Вы находитесь на странице: 1из 2

Aula de 10.09.

2010
AS PERSPECTIVAS DE UMA RACIONALIDADE SÓCIO-AMBIENTAL:
O gerenciamento do meio ambiente está sendo utilizado pelas empresas
modernas que desejam sobreviver num mercado crescente em exigências quanto à
preservação e ao uso adequado dos recursos naturais. O gerenciamento ambiental
nas empresas precisa estar interligado com as demais estratégias de gestão, o que
significa dizer que a responsabilidade ambiental junto com a responsabilidade
econômica e social constituem a base do desenvolvimento sustentável, que nada
mais é do que utilizar os recursos existentes na natureza, para satisfazer as
necessidades do homem, sem aniquilá-los. As empresas, por serem as que mais
utilizam os recursos do meio ambiente como fonte de matéria prima para sua
produção, são as que mais precisam mantê-lo preservado.
As preocupações com o meio ambiente foram transferidas às industrias, por
conta das crescentes dúvidas que organismos internacionais, governo e sociedade
civil têm a respeito do que as empresas estavam fazendo com o meio ambiente.
As principais pressões são:
• Financeiras - Quando bancos e outras instituições financeiras evitam
investimentos em negócios com perfil ambiental conturbado;
• Seguros - Em que diversas seguradoras só aceitam apólices contra danos
ambientais em negócios de comprovada competência em gestão do meio
ambiente;
• Legislação – Pelo crescente aumento de normas e restrições para proteção
ambiental;
• Pressão de consumidores – Com o aumento da consciência e da cobrança por
parte dos indivíduos sobre as atividades ambientais das empresas
(CAJAZEIRAS IN KARKOTLI, 2008).
De acordo com Juchem (1995), a gestão ambiental nas empresas tem como
principais objetivos:
Gerir as tarefas no que diz respeito a Políticas, diretrizes e programas relacionados
com o meio ambiente;
Manter, em conjunto com a área de segurança do trabalho, a saúde dos
trabalhadores;
Produzir com a colaboração da alta administração e dos trabalhadores, produtos e
serviços ambientalmente compatíveis;
Colaborar com os setores econômicos (e receber renúncia fiscal), a comunidade e
os órgãos ambientais para que sejam desenvolvidos e adotados processos
produtivos que evitem ou minimizem agressão ao meio ambiente.
Por conseqüência, a implementação de um sistema de gestão ambiental
serve como estratégia para que o empresário identifique oportunidades de negócios
atrelados à diminuição dos impactos das atividades de sua empresa.
Sobre o meio ambiente visto que “A proteção do meio ambiente precisa fazer
parte da agenda e dos objetivos empresariais, qualquer que seja o tamanho da
empresa”. (KARKOTLI, 2008, p.41).