total de aulas do
curso;
c) Terá a matrícula cancelada o aluno que faltar, sem justificativa, a mais de 10% do número
total das aulas previstas no currículo, ou a mais de 25% das aulas de uma disciplina, sendo
considerado reprovado;
d) Para o fim das alíneas acima, será considerado falta o atraso de mais de 10 minutos, em
relação ao início programado de uma atividade, ou a saída não autorizada durante o seu
desenvolvimento; e
e) Os demais casos de trancamento e cancelamento de matrícula deverão seguir o preconizado
na DGPM-101 (7ª Rev.).

D) QUANTO À AFERIÇÃO DO APROVEITAMENTO E HABILITAÇÃO DO ALUNO


a) A avaliação da aprendizagem será expressa por meio de nota das avaliações realizadas,
utilizando-se a escala numérica de 0 (zero) a 10 (dez), devendo ser adotada até a segunda
casa decimal, conforme previsto no sumário de cada disciplina do currículo;
b) No cálculo das notas das avaliações, notas finais (NF) em cada disciplina e média final
(MF) do Curso serão adotados os seguintes critérios para as aproximações a décimos:
1) quando o algarismo da terceira casa decimal for inferior a 5 (cinco), ele será
abandonado; e
2) quando o algarismo da terceira casa decimal for igual ou superior a 5 (cinco), considerar-
se-á o centésimo seguinte superior.
c) Será considerado aprovado aquele que, em função da modalidade de avaliação
estabelecida para o curso, obtiver:
1) nota final (NF) igual ou superior a 6 (seis) em cada disciplina;
2) média igual ou superior a 10 (dez) pontos na soma da nota obtida na disciplina com a
nota da recuperação, caso tenha sido realizada;
3) a frequência mínima exigida, conforme estabelecido no item C; e
4) média final (MF) do curso igual ou superior a 6,0.
d) A nota final (NF) em cada disciplina será obtida por meio da média aritmética das provas
e/ou trabalhos realizados, na qual a nota mínima para aprovação será 6,0 (seis), conforme
estabelecido no sumário de cada disciplina;

-5-
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

e) A classificação final dos alunos no curso será estabelecida, observando-se a média final
(MF) obtida pelos aprovados, em ordem decrescente;
f) A média final do Curso (MF) será calculada com base na média aritmética das NF obtidas
nas disciplinas;
g) O resultado final do curso será expresso por meio da MF, calculada e arredondada
conforme alínea b do item D;
h) Caso haja empate da média final (MF) do curso, prevalecerão os seguintes critérios de
desempate:
1) maior média final (MF) em milésimos, ou seja, sem o arredondamento;
2) antiguidade anterior; e
3) maior idade;
i) Terão direito à prova de recuperação os alunos que, embora não tenham obtido, na
disciplina, a nota final (NF) mínima estabelecida, tenham alcançado nota final (NF) igual
ou superior a 3 (três) na disciplina;
j) O aluno terá direito a, no máximo, 2 (duas) provas de recuperação;
k) A prova de recuperação deverá ser aplicada tão logo seja divulgada a nota final obtida
pelo aluno na disciplina em pauta, e versará sobre toda a matéria ministrada na mesma;
l) Para efeito de cálculo da média final (MF) do aluno no Curso, a nota obtida em prova de
recuperação não será computada. Para este fim, deverá ser considerada a nota final (NF)
obtida pelo aluno na disciplina, antes da realização da prova de recuperação;
m) O aluno reprovado por insuficiência terá sua matrícula cancelada;
n) Ao aluno será permitido interpor recurso, quanto ao resultado obtido nas provas escritas,
conforme previsto em Ordem Interna do CIAW; e
o) Sempre que ocorrer algum problema de ordem disciplinar ou pedagógica em relação à
prova, esta poderá ser anulada por proposta do Encarregado do Curso, via Conselho de
Ensino, ratificada por ato do Comandante da OM onde o mesmo se realizar.

E) QUANTO ÀS ATIVIDADES EXTRACLASSE


Serão realizadas:
a) Visitas às Organizações Militares e Civis;
b) Palestras sobre “Segurança Orgânica” e “Fundamentos de Robótica”, conforme estabelecido
nos roteiros de Palestras, constantes dos Anexos A e B, respectivamente;
c) Palestras envolvendo assuntos de interesse para o Curso, quando necessário; e
d) Programa de Incentivo à Leitura para o Corpo Discente do Sistema de Ensino Naval
(PROLEITURA).

3) DISCIPLINAS E CARGAS HORÁRIAS

NGR NOÇÕES GERAIS DE REDES 29 HORAS


ADR ADMINISTRAÇÃODE REDES NA MB 45 HORAS
PTC PRINCÍPIOS DE TRANSMISSÃO E COMUTAÇÃO 40 HORAS
PCN PROCEDIMENTOS DE COMUNICAÇÕES NAVAIS 58 HORAS
IGE INTRODUÇÃO À GUERRA ELETRÔNICA 35 HORAS
PDS PROCESSAMENTO DIGITAL DE SINAIS 47 HORAS
ITI INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 20 HORAS
MEP METODOLOGIA DA PESQUISA 30 HORAS
TFM TREINAMENTO FÍSICO-MILITAR 30 HORAS
-6-
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

4) APROVAÇÃO DO CURSO

APROVO
o currículo do C-Ap-ELT / COM.
CARGA HORÁRIA REAL......... 334 HORAS
Em 4 de julho de 2017.
ATIVIDADES EXTRACLASSE... 16 HORAS

_____________________________________ TEMPO RESERVA........................ 70 HORAS


ANTONIO FERNANDO GARCEZ FARIA
Vice-Almirante CARGA HORÁRIA TOTAL........420 HORAS
Diretor
MARCIO CAETANO MOURA
Primeiro-Tenente (AA)
Encarregado da Seção de Suporte Técnico
AUTENTICADO DIGITALMENTE

-7-
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM: CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: APERFEIÇOAMENTO EM ELT / COM PARA OFICIAIS
DISCIPLINA: NOÇÕES GERAIS DE REDE ATUALIZADO EM 2017
CÓDIGO: NGR CARGA HORÁRIA: 29 HORAS
SUMÁRIO

1) OBJETIVO DA DISCIPLINA
Aplicar os conceitos básicos sobre redes de computadores e Segurança das Informações Digitais.

2) LISTA DE UNIDADES DE ENSINO


1 - REDES DE COMPUTADORES...............................................................................14 HORAS
1.1 - Redes e sistemas distribuídos;
1.2 - Topologia de Redes;
1.3 - Arquitetura em Camadas;
1.4 - Protocolos de comunicação;
1.5 - Endereçamento IP;
1.6 - Serviços de comunicação de dados;
1.7 - Equipamentos: hub, switch, roteadores, etc;
1.8 - Meios de comunicação: fibra ótica, par trançado, etc;
1.9 - Introdução a INTRANET / INTERNET/EXTRANET; e
1.10 - Conceitos de computação paralela e distribuída.

2 - SEGURANÇA DAS INFORMAÇÕES DIGITAIS.................................................05 HORAS


2.1 - Criptografia e Infra-Estrutura de Chaves públicas;
2.2 - Protocolos de Autenticação;
2.3 - Assinatura Digital;
2.4 - Certificados Digitais;
2.5 - Infra-Estrutura de Chaves públicas no Brasil: ICP-Brasil;
2.6 - Código malicioso: vírus, programas espiões, etc; e
2.7 - Aplicações seguras e seus protocolos.

3 - NORMAS PARA GESTÃO DE SEGURANÇA DE INFORMAÇÕES DIGITAIS EM


REDES LOCAIS.........................................................................................................10 HORAS
3.1 - Responsabilidades e atribuições;
3.2 - Publicações da Marinha do Brasil correlacionadas;
3.3 - O papel do Oficial de Segurança de Informação digital (OSID) e do Administrador de
Rede Local (ADMIN);
3.4 - Legalidade do termo de responsabilidade individual dos usuários da rede local;
3.5 - Regras de segurança da informação digital em redes locais; e
3.6 - Classificação dos Recursos Computacionais Críticos (RCC).

3) DIRETRIZ ESPECÍFICA
As aulas serão desenvolvidas utilizando-se as técnicas de Aula Expositiva, Estudo de Caso e Aula
Prática.
-8-
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

4) AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
Será realizada por meio de uma prova escrita, referente às UE 1 a 3, com duração de 2 TA para
aplicação da prova e 1 TA para comentários e vista de prova.

5) RECURSOS INSTRUCIONAIS
a) Quadro branco;
b) Projetor multimídia;
c) Computador; e
d) Equipamento real.

6) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
a) BRASIL. Andrew. Sistemas Operacionais Modernos. 4ª ed. Rio de Janeiro: Editora Pearson,
2016.
b) _______. Diretoria-Geral do Material da Marinha. DGMM-0540: Normas de Tecnologia da
Informação da Marinha. 1ª rev. Rio de Janeiro, 2010.
c) _______. Estado-Maior da Armada. EMA-353: Doutrina de Inteligência da Marinha. Vol. I
– Inteligência (Reservado). 1ª rev. Brasília, 2016.
d) _______. Estado-Maior da Armada. EMA-414: Normas para a Salvaguarda de Materiais
Controlados, Dados, Informações, Documentos e Materiais Sigilosos na Marinha. 1ª Rev.
Brasília, 2013.
e) _______. Estado-Maior da Armada. EMA-416: Doutrina de Tecnologia da Informação da
Marinha. 1ª rev. Mod. 2. Brasília, 2007.
f) MORAES, Alexandre Fernandes de. Segurança em Redes: fundamentos. São Paulo, Editora
Érica, 2010.
g) MORIMOTO, Carlos Eduardo. Redes Guia Prático. 2ª ed. Porto Alegre. Editora Meridional
Ltda, 2011.
h) NAKAMURA, Emilio Tissato; GEUS, Paulo Lício de. Segurança de Redes em ambientes
cooperativos. São Paulo. Novatec Editora, 2007.
i) TANENBAUM, Andrew S. Redes de Computadores. 5ª ed. Rio de Janeiro: RJ: Editora
Campus, 2011.
j) TORRES, Gabriel. Redes de Computadores. 2ª Ed. Rio de Janeiro: RJ: Novaterra Editora e
Distribuidora Ltda, 2014.

-9-
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM: CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: APERFEIÇOAMENTO EM ELT / COM PARA OFICIAIS
DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO DE REDES NA MB ATUALIZADO EM 2017
CÓDIGO: ADR CARGA HORÁRIA: 45 HORAS
SUMÁRIO

1) OBJETIVO DA DISCIPLINA
Aplicar as técnicas necessárias à instalação e administração de redes de microcomputadores,
utilizando os Sistemas Operacionais Netware, Linux e Windows.

2) LISTA DE UNIDADES DE ENSINO


1 - SISTEMA OPERACIONAL DE REDES LINUX ................................................. 45 HORAS
1.1 - Introdução ao LINUX;
1.2 - Instalação do sistema;
1.3 - Sistema de arquivo e estrutura de diretórios;
1.4 - Tipos de arquivos;
1.5 - Permissões e propriedades de arquivos;
1.6 - Recursos do Shell Bash;
1.7 - Comandos e utilitários;
1.8 - Gerenciamento de usuários;
1.9 - Comandos de Rede;
1.10 - Cotas de disco;
1.11 - Gerenciamento de processos; e
1.12 - Agendamento de tarefas.

3) DIRETRIZES ESPECÍFICAS
a) As aulas serão ministradas utilizando-se as técnicas de ensino de Aula Expositiva, Estudos de
Caso e Aula Prática;
b) Serão realizados exercícios práticos, utilizando o Laboratórios de Informática; e
c) A disciplina NGR é pré-requisito para esta disciplina.

4) AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
a) Uma prova prática, referente à UE 1, com duração de 3 TA para aplicação da prova e 1 TA para
comentários e vista de prova; e
b) O roteiro para aplicação e critérios de correção da prova prática constarão no projeto específico
da disciplina.

5) RECURSOS INSTRUCIONAIS
a) Quadro branco;
b) Projetor multimídia; e
c) Computador.

- 10 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
a) MOTA FILHO, João Eriberto. Descobrindo o Linux: entenda o Sistema Operacional
GNU/Linux. 3ª ed. rev. e ampl. São Paulo: Novatec Editora, 2012.
b) NEGUS, Christopher, com a colaboração de Christine Bresnaham. Linux a Bíblia. 8ª Ed. Rio
de Janeiro, RJ: Alta Books, 2014.
c) NOVELL. SUSE Linux Enterprise 11 Administration Fundamentals. Waltham, EUA:
Novell, 2008.
d) _______. SUSE Linux Enterprise 11 Administration Manual. Waltham, EUA: Novell, 2008.
e) ORACLE. Oracle Linux, Administrator’s Guide For Release 7. EUA: Oracle, 2014.
f) _______. Oracle Linux, Instalation Guide For Release 7. EUA: Oracle, 2014.
g) SILVA,Gilson Marques da. Segurança em Sistemas Linux. Rio de Janeiro: Editora Ciência
Moderna Ltda, 2008.
h) TANENBAUM, Andrew S. Redes de Computadores. 5ª ed. Rio de janeiro: Campus, 2011.

- 11 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM: CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: APERFEIÇOAMENTO EM ELT / COM PARA OFICIAIS
DISCIPLINA: PRINCÍPIOS DE TRANSMISSÃO E COMUTAÇÃO
ATUALIZADO EM 2017
CÓDIGO: PTC CARGA HORÁRIA: 40 HORAS
SUMÁRIO

1) OBJETIVO DA DISCIPLINA
Identificar os conceitos principais de transmissão de dados, voz e imagem.

2) LISTA DE UNIDADES DE ENSINO


1 - TECNOLOGIA DE TRANSMISSÃO....................................................................04 HORAS
1.1 - Sistemas Rádio;
1.2 - Sistemas Satélite; e
1.3 - Sistemas Óticos

2 - COMUNICAÇÃO TELEFÔNICA E SISTEMAS DE SINALIZAÇÃO......... 04 HORAS


2.1 - Princípios de Telefonia;
2.2 - Comutação de circuito;
2.3 - Sistemas de sinalização telefônica; e
2.4 - Tráfego telefônico e de dados - dimensionamento.

3 - REDES DE TELEFONIA FIXA.......................................................................... 04 HORAS


3.1 - Tipos de centrais e de chamadas;
3.2 - Tarifação;
3.3 - Segurança; e
3.4 - Tecnologias RDSI e ADSL.

4 - TECNOLOGIAS DE TRANSPORTE....................................................................07 HORAS


4.1 - Tecnologias de transmissão (PDH, SDH, RDSI, WDM);
4.2 - Hierarquias digitais de multiplex PDH e SDH;
4.3 - Tecnologia WDM;
4.4 - Frame Relay;
4.5 - ATM;
4.6 - Ethernet e ATM sobre SDH; e
4.7 - MPLS.

5 - REDES “FAMÍLIA” ETHERNET ........................................................................05 HORAS


5.1 - Protocolos e aplicações;
5.2 - Wi-FI; e
5.3 - Wi-Max.

6 - REDES IP..................................................................................................................04 HORAS


6.1 - Comutação por pacotes; e
6.2 - Protocolos e aplicações.

- 12 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

7 - VOZ SOBRE IP........................................................................................................06 HORAS


7.1 - Tecnologia de transmissão de voz nas redes baseadas em IP;
7.2 - Padrões;
7.3 - Aspectos de interoperabilidade;
7.4 - Parâmetros de qualidade de serviço; e
7.5 - Telefonia IP.

8 - REDE DE COMUNICAÇÕES INTEGRADAS DA MARINHA (RECIM)...... 06 HORAS


8.1 - Topologia;
8.2 - Tecnologia de transmissão da Informação;
8.3 - Arquitetura da Rede Telefônica da Marinha (RETELMA); e
8.4 - Arquitetura da Rede Operacional de Defesa (ROD).

3) DIRETRIZES ESPECÍFICAS
a) As aulas serão ministradas utilizando-se as técnicas de Aula Expositiva, Estudo de Caso e Aula
Prática; e
b) A disciplina NGR é pré-requisito para esta disciplina.

4) AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
Média aritmética entre duas avaliações, assim distribuídas:
a) uma prova escrita, referente às UE 1 a 4, com duração de 2 TA para aplicação da prova e 1 TA
para comentários e vista de prova; e
b) uma prova escrita, referente às UE 5 a 8, com duração de 2 TA para aplicação da prova e 1 TA
para comentários e vista de prova.

5) RECURSOS INSTRUCIONAIS
a) Quadro branco;
b) Computador; e
c) Projetor multimídia.

6) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
a) BARRADAS, Ovídio. Você e as telecomunicações. Rio de Janeiro: Interciência, 1991.
b) BERNAL, Paulo Sergio Milano. Voz sobre protocolo IP - A nova realidade da telefonia. São
Paulo: Érica, 2007.
c) GOMES, Sebastião M. G. Tráfego, teoria e aplicações. São Paulo: Makron, 1990.
d) MIYOSHI, Edson Mitsuyo. Projetos de Sensores Rádio. São Paulo: Érica, 2006.
e) SILVA, Hildebrando R. Administração do tráfego telefônico. Rio de Janeiro: LTC, 1978.
f) SOUSA, Lindenberg B. Redes de Transmissão de Dados, Voz e Imagem. São Paulo: Érica,
1996.
g) TOLEDO, Adalton P. Redes de acesso em telecomunicações. São Paulo: Makron, 2001.

- 13 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM: CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: APERFEIÇOAMENTO EM ELT / COM PARA OFICIAIS
DISCIPLINA: PROCEDIMENTOS DE COMUNICAÇÕES NAVAIS
ATUALIZADO EM 2017
CÓDIGO: PCN CARGA HORÁRIA: 58 HORAS
SUMÁRIO

1) OBJETIVO DA DISCIPLINA
Elaborar Planos de Comunicações para navios e grupamentos operativos.

2) LISTA DE UNIDADES DE ENSINO


1 - NORMAS PARA AS COMUNICAÇÕES NA MB ................................................14 HORAS
1.1 - Organização do SISCOM;
1.2 - Sistema de Comunicações Militar por Satélite (SISCOMIS);
1.3 - Serviços executados pelas Estações Principais das Áreas de Responsabilidade; e
1.4 - Procedimentos de comunicações na MB.

2 - COMANDO E CONTROLE DE FORÇAS NAVAIS E NAVIOS....................... 18 HORAS


2.1 - Comando, Controle e Acompanhamento de Forças navais e Navios.
2.2 - Sistema de Informações sobre o Tráfego Marítimo (SISTRAM);
2.3 - Sistemas Militar e Naval de Comando e Controle (SISMC2 e SISNC2); e
2.4 - Sistema de Planejamento de Operações Militares (SIPLOM) e Operações Conjuntas.

3 - PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÕES...........................................................18 HORAS


3.1 - Principais redes utilizadas nas Operações Navais;
3.2 - Elaboração de Diretiva;
3.3 - Planejamento completo do Plano de Comunicações anexo a uma Diretiva/Diretiva
Permanente do COMENCH; e
3.4 - Plano Interno de Comunicações do Navio e preparação para as comissões, incluindo
verificações nas linhas de transmissão, antenas, escolha dos equipamentos e a prioridade de
utilização nas linhas.

4 - ADESTRAMENTO DE COMUNICAÇÕES.......................................................... 08 HORAS


4.1 - Principais exercícios realizados pelas unidades da Esquadra e outros constantes das
publicações adotadas pela MB.

3) DIRETRIZES ESPECÍFICAS
a) As aulas serão ministradas utilizando-se as técnicas de Aula Expositiva, Aula Prática e Estudo
de Caso; e
b) As UE 1 e 4 serão complementadas com visitas às instalações do COMCONTRAM/CCTOM, à
DCTIM/CTIM (4 tempos), ao Centro de Operação da Esquadra (COE) e ao Centro Local de
Tecnologia da Informação (CLTI) da Esquadra (4 tempos), à ERMRJ (posto de recepção e de
transmissão) (4 tempos) e à Embratel/Rio Rádio (4 tempos).

- 14 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

4) AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
Média aritmética entre duas avaliações, assim distribuídas:
a) uma prova escrita objetiva, referente às UE 1 e 2, com duração de 3 TA para aplicação da prova
e 1 TA para comentários e vista de prova; e
b) um trabalho individual, referente às UE 3 e 4.

5) RECURSOS INSTRUCIONAIS
a) Quadro branco;
b) Computador; e
c) Projetor de multimídia.

6) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
a) BRASIL. Marinha do Brasil. Comando de Operações Navais. COMOPNAVINST 32-02A.
Acompanhamento das Movimentações de Navios e Aeronaves da MB. Rio de Janeiro:
ComOpNav, 2000. Reservado.
b) _______. Comando-em-Chefe da Esquadra. NORMESQ Nº 30-04I. Diretiva Permanente do
ComemCh. Rio de Janeiro: ComemCh, 2013.
c) _______. Diretoria-Geral do Material da Marinha. DGMM-0500. Manual de Comunicações
da Marinha. 2ª rev. Rio de Janeiro: DGMM, 2006. Reservado.
d) _______. DGMM-0506. Lista de Redes e Frequências. 7ª rev. Rio de Janeiro: DGMM, 2013.
Reservado.
e) _______. DGMM-0550. Procedimentos de Comunicações. 4ª rev. Rio de Janeiro: DGMM,
2005. Reservado.
f) _______. Estado-Maior da Armada. EMA-331. Manual de Planejamento Operativo da
Marinha. 1ª ed. Vol II. Brasília: EMA, 2006.
g) _______. EMA-412. Doutrina de Comunicações da Marinha. 2ª rev. Brasília: EMA, 2016.
Reservado

- 15 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM: CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: APERFEIÇOAMENTO EM ELT / COM PARA OFICIAIS
DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À GUERRA ELETRÔNICA ATUALIZADO EM 2017
CÓDIGO: IGE CARGA HORÁRIA: 35 HORAS
SUMÁRIO

1) OBJETIVO DA DISCIPLINA
Identificar o funcionamento de sistemas de Guerra Eletrônica típicos utilizados na MB e as técnicas
necessárias à supervisão de sua manutenção.

2) LISTA DE UNIDADES DE ENSINO


1 - INTRODUÇÃO À GUERRA ELETRÔNICA ....................................................... 07 HORAS
1.1 - Guerra Eletrônica na MB;
1.2 - Dinâmica da Guerra eletrônica; e
1.3 - Ameaças e cenários no ambiente de Guerra Eletrônica.

2 - EQUIPAMENTOS DE MAGE ................................................................................ 12 HORAS


2.1 - Sistema de MAGE genérico;
2.2 - Parâmetro medidos pelo receptor de MAGE.
2.3 - Diagrama em blocos;
2.4 - Unidades componentes;
2.5 - Descrição geral de funcionamento;
2.6 - Controles e indicadores; e
2.7 - Documentação de manutenção.

3 - EQUIPAMENTOS DE MAE ....................................................................................08 HORAS


3.1 - Diagrama em blocos;
3.2 - Unidades componentes;
3.3 - Descrição geral de funcionamento;
3.4 - Controles e indicadores; e
3.5 - Documentação de manutenção.

4 - MEDIDAS DE PROTEÇÃO ELETRÔNICA..........................................................08 HORAS


4.1 - Medidas de proteção eletrônicas: principais considerações.

3) DIRETRIZE ESPECÍFICA
As aulas serão ministradas, utilizando-se as técnicas de ensino de Aula Expositiva, Estudo Dirigido
e Aulas Práticas em Organizações Militares que possuam os equipamentos abordados na disciplina.

4) AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
Será realizada por meio de uma prova escrita sobre as UE 1 a 4, com duração de dois TA para
aplicação da prova e um TA para comentários e vista de prova.

- 16 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

5) RECURSOS INSTRUCIONAIS
a) Quadro branco;
b) Projetor multimídia;
c) Computador; e
d) Equipamento real.

6) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
a) BRASIL. Marinha do Brasil. Centro de Instrução Almirante Wandenkolk. Apostila do
Equipamento de Mage Cutlass B1BW Operator Notes. Rio de Janeiro: CIAW, 2001.
b) REINO UNIDO. Thales Université Ltd. Cutlass B1BW Operator Notes. Hampshire, s/d.
c) ______. Cutlass B1BW Maintainer Notes. Hampshire, s/d.

- 17 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM: CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: APERFEIÇOAMENTO EM ELT / COM PARA OFICIAIS
DISCIPLINA: PROCESSAMENTO DIGITAL DE SINAIS ATUALIZADO EM 2017
CÓDIGO: PDS CARGA HORÁRIA: 47 HORAS
SUMÁRIO

1) OBJETIVO DA DISCIPLINA
Identificar os conceitos principais de processamento digital básico de sinais.

2) LISTA DE UNIDADES DE ENSINO


1 - CONCEITOS BÁSICOS DE SINAIS....................................................................... 07 HORAS
1.1 - Introdução ao MatLab;
1.2 - Classificação de Sinais;
1.3 - Energia e Potência de Sinais; e
1.4 - Convolução.

2 - SÉRIE DE FOURIER................................................................................................ 07 HORAS


2.1 - Revisão de Número Complexos;
2.2 - Revisão de Fasores;
2.3 - Série Discreta de Fourier;
2.4 - Domínio do Tempo e Domínio da Frequência; e
2.5 - Espectro Discreto de Amplitude e Fase.

3 - TRANSFORMADA DE FOURIER ......................................................................... 06 HORAS


3.1 - Definição;
3.2 - Principais Transformada de Fourier;
3.3 - Propriedades;
3.4 - Espectro Contínuo de Amplitude e Fase; e
3.5 - Largura de Faixa.

4 - SINAIS E SISTEMAS ............................................................................................... 04 HORAS


4.1 - Definição de Sistemas
4.2 - Sistemas Lineares, Invariantes no Tempo e Dinâmicos;
4.3 - Resposta Impulsiva;
4.4 - Resposta em Frequência;
4.5 - Causabilidade e Estabilidade; e
4.6 - Sistemas Navais.

5 - FILTROS ANALÓGICOS ...................................................................................07 HORAS


5.1 - Classificação;
5.2 - Resposta nos Domínios do Tempo e Frequência;
5.3 - Especificação de Filtros
5.4- Filtros Ideais;
5.5- Janelas; e
5.6 - Projeto de Filtros.

- 18 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6 - TEMPO DISCRETO..................................................................................................08 HORAS


6.1 - Definição e Propriedades
6.2 - Equações de Diferenças Lineares com Coeficientes Constantes;
6.3 - Convolução Discreta;
6.4 - Teorema da Amostragem;
6.5 - Aliasing;
6.6 - Quantização; e
6.7 - Reconstrução do Sinal.

7 - FILTROS DIGITAIS..................................................................................................08 HORAS


7.1 - Transformada de Fourier de Tempo Discreto (DTFT);
7.2 - Transformada Discreta de Fourier (DFT); e
7.3 - Transformada Rápida de Fourier (FFT).
7.4 - Sistemas Interconectados;
7.5 - Definição de Filtros Digitais FIR e IIR; e
7.6 - Projeto de Filtros Digitais.

3) DIRETRIZ ESPECÍFICA
As aulas serão ministradas utilizando-se as técnicas de ensino de Aula Expositiva, Demonstração
Prática e Aula Prática, utilizando o “software” Matlab e o Laboratório de Eletrônica.

4) AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
Média aritmética entre duas avaliações, assim distribuídas:
a) Um trabalho referente às UE 1 a 7; e
b) uma prova escrita, referente às UE 1 a 7, com duração de 3 TA para aplicação da prova e 1 TA
para comentários e vista de prova.

5) RECURSOS INSTRUCIONAIS
a) Quadro branco;
b) Computador;
c) Ferramenta computacional Matlab 6.0 (ou versão posterior); e
d) Projetor multimídia.

6) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
a) ALBUQUERQUE, José Paulo. Modelos Probabilísticos Aplicados à Engenharia Elétrica.
Rio de Janeiro: CETUC/Puc-Rio, 2000.
b) DINIZ, Paulo S. R. Adaptative Filtering: Algorithms and Practical Implementation. Boston:
Kluwer Academic Publishers, 1997.
c) HAYKIN, Simon. Adaptative Filter Theory. 3rd Edition. Prentice-Hall International Editions,
1996.
d) LARSON, Harold. Introduction to Probability Theory and Statistical Inference. 3ª ed. Jonh
Wiley & Sons, 1982.
e) MATHWORKS. Signal Processing Toolbox User´s Guide.
f) McCLELLAN James H., BURRUS Sidney C. et alli. Computer Based Exercises for Signal
Processing Using Matlab 5. 1994.

- 19 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

g) MITRA Sanjit K. Digital signal Processing: A Computer Based Approach. McGraw-Hill


Companies, Inc., 1998.
h) OPPEHEIM, Alan e SCHAFER, Ronald. Discrete Time Signal Processing. Prentice Hall
International Inc.1989.
i) STRUM, Robert e KIRK, Ronald. Discret Systems and Digital processing. New York:
Addison-Wesley Publishing Company, 1989.
j) VELLOSO, Maria Luiza F. Filtragem Digital. Rio de Janeiro: CIAW, 2001.

- 20 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM: CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: APERFEIÇOAMENTO EM ELT / COM PARA OFICIAIS
DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
ATUALIZADO EM 2017
CÓDIGO: ITI CARGA HORÁRIA: 20 HORAS
SUMÁRIO

1) OBJETIVO DA DISCIPLINA
Aplicar os conceitos básicos de Tecnologia de Informação (TI).

2) LISTA DE UNIDADES DE ENSINO


1 - NOÇÕES DE TI PARA GESTÃO........................................................................... 20 HORAS
1.1 - Conceitos de TI - Tecnologia de Informação;
1.2 - Evolução da TI;
1.3 - Gestão de TI;
1.4 - BI - Business Intelligence;
1.5 - Inteligência artificial; e
1.6 - Planejamento e implantação de sistemas de informação.

3) DIRETRIZ ESPECÍFICA
As aulas serão desenvolvidas por meio das técnicas Aula Expositiva, Estudo de caso e Aula Prática.

4) AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
Será realizada por meio de uma prova escrita, referente à UE 1, com duração de 2 TA para
aplicação da prova e 1 TA para realização dos comentários e vista de prova.

5) RECURSOS INSTRUCIONAIS
a) Quadro branco;
b) Projetor multimídia; e
c) Computador.

6) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
a) TURBAN, Efraim; MCLEAN; Efraim; WETHERBE, James. Tecnologia da informação para
gestão. 3ªed. Porto Alegre: Bookman, 2004.
b) SOMMERVILLE, Ian. Engenharia de Software. 6ª ed. São Paulo: Prentice-Hall, 2003

- 21 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM : CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: APERFEIÇOAMENTO EM ELT / COM PARA OFICIAIS
DISCIPLINA: METODOLOGIA DE PESQUISA ATUALIZADO EM 2017
CÓDIGO: MEP CARGA HORÁRIA: 30 HORAS
SUMÁRIO

1) OBJETIVO DA DISCIPLINA
Aplicar os principais aspectos da metodologia da pesquisa necessários à elaboração do Trabalho de
Conclusão do Curso (TCC).

2) LISTA DE UNIDADES DE ENSINO


1 - TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS....................................01 HORA
1.1 - A importância do conhecimento;
1.2 - Distinção entre pesquisa e ciência;
1.3 - O método científico;
1.4 - Ferramentas e instrumentos de pesquisa (internet);
1.5 - Projeto de pesquisa; e
1.6 - Desenvolvimento de pesquisa e elaboração de monografias (MO).

2 - NORMATIZAÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO...............................................01 HORA


2.1 – Plágio;
2.2 - Formatação do TCC; e
2.3 - Normatização segundo Normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

3 - ESTRUTURA DO TRABAHO INDIVIDUAL.......................................................01 HORA


3.1 - Partes que compõem uma MO: introdução, desenvolvimento (capítulos), considerações
finais; e recomendações (opcional).

4 - ESTRUTURA DO TRABAHO INDIVIDUAL........................................................03 HORAS


4.1 - Apresentação e montagem da Matriz Analítica (exemplos).

5 - PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E ORIENTAÇÃO ......................................24 HORAS

3) DIRETRIZES ESPECÍFICAS
a) As aulas serão desenvolvidas por meio das técnicas Aula Expositiva e Estudo de caso;
b) O projeto de pesquisa será elaborado durante desenvolvimento da disciplina “Metodologia de
Pesquisa”; e
c) O discente desenvolverá sua pesquisa por intermédio de sua livre iniciativa e com a orientação
do seu Docente-Orientador.

4) AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
a) Será realizada por meio de um (TCC), elaborado sob a orientação de docente designado pelo
CIAW; e
- 22 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

b) A nota do (TCC) será atribuída com base nos critérios apresentados no roteiro abaixo:

AVALIAÇÃO DO CORRETOR
QUESITOS
CRITÉRIOS E MB B R I
(5) (4) (3) (2) (1)
Uso das classificações, convenções,
CONHECIMENTO

princípios, terminologia etc.


Correção de dados e fatos
Capacidade de selecionar dados

Sensatez da avaliação

Capacidade de análise
DESENVOLVIMENTO

Capacidade de síntese
Criatividade
Concatenação lógica
Adequação da proposição ao tema
Objetividade e coerência das conclusões
Organização do trabalho
Fidelidade à proposição
Clareza
COMUNICAÇÃO
E EXPRESSÃO

Concisão
Correção gramatical
Adequação da linguagem
Capacidade de comunicação
Aplicação da metodologia
MÉTODO DE
TRABALHO

Matriz analítica

Formatação

TOTAL DE PONTOS

5) RECURSOS INSTRUCIONAIS
a) Computador; e
b) Projetor multimídia.

- 23 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Indispensáveis:
a) Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 6023: informação e documentação -
referências. Rio de Janeiro, 2002.
b) LAKATOS, Eva Maria; Marconi, Maria de A. Metodologia do Trabalho Científico. 6ª Ed.
São Paulo: Atlas, 2001.
c) MARCONI, Marina de A. Metodologia do Trabalho Científico. 7ª ed. São Paulo: Atlas, 2009.
Complementar:
a) GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 2002.

- 24 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM: CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: APERFEIÇOAMENTO EM ELT / COM PARA OFICIAIS
DISCIPLINA: TREINAMENTO FÍSICO MILITAR ATUALIZADO EM: 2017
CÓDIGO: TFM CARGA HORÁRIA: 30 HORAS
SUMÁRIO

1) OBJETIVO DA DISCIPLINA
Demonstrar um grau de condicionamento físico necessário à manutenção da saúde, ao desempenho
profissional e à funcionalidade em combate.

2) LISTA DE UNIDADES DE ENSINO


1 - GINÁSTICA LOCALIZADA .................................................................................. 04 HORAS
1.1 - Treinamento de força; e
1.2 - Treinamento de resistência muscular.

2 - MUSCULAÇÃO ........................................................................................................ 03 HORAS


2.1 - Montagem individualizada de sessões de treinamento.

3 - TREINAMENTO CARDIOVASCULAR (CORRIDA) ........................................ 10 HORAS


3.1 - Alongamento e flexibilidade específicos para corrida;
3.2 - Parâmetros de treinamento para que se torne um estímulo adaptativo;
3.3 - Qualidades físicas divididas fisiologicamente e pedagogicamente;
3.4 - Prática de corrida; e
3.5 - Prática de caminhada, para os militares que apresentem restrições de saúde.

4 - TREINAMENTO CARDIOVASCULAR (NATAÇÃO) ....................................... 10 HORAS


4.1 - Alongamento e flexibilidade específicos para natação;
4.2 - Trabalho intervalado, com variações de tempo e distância;
4.3 - Aperfeiçoamento de um estilo oficial de natação; e
4.4 - Prática de natação.

5 - PERMANÊNCIA DENTRO D’ÁGUA ................................................................... 03 HORAS


5.1 - Alongamento e flexibilidade específicos;
5.2 - Técnicas de aperfeiçoamento em flutuação; e
5.3 - Prática de flutuação.

3) DIRETRIZES ESPECÍFICAS
a) Será aplicado teste inicial que verificará o grau de condicionamento físico dos alunos, sendo
mensurado através dos testes de corrida de 2400 metros, natação (50 metros) e permanência
dentro d’água;
b) Ao longo do curso, serão realizadas avaliações parciais, para verificar o desempenho dos alunos;
c) A disciplina será conduzida com 03 (três) aulas semanais, no mínimo, para que os padrões de
desempenho sejam, naturalmente, alcançados;
d) As aulas serão ministradas utilizando-se as Técnicas de Ensino, Demonstração Prática e Aula
Prática; e
e) As UE serão ministradas simultaneamente.
- 25 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

4) AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
a) Ao final da disciplina, serão aplicadas três provas práticas, a saber:
1) A natação, que consiste em nadar 50 metros, ininterruptamente, em um único estilo oficial,
sem o uso de implementos que auxiliem a flutuação e a propulsão. A conversão em grau será
de acordo com a tabela 1;
2) A corrida, que consiste na realização do teste de corrida de 2400 metros, tendo a conversão
em grau de acordo com a tabela 3; e
3) A permanência dentro d’água, com flutuação positiva, gerada pelo próprio militar. A
realização desta prova independe do resultado obtido na prova de natação.
b) A média da disciplina será calculada com base na seguinte fórmula:
M = ( N + C ) / 2, onde

M = Média da disciplina
N = Grau obtido na prova de Natação
C = Grau obtido na prova de Corrida
c) Os alunos que, após terem sido matriculados no curso, apresentarem alguma restrição
comprovada que os impossibilite a prática de TFM, bem como de realizarem as provas práticas,
serão avaliados por uma comissão constituída pelo Comandante do Centro de Instrução
Almirante Wandenkolk, Comandante do Corpo de Alunos, Coordenador do Curso e pelo
Encarregado da Divisão de Educação Física. Para efeito de classificação, os alunos na situação
prevista neste item, que tiverem parecer favorável desta comissão para concluir o curso, a nota
final da disciplina TFM será sessenta (60), uma vez que tenham superado a nota mínima no
PRÉ-TAF;
d) Tabelas de conversão:
1) Natação: masculino e feminino para todas as idades de acordo com a tabela 1;
2) Permanência dentro d'água: 50 pontos para qualquer tempo, com, no mínimo, 10 minutos de
permanência dentro d'água, flutuando por meios próprios, com flutuação positiva;
3) Caminhada de 4.800 metros para os impossibilitados de realizar a corrida, por motivo de
saúde, de acordo com a tabela 2; e
4) Corrida de 2400 metros: os valores estão em minutos e segundos (tabela 3).
e) A nota mínima exigida para cada modalidade (corrida e natação) é 6,0 (seis), sendo 6,0 (seis) a
nota final exigida na disciplina (média aritmética simples entre as duas modalidades); e
f) O aluno terá direito a uma prova de recuperação em Natação, Corrida e / ou Permanência, caso
incida em uma das seguintes situações:
1) Não completar a prova de qualquer modalidade ou de ambas;
2) Obtiver grau inferior a 6,0 (seis) numa das modalidades ou em ambas, e
3) Não alcançar a média mínima exigida (6,0) na disciplina. Neste caso, será submetido a uma
nova avaliação na modalidade ou modalidades em que obteve nota inferior a 6,0 (seis).

5) RECURSOS INSTRUCIONAIS
a) Equipamento real;
b) Piscina; e
c) Pista de corrida.

- 26 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6) REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
BRASIL. Marinha do Brasil. Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais. CGCFN - Normas
sobre Treinamento Físico Militar, Testes de Avaliação Física e Teste de Suficiência Física na
Marinha do Brasil. Rio de Janeiro, 2009.

TABELA DE PONTUAÇÃO DA NATAÇÃO

Pontuação de Natação
TEMPO Nota TEMPO Nota
40” 10,0 1’31’’ 4,9
41” 9,9 1’32’’ 4,8
42” 9,8 1’33’’ 4,7
43” 9,7 1’34’’ 4,6
44” 9,6 1’35’’ 4,5
45” 9,5 1’36’’ 4,4
46” 9,4 1’37’’ 4,3
47” 9,3 1’38’’ 4,2
48” 9,2 1’39’’ 4,1
49” 9,1 1’40’’ 4,0
50” 9,0 1’41’’ 3,9
51” 8,9 1’42’’ 3,8
52” 8,8 1’43’’ 3,7
53” 8,7 1’44’’ 3,6
54” 8,6 1’45’’ 3,5
55” 8,5 1’46’’ 3,4
56” 8,4 1’47’’ 3,3
57” 8,3 1’48’’ 3,2
58” 8,2 1’49’’ 3,1
59” 8,1 1’50’’ 3,0
60” 8,0 1’51’’ 2,9
1’01’’ 7,9 1’52’’ 2,8
1’02’’ 7,8 1’53’’ 2,7
1’03’’ 7,7 1’54’’ 2,6
1’04’’ 7,6 1’55’’ 2,5
1’05’’ 7,5 1’56’’ 2,4
1’06’’ 7,4 1’57’’ 2,3
1’07’’ 7,3 1’58’’ 2,2
1’08’’ 7,2 1’59’’ 2,1
1’09’’ 7,1 2’00’’ 2,0
1’10’’ 7,0 2’01’’ 1,9
1’11’’ 6,9 2’02’’ 1,8
1’12’’ 6,8 2’03’’ 1,7
1’13’’ 6,7 2’04’’ 1,6
1’14’’ 6,6 2’05’’ 1,5
1’15’’ 6,5 2’06’’ 1,4
1’16’’ 6,4 2’07’’ 1,3
1’17’’ 6,3 2’08’’ 1,2
1’18’’ 6,2 2’09’’ 1,1
1’19’’ 6,1 2’10’’ 1,0
1’20’’ 6,0 2’11’’ 0,9
1’21’’ 5,9 2’12’’ 0,8
1’22’’ 5,8 2’13’’ 0,7
1’23’’ 5,7 2’14’’ 0,6

- 27 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

1’24’’ 5,6 2’15’’ 0,5


1’25’’ 5,5 2’16’’ 0,4
1’26’’ 5,4 2’17’’ 0,3
1’27’’ 5,3 2’18’’ 0,2
1’28’’ 5,2 2’19’’ 0,1
1’29’’ 5,1 2’20’’ 0,0
1’30’’ 5,0

- 28 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

TABELA DE CAMINHADA DE 4.800 METROS PARA OS IMPOSSIBILITADOS DE REALIZAR A CORRIDA, POR MOTIVO DE SAÚDE.
MASCULINO E FEMININO

IDADE 18 a 25 anos IDADE 26 a 33 anos IDADE 34 a 39 anos IDADE 40 a 45 anos


NT MASC FEM NT MASC FEM NT MASC FEM NT MASC FEM NT MASC FEM NT MASC FEM NT MASC FEM NT MAS FEM
10,0 38’ 39’ 4,9 48’02” 49’02” 10,0 39’ 40’ 4,9 49’02” 51’02” 10,0 40’ 42’ 4,9 51’02” 54’02” 10,0 42’ 43’ 4,9 54’02” 56’02”
9,9 38’13’’ 39’13’’ 4,8 48’04” 49’04” 9,9 39’13’’ 40’13’’ 4,8 49’04” 51’04” 9,9 40’13’’ 42’13’’ 4,8 51’04” 54’04” 9,9 42’13’’ 43’13’’ 4,8 54’04” 56’04”
9,8 38’26” 39’26” 4,7 48’06” 49’06” 9,8 39’26” 40’26” 4,7 49’06” 51’06” 9,8 40’26” 42’26” 4,7 51’06” 54’06” 9,8 42’26” 43’26” 4,7 54’06” 56’06”
9,7 38’39” 39’39” 4,6 48’08” 49’08” 9,7 39’39” 40’39” 4,6 49’08” 51’08” 9,7 40’39” 42’39” 4,6 51’08” 54’08” 9,7 42’39” 43’39” 4,6 54’08” 56’08”
9,6 38’52” 39’52” 4,5 48’10” 49’10” 9,6 39’52” 40’52” 4,5 49’10” 51’10” 9,6 40’52” 42’52” 4,5 51’10” 54’10” 9,6 42’52” 43’52” 4,5 54’10” 56’10”
9,5 39’05” 40’05” 4,4 48’12” 49’12” 9,5 40’05” 41’05” 4,4 49’12” 51’12” 9,5 41’05” 43’05” 4,4 51’12” 54’12” 9,5 43’05” 44’05” 4,4 54’12” 56’12”
9,4 39’18” 40’18” 4,3 48’14” 49’14” 9,4 40’18” 41’18” 4,3 49’14” 51’14” 9,4 41’18” 43’18” 4,3 51’14” 54’14” 9,4 43’18” 44’18” 4,3 54’14” 56’14”
9,3 39’31” 40’31” 4,2 48’16” 49’16” 9,3 40’31” 41’31” 4,2 49’16” 51’16” 9,3 41’31” 43’31” 4,2 51’16” 54’16” 9,3 43’31” 44’31” 4,2 54’16” 56’16”
9,2 39’44” 40’44” 4,1 48’18” 49’18” 9,2 40’44” 41’44” 4,1 49’18” 51’18” 9,2 41’44” 43’44” 4,1 51’18” 54’18” 9,2 43’44” 44’44” 4,1 54’18” 56’18”
9,1 39’59” 40’59” 4,0 48’20” 49’20” 9,1 40’59” 41’59” 4,0 49’20” 51’20” 9,1 41’59” 43’59” 4,0 51’20” 54’20” 9,1 43’59” 44’59” 4,0 54’20” 56’20”
9,0 40’ 41’ 3,9 48’22” 49’22” 9,0 41’ 42’ 3,9 49’22” 51’22” 9,0 42’ 44’ 3,9 51’22” 54’22” 9,0 44’ 45’ 3,9 54’22” 56’22”
8,9 40’13’’ 41’13’’ 3,8 48’24” 49’24” 8,9 41’13’’ 42’13’’ 3,8 49’24” 51’24” 8,9 42’13’’ 44’13’’ 3,8 51’24” 54’24” 8,9 44’13’’ 45’13’’ 3,8 54’24” 56’24”
8,8 40’26” 41’26” 3,7 48’26” 49’26” 8,8 41’26” 42’26” 3,7 49’26” 51’26” 8,8 42’26” 44’26” 3,7 51’26” 54’26” 8,8 44’26” 45’26” 3,7 54’26” 56’26”
8,7 40’39” 41’39” 3,6 48’28” 49’28” 8,7 41’39” 42’39” 3,6 49’28” 51’28” 8,7 42’39” 44’39” 3,6 51’28” 54’28” 8,7 44’39” 45’39” 3,6 54’28” 56’28”
8,6 40’52” 41’52” 3,5 48’30” 49’30” 8,6 41’52” 42’52” 3,5 49’30” 51’30” 8,6 42’52” 44’52” 3,5 51’30” 54’30” 8,6 44’52” 45’52” 3,5 54’30” 56’30”
8,5 41’05” 42’05” 3,4 48’32” 49’32” 8,5 42’05” 43’05” 3,4 49’32” 51’32” 8,5 43’05” 45’05” 3,4 51’32” 54’32” 8,5 45’05” 46’05” 3,4 54’32” 56’32”
8,4 41’18” 42’18” 3,3 48’34” 49’34” 8,4 42’18” 43’18” 3,3 49’34” 51’34” 8,4 43’18” 45’18” 3,3 51’34” 54’34” 8,4 45’18” 46’18” 3,3 54’34” 56’34”
8,3 41’31” 42’31” 3,2 48’36” 49’36” 8,3 42’31” 43’31” 3,2 49’36” 51’36” 8,3 43’31” 45’31” 3,2 51’36” 54’36” 8,3 45’31” 46’31” 3,2 54’36” 56’36”
8,2 41’44” 42’44” 3,1 48’38” 49’38” 8,2 42’44” 43’44” 3,1 49’38” 51’38” 8,2 43’44” 45’44” 3,1 51’38” 54’38” 8,2 45’44” 46’44” 3,1 54’38” 56’38”
8,1 41’59” 42’59” 3,0 48’40” 49’40” 8,1 42’59” 43’59” 3,0 49’40” 51’40” 8,1 43’59” 45’59” 3,0 51’40” 54’40” 8,1 45’59” 46’59” 3,0 54’40” 56’40”
8,0 42’ 43’ 2,9 48’42” 49’42” 8,0 43’ 44’ 2,9 49’42” 51’42” 8,0 44’ 46’ 2,9 51’42” 54’42” 8,0 46’ 47’ 2,9 54’42” 56’42”
7,9 42’13’’ 43’13’’ 2,8 48’44” 49’44” 7,9 43’13’’ 44’13’’ 2,8 49’44” 51’44” 7,9 44’13’’ 46’13’’ 2,8 51’44” 54’44” 7,9 46’13’’ 47’20” 2,8 54’44” 56’44”
7,8 42’26” 43’26” 2,7 48’46” 49’46” 7,8 43’26” 44’26” 2,7 49’46” 51’46” 7,8 44’26” 46’26” 2,7 51’46” 54’46” 7,8 46’26” 47’40” 2,7 54’46” 56’46”
7,7 42’39” 43’39” 2,6 48’48” 49’48” 7,7 43’39” 44’39” 2,6 49’48” 51’48” 7,7 44’39” 46’39” 2,6 51’48” 54’48” 7,7 46’39” 48’ 2,6 54’48” 56’48”
7,6 42’52” 43’52” 2,5 48’50” 49’50” 7,6 43’52” 44’52” 2,5 49’50” 51’50” 7,6 44’52” 46’52” 2,5 51’50” 54’50” 7,6 46’52” 48’20” 2,5 54’50” 56’50”
7,5 43’05” 44’05” 2,4 48’52” 49’52” 7,5 44’05” 45’05” 2,4 49’52” 51’52” 7,5 45’05” 47’05” 2,4 51’52” 54’52” 7,5 47’05” 48’40” 2,4 54’52” 56’52”
7,4 43’18” 44’18” 2,3 48’54” 49’54” 7,4 44’18” 45’18” 2,3 49’54” 51’54” 7,4 45’18” 47’18” 2,3 51’54” 54’54” 7,4 47’18” 49’ 2,3 54’54” 56’54”

- 29 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

7,3 43’31” 44’31” 2,2 48’56” 49’56” 7,3 44’31” 45’31” 2,2 49’56” 51’56” 7,3 45’31” 47’31” 2,2 51’56” 54’56” 7,3 47’31” 49’20” 2,2 54’56” 56’56”
7,2 43’44” 44’44” 2,1 48’58” 49’58” 7,2 44’44” 45’44” 2,1 49’58” 51’58” 7,2 45’44” 47’44” 2,1 51’58” 54’58” 7,2 47’44” 49’40” 2,1 54’58” 56’58”
7,1 43’59” 44’59” 2,0 49’ 50’ 7,1 44’59” 45’59” 2,0 50’ 52’ 7,1 45’59” 47’59” 2,0 52’ 55’ 7,1 47’59” 49’59” 2,0 55’ 57’
7,0 44’ 45’ 1,9 49’02” 50’02” 7,0 45’ 46’ 1,9 50’02” 52’02” 7,0 46’ 48’ 1,9 52’02” 55’02” 7,0 48’ 50’ 1,9 55’02” 57’02”
6,9 44’13’’ 45’13’’ 1,8 49’04” 50’04” 6,9 45’13’’ 46’13’’ 1,8 50’04” 52’04” 6,9 46’13’’ 48’20” 1,8 52’04” 55’04” 6,9 48’20” 50’20” 1,8 55’04” 57’04”
6,8 44’26” 45’26” 1,7 49’06” 50’06” 6,8 45’26” 46’26” 1,7 50’06” 52’06” 6,8 46’26” 48’40” 1,7 52’06” 55’06” 6,8 48’40” 50’40” 1,7 55’06” 57’06”
6,7 44’39” 45’39” 1,6 49’08” 50’08” 6,7 45’39” 46’39” 1,6 50’08” 52’08” 6,7 46’39” 49’ 1,6 52’08” 55’08” 6,7 49’ 51’ 1,6 55’08” 57’08”
6,6 44’52” 45’52” 1,5 49’10” 50’10” 6,6 45’52” 46’52” 1,5 50’10” 52’10” 6,6 46’52” 49’20” 1,5 52’10” 55’10” 6,6 49’20” 51’20” 1,5 55’10” 57’10”
6,5 45’05” 46’05” 1,4 49’12” 50’12” 6,5 46’05” 47’05” 1,4 50’12” 52’12” 6,5 47’05” 49’40” 1,4 52’12” 55’12” 6,5 49’40” 51’40” 1,4 55’12” 57’12”
6,4 45’18” 46’18” 1,3 49’14” 50’14” 6,4 46’18” 47’18” 1,3 50’14” 52’14” 6,4 47’18” 50’ 1,3 52’14” 55’14” 6,4 50’ 52’ 1,3 55’14” 57’14”
6,3 45’31” 46’31” 1,2 49’16” 50’16” 6,3 46’31” 47’31” 1,2 50’16” 52’16” 6,3 47’31” 50’20” 1,2 52’16” 55’16” 6,3 50’20” 52’20” 1,2 55’16” 57’16”
6,2 45’44” 46’44” 1,1 49’18” 50’18” 6,2 46’44” 47’44” 1,1 50’18” 52’18” 6,2 47’44” 50’40” 1,1 52’18” 55’18” 6,2 50’40” 52’40” 1,1 55’18” 57’18”
6,1 45’59” 46’59” 1,0 49’20” 50’20” 6,1 46’59” 47’59” 1,0 50’20” 52’20” 6,1 47’59” 50’59” 1,0 52’20” 55’20” 6,1 50’59” 52’59” 1,0 55’20” 57’20”
6,0 46’ 47’ 0,9 49’22” 50’22” 6,0 47’ 48’ 0,9 50’22” 52’22” 6,0 48’ 51’ 0,9 52’22” 55’22” 6,0 51’ 53’ 0,9 55’22” 57’22”
5,9 46’13’’ 47’13’’ 0,8 49’24” 50’24” 5,9 47’13’’ 48’20” 0,8 50’24” 52’24” 5,9 48’20” 51’20” 0,8 52’24” 55’24” 5,9 51’20” 53’20” 0,8 55’24” 57’24”
5,8 46’26” 47’26” 0,7 49’26” 50’26” 5,8 47’26” 48’40” 0,7 50’26” 52’26” 5,8 48’40” 51’40” 0,7 52’26” 55’26” 5,8 51’40” 53’40” 0,7 55’26” 57’26”
5,7 46’39” 47’39” 0,6 49’28” 50’28” 5,7 47’39” 49’ 0,6 50’28” 52’28” 5,7 49’ 52’ 0,6 52’28” 55’28” 5,7 52’ 54’ 0,6 55’28” 57’28”
5,6 46’52” 47’52” 0,5 49’30” 50’30” 5,6 47’52” 49’20” 0,5 50’30” 52’30” 5,6 49’20” 52’20” 0,5 52’30” 55’30” 5,6 52’20” 54’20” 0,5 55’30” 57’30”
5,5 47’05” 48’05” 0,4 49’32” 50’32” 5,5 48’05” 49’40” 0,4 50’32” 52’32” 5,5 49’40” 52’40” 0,4 52’32” 55’32” 5,5 52’40” 54’40” 0,4 55’32” 57’32”
5,4 47’18” 48’18” 0,3 49’34” 50’34” 5,4 48’18” 50’ 0,3 50’34” 52’34” 5,4 50’ 53’ 0,3 52’34” 55’34” 5,4 53’ 55’ 0,3 55’34” 57’34”
5,3 47’31” 48’31” 0,2 49’36” 50’36” 5,3 48’31” 50’20” 0,2 50’36” 52’36” 5,3 50’20” 53’20” 0,2 52’36” 55’36” 5,3 53’20” 55’20” 0,2 55’36” 57’36”
5,2 47’44” 48’44” 0,1 49’38” 50’38” 5,2 48’44” 50’40” 0,1 50’38” 52’38” 5,2 50’40” 53’40” 0,1 52’38” 55’38” 5,2 53’40” 55’40” 0,1 55’38” 57’38”
5,1 47’59” 48’59” 0,0 49’40” 50’40” 5,1 48’59” 50’59” 0,0 50’40” 52’40” 5,1 50’59” 53’59’ 0,0 52’40” 55’40” 5,1 53’59’ 55’59” 0,0 55’40” 57’40”
5,0 48’ 49’ 5,0 49’ 51’ 5,0 51’ 54’ 5,0 54’ 56’

Observação: Os valores estão em minutos e segundos


LEGENDA: NT= NOTA; FEM= FEMININO; MASC= MASCULINO

- 30 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

TABELA DE CORRIDA DE 2.400 METROS. MASCULINO E FEMININO


IDADE 18 a 25 anos IDADE 26 a 33 anos IDADE 34 a 39 anos IDADE 40 a 45 anos
NT MASC FEM NT MASC FEM NT MASC FEM NT MASC FEM NT MASC FEM NT MASC FEM NT MASC FEM NT MAS FEM

10,0 09´36´´ 11’12’’ 4,9 12’02’’ 13’38’’ 10,0 10’00’’ 12’00’’ 4,9 12’26’’ 15’14’’ 10,0 10’48’’ 12’48’’ 4,9 14’14’’ 16’02’’ 10,0 11’36’’ 13’36’’ 4,9 15’28’’ 17’38’’

9,9 09´40´´ 11’16’’ 4,8 12’04’’ 13’40’’ 9,9 10’04’’ 12’05’’ 4,8 12’28’’ 15’16’’ 9,9 10’53’’ 12’53’’ 4,8 14’16’’ 16’04’’ 9,9 11’41’’ 13’43’’ 4,8 15’40’’ 17’40’’

9,8 09´44´´ 11’20’’ 4,7 12’06’’ 13’42’’ 9,8 10’08’’ 12’10’’ 4,7 12’30’’ 15’18’’ 9,8 10’58’’ 12’58’’ 4,7 14’18’’ 16’06’’ 9,8 11’46’’ 13’50’’ 4,7 15’42’’ 17’42’’

9,7 09´48´´ 11’24’’ 4,6 12’08’’ 13’44’’ 9,7 10’12’’ 12’15’’ 4,6 12’32’’ 15’20’’ 9,7 11’03’’ 13’03’’ 4,6 14’20’’ 16’08’’ 9,7 11’51’’ 13’57’’ 4,6 15’44’’ 17’44’’

9,6 09´52´´ 11’28’’ 4,5 12’10’’ 13’46’’ 9,6 10’16’’ 12’20’’ 4,5 12’34’’ 15’24’’ 9,6 11’08’’ 13’08’’ 4,5 14’22’’ 16’10’’ 9,6 11’56’’ 14’04’’ 4,5 15’46’’ 17’46’’

9,5 09´56´´ 11’32’’ 4,4 12’12’’ 13’48’’ 9,5 10’20’’ 12’25’’ 4,4 12’36’’ 15’26’’ 9,5 11’13’’ 13’13’’ 4,4 14’24’’ 16’12’’ 9,5 12’01’’ 14’11’’ 4,4 15’48’’ 17’48’’

9,4 10´00´´ 11’36’’ 4,3 12’14’’ 13’50’’ 9,4 10’24’’ 12’30’’ 4,3 12’38’’ 15’28’’ 9,4 11’18’’ 13’18’’ 4,3 14’26’’ 16’14’’ 9,4 12’06’’ 14’18’’ 4,3 15’50’’ 17’50’’

9,3 10´04´´ 11’40’’ 4,2 12’16’’ 13’52’’ 9,3 10’28’’ 12’35’’ 4,2 12’40’’ 15’30’’ 9,3 11’23’’ 13’23’’ 4,2 14’28’’ 16’16’’ 9,3 12’11’’ 14’25’’ 4,2 15’52’’ 17’52’’

9,2 10´08´´ 11’44’’ 4,1 12’18’’ 13’54’’ 9,2 10’32’’ 12’40’’ 4,1 12’42’’ 15’32’’ 9,2 11’28’’ 13’28’’ 4,1 14’30’’ 16’18’’ 9,2 12’16’’ 14’32’’ 4,1 15’54’’ 17’54’’

9,1 10´11´´ 11’47’’ 4,0 12’20’’ 13’56’’ 9,1 10’35’’ 12’45’’ 4,0 12’44’’ 15’34’’ 9,1 11’33’’ 13’33’’ 4,0 14’32’’ 16’20’’ 9,1 12’21’’ 14’35’’ 4,0 15’56’’ 17’56’’

9,0 10´12´´ 11’48’’ 3,9 12’22’’ 13’58’’ 9,0 10’36’’ 12’48’’ 3,9 12’46’’ 15’36’’ 9,0 11’36’’ 13’36’’ 3,9 14’34’’ 16’22’’ 9,0 12’24’’ 14’36’’ 3,9 15’58’’ 17’58’’

8,9 10´16´´ 11’52’’ 3,8 12’24’’ 13’00’’ 8,9 10’40’’ 12’53’’ 3,8 12’48’’ 15’38’’ 8,9 11’41’’ 13’41’’ 3,8 14’36’’ 16’24’’ 8,9 12’29’’ 14’43’’ 3,8 16’00’’ 18’00’’

8,8 10´20´´ 11’56’’ 3,7 12’26’’ 14’02’’ 8,8 10’44’’ 12’58’’ 3,7 12’50’’ 15’40’’ 8,8 11’46’’ 13’46’’ 3,7 14’38’’ 16’26’’ 8,8 12’34’’ 14’50’’ 3,7 16’02’’ 18’02’’

8,7 10´24´´ 12’00’’ 3,6 12’28’’ 14’04’’ 8,7 10’48’’ 13’03’’ 3,6 12’52’’ 15’42’’ 8,7 11’51’’ 13’51’’ 3,6 14’40’’ 16’28’’ 8,7 12’39’’ 14’57’’ 3,6 16’04’’ 18’04’’

8,6 10´28´´ 12’04’’ 3,5 12’30’’ 14’06’’ 8,6 10’52’’ 13’08’’ 3,5 12’54’’ 15’44’’ 8,6 11’56’’ 13’56’’ 3,5 14’42’’ 16’30’’ 8,6 12’44’’ 15’04’’ 3,5 16’06’’ 18’06’’

8,5 10´32´´ 12’08’’ 3,4 12’32’’ 14’08’’ 8,5 10’56’’ 13’13’’ 3,4 12’56’’ 15’46’’ 8,5 12’01’’ 14’01’’ 3,4 14’44’’ 16’32’’ 8,5 12’49’’ 15’11’’ 3,4 16’08’’ 18’08’’

8,4 10´36´´ 12’12’’ 3,3 12’34’’ 14’10’’ 8,4 11’00’’ 13’18’’ 3,3 12’58’’ 15’48’’ 8,4 12’06’’ 14’06’’ 3,3 14’46’’ 16’34’’ 8,4 12’54’’ 15’18’’ 3,3 16’10’’ 18’10’’

8,3 10´40´´ 12’16’’ 3,2 12’36’’ 14’12’’ 8,3 11’04’’ 13’23’’ 3,2 13’00’’ 15’50’’ 8,3 12’11’’ 14’11’’ 3,2 14’48’’ 16’36’’ 8,3 12’59’’ 15’25’’ 3,2 16’12’’ 18’12’’

- 31 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

8,2 10´44´´ 12’20’’ 3,1 12’38’’ 14’14’’ 8,2 11’08’’ 13’28’’ 3,1 13’02’’ 15’52’’ 8,2 12’16’’ 14’16’’ 3,1 14’50’’ 16’40’’ 8,2 13’04’’ 15’32’’ 3,1 16’14’’ 18’14’’

8,1 10´47’’ 12’23’’ 3,0 12’40’’ 14’16’’ 8,1 11’11’’ 13’33’’ 3,0 13’04’’ 15’55’’ 8,1 12’21’’ 14’21’’ 3,0 14’52’’ 16’42’’ 8,1 13’09’’ 15’35’’ 3,0 16’16’’ 18’16’’

8,0 10’48’’ 12’24’’ 2,9 12’42’’ 14’18’’ 8,0 11’12’’ 13’36’’ 2,9 13’06’’ 15’56’’ 8,0 12’14’’ 14’24’’ 2,9 14’54’’ 16’44’’ 8,0 13’12’’ 15’36’’ 2,9 16’18’’ 18’18’’

7,9 10’49’’ 12’27’’ 2,8 12’44’’ 14’20’’ 7,9 11’13’’ 13’40’’ 2,8 13’08’’ 15’58’’ 7,9 12’17’’ 14’28’’ 2,8 14’56’’ 16’46’’ 7,9 13’16’’ 15’41’’ 2,8 16’20’’ 18’20’’

7,8 10’50’’ 12’30’’ 2,7 12’46’’ 14’22’’ 7,8 11’14’’ 13’44’’ 2,7 13’10’’ 16’00’’ 7,8 12’30’’ 14’32’’ 2,7 14’58’’ 16’48’’ 7,8 13’20’’ 15’46’’ 2,7 16’22’’ 18’22’’

7,7 10’53’’ 12’33’’ 2,6 12’48’’ 14’24’’ 7,7 11’17’’ 13’48’’ 2,6 13’12’’ 16’02’’ 7,7 12’33’’ 14’36’’ 2,6 15’00’’ 16’50’’ 7,7 13’24’’ 15’51’’ 2,6 16’24’’ 18’24’’

7,6 10’56’’ 12’36’’ 2,5 12’50’’ 14’26’’ 7,6 11’20’’ 13’52’’ 2,5 13’14’’ 16’04’’ 7,6 12’36’’ 14’40’’ 2,5 15’02’’ 16’52’’ 7,6 13’28’’ 15’56’’ 2,5 16’26’’ 18’26’’

7,5 10’59’’ 12’36’’ 2,4 12’52’’ 14’28’’ 7,5 11’23’’ 13’56’’ 2,4 13’16’’ 16’06’’ 7,5 12’39’’ 14’44’’ 2,4 15’04’’ 16’54’’ 7,5 13’32’’ 16’01’’ 2,4 16’28’’ 18’28’’

7,4 11’02’’ 12’42’’ 2,3 12’54’’ 14’30’’ 7,4 11’26’’ 14’00’’ 2,3 13’18’’ 16’08’’ 7,4 12’44’’ 14’48’’ 2,3 15’06’’ 16’56’’ 7,4 13’36’’ 16’06’’ 2,3 16’30’’ 18’30’’

7,3 11’05’’ 12’45’’ 2,2 12’56’’ 14’32’’ 7,3 11’39’’ 14’04’’ 2,2 13’20’’ 16’10’’ 7,3 12’49’’ 14’52’’ 2,2 15’08’’ 16’58’’ 7,3 13’40’’ 16’11’’ 2,2 16’32’’ 18’32’’

5,8 11’38’’ 13’18’’ 0,7 13’26’’ 15’02’’ 5,8 12’02’’ 14’54’’ 0,7 13’50’’ 16’40’’ 5,8 13’44’’ 15’42’’ 0,7 15’38’’ 17’28’’ 5,8 14’40’’ 17’08’’ 0,7 17’02’’ 19’02’’

5,7 11’40’’ 13’21’’ 0,6 13’28’’ 15’04’’ 5,7 12’05’’ 14’57’’ 0,6 13’52’’ 16’42’’ 5,7 13’48’’ 15’45’’ 0,6 15’40’’ 17’30’’ 5,7 14’48’’ 17’12’’ 0,6 17’04’’ 19’04’’

5,6 11’42’’ 13’24’’ 0,5 13’30’’ 15’06’’ 5,6 12’08’’ 15’00’’ 0,5 13’54’’ 16’44’’ 5,6 13’52’’ 15’48’’ 0,5 15’42’’ 17’32’’ 5,6 14’56’’ 17’16’’ 0,5 17’06’’ 19’06’’

5,5 11’45’’ 13’27’’ 0,4 13’32’’ 15’08’’ 5,5 12’11’’ 15’03’’ 0,4 13’56’’ 16’46’’ 5,5 13’56’’ 15’51’’ 0,4 15’44’’ 17’34’’ 5,5 15’04’’ 17’20’’ 0,4 17’08’’ 19’08’’

5,4 11’48’’ 13’30’’ 0,3 13’34’’ 15’10’’ 5,4 12’14’’ 15’06’’ 0,3 13’58’’ 16’48’’ 5,4 14’00’’ 15’54’’ 0,3 15’46’’ 17’36’’ 5,4 15’12’’ 17’24’’ 0,3 17’10’’ 19’10’’

5,3 11’51’’ 13’33’’ 0,2 13’36’’ 15’12’’ 5,3 12’17’’ 15’09’’ 0,2 14’00’’ 16’50’’ 5,3 14’04’’ 15’57’’ 0,2 15’48’’ 17’38’’ 5,3 15’20’’ 17’28’’ 0,2 17’12’’ 19’12’’

5,2 11’54’’ 13’34’’ 0,1 13’38’’ 15’14’’ 5,2 12’20’’ 15’10’’ 0,1 14’02’’ 16’52’’ 5,2 14’08’’ 15’58’’ 0,1 15’50’’ 17’40’’ 5,2 15’28’’ 17’32’’ 0,1 17’14’’ 19’14’’

5,1 11’57’’ 13’35’’ 0,0 13’40’’ 15’16’’ 5,1 12’23’’ 15’11’’ 0,0 14’04’’ 16’54’’ 5,1 14’11’’ 15’59’’ 0,0 15’52’’ 17’42’’ 5,1 15’37’’ 17’35’’ 0,0 17’16’’ 19’16’’
5,0 12’00’’ 13’36’’ 5,0 12’24’’ 15’12’’ 5,0 14’12’’ 16’00’’ 5,0 15’36’’ 17’36’’

Observação: Os valores estão em minutos e segundos


LEGENDA: NT= NOTA; FEM= FEMININO; MASC= MASCULINO

- 32 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

ANEXO A
MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM: CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: APERFEIÇOAMENTO EM ARMAMENTO PARA OFICIAIS
ASSUNTO: SEGURANÇA ORGÂNICA ATUALIZADO EM 2017
CÓDIGO: SEGORG CARGA HORÁRIA: 01 HORA
ROTEIRO DE PALESTRAS

1) LISTA DE PALESTRAS
1 - AÇÕES ADVERSAS........................................................................................................ 20 MIN
1.1 - Principais Ameaças; e
1.2 - Técnicas Utilizadas para o Recrutamento do nosso Pessoal.

2 - POSTURA PESSOAL E A MENTALIDADE DE SEGURANÇA ............................. 20 MIN


2.1 - Principais Medidas de Segurança Orgânica;
2.2 - Dificuldades e Falhas na Segurança de Recursos Humanos; e
2.3 - Lista de Verificação de SegOrg.

3 - PLANO DE SEGURANÇA ORGÂNICA (PSO) .......................................................... 20 MIN


3.1 - Modelo de PSO; e
3.2 - Exercício de Campo.

2) DIRETRIZES ESPECÍFICAS
a) As palestras serão proferidas através das técnicas de ensino de Aula Expositiva e Dramatizações;
b) Os exercícios práticos serão realizados neste Centro de Instrução, através de uma situação
fictícia, sem interferir na rotina da OM; e
c) Os assuntos ministrados terão o grau de sigilo correspondente às publicações utilizadas na
transmissão de conhecimentos.

3) RECURSO INSTRUCIONAL
Projetor de multimídia.

4) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
a) BRASIL. Marinha do Brasil. Estado-Maior da Armada. EMA 351. Manual de Inteligência da
Marinha. Vol 2, Contra-Inteligência. Brasília, 1999.
b) _______. Comando de Operações Navais. COMOPNAVINST Nº 34-02B. Rio de Janeiro,
2003.

- 33 -
MARINHA DO BRASIL
(Continuação do Anexo C (34), do Of nº 553/2017, da DEnsM ao CIAW.............................................).
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

ANEXO B
MARINHA DO BRASIL
DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

OM: CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK


CURSO: APERFEIÇOAMENTO DE SUPERFÍCIE EM ARMAMENTO PARA OFICIAIS
ASSUNTO: FUNDAMENTOS DE ROBÓTICA ATUALIZADO EM 2017
CÓDIGO: FUNROB CARGA HORÁRIA: 01 HORA
ROTEIRO DE PALESTRAS

1) LISTA DE PALESTRAS
1 - SISTEMA SERVO CONTROLE.................................................................................... 20 MIN

2 - AUTOMAÇÃO................................................................................................................. 20 MIN

3 - APLICAÇÃO DE ROBÓTICA NA MB......................................................................... 20 MIN

2) DIRETRIZ ESPECÍFICA
As palestras serão proferidas por meio das técnicas de ensino de Aula Expositiva e Dramatização.

3) RECURSO INSTRUCIONAL
Projetor de multimídia.

4) REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
ALVES, J.B. Controle de Robô. Campinas. São Paulo: Cart Graf, 1988.

- 34 -