You are on page 1of 3

Formação do Feudalismo

O que favoreceu, período de formação, condições, criação dos reinos germânicos,


crise do Império Romano
Formação do feudalismo

O feudalismo começou a se formar na Europa a partir do século V com a invasão dos


povos germânicos no Império Romano.
A formação do feudalismo foi favorecida por várias condições presentes no continente
europeu.
Entre estas principais condições, podemos citar:
- Desagregação política, econômica e social do Império Romano do Ocidente com a
invasão dos povos germânicos;
- Criação de vários reinos germânicos (francos, visigodos, burgúndios, anglo-saxões);
- Êxodo urbano: com as invasões e a insegurança, muitas pessoas saíram das
cidades e foram morar no interior;
- Enfraquecimento do comércio
- Diminuição das atividades econômicas, sociais e culturais realizadas nas cidades.

crise do feudalismo
A partir do século XII, ocorreram várias transformações na Europa que contribuíram
para a crise do sistema feudal:
- O renascimento comercial impulsionado, principalmente, pelas Cruzadas;
- O aumento da circulação das moedas, principalmente nas cidades. Este fator
desarticulou o sistema de trocas de mercadorias, característica principal do
feudalismo;
- Desenvolvimento dos centros urbanos, provocando o êxodo rural (saída de pessoas
da zona rural em direção às cidades). Muitos servos passaram a comprar sua
liberdade ou fugir, atraídos por oportunidades de trabalho nos centros urbanos;
- As Cruzadas proporcionaram a volta do contato da Europa com o Oriente,
quebrando o isolamento do sistema feudal;
- O surgimento da burguesia, nova classe social que dominava o comércio e que
possuía alto poder econômico. Esta classe social foi, aos poucos, tirando o poder dos
senhores feudais;
- Com o aumento dos impostos, proporcionados pelo desenvolvimento comercial, os
reis passaram a contratar exércitos profissionais. Este fato desarticulou o sistema de
vassalagem, típico do feudalismo;
- No final do século XV, o feudalismo encontrava-se desarticulado e enfraquecido. Os
senhores feudais perderam poder econômico e político. Começava a surgir as bases
de um novo sistema, o capitalismo.

EXERCÍCIOS SOBRE FEUDALISMO


1) Defina Feudalismo.
Modo de vida europeu que existiu entre os séculos V e XV, baseado na agricultura, vida
fechada nos feudos e sociedade estamental com domínio total da Igreja Católica.

2) Explique como o fim do Império Carolíngio contribuiu para a formação do Feudalismo.


Com a decadência as invasões de vikings e húngaros forçaram os nobres a protegeram
suas propriedades construindo fortalezas e abrigando seus servos, assim surgiram os
feudos.

3) Explique como as invasões do século IX contribuíram para a formação do Feudalismo.


Estas invasões tornaram a vida mais fechada nos feudos e o poder dos reis ainda mais
fraco, facilitando o fortalecimento dos senhores feudais e tornando o poder
descentralizado.

4) Por que dizemos que o feudo era autossuficiente?


Nos feudos eram produzidos alimentos, roupas, utensílios, tudo o que era necessário para a
sobrevivência, poucos artigos eram comprados ou trocados.

5) Caracterize a economia feudal.


A economia feudal era amonetaria, fechada, agrícola, baseada nos trabalhos servis e no
controle dos senhores feudais.

6) Por que dizemos que a economia feudal era fechada e amonetaria?


Era fechada, pois não havia praticamente trocas ou contatos econômicos entre os feudos e
amonetaria, pois a moeda não era usada como elemento de troca.

7) Como era desenvolvido o trabalho nos feudos?


O trabalho era feito pelos servos sob forma de obrigações.

8) Por que os servos eram obrigados a trabalhar para o senhor feudal?


Ocupavam uma terra para morar e se alimentar que não lhes pertencia e por isso eram
obrigados a trabalhar.

9) Defina:
a. Manso senhorial – parte do feudo destinada ao uso exclusivo do Senhor feudal.
b. Manso servil – parte do feudo destinada aos servos onde formavam suas
aldeias e plantações de subsistência.
10) Explique o que era:
a. Talha – obrigação feudal que consistia na entrega de uma parte da produção
do servo ao senhor feudal.
b. Corvéia - obrigação feudal que consistia no trabalho obrigatório em alguns
dias da semana nas terras do senhor feudal.
c. Banalidades - obrigação feudal que consistia no pagamento em forma de
tributos pela utilização de ferramentas e instalações do feudo que eram
propriedade do senhor feudal.

PARTE II

1) Como era feito o plantio nos feudos medievais?


O plantio era feito através de técnicas simples, arado de madeira e havia a repartição de
terras para descanso.

2) Podemos dizer que a produção feudal era abundante? Explique.


Não. Além das técnicas precárias a produção era voltada para consumo, não pensavam em
produção excedente.

3) Quais as partes que compunham um feudo?


O mansus senhorial e o mansus servil.

4) O que era a gleba do pároco?


Era a parte do feudo destinada ao uso do membro do clero ali instalado.

5) Caracterize a política feudal.


A política era descentralizada. O único poder que podemos chamar de total era o da Igreja
Católica.

6) Por que dizemos que no feudalismo a política era particular?


Cada senhor feudal determinava as leis, costumes e obrigações em seu feudo e não seguia
ordens de outro tipo de governante.

7) Existiam países na Europa feudal? Explique.


Não. Nesta época a Europa medieval era formada por vários feudos.
8) Caracterize a ordem social do Clero.
Eram membros da Igreja Católica. Sua função era zelar pela preservação da fé e obediência
das pessoas perante a religião. Era dividido em alto e baixo clero.

9) Caracterize a ordem social dos nobres.


Os nobres constituíam a ordem dos proprietários de terras e guerreiros. Sua função era o
governo de feudo particular e quando o nobre não possuía terra transformava-se em
cavaleiro e seguia a obrigação de guerra e da defesa.

10) Caracterize a ordem social dos servos.


Os servos eram a mão de obra básica do sistema feudal. Cabia a eles a produção de tudo o
que o feudo necessitava. Trabalhavam, pois deviam pagar as obrigações feudais.

11) Por que dizemos que a sociedade feudal era estamental?


Na sociedade medieval não existia mobilidade social. As ordens sociais eram definidas pelo
nascimento, mesmo dentro do clero católico.