Вы находитесь на странице: 1из 6

2º TESTE DE HISTÓRIA

RESUMOS
As primeiras comunidades humanas da Península Ibérica
Como viviam as primeiras comunidades que habitaram a Península Ibérica?

Os primeiros povos da Península Ibérica dependiam completamente da Natureza.


Eram, portanto, recolectores.
Como os alimentos se esgotavam e os animais se deslocavam, os homens
seguiam-nos. Por isso, os primeiros homens eram nómadas.
As tarefas eram divididas.

Caça

Bagas
recolhidas

Roupas feitas
com peles

Que importância teve o uso do fogo para a sobrevivência humana?


A descoberta do fogo permitiu ao Homem:
• aquecer-se;
• iluminar as cavernas;
• cozinhar os alimentos;
• afastar os animais perigosos;
• conviver em redor da fogueira, desenvolvendo a linguagem.

Que instrumentos fabricavam os recoletores?

CAÇAR CORTAR

PONTA DE LÂMINA
PREPARAR
AS PELES

ARPÕES
RASPADOR
ESCAVAR,
TRABALHAR A
MADEIRA
COSER
AGULHAS BIFACE

Que características tinha a arte dos primeiros grupos humanos?


Os primeiros humanos também foram artistas. Pintaram e gravaram figuras
de animais nas rochas ao ar livre ou nas paredes das cavernas onde se
abrigavam. É a chamada arte rupestre.
Provavelmente, acreditavam que ao pintarem animais teriam sorte nas caçadas
ou abundância de comida para o grupo.

Que relação existe entre as alterações climáticas e a prática da agricultura e da


pastorícia? Gravuras rupestres Bisonte, Gruta de
O clima da Península Ibérica deixou de ser tão frio, a vegetação alterou-se
e apareceram novos animais.
A pouco e pouco, o Homem aprendeu a cultivar certas plantas e a criar
animais. Tornou-se, portanto, agricultor e pastor.
As comunidades recolectoras evoluíram e deram origem às primeiras
comunidades
agro-pastoris.

Construção
Campos
de casas
cultivados

Pastorícia

Que novos instrumentos e novas técnicas surgiram?


Novos instrumentos : Novas técnicas:
Mó, Cestaria,
Arado, Olaria ou cerâmica,
Foice. Tecelagem,
Metalurgia.

Mó Cestaria

Arado

Olaria
Que manifestações religiosas praticavam as comunidades agro-pastoris? Que
Foice
monumentos construíram?

Os povos agro-pastoris, ao dedicarem-se à agricultura e à criação de gado,


passaram a adorar as forças da Natureza.
– o Sol, a água, a terra…
O culto fazia-se também junto a monumentos megalíticos, como os menires.
Quando os menires estavam dispostos em linha reta chama-se de alinhamento e
quando estão dispostos em círculo, constituem um cromeleque.
Para fazerem o culto aos seus mortos, usavam Antas.
Menir de São Paio de Antas,
Esposende

Cromeleque de Almendres, Évora

Antas Grandes do Paço

Quem eramos Iberos e que regiões ocupavam?


Os iberos ocuparam a região do Sul e Sudeste da Península Ibérica.
Os Iberos eram morenos e de estatura média.
Praticavam a agricultura e a pastorícia, mas também sabiam trabalhar os
metais, como o cobre e o bronze.

Quem eram os Celtas e que regiões ocupavam?


Os Celtas, vindos do Norte e Centro da Europa, ocuparam o Norte e Centro da
Península Ibérica, depois dos Iberos.
Os Celtas eram altos e tinham pele e cabelos claros. Como já sabiam
trabalhar com ferro, possuíam armas e instrumentos agrícolas mais fortes e
mais resistentes que os Iberos.

Quem eram os Celtiberos?


Os povos peninsulares estavam organizados em tribos e viviam em aldeias que
se chamavam povoados, castros ou citânias. As casas eram redondas ou
retangulares e possuíam um celeiro para guardar os alimentos e os
instrumentos de trabalho.

A chegada de povos de Mediterrâneo à Península Ibérica.


Os povos do Mediterrâneo, Fenícios, Gregos e Cartagineses, através do Mar
Mediterrâneo, chegaram à península Ibérica atraídos pelas riquezas,
principalmente pelos metais, como o ouro e a prata.

Fenícios
Habitavam na zona oriental do
Mediterrâneo e de dicavam-se Frasco de vidro
ao comércio. Traziam produtos como
tecidos, vidros, porcelanas, armas e objetos de adorno,
para fazerem as suas trocas comerciais. Criaram um
alfabeto com 22 vogais que esteve na base da origem de
todos os alfabetos.

Alfabeto fenício

Gregos
Segundo povo a chegar à Península
Ibérica, vinham da Grécia. Como
vestígios da sua presença podemos
encontrar vãos, ânforas e moedas.
Foi por influência dos gregos que se
começou a usar a moeda nas trocas
comercias, deixando de se fazer
produto por produto.

Moeda
grega
Cartagineses Vaso grego
Vindos da cidade de Cartago, no Norte de
África, dedicavam-se ao comércio e à salga do
peixe. Por isso, a conservação de alimentos em
sal foi um dos costumes transmitidos aos ovos
peninsulares.

Barco cartaginês com


alimentos conservados
em sal