Вы находитесь на странице: 1из 2

POLITICO ESCOLHIDO: LUIS INACIO LULA DA SILVA

1. Citem um caso envolvendo o político escolhido.


ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado em segunda instância no caso do triplex
em Guarujá (SP) no dia 24 de janeiro de 2018. Na ocasião, a 8ª Turma do Tribunal Regional Federal
da 4ª Região (TRF-4) aumentou a pena para 12 anos e 1 mês de prisão –

O Juiz Federal Sergio Fernando Moro considerou Lula culpado pelos crimes de corrupção e
lavagem de dinheiro - com início em regime fechado.

Implicitamente, por trás dos crimes e condenações, está configurado um transtorno do


mencionado político, onde o mesmo vem desenvolvendo ao longo de sua trajetória como figura
pública, representante do povo.

2. Apontem as características da condição psíquica que o grupo julga estar envolvida.

• Transtorno da personalidade antissocial: trata-se de um padrão de desrespeito e violação dos direitos


dos outros.

Critérios Diagnósticos

1. Ausência ou remorso, conforme indicado pela indiferença ou racionalização em relação a ter ferido,
maltratado ou roubado outras pessoas.
2. Tendência à falsidade, conforme indicado por mentiras repetidas, uso de nomes falsos ou de trapaç a
para ganhou ou prazer pessoal, usando inclusive sua mulher falecida para se fazer de vitima

Características Diagnósticas

A característica essencial do transtorno da personalidade antissocial é um padrão difuso de indiferença e


violação dos direitos dos outros, o qual surge na infância ou no início da adolescência e continua na vida
adulta. Esse padrão também foi deferido como psicopatia, sociopatia ou tr anstorno da personalidade
dissocial. Visto que falsidade e manipulação são aspectos centrais do transtorno da personalidade
antissocial, pode ser especialmente útil integrar informações adquiridas por meio de avaliações clínicas
sistemáticas e informações coletadas de outras fontes colaterais.

Considerações:

• Sociopatia: é um transtorno de personalidade que é caracterizado por um egocentrismo exacerbado,


que leva a uma desconsideração em relação aos sentimentos e opiniões dos outros.
• Transtorno da personalidade dissocial: é um transtorno caracterizado pelo comportamento impulsivo
do indivíduo afetado, desprezo por normas sociais e indiferença ou desrespeito pelos direitos e pelos
sentimentos dos outros.

3. Enquadrem a situação no Artigo 26 do Código Penal.

Lula: O político citado apresenta de modo superficial, “traços” de comportamentos de psicopatia, no


qual tenta se sair de vitima e tentando terceirizar a culpa a terceiros, demonstrando sempre que não sabia
de nada, ou que quem fez deve ser punido, tal politico ainda se compara com figuras religiosas na tentativa
de enganar as outras pessoas, se comparando inclusive a jesus cristo, além de inventar mentiras sobre as
demais que descordem dele

O mencionado político, ora objetivo deste artigo, não esta em pleno conflito com o o artigo 26
Código Penal Brasileiro, onde aduz sobre a isenção de pena para aqueles agentes (autor de infração penal –
crime ou contravenção penal)

4. Informem se há alucinação, delírio ou ilusão envolvido no caso. Se existir, justifiquem a


resposta.

No presente caso, ora matéria de estudo, é perceptível a presença de um falso delírio uma vez que o
politico inventa desculpas alheias, terceiriza a culpa, além de usar a tragédia pessoal para ganho próprio.

Ocorre que, ao longo de sua vida pública, Lula, usa os programas sociais inclusive assumindo a autoria de
programas dos quais ele não criou para criar assim uma imagem de pessoa bondosa e honesta, e a partir do
momento que há pessoas que discordem de seu ponto de vista o mesmo se transforma totalmente, se
mostrando um indivíduo agressivo inclusive com vários casos de incitação a violência

BIBLIOGRAFIAS:

https://g1.globo.com/politica/noticia/entenda-a-condenacao-de-lula-no-caso-do-triplex.ghtml

Código de Processo Penal