Вы находитесь на странице: 1из 5

Do latim frequentĭa, frequência é a repetição menor ou maior de um

acontecimento/sucedimento. Trata-se da quantidade de vezes que se repete um certo processo


periódico numa unidade de tempo. Quanto maior a frequência, maior a repetição ou assiduidade.

Cardíaco, do latim cardiăcus, diz-se daquilo que pertence ou que é relativo ao coração. Este
órgão muscular que, no caso do ser humano, se situa na cavidade torácica, encarrega-se de impulsar
o sangue.

Dá-se o nome de frequência cardíaca ao número de pulsações (batidas do coração) por


unidade de tempo. Esta frequência costuma ser expressada em pulsações por minuto, cujo número
normal varia segundo as condições do corpo (se está em actividade ou em repouso). A unidade é
bpm (batidas por minuto).

Qual a importância de saber a Frequência Cardíaca?

Durante a prática de exercícios aeróbios, a frequência cardíaca indica se a intensidade da


atividade é adequada. Controlando a frequência, você também evita ultrapassar o nível seguro de
esforço para seu organismo.

Quais os níveis de Frequência Cardíaca?

• 10 a 50 BPM - Bradicardia
Sensação de fraqueza, com espaço de tempo maior entre os batimentos cardíacos

• 60 a 100 BPM - Normal

• 110 a 140 BPM - Taquicardia


Sensação de coração acelerado, com batimentos cardíacos mais rápidos

A faixa etária também é importante para ter um parâmetro dos batimentos cardíacos. Confira
qual é a frequência cardíaca ideal em cada fase da vida:

• Até 2 anos - 120 a 140 BPM


• Entre 8 até 17 anos - 80 a 100 BPM
• Adulto sedentário - 70 a 80 BPM
• Idosos e adultos que se exercitam - 50 a 60 BPM

Quais as formas de determinar a Frequência Cardíaca?

• Frequencímetro
O frequencímetro, ou monitor cardíaco, serve para medir e controlar os batimentos cardíacos
de uma pessoa durante a prática da atividade física. Com ele, o indivíduo percebe se o esforço está
além do que deveria ou se pode dar um gás nos treinamentos. Sendo assim, quem usa o aparelho
tem uma maior precisão do que está acontecendo, consequentemente, está mais seguro. Alguns
monitores também indicam a quantidade de calorias que foram gastas com o exercício, o consumo
de oxigênio e quanto tempo o atleta permaneceu na mesma condição física.
As informações do frequencímetro (uma espécie de cinta colocada na altura do peito) são
transmitidas para o receptor, que é o monitor (um relógio de pulso). Ele exibe os batimentos
cardíacos por minuto (frequência cardíaca).
Para melhor utilização do seu aparelho, a pessoa deve procurar um cardiologista e o
profissional de Educação Física para obter mais informações.

• Pulsação

A pulsação arterial é o ciclo de expansão e relaxamento das artérias do corpo. Pode ser
percebido facilmente em regiões específicas do corpo. A pulsação corresponde às variações de
pressão sanguínea na artéria durante os batimentos cardíacos.

Para medir a Frequência Cardíaca, as mais utilizadas são a Artéria Carótida e a Artéria Radial.

Artéria Radial?
Primeiro você deve identificar a área onde é mais fácil perceber os batimentos. Ela se
localiza no punho, próxima à mão, abaixo da linha do polegar e em direção à palma da mão. Nessa
região, você sentirá o pulso da artéria radial. Com o indicador e o dedo médio da mão esquerda,
pressione suavemente essa área do punho direito, até que perceba o pulsar do fluxo de sangue. Se
for verificar a pulsação de outra pessoa, nunca use seu polegar, pois você poderá confundir a sua
frequência com a da outra pessoa.

Artéria Carótida:

Novamente, localize a área em que vai sentir os batimentos. Ela está na lateral do pescoço,
pouco abaixo do maxilar inferior (mandíbula). Nesse ponto, você pode perceber o fluxo de sangue
na artéria carótida. Pressione suavemente com os dedos indicador e o dedo médio da mão esquerda,
até perceber o pulso.

O que é Frequência Cardíaca Máxima?


A frequência cardíaca máxima consiste no número máximo de batimentos cardíacos no
espaço de 1 minuto durante o esforço.

Como calcular a Frequência Cardíaca Máxima?

- Método Astrand

Fórmulas:

• 226 – sua idade (mulher)


• 220 – sua idade (homem)

Exemplo: Uma mulher de 46 anos deseja saber a sua Frequência Cardíaca Máxima.

226 – 46 = 180

A Frequência Cardíaca Máxima de uma mulher de 46 anos é 180 bpm.

Como sua Frequência Cardíaca Máxima deve se comportar em cada nível de esforço:

• Caminhada Rápida: média de 55% a 60% da FCM.


• Trote: média de 65% a 70% da FCM.
• Corrida leve: média de 75% a 80% da FCM.
• Corrida moderada: média de 85% a 90% da FCM.
• Corrida intensa: acima de 95% da FCM.

O que altera a Frequência Cardíaca?

Acima de 100:

• Diante de fortes emoções;


• Ataque de pânico ou ansiedade;
• Durante a relação sexual;
• Quando há febre;
• Durante a prática de exercícios;
• Ao fazer algum esforço;
• Devido ao uso de medicamentos;
• Quando a pressão está alta;
• Devido a ingestão de grandes quantidades de álcool ou cafeína;
• Quando existe alguma doença cardíaca, como insuficiência cardíaca ou doença cardíaca
valvar, assim como de outras doenças como aterosclerose ou hipertensão.

Abaixo de 60:

O batimento cardíaco inferior a 60 batimentos por minuto, pode ocorrer devido ao


envelhecimento ou ser apenas um efeito colateral de certos medicamentos para o coração, por
exemplo. Porém, a FC baixa também pode indicar problemas cardíacos como bloqueio cardíaco ou
disfunção do nódulo sinusal, principalmente se for acompanhada de tonturas, cansaço ou falta de ar.
Assim, se a pessoa estiver com o batimento cardíaco fraco, deve consultar um cardiologista para
fazer exames ao coração, identificar a causa e iniciar o tratamento, se necessário.