Вы находитесь на странице: 1из 210

O ESPORTE

NAS ELEIÇÕES 2018

ORGANIZADORES

FELIPE CANAN
TEMISTOCLES DAMASCENO SILVA
FERNANDO AUGUSTO STAREPRAVO
O ESPORTE
NAS ELEIÇÕES 2018
Candidaturas à Presidência
da República e aos
Governos dos Estados

ORGANIZADORES

FELIPE CANAN
TEMISTOCLES DAMASCENO SILVA
FERNANDO AUGUSTO STAREPRAVO

Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE


Campus de Marechal Cândido Rondon
2019
Dados Internacionais de Catalogação-na-Publicação (CIP)

E77
O esporte nas eleições 2018 [livro eletrônico]: candidaturas à presidencia da
república e aos governos dos Estados. / organizado por Felipe Canan,
Temístocles Damasceno Silva e Fernando Augusto Starepravo. Marechal
Cândido Rondon: Unioeste, 2019.

Modo de acesso:
https://drive.google.com/file/d/1F8nwHjpuV2jsiB7mJMGJgvIDJeF
M7VRt/view?usp=sharing

ISBN: 978-85-68205-37-2

1. Esportes- Políticas públicas. I. Canan, Felipe, Org. II. Silva, Temístocles


Damasceno, Org. III. Starepravo, Fernando Augusto, Org. IV. Universidade
Estadual do Oeste do Paraná. Campus de Marechal Cândido Rondon. V.
Título.
CDD 20.ed. 796
CIP-NBR 12899
Ficha catalográfica elaborada por Helena Soterio Bejio – CRB 9ª/965
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO
Felipe Canan........................................................................................................... 5

2. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS
Felipe Canan........................................................................................................... 8

3. BRASIL
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan...................................................... 13

3.1. PERFIL DOS CANDIDATOS AO GOVERNO FEDERAL........................... 14

3.2. PROPOSTAS DOS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA,


RELACIONADAS À ÁREA DO ESPORTE................................................... 16

4. REGIÕES............................................................................................................. 31

4.1. CENTRO – OESTE


Neidiana Braga da Silva Souza.......................................................................... 32
4.1.1. Distrito Federal.......................................................................................... 33
4.1.2. Goiás.......................................................................................................... 45
4.1.3. Mato Grosso............................................................................................... 53
4.1.4. Mato Grosso do Sul.................................................................................... 57

4.2. NORDESTE
Temistocles Damasceno Silva............................................................................ 60
4.2.1. Alagoas....................................................................................................... 61
4.2.2. Bahia.......................................................................................................... 65
4.2.3. Ceará.......................................................................................................... 71
4.2.4. Maranhão................................................................................................... 75
4.2.5. Paraíba....................................................................................................... 79
4.2.6. Pernambuco............................................................................................... 86
4.2.7. Piauí........................................................................................................... 89
4.2.8. Rio Grande do Norte.................................................................................. 96
4.2.9. Sergipe........................................................................................................ 103

4.3. NORTE
Jeferson Roberto Rojo........................................................................................ 110
4.3.1. Acre............................................................................................................ 111
4.3.2. Amapá........................................................................................................ 118
4.3.3. Amazonas................................................................................................... 123
4.3.4. Pará........................................................................................................... 128
4.3.5. Rondônia.................................................................................................... 134
4.3.6. Roraima..................................................................................................... 141
4.3.7. Tocantins.................................................................................................... 144

4.4. SUDESTE
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo................................................................. 148
4.4.1. Espirito Santo............................................................................................. 149
4.4.2. Minas Gerais.............................................................................................. 156
4.4.3. Rio de Janeiro............................................................................................ 161
4.4.4. São Paulo................................................................................................... 178

4.5. SUL
Felipe Canan.................................................................................................... 186
4.5.1. Paraná....................................................................................................... 187
4.5.2. Rio Grande do Sul...................................................................................... 195
4.5.3. Santa Catarina........................................................................................... 201

5. REFERÊNCIAS................................................................................................... 207

6. GRUPOS............................................................................................................... 208
5

1. INTRODUÇÃO

Felipe Canan

As Políticas de Esporte têm sido objeto científico em âmbito nacional somente a


partir da segunda metade da década de 1980 (STAREPRAVO, 2011; MEZZADRI, 2011).
Entretanto, relações mais profundas entre Estado e esporte no Brasil datam da década de
1930 (LINHALES, 1996).
Na atualidade tais relações caracterizam um campo social formado por agentes
que se relacionam em alguma medida com o esporte, tais como atletas e praticantes em
geral, treinadores, professores de educação física, pesquisadores, políticos, entre outros.
Ao mesmo tempo, quando se trata da relação entre o Estado e o esporte, na realidade
considera-se todo um espectro do universo das práticas corporais ou atividades físicas,
não restrito às práticas competitivas e com regras institucionalizadas internacionalmente
dentro dos sistemas federado e olímpico.
Uma política de esporte é, assim, antes uma política de atividades físicas ou de
práticas corporais, dentre as quais encontra-se também o esporte competitivo. Tal política
abrange tanto o tratamento que o Estado dá ao acesso da população em geral às práticas
corporais, quanto a forma como relaciona-se e incentiva ou não o esporte competitivo de
representação nacional. Embora tais áreas de manifestação da relação do Estado com o
esporte não sejam necessariamente opostas, podendo até ser complementares, não é
incomum que historicamente a balança penda para o lado do uso nacionalista do esporte
de alta competição.
Por mais que o Art. 217 da Constituição da República Federativa do Brasil de
1988 estabeleça que “É dever do Estado fomentar práticas desportivas formais e não
formais como direito de cada um” (BRASIL, 1988), na prática, ao menos em âmbito
federal a priorização ainda é o esporte competitivo de representação nacional, vide os
grandes investimentos públicos realizados em megaeventos esportivos na década de
2010. O esporte enquanto política social, nessa esteira é relegado a um segundo plano.
Ao mesmo tempo, embora este quadro possa se diferenciar em alguma medida na

Eleições 2018
6

realidade específica de cada estado e município, não existe uma certeza a respeito, vez
que a Constituição e o ordenamento jurídico infraconstitucional não estabelecem
concretamente as competências de cada ente federado em relação ao esporte. A efetivação
de políticas esportivas e as áreas específicas às quais serão destinadas dependem da
discricionariedade dos agentes políticos e da arena social em que se encontram, com
maiores ou menores demandas sociais.
A questão ganha em complexidade quando identifica-se que, além da
discricionariedade dos governantes existe uma grande heterogeneidade de agentes e
subsetores esportivos, como relatado acima. Como corrobora Proni (2013), a organização
do esporte no Brasil abrange instituições e agentes que se pautam em lógicas distintas e
até divergentes, podendo gerar conflitos e prejudicar a articulação de ações, resultando
em políticas de esporte nem sempre claras e dependentes do poder dos grupos de interesse
envolvidos.
Em outras palavras, não há uma política de Estado para o setor esportivo, que fica
refém da ação de grupos de interesse e do perfil político-ideológico do governante. Disto
resulta que a área do esporte normalmente não ocupa lugar de destaque no palanque e na
agenda das candidaturas em eleições nacionais, estaduais e municipais para os mais
diversos cargos do Executivo e Legislativo.
No caso do Executivo, em período de eleição e mesmo quando do início de uma
gestão, não raras são as propostas de governo que não preveem ações para área do esporte
ou mesmo ações para áreas diversas que se utilizam e/ou interagem com o esporte. Os
agentes relacionados ao campo esportivo, assim ficam desinformados a respeito da área
sobre o qual atuam e/ou se interessam. Como consequência, se decidirem seu voto e apoio
tendo como base as propostas relacionadas ao esporte, algumas candidaturas acabam
saindo atrás da concorrência, pois ao não preverem o esporte deixam de atender um
importante nicho social.
Quanto muito, percebendo a existência deste nicho que compõe um campo social
específico formado por agentes relacionados em alguma medida com o esporte,
candidatos a cargos do Legislativo militam junto à bandeira esportiva, fazendo deste
campo sua plataforma eleitoral. Entretanto, estes casos comumente são pautados por
articulações político-econômico-sociais em defesa de interesses de grupos específicos,
não necessariamente atendendo as demandas da sociedade em geral. Tratam-se, no má-

Eleições 2018
7
5

ximo, de influências às políticas de governo, encontrando-se ainda mais distantes das políticas de
Estado.
Por esta razão e considerando que ainda não há no Brasil um ordenamento jurídico estatal
que estabeleça uma política esportiva de Estado é que acredita-se que encontra-se no âmbito do
Executivo o principal lócus de estruturação e implementação de políticas esportivas em
âmbito nacional, estadual, distrital e municipal. Tendo este cenário em conta, objetivou-
se nesta pesquisa identificar nos planos de governo de todas as candidaturas
cadastradas no Tribunal Superior Eleitoral às eleições do ano de 2018 aos cargos de
Presidente da República e Governador Estadual de todos os estados brasileiros e do
Distrito Federal, as propostas para o setor esportivo ou relacionadas em alguma
medida ao esporte.
Espera-se com esse esforço de identificação e compilação de propostas
relacionadas ao esporte informar todos os agentes relacionados ao campo esportivo e à
sociedade em geral. Enfatiza-se que o setor esportivo não diz respeito exclusivamente ao
esporte competitivo de representação nacional, mas também às práticas corporais ou
atividades físicas praticadas por todas as pessoas tendo como objetivo seu lazer, saúde,
bem-estar, educação, entre outros.
Todo o esforço aqui traçado por um grupo de pesquisadores membros do Grupo
de Estudos e Pesquisa em Políticas Públicas de Esporte e Lazer (GEPPOL) da
Universidade Estadual de Maringá (UEM), do Centro de Estudos em Gestão do Esporte
e Lazer (CEGEL) da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e da Secretaria
Estadual Paraná do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE-PR) é
absolutamente apartidário, tendo em vista tão somente contribuir para a área científica e
social das Políticas de Esporte e, reitera-se, informar a população sobre as propostas para
o esporte nas candidaturas a cargos do Executivo nas eleições de 2018.

Eleições 2018
8
6

2. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

Felipe Canan

Tipo de pesquisa:
A pesquisa apresenta caráter descritivo e propõe-se à compilação das propostas
relacionadas à área do esporte feitas pelas candidaturas à Presidência da República e ao
Governo dos estados e do Distrito Federal

Amostragem:
Compuseram a amostra todas (N = 203 ou 100%) as candidaturas deferidas ou em
processo de avaliação pelo Tribunal Superior Eleitoral à Presidência da República e ao
Governo dos estados e Distrito Federal até a data-limite estipulada para coleta de dados
nesta pesquisa.
Em termos de números concretos, a amostragem foi de 13 (6,4%) candidaturas à
Presidência da República, 179 (88,18%) ao Governo dos estados e 11 (4,49%) ao Governo
do Distrito Federal.
Além de dados gerais dos candidatos, a proposta de governo de cada candidatura
foi acessada em busca das informações relativas à área do esporte. Do total de 203 (100%)
candidaturas pesquisadas, somente 15 (7,39%) não tinham a proposta de governo
cadastrada na página eletrônica do Tribunal Superior Eleitoral e 41 (20,2%) não preveem
o esporte ou temas correlatos.

Eleições 2018
9

Período de coleta:
Todas as coletas foram realizadas até o dia 19 de setembro de 2018, na página
eletrônica do Tribunal Superior Eleitoral destinada à divulgação das candidaturas e contas
eleitorais dos candidatos às Eleições do ano de 2018.

Critérios de inclusão:
Foram selecionadas somente as candidaturas que até o dia 19 de setembro de 2018
estavam deferidas ou ainda sem definição (“indeferida com recurso” e “pendente de
julgamento”).

Critérios de exclusão:
Somente candidaturas indeferidas até o dia 19 de outubro de 2018 foram excluídas
da amostragem.

Dados coletados relativos aos candidatos:


Foram coletados os seguintes dados relativos aos candidatos:
- nome na urna;
- partido;
- coligação;
- nome do vice;
- cor/raça;
- gênero;
- idade;
- grau de instrução;
- ocupação.

Dados coletados relativos às propostas para o esporte ou que abrangem em alguma


medida o esporte:
Na proposta de governo de cada candidatura foram coletados:
- visão sobre a área do esporte ou correlatas (educação física, atividade física);
- as propostas para a área do esporte (educação física, atividade física);

Eleições 2018
10

- propostas correlatas à área do esporte. Este item abarcou propostas para outras
áreas setoriais/sociais, mas que abrangiam em alguma medida o esporte.

Procedimentos de coleta:
A coleta teve como base os seguintes critérios:
- todas as coletas foram realizadas por pesquisadores em nível de pós-graduação
da área de Políticas Públicas de Esporte, por meio de uma parceria entre o Grupo
de Estudos e Pesquisa em Políticas Públicas de Esporte e Lazer (GEPPOL) da
Universidade Estadual de Maringá (UEM), o Centro de Estudos em Gestão do
Esporte e Lazer (CEGEL) da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
(UESB) e a Secretaria Estadual Paraná do Colégio Brasileiro de Ciências do
Esporte (CBCE-PR).
- para coleta dos dados dos candidatos utilizou-se a página eletrônica do Tribunal
Superior Eleitoral onde constam as candidaturas (TSE, 2018). A própria página
apresenta os dados de maneira pontual e didática, bastando sua compilação.
- para coleta das propostas relativas à área do esporte acessou-se a proposta de
governo de cada candidatura na mesma página eletrônica. Utilizou-se o descritor
“esport”, sem a letra “e” ao final, de forma a abranger as palavras “esporte”,
“esportiva”, “esportivo”, “desportiva”, “desportivo” e “desporto”, todas no
singular e no plural.
- somente no caso das propostas para Presidência da República foram buscados
também os descritores “educação f”, “atividade f”, “atividades f”, “exercício f” e
“exercícios f”, com intuito de abarcar possíveis propostas relativas à educação física,
atividade física ou exercício físico que eventualmente não se encontravam no descritor
“esport”. Como a quantidade de casos em que os demais termos já não se encontravam
abarcados na busca pelo descritor “esport” foi insignificante, optou-se por descartar este
tipo de busca em relação às propostas para Governo dos estados e do Distrito Federal.

Apresentação dos dados:


Procurou-se manter o padrão original de cada proposta no que diz respeito à
numeração, uso de caixa alta ou baixa e itens. Negritos foram retirados para não haver
maior ou menor destaque em relação a alguma proposta e tudo o que foi identificado pelos

Eleições 2018
11

descritores foi copiado sequencialmente na tabela respectiva a cada candidatura. Em caso


de dúvidas, todas as propostas podem ser acessadas a partir do site
<http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/#/>.

Análise dos dados:


Nenhuma análise sobre as propostas relativas ao esporte e propostas de governo
em geral foi tecida. Buscou-se com isso manter-se um caráter neutro, sem qualquer tipo
de posicionamento político-partidáro ou juízo de valor. Trata-se de um conteúdo
meramente descritivo e informativo a fim de contribuir para o conhecimento de leitores,
pesquisadores e agentes políticos em relação às propostas eleitorais para área do esporte.
O único procedimento de análise realizado foi um levantamento demográfico
geral do perfil dos candidatos ao Governo Federal, levando em conta os indicadores etários,
de gênero, raça/cor e ocupação.

Legenda de Siglas:
AVANTE – Avante
DC - Democracia Cristã
DEM - Democratas
MDB - Movimento Democrático Brasileiro
NOVO - Partido Novo
PATRI - Patriota
PCB - Partido Comunista Brasileiro
PCdoB - Partido Comunista do Brasil
PCO - Partido da Causa Operária
PDT - Partido Democrático Trabalhista
PHS - Partido Humanista da Solidariedade
PMB - Partido da Mulher Brasileira
PMN - Partido da Mobilização Nacional
PODE - Podemos
PP – Progressistas
PPL - Partido Pátria Livre

Eleições 2018
12

PPS - Partido Popular Socialista


PR - Partido da República
PRB - Partido Republicano Brasileiro
PROS - Partido Republicano da Ordem Social
PRP - Partido Republicano Progressista
PRTB - Partido Renovador Trabalhista Brasileiro
PSB - Partido Socialista Brasileiro
PSC - Partido Social Cristão
PSD - Partido Social Democrático
PSL - Partido Social Liberal
PSDB - Partido da Social Democracia Brasileira
PSOL - Partido Socialismo e Liberdade
PSTU - Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado
PT - Partido dos Trabalhadores
PTB - Partido Trabalhista Brasileiro
PTC - Partido Trabalhista Cristão
PV - Partido Verde
REDE - Rede Sustentabilidade
SOLIDARIEDADE – Solidariedade
TSE – Tribunal Superior Eleitoral

Legenda de Figuras:
Candidato à reeleição

Eleições 2018
13

3. BRASIL

João Paulo Melleiro Malagutti


Felipe Canan

Eleições 2018
14
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

3.1. PERFIL DOS CANDIDATOS AO GOVERNO FEDERAL

IDADE
6

30 - 39 ANOS 40 - 49 ANOS 50 - 59 ANOS 60 - 69 ANOS 70 ANOS OU MAIS

Figura 1 – Idade dos candidatos ao Governo Federal

GÊNERO

0 2 4 6 8 10 12

FEMININO MASCULINO

Figura 2 – Gênero dos candidatos ao Governo Federal

Eleições 2018
15
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

COR / RAÇA
12

10

BRANCA PRETA PARDA

Figura 3 – Cor/Raça dos candidatos ao Governo Federal

PROFISSÃO
2,5

1,5

0,5

Figura 4 – Profissão dos candidatos ao Governo Federal

Eleições 2018
16
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

3.2. PROPOSTAS DOS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA


REPÚBLICA RELACIONADAS À ÁREA DO ESPORTE

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ALVARO DIAS PODE
VICE Paulo Rabello
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PODE / PRP / PSC / PTC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
73 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Senador
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


CABO DACIOLO PATRI
VICE Professora Suelene Balduino
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PATRI
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
42 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Deputado Federal
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


CIRO GOMES PDT
VICE Kátia Abreu
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PDT / AVANTE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
60 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado

Eleições 2018
17
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

PROPOSTAS
5 INVESTIR MACIÇAMENTE NA EDUCAÇÃO
Só o investimento maciço na Educação poderá fazer do Brasil um país justo e desenvolvido,
com oportunidades iguais para todos os seus cidadãos. Investir na melhoria da qualidade da
Educação Pública será uma das nossas principais prioridades. E esta prioridade já começa na
Educação Infantil, com a implantação paulatina de Creches de Tempo Integral para as crianças
de 0 a 3 anos. É nesse período que se formam as aptidões mais sofisticadas do ser humano.
Vamos criar um programa específico para cuidar de todas as crianças nessa faixa etária. Em
relação ao Ensino Fundamental, nosso problema não é o acesso e sim a qualidade. Vamos
investir fortemente em sua melhoria. Almejamos obter no Ensino Fundamental do Brasil os
mesmos resultados alcançados no Ceará, que com 77 das 100 melhoras escolas públicas do
Ensino Fundamental brasileiro, tornou-se hoje referência nacional. Outra meta é elevar a média
de anos de estudo da população, introduzindo a Educação de Tempo Integral desde o Ensino
Fundamental II até o Ensino Médio e fazendo da escola um local de aprendizado,
desenvolvimento esportivo, artístico e social, diversão e lazer, reduzindo assim a grave evasão
que existe hoje, premiando as escolas em que a evasão for reduzida e o desempenho dos alunos
tenha melhorado. A política educacional vai reconhecer e valorizar o professor e os gestores
escolares. As universidades públicas deverão, além de ampliar a oferta de vagas e prosseguir
com as políticas de cotas, estreitar seus laços com as políticas e ações no campo da educação
básica e ciência, tecnologia e inovação. Como objetivo geral, vamos caminhar na direção do
alcance das metas de desenvolvimento sustentável da ONU no tocante à Educação e persistir
na aplicação das metas estabelecidas no Plano Nacional da Educação (PNE). Vamos eliminar
o subfinanciamento das despesas com educação causado pela Emenda do Teto de Gastos.
RESPEITO À JUVENTUDE:
10.11 Os jovens necessitam de política específicas para o seu desenvolvimento e sua
transformação em cidadãos plenos. Vamos a elas:
Em relação ao acesso ao esporte e lazer:
• Desenvolvimento de programas de incentivo ao esporte, como iniciativas regionais e o Bolsa
Atleta;
• Implementação e qualificação do esporte nas escolas como ferramenta de entretenimento e
amparo dos jovens estudantes;
• Promoção facilitada do acesso à cidade e espaços de lazer para que os jovens possam viver a
cidade em sua plenitude.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


EYMAEL DC
VICE Helvio Costa
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
DC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
78 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Empresário
PROPOSTAS
UNIVERSALIZAR O ACESSO AO ESPORTE AMADOR

Eleições 2018
18
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

17. Implantar o PRÓ-AMADOR – PLANO NACIONAL DE APOIO AO ESPORTE


AMADOR COMPETITIVO, reconhecendo sua importância na formação do caráter dos Jovens
e no combate as drogas, promovendo ainda políticas públicas para integração da criança e do
adolescente na prática do esporte, em suas várias modalidades.
FAZER DO BRASIL, UMA NAÇÃO OLÍMPICA!

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


FERNANDO HADDAD PT
VICE Manuela D'Ávila
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT / PC do B / PROS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de Ensino
Superior Completo
Superior
PROPOSTAS
NOVO PACTO FEDERATIVO PARA A PROMOÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS
O governo Haddad vai trabalhar pelo acesso pleno da população aos bens e serviços culturais
como uma garantia de cidadania, em toda a riqueza de nossa diversidade e produção cultural
regional e nacional. Cultura, esporte, lazer e assistência social são direitos constitucionais que
devem gerar sistemas nacionais, a exemplo do SUAS (Sistema Único da Assistência Social),
que será defendido e promovido pelo governo federal, ou do Sistema Único do Esporte a ser
criado no governo Haddad.
2. INAUGURAR UM NOVO PERÍODO HISTÓRICO DE AFIRMAÇÃO DE DIREITOS
2.3 PROMOVER OS DIREITOS DAS JUVENTUDES
Será retomada a expansão de matrículas no ensino superior e nos ensinos técnico e profissional.
O governo Haddad ampliará a participação da União no ensino médio, de modo a transformar
essas escolas em espaços de investigação e criação cultural e em polos de conhecimento,
esporte e lazer, garantindo educação integral. Serão retomados, fortalecidos e ampliados os
programas que valorizem e promovam os direitos das juventudes nos seus territórios, sejam
eles rurais ou urbanos.
3. NOVO PACTO FEDERATIVO PARA PROMOÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS
3.1 EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DAS PESSOAS E DO PAÍS
c) Convênio com os Estados e o DF para que o governo federal se responsabilize por escolas
situadas em regiões de alta vulnerabilidade, e que terá as seguintes características:
- O governo federal ficará responsável pela reforma e ampliação das escolas, implantação de
internet de alta velocidade, laboratório, biblioteca e equipamentos desportivos e culturais;
- As escolas serão abertas para as respectivas comunidades e serão polos de cultura, esporte e
lazer.
3.2 SAÚDE COMO DIREITO FUNDAMENTAL
O governo vai atuar fortemente na área da promoção da saúde, com políticas regulatórias e
tributárias (referentes ao tabaco, sal, gorduras, açucares, agrotóxicos etc.), por meio de
programas que incentivem a atividade física e alimentação adequada, saudável e segura.
Estabelecerá ainda forte ação de controle do Aedes aegypti, que vem fragilizando a saúde no
país. Implantará também programas de valorização do parto normal, humanizado e seguro, de

Eleições 2018
19
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

superação da violência obstétrica e da discriminação racial no SUS. Ademais, o governo


Haddad reafirmará seu compromisso com a agenda da Reforma Psiquiátrica.
3.4 SEGURANÇA PÚBLICA CIDADÃ
Nesse sentido, este Plano propõe a repactuação federativa de modo a ampliar e qualificar a
prestação de serviços públicos em educação, saúde, empregos, esporte e lazer, entre outras.
3.5 CULTURA PARA GARANTIR A DEMOCRACIA, A LIBERDADE E A
DIVERSIDADE
Reafirmaremos nosso compromisso com a Convenção da UNESCO sobre a Proteção e
Promoção da Diversidade Cultural, construindo um ciclo de políticas que respondam aos
direitos culturais dos povos indígenas, quilombolas e ribeirinhos. O ambiente digital também
requer políticas inovadoras de direito autoral, já que, hoje, plataformas online e gravadoras
absorvem recursos que deveriam remunerar artistas e criadores brasileiros. Além disso, é
preciso fortalecer e ampliar o acesso da população brasileira a bens e serviços culturais online.
O governo Haddad irá afirmar também o caráter transversal da cultura como forma de ampliar
a compreensão da sociedade brasileira sobre o papel da cultura e da arte tanto na construção de
uma sociedade mais democrática quanto como um dispositivo para o desenvolvimento
econômico e social do país. Para isso, assume o compromisso em intensificar o diálogo da
cultura com outros campos, como a educação, a ciência e tecnologia, a comunicação, o esporte,
a saúde, a economia e o turismo. No cenário global, fortaleceremos os mecanismos de inserção
da cultura brasileira em sintonia com a presença altiva, ativa e soberana do Brasil no contexto
das relações internacionais.
3.6 AGENDA DE FUTURO PARA O ESPORTE BRASILEIRO
O esporte é um direito social previsto em nossa Constituição. Como instrumento de formação
educacional e integração social, que contribui para a convivência em comunidade e para a vida
saudável, o esporte constrói a cidadania. Como manifestação cultural é um dos pilares
constituintes da identidade brasileira. É também uma potente âncora econômica, com força para
gerar riquezas e empregos, sendo historicamente um importante fator de desenvolvimento social
e inserção das minorias. Sua capacidade de mobilizar crianças, adolescentes e jovens permite
a implementação de ações transversais nas áreas de educação, saúde e segurança cidadã.
Os governos Lula e Dilma investiram muito no esporte. Destacam-se a criação da Bolsa Atleta
(auxílio financeiro para o jovem atleta estudar e treinar), a aprovação da Lei de Incentivo ao
Esporte, induzindo a uma maior participação das empresas no patrocínio esportivo, a
recuperação da vocação esportiva das Forças Armadas e dos Clubes Esportivos Sociais,
instituições que estão na base da tradição esportiva brasileira, construção e requalificação de
milhares de quadras esportivas, a recuperação dos equipamentos esportivos da maioria das
modalidades esportivas, com a aquisição de equipamentos que permitiram um grande salto de
qualidade na preparação dos atletas nacionais, além da organização dos grandes eventos
esportivos.
Por decisão do Presidente Lula, o esporte paralímpico passou a ser valorizado, recebendo a
mesma atenção que os esportes olímpicos. Como resultado, milhares de jovens com deficiência
acharam uma oportunidade de vida no esporte, transformando o Brasil em uma potência no
esporte paralímpico, revelando valorosos exemplos de sucesso e criando uma geração de novos
ídolos, que assombram a todos com suas histórias de superação e dedicação. Na mesma linha,
a Presidente Dilma apoiou a construção do Centro Paralímpico Brasileiro, um dos mais
modernos do mundo, além de garantir a ampliação do financiamento ao esporte paralímpico.
Esses novos recursos permitiram ao Comitê Paralímpico Brasileiro a gestão do Centro em
altíssima qualidade, criando um dos maiores casos de sucesso na gestão do Legado dos Jogos
Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.
A Copa do Mundo FIFA 2014 e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, para citar apenas
dois exemplos, induziram investimentos urbanos, modernizaram nossa infraestrutura esportiva,
geraram investimentos em aeroportos e na economia do turismo. Em um período de pouco mais
de uma década superamos o atraso da nossa infraestrutura esportiva e criamos um dos mais

Eleições 2018
20
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

importantes conjunto de equipamentos esportivos do mundo. Projetos como o Metrô do Rio


que se arrastavam a décadas foram entregues em prazo recorde, trazendo qualidade de vida à
população.
Mostramos ao planeta que, fora de campo, somos capazes de receber povos do mundo todo.
Lembramos com orgulho e nostalgia das imagens da convivência dos brasileiros com
torcedores de todas as partes do planeta, em um ambiente de festa e com absoluta segurança.
Os grandes eventos deixaram lições. É preciso continuar atraindo eventos internacionais para
aproveitar a vantagem competitiva gerada pela qualidade das novas instalações esportivas.
Avaliar os erros e acertos é um imperativo para que o país possa continuar competitivo nesse
segmento econômico tão relevante.
É tarefa urgente reverter o sucateamento de parte das estruturas criadas e retomar os
investimentos em manutenção, operação e construção, abandonados em grande parte pelo
governo golpista, bem como recuperar o projeto original de Legado dos Parques Olímpicos do
Rio, articulando a Rede Nacional de Treinamento é tarefa de curto prazo.
Nosso programa de governo entende que o desenvolvimento do esporte deve ser tratado como
política de Estado. Por essa razão, proporemos ao país um grande debate para a criação do
Sistema Único do Esporte, definindo o papel da União, Estados, DF, Municípios e das entidades
esportivas na oferta de políticas de esporte (sistema quadripartite), a exemplo do que ocorre na
saúde, com o SUS. A governança desse Sistema deve assegurar a participação e controle social
e a otimização dos recursos públicos.
Para promover um grande salto na gestão do esporte brasileiro, o governo vai implementar a
Universidade do Esporte, articulando ensino, pesquisa e extensão, visando a formação de
profissionais de nível internacional voltados para toda a cadeia produtiva do esporte (gestão
esportiva, saúde, pesquisa e políticas públicas.
O futebol expressa a própria identidade nacional e será foco de importantes políticas públicas
voltadas para a transparência, a boa gestão e o fortalecimento do mercado brasileiro. Por meio
do BNDES, o governo implementará o Programa de Modernização da Gestão do Futebol, além
de apoiar a construção de um calendário unificado que garanta atividade anual permanente para
todas as séries e campeonatos. Apoiará também a estruturação a nível nacional do futebol
feminino. O governo federal vai contribuir para a viabilização das Arenas da Copa nos Estados,
estimulando a promoção de eventos e gerando, no curto prazo, milhares de empregos. O futebol
se tornará vetor de desenvolvimento e promoção das capacidades do país.
O governo Haddad investirá em todas as práticas esportivas, tais como vôlei, basquete, natação
e esportes radicais, tanto no esporte amador quanto no de alto rendimento. O Plano Brasil
Medalhas será relançado e aperfeiçoado, bem como os investimentos na Rede Nacional de
Treinamento. Serão retomados os investimentos na infraestrutura de equipamentos esportivos,
sobretudo reforma e requalificação de quadras nas escolas. O foco será nos equipamentos
voltados às juventudes e na acessibilidade para pessoas idosas e com deficiência. Além disso,
serão promovidos o esporte escolar e a integração da política de esporte com as demais políticas
públicas, o que inclui o apoio aos municípios na criação de espaços livres para prática
espontânea de esporte pela população.
5. TRANSIÇÃO ECOLÓGICA PARA A NOVA SOCIEDADE DO SÉCULO XXI
5.4 VIVER BEM NO CAMPO
5.4.6 Direitos humanos e sociais no campo
Temos compromisso com a efetivação dos direitos sociais dos povos do campo, das águas e
das florestas. Todos os programas e ações do governo federal serão voltados igualmente para
as cidades e para o campo, de modo a assegurar as condições de permanência e o viver bem no
meio rural, com saúde, educação, moradia digna, saneamento, iluminação, transportes e
atrativos culturais, de esporte e de lazer. Merece, ainda, destaque a universalização do acesso
à internet banda larga barata e acessível em todas as localidades.

Eleições 2018
21
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


GERALDO ALCKMIN PSDB
VICE Ana Amélia
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSDB / PTB / PP / PR / DEM / SOLIDARIEDADE /
PPS / PRB / PSD
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
65 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Médico
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


GUILHERME BOULOS PSOL
VICE Sonia Guajajara
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
36 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Historiador
PROPOSTAS
III - VIDAS NEGRAS IMPORTAM
O racismo estrutural
O Capital Globalizado, por sua vez, necessita abrir fronteiras de expansão. Capital não é apenas
dinheiro acumulado, mas em movimento buscando reproduzir-se. Estas fronteiras vão se
reduzindo na medida em que este capital vai se concentrando e, por esta razão, ele tende a se
tornar mais virulento. David Harvey aponta que os espaços urbanos são novas fronteiras de
expansão deste capital – as cidades viraram mercadorias e são organizadas de forma a atender
esta demanda do capital. Outras fronteiras estão na organização de megaeventos (como
festivais, torneios esportivos), serviços na área de educação e cultura, entre outros. Tudo
articulado com as gigantes de produção material em todos os ramos.
VIII – SEGURANÇA PÚBLICA DEFENDER A VIDA E NÃO A MORTE
O Direito à Segurança passa pela Segurança dos Direitos!
Os partidários do projeto neoliberal, que privatiza e condiciona o direito à segurança,
apresentam um paradoxo permanente: pretendem implementar um “mais Estado” repressivo
e/ou policial para solucionar o aumento generalizado da insegurança objetiva e subjetiva que
é, ela mesma, causada pela ausência de uma intervenção estatal efetiva nos campos econômico
e social. Isso não é mera coincidência: é precisamente devido ao fato das elites estatais
abandonarem os mecanismos de distribuição de renda, geração de emprego, educação e saúde,

Eleições 2018
22
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

cultura, esporte e lazer, deixando-os cada vez mais a cargo das iniciativas privadas ou
particulares, que devem reforçar sua intervenção nos assuntos de “segurança”, reduzida à
dimensão criminal.
O mau exemplo das UPPs: a redução da favela a três letras
As Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), instaladas no Rio de Janeiro a partir do ano de
2008, são um exemplo de política de segurança cara, ineficaz e extremamente prejudicial à vida
social nas comunidades, a ponto de tornar-se letal para os jovens negros das favelas em que
foram criadas. Instaladas com apoio total da grande mídia, como se fossem o remédio para
todos os males daquelas comunidades, revelaram-se, ao longo do tempo, um grande fracasso
na redução da violência. Na sua implementação, eram previstas ações integradas com as
políticas assistenciais, que nunca foram implementadas, servindo como exemplo de uma
política que apostou todas as fichas exclusivamente na militarização da segurança nos
territórios pobres. Ao mesmo tempo, podem ser consideradas bem-sucedidas em promover a
segregação e estigmatização das populações dessas comunidades, bem como de abrir esses
territórios aos negócios e objetivos do mercado, especialmente durante os megaeventos
esportivos da última década (Copa das Confederações, Jogos Olímpicos e Copa do Mundo).
Atualmente, as mesmas estão em processo de extinção, tendo já cumprindo seu macabro papel.
4. Fortalecimento da rede socioassistencial
A morte começa no abandono. Essa é a dura realidade no cotidiano de milhares de meninos e
meninas, adolescentes e jovens encontrada no Relatório Final “Cada Vida Importa”, documento
elaborado pelo Comitê Cearense de Prevenção de Homicídios na Adolescência. As periferias
sofrem grande intervenção do Estado, mas quase que exclusivamente por políticas de controle,
vigilância e repressão. Na maioria das periferias e favelas não existem investimentos estatais
em equipamentos de arte, cultura, esporte e lazer, são parcos os equipamentos da assistência e
saúde, não há sequer saneamento básico, mas concentram os maiores investimentos na
tecnologia da morte, inclusive com tanques de guerra.
11. Prevenção à Violência, redução de homicídios e políticas setoriais
As políticas de prevenção visam impedir, limitar e constranger o uso da violência na
administração de conflitos, favorecendo o desenvolvimento de relações que se pautem pelos
princípios dos direitos humanos, incluindo o respeito às diferenças. Numa sociedade desigual
e hierarquizada, a prevenção de delitos e violência deve orientar-se por uma visão afirmativa
de valorização da vida e da experiência das populações mais vulnerabilizadas, dentre as quais
merecem destaque mulheres, jovens, negros, indígenas, LGBTs e usuários problemáticos de
álcool e outras drogas. É preciso ter estratégias de ação antes que as violências ocorram. Estas
ações precisam ser articuladas com as demais políticas de assistência e com a visão do
desenvolvimento humano: escola, renda, trabalho, cultura, lazer, esporte, participação social,
universidade. As políticas públicas de juventude são fundamentais para o deslocamento da
visão de segurança pública que queremos promover. A mediação, a justiça restaurativa e as
alternativas penais também devem ser fortalecidas.
XV - NOVA POLÍTICA CULTURAL PARA UM NOVO MUNDO
O nosso programa de governo propõe:
6. Integração e transversalidade da arte e cultura em todos os setores da vida social, como a
educação, o esporte, o meio ambiente, comunicação e trabalho. Promover acesso à cidadania e
ao direito cultural através de políticas, programas e projetos em parceria com a Educação (pois
Educação sem cultura é adestramento). Algumas propostas já detalhadas no Plano Nacional de
Cultura - como ações culturais nas Escolas, a presença da arte nos currículos etc - podem servir
de modelo para o nosso programa;
XVII – A JUVENTUDE TEM DIREITO AO FUTURO
Um futuro para a juventude é possível!
Em defesa da vida da juventude
Enquanto isso, segundo o Ministério da Justiça, 400 mil jovens estão encarcerados e aqueles
entre 18 e 29 anos correspondem a 55% dos 726 mil presos brasileiros. Isto prova que inchar
ainda mais o sistema carcerário é parte do problema, não da solução. As prisões constituem um

Eleições 2018
23
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

grande fracasso da política criminal: favorecem uma rede para o cometimento de novos crimes,
banalizam a violência, pioram as pessoas. Longe de promover qualquer "ressocialização",
ajudam a consolidar carreiras criminosas. Devemos, sempre que possível, apostar em formas
alternativas de responsabilização e criar mecanismos para ressocializar jovens encarcerados
através do trabalho, do estudo, da cultura e do esporte.
14. Investimento na criação de espaços de cultura e lazer aos jovens, como bibliotecas, praças,
pistas de skate, teatro e ginásios esportivos, sobretudo nas periferias. Esses espaços devem ser
de convivência e descanso, com infraestrutura mínima de bebedouros, banheiros, iluminação,
wi-fi etc.;
XVIII – ESPORTE E LAZER: DIREITOS SOCIAIS
A Constituição de 1988 definiu o esporte como direito individual e, na sua dimensão de lazer,
como direito social. Esporte e Lazer são direitos porque são necessidades humanas e, assim,
devem incumbir o Estado a desenvolver políticas públicas que garantam o acesso da população.
Nos governos subsequentes a 1988, as mudanças na legislação se limitaram à regulação do
mercado sobre as práticas esportivas e de lazer. Entre 2003 e 2016, a agenda esportiva
entrelaçou-se à agenda política com a promoção de grandes eventos: Pan-Americano e Para-
Pan (2007); Jogos Mundiais Militares (2011); Copa das Confederações (2013); Copa do Mundo
de Futebol (2014); Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (2015); Jogos Olímpicos e
Paralímpicos (2016).
Em 2003, com o estabelecimento do ministério específico para o esporte, retomava-se a
efêmera iniciativa tucana de 1995. O ministério dos esportes tornou-se o espaço privilegiado
de articulação entre as entidades esportivas nacionais e internacionais e para a elaboração de
medidas e políticas públicas.
Em 2003, foram sancionados o Estatuto do Torcedor (Lei 10.671/03) e a Lei de Moralização
do Esporte (Lei 10.672/03), em continuidade ao trabalho realizado pela gestão tucana. O
horizonte ideológico de ambos, apesar dos avanços com respeito à desorganização que marca
o futebol brasileiro, não ultrapassa as balizas do Direito do Consumidor, reiterando a
perspectiva de modernidade baseada no futebol-empresa e sua busca por patrocínios,
investimentos, licenciamento de produtos, direitos de transmissão, bilheteria e publicidade.
A herança neoliberal do Estatuto poderia ter sido combatida durante a alteração estabelecida
em 2010, pela Lei 12.299/10. No entanto, já envolvido na preparação da Copa de 2014 e nos
Jogos de 2016 e submetido à lógica dos megaeventos esportivos, o governo não impediu que,
nas modificações, se reforçasse a criminalização das torcidas organizadas, num processo
análogo e que se intensificou pari passu à criminalização dos movimentos sociais.
Na esteira da política de conciliação de classes, enquanto a burocracia esportiva reacomodava-
se com o Planalto, instituíam-se espaços de debate e formulação de políticas públicas por meio
das Conferências Nacionais do Esporte.
A Carta de Brasília de 2004, resultado da primeira Conferência, destacava a participação
popular, a transparência no gerenciamento de recursos, a inclusão social, a democratização e a
constituição de um Sistema Nacional do Esporte e Lazer. O texto ultrapassava o modelo
calcado no esporte de alto rendimento, articulando as políticas de esporte e lazer como direitos
sociais.
A inflexão política ocorreu a partir da segunda conferência (2006). A pressão de grupos
conservadores resultou na valorização do esporte de alto rendimento, a despeito de
manifestações acerca da pretensão em se estabelecer uma estrutura democrática e
descentralizada com o Sistema Nacional de Esporte e Lazer.
A prioridade para o esporte espetacularizado consolidou-se na terceira conferência (2010). A
essa altura, já estavam confirmados a Copa (2014) e os Jogos Olímpicos (2016). A intenção era
preparar o Brasil para organizar os megaeventos e torná-lo uma das dez potências esportivas
internacionais, o que colaborou para frear a democratização do esporte e postergar a
implementação do Sistema Nacional.
O governo reforçava-se com uma ampla base que encadeava administrações municipais e
estaduais dos mais diversos partidos à cúpula federal. Os programas de incentivo às empresas,

Eleições 2018
24
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

os financiamentos do BNDES e a ação das empreiteiras nacionais pavimentavam as obras de


infraestrutura e construção das arenas esportivas.
O Caderno de Encargos entregue pela CBF e pelo governo à FIFA em 2007 norteou a
elaboração da Lei 12.663/12, conhecida como a Lei Geral da Copa. Muitas das suas disposições
representaram violações ao ordenamento jurídico e à soberania nacionais. Chancelada pelos
três poderes da República, a Lei Geral estabelecia uma bolha de benefícios tributários e
privilégios à FIFA.
O governo federal investiu nas obras de infraestrutura – justificadas pelo “legado esportivo” –
e disponibilizou crédito farto e barato às empresas por meio do BNDES, para a construção das
excludentes arenas esportivas. A enorme transferência de recursos públicos para o setor privado
pode ser exemplificada pelos custos da Copa do Mundo, estimados em cerca de R$ 40 bilhões,
dos quais somente 13,37% originários da iniciativa privada.
A Copa do Mundo de futebol, bem como os Jogos Olímpicos, permitiram os lucros da grande
mídia, garantiram vultosos recursos para as empreiteiras, rechearam os bolsos das grandes
empresas que participaram dos consórcios esportivos, destinaram polpudas propinas para
parlamentares e representantes dos três níveis da administração pública e possibilitaram a
elitização nas arenas esportivas e estádios de futebol. Como diversas políticas públicas no
Brasil, as políticas de esporte estiveram voltadas para os interesses das classes dominantes.
O financiamento público do esporte foi feito, sobretudo, por meio de gastos tributários, ou seja,
desonerações e renúncias fiscais, sem controle por parte da sociedade e movimentado pelos
interesses de empresas, clubes, federações e comitês.
Entre 2015 e 2017, por exemplo, esses gastos representaram 54.4%. Enquanto 27,4% vieram
de fontes extra-orçamentárias (patrocínio de estatais e entidades da administração federal,
repasses sobre concursos prognósticos, contribuição sobre salários e sobre as transferências de
atletas profissionais) e apenas 18,2% de fonte orçamentária. Ou seja, o Estado deixou de
arrecadar ou permitiu que o setor privado definisse a prioridade da promoção esportiva.
Nos últimos três anos foram destinados cerca de R$ 8 bilhões de recursos federais para o
esporte. Mais de 50% foi investido sem qualquer controle da sociedade. Aliás, uma parcela
significativa de recursos nem transitou pelo orçamento, sem discussões públicas sobre o seu
direcionamento.
O Estado deixou de arrecadar ou permitiu que o setor privado definisse a prioridade da
promoção esportiva. Por meio de medidas como a Lei de Incentivo ao Esporte, os recursos são
destinados principalmente para os esportes de alto rendimento, com mais visibilidade na mídia,
beneficiando os grandes clubes e as entidades de administração esportiva.
Observa-se um processo de empobrecimento do futebol profissional no país, com a saída de
jovens atletas para o exterior, a falência dos clubes pequenos, devido à inexistência de um
calendário anual e um processo de elitização dos estádios e arenas, com a exclusão das camadas
mais pobres. É necessário garantir o direito à prática dessa modalidade conjugada a uma
política de fortalecimento dos clubes, compreendidos como entidades sociais de aglomeração
dos sentimentos, que devem ofertar serviços acessíveis para as camadas subalternizadas.
Por outro lado, priorizar os esportes de alto rendimento, sobretudo as competições, naturalizam
desigualdades e reforçam relações de dominação social. Sem negligenciar a importância dos
grandes atletas, que possuem suas demandas legítimas, é necessário valorizar outras práticas,
reconhecendo a oportunidade de reverter a razão normativa que estabelece a inferiorização dos
corpos das mulheres, que inibe a livre expressão da diversidade sexual, que reprime
violentamente a presença de pessoas transgêneras e intersexuais e que reforça estigmas racistas.
Para democratizar o acesso ao esporte e às práticas corporais devemos considerar os espaços
públicos, campos, ginásios e quadras como lugares para todos e todas se apropriarem. Também
devemos recuperar a gestão pública eficiente de seus equipamentos e garantir o seu uso efetivo
pelos cidadãos. Também reposicionando as políticas públicas para a inclusão de setores
populares preteridos, tanto socialmente quanto pela hegemonia sexista dos corpos atléticos e
pelos esportes de alto rendimento, altamente lucrativos para a iniciativa privada.

Eleições 2018
25
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

Para que as pessoas possam viver melhor, tendo seus corpos como autônomos, fortalecidos e
livres, nosso programa de esporte e lazer propõe:
1. Constituir, de forma democrática e participativa, o Sistema Nacional de Esporte e Lazer,
articulando e integrando práticas corporais e esportivas nos âmbitos municipais, estaduais e
nacional de maneira a apoiar e fomentar projetos e programas de práticas corporais e de lazer
que não se restrinjam ao esporte de alto rendimento;
2. Romper com a política de conciliação com a cartolagem dos clubes, federações e
confederações esportivas e auditar as contas das entidades esportivas (CBF, COB e federações);
3. Criar a Lei Prata da Casa: uma taxa decrescente para as transferências internacionais de
jogadores até 23 anos, forma legal para interferir no êxodo dos jovens atletas e proteger os
clubes de formação, garantindo maior qualidade técnica para o futebol disputado no país.;
4. Apoiar e fomentar projetos e programas de práticas corporais e de lazer que não se restrinjam
ao esporte de alto rendimento;
5. Garantir apoio institucional e incentivo financeiro ao futebol feminino;
6. Garantir a participação dos movimentos LGBTIs na formulação de programas e projetos de
esporte, lazer e práticas corporais;
7. Desenvolver programas e projetos para o combate a manifestações de preconceito de gênero,
sexual, racial e regional;
8. Estabelecer programas de vivência e formação paralímpica com o Comitê Paralímpico
Brasileiro, federações e governos municipais e estaduais;
9. Promover jogos, torneios e lazer para a Terceira Idade, como forma de garantir a intersecção
entre esporte e saúde, ampliando o PELC (Programa de Esporte e Lazer na Cidade) e
estimulando a organização e o reconhecimento de núcleos comunitários e seus atores locais;
10. Promover jogos, torneios e competições entre escolas como forma de incentivar o esporte
lazer e sociabilidades no ambiente escolar;
11. Transformar Ministério do Esporte em Ministério do Esporte e Lazer;
12. Realizar e atualizar permanentemente o Diagnóstico Nacional de Esporte e Lazer, bem
como fomentar a realização de diagnósticos estaduais, distrital e municipais;
13. Realizar a Conferência Nacional de Esporte e Lazer a cada dois anos e induzir a realização
de Conferências Livres, Regionais, Municipais, Distrital e estaduais;
14. Promover a cooperação esportiva internacional, com prioridade aos países da América
Latina, África e lusófonos;
15. Promover, em articulação e com protagonismo dos povos, Jogos Nacionais e Mundiais dos
Povos Indígenas a cada dois anos dando visibilidade às suas práticas corporais e às suas
demandas sociais, políticas e culturais;
16. Fortalecer e ampliar a REDE CEDES (Centro de Desenvolvimento do Esporte Recreativo
e do Lazer);
17. Criar o Programa de Apoio às Pesquisas relacionadas ao desenvolvimento do esporte e do
lazer no Brasil, que envolva a Rede CEDES, a Rede CENESP e criar o Centro de
Desenvolvimento da Educação Física Escolar;
18. Implementar o Programa Nacional de fabricação de equipamentos e materiais esportivos:
as Fábricas Sociais de Esporte e Lazer;
19. Criar uma Política Nacional de Formação em Esporte e Lazer, que abranja os diversos
níveis de ensino (técnico, graduação e pós-graduação) para os diferentes trabalhadores de
esporte e lazer (gestores, professores, técnicos, exatletas e agentes sociais) e programas sociais,
vinculados às instituições formadoras;
20. Democratizar e fortalecer o Conselho Nacional de Esporte, com maior representatividade
da sociedade com cunho consultivo e deliberativo;
21. Estabelecer mecanismos de Monitoramento e Avaliação das Políticas de Esporte e Lazer,
garantindo transparência e controle social;

Eleições 2018
26
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

22. Fomentar a constituição de Conselhos Comunitários para gestão dos equipamentos públicos
de esporte e lazer construídos, revitalizados e qualificados nas cidades, incluindo programação
com oficinas e práticas espontâneas de esporte e lazer gratuitas para a comunidade;
23. Auditar as contas das entidades esportivas (CBF, COB e federações);
24. Destinar dotação orçamentária para o Esporte e o Lazer, condizente com as metas já
aprovadas na 2ª Conferência Nacional de Esporte de 2006, sobretudo à vivência esportiva e ao
lazer;
25. Destinar os gastos orçamentários prioritariamente para a garantia do esporte e lazer como
direito, nos programas de fomento a vivência esportiva com fins educacionais e de participação;
26. Redefinir os gastos tributários, com diminuição progressiva do volume de recursos que não
transita pelo orçamento, inclusive a Lei de Incentivo do Esporte. Concentrar a renúncia fiscal
em projetos do interesse da sociedade e não dos interesses de patrocinadores e dirigentes;
27. Destinar os recursos extra-orçamentários de empresas estatais para a garantia do esporte e
lazer como direito e para a iniciação e a excelência esportivas;
28. Constituir um fundo público exclusivo do esporte e lazer, descentralizado e com
acompanhamento da sociedade civil;
29. Incluir a temática do Esporte e Lazer nas deliberações do Sistema Nacional de Democracia
Direta (conforme proposto no capítulo de Poder e Política deste programa) com a intervenção
e deliberação da sociedade na utilização dos recursos;
30. Estabelecer com as entidades esportivas uma política nacional de formação e
desenvolvimento de atletas, com a utilização dos recursos das loterias;
31. Fomentar o processo de democratização dos clubes, federações e da CBF;
32. Exigir contrapartidas sociais dos recursos públicos e renúncias fiscais dos clubes com o
estabelecimento de ingressos sociais, acessíveis à população de baixa renda;
33. Defender a regulamentação da negociação coletiva e centralizada da venda dos direitos de
transmissão televisiva e que a distribuição dos pagamentos: 50% divididos igualitariamente
entre todos os clubes, 25% baseados na classificação final do Campeonato anterior (o campeão
recebendo 20 vezes mais o valor que recebe o último classificado) e 25% variáveis de acordo
com o número de jogos transmitidos na televisão, como medida para combater a desigualdade
da distribuição de tais recursos.
34. Destinar 5% do total arrecadado pela venda coletiva e centralizada dos direitos de
transmissão a projetos sociais que promovam a prática do futebol, bem como a centros de
formação para o futebol feminino;
35. Revisar o Estatuto do Torcedor, para reverter a criminalização dos torcedores, coibir
manifestações preconceituosas racistas, homofóbicas, regionais e sexistas e garantir os horários
de realização das partidas adequados aos interesses dos setores populares;
36. Promover a discussão acerca da reforma do calendário do futebol brasileiro e da
organização de seus campeonatos estaduais, regionais e nacionais de maneira a constituir um
verdadeiro sistema de competição nacional.
XIX – RELAÇÕES INTERNACIONAIS: SOBERANIA NACIONAL, AUTONOMIA E
SOLIDARIEDADE AOS POVOS
A perspectiva colocada para a periferia – nessa lógica – é disputar a vinda de indústrias de
menor uso de tecnologia e intenso uso da força de trabalho. São plantas mais simples, de bens
de consumo leves, como têxteis, material esportivo, papelão, vidro etc., indústrias extrativistas,
como petróleo – sem refino – e mineração ou maquiladoras. Tais investimentos só se
concretizam com rebaixamentos constantes do preço do trabalho e precarização dos contratos
de mão de obra (este é o sentido da reforma trabalhista sancionada em 2017). Nesse quadro,
são dispensáveis pesquisa, inovação, universidades, sindicatos etc. São também desnecessárias
articulações regionais e extrarregionais como Mercosul, Unasul e BRICS que funcionem de
forma autônoma.

Eleições 2018
27
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


HENRIQUE MEIRELLES MDB
VICE Germano Rigotto
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / PHS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
73 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Engenheiro
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JAIR BOLSONARO PSL
VICE General Mourão
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSL / PRTB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
63 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Membro das Forças
Superior Completo
Armadas
PROPOSTAS
SAÚDE E EDUCAÇÃO
PREVENIR É MELHOR E MAIS BARATO
Outro exemplo será a inclusão dos profissionais de educação física no programa de Saúde da
Família, com o objetivo de ativar as academias ao ar livre como meio de combater o
sedentarismo e a obesidade e suas graves consequências à população como AVC e infarto do
miocárdio.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOÃO AMOÊDO NOVO
VICE Professor Christian
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
NOVO
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 ANOS Masculino Branca

Eleições 2018
28
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO


Superior Completo Engenheiro
PROPOSTAS
2. Educação De Qualidade E Conhecimento Para Que As Crianças E Os Jovens Possam
Construir Seu Futuro Em Um Mundo Em Transformação
Propostas
Novas formas de financiamento de cultura, do esporte e da ciência com fundos patrimoniais de
doações.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOÃO GOULART FILHO PPL
VICE Léo da Silva Alves
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PPL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
61 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Incompleto Escritor e Crítico
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARINA SILVA REDE
VICE Professor Christian
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
REDE / PV
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
60 ANOS Feminino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Historiadora
PROPOSTAS
DIRETRIZES E PRIORIDADES
CRIANÇA É PRIORIDADE ABSOLUTA
Atualmente, milhões de crianças que vivem em situação de pobreza no Brasil estão excluídas
de serviços públicos de qualidade, comprometendo seu desenvolvimento numa etapa decisiva
de suas vidas. Vamos enfrentar esse desafio instituindo a Política Nacional Integrada para a
Primeira Infância, prevista na Lei 13.257/16, com a coordenação de políticas setoriais,
envolvendo educação, saúde, desenvolvimento social, esportes e cultura, entre outras.

Eleições 2018
29
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

Atuaremos em parceria com Estados e Municípios no estabelecimento de metas e indicadores


para mensurar os investimentos, a qualidade e o impacto das políticas implementadas, apoiando
a elaboração de Planos Municipais de Primeira Infância.
EDUCAÇÃO COMO DIREITO E BASE PARA O DESENVOLVIMENTO
A escola deve ser um lugar atrativo para nossos jovens. Investiremos em infraestrutura
adequada, salas de aula e locais de convivência e apoio didático, como quadras esportivas e
bibliotecas. Nossas escolas devem promover atividades que estimulem o interesse dos jovens
e seu desenvolvimento integral, por isso, o uso de novas tecnologias nos processos de
aprendizagem será incentivado, bem como o ensino de linguagens artísticas, como teatro,
música, dança, audiovisual, promovendo uma forte aproximação entre educação e cultura.
Promoveremos, também, a educação científica de qualidade, fundamental para elevar a
sociedade brasileira a um novo patamar.
ESPORTE PARA A VIDA TODA
Para que os brasileiros tenham acesso aos benefícios do esporte é fundamental garantir políticas
públicas para incentivar a educação física nas escolas, as práticas do esporte e de atividades
físicas para a população jovem, adulta e idosa e promover o esporte de alto rendimento. Para
tanto nos comprometemos a um aumento substancial dos recursos federais destinado ao esporte
que, apesar de sua importância fundamental para a saúde e a formação do espirito de cidadania,
nunca recebeu o apoio adequado.
Adotaremos políticas de estímulo à prática da educação física nas escolas do ensino básico, nos
moldes da Base Nacional Comum Curricular, oferecida por profissionais com licenciatura na
área e à ampliação da construção de quadras esportivas cobertas nas escolas do ensino
fundamental.
Considerando, que apenas 22,3% da população brasileira são praticantes regulares de atividade
física ou esporte, forneceremos apoio técnico e financeiro para que Estados e Municípios
possam cumprir a meta de oferecer espaço público adequado à atividade física para cada grupo
de 10 mil habitantes.
Apoiaremos os municípios com mais de 100 mil habitantes a implantarem ciclovias, pistas de
corridas e caminhadas, que interliguem os espaços residenciais e os comerciais, bem como a
implementação de políticas que favoreçam o uso de vias públicas para a prática de atividade
física.
Medalhas também são importantes. O legado esportivo é o primeiro passo para promover o
esporte de alto rendimento e para projetar o Brasil como excelência esportiva mundial, no
esporte olímpico, paraolímpico, surdolímpico, militar, universitário e escolar. Criaremos
mecanismos para tornar o esporte de alto rendimento menos dependente dos recursos públicos
e incentivaremos a construção de trajetória estruturada de iniciação, especialização e
aperfeiçoamento esportivo, com garantia de acesso a todas as crianças e adolescentes.
PROTAGONISMO NA SEGURANÇA PÚBLICA E NA REDUÇÃO E PREVENÇÃO DA
VIOLÊNCIA
O problema da segurança pública não deve ser tratado apenas como ação de polícia. É, antes
de tudo, uma questão de segurança social. Uma política integrada, envolvendo educação, saúde,
esportes e cultura, será estabelecida com foco na valorização da vida e prevenção da violência.
DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA PLENA
Pessoas com deficiência
As estratégias serão de fortalecer sua cidadania, complementarmente ao seu acesso ao mercado
de trabalho, às atividades culturais e esportivas, à participação política e ao acesso à educação
e à saúde. Ampliaremos a fiscalização sobre o cumprimento da lei de cotas e a oferta de cursos
de capacitação profissional para os candidatos às vagas inclusivas. No campo da Educação,
fortaleceremos a Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva,
ampliando e qualificando o debate sobre sua implementação com todo os envolvidos e
interessados – educadores, gestores, comunidade escolar e famílias.
Idosos

Eleições 2018
30
BRASIL
BR
João Paulo Melleiro Malagutti, Felipe Canan

As políticas de proteção aos idosos serão voltadas a garantia, entre outros direitos, ao
atendimento integral a sua saúde, em especial por meio do Programa de Saúde da Família, com
visitas domiciliares e divulgação de informação, além do apoio à prevenção de doenças ligadas
ao envelhecimento e programas de tratamento de doenças crônicas comuns nesta fase da vida.
Promoveremos a formação em geriatria para todos os profissionais de saúde. Pretendemos
incentivar programas voltados à prática de atividades físicas e programas de inserção em
atividades de formação para o uso e acesso à tecnologia. Um novo modelo de atenção ao idoso
será instituído, contemplando lazer, bem como condições de fortalecimento dos laços de
pertencimento às suas comunidades, oportunidades de transmissão de conhecimentos e
habilidades e inclusão produtiva.
Juventudes
Os jovens são as maiores vítimas da violência e dos homicídios. Para combater a violência e
promover novas perspectivas, é fundamental garantir, além de uma educação de qualidade, o
acesso à cultura e ao esporte. Investiremos em espaços públicos e infraestrutura para atividades
culturais e esportivas, principalmente em regiões mais pobres, estimulando valores como
coesão social, integração e trabalho criativo. Propomos, também, a criação de um programa
que abra para os jovens entre 16 e 24 anos a possibilidade de realizar serviço civil durante um
ano em atividades culturais e comunitárias.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


VERA PSTU
VICE Hertz
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
51 ANOS Feminino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Outros
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

Eleições 2018
31

4. REGIÕES

Eleições 2018
32

4.1. CENTRO-OESTE

Neidiana Braga da Silva Souza

Eleições 2018
33
DISTRITO FEDERAL
DF - BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

4.1.1. DISTRITO FEDERAL

Propostas dos candidatos ao governo do Distrito Federal

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ALBERTO FRAGA DEM
VICE Alexandre Bispo
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PR / PSDB / DEM / DC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
62 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Policial Militar
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
Cabe ao Estado organizar e executar atividades de esporte e lazer formais e não formais como
contrapartida ao direito de cada cidadão. Também é direito de todos um tratamento diferenciado
para o desporto profissional e o não profissional, incentivando às manifestações desportivas de
criação nacional.
Desta forma, será de grande importância o papel da secretaria de Esporte e Lazer, na condução
do incentivo ao lazer de forma geral e da promoção social.
AÇÕES ESTRUTURANTES
Criação da Loteria Distrital;
 Regulamentação da Lei de Incentivo ao Esporte no Distrito Federal;
 Execução do FAE;
 Criação da Bolsa Atleta Olímpica e Paraolímpica;
 Elaboração e promulgação da Lei do Passe Atleta para os atletas;
 Vinculação de 1% (um por cento) do orçamento Distrital para o esporte;
 Criação de ferramentas governamentais para facilitar o acesso aos recursos financeiros;
INTERVENÇÕES URBANAS
 Fomentar a reforma, melhoria ou criação de centros comunitários de esporte e lazer, com
ênfase nas modalidades praticadas na localidade;
 Concluir o projeto Vilas Olímpicas, priorizando a gestão aos atletas e instituições de renome
nacional e internacional, vinculados à Brasília;
 Assegurar infraestrutura esportiva qualificada e adequada para as Escolas Públicas do
Distrito Federal, com prioridade para os profissionais de educação física;
 Parques do Distrito Federal: Reformar, melhorar ou implantar, no mínimo, um parque
multiuso, em cada Região Administrativa, focando esta ação na política de lazer e meio
ambiente;
 Fazer dos parques um local de integração social, desenvolvendo projetos como o circuito
ecológico e saúde no parque;
 Determinar que toda reforma, construção de instalações ou implementação de
equipamentos esportivos deva ser atrelada a implantação de programas e projetos (ABNT);
 Implementar a recuperação, modernização e criação de centros esportivos para o
treinamento;

Eleições 2018
34
DISTRITO FEDERAL
DF – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

ESPORTE, LAZER E JUVENTUDE


 Implantar a prática esportiva em 100% das escolas públicas;
 Fomentar a prática esportiva entre a população jovem;
 Promover a valorização da cultura esportiva nas escolas públicas;
 Desenvolver programas de conscientização da comunidade escolar da importância do
esporte como instrumento, significativo, de educação;
 Desenvolver programas e projetos em conjunto com as secretarias de educação, justiça,
saúde e meio ambiente,
 Criar, desenvolver e implantar programas de inclusão de jovens na cadeia produtiva e
arranjos sustentáveis locais para a juventude;
 Colocar Brasília entre os 05 primeiros Estados no esporte competitivo;
 Reativação do Conselho de Educação Física, Esporte e Lazer do DF;
 Criar uma política Pública de Estado de Organização e integração do esporte educacional,
de participação e alto rendimento no Distrito Federal;
 Estimular a criação de Tribunais de Justiça Desportiva em todas as modalidades e apoiar os
já existentes;
VALORIZAÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS
 Garantir a formação permanente de 100% dos recursos humanos dos programas Distritais
de esporte e lazer que atuem nas escolas públicas, praças, parques e espaços comunitários
de todas as secretarias de governo;
 Desenvolver e implementar programa de gestão de entidades e instalações esportivas,
voltado para a gestão e para as melhores práticas;
 Promover a capacitação permanente dos servidores públicos, gestores, profissionais,
agentes e responsáveis pelos programas sociais de esporte e lazer.
 Implementar política distrital de formação e valorização continuada e permanente dos
profissionais e integrantes do sistema de esporte.
PRIORIDADES:
1ª - Implantar a prática esportiva em 100% das escolas públicas;
2ª - Reativação do Conselho de Educação Física, Esporte e Lazer do DF;
3ª - Criar uma política Pública de Estado de Organização e integração do esporte educacional,
de participação e alto rendimento no Distrito Federal.
AGRICULTURA
 Apoiar e fortalecer a realização de eventos culturais, esportivos, sociais e econômicos do
setor rural, com vistas a maior dinamização do agronegócio e aumento da visibilidade do
setor junto a sociedade urbana.
REGIÃO METROPOLITANA (RIDE)
AÇÃO:
 Incentivo à prática esportiva e competições;
EDUCAÇÃO
 Retorno das aulas de Educação Física e do Desporto Escolar como disciplina obrigatória.
SEGURANÇA PÚBLICA
7.1 PROPOSTAS PARA A POPULAÇÃO
O novo governo pretende resgatar e ampliar projetos e programas sociais com o foco na redução
da violência e da criminalidade, dentre os quais podem ser citados Picasso não Pichava, Teatro
Rodovia, Esporte à meia-noite e também criar novos projetos e programas sociais envolvendo
empregabilidade, arte e cultura.
10. SOCIAL
10.1 JUVENTUDE
 Estimulo à prática de esportes e de atividades culturais pelos jovens;

Eleições 2018
35
DISTRITO FEDERAL
DF – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ALEXANDRE GUERRA NOVO
VICE Erickson Blun
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
38 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
 Oferta de atividades culturais, artísticas e esportivas no contraturno escolar.
ESPORTE COMO QUALIDADE DE VIDA
 Ampliação de vagas para os alunos da rede oficial de ensino em atividades esportivas no
contraturno escolar, nos diversos estabelecimentos mantidos pelo GDF, como Complexo
Esportivo Cláudio Coutinho, Ginásio Nilson Nelson, Centros Regionais de Treinamento de
Alto Rendimento, entre outros;
 Investimento na realização dos Jogos Escolares do DF;
 Detecção e desenvolvimento de novos jovens talentos esportivos.
PARTICIPAÇÃO DAS FAMÍLIAS
Abertura das escolas aos finais de semana para a prática de esportes;
TURISMO
A cidade já provou globalmente sua capacidade em receber eventos de porte internacional, e,
além disso, dada a presença das representações diplomáticas, pode sonhar em adicionar um
perfil de turismo de valor agregado, como o turismo arquitetônico, o de museus e teatros, o
esportivo, o místico e o ecológico.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


ELIANA PEDROSA PROS
VICE Alirio Neto
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PROS / PTB / PHS / PATRI / PMN / PTC / PMB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
65 ANOS Feminino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Química
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
 Integrar à vida escolar os serviços de saúde, esporte, cultura e serviços públicos em geral,
fazendo da escola o ponto de partida para elevar a educação a sua condição de prioridade
do Governo do Distrito Federal;

Eleições 2018
36
DISTRITO FEDERAL
DF – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

 Promover ações para aportar, no Distrito Federal, eventos esportivos, artísticos e culturais,
bem como de empresas nacionais e internacionais de base tecnológica e de inovação.
O TURISMO COMO VALOR ECONÔMICO E CULTURAL
 Apoiar a realização de grandes eventos artísticos, culturais e esportivos no Estádio Mané
Garrincha;
 Criar a empresa Brasília Eventos responsável por fomentar eventos culturais, esportivos e
sociais que possibilitem a integração entre as áreas afins, estimulem o turismo e a recreação;
ACESSIBILIDADE
 Implementar programa inclusão das pessoas com deficiência no esporte, fornecendo os
equipamentos necessários às práticas esportivas paraolímpicas;
ESPORTE E LAZER
1. Integrar atividades de desporto e lazer das comunidades com os alunos da Rede Pública de
Ensino do Distrito Federal;
2. Fomentar os esportes amadores em todas as Regiões Administrativas do DF;
3. Promover o estímulo à projetos de práticas esportivas de alto rendimento;
4. Promover a cultura de paz por meio do esporte inclusive ruas de lazer;
5. Implementar programa inclusão das pessoas com deficiência no esporte, fornecendo os
equipamentos necessários às práticas esportivas paraolímpicas;
6. Criar Programas Esportivos e de Lazer para promover a ocupação dos Parques Públicos do
DF;
7. Reativar o Programa Ginástica nas Quadras;
8. Promover o uso comunitário das Vilas Olímpicas nos finais de semana;
9. Apoiar a Capoterapia;
10. Ampliar o número de campos de grama sintética e quadras poliesportivas e reformar as já
existentes;
11. Instalar, reformar e aumentar o número de Parques Infantis;
12. Promover e Valorizar o Programa de Intercâmbio dos atletas;
13. Aumentar a participação dos patrocínios em atividades meio dos torneios e campeonatos
locais;
14. Ampliar e redefinir os critérios de aplicação da bolsa atleta;
15. Construir complexos esportivos para eventos em Ceilândia, Santa Maria, Planaltina,
Brazlândia, Recanto das Emas e reformar os já existentes nas demais cidades;
16. Reformar os estádios de futebol já existentes e construir os estádios do Recanto das Emas
e Santa Maria.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


FATIMA SOUSA PSOL
VICE Keka Bagno
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL/PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
57 ANOS Feminino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professora de Ensino
Superior Completo
Superior

Eleições 2018
37
DISTRITO FEDERAL
DF – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

PROPOSTAS
SAÚDE
c) CENTRO DE PRÁTICAS INTEGRATIVAS EM SAÚDE (CERPIS)
● Disseminar as PIS nas comunidades, em parceria com outros setores do governo, tais como
educação, esporte, meio ambiente e desenvolvimento social.
EDUCAÇÃO
 Ampliar a quantidade de escolas com bibliotecas, quadras de esporte e laboratórios de
ciências;
SEGURANÇA
Melhoria das condições de ensino e aprendizagem, transporte de qualidade para os estudantes,
criação de espaços atraentes de cultura, esporte e lazer.
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Políticas preventivas de educação, esporte, cultura e lazer que visem o enfrentamento ao
encarceramento na adolescência;
CONCORRÊNCIA E DESBUROCRATIZAÇÃO
 Incentivar a agricultura familiar, a economia solidária, a economia criativa, o comércio
informal e economia a partir da cultura, do esporte e do lazer, como iniciativas
fundamentais para aumento da produção, da concorrência, da geração de emprego e renda
no DF;
 Desburocratizar e aumentar os recursos dos fundos de apoio a cultura, ciência e
tecnologia, bem como iniciativas econômicas vinculadas ao esporte, lazer e turismo
sustentável no DF;
DIREITO À CIDADE
DESCENTRALIZAÇÃO DA CULTURA DE BRASÍLIA PARA O DISTRITO FEDERAL
 Dialogar com a Secretaria dos Esportes para envolver artistas das cidades em ações de
lazer a céu aberto
ESPORTE E LAZER
1. Democratizar e fortalecer o Conselho Distrital de Esporte e Lazer, com maior
representatividade da sociedade com cunho consultivo e deliberativo;
2. Fomentar a constituição de conselhos para gestão, revitalização e qualificação dos
equipamentos públicos de esporte e lazer nas cidades, incluindo programação com oficinas,
práticas de esporte e lazer e manifestações culturais gratuitas;
3. Criação de Programa de Apoio às Pesquisas relacionadas ao desenvolvimento do esporte e
do lazer no DF;
4. Estabelecer mecanismos de Monitoramento e Avaliação das Políticas de Esporte e Lazer,
garantindo transparência e controle social;
5. Realizar permanentemente diagnósticos participativos (envolvendo tecnologia colaborativa
como aplicativos e redes sociais) que permitam o levantamento dos equipamentos, espaços e
projetos de Esporte e Lazer existentes, articulados a uma política de fortalecimento da rede
existente; bem como de construção ou ressignificação de equipamentos, espaços e projetos em
áreas que não os possuem, a partir de relações intersetoriais com Educação, Saúde, Mobilidade,
dentre outros setores;
6. Induzir e apoiar a realização da Conferência Distrital de Esporte e Lazer;
7. Promover a cooperação esportiva nos âmbitos local, regional, nacional e internacional,
envolvendo as embaixadas sediadas no Distrito Federal, no apoio aos programas e projetos
sociais de esporte e lazer nas comunidades.
8. Incluir a temática do Esporte e Lazer no Orçamento Participativo com a intervenção e
deliberação da sociedade na utilização dos recursos;
9. Democratizar e tornar transparente o Fundo de Apoio ao Esporte e aplicação de seus
recursos, tendo como prioridade a garantia do esporte e lazer como direitos;
10. Rediscutir democraticamente os programas relativos à formação de atletas brasileiros
(Bolsa Atleta e Compete Brasília);

Eleições 2018
38
DISTRITO FEDERAL
DF – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

11. Promover auditoria nas contas relacionadas à Gestão dos Centros Olímpicos e do processo
de privatização em curso do Complexo esportivo Ayrton Senna e do Estádio Nacional Mané
Garrincha.
12. Estabelecer uma política distrital de manutenção, construção e ressignificação de espaços
e equipamentos de vivências esportivas e de lazer;
13. Criar o Programa Esporte e Lazer da Cidade do DF com oficinas de esporte e lazer como
artesanato, dança, skate, futebol, basquete, vôlei, música, lutas, artes marciais, entre outras
manifestações culturais, para todas as idades e em todas as cidades do DF;
14. Fortalecer e integrar os Programas Ginástica nas Quadras, Centros de Iniciação
Desportivas, Bombeiro Mirim, Picasso não Pichava, Esporte à Meia Noite, Oficinas Sócio-
Educativas e Programa Mestres do Saber, Programa Pequeno Mestre, entre outros;
15. Implementar um Programa de fabricação de equipamentos e materiais esportivos: as
Fábricas Sociais de Esporte e Lazer.
16. Desenvolver programas e projetos de esporte, lazer e práticas corporais que favoreçam
manifestações com diversidade de gênero, racial, regional, etc. e combatam o preconceito;
17. Apoiar os esportes paraesportivos e inclusivos, com a criação de núcleos nas regiões
administrativas;
18. Desenvolver projetos e programas que promovam a aplicação das leis 10.639/03 e
11.645/08, relativas à obrigatoriedade de conteúdos e práticas da culturas afro-brasileira e
indígena;
19. Garantir a participação dos movimentos LGBTTs no âmbito da formulação de programas
e projetos de esporte, lazer e práticas corporais, e promover encontros e torneios de equipes
mistas e representativas da diversidade sexual;
20. Garantir apoio institucional e incentivo financeiro ao futebol feminino com equipes e um
calendário anual;
21. Estabelecer um calendário distrital de festivais, torneios e competições esportivas nas
diversas modalidades, definindo uma estratégia de articulação e fortalecimento de práticas
corporais, esportivas e de lazer;
22. Em grandes espaços como o Complexo esportivo Ayrton Senna e o Estádio Nacional Mané
Garrincha, garantir cota de ingressos sociais a preços acessíveis para jogos e eventos, como
contrapartida social dos recursos públicos e renúncias fiscais recebidos por clubes e produtoras;
23. Garantir Programa social de esporte e lazer de cunho distrital que vise a ocupação de
grandes áreas públicas (como o Lago Paranoá) com práticas corporais, esportivas e de lazer de
caráter contínuo, permanente e integrado a outros setores (como educação, saúde, turismo e
mobilidade);
24. Revitalização do Eixão do Lazer, com fomento a eventos, e ampliação da ideia para todas
as regiões administrativas do Distrito Federal;
25. Incentivar projetos de mobilidade urbana, de forma intersetorial, que visem ampliação da
mobilidade ativa e uso das ciclovias, com articulação dos bairros e melhoria de acesso aos
equipamentos e eventos de esporte e lazer.
ADMINISTRAÇÕES REGIONAIS
Fortalecer projetos de inserção nas cidades, incentivando ações culturais, esportivas,
educacionais, relacionadas à sua área de atuação, com mais editais e total transparência para o
apoio a projetos sociais.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


GENERAL PAULO CHAGAS PRP
VICE Adalberto Monteiro

Eleições 2018
39
DISTRITO FEDERAL
DF – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PRP/PRTB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
69 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Militar reformado
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
• Incentivar a participação dos familiares dos alunos em apoio às atividades administrativas,
cívicas, esportivas, culturais, técnicocientíficas, sanitárias e de convivência.
• Incentivar a prática de Educação Física e do Desporto Escolar em todas as escolas da rede
pública.
SOCIEDADE
• Recuperar, construir e disponibilizar instalações desportivas comunitárias, especialmente em
áreas carentes. Apoiar as comunidades na manutenção dessas instalações, evitando
depredações.
• Estimular e apoiar a prática de esportes para as pessoas idosas e para aquelas com
necessidades especiais, particularmente entre as populações de baixa renda.
• Buscar parcerias com entidades nacionais e internacionais, bem como com o Governo
Federal, para o desenvolvimento de projetos de cunho artístico, cultural, de esportes, de lazer
e de turismo.
• Integrar atividades educacionais, culturais, de esporte, de lazer e de turismo, racionalizando
a aplicação de recursos públicos.
• Estudar a realização de Parcerias Público-Privadas (PPP) para a preservação e manutenção
das instalações desportivas comunitárias, sem custo para os usuários.
• Estimular competições desportivas, incentivando a prática de esportes, inclusive por
intermédio de Parcerias Público-Privadas (PPP).

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


GUILLEN PSTU
VICE Zanata
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
57 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor do Ensino
Superior Completo
Médio
PROPOSTAS
POR UM PROJETO DE EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA, LAICA, 100% ESTATAL E
DE QUALIDADE!
● Implantar a educação integral na rede pública de ensino, garantindo que as escolas sejam
devidamente estruturadas para o atendimento em tempo integral: vestiários, refeitório,

Eleições 2018
40
DISTRITO FEDERAL
DF – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

alimentação adequada oriunda da agricultura familiar, quadra esportiva coberta, salas de


leitura, armários para estudantes e auditório.
● Organizar uma política de financiamento para professores da rede pública implantarem
projetos científicos, esportivos e culturais nas escolas públicas do DF, com garantia de
compensação do tempo como hora-atividade.
● Criação de bolsa para estudantes do ensino médio que desempenhem atividades esportivas
e/ou artísticas.
ESPORTE: VALORIZAR O ESPORTE AMADOR E DEMOCRATIZAR O ACESSO AOS
APARELHOS ESPORTIVOS.
 Revitalizar todo o complexo esportivo do DF, e todo o complexo esportivo das escolas,
como parte de um plano de obras públicas.
 Expandir a bolsa-atleta para as modalidades não-olímpicas.
 Garantir a inclusão da capoeira nas escolas públicas e espaços públicos para os grupos
organizados de capoeira no DF, através de convênios.
 Fim da política de concessão dos aparelhos esportivos e centro-olímpicos para as
empresas privadas. Garantir a gestão democrática dos aparelhos esportivos do DF, através
de conselhos populares com a participação direta dos trabalhadores e trabalhadoras.
 Criar convênio com a UnB para garantir verbas para uma ampla reforma do Centro-
olímpico da UnB.
 Organizar um calendário de competições esportivas destinadas a fortalecer o esporte
amador no DF com inclusão de modalidades não-olímpicas.
 Desenvolver um programa específico para financiamento de projetos esportivos voltados
para pessoas com necessidades especiais.
 Garantir maiores investimentos para adaptar os aparelhos esportivos às modalidades
paraolímpicas e destinar mais investimentos para para-atletas.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


IBANEIS MDB
VICE Paco Brito
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / PP / AVANTE / PSL / PPL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
47 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
SISTEMA E GESTÃO EDUCACIONAL
Integrar ações de esporte, cultura e lazer nas instalações e nas agendas escolares;
EDUCAÇÃO BÁSICA
Expandir a educação em tempo integral para o Ensino Médio no DF, ampliando vivências e
práticas esportivas e culturais, além de fomentar e integração dos familiares ao ambiente
escolar.
INFRAESTRTURA PARA AÇÕES INTEGRADAS
Criar Centros Comunitários de Convivência para o desenvolvimento de ações sociais de
prevenção da violência, incluindo a promoção da cultura, práticas esportivas e atividades

Eleições 2018
41
DISTRITO FEDERAL
DF – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

profissionalizantes, com a participação dos órgãos de Segurança Pública, demais secretarias de


Estado e sociedade;
SUSBISTEMA EMPREGO NOVOS POSTOS DE TRABALHO E ATENÇÃO
PRIORITÁRIA AOS JOVENS
Desenvolver e apoiar projetos de inclusão produtiva e social para profissionais do esporte e da
cultura.
SUBSISTEMA ASSISTÊNCIA SOCIAL
 garantir o desenvolvimento de ações de responsabilidade social e ambiental,
congregando instituições financeiras e não financeiras do Conglomerado BRB, com
ações de natureza ambiental, assistencial, cultural, educacional, esportiva e
filantrópica;
 assegurar às crianças, adolescentes e jovens, o acesso ao esporte, ao lazer e à cultura,
ampliando a oferta de espaços públicos para essas finalidades;
 Fomentar o “Programa Vaidoso: envelhecer com qualidade”, que tem como objetivo,
a melhoria da qualidade de vida dos idosos, além de sensibilizar a sociedade para um
novo olhar sobre os processos de amadurecimento. Para tanto serão realizados eventos
sociais e esportivos, além de oferecer oportunidades de reinserção no mercado de
trabalho e em atividades voluntárias;
 reativar e desenvolver programas voltados a grupos considerados vulneráveis (Picasso
não Pichava; Esporte à Meia-Noite; Mutirões para Cidadania; Bombeiro Mirim).
SUBSISTEMA DIREITOS HUMANOS
DIREITO À FELICIDADE E COMBATE À INTOLERÂNCIA
 ação específica para capacitação da população interessada e inserção em atividades
esportivas, culturais e mercado.
 instituir o Prêmio Talento Mulher para agraciar mulheres que se destaquem na política,
na saúde, no esporte, na cultura, na ciência e na educação no Distrito Federal.
SUBSISTEMA ESPORTE E LAZER MAIS ATIVIDADES, MAIS PARTICIPAÇÃO
 elaboração da Plano Diretor do Esporte de forma participativa, para definir os
princípios, objetivos e diretrizes, tornando-o um marco no desenvolvimento
estruturado de ações desportivas;
 revitalizar áreas públicas deterioradas, priorizando aquelas onde há elevados índices
de criminalidade, associada ao tráfico de drogas, numa ação conjunta interinstitucional
de secretarias e agências públicas;
 ampliar o número de atletas e do número de modalidades esportivas atendidos pelo
Programa Bolsa Atleta;
 manutenção do “eixão do lazer” no Plano Piloto aos domingos e ampliação das “ruas
de lazer” nas demais regiões administrativas;
 incentivar a prática esportiva e a formação de atletas na modalidade futebol, através da
implantação do Projeto “Amigos da Gente” em todas as regiões administrativas.
Centrado em três aspectos principais: formação do caráter de crianças, adolescentes e
jovens, através da disciplina e respeito; melhoria da qualidade de vida; e promoção dos
jovens pela divulgação das atividades a clubes e agentes de futebol registrados na
Confederação Brasileira de Futebol (CBF);
 implementar o Projeto “Campeonato de Futebol Amador Rural” para incentivar e
valorizar o desenvolvimento intelectual e físico dos praticantes de futebol, criando
condições para a melhoria da qualidade de vida, prevenção de doenças, bem como no
combate às drogas;
 retorno do “Programa Esporte à Meia Noite”, oferecendo atividades desportivas aos
jovens no período noturno em espaços humanizados;
 incluir os “Jogos Abertos da Terceira Idade” no calendário esportivo do Distrito
Federal;

Eleições 2018
42
DISTRITO FEDERAL
DF – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

 implantar “circuitos inteligentes” para práticas esportivas nos parques ecológicos


vivenciais de uso múltiplo e nas Regiões Administrativas do DF;
 incentivar a prática de esportes aquáticos não poluentes no Lago Paranoá;
 apoiar a prática desportiva em Parques e Unidades de Conservação, como caminhadas,
trilhas, esportes de aventura e desporto radical;
 recuperar e ampliar as Vilas Olímpicas nas Regiões Administrativas, visando o
desenvolvimento de práticas esportivas, manifestações culturais e sociais de interesse
da comunidades;
 criar Programa de Valorização de Atletas e Medalhistas, reinserindo na atividade
econômica como treinadores e palestrantes, mediante prévio cadastramento e
capacitação, pessoas que possam contribuir na formação de atletas e na prática de
atividades esportivas;
 criação de cadastro de alunos da rede pública de ensino, com ênfase no perfil esportivo,
a fim de identificar talentos e desenvolver aptidões com foco em competições
internacionais e olimpiadas, acompanhando a participação e os resultados obtidos.
SUBSISTEMA CULTURA
Promover eventos para promover artistas locais, bem como disseminar diversas expressões da
cultura de diversos países, além de promover ações de esporte e lazer e de prevenção a saúde
no Parque da Cidade;
SUBSISTEMA DESENVOLVIMENTO URBANO
Reestruturar o projeto de revitalização do Lago Paranoá, com ênfase na preservação ambiental
da orla, garantia de qualidade da água, além de incentivar a prática de esporte e lazer da
população em contato com a natureza;
SUBSISTEMA GESTÃO EFICIENTE
Viabilizar parcerias público privadas e descentralização de serviços para gestão de espaços
públicos, parques, teatros, zoológico e áreas esportivas visando melhor atender a população.
TURISMO
 revitalizar, construir e integrar equipamentos públicos e esportivos, turísticos e
culturais como forma de incentivar o turismo e a utilização popular, começando pela
área do estádio mané garrincha;
 entregar efetivamente e de forma ordenada o lago Paranoá para a população, com
infraestrutura e segurança local, incentivando a prática de esportes aquáticos.
AÇÕES ESPECÍFICAS ESPORTE, CULTURA E LAZER:
 elaborar e divulgar o plano diretor e o plano estratégico do esporte, cultura e lazer
2030;
 revitalizar mediante parcerias os espaços públicos esportivos, culturais e destinados ao
lazer, tonando-os integrados à infraestrutura turística e humanizados.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MIRAGAYA DO PT PT
VICE Claudia Farinha
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
60 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Economista

Eleições 2018
43
DISTRITO FEDERAL
DF – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

PROPOSTAS
POLITICAS DE CIDADANIA LGBT
12. Criar e implementar política de formação e estímulo as práticas esportivas através da
realização de torneios LGBT;

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


RENAN ROSA PCO
VICE Gilson Dobbin
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
53 ANOS Masculino Parda
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Bancário e
Superior Completo
Economiário
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


RODRIGO ROLLEMBERG PSB
VICE Eduardo Brandão
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSB / PV / PC do B / PDT / REDE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
59 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Servidor Público
Superior Completo
Federal
PROPOSTAS
Fortalecer as relações com as demais Secretarias de Estado com destaque às que desenvolvem
programas de Cultura e Esporte.

Eleições 2018
44
DISTRITO FEDERAL
DF – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ROGÉRIO ROSSO PSD
VICE Pastor Egmar
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSD / PRB / PPS / SOLIDARIEDADE / PODE/ PSC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
50 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Deputado
PROPOSTAS
Revitalizar por completo as praças de esportes, estádios e centros olímpicos. Estimular,
juntamente com o setor privado investimentos e apoio nos talentos infantis e juvenis em todo
DF.
ACESSIBILIDADE
Promover adequação de equipamentos de acessibilidade a rede de transportes públicos,
repartições públicas e equipamentos de cultura e lazer.

Eleições 2018
45
GOIÁS
GO – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

4.1.2. GOIÁS

Propostas dos candidatos ao governo de Goiás

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ALDA LÚCIA PCO
VICE José Geraldo
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
35 ANOS Feminino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Socióloga
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa,

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


DANIEL VILELA MDB
VICE Heuler Cruvinel
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / PRB / PHS / PP
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
34 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Deputado
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
Oferta de ensino em tempo integral em unidade diferente da escola - nas Estações do
Conhecimento, em que o aluno poderá desenvolver, no contra turno, atividades em áreas
específicas, como esporte, cultura, programação digital, empreendedorismo.
ESTAÇÃO DO CONHECIMENTO (ensino fundamental e médio)
Nas unidades da Estação do Conhecimento serão oferecidas as seguintes modalidades:
Estação do Esporte; Estação de Idiomas; Estação de Arte e Cultura; Estação de Tecnologia
(difusão e desenvolvimento tecnológico) e Estação do Empreendedorismo.
ENSINO SUPERIOR
• Implantar o Programa UEG Vocacionada, com integração do ensino profissionalizante -
Adaptar os cursos oferecidos pela UEG de acordo com a vocação econômica da região,
priorizando os cursos tecnológicos. Entre os cursos a serem oferecidos temos a agroindústria,

Eleições 2018
46
GOIÁS
GO – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

o agronegócios, a horticultura, design de moda, gestão de cooperativas, gestão de segurança


privada, gestão pública, negócios imobiliários, gestão comercial, gastronomia, gestão
desportiva e de lazer, hotelaria, eventos e gestão de turismo, dentre outros;
• Fomentar no âmbito da UEG pesquisas científicas em novas tecnologias para o atendimento
às pessoas com deficiência, como também incentivar a instalação de equipamentos para o
melhor acesso aos centros culturais e esportivos no estado.
SAÚDE
OBESIDADE E SOBREPESO
• Estimular educação nutricional nas escolas e fortalecer a prática de atividades esportivas;
• Promover parcerias com os municípios para incentivar a participação e a promoção do
controle da obesidade por meio de ações como caminhadas, academias populares (ar livre),
ciclovias e a prática de modalidades esportivas;
DEFESA SOCIAL
CRIAR O CENTRO DE PROTEÇÃO À VIDA
O CPV, em parceira com as administrações municipais e segmentos organizados locais, atuará
propiciando a inclusão de jovens que vivem próximo de áreas conflituosas, através de aulas
periódicas e cursos diversos, como programação e escolinhas de iniciação esportiva. O
programa utilizará voluntários e servidores que tenham habilidades em música, artes marciais,
futebol, voleibol e outras atividades esportivas.
ESPORTE
• Recriar a Secretaria de Esportes do Estado, para que este importante mecanismo de inclusão
deixe de ser um apêndice de outra pasta e passe a ter autonomia administrativa. A criação da
secretaria própria propiciará uma gestão profissional, eficiente e ágil para atender todas as
demandas do segmento no Estado de Goiás.
• Ampliar a capacidade de atendimento dos programas Pró Esporte e Pró Atleta, com
transparências e critérios bem definidos e amplamente divulgados;
• Promover concurso público na área do esporte;
• Organizar, promover e efetivar o calendário esportivo goiano em todas as modalidades
esportivas do estado;
• Criar carga horária para professores de Educação Física e técnicos esportivos do Estado, para
desenvolvimento do esporte escolar no contra turno;
• Dar suporte necessário às seleções estaduais e equipes representativas do Estado quando as
mesmas representarem Goiás;
• Planejar, incentivar e promover o esporte educacional, escolar, social e de rendimento e todas
suas faixas etárias;
• Implementar políticas do esporte de participação e lazer, numa nova perspectiva
multidisciplinar, envolvendo a educação, saúde, meio ambiente e turismo;
• Propiciar a inserção de programas e eventos esportivos nos calendários e programações
turísticas, além de apoiar as iniciativas municipais a favor do desenvolvimento do esporte;
• Divulgar o esporte nos meios de comunicação em todo o Estado com transparência das
políticas públicas, projetos e programas junto às federações, associações, instituições sociais e
privadas, entre outros;
• Concluir as obras do Centro de Excelência, transformando este espaço físico em um celeiro
de formação de atletas goianos, passando a ser um verdadeiro laboratório da Universidade do
Esporte;
• Selecionar atletas através da retomada e massificação dos jogos estudantis, Jogos Abertos e
competições oficiais promovidas pelas federações esportivas do estado. Aqueles selecionados
receberão toda estrutura necessária – como bolsas esporte, equipamentos adequados para
evolução, transporte, alojamento para os que vêm do interior e refeições no próprio Centro de
Excelência;
• Criar o Centro Interativo do Esporte Goiano (museu do esporte), resgatando a história dos
clubes, atletas, federações e desportistas em geral de Goiás, de forma interativa e educativa.

Eleições 2018
47
GOIÁS
GO – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

• Viabilizar recursos junto ao Fundo de Estímulo ao Esporte, Fundo da Infância e do


Adolescente, Programas Fomentar e Produzir, BNDES, BIRD, BID, Fundação Banco do
Brasil, Caixa Econômica Federal, bancos e empresas privadas, fundos de pensão, doações e
organizações sociais;
• Possibilitar que o empresariado participe do desenvolvimento e das práticas esportivas da
comunidade, através de parcerias e incentivos fiscais com o setor público;
• Atrair para Goiás a instalação de unidades industriais produtoras de equipamentos e material
esportivo. A medida trará geração de emprego e renda e, consequentemente, melhoria da
qualidade de vida da população na região em que as unidades se instalarem;
• Revitalizar os estádios de futebol, melhorando sistemas de iluminação, recuperando o
gramado e construindo arquibancadas e alambrados, onde se fizer necessário. Os clubes
profissionais de futebolterão o apoio do governo para que possam se estruturar e crescer cada
vez mais;
• Implantar o campeonato estadual para o futebol amador. Este campeonato terá parcerias com
empresas da cidade, valorizando seu comprometimento social nas regiões do estado, e
possibilitará a revelação de novos talentos esportivos;
• Reintegrar ex-atletas ao mercado de trabalho, oportunizando cursos de Educação Física e
ofertando cursos profissionalizantes em parceria com a Associação de Garantia ao Atleta
Profissional de Goiás (AGAP), através do Fundo de Assistência ao Trabalhador (FAT), com
intuito de melhorar a renda familiar dos mesmos;
• Concluir a transferência dos ginásios e praças de esportes aos municípios, com a devida
orientação e acompanhamento da Secretaria de Esportes.
UNIVERSIDADE DO ESPORTE
• Tornar-se referência nacional na formação de atletas e profissionais do esporte;
• Proporcionar aos atletas todo apoio técnico, fisiológico, psicológico, médico, odontológico,
fisioterápico e de assistência social;
• Realizar estudos e pesquisas em áreas que desenvolvam o aperfeiçoamento e desenvolvimento
do esporte;
• Promover encontros e seminários periódicos que contribuam para o aperfeiçoamento dos
profissionais envolvidos no contexto esportivo;
• Integrar as Instituições de Ensino Superior de Educação Física, Fisioterapia, Nutrição e
Medicina em prol do desenvolvimento do esporte goiano;
• Planejar e executar cursos de extensão e especialização nas áreas relacionadas ao esporte,
objetivando aperfeiçoar e capacitar os profissionais envolvidos com o projeto;
• Proporcionar condições para o desenvolvimento da ciência esportiva, buscando a participação
de professores e alunos dos diversos cursos superiores ligados ao esporte.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


KÁTIA MARIA PT
VICE Professor Nivaldo
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT/ PC do B
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
42 ANOS Feminino Parda
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professora de Ensino
Superior Completo
Superior

Eleições 2018
48
GOIÁS
GO – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

PROPOSTAS
3 – LIDERAR UM NOVO PACTO GOIANO PARA A PROMOÇÃO DE DIREITOS
SOCIAIS, DE FORMA TRANSVERSAL E PARTICIPATIVA
f) Implantar agenda de futuro para o esporte.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARCELO LIRA PCB
VICE Bruna Venceslau
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
37 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de Ensino
Superior Completo
Superior
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


RONALDO CAIADO DEM
VICE Lincoln Tejota
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
DEM / PRP / PROS / PMN / PMB / PSC / DC / PSL /
PODE / PTC / PRTB / PDT
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
68 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Médico
PROPOSTAS
COMPROMISSOS NA PROTEÇÃO SOCIAL
 Criar e/ou expandir a rede de apoio ao idoso numa perspectiva regional, mediante a
construção de equipamentos sociais visando atender à demanda crescente de idosos
através de serviços especializados: atividades recreativas, socioculturais, esportivas,
terapêuticas, hidroginástica e musicoterapia;
 Instalar Centros da Juventude que disponibilizem serviços de psicologia, de
psicopedagogia e de assistência social, oferecendo também cursos de línguas
estrangeiras modernas, oficinas relacionadas à empregabilidade, empreendedorismo,
ao protagonismo estudantil, a componentes curriculares, cultura e esporte, articulado
com a rede pública de ensino;

Eleições 2018
49
GOIÁS
GO – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

ESPORTE E LAZER
• Reformular programas e programar ações governamentais que incentivem práticas recreativas
e desportivas contribuindo com um estilo de vida mais saudável da população;
• Apoiar projetos e investir em eventos de promoção do lazer, desporto e diversão.
• Desenvolver iniciativas que ampliem a participação de grupos vulneráveis (menores, idosos,
pessoas portadoras de necessidades especiais, indígenas e outros) em atividades de lazer e
esporte;
• Formar e qualificar profissionais no setor, sobretudo apoiar financeiramente atletas amadores
e profissionais;
• Incentivar clubes, equipes e atletas de alto rendimento;
• Ampliar e melhorar os ambientes de treinamento e de integração social voltados às práticas
desportivas;
• Estimular atividades de lazer, culturais e de entretenimento voltadas aos jovens e crianças;
FOMENTO DO SETOR PRODUTIVO E POLITICAS SETORIAS
• Explorar a indústria do pescado, assim como as potencialidades da pesca esportiva como fator
de atração do movimento turístico.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


WESLEY GARCIA PSOL
VICE Nildinha
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
35 ANOS Masculino Amarelo
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de Ensino
Superior Completo
Superior
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO PÚBLICA
Implantação de escolas de educação integral; Escolas politécnicas onde os jovens terão o
cumprimento da grade curricular em um horário e no contra turno haverá implementação de
práticas esportivas e artísticas como pintura, teatro, música, balé, lutas esportivas, natação
(modelo das escolas politécnicas terão galpão , padaria, piscina, ginásio e laboratórios). Seu
formato será ovalado.
CULTURA E ESPORTES
Estimular e aplicar políticas públicas em esportes, cultura e lazer é inverter a lógica dos
privilégios e permitir a população inclusão social e econômica por meio de práticas e
oportunidades que garantam dignidade e cidadania.
• Estimular e incentivar atividades esportivas no nosso Estado. O Esporte deve ser enxergado
em uma visão ampla como instrumento de sociabilização, prevenção e tratamento de doenças
e como um aprendizado saudável de competição entre as pessoas.
• A verba destinada aos diversos programas da área esportiva como Pro Esporte, Pro Atleta e
Jogos Abertos deve atender de forma isonômica a todos os municípios do nosso Estado.
• Adotar o critério do mérito do atleta para a liberação de recursos como passagens, transportes
e hospedagem aos atletas e entidades esportivas, combatendo o apadrinhamento político.

Eleições 2018
50
GOIÁS
GO – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

• Contratação por meio de concurso público de Analistas de Esporte e Lazer para atendimento
dos diversos Programas da Agência Goiana de Esporte e Lazer, dando ênfase na Iniciação
Esportiva de crianças e jovens.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ZÉ ELITON PSDB
VICE Rafael Texeira
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSDB / PTB / PSB / PR / PSD / PPS /
SOLIDARIEDADE / PV / AVANTE / PATRI /
REDE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
46 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO SUPERIOR
Objetivo
Ampliar o acesso à educação superior e potencializar a pesquisa e a pós-graduação e extensão
para o desenvolvimento regional do estado de Goiás. Estimular o desporto e o paradesporto
universitário. Implantar o Parque Científico e Tecnológico.
vi. Fortalecer o desporto e o paradesporto universitário.
CULTURA
Apoiar a adesão dos municípios goianos ao Sistema Nacional de Cultura, incentivando a
criação de Núcleos Culturais para transformação dos espaços já existentes – equipamentos de
cultura, educação, esporte ou mesmo parques e praças – em polos multifuncionais.
ESPORTE
Objetivo
Estimular o esporte como vetor de inclusão social, fortalecendo as ações voltadas para
promover, fomentar e apoiar atividades que proporcionem à população a prática esportiva e do
lazer, desporto e de atividades físicas, buscando universalizar o acesso como forma de melhorar
tanto a qualidade de vida quanto o desempenho esportivo no Estado de Goiás.
Iniciativas Garantidas
 Fortalecer a política de prática esportiva como forma de inclusão social,
desenvolvimento de competências, estímulo à vida saudável, fortalecimento da
convivência, superação de limites e trabalho colaborativo para uma sociedade mais
justa.
 Fortalecer a Faculdade do Esporte com políticas de incentivo, formação e
desenvolvimento de novos talentos na área esportiva, assim como fomentar pesquisas
técnicas e científicas no segmento.
 Fortalecer a política de paradesporto e apoiar o desenvolvimento de atletas de esportes
paralímpicos.
 Expandir a prática de treinamento desportivo nas escolas do ensino fundamental e
ensino médio.
 Fortalecer a realização dos jogos estudantis em todas as suas fases, incluindo a
realização da fase estadual preparatória para a nacional.

Eleições 2018
51
GOIÁS
GO – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

 Promover alternativas de lazer a partir da revitalização dos espaços esportivos públicos


e realizar ações para os finais de semana e feriados, como as Ruas de Lazer nos
Municípios.
 Incentivar o desenvolvimento das competências dos jovens por via dos jogos
educacionais e outros eventos esportivos estaduais e nacionais.
 Manter e ampliar programas como: Pró-Atleta, Pró-Esporte, Jogos Abertos, Jogos
Educacionais e Iniciação Esportiva.
 Apoiar a realização de eventos esportivos internacionais.
 Apoiar entidades que desenvolvem o esporte no interior.
 Iniciativas Inovadoras
 Fomentar a criação do Centro de Alto Rendimento na Faculdade de Esporte.
 Criar o programa Pró-Técnico para dar condição ao técnico de garantir a formação
profissional do atleta.
 Estimular o apoio do setor privado para a área esportiva.
 Investir na qualificação e na capacitação da gestão esportiva profissional dos técnicos
e demais atores do ciclo esportivo.
 Apoiar com assistência médica os atletas de nível internacional e olímpico.
 Criar o Museu do Esporte para recuperar e preservar a memória do Esporte em Goiás.
 Criar programa de competições esportivas voltadas para o público idoso.
 Ampliar o financiamento do Programa Pró-Esporte incluindo alto rendimento.
JUVENTUDE
 Promover ações de promoção à saúde, incentivo à prática do esporte, inclusão digital
e tecnológica e fomento às startups.
PLANEJAMENTO URBANO
Apoiar o projeto de Melhorias Urbanas nas Cidades de Goiás, incentivando as Prefeituras
Municipais a conceber projetos de estruturação urbana, complementares ao Plano Diretor
Municipal em seus aspectos físicos e territoriais, contemplando: plano viário, drenagem
sustentável, requalificação dos espaços públicos, melhoria e distribuição dos equipamentos
sociais, sistema de áreas verdes, economia urbana e espaços referenciais (praças, espaços
culturais, espaços para prática esportiva, templos, cemitérios, dentre outros).
OBRAS PÚBLICAS
Desenvolver e apoiar projetos visando a construção de novos empreendimentos públicos nos
municípios, em parceria com instituições públicas e/ou privadas, tais como: centros
comunitários, equipamentos esportivos, equipamentos de lazer, auditórios, teatros, centros de
convenções, centros culturais, museus, bibliotecas, ambientes de inovação, etc.
GESTÃO MUNICIPALISTA
 Apoiar a adesão dos municípios goianos ao Sistema Nacional de Cultura, incentivando
a criação de Núcleos Culturais para transformação dos espaços já existentes –
equipamentos de cultura, educação, esporte ou mesmo parques e praças – em polos
multifuncionais.
 Promover alternativas de lazer a partir da revitalização dos espaços esportivos públicos
e realizar ações para os finais de semana e feriados, como as Ruas de Lazer nos
Municípios.
 Desenvolver e apoiar projetos visando a construção de novos equipamentos públicos
nos municípios, em parceria com instituições públicas e/ou privadas, tais como: centros
comunitários, equipamentos esportivos, equipamentos de lazer, auditórios, teatros,
centros de convenções, centros culturais, museus, bibliotecas, ambientes de inovação,
etc.
 Apoiar o projeto de Melhorias Urbanas nas Cidades de Goiás, incentivando as
Prefeituras Municipais a conceber projetos de estruturação urbana, complementares ao
Plano Diretor Municipal em seus aspectos físicos e territoriais, contemplando: plano

Eleições 2018
52
GOIÁS
GO – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

viário, drenagem sustentável, requalificação dos espaços públicos, melhoria e


distribuição dos equipamentos sociais, sistema de áreas verdes, economia urbana e
espaços referenciais (praças, espaços culturais, espaços para prática esportiva, templos,
cemitérios, dentre outros).

Eleições 2018
53
MATO GROSSO
MT – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

4.1.3. MATO GROSSO

Propostas dos candidatos ao governo do Mato Grosso

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ARTHUR NOGUEIRA REDE
VICE Sadi da ONG
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
REDE/PPL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
44 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Servidor Público
Superior Completo
Federal
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO, ESPORTE E LAZER
O Estado tem a finalidade de propor e executar políticas públicas voltadas ao ensino
fundamental e ao esporte e lazer, assegurando ao estudante o desenvolvimento de capacidades
e a construção de conhecimentos para a formação de valores humanos na conqusita da
cidadania e a participação do esporte no desenvolvimento social, econômico, político e
ambiental do estado de Mato Grosso. [...]
O fomento à cultura, ao esporte e ao lazer nos ambientes escolares, com a competição saudável
entre as unidades em todo estado contribuirá para a formação humana e será perseguida pelo
nosso Governo.
Além do acima dito, nossa proposta ainda é a de padronizar as estruturas físicas com modelos
que atendam as necessidades de cada região, com foco na acessibildade e diferença de gêneros,
atraindo a comunidade para o ambiente escolar e promovendo parceria com pequenos
produtores para melhor qualidadae da merenda escolar.
 Políticas de manutenção/reforma das estruturas existentes nos Campi, como prédios,
áreas externas (complexo poliesportivo, pavimentação asfáltica, energia elétrica e
fornecimento de água).
 Ampliar as ofertas de bolsas de extensão e pesquisa favorecendo as ações de extensão,
cultura e esporte.
SEGURANÇA PÚBLICA
O trabalho de apoio ao processo educacional de crianças e adolescentes precisa de
fortalecimento e expansão para que todas as forças tenham acesso as escolas e assim às
comunidades, despertando nestes o sentimento de servir motivados pelos bons exemplos dos
agentes, em ações como teatro, palestras, esporte e lazer, música e outros talentos que fazem
parte dessas instituições.

Eleições 2018
54
MATO GROSSO
MT – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MAURO MENDES DEM
VICE Otaviano Pivetta
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
DEM / PSD / PDT / PSC / MDB / PMB / PHS / PTC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
54 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Empresário
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER - MELHORA A SAÚDE E A SEGURANÇA!!
• Fomentar o Desenvolvimento do Esporte Escolar com eventos esportivos de nível estadual
resgatando, os Jogos Estudantis Mato-grossenses;
• Elaborar e Implantar o Plano Estadual de Esporte e Lazer, priorizando atividades em parceria
com os municípios;
• Realizar parcerias com as instituições de Ensino Superior, municípios e Federações
Esportivas Especializadas para melhor utilização dos Centros esportivos;
• Incentivar a realização de eventos esportivos, em parceria com os municípios, direcionados
as pessoas idosas e pessoas com deficiência;
• Explorar o potencial turístico do estado estimulando a realização de eventos de esportes
radicais;
• Estimular a criação de parques, em parceria com os municípios, para ampliar os espaços
destinados a práticas esportivas e lazer;
• Outras ações viáveis sugeridas durante a campanha

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MOSÉIS FRANZ PSOL
VICE Enfermeiro Vanderley Guia
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
52 ANOS Masculino Parda
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Servidor Público
Superior Completo
Estadual
PROPOSTAS
ESTADO
Promover segurança pública através da expansão da oferta de serviços públicos gratuitos e de
qualidade de saúde, educação, esporte e cultura, priorizando regiões de maior vulnerabilidade
social.
ESPORTE, CULTURA E LAZER

Eleições 2018
55
MATO GROSSO
MT – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

 Incentivo de ocupação de espaços públicos (praças, teatros, quadras, ginásios, etc.) com
atividades de cultura, esporte e de lazer, fomentando processos de auto- organização
destas atividades no âmbito estadual;
 Efetivação de concursos públicos de arte-educador e educador físico para oferta de
atividades culturais e esportivas nos diversos serviços e espaços públicos do campo e
da cidade.
 Organização, com participação dos conselhos populares, de festivais estaduais de
música, literatura, poesia etc. com o intuito de fomentar o esporte e a cultura local.
 Oferta de bolsas de fomento à arte e esporte àqueles e aquelas que se destacarem no
campo da cultura e do esporte vislumbrando sua profissionalização como
artista/esportista ou professor daquilo que faz;
 Construção de praças, palcos, quadras, ginásios que oportunizem o acesso ao esporte,
cultura e lazer.
 Fortalecimento da interlocução entre as políticas de cultura e educação no âmbito
estadual, fomentando também atividades de cultura, esporte e lazer para a educação
infantil e ensino fundamental.
 Consolidação de um plano estadual de turismo cultural-esportivo-ecológico, com
calendário anual de eventos que priorize as tradições populares e as manifestações
alternativas não mercantilizadas.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PEDRO TAQUES PSDB
VICE Rui Prado
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSL / PPS / PSB / DC / PRP / PSDB / PATRI /
AVANTE / SOLIDARIEDADE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
50 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governador
PROPOSTAS
ECONOMIA CRIATIVA
A execução de suas ações se articula com diversas políticas públicas, representadas pelas
Secretarias de Cultura, Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação,
Trabalho e Assistência Social e Educação, Esporte e Lazer.
A parceria da Educação com o Esporte e Lazer, resultou em uma ideia inovadora e desafiadora:
implantar uma escola estadual vocacionada para o esporte dentro do estádio Arena Pantanal.
Atendendo nossos compromissos, de: “Reformular programas e implementar ações
governamentais que incentivem práticas recreativas e desportivas” e “Transformar as escolas
em centros de referência para as ações da comunidade”. Da união de espaço físico de excelente
qualidade, contudo, sem uso ou subutilizados no ginásio de esporte “Arena Pantanal” com a
demanda por escolas com estrutura física adequada ao processo ensino e aprendizagem, surge
a Escola Estadual José Fragelli, se transforma na primeira escola voltada ao esporte.
TURISMO
• Incentivar a prática de esportes realizados na natureza, tais como, rafting, mergulho, trekking
(trilhas), mountain bike escalada;

Eleições 2018
56
MATO GROSSO
MT – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


WELLINGTON FAGUNDES PR
VICE Sirlei Theis
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PR / PV / PRB / PT / PTB / PODE / PMN / PC do B /
PROS / PP
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
61 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Veterinário
PROPOSTAS
SAÚDE
A promoção de saúde, particularmente na prevenção, dialoga profundamente com o incentivo
ao esporte e é instrumento para a prevenção de doenças, aumento da longevidade da população,
melhoria de seu bem-estar e inclusão social. Nesse sentido, será primordial o incentivo – bem
como o fornecimento dos meios necessários – à prática constante de atividades físicas,
preferencialmente de caráter educacional e participativo.
É preciso reconhecer que o desporto tem inestimável valor para o desenvolvimento humano –
físico, intelectual e moral –, servindo como um “catalizador” para a formação completa de
nossa juventude e melhoria da qualidade de vida das pessoas. Tem, ademais, o extraordinário
potencial de favorecer a diversidade e a inclusão social, de distanciar os jovens da
criminalidade, de auxiliar no resgate de populações mais carentes ao ambiente socioeducativo
e criar oportunidades para cidadãos marginalizados. O governo do estado irá dedicar esforços
concretos para servir a população dos benefícios de uma política pública séria, bem formulada
e concretamente executada.
GOVERNO PARCEIRO DOS MUNICÍPIOS
Os municípios de Mato Grosso passam por momento de extrema dificuldade. E é exatamente
no município que o cidadão mora, onde as pessoas precisam de saúde, educação, pavimentação
urbana, iluminação pública, praças, áreas de lazer, esporte, cultura e serviços na área social
para inclusão produtiva das famílias mais carentes.

Eleições 2018
57
MATO GROSSO DO SUL
MS – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

4.1.4. MATO GROSSO DO SUL

Propostas dos candidatos ao governo do Mato Grosso do Sul

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


HUMBERTO AMADUCCI PT
VICE Doutora Luciene
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
50 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de Ensino
Superior Completo
Fundamental
PROPOSTAS
SAÚDE
Desenvolvimento de programas para criança e adolescente estimulando a participação em
atividades esportivas, culturais e de prevenção de drogas;
DESENVOLVER E FORTALECER AS POLÍTICAS DE COMBATE AS
DESIGUALDADES E DISCRIMINAÇÃO COM EMPODERAMENTO DOS SEGMENTOS
VULNERABILIZADOS
Ampliar e qualificar os equipamentos de cultura e lazer a disposição da população, em especial
da juventude e idosos;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOÃO ALFREDO PSOL
VICE Dina
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
Fazer da Educação um instrumento de redução das desigualdades sociais, com a implantação
de Projetos Esportivos em regiões de risco social, integrando ações de Esporte e Lazer
(intersetorial) e criação de Centros Esportivos como instrumento de inclusão social.

Eleições 2018
58
MATO GROSSO DO SUL
MS – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JUIZ ODILON PDT
VICE Bispo Marcos Vitor
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PDT / PRB / PODE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
69 ANOS Masculino Parda
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Servidor Público Civil
Superior Completo
Aposentado
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JUNIOR MOCHI MDB
VICE Tania Garib
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / PR / DC / PRTB / PHS / PRP
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
56 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Deputado
PROPOSTAS
JUVENTUDE PRESENTE
Programa Estadual MS Jovem de apoio e fortalecimento aos movimentos de juventude
voltados para empreendedorismo, prevenção e combate ao uso de drogas, combate a
discriminação e preconceito racial, religioso e de orientação social, geração de emprego e
renda, esporte, cultura e lazer.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARCELO BLUMA PV
VICE Ana Maria Bernardelli
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
REDE / PC do B / PV
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 ANOS Masculino Branca

Eleições 2018
59
MATO GROSSO DO SUL
MS – BRASIL
Neidiana Braga da Silva Souza

GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO


Superior Completo Engenheiro
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER.
 Implantar ações governamentais voltadas para o incentivo as atividades esportivas e de
lazer, como forma de promover a saúde, a socialização e a qualidade de vida.
 Ampliar as ações visando expandir a política esportiva existente no Estado
fortalecendo os recursos e dinamizando o fundo de investimentos esportivos no estado.
 Estabelecer parcerias com a iniciativa privada para obtenção de recursos a serem
aplicados para subsidiar a pratica de esporte de alto rendimento.
Fortalecer os programas voltados para a pratica do esporte amador, ampliando os já existentes
e incentivando a adoção de novas atividades.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


RONALDO AZAMBUJA PSDB
VICE Murillo Zauith
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PMN / DEM / PP / PSB / PTB / PSDB / PATRI /
PSD / PPS / AVANTE / SOLIDARIEDADE / PROS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governador
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
• Incentivar e apoiar os campeonatos de futebol amador.
• Ampliar a oferta do Bolsa-Atleta e do Bolsa-Técnico.
• Atender a população que vive em áreas de vulnerabilidade social.
• Estimular a criação de espaços para atividades físicas para a terceira idade (atividade física e
saúde).
• Fortalecer o Sistema Estadual de Esporte e Lazer em consonância com o Sistema Nacional
do Desporto.
• Aperfeiçoar o sistema de apoio às organizações da sociedade civil (federações e clubes,
associações).
• Fomentar a criação e desenvolvimento do clube escolar.

Eleições 2018
60

4.2. NORDESTE

Temistocles Damasceno Silva

Eleições 2018
61
ALAGOAS
AL – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

4.2.1. ALAGOAS

Propostas dos candidatos ao governo de Alagoas

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


BASILE PSOL
VICE Danúbia Barbosa
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL/PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
33 anos Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de ensino
Superior Completo
superior
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
Efetivar a educação integral em todas as escolas estaduais, focando o segundo turno de
aulas nas atividades esportivas e de desenvolvimento cultural (teatro, música, cinema,
artes plásticas, etc.), o que implica em dotar as unidades de educação dos equipamentos
necessários a essas atividades, como quadras, piscinas, ginásios, teatros e salas de
mídia;
SEGURANÇA PÚBLICA E DIREITOS HUMANOS
 Garantir a efetivação de uma política integrada de combate e erradicação do
genocídio da juventude negra, incluindo:
 […] ampliação e melhoria de espaços culturais e esportivos.
CULTURA E ESPORTE
Instituir um Plano Estadual de Esporte;
Criar uma coordenadoria do torcedor;
 Implementar um programa de incentivo e fomento que promova a revitalização dos
clubes de bairro;
 Realizar um levantamento dos equipamentos e quadras esportivas existentes em cada
município para medir a influência sobre os diferentes territórios;
 Garantir o respeito ao direito ao trabalho de comerciantes, ambulantes e camelôs no
entorno dos complexos esportivos em dias de eventos;
 Consolidar um calendário de eventos esportivos das categorias profissionais e
amadoras.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


FERNANDO COLLOR PTC

Eleições 2018
62
ALAGOAS
AL – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

VICE Kelman
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PTC / PSDB / PP / PSB / PSC / PROS / PRB / DEM
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
69 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Economista
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
A prática esportiva tem papel fundamental no provimento da educação integral de qualidade.
Vamos estimular que os alagoanos realizem atividades esportivas no seu cotidiano. Os
profissionais de educação física serão valorizados, pois somente com eles conseguiremos
difundir o hábito de praticar esportes, em especial crianças e jovens.
Vamos qualificar e ampliar a infraestrutura esportiva no Estado, os equipamentos públicos,
incluindo a implantação de rede cicloviária para estimular a prática de atividade física pela
população.
Ampliaremos os recursos destinados aos Jogos Escolares e outras competições, apoiando o
esporte de base e de alto rendimento, com o objetivo da formação de atletas e equipes dessas
práticas esportivas, estimulando a participação nas competições oficiais promovidas pelas
federações.
Apoiaremos a realização de eventos esportivos de pequeno e de grande porte, em Alagoas, bem
como qualquer iniciativa empreendedora ligada ao esporte e ao lazer

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOSAN LEITE PSL
VICE Sérgio Simões
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSL / PATRI / PPL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
48 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Engenheiro
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MELQUEZEDEQUE FARIAS PCO
VICE Élcio Lins

Eleições 2018
63
ALAGOAS
AL – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PCO
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
45 anos Masculino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Outros
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


Renan Filho MDB
VICE Luciano Barbosa
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / PODE / SOLIDARIEDADE / PPS / PDT / PR / PTB /
PCdoB / PHS / PV / AVANTE / PT / PSD / PRTB / DC / PRP
/ PMB / PMN
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
39 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governador
PROPOSTAS
ESPORTE
 Ampliar o programa Na Base do Esporte para o interior do Estado, potencializando espaços
públicos existentes;
 Criar o programa Passe Livre para Atletas Amadores nos transportes públicos interestaduais;
 Ampliar o número de equipes do Campeonato Taça das Grotas e estender para o interior do
estado;
 Criar o programa Copa no Interior de torneios de futebol intermunicipais;
 Fomentar projetos de políticas públicas com entidades e associações esportivas;
 Criar programa fiscal para democratizar o acesso aos jogos, com troca de notas fiscais por
ingressos dos jogos do Campeonato Alagoano da 1a Divisão;
 Ampliar o número de vagas do programa Bolsa Atleta, dividido em categorias: atleta de base,
estudantil, nacional, internacional e paraolímpico;
 Criar o programa Bolsa Técnico nas categorias coletivo e individual;
 Ampliar a Copa Rainha Marta e os Jogos Paraolímpicos no Estado;
 Construir um Centro Estadual do Esporte e Lazer (CEEL), no município de Arapiraca;
 Modernizar o Estádio Rei Pelé e adequá-lo ao fortalecimento do esporte de alta performance.
JUVENTUDE E LAZER
 Criar a primeira Coordenadoria de Esporte e Juventude no município de Arapiraca;
 Ampliar o programa Pé na Universidade;
 Ampliar o projeto Participaê para todo o Estado, levando serviços e atividades esportivas,

Eleições 2018
64
ALAGOAS
AL – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

culturais e de lazer para a juventude;


 Implantar centros de juventude regionais;
 Fomentar corridas com a criação do Circuito Estadual de Corridas de Rua;
 Ampliar o projeto Governo em Movimento para todo o Estado, levando atividades esportivas,
culturais e de lazer para todas as idades.
TRANSPORTE E MOBILIDADE URBANA
 Criação de equipamentos de esporte e lazer (praça/parque) em municípios;
 Instalar equipamentos de ginástica e brinquedos infantis (parquinhos) 
em praças de
municípios do interior do Estado.

Eleições 2018
65
BAHIA
BA – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

4.2.2. BAHIA

Propostas dos candidatos ao governo do estado da Bahia

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


CÉLIA SACRAMENTO REDE
VICE José Itamário
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
51 anos Feminino Preta
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professora de ensino
Superior Completo
superior
PROPOSTAS
ESPORTE
 Desenvolver programas voltados aos jovens em diversas modalidades esportivas, com a
implantação de ginásios, pistas de atletismo, piscinas, para a formação de atletas e paratletas
é nosso objetivo. A questão da prática esportiva deve ser disponibilizada para todas as faixas
de idade. Atuar junto com as federações esportivas para massificar alguns esportes,
principalmente os olímpicos, deve ser uma das metas a serem alcançadas.
 Implantar nas microrregiões, em convênio com os municípios, ginásios esportivos e pistas de
atletismo e piscinas públicas voltados para a formação de atletas olímpicos e paraolímpicos;
 Elaborar um programa de parceria com as federações esportivas objetivando massificar as
práticas esportivas em todo o território baiano; Fortalecer os Jogos Abertos e os Jogos
Escolares;
Massificar as academias ao ar livre e incentivar, através de campanhas publicitárias, os jovens
e a população em geral prática de exercícios físicos. Fortalecer o Conselho Estadual da
Juventude.
EDUCAÇÃO
 Melhorar e modernizar a estrutura física das escolas, com ênfase ao acesso, com qualidade,
às novas tecnologias da informação e a espaços recreativos para práticas desportivas:
 PROGRAMA ESCOLA FELIZ.
SEGURANÇA PÚBLICA
Desenvolver, junto com as ações de repressão ao crime, obras de cunho social, como educação,
esporte, assistência à saúde, e a implantação de políticas públicas nas áreas de
empreendedorismo e geração lícita de renda.
POLÍTICAS SOCIAIS
Desenvolver programas destinados aos jovens em vulnerabilidade social com programas
específicos de educação, esporte, lazer, formação e inserção profissional no mercado de
trabalho.

Eleições 2018
66
BAHIA
BA – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOÃO HENRIQUE DURVAL CARNEIRO PRTB
VICE Dra. Antônia
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PRTB / PSL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
59 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Economista
PROPOSTAS
Esporte e lazer
 […] aumentar o orçamento destas áreas e solicitar apoio financeiro e institucional do Governo
Federal, em especial nos programas já em andamento no Ministério dos Esportes a exemplo
dos Programas e ações SEGUNDO TEMPO, BOLSA ATLETA, REDE NACIONAL DE
TREINAMENTO, CENTRO DE INICIAÇÃO AO ESPORTE, ATLETA NA ESCOLA,
BRINCANDO COM O ESPORTE, ESPORTE E LAZER DA CIDADE (PELC), VIDA
SAUDÁVEL, FUTEBOL FEMININO, SELEÇÕES DO FUTURO e ESTÁDIO MAIS.
 Com apoio do Ministério dos Esportes, ampliaremos a infra-estrutura de Esporte e Lazer na
capital e no interior baiano, tanto na zona rural quanto urbana;
 Fortaleceremos e ampliaremos em parceria com a iniciativa privada e o Governo Federal, a
transversalidade do esporte e lazer com as políticas de Educação, Cultura, Turismo e de
Saúde pública além das ações voltadas à inclusão de mulheres, de comunidades tradicionais,
LGBT, juventude, pessoas idosas, pessoas com deficiência e da promoção da segurança para
a população baiana e as ações sociais do Programa Pacto Pela Vida com o fortalecimento dos
projetos de inclusão social;
 Executaremos o censo estadual sobre o Esporte e Lazer;
 Juntamente com a iniciativa privada e o Ministério dos Esportes, ampliaremos e
aprimoraremos o apoio aos atletas baianos na preparação de atletas de alto-rendimento e
apoiaremos a participação de atletas baianos de várias modalidades nos Jogos Olímpicos e
Paraolímpicos e outros jogos correlatos;
 É compromisso da gestão, o fortalecimento do Sistema Estadual de Esporte e Lazer,
especialmente do conselho estadual;
 É compromisso, também, deste nosso novo governo captar recursos através de uma Lei
Estadual de Incentivo ao Esporte e Lazer;
 Estreitaremos a relação institucional com as Federações e organizações das diversas
modalidades esportivas;
 Implantaremos o Centro de Memória do Esporte e Lazer;
 Criaremos o calendário das atividades esportivas e de lazer do estado e
 Atrairemos e/ou resgataremos grandes eventos esportivos para a Bahia com todo empenho
igual ao que João Henrique dispensou à capital quando prefeito de Salvador, a exemplo da
STOCK CAR, FÓRMULA CLIO, FÓRMULA RENAULT, KMs de ARRANCADA,
PARADA DISNEY, dentre outros.

Eleições 2018
67
BAHIA
BA – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOÃO SANTANA MDB
VICE Jeane Cruz
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / DC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
74 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Ensino Médio Completo Aposentado
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARCOS MENDES PSOL
VICE Dona Mira
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
53 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Outros
PROPOSTAS
JUVENTUDE
Uma Coordenadoria de Juventude terá o papel de orquestrar as ações e garantir os direitos das
juventudes considerando as questões de gênero, raça, etnia e as diversidades de sexo e credo,
nas mais diversas áreas como: educação, saúde, moradia, ciência e tecnologia, cultura,
desporto, lazer, participação política, trabalho e geração de renda e meio ambiente, entre outras.
EDUCAÇÃO
Todas as ações da nova escola devem fazer parte de um projeto de formação humana que
através das ciências, das artes, dos esportes, que contribua para o desenvolvimento pleno das
pessoas de qualquer idade.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ORLANDO ANDRADE PCO
VICE Silvano Alves
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica

Eleições 2018
68
BAHIA
BA – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

IDADE GÊNERO COR / RAÇA


33 anos Masculino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO
OCUPAÇÃO
Ensino Médio
Agente Postal
Completo
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


RUI COSTA PT
VICE João Leão
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT / PP / PDT / PSD / PSB / PC do B / PR / PMB /
PRP / PODE / AVANTE / PMN / PROS / PTC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Economista
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
 Criação do Programa Esporte Por Toda Parte - ação integrada de governo a partir das
Olimpíadas Estudantis e dos programas de esporte e lazer nos Territórios de Identidade,
utilizando os equipamentos esportivos (quadras poliesportivas cobertas, piscinas, pistas de
atletismo, centros de canoagem, de boxe, de judô, ginásios, campos de futebol) para garantir
que as Olimpíadas sejam fator de integração entre as cidades, com eliminatórias regionais
que promovam a competição como estímulo à participação no esporte, em parceria com a
SEC, SETRE/SUDESB, SJDHDS e IRDEB;
 Realização, na Bahia, dos Jogos Universitários Brasileiros 2019, em parceria com a
Confederação de Esporte Universitário Brasileiro – CBDU nas cidades de Salvador,
Camaçari, Lauro de Freitas e Simões Filho. Parceria com SEC e IRDEB;
 Implantar um Centro Multidisciplinar de apoio aos atletas e para-atletas no Estádio Roberto
Santos, em Pituaçu, em parceria com a Universidade Federal da Bahia, visando oferecer
serviços de atendimento médico, fisioterapia, nutricionista e psicológico aos atletas de alto
rendimento, que detenham os maiores rankings estaduais, nacionais e federais;
 Retomar a implantação do Censo do Esporte na Bahia e do Museu baiano do Esporte em
parceria com as instituições de pesquisa, Federações e Organizações esportivas e empresas
privadas apoiadoras do Esporte em nosso Estado;
 Ampliar a infraestrutura esportiva do estado da Bahia em parceria com as Federações e
Confederações, do Ministério do Esporte e Comitê Olímpico Brasileiro;
 Fortalecer e ampliar o Programa de Esporte e Lazer da Cidade – PELC em parceria com os
municípios baianos para realização de atividades físicas, esportivas e culturais para as
comunidades carentes dos diversos municípios baianos;

Eleições 2018
69
BAHIA
BA – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

 Estabelecer com os municípios baianos o conveniamento para realização de eventos


esportivos diversos que amplie estas atividades por todo o território baiano. Neste sentido
valorizar e fortalecer os consórcios intermunicipais como parceiros para eventos de natureza
intermunicipais, territoriais e regionais;
 Implantação do Centro de Boxe – Itapagipe, Salvador.
EDUCAÇÃO
 PROJETOS ARTÍSTICOS E ESPORTIVOS: consolidação dos projetos referentes à cultura,
às diversas linguagens artísticas tais como música, dança, teatro, arte de rua com grafite, entre
outros, bem como os esportes individuais e coletivos.
 OLÍMPIADAS ESTUDANTIS DA REDE PÚBLICA: projeto que visa a reestruturação de
jogos estudantis, em diferentes modalidades, incluindo o paradesporto e atividades de lazer
(baleado, quadrilhas, etc) com estruturação de regras e etapas para competições locais,
regionais e com encerramento em Salvador, integrando conhecimentos e práticas
pedagógicas associadas à educação corporal. Coordenados pela SEC, SETRE/SUDESB e
SJDHDS, incluirá parcerias com outros órgãos governamentais e instituições para
aprimoramento e execução das ações do projeto. Destaca-se a possiblidade de parceira com
prefeituras municipais e consórcios municipais.
 Colégio Luiz Viana: reforma para a criação um centro poliesportivo para a Rede Estadual da
Educação;
 Entregar três unidades reestruturadas para atender aos eventos artísticos culturais e esportivos
da rede, bem como para uso da comunidade, seja na participação em cursos ou atividades
desenvolvidas pelos estudantes ou pela comunidade.
JUVENTUDE
ID Jovem mais forte Expandir o ID Jovem na perspectiva de maior garantia de acesso aos
bens culturais e esportivos.
PESSOAS COM DEFICIÊNCIA
 Programa Bahia Mais Acessível: Realizar ações que garantam a acessibilidade em suas
múltiplas dimensões (arquitetônica, comunicacional, atitudinal, programática, metodológica,
instrumental e natural), indo além da ideia de que acessibilidade limita-se a penas a construir
rampas ou pisos táteis. A proposta se traduz, na prática, em políticas que visam assegurar a
mobilidade, o acesso à comunicação, a escola, a formação profissional, o estudo de libras, a
saúde, o esporte e lazer, a campanhas de visibilização, a promoção da inclusão social etc.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ZÉ RONALDO DEM
VICE Dra. Mônica Bahia
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
DEM / PSDB / PSC / PTB / PRB / SOLIDARIEDADE
/ PV / PPL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
67 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Administrador
PROPOSTAS
ESPORTES E LAZER
 Estruturar programas e realizar ações governamentais que incentivem práticas recreativas e

Eleições 2018
70
BAHIA
BA – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

desportivas;
 Estimular a formação e qualificação de profissionais para o setor, inclusive através da oferta
de cursos de graduação e especialização nas universidades estaduais;
 Desenvolver iniciativas que ampliem a participação de grupos vulneráveis – menores, idosos,
pessoas portadoras de de ciência – em atividades de esporte e lazer;
 Incentivar clubes, equipes e atletas de alto rendimento;
 Promover, organizar e fomentar campeonatos estudantis, intermunicipais e estaduais, em
parceria com as diversas federações esportivas.

Eleições 2018
71
CEARÁ
CE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

4.2.3. CEARÁ

Propostas dos candidatos ao governo do Ceará

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


AILTON LOPES PSOL
VICE Raquel Lima
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
40 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Bancário
PROPOSTAS
JUVENTUDE, ESPORTE E LAZER
 Garantir a participação das juventudes na elaboração das políticas públicas na área de esporte
e de lazer;
 Assegurar que em cada escola com duzentos estudantes, ou conjunto de escolas que
agreguem esse número de estudantes, seja construída uma quadra poliesportiva, que poderá
ser utilizada, gratuitamente, pela comunidade nos fins de semana;
 Instituir novas modalidades de práticas esportivas nas escolas, como basquete, vôlei,
handball, danças, lutas, jogos, recreação, natação; e elaborar programas para esportes
radicais, bem como jogos populares;
 Fomentar a aquisição de equipamentos comunitários para a prática de esportes radicais e
jogos populares e outras atividades de lazer;
 Criar áreas de lazer nas praças públicas, que possibilitem a realização de gincanas
promovidas pelos próprios moradores da comunidade, com subsídios públicos;
 Promover e incentivar torneios esportivos que promovam solidariedade e cooperação.
 Instituir regulamentação especial para o trabalho das juventudes, que respeite suas
necessidades e demandas específicas, dentre estas, a garantia de horários para a educação,
atividades artísticas, culturais, desportivas e de lazer;
PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ESPORTE
 Criar e implementar programas de apoio, incentivo e patrocínio ao esporte amador e
profissional voltado para pessoas com deficiência.
 Garantir que espaços culturais, de lazer e esporte como teatros, cinemas, estádios, auditórios
e outros estejam acessíveis, inclusive no que se refere à comunicação, e com reserva de
espaços para pessoas com deficiência, em conformidade com a Legislação Vigente.
EDUCAÇÃO
 […] as atividades esportivas também serão estimuladas e, para dinamizar jogos e
brincadeiras, além dos espaços de recreação e das quadras desportivas, que são essenciais,
serão disponibilizados aos professores de educação física materiais e equipamentos
específicos (bolas para jogos diferentes, além de redes, colchões, bastões, fitas, arcos e
similares) que possibilitem o acesso ao amplo acervo histórico da cultura corporal.
 Promover, para a juventude, uma educação integral onde sejam consideradas as formações

Eleições 2018
72
CEARÁ
CE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

humanas, artísticas, esportivas, teóricas, além da formação técnico-científica.


 Adotar iniciativas relativas à arte-educação e ao esporte para que a escola seja vista como um
espaço de sociabilidade saudável.
 Considerando que a maior taxa de vitimização encontra-se entre os jovens, a política de
segurança deve atuar de forma integrada com as medidas de incentivo ao esporte, à cultura e
ao lazer, reforçando os laços comunitários e o direito à convivência familiar e comunitária;
CIDADANIA E PROTEÇÃO DE CRIANÇAS, ADOLESCENTES E JOVENS
 Enfrentar o quadro de violência institucional do sistema socioeducativo, garantindo o
cumprimento das obrigações constantes no Estatuto da Criança e do Adolescente e na Lei do
Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo, observando a suficiência de vagas e
adequação das unidades, as equipes técnicas e de socioeducadores adequadas, garantindo a
oferta de atividades educativas, arte, esporte e cultura, bem como de aprendizagem
laborativas para os adolescentes em idade adequada;
 Priorizar políticas públicas em defesa da infância e da juventude, através da valorização do

Fundo para Criança e Adolescência do Ceará – FECA e Fundo de Desenvolvimento do

Esporte e Juventude – FUNDEJ. FUNDEJ.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


CAMILO PT
VICE Izolda
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT / PDT / PP / PSB / PR / PTB / DEM / PC do B /
PPS / PRP / PV / PMN / PPL / PATRI / PRTB / PMB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
50 Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Agrônomo
PROPOSTAS
CEARÁ SAUDÁVEL
 Incentivo e acesso a programas culturais e esportivos como forma de integração dos jovens
e de toda a sociedade;
 Promoção do esporte para qualidade de vida dos cearenses, com programas integrados de
saúde, segurança pública, meio ambiente e educação, por meio de parcerias com setor privado
e sociedade civil.
CEARÁ DO CONHECIMENTO
Ampliação do acesso ao esporte e lazer para a Juventude

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


GENERAL THEOPHILO PSDB
VICE Emilia Pessoa
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSDB / PROS

Eleições 2018
73
CEARÁ
CE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

IDADE GÊNERO COR / RAÇA


63 Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Militar reformado
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


GONZAGA PSTU
VICE Reginaldo
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
60 Masculino Indígena
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Trabalhador da
Superior Completo
construção civil
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


HÉLIO GÓIS PSL
VICE Nino Tauchmann
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
45 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
EIXO DO DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL
Incentivar a prática do Eco-Turismo nas diversas meso-regiões do estado do Ceará e a
disseminação da prática de esportes ao ar livre e incentivo a criação de pólos de esporte nos
municípios.

Eleições 2018
74
CEARÁ
CE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


MIKAELTON CARANTINO PCO
VICE Lino Alves
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
40 Masculino Parda
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor do ensino
Superior Completo
médio
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

Eleições 2018
75
MARANHÃO
MA – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

4.2.4. MARANHÃO

Propostas dos candidatos ao governo do Maranhão

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


FLÁVIO DINO PCdoB
VICE Carlos Brandão
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PCdoB / PRB / PDT / PPS / DEM / PSB / PR / PP /
PROS / PT / PTB / PATRI / PTC /
SOLIDARIEDADE / PPL / AVANTE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
50 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governador
PROPOSTAS
 Elaborar o Estatuto Estadual da Igualdade Racial para assegurar a execução de políticas de
educação, saúde, segurança, produção, cultura, esporte e lazer, que garantam a defesa de
direitos individuais e coletivos da população negra. Manter a articulação e apoio aos povos
indígenas.
 Expandir a infraestrutura esportiva em todos os municípios, continuar a apoiar os eventos
esportivos e os programas para segmentos, a exemplo dos idosos, além de manter a política
de universalização dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMS).

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MAURA JORGE PSL
VICE Roberto Filho
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSL / PRTB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
56 anos Feminino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogada
PROPOSTAS
ESPORTE E JUVENTUDE
 Gerir as políticas públicas, programas, projetos e ações ligadas ao esporte na perspectiva do
desenvolvimento humano e da qualidade de vida;
 Estimular e apoiar projetos esportivos no Maranhão, buscando parcerias com a iniciativa
privada;

Eleições 2018
76
MARANHÃO
MA – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

 Implantar programas e ações de apoio à formação de atletas infantojuvenis a partir dos jogos
estudantis maranhenses;
 Ampliar a prática de esportes nas escolas como parte da formação integral da criança e do
adolescente viabilizando a revelação de novos atletas;
 Construir, ampliar e reformar, em parceria com o governo federal, com os municípios, e com
a iniciativa privada espaços para práticas esportivas e desenvolvimento comunitário;
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Buscaremos melhorar os indicadores socioeconômicos e a ampliação do acesso às atividades
culturais, esportivas, de lazer e turismo.
EDUCAÇÃO
Aumentar a rede de ensino em tempo integral e criar escolas militares em áreas de
vulnerabilidades sociais visando maior qualidade de ensino, reforço escolar, esporte, lazer e
cultura.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ODIVIO NETO PSOL
VICE Profa. Helena
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
47 anos Masculino Parda
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Servidor Público
Superior Completo
Federal
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
 Em nosso governo vamos superar a ênfase nas práticas esportivas de alto rendimento –
essencialmente competitivas – e valorizar o esporte, as práticas corporais e o lazer como um
direito. Nessa escolha vemos a oportunidade de reverter a razão normativa que estabelece a
inferiorização dos corpos das mulheres, que inibe a livre expressão da diversidade sexual e
reprime violentamente a presença de pessoas LGBT, além de reforçar estigmas racistas.
 Nosso governo vai democratizar o acesso aos espaços públicos de lazer, estimulando seu uso
por uma comunidade diversa de – LGBT, juventude, pessoas com deficiência, mulheres e
negritude – recuperando a gestão direta e eficiente dos equipamentos públicos, estimulando
a autogestão comunitária.
 Os equipamentos existentes até então são centralizados, insuficientes e por vezes
inadequados, desta forma nosso programa vai ampliar os equipamentos esportivos nas
diferentes regiões do estado, decidindo em conjunto com os PLANOS REGIONAIS DE
AÇÃO, de modo a reposicionar as políticas públicas para a inclusão de setores populares
preteridos tanto socialmente quanto pela hegemonia sexista dos corpos atléticos.
 Construir um sistema estadual de esporte e lazer, articulando práticas corporais e esportivas
nos municípios fomentando estratégias e programas que não se restrinjam ao esporte de alto
rendimento com orçamento amplamente maior para esporte de participação;
 Promover projetos de esporte e lazer que permitam a aplicação das leis 10.639/03 e

Eleições 2018
77
MARANHÃO
MA – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

11.645/08, que se referem às temáticas da história e cultura afro- brasileira e indígena,


organizando eventos dos povos indígenas e das comunidades remanescentes dos quilombos
e de comunidades tradicionais;
 Promover projetos, atividades e práticas que resgatem tradições, festas, jogos e brincadeiras
populares brasileiras;
 Promover junto aos movimentos LGBTs, discussões e projetos acerca das práticas esportivas
e práticas de lazer;
 Construir em cada equipamento de núcleo esportivo um grupo de reflexão crítica de maneira
a desconstruir estereótipos racistas, sexistas, machistas e homofóbicos, tornando o esporte e
as práticas corporais campo para superação e não reafirmação da violência;
CULTURA
Ampliar escolas de iniciação artistica nas diferentes regiões do estado e abrir espaços escolares
aos finais de semana, especialmente em localidades sem alternativas culturais, esportivas e de
lazer.
SEGURANÇA CIDADÃ
Trabalhar para aumentar o acesso à justiça e a mecanismos de reinserção social de egressos do
sistema prisional e do sistema socioeducativo e implementar programas de prevenção primária
para a juventude e suas famílias em conjunto com as demais secretarias (programas de acesso
a atividades culturais e esportivas, educação e qualificação profissional, geração de trabalho,
emprego e renda, saúde, etc).

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


RAMON ZAPATA PSTU
VICE Nicinha Durans
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
58 anos Masculino Preta
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de ensino
Superior Completo
médio
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
 estado deve garantir à população acesso universal ao esporte e lazer. Devem ser criados
espaços nas várias regiões do estado para a prática de atividades físicas e esportivas e garantia
das manifestações artísticas.
 Essa iniciativa deve ser associada à educação pública por meio da construção de praças
esportivas e teatro nas escolas públicas e com as mesmas abertas à comunidade.
 O Estado deve estimular certames esportivos estudantis e amadoras assim como festivais
artísticos como forma de tornar possível a descoberta de novos talentos.

Eleições 2018
78
MARANHÃO
MA – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ROBERTO ROCHA PSDB
VICE Graça Paz
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PODE / REDE / DC / PHS / PMN / PSDB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
53 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Senador
PROPOSTAS
METROPOLIZAÇÃO, CIDADES, DESENVOLVIMENTO URBANO E RURAL
Melhorar espaços públicos de lazer e práticas desportivas
JUVENTUDE, ESPORTE E LAZER
Implantar o Vila Olimpica Municipal em diversos municípios- espaço construído para oferecer
atividades desportivas totalmente articulados com as escolas.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ROSEANA SARNEY MDB
VICE Ribinha Cunha
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / PV / PSD / PSC / PMB / PRP
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
65 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Aposentada
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

Eleições 2018
79
PARAÍBA
PB – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

4.2.5. PARAÍBA

Propostas dos candidatos ao governo da Paraíba

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOÃO PSB
VICE Ligia Feliciano
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSB / PDT / PT / DEM / PTB / PRP / PODE / PRB /
PC do B / AVANTE / PPS / REDE / PMN / PROS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
65 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Engenheiro
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
 Criar Centros Olímpicos de formação Poliesportiva, para a formação de atletas nas diversas
modalidades olímpicas e paraolímpicas. Esses Centros serão integrados à política do ensino
em tempo integral, em toda rede estadual; ao Programa bolsa-atleta, ampliado e
requalificado;
 Em articulação com a sociedade organizada, propor a elaboração e instituição do Plano
Estadual do Esporte, paradesporto e lazer do estado da Paraíba;
 Estimular a capacitação continuada de professores de Educação Física, da rede estadual de
ensino em modalidades esportivas e paradesportivas presentes nos Jogos Escolares e
Paraescolares da Paraíba;
 Realização parcerias com cursos superiores de Educação Física, com a finalidade de criar
ações esportivas, paradesportivas e de lazer, para crianças, adolescentes, jovens e idosos;
 Adotar contrapartida social para ações esportivas nos editais do Pacto pelo Desenvolvimento
Social da Paraíba.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


LUCÉLIO CARTAXO PV
VICE Micheline Rodrigues
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PV / PSDB / PP / PSD / PSC / SOLIDARIEDADE /
DC / PRTB / PHS / PTC / PSL / PPL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
54 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Farmacêutico

Eleições 2018
80
PARAÍBA
PB – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

PROPOSTAS
CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRAL
Cada centro atenderá a estudantes de diversas escolas em seu entorno, alargando a capacidade
transformadora da iniciativa; permitindo que seja oferecida uma maior qualidade de instalações,
profissionais e serviços; otimizando os recursos e gerando economia de escola. Os estudantes
contarão com atividades educativas, tecnológicas, esportivas e artísticas, desenvolvidas em
modernas e acolhedoras instalações, com equipamentos de ponta e equipe continuamente
capacitada.
NOVO GIRA MUNDO
Seguindo o compromisso de preservar e aperfeiçoar experiências que já existem, vamos manter o
programa Gira Mundo e expandir o potencial do projeto. Com a nova rede de escolas bilíngues
e com o Celest Paraíba, haverá uma mudança gradativa no programa, que terá as versões
Música, Esportes e Tecnologia.
SEGURANÇA NAS ESCOLAS
Já implantado na Capital Paraibana, o programa será levado a todo as regiões do estado, com a
instalação de equipamentos de segurança nas unidades da rede estadual de ensino, incluindo
câmeras, sensores de infravermelho e central de monitoramento. Também serão asseguradas a
Patrulha Escolar e atividades culturais e esportivas, promovendo a inclusão e a cultura da paz.
ROTEIROS TURÍSITICOS ACESSÍVEIS
Serão criados roteiros turísticos no Estado com foco na acessibilidade como ferramenta de
inclusão social. Também será ampliado o projeto Acesso Cidadão, que proporciona banho de
mar e outras atividades de lazer, esporte e cultura para pessoas com deficiência física ou
mobilidade reduzida.
PLANO ESTADUAL DE HABITAÇÃO
Os projetos de residenciais serão erguidos prioritariamente em áreas onde a atividade econômica
seja pujante, permitindo um maior acesso ao emprego. Bem como a equipamentos que ofereçam
serviços essenciais à comunidade, como educação, transporte, unidades de saúde
da família, iluminação, esgotamento, coleta de lixo, esporte e lazer.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


RAMA DANTAS PSTU
VICE Emanuel Candeia
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
48 anos Feminino Preta
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professora de ensino
Superior Completo
fundamental
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

Eleições 2018
81
PARAÍBA
PB – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


TÁRCIO TEIXEIRA PSOL
VICE Adjany Simplicio
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
41 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Assistente Social
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER COMO DIREITO
[…] Trabalhar com e para as diversas dimensões do esporte: alto rendimento, amador,
educacional, complementar à promoção de saúde e bem estar e de lazer. Dessa forma, temos a
garantia de não ter uma gestão focada apenas na esportivização da oferta dos esportes, mais
especificamente, focada no futebol, como acontece. Além de promovermos a elevação do
padrão cultural esportivo da população, garantindo acesso a cultura esportiva e de lazerania de
forma intergeracional, essa será a marca do nosso governo nas seguintes ações:
 Estabelecer diálogos permanentes com as entidades que promovem ações voltadas para o
esporte e lazer no estado, tornando-os parceiros da gestão pública;
 Revitalizar/requalificar espaços/equipamentos que favorecem a vivência de práticas voltadas
para o lazer e esporte;
 Estimular a população à/ao ocupação/uso dos espaços e equipamentos para prática de esporte
e lazer;
 Buscar parcerias com as esferas Municipais e Federal na implementação de políticas públicas
de esporte e lazer permanentes à população;
 Implementar uma política pública de esporte e lazer permanente em diferentes cidades, em
especial àquelas que possuem um alto índice de vulnerabilidade social, oferecendo diferentes
linguagens que compõe os interesses culturais da Juventude e da população de forma geral;
 Garantir materiais necessários para o desenvolvimento da Política Pública de Esporte e Lazer
do Estado;
 Construir por meio da Conferência de Esporte e Lazer um projeto de lei que crie uma política
pública de Esporte e Lazer de Estado, com vistas a permanência de ações do setor e criação
de cargos para abertura de concurso público;
 Fortalecer, por meio de parcerias, as práticas esportivas e de lazer desenvolvidas nos diversos
municípios;
 Assegurar a formação continuada às/aos trabalhadoras/es de Esporte e Lazer do Estado;
 Realização de festivais de cultura corporal;
 Provocar a intersetorialidade e transversalidade entre as demais secretarias da gestão pública
como também setores da sociedade civil para promover ações voltadas ao esporte e lazer nos
territórios;
 Formular parcerias com as Universidades através de projetos de extensão, estimulando a
formação acadêmica dos estudantes;
 Garantir financiamento específico para dar conta das demandas voltadas a estrutura física,
material e recursos humano.
EDUCAÇÃO PÚBLICA

Eleições 2018
82
PARAÍBA
PB – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

Reestruturar os modelos pedagógico e de infraestrutura da escola em tempo integral no Estado


da Paraíba, possibilitando que as crianças inseridas nesse modelo tenham acesso à educação,
esporte, cultura, lazer e cidadania.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ZÉ MARANHÃO MDB
VICE Bruno Roberto
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / PATRI / PR
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
85 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Senador
PROPOSTAS
PESSOAS COM DEFICIÊNCIA
 Fomentar e garantir o acesso e a permanência de Pessoas com Deficiência nas áreas esportiva,
cultural e de lazer, e empreender esforços para a participação de paraibanos nos Jogos
Paralímpicos.
JUVENTUDE, CULTURA, ESPORTE E LAZER
 Construir áreas de lazer e culturas com quadras, pista de skate, anfiteatro e para outras
atividades esportivas e culturais.
ESPORTE E LAZER
Identidade cultural da Paraíba
 Identificar e fortalecer nossa cultura desportiva, por modalidade, em nível de Estado ou
Região;
 Elaboração de projetos que contemplem centros esportivos com espaços voltados para a
vocação desportiva de cada região do Estado;
 Firmar parcerias com os clubes profissionais de futebol para planejar, elaborar e implementar
projetos voltados para a captação de recursos incentivados;
Inclusão social
 Criar programas, no conjunto do sistema escolar do Estado, que apoiem e fortaleçam as
práticas esportivas das escolas;
 Inovar o modelo de participação das escolas nos Jogos Escolares, desde o interclasse,
diversificando modalidades e criando formas de interação entre poder público e participantes;
 Desenvolvimento do Esporte, Paradesporto e Desporto do Surdo Escolar, Universitário e
Comunitário;
 Buscar parcerias com o governo federal para a implementação de programas federais de
esporte, paradesporto, desporto do Surdo e lazer;
 Firmar parcerias com os clubes profissionais de futebol e Clubes Sociais do Estado para a
criação de escolinhas, visando potencializar o esporte como meio de participação social;
 Construção, adequação, ampliação e qualificação de espaços públicos de atividades físicas,
esporte e lazer para a população em geral, atendendo normas estabelecidas pela Associação
Brasileira de Normas e Técnicas, contemplando os segmentos sociais.
Performance do Esporte Paraibano
 Criação e implantação do Plano de Alto Rendimento Permanente a partir de planejamento
integrado por modalidade;

Eleições 2018
83
PARAÍBA
PB – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

 Implantação do sistema de esporte universitário visando a formação do atleta de alto


rendimento;
 Criação do Programa Paraíba Radical;
 Criação de uma estrutura política esportiva padronizada, desde as escolas até os centros de
excelência;
 Criar sistema de pesquisa do Esporte de Alto Rendimento;
 Criar escolas ou centros para formação de técnicos esportivos nas diversas modalidades, com
graduação em Educação Física;
 Implantar efetivamente o Bolsa Atleta Estadual para todas as modalidades esportiva,
inclusive para treinadores, de forma gradativa;
 Criação e/ou estruturação, através de projetos fundamentados, de Escolinhas em parcerias
com entidades governamentais e não governamentais, visando ampliação do esporte como
meio de participação social;
 Redistribuição dos recursos oriundos de loterias esportivas e prognósticos;
 Criação de um Fundo Estadual para o Esporte e Lazer;
 Firmar parcerias visando a utilização de laboratórios sofisticados e mão de obra com
capacidade elevada que possam contribuir com a produção científica para o alcance do
desenvolvimento do esporte de alto rendimento;
 Reestruturar o calendário esportivo estadual em parceria com as federações e entidades
esportivas, sempre atualizando e divulgando através das redes sociais.
Realização de Eventos Esportivos Estaduais
 Realizar, em parceria com municípios e outras entidades, a Copa Paraibana de Futebol
Amador e/ou o Intermunicipal, nas categorias masculina e feminina;
 Realizar, em parceria com MEC, ME, COB, Seduc e Municípios as OEB/JEB;
 Realizar, em parceria com municípios, as paraolimpíadas paraibanas.
Infraestrutura para o Esporte
 Construção, reforma e manutenção da infraestrutura esportiva/paradesportiva e de lazer das
instituições públicas de educação básica, técnicas, profissionalizantes e universitárias,
garantindo o atendimento das normas de acessibilidade aos equipamentos, respeitando o
desenho universal com controle social;
 Realizar diagnóstico para definição de construção, manutenção, reforma, implementação e
modernização dos equipamentos de esporte/paradesportivo, lazer e atividade física nas
cidades;
 Construção, modernização, implementação e manutenção de Vilas Olímpicas em todas as
regiões o Estado, dentro dos princípios de acessibilidade e sustentabilidade, respeitando o
desenho universal com controle social;
 Mapeamento da situação atual da infraestrutura existente para o esporte e lazer no Estado, a
fim de subsidiar políticas de criação de espaços esportivos e de lazer;
 Investimento no potencial dos recursos naturais nos municípios paraibanos para a prática aos
esportes de aventura, radicais, aquáticos e outras práticas de lazer, levando em consideração
o que preceitua a legislação ambiental;
 Criação e manutenção de Infraestrutura do esporte e lazer em comunidades rurais, ribeirinhas,
quilombolas, de acordo com diagnóstico;
 Inclusão de sustentabilidade, acessibilidade e manutenção em todos os projetos de construção
e reforma de equipamentos esportivos e de lazer.
Sistema Estadual de Esporte e Lazer
 Fazer diagnóstico dos espaços esportivos e dos eventos existentes no Estado;
 Realizar duas Conferências Estaduais de esporte e Lazer;
 Reativar e/ou revitalizar o Conselho Estadual de Esporte e Lazer;
 Reativar e/ou revitalizar o Fórum Estadual de Gestores do Esporte;
 Realizar cadastro único de entidades atuantes na área de esporte e lazer;

Eleições 2018
84
PARAÍBA
PB – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

 Criar e coordenar o Sistema Estadual de Esporte e Lazer;


 Integração entre o Setor Privado e o Sistema Estadual do Esporte;
 Firmar parcerias entre entidades governamentais e não governamentais através de projetos
fundamentados, visando fomentas ações para o desenvolvimento esportivo;
 Estabelecer critérios legais para elaboração de projetos, por parte de parceiros, que visem a
busca de recursos para a realização de eventos esportivos;
 Estabelecer parcerias com os municípios visando a elaboração de seus correspondentes
planos esportivos, ou adequação dos planos já existentes e aprovados, em consonância com
as diretrizes, metas e estratégias previstas;
 O Estado e os Municípios deverão aprovar leis específicas disciplinando a gestão democrática
do esporte em seus respectivos âmbitos de atuação no mesmo ano de criação e implementação
do Plano;
 Estabelecer indicadores para avaliar a qualidade do esporte e da infraestrutura, em parceria
com as Universidades Estadual e Federal.
Formação, qualificação e Valorização Profissional
 Criação e implementação da Política Estadual de Formação Permanente e Continuada de
Esporte e lazer;
 Qualificação da gestão esportiva e de lazer em governança e técnicas, através de cursos eóu
treinamentos;
 Qualificação de profissionais de Educação Física, graduados ou técnicos que atuam na área
esportiva, dentro ou fora da escola;
 Investir na formação profissional continuada e permanente para atendimento aos grupos
especiais e da terceira idade, às pessoas com deficiência e mobilidade reduzida e também
àquelas em situação de vulnerabilidade social;
 Criar o Centro de Excelência Esportiva para formação e aperfeiçoamento do atleta, se
possível utilizando espaços já existentes;
 Implementar a realização de testes pilotos dos projetos desejados;
 Avaliação continuada das políticas públicas de esporte e lazer;
 Construção e/ou implantação de laboratórios de pesquisas e inovações tecnológicas no
esporte;
 Valorização, por meio de premiação da produção científica, tecnológica e práticas inovadoras
para o esporte;
 Garantir, em regime de colaboração entre União, o Estado e os municípios, que todos os
professores de educação física possuam formação específica de nível superior, obtida em
curso de licenciatura na área de conhecimento em que atuam;
 Em parceria com instituições de educação superior existentes no Estado e municípios, formar
professores de educação física em nível de pós-graduação.
Universalização do atendimento ao esporte escolar, inclusive aos estudantes com deficiência e
transtornos globais do desenvolvimento
 Universalizar o atendimento esportivo escolar;
 Universalizar o atendimento esportivo escolar aos estudantes com deficiência, transtornos
globais do desenvolvimento;
 Oferecer esporte educacional nas escolas públicas em tempo integral;
 Firmar parceria com a Seduc/MEC visando a reestruturação e aquisição de equipamentos
esportivos para a rede escolar pública.
Melhoria da qualidade do esporte nas escolas públicas
 Elevar a qualidade do esporte educacional pela ampliação da atuação de profissionais
qualificados;
 Estabelecer parcerias com clubes sociais e clubes profissionais para aproveitamento dos
alunos/atletas.

Eleições 2018
85
PARAÍBA
PB – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

Estabelecimento de meta para ampliação de recursos públicos em esporte como proporção do


orçamento anual do Estado e municípios
 Ampliar progressivamente o orçamento vinculado, próprio para o esporte e lazer do Estado
e dos município, tendo como objetivo atingir um percentual mínimo do orçamento geral do
Estado e dos municípios.

Eleições 2018
86
PERNAMBUCO
PE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

4.2.6. PERNAMBUCO

Propostas dos candidatos ao governo de Pernambuco

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


ANA PATRICIA ALVES PCO
VICE Gilson Lopes
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
47 anos Feminino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Agente de Saúde e
Superior Completo
Sanitarista
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


ARMANDO MONTEIRO PTB
VICE Fred Ferreira
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PTB / PPS / PSDB / DEM / PSC / PRB / PV / PODE /
PRTB / PSL / PHS / DC / PMB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
66 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Empresário
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
Incentivar e apoiar a prática regular de esportes em toda a rede de ensino público do estado;
Promover e estimular a prática de esportes, atividades físicas, e o lazer como meio do
desenvolvimento humano, da integração entre as pessoas e da melhoria da qualidade de vida;
Investir em construção, reforma e adequação das praças de esportes em todas as regiões do
estado em parceria com os municípios.

Eleições 2018
87
PERNAMBUCO
PE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


DANI PORTELA PSOL
VICE Gerlane Simões
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
43 anos Feminino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogada
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


JULIO LOSSIO REDE
VICE Luciano Bezzerra
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
47 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Médico
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


MAURÍCIO RANDS PROS
VICE Isabella de Roldão
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PROS / AVANTE / PDT
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
57 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado

Eleições 2018
88
PERNAMBUCO
PE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


PAULO CÂMARA PSB
VICE Luciana Santos
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSB / PC do B / PT / MDB / PP / PR / PMN / PTC / PRP / PATRI /
PSD / PPL / SOLIDARIEDADE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
46 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governador
PROPOSTAS
QUALIDADE DE VIDA
É relevante também destacar que seguiremos apoiando e estimulando as práticas esportivas e
as atividades de lazer, que tão bem simbolizam a qualidade de vida que almejamos para nosso
povo.
COESÃO SOCIAL E TERRITORIAL
O cuidado com a infância e juventude deve ser articulado e abranger diversas políticas, tanto
de promoção, proteção e ainda, no contexto das medidas socioeducativas, garantindo as
condições ade- quadas para o cumprimento das respectivas medidas, sendo necessário ampliar
e qualificar as vagas nas unidades da Funase, além de fortalecer o projeto pedagógico que
contempla cursos de qualifica- ção profissional, bem como as práticas esportivas e culturais.

NOME DOS CANDIDATO PARTIDO


SIMONE FONTANA PSTU
VICE Jair Pedro
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
53 anos Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de ensino
Superior Completo
fundamental
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

Eleições 2018
89
PIAUÍ
PI – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

4.2.7. PIAUÍ

Propostas dos candidatos ao governo do Piauí

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


Dr. PESSOA (Dr. ZEZIM) SOLIDARIEDADE
VICE Vanessa Tapety
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PMN / PRB / SOLIDARIEDADE / PPL / PTC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
72 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Médico
PROPOSTAS
ESPORTE
 Promover e apoiar a realização de competições esportivas estudantis na rede estadual de
ensino, como forma de contribuir para o desenvolvimento do esporte-escolar, sempre que
possível articulando com as entidades do esporte institucionalizado;
 Envidar esforços para que a administração estadual possa garantir o direito ao esporte e lazer
como elementos formadores de cidadania;
 Integrar as políticas públicas de cultura do Estado às políticas de desenvolvimento regional;
 Investir na pesquisa da produção cultural e artística regional Estadual;
 Estabelecer uma política de economia criativa no Estado, atuando como fomentador e agente
de apoio da produção cultural e artística autossustentável, envolvendo várias secretarias da
administração estadual e a sociedade civil, em especial os grupos, associações e coletivos de
cultura do estado;
 Estimular e viabilizar a utilização das escolas da rede Estadual de ensino, aos finais de
semana, para realização de mostras de cultura, teatro, música, dança, esportes e lazer etc;
 Implantar no âmbito estadual, em parceria com os municípios do Estado, bibliotecas
itinerantes, incluindo a modalidade digital, desenvolvendo projetos comunitários de estímulo
à leitura e de contação de histórias;
 Prover recursos do orçamento estadual para viabilizar a construção de teatros e salas de
cinema nas periferias das cidades do Estado, em parceria com o governo federal, promovendo
a democratização do acesso à cultura, sobretudo para difusão da produção cultural e artística
local e regional;
Valorizar as diferentes identidades culturais do Estado;
 Investir em construção, reforma e adequação das praças esportivas;
 Implantar, em parceira com as prefeituras, projetos de esporte, lazer e saúde nos parques
públicos;
 Dar continuidade na informatização dos programas e eventos do calendário oficial;
Ampliar o programa de Academias ao Ar Livre em parceria com as prefeituras.

Eleições 2018
90
PIAUÍ
PI – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ELMANO O VEIN TRABALHADOR PODE
VICE Dr. Luiz Ayrton
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PODE / AVANTE / PATRI / REDE / PPS / PV /
PRP / PHS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
76 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Aposentado
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
 Desenvolver programas de esporte e lazer em ações transversais com os órgãos ligados a
Educação, Saúde, Cultura, Meio Ambiente, Juventude, Turismo, Assistência social e outras,
além de articular esses programas com os projetos em andamento no governo Federal;
 Promover a descentralização das ações desenvolvidas em espaços públicos, atualmente muito
concentradas na capital Teresina;
 Equipar e melhorar os espaçospara a prática esportiva e de lazer nos municípios do Estado,
principalmente nas cidades onde ainda não existem ambientes adequados;
 Fomentar a prática do esporte educacional, do esporte de participação edo esporte de alto
rendimento, em atuação conjunta com entidades esportivas e a sociedade organizada;
 Programar calendário anual de eventos esportivos e de lazer que contemplem a participação
das pessoas;
 Recuperar, sinalizar e aumentar a malha de ciclovias nas cidades do Piauí;
 Construir bicicletários em pontos estratégicos das cidades;
 Promover a conscientização da importância da prática de atividades esportivas e de lazerpara
a saúde e qualidade de vida, com diagnóstico das condições físicas, prescrição das atividades
e acompanhamento dos resultados;
 Adequar os espaços e horários da infraestrutura esportiva disponível para o atendimento ao
público da melhor idade;
 Incentivar a prática de esportes alternativos aos mais tradicionais, como o skate, escalada,
bicicross, patins, e esportes de aventura, com o devido acompanhamento pedagógico e
segurança necessária;
 Apoiar jovens talentos esportivos, em parceria com instituições de ensino, federações
esportivas e iniciativa privada, em projetos de formação de atletas de alto desempenho;
 Promover o Circuito Piauiense de corrida de rua; - Fomentar as atividades de dança em suas
diversas modalidades;
 Fazer parcerias com empresas privadas para implantar escolinhas de futebol em todo o Piauí;
 Realizar campanha para promoção e incentivo ao esporte feminino.
EDUCAÇÃO
Implantar em caráter definitivo as Escolas de Tempo Integral em todas as regiões do estado,
com apoio à prática de esportes, atividades culturais, lazer e reforço escolar, além de ações para
estimular a participação das famílias dos alunos nas atividades da escola.

Eleições 2018
91
PIAUÍ
PI – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


FÁBIO SÉRVIO PSL
VICE Cel. Carlos Pinho
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PROS / PSL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
39 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Empresário
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
 Com Programas e Projetos para as sub áreas: de Gestão de Pessoas; Gestão do Ensino
Público; Gestão das Estruturas Físicas, de Materiais e das Unidades Escolares; de Ciência
Tecnologia e Inovações; de Cultura; de Esportes e de Lazer.
 Reorganizar o Sistema da Rede Estadual de Ensino e a estrutura administrativa para oferecer
melhor atendimento à comunidade acadêmica das diversas etapas e modalidades de ensino
bem como de incentivo à prática desportiva pela formação e preparação de atletas para
participação em competições escolares;
CULTURA
 A escola é a principal responsável pela formação social, política e cultural do ser humano e
consequentemente da sociedade. Com um ambiente múltiplo e conflituoso e uma cultura
específica, propõe-se um esforço de interpretação das diferentes dimensões da cultura
escolar, quais sejam: a Cultura Crítica – alta cultura ou cultura intelectual, a Cultura Social,
a Cultura Institucional, a Cultura Experiencial e a Cultura Acadêmica, valorizando a arte, o
esporte e o lazer no ambiente escolar, ajudado por mais 12 programas.
Valorizar a arte como forma de cultura, o esporte e o lazer no ambiente escolar;
ESPORTE
 As práticas esportivas são importantes na formação social e cidadã da juventude,
contribuindo para a pacificação da sociedade além de serem um meio barato de promocão
social e acessível as classes sociais. A gestão dos esportes se caracterizará com a imediata
reativação da Lei Estadual no 5315 – Fundo de Incentivo ao Esporte e Lazer; do Bolsa Atleta e
de um Programa de Incentivo e Treinamento para a geração de Atletas de Alto Rendimento,
secundado por mais 5 programas.
Criar programas de incentivo ao esporte em diversas modalidades;
 Criar programa de incentivo e treinamento para geração de atletas de alto rendimento;
 Criar e recuperar áreas comuns esportivas na capital e nas cidades do interior;
 Implantar escolas de base para esportes coletivos, incentivando a melhoria competitiva de
modalidades como o Futebol, Vôlei, Basquete, Handebol, etc;
 Estabelecer convênios e parcerias com as entidades federativas e com a iniciativa privada, no
desenvolvimento das atividades, projetos e eventos esportivos locais, regionais, nacionais e
internacionais.
GESTÃO DA SEGUNRAÇA PÚBLICA
A PAZ E A ORDEM SOCIAL são essenciais ao desenvolvimento das atividades sociais. A
gestão da Segurança Pública deve assegurar que as Políticas de Segurança Pública, abranjam
um contexto social amplo, contemplando as áreas de educação, saúde, lazer, esportiva, cultural,
de comércio, de produção industrial e agrícola e a de circulação de bens e serviços.
DA CAPACITAÇÃO CONTINUADA

Eleições 2018
92
PIAUÍ
PI – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

Reconstruir o Centro de Educação Profissional da Polícia Militar do Piauí, revitalizando,


ampliando e instituindo áreas e estruturas voltadas para atividades de treinamento técnico-pro
fissional e esportivas, consolidando um espaço de interação da polícia com a sociedade,
transformando-o em Centro de Excelência do Esporte e da Qualificação Técnica.
DA INTEGRAÇÃO COM A SOCIEDADE
Integrar programas, projetos, ações e atividades dos órgãos e entidades públicas e privadas nas
áreas de saúde, planejamento familiar, educação, trabalho, assistência e previdência social, de
cultura, de desporto e de lazer, visando à prevenção da criminalidade e de desastres e o combate
ao tráfico e uso de drogas e incentivar a formação de grupos multidisciplinares de estudos, de
agentes públicos e privados, professores, pesquisadores lideres comunitários e religiosos para
o estudo do fenômeno da criminalidade, reforçado com mais 4 programas.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


LUCIANE SANTOS PSTU
VICE Tibério Cesar
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
34 anos Feminino Preta
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de ensino
Superior Completo
fundamental
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


LUCIANO PSDB
VICE Cassandra
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSDB / PSB / DEM
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
41 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Deputado
PROPOSTAS
As práticas esportivas e do lazer serão estimuladas a partir de programas específicos vinculadas
diretamente ao esporte amador. Assim, a ação do Governo estará voltada prioritariamente para a
realização de práticas esportivas, preparação técnica de instrutores, aos intercâmbios e para a
concessão de incentivos esportivos a atletas de competição.

Eleições 2018
93
PIAUÍ
PI – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

Paralelamente, caberá ao governo estadual formar parcerias com os municípios para viabilizar
a construção de equipamentos públicos e a oferta de equipamentos adequados a cada uma das
práticas destinadas ao descobrimento de talentos potenciais, bem como ao seu pleno
desenvolvimento, com um programa permanente de incentivo aos atletas no formato de bolsa
e auxílio manutenção.
Guiados pelo Plano Estadual de Promoção do Esporte e do Lazer, o interesse da sociedade e a
vocação de cada lugar nortearão as decisões quanto às instalações esportivas tais como:
ginásios poliesportivos; ginásios cobertos; quadras de esportes; centros integrados de esportes,
com pistas de atletismo, quadras de cimento e areia, campo de futebol, artes marciais e outros;
e arenas de eventos.
O lazer é atividade diretamente ligada às expressões culturais, aos hábitos e costumes de cada
comunidade. Sua prática remete a atividades em períodos especiais característicos: finais de
semana, feriados, dias de folga do trabalho e da escola. Sua maior ou menor importância
decorre da freqüência com que são realizados e do afluxo natural de público. Preferencialmente
devem buscar mobilizar comunidades urbanas.
Dessa forma, o lazer esportivo, cultural e educacional pode ganhar espaço em ambientes
públicos e privados seja em festas tradicionais, comemorações populares, eventos cívicos,
eventos culturais.
Implantar nas cidades-pólos dos territórios de desenvolvimento Centros de Atividades
Integradas Sociais (CAIS), voltados ao esporte, lazer, cultura e capacitação profissional, com
ações compartilhadas entre Estado e municípios.
Promover o reaproveitamento dos espaços públicos, reformando-os para contemplar bairros
com áreas para esporte e atividades culturais
É nosso compromisso a articulação das políticas de cultura e esporte em favor do pleno
desenvolvimento da cidadania.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARIA DE LOURDES PCO
VICE Cloves
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
65 anos Feminino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Ensino Médio Professora de ensino
Completo médio
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PROFESSORA SUELI PSOL
VICE Chiquinho da luta

Eleições 2018
94
PIAUÍ
PI – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
54 anos Feminino Preta
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professora de ensino
Superior Completo
superior
PROPOSTAS
SEGURANÇA PÚBLICA E SOCIAL
 Elaboração de um plano estadual integrado participativo de segurança pública, junto aos
movimentos sociais e entidades da sociedade civil que contemple questões transversais
como educação, juventude, esporte e lazer, tendo como foco as políticas voltadas para
crianças e adolescentes, levando em conta as questões de gênero, raça e diversidade sexual.
 Fortalecimento da rede socioassistencial: dialogar com outros setores de gestão para
integrar ações de prevenção à violência, Secretaria da Educação, Diversidade, Humana,
Saúde, Esporte e Lazer para o planejamento de intervenções e aplicação de políticas
públicas em áreas de vulnerabilidade social, como periferias e comunidades com carência
de direitos básicos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ROMUALDO SENO DC
VICE Márcio Luiz
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
51 anos Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO Corretor de imóveis,
Superior Completo seguros, títulos e
valores
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
Valorizar as atividades físicas e o esporte na escola, integrando as políticas públicas do setor,
como uma forma de desenvolvimento saudável do aluno e encaminhamento De talentos para
atividades de alto rendimento;
UNIVERSALIZAR O ACESSO AO ESPORTE AMADOR
 Implantar o PRÓ-AMADOR – PLANO ESTADUAL DE APOIO AO ESPORTE AMADOR
PARTICIPATIVO, reconhecendo sua importância na formação do caráter do Jovem e no
combate as drogas, promovendo ainda políticas públicas para integração Da criança e do
adolescente na prática do esporte, em suas várias modalidades, inclusive com a criação de
centros olímpicos em todas as regiões, incluindo os centros olímpicos de alto rendimento em
Floriano, Teresina e Parnaíba.

Eleições 2018
95
PIAUÍ
PI – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

 Desenvolver o esporte, cultura e a arte em todas as regiões.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


VALTER ALENCAR PSC
VICE Raimundo Filho
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
50 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
 fortalecimento da parceria do Governo do Estado com federações desportivas e clubes;
 apoio e subsídio a iniciativas individuais junto à população para ações e projetos que
estimulem o esporte e o laser, facilitando o uso de espaços e aparelhos públicos de prática
desportiva, além de eventual aporte financeiro para bolsas e patrocínios para atletas e
entidades, em especial no desporto olímpico e paraolímpico;
 ampliação e melhoria dos aparelhos desportivos e lazer públicos do Estado, buscando, através
de Parcerias Público-Privadas, reestruturar e melhorar a qualidade e limpeza do espaço
compartilhado ao público;
 outras medidas que visem valorizar a prática desportiva e qualifiquem o lazer do cidadão
piauiense, estimulando o jovem a se integrar ao esporte.
 Promover ações de Esportes e Cultura voltadas à juventude
 Atividades culturais, esportivas e a capacitação profissional vão retirar das ruas e das
condições de risco milhares de jovens, reduzindo os índices de violência e evasão escolar.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


WELLINGTON DIAS PT
VICE Regina Sousa
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT / MDB / PP / PR / PDT / PSD / PCdoB / PTB /
PRTB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
56 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governador
PROPOSTAS
FORMAÇÃO HUMANA
Realizar, a cada dois anos, olímpiadas escolares para estimular a prática de esporte e a vida
saudável nas escolas públicas.

Eleições 2018
96
RIO GRANDE DO NORTE
RN – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

4.2.8. RIO GRANDE DO NORTE

Propostas dos candidatos ao governo do Rio Grande do Norte

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


BRENNO QUEIROGA SOLIDARIEDADE
VICE Sergio Leocadio
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
SOLIDARIEDADE / PV / DC / PSC / PSL / PATRI
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
38 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Engenheiro
PROPOSTAS
 Promover a participação das mulheres em suas diversidades no esporte e lazer, assegurando
a sua participação nos grandes eventos a serem realizados no Estado;
 Estimular a criação do Comitê de Gênero na Secretaria de Estado de Esporte e Lazer e a
adoção de políticas para inserção igualitária das mulheres no esporte em todos os municípios
do Estado;
 Estimular as práticas esportivas pelas mulheres e ampliação de sua participação nos
programas e projetos públicos voltados para o esporte e o lazer, articulando a incorporação
da perspectiva de gênero nas políticas públicas e as dimensões raciais, étnicas, de origem, de
classe social, de idade, de orientação sexual, de identidade de gênero e de mulheres com
deficiência;
 Criar Programas de Esporte e Lazer e estimular a participação das mulheres adultas e idosas;
 Construir parcerias com clubes, federações e confederações esportivas para o enfrentamento
à violência e à discriminação contra as mulheres.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


CARLOS EDUARDO PDT
VICE Kadu
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PDT / PP / MDB / PODE / DEM
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
59 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
ESPORTE ESCOLAR E EDUCAÇÃO CIDADÃ
 Tornar o Esporte Escolar uma dimensão curricular, fomentando o exercício, a prática e a

Eleições 2018
97
RIO GRANDE DO NORTE
RN – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

aprendizagem de modalidades esportivas vinculadas ao desempenho escolar do estudante;


 Apoiar a realização anual dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (JERNs), Jogos das
Escolas Estaduais e Municipais (JEE) e outros projetos esportivos, no âmbito escolar;
 Promover o esporte, a atividade física e o lazer na perspectiva do desenvolvimento humano,
da formação integral das pessoas e da melhoria da qualidade de vida do conjunto da
sociedade.
ESPORTE E LAZER
 Redimensionar a gestão da Secretaria estadual de Esporte e Lazer, estimulando a elaboração
de projetos para ampliar a busca e a captação de recursos e parcerias;
 Assessorar, de forma sistematizada, os municípios, por meio de planos de desenvolvimento
de lideranças para os atores relacionados com o esporte na esfera municipal;
 Operar, com eficiência, o bolsa atleta por meio da utilização de recursos oriundos de receitas
estaduais como impostos, percentual de multas e locação de equipamentos;
 Utilizar equipamentos esportivos do RN como centros de excelência esportiva, através de
parcerias interinstitucionais e iniciativa privada;
 Instituir legislação de fomento ao esporte na esfera estadual e replicá-la aos municípios,
estabelecendo o princípio da especificidade;
 Estabelecer junto aos municípios planos de gestão, construção, manutenção e recuperação de
equipamentos esportivos;
 Motivar a construção de equipamentos esportivos comunitários que contemplem as diversas
manifestações esportivas e artístico-culturais em um mesmo espaço público;
 Implementar programas de esporte e lazer que atendam às diversas faixas etárias e gêneros,
em parceria com os municípios;
 Apoiar as competições, campeonatos, torneios e festivais esportivos e paradesportivos
desenvolvidos no Rio Grande do Norte;
 Gerenciar ações e parcerias entre órgãos de gestão estadual e municipal na perspectiva de
atuar no esporte educacional para crianças em fase escolar e crianças em cumprimento de
medidas socioeducativas;
 Apoiar os projetos desportivos das federações esportivas do Rio Grande do Norte;
 Dinamizar a prática esportiva sustentável, ao ar livre e em contato com a natureza,
estimulando maior participação social e o turismo nas regiões;
 Articular-se, de forma sistematizada e regular, com as Secretarias de Saúde, Assistência,
Educação e Turismo, para desenvolver com eficácia projetos integrados e intersetoriais para
o esporte e lazer;
 Apoiar a qualificação e a requalificação de espaços públicos, visando à inclusão social, o
convívio com o meio ambiente, o desenvolvimento de práticas culturais, de lazer, esportivas
e de tecnologias da informação.
MODERNIZAÇÃO TECNOLÓGICA, HUMANIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA E
OTIMIZAÇÃO DOS RECURSOS FINANCEIROS
 Modernizar e qualificar toda a infraestrutura (física, técnica e tecnológica) da Secretaria de
Estado da Educação e da Cultura, escolas, Diretorias Regionais de Educação e Cultura
(DIRECs), Diretorias Regionais da Alimentação Escolar (DRAEs), ginásios esportivos, entre
outros, para assegurar o alcance dos resultados esperados;
COMPARTILHAMENTO DE RESPONSABILIDADES E APOSTA PELO CAPITAL
HUMANO E INTELIGENTE
 Ampliar as atividades culturais, artísticas e esportivas e as ações voltadas aos direitos
humanos.
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA

Eleições 2018
98
RIO GRANDE DO NORTE
RN – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

 Desenvolver a Economia do Mar, com a exploração do potencial das praias para a navegação,
pesca, esportes náuticos e indústria náutica, dentre outras atividades.
POLÍTICAS PÚBLICAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA
 Fomentar, nos municípios do RN, a criação de políticas de esporte e lazer voltadas à
integração da pessoa com deficiência.
DIREITOS DA JUVENTUDE
 Proporcionar o acesso do jovem que reside nas áreas urbanas e rurais do Rio Grande do Norte
às políticas de cultura, de lazer e de esporte;
 Criar Espaços da Juventude (Darcy Ribeiro), voltados à promoção da cultura, do esporte, do
lazer, da assistência social e da profissionalização dos jovens do Rio Grande do Norte, os
quais serão implantados de forma regionalizada em áreas afetadas por elevados índices de
homicídios de jovens no RN;
SEGURANÇA PÚBLICA
 Terá como foco políticas voltadas à prevenção ao crime, de forma articulada com as áreas da
educação, da saúde, esporte e cultura.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


DÁRIO BARBOSA PSTU
VICE Socorro Ribeiro
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
65 anos Masculino Preta
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de ensino
Superior Completo
fundamental
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


FATIMA BARBOSA PT
VICE Antenor Roberto
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT / PCdoB / PHS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
63 anos Feminino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Outros

Eleições 2018
99
RIO GRANDE DO NORTE
RN – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


FREITAS JR REDE
VICE Flávio Rebouças
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
31 anos Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Serviço Público
Superior Completo
Municipal
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO, CULTURA E CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Promover escolas de excelência (valorização do professor, incentivo à leitura, criação de rede
de bibliotecas públicas nas escolas, respeito à 
diversidade, educação ambiental e incentivo
ao esporte estudantil).

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


HERÓ BEZERRA PRTB
VICE Antônio Bento
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
42 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO
OCUPAÇÃO
Ensino Médio
Outros
Completo
PROPOSTAS
ESPORTE
 […] buscar talentos nas escolas e direcioná-los a treinamentos específicos na modalidade em
que se destaca, oferecendo posteriormente o amparo necessário para disputa de competições
pelo país, colocando o nome do Rio Grande do Norte em evidência no cenário Nacional.
 Propor a implantação do Projeto Esporte na Praça, de modo que as crianças e os adolescentes
tenham oportunidade de praticar esporte no período que não esteja em aula, fornecendo-lhe
lanche e aproveitando também para receberem palestras;
 Apoio irrestrito ao Esporte, com incentivo a todas as modalidades de Esportes em todas as

Eleições 2018
100
RIO GRANDE DO NORTE
RN – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

classes etárias, para participação das cidades nos Jogos Regionais, Estaduais e Federais, com
total apoio a criança e ao adolescente e também aos integrantes da terceira idade;
 Viabilizar a criação de uma Pista de Skate – Oficial, para inclusive atrair campeonatos na
cidade de Natal.
 Propor a implantação e otimização do espaço CENTRO SOCIAL URBANO, especialmente
de piscina e desenvolvimento de projetos e ações voltadas ao esporte e desenvolvimento das
crianças e dos jovens;
 Viabilizar o apoio as demais dimensões do esporte (por meio de respectivas ligas, clubes, e
demais organizações) surfe, artes marciais, fisiculturismo para inclusive atrair campeonatos
nas cidades.
 Assegurar o investimento no esporte de alto rendimento, potencializando parcerias com a
iniciativa privada.
LAZER
 Os parques públicos terão minha atenção através de projetos de reestruturação dos locais,
com o objetivo de atender aos usuários que procuram um lugar agradável para passar horas
na companhia de família e de amigos.
 Verificar junto ao Legislativo, a possibilidade de se estabelecer uma parceria para habilitar o
Horto Florestal, para passeios, visitas, e frequência da população nos finais de semana, para
atividades recreativas, natação, pescaria, churrascos, vôlei, futebol, pipas, etc.
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
 Total atenção voltada a incluir propostas e projetos sociais envolvendo as nossas crianças e
adolescentes, com ênfase no desporto, com estimulo de parcerias entre as Secretárias de
Saúde, Educação e Assistência Social.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PROFESSOR CARLOS ALBERTO PSOL
VICE Cida Dantas
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
50 anos Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de ensino
Superior Completo
superior
PROPOSTAS
ESCOLAS COM EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL
 As escolas devem oferecer uma relação de atividades nas áreas de esporte e lazer;
 A educação em tempo integral deve ser fortemente apoiada na prática esportiva. O Governo
estadual também apoiará a construção de quadras cobertas nas escolas. A construção de
quadras cobertas novas e a construção de cobertura para quadras já existente serão priorizadas
para que elas possam ser utilizadas o dia inteiro.
 O Governo do Estado deve dar o máximo apoio para o fortalecimento da Coordenadoria de
Desportos para a revitalização dos Jogos Estudantis do Rio Grande do Norte – JERNs, que
tanta motivação trás para a Juventude do estado.

Eleições 2018
101
RIO GRANDE DO NORTE
RN – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ROBISON FARIA PSD
VICE Tião Couto
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PRB / PTB / PR / PPS / PMB / PTC / PSB / PRP /
PSDB / PSD / AVANTE / PROS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
59 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governador
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
 Fortalecer a inclusão de atividades artísticas, esportivas e culturais no currículo escolar e
fomentá-las por meio de concursos, intercâmbios e editais.
 ESPORTE E LAZER
EVENTOS, COMPETIÇÕES ESPORTIVAS E ATIVIDADES DE LAZER
 Ampliar as competições regionais por meio das olimpíadas estaduais do esporte amador, da
copa estadual de futebol amador, da copa estadual de FUTSAL e das “olimpíadas da
superação”, composta apenas por para-atletas amadores, em parceria com as prefeituras.
 Articular parcerias com entidades para promoção de torneios, eventos e competições
esportivas de impacto social.
 Aperfeiçoar o calendário esportivo para os eventos, campeonatos e competições.
 Incentivar a formação de grupos esportivos organizados por bairros de cada cidade e
município, fomentando seu desenvolvimento e patrocinando competições e torneios
esportivos regulares que estimulem a inclusão social dos para-atletas.
 Implantar o Programa Ruas de Lazer.
 Fortalecer a parceria com a Secretaria de Turismo, EMPROTUR e parceiros privados, para
a captação de eventos esportivos.
INFRAESTRUTURA ESPORTIVA E DE LAZER
 Realizar um inventário físico de praças, ginásios, equipamentos, centros esportivos, parques
e academias, para dimensionar a infraestrutura esportiva e cotejá-la com a demanda potencial
para a prática de esportes em todos os municípios.
 Realizar um censo esportivo para dimensionar, identificar e localizar o número de atletas
atendidos e estimar a capacidade de atendimento para a prática de esporte nas praças
esportivas existentes.
 Realizar um levantamento técnico das condições de utilização das instalações esportivas
públicas já existentes no RN e elaborar um plano possível de recuperação e de manutenção
delas.
 Elaborar projetos para a captação de recursos federais para a construção de novas instalações
e equipamentos esportivos.
 Promover ações paralelas de inclusão junto à UFRN, IFRN, UERN e universidades privadas
para o uso dos equipamentos de ginástica e de sioterapia por parte dos para-atletas.
AÇÕES POLÍT ICAS E ADMINISTRATIVAS AO PARA-DESPORTISTA
 Realizar, em parceria com ANORQ e ASSOVARN, o Encontro Estadual dos Amantes da
Vaquejada.

Eleições 2018
102
RIO GRANDE DO NORTE
RN – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

 Ampliar o trabalho voluntário no esporte e no para-desporto.


 Exercer uma política mais articulada junto às prefeituras municipais realizando fóruns de
debates anuais sobre o tema.
 Interagir com os departamentos de educação física das universidades do RN e do Nordeste
para a troca de experiência, criando o Fórum Empreendedor do Esporte.
 Criar o banco de ideias do esporte, para estimular a sugestão de projetos esportivos oriundos
das comunidades de cada município.
 Estimular e apoiar a criação da Federação Norte-riograndense dos Para-atletas.
 Estabelecer parcerias com empresas privadas que possam absorver os atletas paralímpicos no
seu quadro de colaboradores.
 Criar o Programa Passe Livre, possibilitando aos para-atletas, por meio de convênios não
onerosos ao poder público, o uso de equipamentos esportivos da iniciativa privada.
 Buscar parcerias e apoio junto às empresas fabricantes de próteses, cadeiras de rodas,
cadeiras de banho e outros equipamentos para de cientes físicos.
 Pactuar com as universidades e instituições de ensino técnico (SESI, SENAI) para
desenvolver política de identi cação de vocações e/ou habilidades especiais nos para-atletas,
visando à sua inclusão no mercado de trabalho ou possíveis apoios na sua formação acadêmica
SUPORTE ECONÔMICO
 Buscar financiamento e parcerias para as atividades esportivas estaduais desenvolvidas e
patrocinadas pela SEEL, junto a fundações e fundos privados.
 Buscar parcerias nas entidades esportivas que recebem recursos externos como o COB
(Comitê Olímpico Brasileiro) e CBF (Confederação Brasileira de Futebol), entre outras.
 Ampliar o programa Bolsa Atleta, com o objetivo de gerar mais oportunidades de
participação em competições e o aperfeiçoamento dos nossos atletas.
 Ampliar os programas já existentes: Garoto Bom de Bola, Jogos da Maturidade, RN
Esportivo e o Litoral Esportivo.
 Criação da lei estadual de incentivo ao esporte: limitado ao valor máximo de 2% do do ICMS
a recolher, como já ocorre em São Paulo, Ceará, Pernambuco, Maranhão, Minas Gerais e Rio
de Janeiro.
 Buscar parcerias com as empresas que são beneficiárias de incentivos socais e financeiros do
Governo do RN, tais como RN GÁS MAIS e PROADI, para apoiarem as atividades
desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, visando à constituição de um
fundo de apoio ao esporte amador.
ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
 Prosseguir com a construção dos planos de segurança de todas as unidades socioeducativas,
sob a responsabilidade da FUNDASE/RN, para que propicie condições favoráveis ao
desenvolvimento das atividades escolares, profissionalizantes, sociais, culturais, esportivas e
recreativas.

Eleições 2018
103
SERGIPE
SE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

4.2.9. SERGIPE

Propostas dos candidatos ao governo de Sergipe

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


BELIVALDO PSD
VICE Eliane Aquino
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PP / MDB / DC / PCdoB / PSD / PT / PHS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
58 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governador
PROPOSTAS
PROMOÇÃO DE ATIVIDADES EXTRACURRICULARES NAS ESCOLAS DE
EDUCAÇÃO BÁSICA
 Seguindo o princípio de que a motivação por aprender é o que mais promove a aprendizagem
o Governo de Sergipe promoverá intensivamente nas escolas a oferta de atividades de artes,
ciências, esportes e ofícios em horários diferentes daqueles em que os alunos estejam
matriculados na escolar;
 Promoção de eventos anuais de âmbito estadual para a implementação de atividades
estudantis em artes, ciências, esportes e ofícios
Também seguindo o princípio de que a
motivação por aprender é o que mais promove a aprendizagem, o Governo de Sergipe
promoverá, no âmbito da política educacional do Estado, intensa programação anual de
eventos estudantis tipo festivais de música, teatro, dança e cinema; feiras de ciências e
artesanato; exposições de obras de artes plásticas e bibliográ cas. Ao participar de eventos
dessa natureza, o estudante sente-se valorizado, pois se torna protagonista na história de sua
comunidad
REESTRUTURAÇÃO DA REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA
 Serão consideradas funcionalidades essenciais, além das salas de aula e de gestão escolar:
Internet, biblioteca, laboratórios, refeitório, quadra de esportes e auditório.
ESPORTE E JUVENTUDE
 Reestabelecer o Conselho Estadual do Esporte como um órgão colegiado de caráter
consultivo, colaborador e scalizador, tendo como principais atribuições a discussão e a
proposição de políticas públicas esportivas; 

 Criação de Lei Estadual de Incentivo ao Esporte onde permita que empresas e pessoas físicas
doem valores, que serão deduzidos dos impostos devidos ao estado, a projetos de atividades
e eventos esportivos aprovados pelo Conselho Estadual de Esporte; 

 Criação de Fundo Estadual de Esporte, Lazer e Juventude, a m de subsidiar as políticas
públicas, custeado através de contribuições, transferências, auxílios, promoções, subvenções,
emendas parlamentares, convênios, contratos, doações, rendimentos ou acréscimos oriundos
de aplicações nanceiras de recursos próprios e recursos de outras fontes que legalmente
possam ser destinados ao fundo tais como penas pecuniárias e outras multas judiciais; 


Eleições 2018
104
SERGIPE
SE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

 Criação do Fórum Estadual de Secretários Municipais e Gestores Esportivos. 



 Construção de um ginásio poliesportivo com instalações de hospedagem aos desportistas na
zona de expansão de Aracaju;
 Implantação do Projeto Atleta Cidadão, utilizando a metodologia de atendimento
individualizado, que acolhe jovens e após diagnóstico das suas di culdades os mesmos são
encaminhados aos serviços de assistência e proteção;
 Executar projeto de contra turno nas escolas estaduais em parceria com a Secretaria de Estado
da Educação, objetivando o combate à criminalidade, aproveitando o tempo livre e
promovendo a inclusão ao esporte e a cultura de paz;
 Realizar Simpósio de Captação em Sergipe destinado prioritariamente às entidades
esportivas nacionais e gestores esportivos, a m de mostrar que o Estado reúne as condições
favoráveis para sediar futuros eventos.
 Realização anual do Campeonato Sergipano Intermunicipal de Futebol Amador que
oportunize a participação de jovens, contribuindo para o surgimento de atletas promissores e
proporcione o envolvimento dos mesmos em atividades esportivas;
 Incluir a Feira de Artes Marciais no calendário esportivo anual em parceria com as
Federações especí cas das modalidades, promovendo amplo debate e fomento das artes
marciais.
 Realizar concurso público para contratar pro ssionais especí cos nas áreas de atuação de
Esporte, Lazer e Juventude, tais como professores de educação física, sioterapeutas,
enfermeiros, assistentes sociais, nutricionistas, profissionais de tecnologia da informação,
pedagogos, psicólogos, entre outros.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


Dr. EMERSON REDE
VICE Américo de Deus
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
68 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Médico
PROPOSTAS
 Fusão das Secretarias de Cultura, Juventude, Esporte e Lazer;
 Desenvolvimento de uma política intersetorial de elevação da escolaridade para pessoas
privadas de liberdade associada a ações complementares de cultura, esporte, inclusão digital,
educação profissional e fomento à leitura;
 Inserir jovens em situação de vulnerabilidade nos ambientes de escolarização, de produção
de cultura, da prática esportiva e do lazer.

Eleições 2018
105
SERGIPE
SE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


EDUARDO AMORIM PSDB
VICE Ivan Leite
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PRB / PPS / PSC / PR / PTC / PSDB /
SOLIDARIEDADE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Senador
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
 Reformar, criar e equipar espaços esportivos e de lazer como quadras poliesportivas, campos
de futebol, campos de futebol de “várzea”, pistas de ciclismo, pistas de atletismo, na capital
e nos municípios, com ferramentas adequadas para a prática do Esporte e Lazer;
 Incentivar e apoiar o esporte amador e profissional em todos os níveis e modalidades, em
Aracaju e em todos os municípios do estado, bem como os jogos Estudantis em parceria com
a SEED e setor privado;
 Capacitar profissionais para condução da prática do Esporte e Lazer;
Apoiar e incentivar os
atletas individuais do Estado em todas as modalidades, Promover em parceria público privada
eventos esportivos e de lazer.
TURISMO
 Explorar as potencialidades dos rios Sergipe, Poxim e Vaza Barris para os esportes náuticos.
INICIATIVAS PARA A MELHOR IDADE
 Estimular a criação de programas de saúde integrados com esporte, lazer e cultura, em
cooperação solidária com os governos municipais, terceiro setor e entidades privadas.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


GILVANI SANTOS PSTU
VICE Djenal Prado
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
52 anos Feminino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Petroleira
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

Eleições 2018
106
SERGIPE
SE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOÃO TARANTELLA PSL
VICE Everton Rodrigues
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
57 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Incompleto Comerciante
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MÁRCIO SOUZA PSOL
VICE Simone Rocha
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
Não se aplica
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
41 anos Masculino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Policial militar
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
 Construir um Sistema Estadual de Esporte e Lazer, articulando práticas corporais e esportivas
nos municípios fomentando estratégias e programas que não se restrinjam ao esporte de alto
rendimento com orçamento amplamente maior para esporte de participação;
 Promover projetos de esporte e lazer que permitam a aplicação das leis 10.639/03 e
11.645/08, que se referem às temáticas da história e cultura afro-brasileira e indígena,
organizando eventos dos povos indígenas e das comunidades remanescentes dos quilombos;
 Promover projetos, atividades e práticas que resgatem tradições, festas, jogos e brincadeiras
populares brasileiras;
 Promover junto aos movimentos LGBTs, discussões e projetos acerca das práticas esportivas
e práticas de Lazer;
 Construir em cada equipamento e núcleo esportivo um grupo de reflexão crítica de maneira
a desconstruir estereótipos racistas, sexistas, machistas e homofóbicos, tornando o esporte e
as práticas corporais campo para superação e não reafirmação da violência;
 Auditar para finalização ou reorientação dos recursos, dos programas e projetos: 100% -
Esporte para Todos, Academia do Ar Livre, Academia da Saúde, Programa VidAtiva, Bolsa
Talento Esportivo e Esporte Social;

Eleições 2018
107
SERGIPE
SE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

 Garantir que equipamentos, espaços e serviços culturais, esportivos e de lazer, públicos ou


privados, sejam universalmente acessíveis a pessoas com deficiência e a qualquer pessoa, em
termos arquitetônicos, tecnológicos, de comunicação e atitudinais;
 Adequar espaços públicos estaduais para eventos e festas organizados pela própria juventude
local, garantindo suporte de mediação de conflitos e cuidado em redução de danos;
 Separar a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude em Secretaria das Juventudes e Secretaria
de Esporte e Lazer e comprometer a maioria do orçamento desta com lazer e esporte de
participação sendo que a parte menor deve ser voltada ao esporte de base.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MENDONÇA PRADO DEM
VICE Coronel Jorge Husek
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
DEM / PRTB / PV
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
52 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTE E LAZER
 Fusão das Secretarias hoje existentes em apenas uma: Secretaria de Estado da Educação,
Cultura, Esporte e Lazer;
 Fomentar atividades esportivas nas suas diversas modalidades (esporte amador) com a
realização e fortalecimento dos jogos estudantis;
 Democratizar o acesso ao lazer e esporte recreativo, privilegiando as comunidades menos
favorecidas e ocupando espaços públicos existentes.
 Ampliar gradativamente a oferta no ensino integral, fortalecer a função social da escola
desenvolvendo nos alunos suas potencialidades físicas, cognitivas e afetivas do cidadão,
capacitando-o a se tornar pessoas participativas e produtivas (um turno dedicado ao ensino
formal e o contraturno a atividades lúdicas: artes, cultura, esportes, tecnologia, línguas
estrangeiras, etc).

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MILTON ANDRADE PMN
VICE Rafaella
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PMN / PATRI
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
30 anos Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado

Eleições 2018
108
SERGIPE
SE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

PROPOSTAS
INCENTIVO E APOIO A ATIVIDADES CULTURAIS, ESPORTIVAS E DE LAZER
 Instituir BOLSA ATLETA para atletas e treinadores selecionados por critérios objetivos com
base no desempenho e potencialidade de crescimento;
 Incentivar a prática de esporte e promover aquisição de equipamentos para manutenção de
complexos esportivos;
 Incentivar e apoiar as práticas esportivas e culturais do município em todas as modalidades,
incluindo times amadores, clubes e associações culturais e tradicionais; 

 Incentivar o resgate de torneios nas comunidades;
 Recuperar e reativar espaços culturais e esportivos;
 Formalizar PPPs para recuperação e exploração de parques e manutenção de praças como
espaços adequados à prática de atividades físicas e de lazer.
IMPLANTAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO GRADATIVA DO PROGRAMA ESTADUAL DE
ESCOLA EM TEMPO INTEGRAL NA EDUCAÇÃO BÁSICA
 Oferecer programas de incentivo à prática de esportes nos moldes do programa nacional
“SEGUNDO TEMPO” do Ministério dos Esportes.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


VALADARES FILHO PSB
VICE Silvia Fontes
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSB / PDT / PPL / PTB / PROS / PRP
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
37 anos Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Deputado
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
 Ampliar parceria com Governo Federal para implantação dos programas federais, a exemplo
do Segundo Tempo, em todo o Estado;
 Implementar Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, estimulando a iniciativa privada a
patrocinar eventos e federações desportivas;
 Criar Conselho Estadual do Esporte, para democratizar as discussões e deliberar problemas,
soluções e ações para a melhoria da prática esportiva;
 Apoiar e territorializar a prática esportiva como política de inclusão, através da criação de
núcleos de incentivo, com professores e material esportivo, com ênfase ao tipo de esporte de
vocação do território;
 Captar recursos para construção e/ou implementação da Escola de Esporte nos territórios;
 Criar programa de incentivo desportivo nas escolas estaduais para os alunos entre 12 a 17
anos, afastando-os das drogas;
 Incentivar e fomentar apoio ao esporte amador, a exemplo da criação do campeonato
intermunicipal de futebol amador, visando fomentar a prática do esporte e revelar novos
talentos;
 Promover mini-olimpíadas por território, fortalecendo modalidades e atividades lúdicas para
as crianças;

Eleições 2018
109
SERGIPE
SE – BRASIL
Temistocles Damasceno Silva

 Revitalizar os Jogos da Primavera, ampliando a magnitude do evento;


 Criar os Jogos Abertos, em parceria com as federações esportivas, trazendo todos os
campeonatos sergipanos para um único evento, de forma a estimular que outras federações
criem seus eventos nessa mesma data;
 Captar eventos esportivos, com o intuito de divulgar o estado e fortalecer o esporte e turismo;
 Incentivar o esporte náutico, buscando parceria com a Capitania dos Portos, atraindo eventos
e promovendo a economia e prática esportiva;
 Valorizar e estimular competições das atividades paradesportivas, incluindo na programação
dos eventos estaduais;
 Elaborar estudos para viabilizar a implantação de centros esportivos paraolímpicos e
incentivar a prática profissional do esporte;
 Elaborar estudo sobre condições dos estádios e ginásios estaduais para reforma, manutenção
e modernização, bem como sobre cogestão com municípios e o sistema “S”- SESI E SESC.
TURISMO E EVENTOS
 Formular, em parceria com o Aracaju Convention e Visitors Bureau – AC&VB uma política
de atração de eventos, com ênfase na captação de congressos, seminários, feiras, eventos
culturais e esportivos, promovendo e divulgando Sergipe, reinserindo o Estado como destino
de evento nacionais;
 Criar e divulgar permanentemente o calendário de eventos (cultural, esportivo e de negócios),
em parceria com o trade e municípios turísticos, a exemplo do FestVerão, Festejos Juninos,
Festival do Caranguejo, Réveillon, Vaquejadas, Festas de Padroeira, Festivais de Laranjeiras
e São Cristóvão, Exposições Agropecuárias entre outros
PROMOÇÃO SOCIAL E CIDADANIA
 Criar a Caravana da Cidadania, levando um dia diferente aos jovens, com práticas esportivas,
serviços de cidadania e oficinas, nos municípios e povoados.
SEGURANÇA
 Criar Comitê de Segurança, com a presença de secretários de estado de áreas sociais
(segurança pública, saúde, educação, esporte, cultura, entre outros), os comandantes das
polícias e representantes da sociedade civil organizada, coordenados pessoalmente, pelo
Governador, com reuniões periódicas e caráter deliberativo.

Eleições 2018
110

4.3. NORTE

Jeferson Roberto Rojo

Eleições 2018
128
111
ACRE
AC – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

4.3.1. ACRE

Propostas dos candidatos ao governo do Acre

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
ULYSSES FREITAS PEREIRA DE
PSL
ARAÚJO
VICE RÉSSINE JARUDE
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSL / PATRI / PSC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
46 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Policial Militar
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
 Programa de incentivo aos jovens na área de empreendedorismo, esporte, música, artes,
cultura e lazer como matéria escolar complementar;
 Programa de esporte, cultura e lazer para os idosos

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


DAVID SOARES HALL AVANTE
VICE Thiago Gonçalves
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
AVANTE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
31 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Professor
PROPOSTAS
ESPORTE E LAZER
 Revitalizar os espaços culturais que foram abandonados pelas gestões passadas;
 Revitalização das praças públicas;
 Criação de 2 skateparkes e recuperação dos já existentes;
 Incentivar os jogos escolares

Eleições 2018

128
112
ACRE
AC – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


GLADSON DE LIMA CAMELI PP
VICE Major Rocha
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PP / MDB / PSDB / DEM / PSD / PTB / PMN /
SOLIDARIEDADE / PTC / PR / PPS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
40 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Senador
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO:
 Para aqueles alunos que apresentam um rendimento escolar abaixo do básico (nível
insuficiente de aprendizagem), será oferecida a possibilidade de ampliar a sua permanência
na escola (atividades diferenciadas no contraturno por meio do reforço escolar) para melhorar
o seu desempenho educacional por meio de atividades diversificadas e significativas nos
campos da arte, esporte e lazer;
 Para esses alunos matriculados nas primeiras séries do ensino médio que apresentam um
rendimento escolar abaixo do básico (nível insuficiente de aprendizagem), será oferecida a
possibilidade de ampliar a sua permanência na escola (atividades diferenciadas no
contraturno) para melhorar o seu desempenho educacional por meio de atividades
diversificadas e significativas nos campos da arte, cultura, esporte e lazer;
 Todavia, o formato de ensino em jornada ampliada em tempo integral desenvolvida pela atual
gestão educacional do governo do Estado desde 2017, deixa muito a desejar: as estruturas
das escolas permaneceram as mesmas com poucas adaptações (devido às reformas rápidas e
superficiais realizadas pelo atual governo), a maioria dessas, necessita de adequações e de
melhorias para acomodar com dignidade os seus alunos: faltam banheiros para que os alunos
possam açiar-se após as atividades práticas e esportivas; os refeitórios não possuem mesas e
bancos suficientes para acomodar os alunos durante as refeições; os espaços alternativos de
lazer e de descanso inexistem; as bibliotecas são antigas; os laboratórios de informática sem
acesso à internet e com poucas máquinas em pleno funcionamento; Laboratórios de ciências
sem materiais de pesquisas importantes para a realização de atividades práticas e
significativas para os alunos e etc;
 Na verdade, a escola de tempo integral não pode ser apenas uma escola de dupla jornada,
com infraestruturas que carecem de melhorias e de recursos, com repetição de tarefas e
metodologias, ela precisa ser mais que isso! A escola de tempo integral que amplia a jornada
escolar possibilita construir alternativas de qualidade de ensino, que além de atender as
demandas da comunidade, oferece ao aluno um currículo diversificado com aulas regulares
das disciplinas tradicionais, atividades esportivas e culturais, além dos projetos de vida, de
intervenção e pesquisa e estudos orientados, preparando-os, sobretudo, para ingressar no
ensino superior;
 O Projeto também tem como objetivos: articular a escolarização com outras oportunidades
educacionais, tais como centros especializados de ensino de língua, de arte, cultura, esporte
e lazer e centros de aprendizagem tecnológica;
 garantir a qualidade da educação por meio da melhoria de bibliotecas e equipamentos;
limitação de números de alunos por sala; escolas inclusivas e acessíveis para os alunos
especiais; revitalização das quadras esportivas dentro das unidades escolares, bem como

Eleições 2018

128
113
ACRE
AC – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

ampliação desses espaços (construções de novas quadras) nas escolas localizadas no interior
do Estado a fim de estimular as práticas esportivas e a sociabilidade (jogos escolares) entre
os alunos; ampliação dos recursos de informática e da inovação tecnológica para o ensino em
sala de aula;
 levar a escola até a comunidade e trazer a comunidade à escola, de forma a abrir seus espaços
aos jovens, idosos e outros grupos sociais para a realização de atividades esportivas, artísticas
e culturais, nas férias e fins de semana, bem como integrar seu projeto pedagógico no meio
social em que está inserida;
ESPORTE E LAZER
 A preservação e disseminação do Esporte devem estar contempladas nas ações de governo,
a fim de manter as características e orgulho de seu povo.
 A melhoria das condições de saúde e qualidade de vida da população pressupõe uma visão
integradora das políticas sociais, diálogos interdisciplinares e ações Inter setoriais. Nessa
perspectiva apontamos as políticas educacionais, de cultura, esporte e lazer, que considerem
o fortalecimento da cidadania, como capazes de promover mudanças estruturais efetivas e
sustentáveis no cotidiano da sociedade.
 As ações direcionadas ao esporte e lazer, como demanda social, devem ser capazes de recriar
a sociabilidade cotidiana, produzindo coletivamente um contexto favorável à valorização dos
sujeitos, promoção da saúde e desenvolvimento local.
 É necessário ampliar no campo social as possibilidades aos cidadãos, proporcionando uma
agenda permanente no campo da cultura, esporte e lazer capaz de ampliar o capital social e
favorecer o fortalecimento da cidadania e das redes de solidariedade para a melhoria das
condições de saúde e da qualidade de vida.
 O esporte tem grande importância na formação da juventude no mundo moderno, em que se
verifica o gosto e a sensibilidade pelas ações esportivas assim o estímulo à prática de esporte
especialmente pelos jovens dos extratos da população em situação de pobreza, contribui para
sua integração à sociedade, opondo-se aos riscos de marginalização
 Além disso, o esporte deve constituir-se em prática saudável para o conjunto da população.
 Assegurar a ampliação da participação de estudantes em atividades e eventos esportivos, e
assim tornar o esporte uma política pública efetiva, tendo como foco a universalização da
prática esportiva para as crianças, adolescentes e jovens, combatendo a desigualdade social,
as drogas e o sedentarismo.
 Estimular o potencial econômico do esporte através da fabricação de produtos esportivos,
construção de equipamentos esportivos, realização de eventos desportivos e outros serviços
relacionados ao esporte.
 Visa resgatar a importância do esporte na formação da juventude especialmente para os
jovens dos extratos da população em situação de pobreza, como contribui para sua integração
à sociedade, opondo-se aos riscos de marginalização. O programa de Esporte visa criar
oportunidade e incentivar a prática esportiva de todos, contribuindo para a socialização,
formação, saúde e qualidade de vida da população, trabalhando as demandas de infraestrutura
e de programas esportivos do Estado. A ideia é fomentar a vocação dos jovens para
determinados esportes, através de Jogos Estudantis envolvendo todas as escolas dos
municípios do Acre para alcançar a meta de projetar o Acre como potência esportiva.
 é necessária também a construção de parceria entre as organizações esportivas, da sociedade
civil e do governo, visando formar uma estrutura forte, com base em planejamento de curto,
médio e longo prazo. Por meio do esporte, consegue-se educar, diminuir os índices de
violência e consumo de drogas, prevenir doenças degenerativas e tornar as pessoas mais
felizes, assim, incentivar estratégias para que contemplem uma visão indissociável entre
esporte, saúde e qualidade de vida;
 É preciso unir esforços, envolvendo todos os arranjos institucionais do Governo, em parceria
com a iniciativa privada, Sistema “S”, entidades administrativas do esporte e sociedade civil

Eleições 2018
114
ACRE
AC – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

organizada, com intuito de se criar alternativas para essa juventude carente que vive em área
de risco.
GESTÃO COMPARTILHADA DOS ESPAÇOS ESPORTIVOS
 O Projeto visa organizar os espaços esportivos públicos já existentes, e garantir o seu pleno
funcionamento à comunidade. Além disso, desenvolverá junto com a comunidade a
conservação e a manutenção para as práticas esportivas, assim como consolidar o mecanismo
de gestão compartilhada e o uso dos equipamentos. O objetivo é promover de forma
organizada ações compartilhadas que possa garantir uma boa gestão dos espaços esportivos,
envolvendo a comunidade, visando cuidar e regular o uso desses espaços.
ESPORTE NA ESCOLA
 Esse projeto visa garantir as ações que envolva os Jogos Escolares e Paraescolares em todo
Estado, envolvendo todos os alunos da rede estadual e municipal, assim como garantir a
inclusão de um número maior de modalidades. O projeto também viabilizará as escolas
vencedoras a participar na fase nacional. A finalidade de trabalho é lograr avanços na
aprendizagem e no desenvolvimento intelectual e social do aluno. Tem por objetivo estimular
o desenvolvimento de projetos esportivos na rede escolar estadual e municipais, com intuito
de promover interação entre os alunos, buscando interagir com o conhecimento através das
ações esportivas.
ESPORTE PARA TODOS
 O projeto visa melhorar e garantir a todos os segmentos esportivos e sociais competições
anuais, como também viabilizar ações esportivas que envolva toda a sociedade acriana, e por
fim criar um calendário anual, voltado às atividades esportivas e promover lazer e interação
social, assim como gerar a alta estima dos jovens nas áreas de risco. Seu objetivo é promover
a participação e interação de diversos segmentos sociais através da prática esportiva.
ESPORTE DESENVOLVENDO ATLETAS COM RENDIMENTO
 Implementar um programa bolsa atleta onde o Estado possa incentivar os atletas com uma
bolsa mensal, que contribua para o treinamento de atletas nas modalidades de rendimento,
facilitando a preparação para competições. Ajudar na formação do atleta, contribuindo para
um aperfeiçoamento de suas habilidades para garantir a participação em competições de um
modo geral.
CENTRO DE FORMAÇÃO EM PRÁTICAS ESPORTIVAS
 Criar um Centro de Formação em Práticas Esportivas que terá como finalidades desenvolver
política pública no sentido de melhorar o descaso e abandono nesse segmento tão importante
no contexto social. Além disso, o projeto tem como objetivo incentivar profissionais no
desempenho de suas funções, interagindo com a sociedade, e formar bons cidadãos com boas
práticas esportivas. Transformar a “Arena da Floresta” em um espaço voltado as práticas
esportivas, com várias atividades e ações sendo desenvolvidas para melhor incentivar o
desempenho de nossos atletas.
JOGOS INDÍGENAS
 Esse projeto visa garantir a participação dos povos indígenas em seus diversos segmentos
esportivos em competições com o a edição anual dos Jogos Indígenas, que é o maior evento
esportivo entre povos no Acre. Os Jogos Interpovos são ações esportivas entre as tribos, em
que cada povo participa e compete; por fim, incentivar um calendário anual e garantir a
realização de Campeonato de Futebol entre os povos e suas etnias para promover lazer e
interação social. O objetivo é promover a participação e interação de diversos povos
indígenas do Estado do Acre às práticas esportivas, garantindo e incentivando essas práticas.
SEGURANÇA PÚBLICA
 Importante também criar uma parceria com a secretaria estadual de esporte para fomentar a
pratica desportiva e fortalecer alguns projetos já desenvolvidos pelos profissionais de
segurança pública que atualmente não possuem incentivo algum.
DESENVOLVIMENTO SOCIAL, CULTURAL E TURISMO

Eleições 2018
115
ACRE
AC – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

 Ampliar, redimensionar e melhorar a infraestrutura das ETI’s: laboratórios de Química,


Física e Biologia com novos equipamentos e recursos didáticos pedagógicos, que atualmente
são compartilhados; cozinha, refeitório, quadra poliesportiva, vestiário feminino e masculino;
 Revitalizar a Política Estadual de Atenção à Criança e ao Adolescente pela inserção de uma
visão de futuro, com novos valores de compreensão da vida e da cidadania, em consonância
com os preceitos do Estatuto da Criança e do Adolescente, bem como considerar a juventude
como público prioritário das políticas públicas, numa perspectiva transversal, integrada ao
processo produtivo e à rede de serviços públicos, em especial a de educação básica e
profissional, científica e tecnológica, a de cultura, esporte e lazer, e aos programas de
primeiro emprego
 O Projeto Melhor Idade será destinado às pessoas idosas e busca em consonância com as
Diretrizes da Política Nacional e o Estatuto do Idoso, assegurar uma melhor qualidade de
vida aos idosos acrianos por meio do desenvolvimento das seguintes ações afirmativas: criar
a rede de Centros de Convivência e de Qualidade de Vida do Idoso numa perspectiva
regional, mediante a oferta de serviços especializados que contemplem atividades recreativas,
socioculturais, esportivas, terapêuticas, hidroginástica e musicoterapia; ampliar junto à
Secretaria Estadual de Saúde o atendimento à pessoa idosa, oferecendo mais conforto,
segurança e atendimento humanizado para o cuidado integral e multiprofissional, mediante a
revitalização do Hospital do Idoso localizado na Fundação Hospitalar e a disponibilização de
maior número de profissionais especializados; implantar um Programa de Capacitação e
Inclusão para o Trabalho direcionado à terceira idade, com destaque para a geração de
ocupação e renda, e para abolição de todas as formas de discriminação ao idoso no tocante
ao acesso ao trabalho e aposentadoria;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JANAINA ARAUJO FURTADO ACIOLY REDE
VICE Julio Cesar
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
REDE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
31 ANOS Feminino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Professora
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

Eleições 2018
116
ACRE
AC – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
MARCUS ALEXANDRE MÉDICI
PT
AGUIAR VIANA DA SILVA
VICE Emylson Farias
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PRB / PDT / PT / PODE / PROS / PC do B / PSB /
PRP / PV / PSOL / PHS / PRTB / DC / PPL / PMB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
41 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Engenheiro
PROPOSTAS
INFRAESTRUTURA
 Destaca-se a implantação de uma rede composta por centenas de equipamentos esportivos,
incluindo os referidos parques lineares, além de estádios, centros poliesportivos, praças e
quadras, que convidam a população para aderir ao estilo saudável de vida.
ESPORTE E LAZER
 Nos tempos atuais, qualidade de vida implica também em práticas cotidianas de esporte e
lazer. O esporte é um dos mais importantes fenômenos sociais. É meio para a prática de vida
saudável e mobilização das pessoas; fortalece vínculos sociais, comunitários e identitários.
 Hoje o Acre dispõe de uma moderna legislação de incentivo ao Esporte e Lazer, com o
Governo financiando projetos das comunidades e dos mobilizadores esportivos espalhados
por todo o Esta - do, atendendo crianças, jovens, adultos e idosos. Nos últimos anos, vêm
sendo realizados investimentos em festivais esportivos, campeonatos, jogos nas
comunidades, ginástica funcional, dentre diversas outras modalidades. Ação reforçada pelo
apoio técnico oferecido a grande número de entidades esportivas. Ao todo, somente em 2017,
mais de 100 mil pessoas foram beneficiadas, direta ou indiretamente, com essas ações.
 Na oferta de espaços e equipamentos públicos, destacam-se as quadras poliesportivas
construídas em grande número de escolas, os estádios Arena da Floresta e Arena do Juruá,
os equipamentos de esporte e lazer nos parques das cidades, dentre outros aparelhos
 Fortalecimento da gestão da área, com a criação de uma secretaria específica;
 Garantia de financiamento das ações regulares, com a adoção de novas formas de custeio;
 Fortalecimento do diálogo com as organizações de atletas e praticantes das diversas
modalidades esportivas e com usuários de serviços e espaços de lazer, proporcionando maior
interação na definição e execução dos programas e projetos setoriais;
 Incentivo à formação de novos atletas;
 Viabilização do espaço apropriado para a prática de esportes radicais na região. do Juruá.
EDUCAÇÃO
 Implantar o Programa Escola Aberta, possibilitando o acesso pelas comunidades aos espaços
culturais e esportivos das escolas nos finais de semana.
ESPORTE
 Criar a Secretaria Estadual de Esportes e Lazer.
 Fortalecer o Programa Bolsa Atleta, de forma a garantir recursos para o desenvolvimento e
aprimoramento dos talentos esportivos locais.
 Revisar e fortalecer a Lei Estadual de Incentivo ao Esporte e Lazer.

Eleições 2018
117
ACRE
AC – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

 Implantar a Arena de Esporte Radicais do Juruá como equipamento apropriado para a prática
de esportes radicais urbanos nas modalidades arrancada automotiva, som automotivo,
motocross, aeromodelismo, automodelismo, wheeling (manobras com mo - tos), ciclismo,
entre outras.
 Estabelecer o calendário anual de esportes, abrangendo os 22 municípios, com competições
de esporte nas modalidades de futebol, vôlei, basquete, handebol, artes marciais, atletismo,
ciclismo entre outros.
 Instituir o Copão Estadual de Futebol Amador, nas modalidades campo e futsal.
 Garantir o acesso dos acreanos aos espaços esportivos e de lazer, por meio da manutenção e
revitalização dos espaços esportivos, paradesportivos e de lazer, com acessibilidade e
sustentabilidade.
 Garantir melhoria no atendimento à população, através de uma política de formação de
agentes, fazedores, entidades e profissionais de educação física e suas representações.
 Apoiar as escolinhas de futebol formalmente constituídas, bem como as categorias de base
de futebol profissional.
POLITICA DE JUVENTUDE
 Chamam atenção, ainda, o investimento na estruturação de aparatos públicos que propiciam
práticas esportivas e de lazer juvenil, a organização de jogos escolares, o estímulo às
atividades culturais, e o atendimento da demanda jovem por serviços como saúde, pequenos
negócios, assistência social e desenvolvimento rural.

Eleições 2018
118
AMAPÁ
AP – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

4.3.2. AMAPÁ

Propostas dos candidatos ao governo do Amapá

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
JOAO ALBERTO RODRIGUES
PSB
CAPIBERIBE
VICE Professor Marcos Roberto
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT / PSB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
71 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Senador
PROPOSTAS
INFRAESTRUTURA
 Investir na construção de praças e reformas dos equipamentos esportivos.
SEGURANÇA PÚBLICA E PRISIONAL
 Promover a reabilitação da população criminalizada com ações voltadas ao tratamento penal
e especial atenção `saúde, educação, geração de renda e socialização por meio da cultura e
esporte.
EDUCAÇÃO
 Ampliar o acesso à Educação de Tempo Integral, assegurando escolas com infraestruturas
necessárias, no maior número de escolas com oferta de reforço educacional, grupos de
estudos, biblioteca, sala ou laboratório de tecnologia, espaço para esporte, artes cênicas e
plásticas, música, ensino profissionalizante.
ESPORTE E LAZER
 A atual política pública de esporte e lazer do Estado é incipiente, poucos atletas e equipes
conseguem desenvolver satisfatoriamente suas potencialidades, num estado que já foi
“celeiro de craques”. No momento o programa de maior destaque é a regulamentação da Lei
1.139 de novembro de 2017, que é o bolsa atleta. As principais entidades de administração
do esporte amador, que são parceiros do Estado na realização de eventos esportivos e sociais,
não tem apoio para suas ações. Os equipamentos esportivos públicos se encontram
degradados, o que inviabiliza a realização de competição esportivas em larga escala.
 Fortalecer as principais manifestações do segmento esportivo educacional, de participação e
rendimento do Amapá.
 Realizar parcerias com apoio financeiro as entidades de gestão de esporte amador;
 Otimizar as estruturas de quadras, piscinas e ginásio para incentivar a pratica esportiva;
 Implementar a capacitação dos profissionais nos segmentos esportivos: educacional,
participação e rendimento;
 Capitar recursos federais para reforma e modernização das estruturas esportivas existentes e
de novos centros esportivos;
 Propor a criação da Lei de Incentivo Fiscal para o esporte;
 Implantar o quadro próprio de pessoal da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer.
DIREITOS HUMANOS

Eleições 2018
119
AMAPÁ
AP – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

 Garantir os direitos de acessibilidade aos equipamentos culturais e manifestações artísticas,


à tecnologia, bens e serviços, educação, transporte, esporte entre outros.
 Investir em valores voltados para uma cultura de paz, ética de convivência, ou seja,
"cultivando vida e desarmando violências" pelo resgate da dignidade, da autoestima e do
direito à participação dos jovens, e a necessária formação de uma massa crítica, com
responsabilidade social e canais de representação dos jovens, como também nos espaços de
lazer, esporte, arte, cultura e educação para a cidadania.
 Criar o Conselho estadual da Juventude como espaço de Diálogos entre a sociedade, o
governo e a juventude amapaense para propor ações e fazer o controle social dos
investimentos do poder público para a juventude; o Centro Olímpico do Amapá, Pontos de
Cultura da Juventude, incentivar o esporte nos bairros e as Praças para a Juventude.

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
ANTONIO CIRILO FERNANDES
PSL
BORGES
VICE Sgt Torres
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PPS / PHS / PR / PSL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
51 ANOS Masculino Preta
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Servidor Público
Superior Completo
Federal
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
 Implantar a escola em tempo integral, ampliando, gradativamente, a carga horária do aluno
no ensino fundamental I e ensino médio, garantindo o atendimento com profissionais
qualificados e atividades diversificadas (esportivas, artísticas, aulas de idiomas, entre outras),
adequando a estrutura e utilizando outros espaços, entre eles;
 Consolidar o atendimento da SEDEL como uma referência de política pública de atendimento
integrado: educação, cultura, esporte e lazer;
JUVENTUDE
 Criar o “Juventude Amapaense”. Um edital que premia iniciativas individuais e coletivas de
jovens nas áreas de cultura, esporte, lazer e educação;
 Implementar programas que articulem políticas de transferência de renda, formação
profissional e acesso a políticas públicas de cultura, esporte e lazer;
ESPORTE E LAZER
A história do Esporte no Amapá se confunde com a história do futebol no Estado que iniciou
com alguns clubes na década de 40. A partir daí o Esporte de uma maneira geral vem sofrendo
um precário incentivo por parte do Governo Estadual do Amapá. O Esporte atualmente é
subsidiado pela SEDEL (Secretária de Esporte e Lazer) que conta com pouco recurso para
implementar uma ação mais eficaz em relação ao Esporte.
 Fomentar o acesso da população aos equipamentos públicos, aproveitando áreas
institucionais disponíveis, tais como, as praças, parques, campos de várzea, vias públicas,
escolas, dentre outros, para a prática do Esporte e do Lazer;

Eleições 2018
120
AMAPÁ
AP – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

 Elaborar diagnósticos periódicos dos equipamentos e espaços de Esporte e Lazer existentes


para subsidiar ações de manutenção e preservação constantes, bem como de áreas disponíveis
para ampliação da infraestrutura física;
 Promover a distribuição espacial de recursos, serviços e equipamentos, segundo critérios de
contingente populacional e indicadores sociais, para redução de desigualdades
socioespaciais, suprindo carências, especialmente em bairros de maior vulnerabilidade
social;
 Implantar áreas multifuncionais para esporte e lazer no Estado, com instalação de
equipamentos de diversão infantil nas praças, esportes radicais, Academias ao Ar Livre,
reforma e criação de novos equipamentos, manutenção dos parques existentes e incentivo ao
uso de áreas naturais para o lazer;
 Garantir estratégias de controle social para promover medidas educativas de conscientização
da sociedade civil na preservação e cogestão dos espaços públicos esportivos e de lazer;
 Promover a acessibilidade aos equipamentos, mediante oferta de rede física adequada, e
viabilizar programas de esportes e lazer para inclusão das pessoas com deficiência e
mobilidade reduzida;
 Desenvolver atividades orientadas de atividade e lazer em massa (caminhadas, ginásticas,
passeios, etc), visando o envolvimento da população na prática saudável do esporte e lazer,
necessários ao equilíbrio psicofisiológico do homem moderno;
 Manter sistema de animação cultural e esportiva, por meio de calendário de eventos e da
instalação de novas atividades permanentes;
 Ampliar a atuação das “ruas de lazer” e atividades de recreação, prioritariamente para as
populações periféricas e populações rurais;
 Fomentar o esporte de formação e de alto rendimento, com elaboração de programas
específicos e utilização de infraestrutura nas escolas, ginásios e quadras poliesportivas nos
bairros, garantindo ampliação da infraestrutura existente para diferentes modalidades a nível
olímpico;
 Reforma do Forte São José;
 Reforma das praças e logradouros públicos;
TURISMO
 No Polo Pororoca, encontram-se os municípios de Cutias do Araguari, Ferreira Gomes,
Itaubal do Piririm e Tartarugalzinho, todos com saída para o maior atrativo turístico natural
do Estado o fenômeno da Pororoca, que atrai jornalistas, esportistas, surfistas e curiosos a
nível nacional e internacional, curiosos em conhecer a maior onda de água doce do mundo.

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
DAVID SAMUEL ALCOLUMBRE
DEM
TOBELEM
VICE Silvana Vedovelli
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
DEM / REDE / PSDB / PPL / PP / PSC / AVANTE /
PSD / PODE / SOLIDARIEDADE / PATRI
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
41 ANOS Masculino Branca

Eleições 2018
121
AMAPÁ
AP – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

GRAU DE INSTRUÇÃO
OCUPAÇÃO
Ensino Médio
Senador
Completo
PROPOSTAS
CULTURA E TURISMO
 Integração da política de turismo do Estado: integrar as políticas de turismo do Estado com
as dos municípios e com as áreas de cultura, lazer, esporte, educação e meio ambiente.
EDUCAÇÃO
 Criar o programa viver a escola: ampliar progressivamente a educação em tempo integral,
com o desenvolvimento de atividades culturais, esportivas, de educação financeira e
empreendedorismo e de relacionamento social de forma associada ao projeto pedagógico das
escolas.
ASSISTENCIA SOCIAL
 Políticas Públicas de Esporte e Lazer: programa integrado de esporte e lazer, com ações para
dinamizar as práticas esportivas no ambiente escolar; organizar jogos estudantis estaduais;
investir na construção e manutenção de espaços públicos adequados às práticas esportivas e
ao lazer; investir no esporte e o lazer como instrumento de combate às drogas e a violência,
por meio de programas sociais integrados com outras ações governamentais.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


GIANFRANCO GUSMÃO DE AZEVEDO PSTU
VICE Amiraldo
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
45 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Professor
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ANTONIO WALDEZ GÓES DA SILVA PDT
VICE Jaime
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PDT / PROS / PTB / MDB / DC / PRB / PRP / PC do
B / PMB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
57 ANOS Masculino Parda

Eleições 2018
122
AMAPÁ
AP – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO


Superior Completo Governador
PROPOSTAS
DESENVOLVIMENTO SOCIAL
 Promover a educação, saúde, assistência social, cultura, esporte e lazer para desigualdades.
ESPORTE E LAZER
 Reformar/revitalizar os espaços esportivos e educacionais do Estado;
 Construir a Central das Federações Esportivas do Amapá;
 Construir a Academia do Atleta.

Eleições 2018
123
AMAZONAS
AM – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

4.3.3. AMAZONAS

Propostas dos candidatos ao governo do Amazonas

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


AMAZONINO ARMANDO MENDES PDT
VICE Rebecca Garcia
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PDT / PRP / AVANTE / PP / PV / PR /
SOLIDARIEDADE / PPS / PTB / PHS / PSL / PPL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
79 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governador
PROPOSTAS
ESPORTE
 Criar, ouvindo esportistas e especialistas, o Plano Diretor do Esporte, para o Amazonas voltar
a ter atletas de nível olímpico.
 Promover ações junto com os municípios, para o desenvolvimento do esporte de base com
os jovens, para que comecem a ser preparados para serem os atletas do futuro.
 Retomada das atividades da Vila Olímpica de Manaus como centro de excelência para
formação de atletas de alto nível.
 Desenvolver programas de inclusão social tendo o esporte como centro de atração de jovens
para impedir que sejam usados pelo narcotráfico.
 Intensificar os programas de esportes nas escolas do Estado, dando ênfase aos jogos
estudantis do Estado, premiando os talentos.
Articular junto a iniciativa privada apoio ao futebol profissional, feminino e masculino no
Amazonas, estimulando jovens que hoje demonstram talento nos campos do interior e dos
bairro de Manaus a se profissionalizarem.
 Buscar infraestrutura para que outros esportes alcancem o nível do futebol feminino do
Amazonas, que terá, como os outros esportes, o apoio do Estado.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


NINDBERG BARBOSA DOS SANTOS PSOL
VICE Ilzanete Campos
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
57 ANOS Masculino Parda

Eleições 2018
124
AMAZONAS
AM – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO


Superior Completo Bancário
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
DAVID ANTONIO ABISAI PEREIRA DE
PSB
ALMEIDA
VICE Jorge Guimarães
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PODE / PMN / PMB / PSB / PROS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
49 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Deputado
PROPOSTAS
SAÚDE
 Aumentar a expectativa de vida com qualidade significa enfrentar a mortalidade infantil, a
educação alimentar, a violência no trânsito e a ampliação das práticas de lazer e esporte.
ESPORTE
 PROGRAMA DE DEMOCRATIZAÇÃO DO ESPORTE
- Reativação do Conselho Estadual de Esporte e Lazer e do Conselho Estadual de Juventude.
 PROGRAMA DE REVITALIZAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DO ESPORTE
- Reforma e adequações da infraestrutura do Complexo Esportivo Danilo de Mattos Duarte
Areosa (Vila Olímpica).
- Criar o Centro de Iniciação ao Esporte
 PROGRAMA: “VIDA SAUDÁVEL”
- Estimular a prática de atividades físicas regulares integradas ao lazer, à cultura, à informação
e à cidadania.
 PELC: PROGRAMA DE ESPORTE E LAZER NA CIDADE
- Implantar os núcleos de lazer e esporte recreativo, em áreas urbanas e rurais, voltados às
comunidades, aos jovens, adultos, povos tradicionais e indígenas.
- Criar o programa permanente de incentivo à prática de exercícios físicos regulares como
estratégica para o bem estar, o convívio social e a qualidade de vida.
 PROGRAMA VIDA ATIVA
- Fortalecer as ações de inclusão social a partir de atividades esportivas, sociais, artísticas,
culturais, sócio educacionais, de entretenimento e de lazer, com ênfase nos idosos.
- Implantar os núcleos de lazer e esporte recreativo com atividades sistemáticas e
assistemáticas, no sentido de garantir o direito ao lazer à pessoa idosa.
 PROGRAMA CAF: CENTROS DE ATENDIMENTOS ÀS FAMÍLIAS
- Promover atividades de integração das famílias por meio de práticas esportivas, culturais e
atendimentos fisioterápicos.
 PROGRAMA CTARA: CENTRO DE TREINAMENTO DE ALTO RENDIMENTO DA
AMAZÔNIA

Eleições 2018
125
AMAZONAS
AM – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

- Incentivar o esporte de alto rendimento no Amazonas.


- Estruturar o projeto de formação de atletas olímpicos.
- Fortalecer o esporte na escola e os Jogos Estudantis do Amazonas como estratégia de seleção
de atletas de alto rendimento.
- Construir e implantar o Centro de Atendimento de Tiro com Arco.
 PROGRAMA “INTERIOR EM MOVIMENTO”
- Interiorizar a prática de esportes nos municípios do interior do Amazonas.
- Incentivar modalidades a partir dos potenciais naturais do Amazonas.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


LUCIA REGINA ANTONY PCdoB
VICE Aldemir Caetano
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PC do B / PT
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
59 ANOS Feminino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Odontóloga
PROPOSTAS
Estruturar os municípios do Estado para receber o turismo ecológico, comunitário,
esportivo e de negócios.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


OMAR JOSÉ ABDEL AZIZ PSD
VICE Arthur Bisneto
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSD / PSDB / DEM / PRB / PTC / PATRI
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
60 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Senador
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


SIDNEY VEIGA CABRAL PSTU
VICE Maria Auxiliadora

Eleições 2018
126
AMAZONAS
AM – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 ANOS Masculino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Ensino Médio Servidor Público
Completo Federal
PROPOSTAS
ESPORTE
 Criação de conselhos populares nessas três áreas;
 Dotar as escolas com os meios para estimular a arte em todas as suas dimensões e a
prática do esporte em todas as modalidades;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


WILSON MIRANDA LIMA PSC
VICE Carlos Almeida
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSC / PRTB / REDE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
42 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Jornalista e Redator
PROPOSTAS
SEGURANÇA
 Implantação progressiva de um amplo programa de prevenção à violência e estímulo à cultura
de paz, com foco prioritário na juventude e por meio de ações integradas na área de educação,
esportes, cultura, lazer e assistência social;
EDUCAÇÃO
 Ampliação do sistema de educação em tempo integral para o atendimento das crianças e
adolescentes do ensino fundamental e médio, com a construção de escolas de tempo integral
e com um amplo programa de projetos socioculturais e esportivos de contraturno, que
reforcem as atividades pedagógicas escolares e ampliem a prevenção da violência, da
marginalização, com prioridade para as faixas da população de maior vulnerabilidade social;
 Realização de projetos de extensão, desenvolvidos no ambiente escolar, ligados ao esporte,
à música, à dança e ao teatro, bem como os projetos de cunho científico;
ESPORTE
 Efetivação de Lei Estadual de Incentivo ao Esporte;
 Reestruturar a SEJEL com a reorganização de pessoal e instituição de quadro
multidisciplinar;
 Realização de estudos para minoração do impacto mensal das despesas geradas pela Arena
da Amazônia;
 Estruturação de campeonatos nos bairros de Manaus e calhas do Interior, com a instituição
da Caravana do Esporte;

Eleições 2018
127
AMAZONAS
AM – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

 Apoio, em parceria com os municípios, à revitalização de quadras de esporte e campos de


futebol com incentivo à formação esportiva, preferencialmente em áreas de maior
vulnerabilidade social;
 Incentivo, por meio de ações específicas, a participação da pessoa com deficiência em
programas esportivos, seja como profissional, como colaborador, apoiador ou ainda como
beneficiário das atividades, corroborando para a inclusão social dessas pessoas.
 Integração das políticas municipais de juventude com as demais áreas de governo,
especialmente educação, cultura, saúde, assistência social, desenvolvimento econômico,
sempre em parceria com instituições públicas e privadas e a sociedade em geral;
 Em conjunto com as áreas de Educação e Assistência Social, incrementar o Programa Jovem
Aprendiz e o Programa de Estágio Remunerado nas diversas áreas da gestão pública estadual
e também em parceria com a iniciativa privada;
 Divisão dos repasses para aplicação em diversas modalidades na área do esporte, de forma
proporcional;
 Promoção de estudos de captação de recursos para criação de mini vilas olímpicas nos
municípios, inclusive com Parceria Público-Privada, para a manutenção das vilas;
 Reorganização dos programas de apoio aos atletas e paratletas com definição de critérios
claro de concessão de patrocínio.

Eleições 2018
128
PARÁ
PA – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

4.3.4. PARÁ

Propostas dos candidatos ao governo do Pará

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOSE CLEBER BARROS RABELO PSTU
VICE Seu Alex
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
46 ANOS Masculino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Ensino Médio Trabalhado
Completo Construção Civil
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
FERNANDO ANTONIO MARTINS
PSOL
CARNEIRO
VICE Tati Picanço
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PPL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
54 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Vereador
PROPOSTAS
SEGURANÇA PÚBLICA
 Criar uma rede intersetorial para efetivação de Programas na área da educação, cultura e
esporte e lazer para prevenção social no que se refere a segurança e redução dos índices de
criminalidade entre os jovens da capital e do interior do estado;
EDUCAÇÃO
 Desenvolver uma concepção de escola como potencializadora e fomentadora de cultura, arte,
esporte e lazer;
 Garantir o suporte de recursos materiais e infraestrutura adequada, como quadras esportivas
cobertas, auditórios, bibliotecas, laboratórios de informática e salas de artes para ações
voltadas ao desenvolvimento das capacidades artísticas, esportivas, científicas e demais
manifestações;
ASSISTÊNCIA SOCIAL

Eleições 2018
129
PARÁ
PA – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

 Efetivar Programas Estratégicos para as famílias articulados com os cinco eixos estruturantes
da gestão do governo do estado para execução de ações nas áreas da saúde, educação, cultura,
esporte e lazer, trabalho e renda;
PESSOA COM DEFICIÊNCIA
 Qualificar de forma intersetorializada a Rede de Cuidados à Saúde da Pessoa com Deficiência
(RCPD) no estado promovendo maior integração entre os pontos de atenção da RCPD e dos
demais dispositivos públicos (educação, assistência social, mobilidade, esporte e lazer,
emprego, etc);
IDOSO
 Criar parcerias junto às universidades publicas para ampliação de ações que incluam os
idosos em atividades intelectuais, culturais, esportivas e de lazer;
TURISMO
 Fomentar em parceria com os municípios a prática de esportes de aventura, trilhas e de
ecoturismo nas regiões cujas características são favoráveis para efetivação de tais práticas;
ESPORTE E LAZER
 Realizar Conferência Estadual de Esporte e Lazer a fim de convocar os municípios na
construção de uma política desconcentrada da região metropolitana e assim garantir a
democratização do acesso de esporte e lazer como direitos sociais;
 Viabilizar a criação e funcionamento do Conselho Estadual de Esporte e Lazer;
 Retomar a funcionalidade da Diretoria de Desenvolvimento de Formação e Pesquisa em
esporte e lazer cujo objetivo é fomentar a formação de lideranças que ajudarão os municípios
a realizarem eventos para as cidades em parceria com as universidades públicas do estado.
 Implementar o Projeto de Escolas de Esportes que deverá ser efetivada por meio de parcerias
com as escolas públicas, prioritariamente, da rede estadual de ensino, clubes, associações,
ONG e municípios, dando acesso gratuito, às diversas modalidades esportivas em todo o
estado;
 Desenvolver programas e projetos nas diversas modalidades esportivas de aventura/natureza
para colocar ao estado do Pará como uma potência de incentivo às praticas que interajam com
o meio ambiente sem degradá-lo com fomento ao turismo local/regional.
 Criar Centros de Esporte e Lazer nas regiões do estado para realização de eventos de médio
porte, como competições esportivas, festivais de lazer, festivais de arte, cultura entre outros;
 Revitalizar o espaço do Mangueirão como uma grande praça de práticas esportivas e lazer
com instalações de equipamentos de academia, playground, quadras poliesportivas e arenas
de práticas de jogos populares e de lazer ao ar livre;
 Implantar do “Programa Bem Viver na Terceira Idade” cujo objetivo é ofertar atividades
esportivas e de lazer para idosos de todas as regiões do estado Pará; - Implantar o “Programa
esporte, arte e lazer nos rios e na floresta” cujo objetivo é fomentar práticas esportivas e de
lazer peculiares à população ribeirinha, quilombolas e povos originários (indígenas);
 Apoiar eventos esportivos organizados pelas federações, ligas, associações, academias e
outras formas organizativas existentes nos municípios do estado, nas diversas modalidades;
 Ampliar a quantidade de atendimentos de bolsas do Projeto Bolsa Talento (Lei 7.119, de 31
de março de 2008) para atletas amadores, olímpicos e paraolímpicos a fim de garantir apoio
na preparação e participação nas competições regionais, nacionais e internacionais;
 Garantir a participação das pessoas com deficiência nos programas e ações de esporte, arte e
lazer nas atividades e infraestrutura adaptadas às peculiaridades das pessoas.
 Apoiar o esporte amador e o esporte comunitário, fomentando competições regionais e
estaduais, bem como apoiar com recursos financeiros e com recursos materiais para que
atletas amadores ou não participem de competições fora do estado.
 Garantir a formação continuada aos servidores que atuam com esporte, arte e lazer;
 Criar o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração para servidores da SEEL;
SERVIDOR PÚBLICO

Eleições 2018
130
PARÁ
PA – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

 Criar ações intersetoriais de politicas públicas como saúde, educação, esporte e lazer, cultura,
turismo para o atendimento e apoio aos servidores aposentados e pensionistas;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


HELDER ZAHLUTH BARBALHO MDB
VICE Lucio Vale
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / PP / PRB / PR / PSC / PTB / PHS / PMB /
PODE / DC / PTC / PATRI / PSD / AVANTE / PSL /
PROS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
39 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Administrador
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
 Ampliação do número de escolas em tempo integral, visando a maior permanência do aluno
na escola, que nesse caso também funcionaria como instrumento de proteção social,
buscando, por meio da ampliação da base curricular, introduzir práticas de atividades
esportivas, culturais, científicas e etc., objetivando sempre despertar no aluno o interesse pelo
aprendizado;
JUVENTUDE
 Ampliar ações de inclusão social por meio do esporte, lazer, música e teatro, dentre outros,
inclusive através do aumento de repasse de recursos para os municípios, e do fortalecimento
de parcerias com a iniciativa privada, igrejas e outras entidades sem fins lucrativos, por meio
de realização de chamadas públicas para a execução de projetos com esta finalidade.
ESPORTE E LAZER
 Construir, reformar e adaptar espaços destinados à prática de esportes e eventos culturais,
inclusive em parceria com clubes e associações desportivas.
TERRITÓRIOS DE PAZ
 Criar uma força tarefa de segurança com a participação de todas as Secretarias Estaduais, a
partir da qual cada unidade irá contribuir para as ações de pacificação nos bairros, tais como:
pavimentação de ruas, implantação de câmeras de monitoramento, implantação e/ou reforma
de espaços para esporte e lazer, creches (parceria com os municípios), escola de tempo
integral, realização de parceria com entidades, igrejas e associações que já realizam ações de
assistência e inclusão social nos bairros.
OCUPAÇÃO DE ÁREAS CRÍTICAS
 Intensificar ações e a presença do Estado em áreas consideradas críticas no que se refere aos
índices de criminalidade, colocando dessa forma ênfase na prevenção por meio do olhar do
Estado para a juventude, oferecendo oportunidades de acesso à formação e por consequência
ao emprego ou ao empreendedorismo, dando atenção específica nas questões de saúde
pública, incentivos à prática do desporto, investimento em áreas de lazer e aproximação das
famílias junto aos órgãos de defesa e segurança pública.
TURISMO

Eleições 2018
131
PARÁ
PA – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

 Melhorar os investimentos no turismo, com a viabilização de projetos e obras de


infraestrutura e a recuperação de locais com potencial turístico, bem como a divulgação e o
desenvolvimento de programas de capacitação dos profissionais que atuam no setor, com
destaque para o ecoturismo, turismo gastronômico, pesca esportiva, entre outros.
INCLUSÃO SOCIAL
 Integrar as ações de educação, esporte e lazer, cultura, saúde e proteção social de forma a
garantir o seu desenvolvimento.
 Promover a prática do esporte paraolímpico nas diversas regiões do Estado, melhorando a
inclusão social, a autoestima e a qualidade de vida, bem como a identificação de possíveis
talentos entre os praticantes;
 Construir, reformar e adaptar espaços destinados à prática de esportes para pessoas com
deficiência.
 Realizar parcerias com igrejas, academias, clubes e associações para possibilitar a prática de
esportes e lazer para os idosos.
ESPORTE E LAZER
 PROMOÇÃO AO ESPORTE - Estimular uma maior participação e melhorar a divulgação
dos Jogos Estudantis Paraenses, como forma de revelar novos talentos esportivos bem como
integrar a comunidade estudantil através da prática do esporte.
 ATLETAS DE ALTO RENDIMENTO - Ampliar o apoio aos atletas de alto rendimento,
estimulando a participação da iniciativa privada, propiciando aos mesmos as condições
necessárias ao constante aperfeiçoamento nas suas respectivas modalidades esportivas,
tornando-os aptos a participarem, com reais condições de competir, das competições
nacionais e internacionais.
 CAPTAÇÃO DE RECURSOS - Assessorar os municípios na elaboração de projetos que
visem obter recursos federais e entidades multilaterais para ampliação da infraestrutura
esportiva nas diversas cidades do Estado.
 PRAÇA PARA O POVO - Ampliar e incentivar a instalação de equipamentos esportivos,
bem como reforma e ampliação das diversas áreas de convivência pública das cidades
paraenses, para estimular a prática esportiva e melhora da qualidade de vida das pessoas,
utilizando profissionais da área de educação física em quantidade suficiente para atendimento
de boa qualidade.
 ESPAÇOS OCIOSOS - estimular a utilização dos espaços disponíveis nas escolas para a
prática esportiva e de lazer, nos horários em que as mesmas estariam fechadas, maximizando
a utilização dos espaços e oferecendo oportunidade de práticas saudáveis a toda população.
 ÁREAS CRÍTICAS - Elaborar estudo para identificar áreas com altos índices de
criminalidade e carências de equipamentos públicos, com vistas a ampliar a oferta desses
equipamentos nesses locais, como forma de intensificar a prática de esporte e lazer nessas
regiões, tornando a prática do esporte e do lazer instrumentos de auxílio à boa convivência e
combate à violência.
 ENTIDADES DESPORTIVAS - Formar parcerias com entidades desportivas para o uso
equipamentos e instalações.

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
MARCIO DESIDÉRIO TEIXEIRA
DEM
MIRANDA
VICE Kelman Vieira de Oliveira
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
DEM / PSDB / PDT / PSB / SOLIDARIEDADE /
PRP / PMN / PRTB / PPS

Eleições 2018
132
PARÁ
PA – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

IDADE GÊNERO COR / RAÇA


61 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Médico
PROPOSTAS
Entendendo o Esporte como indispensável a boa saúde, incentivaremos ainda mais sua prática.
No Pará existem inúmeras potencialidades nessa área, temos atletas que nos orgulham em
diversas modalidades. Nosso compromisso é fortalecer o esporte de rendimento e de alta
performance na áreas que temos infraestrutura adequada. Vamos continuar atuando fortemente
para atração de grandes eventos desportivos para o Pará.
Fomentaremos modalidades em que nosso ambiente Amazônico tem grande potencialidade,
como pesca esportiva, canoagem, esportes de aventura, além de mantermos o apoio ao jogos
indígenas. Criaremos circuitos através de zonas de interesse turístico e atividades esportivas
voltadas para a preservação da natureza, aproveitando o interesse mundial por ações associadas
aos aspectos ecológicos e de sustentabilidade.
O esporte tem um grande potencial na prevenção de problemas sociais em várias áreas, pois é
um grande instrumento de inclusão. Na Segurança Pública, o esporte é um dos vetores na
política de prevenção à violência e à criminalidade; na Educação, tem um papel agregador e é
uma das alternativas para manter o aluno na escola , prevenindo a evasão e a repetência escolar;
na Saúde, a prevenção de doenças e a promoção qualidade de vida, é um dos principais
benefícios das práticas esportivas.
ESPORTE E LAZER
• Modernizar as instalações do Estádio Olímpico do Pará (EOP), para contemplar os requisitos
mínimos de segurança e conforto ao público.
• Dotar as quadras poliesportivas das escolas estaduais e das sedes de municípios de uma
infraestrutura mínima para realização de suas atividades, permitindo a oportunidade de
detecção e formação inicial de atletas regionais.
• Instituir Lei de Incentivo ao Esporte, como mecanismo de incentivos para financiamentos
privados de equipes e atletas.
• Adequar e ampliar a ação da Lei 7.119/2008 - Bolsa Talento, permitindo resgatar a ação do
governo no meio esportivo.
• Implantar o Programa Mais Esporte, com a finalidade de incentivar e promover eventos e
programas esportivos em todo o Estado, com parceria da iniciativa privada;
• Criar o “Time Pará”, visando à composição de um grupo seleto de atletas para receber atenção
especial no desenvolvimento de suas carreiras, através de uma “Bolsa de Mérito Desportivo”,
na perspectiva de resultados positivos em competições nacionais e internacionais, inclusive
olímpicos.
• Implantar o Circuito Pará de Esporte de Aventura, reunindo várias modalidades em um só
evento, percorrendo todas as regiões do Estado.
• Apoiar as Federações esportivas na realização de um planejamento do calendário anual, com
a garantia de financiamento mínimo e uso de um “ranking” classificatório, composto por
indicadores meritocráticos de desempenho de gestão.
• Apoiar as Ligas do Interior na realização dos seus eventos, em face do enorme apelo popular
do futebol no Pará e do bom desempenho das equipes do interior no campeonato paraense de
futebol profissional.
• Apoiar as Secretarias Municipais de Esporte e/ou de Educação para participação nos Jogos
Abertos do Pará realizados anualmente, assim como a participação nos Jogos Estudantis do
Pará (Jeps).

Eleições 2018
133
PARÁ
PA – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

• Apoiar o Programa de Formação de Técnicos, Árbitros e Gestores, em parceria com as


Federações e Secretarias Municipais, para maximizar os benefícios de investimentos na
formação de recursos humanos, diluídos com a participação individual fora do Estado.
• Incentivar a prática esportiva em espaços públicos, para massificar o esporte e facilitar o
acesso da população aos equipamentos esportivos em logradouros públicos.
• Apoiar a formação de agentes comunitários para a massificação de práticas esportivas entre
as comunidades.
• Incentivar as Federações a realizarem Jogos Intercolegiais, como estratégia para formação e
desenvolvimento de atletas nos colégios, sem conflito de competências com os Jogos Escolares
Paraenses realizados pela SEDUC.
• Retomar o Projeto Fábrica de Ídolos, com edital lançado para apoiar atletas amadores em
ascensão.
• Dar continuidade e potencializar os projetos tradicionais já desenvolvidos pela SEEL:
Programa Bolsa Talento, Navegar, Pro Paz nos Bairros, Vida Ativa na 3ª Idade, Paradesporto.
• Reativar projetos de grande repercussão e abrangência, como os Jogos de Identidade Cultural
do Marajó e os Jogos Tradicionais Indígenas.
• Realizar parcerias com Associações, centros comunitários, Arenas esportivas de modo a
ampliar o alcance das políticas públicas e a utilização desses espaços para a prática esportiva
em consonância com àquelas políticas.
DEFESA SOCIAL
Fortaleceremos o Propaz nos Bairros e nas Escolas, as UIPPs (Unidades Integradas Propaz),o
PROERD (Programa de Educacional de Resistência às Drogas e a Violência) da Polícia Militar,
Escola da Vida do Corpo de Bombeiros e ampliaremos a política de prevenção feitas
diretamente nas áreas de maior incidência criminal, fazendo intervenções antes que o crime
aconteça, com campanhas educativas, ações de formação qualificada, estímulo a inciativas
comunitárias, fomento as atividades de cidadania, esporte e cultura, ocupando espaços ociosos
nos bairros;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PAULO ROBERTO GALVÃO DA ROCHA PT
VICE Sandra Batista
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT / PC do B
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
67 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO
OCUPAÇÃO
Ensino Médio
Senador
Completo
PROPOSTAS
Promover ações de cultura, saúde, mobilidade urbana, moradia, esporte e lazer de forma
integrada e articulada, tendo como eixo o jovem e o território, contemplando as juventudes e
as diversidades, étnico-raciais, de gênero, culturais e regionais.

Eleições 2018
134
RONDÔNIA
RO – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

4.3.5. RONDÔNIA

Propostas dos candidatos ao governo de Rondônia

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ACIR MARCOS GURGACZ PDT
VICE Neodi
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PDT / PSB / PTB / DC / PP / PR /
SOLIDARIEDADE / PTC / PT
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
56 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior incompleto Senador
PROPOSTAS
INFRAESTRUTURA
Rondônia vai construir, também, uma grande infraestrutura turística, de lazer, desportiva e
cultural, ampliando a capacidade de seus portos e aeroportos, rede hoteleira, teatros, ginásios
de esportes, com recursos vindos de organismos federais.
EDUCAÇÃO
Incentivo ao Esporte: desenvolvendo atividades esportivas voltadas ao fortalecimento do
ensino nas escolas públicas e criando Centros de Iniciação ao Esporte nas cidades-polo.
EDUCAÇÃO INTEGRAL
Acir vai criar, em cada município, pelo menos uma escola em período integral, a exemplo dos
CIEPs – Centros Integrados de Educação Popular, criados pelo pedetista Darcy Ribeiro, no
Estado do Rio de Janeiro, no governo de Leonel Brizola. Nesta escola de tempo integral, o
aluno começa cedo, não só para estudar e pesquisar, como também para praticar esportes,
atividades de lazer, aprender um ofício, receber assistência médica e odontológica, aprender
hábitos de higiene e, ao final da tarde, volta para casa asseado e bem alimentado.
ESCOLA ABERTA:
Promover nas escolas públicas, nos finais de semana e nas férias, ações de inclusão social e
cultural, voltadas a profissionalização, ampliação da cidadania, desenvolvimento de
empreendedores, geração de trabalho e renda, atividades de lazer, esporte e cultura e outros
conteúdos de interesse local.
SEGURANÇA
É preciso levar saúde, lazer, esporte e educação para as comunidades carentes, tirando as
crianças das ruas, mantendo-as nas escolas em período integral e oferecendo cursos técnicos
para qualificação de mão-de-obra.
CULTURA, ESPORTE E LAZER
 Potencializar as características econômicas, culturais e esportivas, através de um calendário
de eventos integrado;
 Atuar, em parceria com a área do esporte, na formatação e comercialização de produtos
turísticos com base nas nossas potencialidades desportivas;
 Criação e manutenção de fundo destinado ao incentivo na participação de jovens atletas em
campeonatos esportivos, representando o Estado de Rondônia.

Eleições 2018
135
RONDÔNIA
RO – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

 Criar meios de fiscalização para garantir que jovens beneficiários da lei da meia-entrada
tenham acesso a espetáculos artísticoculturais e esportivos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


VALCLEI QUEIROZ DA SILVA PMB
VICE Anderson Cleito
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PMB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
42 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO
OCUPAÇÃO
Ensino Médio
Administrador
Completo
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
Intensificar os programas Escola Integral onde os alunos além de aulas normais, recebem
refeições e poderão praticar esportes e artes;
ESPORTE E LAZER
 promover o esporte, atividade física e o lazer em todas as suas formas como indutor do
desenvolvimento humano, melhorando a qualidade de vida do povo de Rondônia nos
aspectos da saúde e nas relações sociais;
 melhorar a gestão e a estrutura física de espaços esportivos, disponibilizando instalações
adequadas para o desenvolvimento de práticas esportivas;
 ampliar e apoiar a prática de esportes nas escolas, como parte da formação integral da Criança
e do adolescente;
 apoiar os municípios no desenvolvimento de suas políticas locais de esporte e lazer voltadas
à melhoria dos espaços esportivos, escolinhas e competições;
 promover as competições escolares em diversos níveis etários e modalidades, bem como,
apoiar as federações em suas competições;
 apoiar programas e ações de desenvolvimento de atletas de alto rendimento, prioritariamente
infanto-juvenil, visando, a participação rondoniense em competições nacionais e
internacionais;
 ampliar a participação do setor privado no desenvolvimento do esporte e lazer, por meio de
lei de incentivo que motive sua participação.
JUVENTUDE
Criar no âmbito do ensino médio e profissionalizante público o PROGRAMA VIDA
SAUDAVEL com a prática desportiva orientada para as competições locais no segmento
jovem;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


CHARLON DA ROCHA SILVA PRTB
VICE Coronel Alexandre

Eleições 2018
136
RONDÔNIA
RO – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PRTB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
47 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Policial Militar
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARCOS JOSE ROCHA DOS SANTOS PSL
VICE Ze Jodan
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
50 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Militar Reformado
PROPOSTAS
ASSISTÊNCIA SOCIAL
 Estabelecer parcerias com o setor privado, com o objetivo de apoiar iniciativas esportivas e
culturais comunitárias.
ESPORTE E LAZER
O esporte é instrumento da formação educacional e da integração social, disseminando as boas
práticas de convivência em comunidade e aprimoramento pessoal.
 Promoção do esporte, aprimoramento e maior acesso aos mecanismos de incentivo a atletas,
estabelecimento de diálogo permanente e cooperação efetiva com as organizações esportivas,
apoio a que os Jogos Escolares sejam realizados em condições ideais de organização,
contribuição junto aos municípios para uma gestão eficiente dos equipamentos esportivos
públicos e integração da política de esporte com as demais políticas públicas, especialmente
de Educação e de Saúde.
JUVENTUDE
 Programa de incentivo aos jovens nas áreas de empreendedorismo, esporte, música, artes,
cultura e lazer como matéria escolar complementar;
IDOSOS
 Programa de esporte, cultura e lazer para os idosos.

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
EXPEDITO GONÇALVES FERREIRA
PSDB
JUNIOR
VICE Mauricio Carvalho

Eleições 2018
137
RONDÔNIA
RO – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSDB / DEM / PSD / PRB / PATRI
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Empresário
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
 Criar e executar o Programa de Infraestrutura de Ensino Mínima: Infraestrutura de ensino
mínima aceitável para as escolas: abastecimento de água, energia elétrica, instalações
elétricas, sanitárias e hidráulicas, sala de aula climatizada e mobiliada, sala de diretoria
climatizada e mobiliada, sala de professores climatizada e mobiliada, laboratório de
informática climatizado e mobiliado, laboratório de ciências climatizado e mobiliado, salas
de atendimento a alunos portadores de necessidades especiais (PNEs), quadra de esportes,
cozinha equipada, biblioteca, banheiros, copiadora, computadores, impressora e internet.
 Programa de Esporte na Escola que será implantado pela SEJUCEL em parceria com os
professores de educação física das escolas.
TRABALHO E RENDA
 Apoiar as atividades de piscicultura e a pesca esportiva considerando a vocação regional e o
potencial de geração de renda;
ESPORTE E LAZER
 Democratização do esporte e lazer e a garantia do direito ao acesso de qualidade às políticas
públicas de lazer e de esportes.
 Inclusão social e prevenção focada em crianças, jovens e adolescentes em situação de risco
social.
 Qualidade de vida e saúde para crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos.
 Fazer a reestruturação organizacional e funcional da SEJUCEL para que ela tenha capacidade
de construir e gerir as políticas públicas de esporte e lazer do Estado.
 Criar Portifólio de Programas Estaduais de Fomento ao Esporte, em especial programa de
esporte escolar, esporte de participação, lazer e inclusão social, além do incentivo ao esporte
de alto rendimento. – Criar programa de esporte escolar integrando a SEJUCEL e o professor
de educação física das escolas para ampliar a participação dos alunos em atividades
esportivas no contra turno escolar. – Criar calendário esportivo do Estado – incluindo as
diversas modalidades de esporte em competições regionais e estaduais.
 Implantar programa de agentes de esporte e lazer nas comunidades através da formação de
jovens, adultos e idosos para incentivar o processo de organização e mobilização das
comunidades em torno de atividades esportivas e de lazer. - Eventos de esporte e lazer
dirigidos a todas as faixas etárias. - Realizar oficinas culturais nos centros de convivência dos
bairros, de música e teatro, artesanato, brinquedotecas, salas de leituras, jogos populares e de
salão, danças regionais, contemporâneas e clássicas, artes marciais, capoeira, ginásticas e
esporte recreativo, sala de cinema, dentre outros, fortalecendo a cultura local, a diversidade
cultural e as relações intergeracional. - Garantir a inclusão social e prevenção na infância,
juventude e velhice.
 Criar espaços de convivência para a prática de atividades culturais, artística,
profissionalizantes, esportivas e de lazer com vistas ao desenvolvimento pleno dos jovens.
TURISMO
 Criar estratégias específicas para os diversos segmentos (pesca esportiva, ecoturismo,
turismo de aventura, turismo cultural, observação de pássaros, turismo religioso, etc.).

Eleições 2018
138
RONDÔNIA
RO – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MAURO DE CARVALHO MDB
VICE Wagner Garcia
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / PODE / PMN / PSC / PC do B / PHS / PROS
/ PV
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
53 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Deputado
PROPOSTAS
SEGURANÇA
 Desenvolver ações integradas nas áreas de educação, segurança, saúde, cultura, esporte, meio
ambiente, negócios e assistência social, contando com o envolvimento dos pais e a parceria
com organizações da sociedade, setor empresarial e instituições representativas do Poderes;
EDUCAÇÃO
 Construir quadras esportivas cobertas nas unidades educacionais;
CULTURA, ESPORTE E LAZER
 Concluir o Centros Olímpicos, com estrutura para as diversas modalidades de esporte;
 Instituir e incentivar campeonatos de diversas modalidades esportivas, com participações de
times de universidades, empresas e associações, com objetivo de formar talentos para
competições nacionais, olímpicas e paraolímpicas;
 Implantação de complexos poliesportivos;
 Fomentar a prática de esportes com escolinhas de futebol.
 Ampliar o programa “BOLSA ATLETA” com valorização dos nossos atletas em
competições nacionais e internacionais;
 Garantir no orçamento recursos depositados diretamente nos Fundos Estaduais de Esporte;
 Criar programa de investimentos no esporte de alto rendimento;
 Fortalecer o programa bolsa atleta.

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
PEDRO NAZARENO OLIVEIRA DA
PSTU
SILVA
VICE Professora Nazare Mendes
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
59 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Incompleto Aposentado

Eleições 2018
139
RONDÔNIA
RO – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
 Escolas modernas com estrutura diferenciada, com laboratório de informática, quadras
cobertas de esporte, bibliotéca e auditório;
ESPORTE E LAZER
 Valorização do paradesporto;
 Recuperação de áreas de lazer;
 Relhorar a bolsa atleta;
 Fortalecimento e ampliação: jogos escolares, jogos intermunicipais, joer e outros;
 Apoiar as federações e clubes e definir um calendário esportivo oficial para rondônia;
 Construção do centro de excelência do esporte, para formação de novos atletas, onde hoje
funciona o estádio aluízio ferreira;
 Construção de um estádio na capital e outro no interior;
 Criação do fundo de apoio ao esporte rondoniense para patrocínio de projetos que valorizam
a cidadania e o esporte;
 Fortalecimento do conselho estadual de esportes para a implementação de políticas públicas;
 Valorização do profissional de educação física da rede pública;
 Quadras esportivas cobertas em todas as escolas públicas;
 Inclusão do idoso no esporte;
 Construção de pistas emborrachadas de atletismo na capital e no interior;
 Parceria com o ministério d o esporte para incentivos as entidades esportivas como clubes de
futebol, ligas esportivas e times amadores;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


NASCIMENTO ANTONIO DA SILVA PSOL
VICE Paulo Benito
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT / PSOL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
54 ANOS Masculino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO
OCUPAÇÃO
Ensino Médio
Comerciante
Completo
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
 Desenvolver programas permanentes de incentivo ao esporte como atividades pedagógicas
complementares à formação de crianças e adolescentes, e oportunizar o desenvolvimento das
expressões artístico- culturais de caráter formativo e recreacional;
LAZER E TURISMO
 criar áreas de lazer esportivo e cultural, aproveitando o potencial natural existentes nos
municípios;

Eleições 2018
140
RONDÔNIA
RO – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
VINICIUS VALENTIN RADUAN
REDE
MIGUEL
VICE Jayme Gilmar Kalb
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
REDE / PPS / PRP
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
33 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor Ensino
Superior Completo
Superior
PROPOSTAS
INFÂNCIA E JUVENTUDE
Responder todos essas questões com políticas propositivas e programas sociais, de incentivo
ao esporte e cultura e uma educação inclusiva, é parte da solução.

Eleições 2018
141
RORAIMA
RR – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

4.3.6. RORAIMA

Propostas dos candidatos ao governo de Roraima

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOSE DE ANCHIETA JUNIOR PSDB
VICE Abel Galinha
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSDB / DEM / MDB / PSD / PPS /
SOLIDARIEDADE / DC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
53 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Engenheiro
PROPOSTAS
ASSISTÊNCIA SOCIAL
 Estabelecimento de parcerias com o setor privado, com o objetivo de apoiar iniciativas
esportivas e culturais comunitárias.
ESPORTE E LAZER
 Promoção do esporte como ferramenta para o desenvolvimento humano, econômico e social.
 Aprimoramento e maior acesso aos mecanismos de incentivo a atletas, técnicos e projetos
esportivos.
 Incentivo ao esporte escolar, valorizando as aulas de educação física, bem como o esporte e
a atividade física no contra turno escolar, especialmente nas escolas de tempo integral.
 Integração da política de esporte com as demais políticas públicas, especialmente de
Educação e de Saúde.
JUVENTUDE
 Estimulo à prática de esportes e de atividades culturais pelos jovens.

NOME DO CANDIDATO
PARTIDO
ANTONIO OLIVERIO GARCIA DE
PSL
ALMEIDA
VICE Frutuoso Lins
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSL / PRB / PTC / PRP / PROS / PSC / PPL /
PATRI
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
54 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Empresário

Eleições 2018
142
RORAIMA
RR – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
 Ampliação de escolas, conforme necessidade, dotando-as de novas salas de aula, bibliotecas,
laboratórios de ciência e informática, salas de leitura, sala de vídeo, auditório, quadras
esportivas e salas específicas para projetos especiais educacionais.
DESENVOLVIMENTO SOCIAL
 Implantação e potencialização de programas e projetos educacionais, culturais, esportivos e
de trabalho, orientados para o sucesso dos jovens em idades de 15 a 29 anos;
 Jogos da Juventude - promoção da prática de atividades esportivas entre os jovens na
perspectiva denominado esporte de rendimento.
 Olimpíadas Escolares - fomento do desporto escolar, o intercâmbio intermunicipal sócio
desportivo no estado e o desenvolvimento do potencial esportivo roraimense.
 Centros da Juventude - polos municipais de execução de programas, projetos e serviços nas
áreas de saúde, educação, cultura, capacitação para o trabalho, esporte, proteção, justiça e
assistência social.
 Atendimento as populações do campo, indígena e dos povos das águas, assegurando as
especificidades das respectivas comunidades e implementação de programas e projetos
educacionais, culturais, esportivos e sociais específicos.
TURISMO
 Viabilizar Incentivos fiscais às empresas de aviação comercial para ampliar a malha aérea de
Roraima e articulação para implantação de um 24 vôo internacional, visando atrair turistas
para atividades de ecoturismo, etnoturismo, turismo de aventura e pesca esportiva.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


FÁBIO GONÇALVES DE ALMEIDA PSOL
VICE Érica Marques
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PCB / PSOL / PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
43 ANOS Masculino Parda
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Servidor Público
Superior Completo
Federal
PROPOSTAS
 Defesa de políticas públicas aos jovens que permitam acesso: ao lazer, cultura, esporte,
geração de emprego e renda;
 Defesa da ampliação de recursos para a cultura e o esporte;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARIA SUELY SILVA CAMPOS PP
VICE Oleno Matos

Eleições 2018
143
RORAIMA
RR – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PP / PDT / PODE / PRTB / PR / PHS / PC do B
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
65 ANOS Feminino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governadora
PROPOSTAS
ESPORTE ESCOLAR
 Fortalecer os trabalhos de revitalização dos Ginásios Esportivos e das quadras de escolas
estaduais, iniciado na gestão 2015 a 2018;
Dar continudade aos Jogos Escolares de Roraima;
 Aumentar o número de vagas e de modalidades esportivas na Rede Cidadania Escola do
Atleta, criado na gestão 2015 a 2018, como maior projeto de inclusão social por meio do
Esporte já desenvolvido em Roraima, atuando na formação cidadã, educacional e física e que
já atende 1.292 crianças e adolescentes nos municípios de Boa Vista, Rorainópolis, Bonfim
e Normandia;
ASSISTÊNCIA SOCIAL
 Fortalecer e ampliar o Programa Rede Cidadania, criado na gestão 2015 a 2018, e que se
consolida como maior e mais completo programa de atendimento ao cidadão e de promoção
humana já visto em Roraima. São 5 eixos: Social, Segurança Alimentar, Emprego e Renda,
Habitação e Esportes;
 Aumentar o número de vagas no Rede Cidadania Melhor Idade, que já passou de 320 usuários
em 2014, para 900 em 2018, e aperfeiçoamento dos 31 serviços oferecidos, que incluem
atendimentos de saúde, oficinas de artesanato, alfabetização, informática, atividades culturais
e esportivas, entre outros;
TURISMO
 Revitalização dos parques aquáticos e administração em parceria com entidades sem fins
lucrativos voltadas para o esporte e lazer.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


TELMÁRIO MOTA DE OLIVEIRA PTB
VICE Evandro Moreira
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PTB / PV / REDE / PT
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
69 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Senador
PROPOSTAS
AGROPECUARIA
 Criar o programa estadual de ordenamento pesqueiro (comercial, esportiva e ornamental),
identificando os polos produtivos e fazendo acordos de pesca;

Eleições 2018
144
TOCANTINS
TO – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

4.3.7. TOCANTINS

Propostas dos candidatos ao governo do Tocantins

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


BERNADETE APARECIDA FERREIRA PSOL
VICE Ney Robson
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
57 ANOS Feminino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Pedagoga
PROPOSTAS
CULTURA, ESPORTE E LAZER
 Consolidação de um plano estadual de turismo cultural esportivo- ecológico, com calendário
anual de eventos que priorize as tradições populares e as manifestações alternativas não
mercantilizadas.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


CARLOS ENRIQUE FRANCO AMASTHA PSB
VICE Oswaldo Stival
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSB / MDB / PR / PODE / PSC / PSDB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
58 ANOS Masculino Amarela
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Incompleto Empresário
PROPOSTAS
JUVENTUDE
 Para que exista o desenvolvimento e ampliação da qualidade de vida das pessoas é importante
que se estabeleçam políticas efetivas de atendimento a juventude de tal forma que se crie
condições para a inclusão dos jovens as novas tecnologias, educação, empreendedorismo,
cultura, esporte e também o direito de escolher entre a vida na cidade e a vida no campo com
qualidade e dignidade.
INDIGENAS E POVOS TRADICIONAIS
 Estruturar espaços para prática do esporte nas aldeias, de acordo com as escolhas de cada
povo e incentivar a participação dos jovens;
 Promover a realização de atividades desportivas, culturais e desportivas nas comunidades
quilombolas.
ESPORTE E LAZER

Eleições 2018
145
TOCANTINS
TO – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

1. Promover jogos amadores e estudantis nas diversas modalidades nas Regiões Estratégicas
de Desenvolvimento – REDs;
2. Criar o PROGRAMA ESTADUAL DE INCENTIVO AO ESPORTE contemplando ações
desde fiscais, bolsa atleta, bolsa instrutor, capacitação técnica, apoio aos eventos estaduais e
reforço às Federações e Confederações;
3. Implantar o PROGRAMA ESPORTE EDUCA em parceria com as escolas públicas para
estimular a prática desportiva escolar;
4. Implantar em parceria com as federações um CENTRO DE EXCELÊNCIA ESPORTIVA
para elevar o nível técnico das representações do Estado em competições nacionais e
internacionais;
5. Implantar o PROGRAMA JUVENTUDE ATIVA de incentivo à pratica desportiva no
período noturno, como forma de combate e prevenção à criminalidade fazendo uso de espaços
e equipamentos públicos disponíveis de modo a oferecer alternativas do esporte a grupos
socialmente vulneráveis;
6. Fortalecer as parcerias entre governo do estado, municípios e entidades desportivas para
melhorar o acesso aos equipamentos esportivos necessários para as práticas desportivas;
7. Fortalecer as federações e estimular seu autofinanciamento;
8. Criar programas de inclusão à pratica desportiva e de lazer para a população idosa e com
deficiência;
9. Estimular a prática desportiva e competições nos povos indígenas e comunidades
tradicionais;
10. Fortalecer a estrutura de gestão especifica para o esporte e lazer;
11. Incentivar o esporte inclusivo, praticados por pessoas com deficiência, dando suporte para
que esses atletas possam concorrer a atividades estaduais, nacionais e internacionais.
TURISMO
 Estimular e consolidar os segmentos Ecoturismo, Turismo de Aventura, Eventos/Negócios,
Cultural/Religioso, Sol e Praia, bem como desenvolver o Turismo de Observação de Aves,
de Pesca Esportiva, Turismo Científico;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


CESAR ROBERTO SIMONI DE FREITAS PSL
VICE Paulo Lima
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
59 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

Eleições 2018
146
TOCANTINS
TO – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARLON JACINTO REIS REDE
VICE José Geraldo
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
REDE / PRTB / PTB / PC do B / PT / PV / PDT /
PSD
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
49 ANOS Masculino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
DESENVOLVIMENTO HUMANO
 Plano Estratégico Integrado e Participativo dos Setores da Educação, Saúde, Esporte, Cultura
e Lazer;
EDUCAÇÃO
 Promover o apoio ao esporte escolar com a realização de competições em todas as
modalidades. Olimpíadas escolares anuais.
TURISMO
 Incentivar eventos com prática de esportes náuticos em lagos e rios tocantinenses, como
suporte para o fortalecimento da cadeia produtiva do turismo náutico e de lazer;
CULTURA, ESPORTE E LAZER
 Apoio aos clubes e entidades esportivas amadoras e profissionais do Estado (via editais
públicos com regras definidas).
 Retorno da Secretaria de Estado do Esporte.
 Criação e implantação da Lei de Incentivos Fiscais para o esporte tocantinense.
 Elaboração de um programa para dotar todos os municípios do Tocantins de infraestrutura
básica para prática esportiva.
 Construção de um centro administrativo para abrigar todas as federações esportivas.
 Instituição de programa de bolsa para atletas de ponta nas suas categorias.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MAURO CARLESSE PHS
VICE Wanderlei Barbosa
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PHS / SOLIDARIEDADE / PP / DEM / PTC / PRB /
AVANTE / PATRI / PROS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
58 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO
OCUPAÇÃO
Ensino Médio
Governador
Completo

Eleições 2018
147
TOCANTINS
TO – BRASIL
Jeferson Roberto Rojo

PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

Eleições 2018
148

4.4. SUDESTE

Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

Eleições 2018
149
ESPÍRITO SANTO
ES – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

4.4.1. ESPÍRITO SANTO

Propostas dos candidatos ao governo do Espírito Santo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ANDRE MOREIRA PSOL
VICE Adriana Maria Goncalves Faroni
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
45 Anos Masculino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
EIXO 1 – SERVIÇO PÚBLICO E GARANTIA DE DIREITOS
Saúde Mental e Drogas
• Efetivar políticas públicas para jovens em todas as áreas como forma de prevenção de
problemas relacionados às drogas. Fomentar iniciativas nas áreas da cultura, lazer e esportes;
1.4 Educação
• Inserção de programas e bolsas de iniciação científica e extensão no âmbito da educação
básica, a fim de fomentar a educação e a divulgação científicas, a inovação, a produção
científica, tecnológica, artístico-cultural e desportiva;
• Ampliar e garantir o Atendimento Especializado na Rede Pública, voltado para o Público da
Educação Especial (Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Terapeuta Ocupacional, Atividades
Esportivas, etc.); através de polos integrados as Unidades de Ensino.
• Assegurar a todas as escolas, água tratada e saneamento básico; energia elétrica; acesso à rede
mundial de computadores em banda larga de alta velocidade; acessibilidade à pessoa com
deficiência; acesso a bibliotecas; acesso a espaços para prática de esportes; acesso a bens
culturais e à arte; e equipamentos e laboratórios de ciências;
EIXO 2 – GOVERNAR SEM OPRIMIR
2.4 Infância e Juventude são expressões essenciais da vida social
• Garantir a escolarização, atendimento em saúde, esporte, cultura e educação para o trabalho
nos programas de atendimento ao adolescente em privação de liberdade.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JACKELINE ROCHA PT
VICE CLEBER PEREIRA DE LANES
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
35 Anos Feminino Preta

Eleições 2018
150
ESPÍRITO SANTO
ES – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO


Superior Incompleto Outros
PROPOSTAS
2 - Garantia dos Direitos Sociais e Serviços de Qualidade para a População
Com vistas a realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro em 2016, o Ministério do
Esporte e vários empresas estatais contribuíram no financiamento de projetos esportivos de
rendimento, mas também foram contemplados projetos esportivos educacionais e participativos
/ comunitários como forma de integração social, estímulo a vida saudável e promoção da
cultura da paz. Lamentavelmente após as Olimpíadas a maior parte das Bolsas Atletas foram
cortadas, o apoio as equipes diminuíram e as demissões de treinadores e equipes técnicas
romperam com os processos de valorização dos atletas de rendimento. Da mesma forma
ocorreu a partir dos cortes nos programas e projetos nos esportes educacionais e participativos
/ comunitários.
Para a Segurança Pública
• Enfrentamento à violência e à criminalidade por meio da prevenção, com políticas públicas
para inclusão, principalmente da juventude, que são as maiores vítimas da violência, com ações
culturais, esportivas e de inserção no mercado de trabalho e fortalecimento da presença do
Estado com ações efetivas em áreas mais vulneráveis;
Para o Esporte e lazer
• Fortalecimento das políticas públicas para desenvolvimento de todas as modalidades •
esportivas tradicionais no estado;
• Incentivo ao esporte de alto rendimento;
• Implantação de espaços esportivos para desenvolvimento de todas as modalidades
esportivas tradicionais no estado;
• Implantação de programas esportivos principalmente em áreas vulneráveis para
desenvolvimento do esporte e lazer objetivando qualificar o tempo livre das crianças, dos
adolescentes e dos jovens, desenvolver habilidades esportivas, identificar esportistas de alto
rendimento e possibilitar a socialização, o bem-estar e a qualidade de vida.
• Incentivo às entidades organizadas para desenvolvimento de programas esportivos.
• Fortalecimento e reconhecimento do Esporte amador em todas suas modalidades;
• Incentivo e promoção dos jogos estudantis;
Desenvolvimento Econômico
• Incentivo à indústria criativa, o artesanato, a produção e difusão cultural e as atividades
voltadas para o entretenimento, esporte e lazer;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


CARLOS MANATO PSL
VICE Rogério Zamperlini
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PR / PRB / PSL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
61 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Deputado

Eleições 2018
151
ESPÍRITO SANTO
ES – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

PROPOSTAS
REFORMA ADMINSTRATIVA
Criação da Casa dos Prefeitos e Vereadores que trabalhará no acolhimento e atendimento a
prefeitos e vereadores. Os municípios terão projetos viabilizados pelo governo do Estado, por
meio de convênio com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Espírito
Santo (CREA). Os projetos serão padronizados e encaminhados a cada Prefeitura para análise.
A proposta é seguir um padrão de projetos de quadras esportivas, unidades de saúde, escolas e
creches, entre outros, que serão adaptados a cada realidade municipal, para captação de
recursos e estadual e federal, bem como a utilização de recursos próprios.
ESPORTE
• Apoiar, efetivamente, as escolinhas de esportes no Estado.
• Fortalecer o Projeto Campeões do Futuro, que já atende 45 mil crianças.
• Buscar convênios com o Conselho de Estadual de Educação Física para criação de
escolinhas esportivas nas áreas de alta vulnerabilidade social.
• Equipar com infraestrutura básica as escolinhas de esporte filantrópicas (de associações de
bairro, igrejas, etc), os campos de várzeas em bairros da Grande Vitória e em todos os
municípios do Estado.
• Criar o programa Intercâmbio Esportivo para compra de passagens, para que os atletas
capixabas possam representar o Espírito Santo em competições nacionais e internacionais.
• Em parceria com a iniciativa privada, Findes, Fecomércio, com o Espírito Santo em Ação, o
Sebrae e empresários que queiram participar, criar amplos projetos factíveis para o incentivo
ao esporte capixaba.
• Implantar em presídios de baixa periculosidade ou com internos em cumprimento de pena no
regime semiaberto, oficinas para produção em alta escala, de material esportivo, sejam eles:
bolas, coletes, uniformes, traves, redes, alambrados, dentre outros itens.
• Trabalhar em parceria com o Judiciário para que as penas alternativas sejam transformadas
em materiais esportivos, que serão distribuídas para instituições esportivas filantrópicas
cadastradas.
• Apoiar e manter programas para a formação de atletas de alto rendimento, a exemplo do
Bolsa Atleta.
“O esporte também terá uma atenção especial. É inadmissível ver projetos mirabolantes nesta
área sem nenhuma efetividade. Sei que a educação e o esporte são as grandes oportunidades
para muitas crianças e jovens ter dignidade de vida. Por isso, quero trabalhar bons projetos
dentro dos bairros, estimulando nossas crianças e adolescentes ao estudo, pois sem estudar
não terão direito a frequentar as escolinhas e a não seguir o caminho das drogas”.
ÁREA SOCIAL
Intensificar projetos na área social para acolhimento e tratamento de usuários de drogas, com
o foco no crack. Em conjunto com as prefeituras, havendo dotação orçamentária, criar projeto
de acolhimento de ex usuários de drogas, com apoio de instituições do Sesc, Senac e Sebrae,
para capacitação profissional e de profissionais do esporte e empresas que poderiam
aproveitar esses ex usuários.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PROFESSOR ARIDELMO TEIXEIRA PTB
VICE Jessica Polese
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PTB / PMB

Eleições 2018
152
ESPÍRITO SANTO
ES – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

IDADE GÊNERO COR / RAÇA


54 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Contador
PROPOSTAS
3 PILARES ESTRATÉGICOS
3.1 CONSTRUIR AVANÇOS SOCIAIS
O terceiro aspecto prioritário na área social é a segurança pública. Nessa área, a gestão da
segurança pública compreenderá um conjunto de ações voltadas à integração entre a Polícia
Militar, Polícia Civil, Polícia Técnico Científica, Corpo de Bombeiros Militar e Detran, sendo
o foco principal da política pública o fortalecimento das instituições de segurança pública e
defesa social, bem como a convergência de esforços destes órgãos na prevenção à violência e
redução dos índices de criminalidade. Porém, sabemos que o problema não está apenas no
âmbito policial, embora ele seja essencial. O nosso Governo, em parceria com os municípios,
com instituições públicas e privadas e principalmente com o protagonismo da comunidade, irá
articular diferentes políticas, como cultura, educação, turismo, esporte, entre outras, visando à
redução dos índices de violência e ao fortalecimento da cultura da paz nas regiões do Estado
com maior vulnerabilidade social.
4.3 DESENVOLVIMENTO SOCIAL
Metas:
• 4 mil jovens de 15 a 29 anos contemplados com projetos culturais esportivos e serviços de
convivência, nos bairros de alta vulnerabilidade social;
• 400 empreendedores culturais, esportivos e turísticos formados com foco nos territórios de
alta vulnerabilidade social;
Outro desafio é o de aperfeiçoar a rede de atendimento socioeducativo, com o objetivo de
diminuir a reincidência dos jovens no crime e aumentar a inserção dos mesmos no mercado de
trabalho. Para isso, é imprescindível que o Governo atue de forma integrada para atacar as
causas que levam os jovens a infringir a lei e dar oportunidades que os afastem de situações de
risco. Estimular a frequência escolar e as atividades culturais e esportivas, ampliar a atenção à
saúde e prover maior segurança na região onde moram, são alguns dos exemplos do que pode
ser feito, especialmente na faixa de idade entre 15 e 29 anos e naquelas localidades onde há
mais pessoas em situação de vulnerabilidade.
4.10 CULTURA, TURISMO E ESPORTE
Cultura, Turismo e Esporte são áreas estratégicas para promover a inclusão social e o
desenvolvimento econômico do Espírito Santo e precisam ser pensadas conjuntamente. Em
todas elas há grandes oportunidades que trazem consigo grandes desafios.
1. Promover a cultura, turismo e esporte com foco na inclusão social.
Metas:
• Garantir o acesso da população à cultura, ao turismo e ao esporte;
• Promover a cidadania por meio da cultura, turismo e esporte nos territórios de alta
vulnerabilidade social.
Ações
• Ampliar as oportunidades de emprego e renda por meio da cultura, do turismo e do esporte;
• Apoiar à implantação e melhoria da infraestrutura de equipamentos culturais, incluindo a
conservação, restauro e qualificação do patrimônio histórico e cultural;
• Efetivar o acesso da terceira idade a programas específicos de cultura, turismo e esporte;
• Lançar Editais de cultura e esporte com foco nas populações mais vulneráveis.
Inovar e potencializar a economia dos setores cultural, turístico e esportivo
• Captar recursos para obras de melhorias urbanas e rurais no âmbito cultural, turístico e
esportivo;

Eleições 2018
153
ESPÍRITO SANTO
ES – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

• Ampliar a divulgação cultural, turística e esportiva do Estado.


O olhar para cada uma dessas áreas – Cultura, Turismo e Esporte – pressupões uma série de
desafios e atividades específicas. No turismo, diante da disponibilidade de tantas áreas verdes
e praias, o Espírito Santo tem grande vocação para diversas modalidades turísticas. No interior
do Estado, por exemplo, o agroturismo tem grande potencial para atrair turistas nacionais e
internacionais. No verão de 2016, o número de turistas no Estado chegou a 1,019 milhão, já em
2017, o número de visitantes foi de 909.000 mil23. Em relação ao carnaval de 2016 e 2017, os
dados do Observatório do Turismo mostram um crescimento de 291 mil para 321 mil turistas.
A maioria deles são os próprios capixabas ou vêm de estados vizinhos como Minas Gerais e
Rio de Janeiro.
No entanto, são juntas que essas três áreas ganham força para superação dos desafios atuais do
Espírito Santo. O imperativo de promoção de um desenvolvimento econômico, social e
sustentável nas terras capixabas nos próximos quatro anos requer da Cultura, do Turismo e do
Esporte dois grandes focos: de inclusão social e de inovação.
Nesse sentido, o primeiro grande desafio para o Espírito Santo é promover cultura, esporte e
turismo com foco na inclusão social. A cultura e também o esporte já são temas conhecidos
como mecanismos de promoção e inclusão social, além de terem alto potencial educador nos
cidadãos. Acresce o papel do turismo, no sentido de garantir aos cidadãos mais carentes do
Estado o acesso ao turismo de lazer. Como diretriz, presente na estratégia deste Governo, o
crescimento econômico deve promover a inclusão social, superando as desigualdades, criando
melhores condições de emprego e renda para todos os cidadãos capixabas.
Apesar de ter apresentado o quinto melhor PIB per capita, em 2014, no quesito de renda
domiciliar per capita, o Estado se igualava a média brasileira e era superior apenas a Minas
Gerias entre os estados do Sul-Sudeste. Em termos de desigualdade, nos últimos três anos de
medição do Coeficiente Gini, que mede o grau de desigualdade de renda no país e nos estados,
o Espírito Santo apresentou pequena variação negativa, passando de 0,490 em 2013 para 0,488
em 2015. Neste último ano, o Estado ficou na 12ª colocação no ranking comparativo entre as
demais UFs24.
Outra grande motivação para o Governo nesta área é inovar e potencializar a economia dos
setores cultural, turístico e esportivo, transformando ativos tangíveis e intangíveis dessas áreas
em negócios para a população capixaba. Dessa forma, as diversidades culturais, turísticas e
esportivas não devem mais ser compreendidas somente como bens a serem valorizados, mas
como ativos fundamentais para uma nova compreensão do desenvolvimento do Estado.
Um segmento relevante que envolve as três áreas – Cultura, Turismo e Esporte -, e que pode
contribuir para ambos os desafios dessa área de resultado é o da economia criativa. Neste estão
englobados diversos segmentos, como por exemplo, música, teatro, cinema, artesanato, pintura,
tecnologias de informação e comunicação, entre outros. Segundo definição do Ministério da
Cultura: os setores criativos são aqueles cujas atividades produtivas têm como processo
principal um ato criativo gerador de um produto, bem ou serviço, cuja dimensão simbólica é
determinante do seu valor, resultando em produção de riqueza cultural, econômica e social.
A promoção desses setores deve visar a criação de ambiente favorável ao desenvolvimento
inclusivo da população, priorizando aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade
social, por meio da formação e qualificação profissional e da geração de oportunidades de
trabalho e renda. Adicionalmente, deve ser promovido o acesso a bens e serviços culturais,
turísticos e esportivos para ampliação da cidadania nas terras capixabas.

Eleições 2018
154
ESPÍRITO SANTO
ES – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


RENATO CASAGRANDE PSB
VICE Jacqueline Moraes
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSB / PHS / PROS / PV / PSC / AVANTE / PTC /
PPS / PSDB / DEM / PDT / PP / PC do B / PPL / DC/
SOLIDARIEDADE / PRP / PSD
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
57 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Outros
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
No que diz respeito à escola, reconhece-se sua centralidade em relação aos fatores agravantes
das condições de vida e evolução da juventude. Por isso, será necessário realizar um grande
esforço próprio e junto aos governos federal e municipais, para ampliar a oferta de vagas no
ensino médio e, principalmente, no ensino profissional médio e universitário. Em paralelo, a
“comunidade da educação” será estimulada a tornar a escola mais atraente, seja revisando
currículos, seja desenvolvendo novas práticas pedagógicas ou, ainda, ofertando atividades
esportivas e culturais, também fundamentais para uma formação humanística mais adequada.
O ensino profissional das áreas tecnológicas deverá merecer prioridade, tendo em vista a
redução de significativas deficiências verificadas em nosso Estado neste segmento de ensino,
além da importância para o ingresso no mercado de trabalho.
HABITABILIDADE
A integração com as demais políticas de governo, de que são exemplo a mobilidade urbana,
saneamento ambiental, saúde, educação, esporte, lazer e cultura, deverá ser uma condicionante
do planejamento.
POLÍTICAS PARA JUVENTUDE
No que diz respeito à escola, reconhece-se sua centralidade em relação aos fatores agravantes
das condições de vida e evolução da juventude. Por isso, será necessário realizar um grande
esforço próprio e junto aos governos federal e municipais, para ampliar a oferta de vagas no
ensino médio e, principalmente, no ensino profissional médio e universitário. Em paralelo, a
“comunidade da educação” será estimulada a tornar a escola mais atraente, seja revisando
currículos, seja desenvolvendo novas práticas pedagógicas ou, ainda, ofertando atividades
esportivas e culturais, também fundamentais para uma formação humanística mais adequada.
O ensino profissional das áreas tecnológicas deverá merecer prioridade, tendo em vista a
redução de significativas deficiências verificadas em nosso Estado neste segmento de ensino,
além da importância para o ingresso no mercado de trabalho.
• Ampliar as oportunidades dos jovens participarem de atividades culturais, esportivas e de
lazer;
CULTURA, TURISMO, ESPORTE E LAZER
A principal diretriz para elaboração dos projetos e programas neste campo deve ser a
prevalência do desenvolvimento humano. Assim, as atividades que serão apoiadas pelas
políticas de governo devem visar à criatividade, o lazer, a saúde física e mental. Tais propósitos,
no entanto, devem considerar as possibilidades de geração de emprego, renda e inclusão social,
sendo parte integrante do desenvolvimento econômico regional.
Além disso, as atividades culturais, esportivas e turísticas têm elevada capacidade de projetar

Eleições 2018
155
ESPÍRITO SANTO
ES – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

a sociedade capixaba para além de suas fronteiras, o que é importante também para os demais
segmentos da sociedade. Ainda deve ser considerada a importância da preservação dos
costumes, monumentos e outros bens culturais ou históricos.
Os programas neste tema deverão ser desenvolvidos com base nas seguintes linhas:
• Estimular as práticas de esportes para crianças e jovens, especialmente nas escolas públicas,
focalizando em cada cidade as modalidades esportivas mais compatíveis com os interesses e
oportunidades existentes na localidade;
• Promover eventos e competições esportivas com amplo envolvimento da juventude;
• Apoiar atletas com potencial para atividades esportivas de alto desempenho e seus técnicos
em Centros de Treinamento;
• Estimular as práticas desportivas, a criação de escolas e centros esportivos no Estado;
• Construir equipamentos públicos, em parceria com os municípios, para a prática desportiva
nas diferentes regiões do Estado;
• Estimular a inclusão de jovens com deficiência nas diversas modalidades esportivas;
• Ampliar os Jogos escolares, inclusive na modalidade paraolímpicos;
• Apoiar as iniciativas que promovam o turismo religioso, esportivo, de lazer, agroturismo,
ecoturismo, de negócios, dentre outros;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ROSE DE FREITAS PODE
VICE DR. Thanguy
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PRTB / REDE / PODE / MDB / PMN / PATRI
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
69 ANOS Feminino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Senador
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
• Buscaremos realizar convênio de parceria com a rede do Ifes, inclusive para a capacitação
de professores e técnicos da rede estadual, a partir de metodologias exitosas, como é o caso
do “Lesson Study”, por exemplo, para buscar implementar políticas democráticas de
atividades culturais, esportivas e científicas nas escolas.

Eleições 2018
156
MINAS GERAIS
MG – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

4.4.2. MINAS GERAIS

Propostas dos candidatos ao governo de Minas Gerais

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ADALCLEVER LOPES MDB
VICE Adriana Buzelin
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PDT / PODE / MDB / PROS / PRB / PV
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
51 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Incompleto Deputado
PROPOSTAS
SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA CIVIL
•Trabalhar intensamente na prevenção à violência com resultados de curto, médio e longo
prazos: identificar os focos mais graves, atuar para reduzir os índices e para difundir a cultura
de não violência na resolução de conflitos. E apoio aos pré-adolescentes e adolescentes de
famílias mais vulneráveis, oferecendo atividades esportivas, de cultura e de treinamento
profissional. No longo prazo, a educação de qualidade será básica para a política de segurança.
ESPORTE
O apoio ao esporte se iniciará na escola, como forma de oferecer atividades saudáveis,
integrativas e que permitam o desenvolvimento de habilidades sociais e cognitivas. Além disso,
será um instrumento importante para proteger as crianças e os jovens mais vulneráveis dos
apelos do crime e das drogas. Para tanto, vamos:
•Apoiar os municípios na implantação de programas e iniciativas voltados a nossas crianças e
jovens. Isso inclui o incentivo ao uso das escolas intensivamente para atividades físicas,
culturais e lúdicas.
•Criar condições adequadas de trabalho, de modo que o esporte seja utilizado profundamente
como ferramenta de transformação social e pessoal dos Jovens.
•Estimular as competições que promovam a participação e a integração da comunidade escolar
(alunos e seus pais, educadores e gestores).
• Incentivar os municípios a firmar parcerias com clubes recreativos privados, abrindo espaço
para crianças de escolas públicas e idosos em programas de vida ativa.
•Ampliar o ambiente de prática de esportes em zonas de vulnerabilidade social ou com elevados
índices de violência.
•Estabelecer diálogo permanente com as federações e entidades representativas de todas as
atividades esportivas, proporcionando um ambiente propício ao desenvolvimento e ampliação
das atividades esportivas como um todo.

Eleições 2018
157
MINAS GERAIS
MG – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ALEXANDRE FLACH PCO
VICE Sebastião Pessoa
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PCO
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
48 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ANTONIO ANASTASIA PSDB
VICE Marcos Montes
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSDB / PSD / SOLIDARIEDADE / PTB / PPS /
PMN / PSC / DEM / PP / PTC / PATRI / PMB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
57 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Senador
PROPOSTAS
CAMINHOS PARA A RECONSTRUÇÃO
Na agenda da segurança pública, o patamar alarmante de homicídio de jovens, fenômeno
classificado pelo atlas da violência do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea)
como “juventude perdida”, é inaceitável. Esse dado deve respaldar a necessidade de
fortalecimento das políticas públicas de educação e ampliar as oportunidades de cultura, lazer,
esporte, emprego e renda para os mineiros entre 14 e 18 anos de idade. Cabe ao governo
monitorar as áreas de vulnerabilidade social para, por meio de abordagem multissetorial,
desenvolver ações de prevenção. Situação semelhante deve ser direcionada em
favor das minorias, sejam elas mulheres, negros, índios e a comunidade LGBTT+.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


CLAUDINEY DULIM AVANTE
VICE Leandro Ramon
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
AVANTE

Eleições 2018
158
MINAS GERAIS
MG – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

IDADE GÊNERO COR / RAÇA


50 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


DIRLENE MARQUES PSOL
VICE Sara Azevedo
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
71 ANOS Feminino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Servidor Público Civil
Superior Completo
Aposentado
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


FERNANDO PIMENTEL PT
VICE Jô Moraes
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT / PC do B / PSB / DC / PR
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
67 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governador
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

Eleições 2018
159
MINAS GERAIS
MG – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOÃO BATISTA MARES GUIA REDE
VICE Abraão Gracco
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
REDE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
70 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Sociólogo
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JORDANO METALÚRGICO PSTU
VICE Victoria de Fatima de Mello
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
39 ANOS Masculino Preta
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Trabalhador
Ensino Médio
Metalúrgico e
Completo
Siderúrgico
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ROMEU ZEMA NETO NOVO
VICE Paulo Brant
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
NOVO
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
53 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Empresário

Eleições 2018
160
MINAS GERAIS
MG – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

PROPOSTAS
LIBERDADE INDIVIDUAL DO APRENDIZADO
- Diante da possibilidade de flexibilização de uso dos recursos do Fundeb e do entendimento
do sistema de vouchers como o que melhor atende aos anseios educacionais individuais, haverá
uma oportunidade de introduzir no sistema de educação pública um modelo onde os próprios
estudantes decidam, junto com suas famílias, sobre como investir em sua educação com os
recursos arrecadados pelo estado. Pelo programa que se propõe neste plano, estudantes de baixa
renda terão acesso a uma quantia de recursos de uso restrito, para serem gastos com produtos
educacionais oferecidos pelo mercado, como por exemplo: matrículas, mensalidades e
uniforme de escolas privadas, mentoria em estágios profissionalizantes, cursos livres (línguas,
esportes e artes), aulas particulares, equipamentos para estudantes com
necessidades especiais, etc.

Eleições 2018
161
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

4.4.3. RIO DE JANEIRO

Propostas dos candidatos ao governo do Rio de Janeiro

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ANDRÉ MONTEIRO PRTB
VICE Jonas Licurgo
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PRTB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
47 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Polícia Militar
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
9. Incluir o esporte e a cultura na educação, através de parcerias com clubes de desporto;
15. Promover a interação dos professores, alunos, pais e toda a comunidade local,
desenvolvendo reuniões, palestras, competições esportivas, e eventos culturais.
ASSISTÊNCIA SOCIAL
A Carta Magna da República Federativa do Brasil de 1988, afirma que a assistência social será
prestada a quem dela necessitar, independentemente de contribuição à seguridade social, e tem
por objetivos; I - a proteção à família, à maternidade, à infância, à adolescência e à velhice; II
- o amparo às crianças e adolescentes carentes; III - a promoção da integração ao mercado de
trabalho; IV – a habilitação e reabilitação das pessoas portadoras de deficiência e a promoção
de sua integração à vida comunitária; V - a garantia de um salário mínimo de benefício mensal
à pessoa portadora de deficiência e ao idoso que comprovem não possuir meios de prover à
própria manutenção ou de tê-la provida por sua família, conforme dispuser a lei. Em assim
sendo o acesso as questões básicas como alimentação, moradia, ambiente saudável, esporte e
lazer, educação, segurança pública e direito ao emprego devem ser assegurados a todo cidadão
brasileiro, pois esses são direitos essências que promovem e garantem o desenvolvimento do
ser humano e da população em geral.
EMPREGO E RENDA
3. Vamos focar na indústria do turismo incentivando as festas folclóricas regionais (carnaval,
réveillon, festa junina, festa do tomate, festa de rodeios, etc.), celebrações culturais (flip, virada
cultural carioca, bienal do livro, feiras de artesanatos, etc.), pontos turísticos estratégicos de
praia (Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Búzios, Angra, Parati, Cabo-Frio, etc.)
de serra (Petrópolis, Penedo, etc.), esportes radicais nas áreas de matas, montanhas e rios.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ANTHONY GAROTINHO PTC
VICE Maria Landerleide de Assis Duarte
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PRP / PRB / PTC / PATRI

Eleições 2018
162
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

IDADE GÊNERO COR / RAÇA


58 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO Locutor e Comentarista
Superior Completo de Rádio e Televisão e
Radialista

PROPOSTAS
6.16 ESPORTE E LAZER
Até a área de esporte e lazer, onde o Rio de Janeiro sempre foi destaque nacional, foi afetada
pela má gestão que vem infelicitando o estado, a começar por não existir uma política para a
área, mesmo com a capital tendo sediado o mais importante evento esportivo do planeta, os
Jogos Olímpicos, em 2016. Os problemas atingem principalmente as principais bases de
formação de atletas em todo o mundo, que são as escolas e as comunidades. Um exemplo é a
falta de qualidade no ensino de educação física nas unidades da rede estadual de ensino e a
escassez de projetos de atividades esportivas para as comunidades, como escolinhas de futebol
e outros esportes. No interior, a situação ainda é mais grave, com quase nenhuma participação
dos jovens em jogos abertos por falta de um planejamento e de um calendário. Há que se
destacar também, nessa área, a privatização do estádio do Maracanã, promovida por Cabral,
afrontando a posição de toda a população fluminense e mesmo dos brasileiros, que não queriam
ver entregue à iniciativa privada, em uma negociação nociva ao estado, o mais importante
símbolo do futebol brasileiro.
Nossas propostas são:
• Promover atividades e projetos esportivos voltados para as comunidades no Rio de Janeiro,
como escolinhas de futebol e outras instituições voltadas para a prática de esportes (a exemplo
da Escolinha do Zico);
• Realizar concurso público para professores e graduados em educação física, criando um
quadro permanente da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer;
• Estabelecer um calendário fixo para a realização de jogos abertos no interior, ao longo de
todo o ano, nas diversas regiões do estado;
• Auditar a licitação realizada e rever o contrato de privatização do estádio do Maracanã,
altamente lesivo aos interesses do Rio de Janeiro. Com o novo governo, o estado vai
estadualizar o Maracanã.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


DAYSE OLIVEIRA PSTU
VICE Pedro Vilas-Bôas
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
52 ANOS Feminino Preta
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor do Ensino
Superior Completo
Médio

Eleições 2018
163
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


EDUARDO PAES DEM
VICE Plínio Comte
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
DEM / PP / MDB / PTB / SOLIDARIEDADE /
PSDB / PPS / PV / DC / PHS / AVANTE / PMN
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
48 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Administrador
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


INDIO PSD
VICE Zaqueu Teixeira
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSD
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
47 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Deputado
PROPOSTAS
4. SAÚDE
Além da melhoria do atendimento, o estado observará formas de saúde preventiva. Uma delas
é o saneamento. Outra é através do esporte. Mas, de imediato, a principal forma de se evitar
doenças é garantindo segurança.
5.1 APOIO AO ALUNO
Pretende-se estimular um ambiente competitivo entre os alunos nas mais diversas áreas e
seguimentos, Olimpíadas de matemática, Português, Feiras de ciência, Empreendedorismo,
esporte, cultura, concursos e Festivais, com a oferta de bolsas de estudo e vantagens por
convênios com a iniciativa privada.
6. DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
Concentramos a produção áudio visual do país com enorme potencial para o setor tecnológico
e de inovação, para a indústria da cultura, do esporte e do turismo, eventos, hotelaria e

Eleições 2018
164
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

alimentação; pesquisa e conhecimento.


7. DESENVOLVIMENTO SOCIAL
Além do programa de Resgate das Comunidades abordado previamente no Capítulo Quatro
deste plano, as ações do Governo Indio no campo da Assistência e do Desenvolvimento Social
têm como principais eixos: a Habitação; o Esporte; a Cultura; a Agenda Social RJ e a
valorização e o respeito a Pessoa Humana e a Diversidade.
7.1 ESPORTE
É dever de o Estado patrocinar a formação esportiva, como instrumento de desenvolvimento
humano e social. E Isso ocorre quando o esporte encontra a educação. Lamentavelmente
perdeu-se essa chance com a Copa do Mundo e a Olimpíada no Brasil.
O Governo Índio vai associar o esporte a educação, com o Programa Clube Colégio. O
programa se baseia em um sistema de contrapartidas que envolve o Governo, Federações
Esportivas, Clubes, escolas de esportes de comunidades e bairros, tendo o colégio como
referência e o envolvimento dos profissionais do esporte e do ensino, além de organizações
sociais, iniciativa privada e a sociedade civil, criando um ambiente estimulante e saudável de
competição ao aluno, oferecendo capacitação profissional e investindo na formação de base
do esporte.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


LUIZ EUGENIO HONORATO PCO
VICE Professor Joaquim
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PCO
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
57 ANOS Masculino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO
OCUPAÇÃO
Ensino Fundamental
Outros
Completo
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARCELO TRINDADE NOVO
VICE Carmen Migueles
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
NOVO
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
53 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado

Eleições 2018
165
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

PROPOSTAS
4.5. Saúde digital: informação centralizada e educação como meio de prevenção
Finalmente, serão incentivadas ações transversais de educação em saúde nas escolas, baseadas
em plataformas digitais e redes sociais. Além de focar na prevenção, pretende-se atuar no
estímulo à vida saudável, com a prática do esporte e alimentação adequada.
5. Cultura, Turismo, Esporte, Desenvolvimento e Meio-ambiente: o caminho para a
prosperidade do Rio de Janeiro
Meta: Assegurar que o desenvolvimento do Estado seja diversificado e inovador em todo o seu
território, aproveitando suas diferentes vocações, e com foco no aumento de seu capital
científico, tecnológico, natural, cultural e social.
[...] No entanto é preciso reforçar a interiorização e integração dos fluxos turísticos com o
objetivo de ampliar os tempos de permanência dos turistas no estado. Para isso, como dito, será
necessária uma substancial expansão e melhoria da infraestrutura e logística de transporte, além
de qualificação da mão de obra, promoção e valorização da cultura e do esporte além da
recuperação dos passivos ambientais do Estado.
5.5. O papel do Estado no Esporte
O papel do Esporte é transversal. Gera atividade econômica, incrementa o turismo, produz
impactos na saúde, protege os jovens e incentiva a educação, e faz parte da cultura do Rio de
Janeiro.
O Rio de Janeiro sempre foi um dos estados líderes na prática esportiva, e o Estado é
proprietário de importantes equipamentos urbanos destinados à prática esportiva, como o
Estádio Mario Filho (Maracanã), e deve assegurar que as concessões de tais equipamentos à
iniciativa privada produzam o benefício esperado à população, o que não vem ocorrendo.
Cumpre ao estado do Rio de Janeiro promover o esporte como ferramenta para o
desenvolvimento humano, econômico e social, notadamente em um Estado em que jovens são
frequentemente desviados das escolas para unir-se a atividades criminosas. De fato, a prática
esportiva tem importante papel no combate a esses riscos e desempenha papel fundamental na
área da educação e da saúde, além de sua relevância econômica.
A prática esportiva deve ser fortemente incentivada nas escolas, com a capacitação dos
professores de educação física da rede estadual e com a organização de torneios interescolares
e intermunicipais, e como instrumento transversal de políticas públicas, principalmente nas
áreas de educação e de saúde, como mencionado.
As políticas públicas devem ser específicas para cada modalidade esportiva, considerando suas
características e grau de desenvolvimento no Estado, reconhecendo no esporte um vetor de
prosperidade no estado do Rio de Janeiro e uma ferramenta para o desenvolvimento integral da
pessoa humana.
É imperativo que o Estado coopere na busca por ganhos de escala aproveitando ao máximo o
parque esportivo construído para os grandes eventos que o Rio de Janeiro recebeu nos últimos
15 anos: Jogos Pan-Americanos, Mundiais Militares, Copa das Confederações, Copa do
Mundo, Jogos Olímpicos e Paralímpicos etc.
Além da capital, todo o estado do Rio de Janeiro tem vocação para a prática de esportes e para
a realização de eventos esportivos regionais, nacionais e internacionais, como os de ciclismo,
atletismo, canoagem, vela, handebol, ginástica, etc...
O Estado pode articular políticas públicas para o esporte, reunindo dados técnicos atualizados
para subsidiar o mercado e o poder público, bem como manter cooperação efetiva com as
organizações esportivas, para desenvolver ao máximo a indústria do esporte no estado do Rio
de Janeiro, sede das principais organizações esportivas do país, de forma transparente e
democrática, contribuindo para que o esporte gere o máximo possível de emprego e renda no
estado do Rio de Janeiro.
É preciso, enfim, no Rio de Janeiro, reconhecer a importância dos clubes na matriz esportiva,
articulando políticas públicas que contemplem sua atuação, principalmente integrados à
educação e saúde.

Eleições 2018
166
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARCIA TIBURI PT
VICE Leonardo Giordano
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT / PC do B
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
48 ANOS Feminino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor do Ensino
Superior Completo
Superior
PROPOSTAS
COMPROMISSOS PARA GOVERNAR O RIO DE JANEIRO
4. Potencializar o protagonismo das juventudes, em sua diversidade, como sujeitos de direitos.
O governo adotará medidas que busquem assegurar aos jovens, independentemente de sua
classe social, raça ou gênero, o direito a viver com dignidade, qualidade e segurança. O Estado
do Rio de Janeiro adotará ações voltadas ao acesso à educação, à formação, à saúde, ao trabalho
decente, ao território, à cultura, ao lazer e aos esportes, à informação, à inclusão digital e
tecnológica. O governo promoverá oportunidades para construção de autonomia e
emancipação, valorizará a diversidade da juventude fluminense, incluindo ações para superar
desafios e atender às necessidades das mulheres jovens, da juventude rural, da juventude
LGBTI+, da juventude indígena, quilombola e das comunidades tradicionais, e enfrentar as
desigualdades que as separa nas cidades, no campo, nas periferias e nas favelas. O Governo do
Estado do Rio de Janeiro enfrentará o extermínio da juventude negra, pobre e periférica,
desenvolvendo estratégias de redução da mortalidade e encarceramento desta população.
Fortalecerá e ampliará os espaços de diálogo e participação da juventude no governo, incluindo
conselhos e conferências.
5. Assegurar o direito ao território e o respeito às identidades e às coletividades. As ações do
Governo do Estado serão pautadas a partir das diferentes realidades das moradoras e moradores
dos grandes centros urbanos, do campo, das periferias, das favelas, dos quilombos, dos
municípios do litoral e do interior. O direito ao território será assegurado por meio de habitação
social com infraestrutura e acesso à segurança alimentar, ao trabalho e aos equipamentos de
educação e saúde, cultura, esporte e lazer. Isso deverá ser feito em articulação com os
movimentos sociais, os municípios e a federação. Políticas públicas capazes de apoiar os
territórios em suas potencialidades econômicas, ambientais, sociais, educacionais e culturais
serão desenvolvidas com a participação da população envolvida nos processos de planejamento
e gestão. A mobilidade deve ser questão central para que todos possam usufruir plenamente
das cidades, das regiões e do estado. O Estado do Rio de Janeiro deve priorizar o transporte
público, buscando modicidade tarifária, acessibilidade, conforto e segurança, além de
diversificar e integrar os modais de transporte, incluindo a reativação da malha ferroviária, o
transporte aquaviário, o metrô e a bicicleta, bem como os deslocamentos
a pé em segurança, isso em parcerias com municípios, Governo Federal e iniciativa privada.

Eleições 2018
167
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PEDRO FERNANDES PDT
VICE Dr. Julianelli
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PDT / PSB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
35 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Odontólogo
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
3. O projeto de educação em tempo integral no ensino médio que aqui se pretende, envolve a
inclusão da qualificação profissional, técnica, mas também humana, cultural, artística,
científica e desportiva, resultando em uma ampliação da potencialidade da escola, e da escolha
do aluno, como protagonista das suas escolhas e decisões autônomas;
Ações:
1. Criação do modelo “Escola Viva”, visando a valorização da educação pública em todos os
seus níveis, investindo em infraestrutura, manutenção física, modernização de salas temáticas,
científicas e tecnológicas, materiais pedagógicos, infraestrutura de atividades esportivas e
culturais e os demais espaços vinculados à escola, aos centros de formação e as universidades;
2. Projeto “espaço criativo”. A Escola Viva deste governo dará ênfase a oportunidade de
descobertas vocacionais na arte, cultura, profissional e desportiva. Para isto, as escolas terão
investimento nas disciplinas artísticas, culturais, desportivas, profissionalizantes e
tecnológicas, sendo fundamental a realização de concursos e o estabelecimento de quadros
efetivos, no entendimento de que se tratarão de funções regulares e fundamentais para o
desenvolvimento social, a partir das escolas;
SEGURANÇA PÚBLICA
O nosso governo terá compromisso prioritário com a Segurança Pública, agindo no
enfrentamento da criminalidade, quando necessário, com foco na inteligência, integração e
gestão, de maneira a atingir as raízes das mazelas que afligem o cidadão fluminense, em uma
estreita relação com Educação, Esporte, Cultura e Geração de Renda.
ESPORTE E LAZER
O esporte e o lazer são ferramentas educacionais que ensinam valores fundamentais como
trabalhar em equipe, respeitar as regras e os adversários, se superar nas adversidades, ter
autocontrole e viver em coletividade. São portanto, indutores do desenvolvimento humano,
pensando o cidadão de forma integrada e promovendo a melhoria da qualidade de vida dos
moradores das cidades.
O Rio de Janeiro respira esporte e lazer. Por onde se passa, em qualquer bairro ou cidade,
pessoas fazem caminhadas, andam de bicicleta e conversam sobre seu time do coração,
criando e estreitando laços de amizade e convívio social, num ambiente que é a cara do Rio.
Além de uma ampla estrutura física, suas belezas naturais são um convite à prática de esporte
e ao lazer. Trata-se de uma vocação natural do estado e de seu povo, que precisa ser
estimulada e aproveitada como política pública de extremo potencial econômico e de inclusão
social.
O crescimento urbano, sem planejamento, vem reduzindo cada vez mais os espaços para
prática de atividades esportivas e de lazer, porém, a ausência de políticas que promovam e
valorizam o desporto, em todos os níveis, certamente é a principal razão com que a população

Eleições 2018
168
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

deixe de se beneficiar plenamente destas atividades.


Não se pode permitir que nosso povo se distancie de sua vocação, sua história, e dessa
importante ferramenta de convívio e inclusão social e que atraí turistas do país e do mundo
inteiro, confirmando a fama de bom acolhedor da população do Rio, com braços abertos como
o Cristo Redentor, nosso mais conhecido cartão postal.
Devemos lembrar que o desporto e lazer é um direito constitucional, previsto no artigo 217 da
Constituição Federal que define o esporte como dever do estado e direito de cada um,
reforçando o compromisso de democratizar o acesso às atividades esportivas como parte da
formação integral de crianças, adolescentes e jovens, bem como da Constituição do Estado do
Rio de Janeiro, com uma seção destinada ao desporto, estende o direito às pessoas com
deficiência e valorando o apoio aos esportes profissionais, amadores e no âmbito educacional.
Todavia, não se cumprem as constituições no âmbito da formulação e execução de políticas
públicas nessa área. Dados do orçamento de 2018 demonstram que somente 0,07% do montante
orçamentário está destacado para o desporto e lazer, e no ano de 2017, apenas 0,05% do
orçamento foi de fato executado, corroborando a falta de atenção do governo estadual nesta
fundamental função de governo.
O esporte transforma vidas. Seus benefícios ultrapassam a melhoria na saúde e alto estima do
indivíduo, para alcançar um estilo de vida saudável e proativo, que em muitos casos resgata
pessoas em situação de vulnerabilidade social, transformando-os em atletas consagrados, como
o caso da campeã olímpica de judô, Rafaela Silva, descoberta na comunidade da Cidade de
Deus, na capital do estado, dentre tantos outros exemplos de superação através do esporte.
É importante, por fim, ressaltar que o esporte também deve ser um importante aliado no
combate às drogas, que além de destruir vidas e famílias, capta milhares de jovens para o
tráfico, resultando no encarceramento maciço da juventude brasileira, que representa 55% da
população carcerária, além da perda de inúmeras vidas na guerra entre facções e no
enfretamento com o Estado, num contexto de uma política fracassada de segurança pública.
É preciso que sejam implementadas políticas integradas, sobretudo com a Educação, Saúde e
Assistência Social, como ferramentas essenciais para a prevenção ao uso de drogas e resgate
de pessoas vitimadas por esse flagelo, gerando oportunidade para reconstruir estórias de vida.
Conexão Esporte
Em que pese a vocação da população do Estado à prática de atividades desportivas e de lazer,
é preciso que o poder público estadual promova meios para fomentar o acesso e integrar ações.
A educação integral nas escolas estaduais tem o esporte como um dos pilares à formação
completa do estudante, devendo o gestor público articular-se com a Educação para alargar as
possibilidades de resultados decorrentes do crescimento desta política educacional.
A exemplo de outros países, onde as escolas e universidades são berços formadores de grandes
atletas, como também pessoas que desenvolveram a cultura de práticas esportivas em suas
vidas, o Estado do Rio de Janeiro detém total condição e vocação para formar campeões, sejam
nas modalidades esportivas, seja na formação de cidadãos transformadores de nossa sociedade.
É fundamental, neste sentido, a promoção de políticas integradas com os demais entes
federativos, assim como o alinhamento intersetorial entre as funções de governo, conectando o
esporte e lazer às demais políticas, preponderantemente na esfera de prevenção aos riscos de
saúde e combate nas causas da criminalidade, não obstante seu imenso potencial no fomento
ao turismo e demais áreas de governo.
As leis de inventivos ao esporte, assim como benefícios financeiros, descolados de uma gestão
integrada, que respeite a vocação de cada região e a individualidade do cidadão, não
promoverão os efeitos esperados sem gestão, sendo fundamental a implementação de
tecnologias que facilitem o fortalecimento da conexão esportiva, gerando uma atmosfera que
estimule a prática esportiva e de lazer no estado.

Eleições 2018
169
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

Educação e Esporte
No término do primeiro governo do saudoso Leonel Brizola, em 1987, o orçamento do estado
para a função Educação representava em torno de 22% do montante, realidade totalmente
oposta da atual, em que o governo direciona menos da metade daquela época e ainda tem suas
contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado por não atingir o mínimo constitucional na
aplicação de receitas de impostos na área e educação, enquanto se empenha mais de 17% do
orçamento em Segurança Pública, invertendo totalmente a lógica de educação para a de
punição, sobretudo atingindo a população mais pobre.
Passados mais de 30 anos da implementação dos Centros Integrados de Educação Pública –
CIEPs, idealizado pelo ilustre Professor Darcy Ribeiro, restaram poucas unidades onde se
constata algum resquício da revolucionária política de educação em tempo integral, que
possibilitou aos estudantes da rede pública do estado uma formação integral, unindo educação
às artes, cultura, esporte, lazer e formação profissional.
Dentre os diversos resultados nefastos da degradação do ensino integral está um alto nível de
evasão escolar, expondo nossa juventude as diversas formas de vulnerabilidade social. Dados
do Poder Judiciário do estado demonstram que 83% dos menores infratores já tinham
abandonado a escola, podendo o esporte ter uma atuação crucial para reverter esse cenário.
É preciso resgatar a integração da educação com o esporte e lazer, numa política transversal
com a segurança pública e demais funções de governo, fazendo com que o Estado volte a
investir mais em educação e menos em segurança pública, num movimento de redução da
criminalidade e aumento de oportunidades.
É inconcebível a ausência de jogos escolares, em suas diversas modalidades esportivas, num
estado que foi palco da última olimpíada e detém de equipamentos mais que suficientes para
serem amplamente utilizados em competições que gerem integração e motivação aos nossos
estudantes. Da mesma forma a participação de nossos estudantes nos jogos escolares nacionais
deve ser amplamente garantida e potencializada.
A ligação entre a atividade esportiva escolar, com o esporte amador e de alta performance
necessita ser aprimorada, numa espiral de fortalecimento do desporte e lazer com a esfera
educacional.
Neste sentido, é preciso aperfeiçoar as relações com o Ministério da Educação, a fim de garantir
maiores recursos via Fundo Nacional de Educação, para potencializar as escolas, revitalizando
e expandido os equipamentos esportivos, assim como aumentando a capacidade de atendimento
aos estudantes e populações do entorno escolar, inclusive explorando horários além dos turnos
escolares.
É necessário ainda elevar os investimentos em educação, combinando a melhoria da gestão das
finanças do Estado com o aumento das parcerias entre a união, municípios, iniciativa privada
e sociedade civil, a fim de que a gestão da educação não seja uma mera busca de manutenção
do custeio para desenvolver-se integradamente, sobretudo no fomento às práticas esportivas
nas escolas.
Incentivo ao Esporte Amador
É de suma importância a qualificação dos instrumentos de incentivo ao esporte amador, com
vista a democratizar o acesso ao desporto pela população do estado.
Para tanto, torna-se imperioso o apoio de empresas que patrocinem nossos atletas amadores,
não obstante políticas públicas dotadas de recursos para atingir áreas que carecem de atividades
esportivas e que apresentem falta de oportunidades, combinadas com altos índices de
criminalidade. Grandes campeões, por vezes, nascem das maiores dificuldades, devendo
ocorrer o aperfeiçoamento das parcerias para amplo acesso ao desporto em todas as regiões do
estado.
É preciso ressaltar que num ambiente de crise econômica e escassez de recursos públicos, é
fundamental priorizar projetos com extremo impacto social e reduzidos custos, buscando fazer
mais com menos, por meio de políticas que se coadunem com a participação da comunidade,
visibilidade aos patrocinadores e fixação de limites de gastos condizentes ao
projeto, evitando qualquer espécie de desperdício ou falta de resultado na ponta.

Eleições 2018
170
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

Neste sentido, é importante aperfeiçoar os mecanismos de envolvimento da sociedade civil


junto as comissões avaliadoras dos projetos, fazendo com que a fiscalização seja ampliada e a
gestão mais transparente e melhor monitorada.
Por outro lado, são inúmeros os casos de associações de esportes amadores que fomentam a
prática esportiva por todo o estado, prestando um enorme serviço público com seus próprios
recursos e sem qualquer apoio do poder público. A implementação de mecanismos que
facilitem e estimulem tais iniciativas, sem restrições a determinadas modalidades, unindo
tecnologia e conectando órgãos de governos será de grande valia no incentivo ao esporte
amador junto à sociedade civil organizada.
Também na esfera do esporte amador, a integração com a segurança pública pode ser
extremamente exitosa. São diversos os casos de policiais que se dedicam, mesmo sem qualquer
apoio do estado, a projetos esportivos que evitam que crianças e jovens sejam alçados pela
criminalidade. A implementação de políticas de desporto amador em parceria com profissionais
do estado, municípios e união, pode ser um poderoso instrumento de integração do policial,
professor e demais profissionais com a comunidade, gerando a sinergia necessária para que as
políticas sejam mais eficientes, humanas e com melhor impacto social.
Por último não se pode deixar de qualificar os instrumentos legais de relação com o governo
federal, valendo-se das Leis de Incentivo ao Esporte, assim como junto aos órgãos municipais
de esportes e lazer, para formulação e execução de políticas integradas por todo o estado,
valorizando as vocações esportivas de cada região, porém gerando condições para que todo o
cidadão tenha acesso à modalidade esportiva que preferir. Neste sentido, é fundamental ainda
o suporte ao para-desporto, integrando as pessoas com deficiência, para o crescimento do
esporte amador e de alta performance.
Turismo Esportivo
O turismo esportivo tem um enorme potencial a ser explorado. A cada dia aumenta o número
de turistas que buscam lugares propícios à prática dos mais diversos esportes, sendo o Estado
do Rio de Janeiro palco perfeito tanto para a prática de esportes, como para participar de
eventos esportivos que se realizam rotineiramente pelo estado.
Tendo em vista as belezas naturais do Rio de Janeiro, a vertente do turismo esportivo em locais
onde predomina o contato com a natureza; flora, fauna e ecossistemas gera um perfeito
ambiente de atratividade que aliado a uma política de sustentabilidade, tem enorme potencial
para erguer o turismo esportivo como um grande fator de desenvolvimento econômico e social,
incrementando novas receitas para aliviar os combalidos cofres estaduais.
Não obstante, grandes eventos esportivos que ocorrem quotidianamente no estado, devem ser
melhores explorados para que não só os turistas retornem ao Rio, mas também para que a
população mais pobre tenha a oportunidade de participar, já que os altos custos dos ingressos
restringem o acesso da população nativa aos espetáculos esportivos que ocorrem em sua região.
Em outra vertente, é fundamental a formulação de parcerias com a iniciativa privada e
prefeituras, para que sejam aperfeiçoados os mecanismos de acolhimento e mobilidade do
turista por todas as regiões do estado, considerando a diversidade de locais que ocorrem os
eventos em todo o território fluminense e a escassez de políticas de mobilidade e sinalização
para o turismo.
A formação e multiplicação de agentes de turismos regionais deve ser ainda amplamente
implantada para garantir a segurança e viabilizar e informação ao turista, sobretudo em relação
a prática de esportes radicais e de aventuras, servindo ainda de importante mecanismo de
qualificação profissional para desenvolvimento econômico do estado.
A promoção do turismo esportivo também deve ser expandida para além de períodos sazonais.
A criação e promoção dos roteiros desportivos e de lazer em cada região irá possibilitar que
sejam explorados atrativos das cidades, gerando renda para o ano inteiro, devendo o estado
atuar no fortalecimento dos meios de divulgação, assim como no
desenvolvimento da infraestrutura regional de acesso a tais atrativos.

Eleições 2018
171
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

Multiplicando Campeões
Não são raros os exemplos de atletas e até ex-atletas profissionais que se empenharam em criar
projetos sociais voltados a população pobre. Mesmo sem apoio do estado, em muitos desses
núcleos esportivos são formados diariamente campeões, graças ao esforço e exemplo de seus
fundadores, conciliado com a dedicação de pessoas que agarraram essa oportunidade de
transformar sua trajetória de vida.
O potencial de captação de parcerias com empresas que desejam associar suas marcas a grandes
atletas, com a chancela e incentivos do poder público é extraordinário, porém insuficiente.
Numa realidade de tantos escândalos de corrupção e outros péssimos exemplos de pessoas
públicas que deveriam zelar pela população, a formulação de políticas que motivem às pessoas
a obter méritos trilhando um caminho de perseverança e honestidade é de grande importância
para os tempos atuais.
A criação e aperfeiçoamento de projetos junto a grandes atletas de todas as regiões do estado
será altamente favorável a formação de jovens que buscam boas referências na construção de
suas vidas.
Não obstante tais ações, o poder público precisa investir na formação de gestores esportivos
que sejam multiplicadores de práticas de desporto e lazer, sobretudo em comunidades carentes.
Para tanto, é salutar estreitar parcerias com as universidades para transmissão de conhecimentos
na esfera esportiva, formando e acompanhando pessoas que possam colaborar como
multiplicadores em suas comunidades em todo o território, numa rede de integração entre
estado, prefeituras e entidades civis.
É preciso que o Rio de Janeiro não se limite somente ao investimento em grandes eventos, mas
passe também a investir em ações de pequeno porte e reduzidos custos, que garantam a
continuidade das políticas de desporto e lazer e seja capaz de fomentar uma atmosfera cultural-
esportiva característica de cada região, como fator relevante para o desenvolvimento humano
da população.
Por fim, um olhar diferenciado deve ser direcionado para regiões com baixa atividade
desportiva, como em cidades da Baixada Fluminense na Região Metropolitana e no Noroeste
Fluminense. A valorização de potencialidades esportivas regionais, a melhoria de
equipamentos e fornecimento de insumos básicos às práticas esportivas e aperfeiçoamento da
infraestrutura de acesso e desenvolvimento desportivo local é fundamental para obtenção de
resultados em curto prazo, priorizando áreas de maior vulnerabilidade social.
Valorização de Áreas Esportivas
A centralização das políticas de desporte e lazer na capital nos últimos anos, tem causado um
enorme desequilíbrio com as demais cidades das regiões do estado e até mesmo dentro da
própria capital. apesar do chamado legado olímpico, como também por força de grandes
estruturas de estádios de futebol e clubes desportivos que se formaram ao longo de décadas
devido tal centralidade.
Enquanto municípios da Baixada Fluminense tem uma escassa estrutura esportiva, muitas
vezes concentradas em clubes frequentados pela população que consegue pagar, o poder
público não sabe o que fazer para manter "elefantes" implantados na capital que geram grandes
prejuízos à população e não atendem à população carioca, sobretudo as residentes em regiões
de favelas, onde a disputa acirrada por um espaço para residir não permite mínimas áreas de
esporte e lazer.
Por outro lado, esportes praticados em áreas abertas, não intimamente dependentes de
equipamentos públicos, são explorados pela população na medida em que ao menos o acesso a
tais áreas e condições ambientais lhe sejam minimamente garantidos.
É preciso democratizar o acesso ao desporto e lazer, retirando barreiras e facilitando acessos
para que toda a população usufrua dos benefícios que estas áreas podem trazer, equilibrando
ainda a promoção de políticas e os investimentos em equipamentos desportivos.
Neste sentido, reformas em quadras poliesportivas nas escolas e adaptação de espaços públicos
para prática de esportes de luta, podem sermedidas a serem implementadas com

Eleições 2018
172
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

reduzidos custos de investimentos, valendo-se estruturas já existentes.


Da mesma maneira, a restauração de campos e quadras de futebol, deve ser amplamente
realizada, combinando a utilização de mão-de-obra do estado e da sociedade civil, combinado
com a implementação de politicas de adoção de áreas, juntamente com a prefeitura. Neste
sentido, devem ser formuladas iniciativas que utilizem a mão-de-obra carcerária, como
ferramenta de reinserção social e baixo custo.
A prática de esportes radicais, de aventuras e de praia também deve ser estimulada pelo governo
do estado, articulando-se com o turismo esportivo e as parcerias com entidades privadas que
necessitam de maior incentivo do poder público para melhorar o desenvolvimento econômico
de suas localidades.
Por último, é preciso melhor explorar os equipamentos do legado olímpico, assim como
estreitar as relações com os clubes que detém equipamentos e profissionais preparados para
incrementar os esportes de ginástica e atletismo, revitalizando o potencial olímpico e
paraolímpico de nosso povo, assim como favorecendo o crescimento dos esportes amadores.
Parcerias Público-Privada Transparentes
Atualmente o Estado do Rio de Janeiro dispõe somente de uma parceria público-privada. Trata-
se concessão administrativa para a gestão, operação e manutenção do Estádio Mario Filho
(Maracanã) e do Ginásio Gilberto Cardoso (Maracanãzinho), bem como a realização de obras
incidentais estabelecidas no contrato – PPP Maracanã, objeto de críticas pelo Tribunal de
Contas do Estado, embora o imenso potencial turístico que envolve a mística do estádio do
Maracanã e toda sua estrutura que o rodeia.
O aperfeiçoamento das PPP’s, implementando medidas de transparência, valores diferenciados
às populações pobres e clara definição dos investimentos pelo cessionário, devem ser aplicadas
em casos que não seja viável a gestão direta pelo poder público.
Todavia, é preciso avançar para além das parcerias previstas na Lei das PPPs, incrementando
mecanismos de amplo alcance social por meio das estruturas públicas e privadas nos
municípios, de modo a potencializar os equipamentos mais próximos à população,
principalmente em regiões do Estado carentes de maiores equipamentos.
As parcerias com as associações esportivas, clubes e prefeituras, visando o aproveitamento dos
espaços com contrapartidas estaduais em bens e serviços, que evitem onerar o orçamento do
estado, podem ser utilizadas para valorizar espaços subutilizados. A gama de imóveis
desocupados ou mal utilizados pode ser uma importante contrapartida.
Neste sentido, é fundamental o suporte dos órgãos de controle externo e comissões público-
privadas de monitoramento, dando transparência e fiscalizando a todos os convênios e objetivos
pactuados.
Esportes ao Ar Livre
A natureza privilegiada do estado é palco ideal para ao lazer e a prática de esportes ao ar livre.
Caminhadas, corridas, trilhas, ciclismo, surfe, futevôlei são algumas das modalidades que
permeiam a paisagem do Rio, merecendo maior incentivo para que a população usufrua dos
nossos cartões postais, que muitas vezes são explorados de modo restritivo às pessoas mais
pobres.
É essencial ampliar a integração do desporto e lazer nestas áreas com políticas de meio
ambiente, saúde, educação e segurança pública, assim como melhorar a articulação com as
prefeituras, principalmente nas questões de ordem pública e limpeza urbana, a fim de viabilizar
o livre exercício dos benefícios naturais que a natureza dispôs ao Rio.
Em geral as modalidades esportivas ao ar livre demandam menores investimentos e maior
capacidade de agregar pessoas, devendo o poder público promover e apoiar parcerias que
estimulem os acessos e estimulem permanentemente estas modalidades em cada região,
ressaltando as potencialidades dessas modalidades nas Regiões Litorâneas, Costa Verde e
Metropolitana.
Integração Esportiva com Municípios
O distanciamento das políticas de desporto e lazer com os municípios é um dos principais
gargalos que a enfraquece no estado. O poder local é o que mais se aproxima da população e

Eleições 2018
173
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

deve ser fortemente alinhado com governo federal, num movimento de transversalidade entre
os órgãos que compõem cada ente federativo.
É preciso que o estado assuma seu protagonismo na integração das políticas de desporto e
lazer com os municípios, realizando, permanentemente, encontros com os secretários
municipais e gestores desta área, bem como fomentando a participação da iniciativa privada e
sociedade civil. Para tanto é fundamental uma gestão com inteligência e tecnologia, visando
promover esta integração com o menor dispêndio de recursos humanos e materiais possíveis.
Faz-se necessária ainda a formulação de uma agenda de atividades atualizadas
constantemente, assim como a realização de eventos intermunicipais, que fomente a troca de
experiências e a oferta de modalidades esportivas entre as regiões, fortalecendo os laços de
amizade e integração as populações de cada município, principalmente em áreas onde se
verificam menor incidência de práticas esportivas.
Esporte para Todos
O desequilíbrio regional dos investimentos, combinado com a insuficiência das políticas de
desporto e lazer causaram enormes bolsões de ausência dessa política no estado.
Enquanto na capital há uma grande oferta de esportes e lazer, necessitando ser aperfeiçoadas e
disseminadas para todas as zonas do município, outras cidades carecem de equipamentos
básicos e políticas de promoção e acesso para toda a população, principalmente em relação às
pessoas idosa e em áreas mais pobres.
O governo do estado precisa favorecer o desporto e o lazer para todos, evitando que os esforços
estejam unicamente concentrados em algumas áreas.
Para tanto é preciso promover a utilização de ferramentas de capacitação e multiplicação de
gestores, a fim de formar e qualificar uma rede capaz de captar e empreender recursos que
incentivem o desporto e lazer em suas localidades, promovendo o alinhamento com o poder
público e a iniciativa privada.
Idoso em Movimento
O Rio de Janeiro é o estado com maior parcela da população idosa do país. São quase um quinto
da população com idade superior a 60 anos de idade, segundo o IBGE.
Segundo especialistas, os benefícios relacionados às atividades físicas para a pessoa idosa,
ministrada por profissionais que estejam preparados para atender a esse público, são
imensuráveis e representam uma importante medida para um envelhecimento saudável e
melhoria da qualidade de vida dessa população.
É preciso estabelecer uma agenda prioritária de atividades que promovam o maior alcance a
esta população, valendo-se do amplo uso de equipamentos públicos e até privados, quando da
inexistência de espaços públicos adequados, valorizando as potencialidades naturais de cada
região, assim como empreender medidas que atendam pessoas idosas em situação de
vulnerabilidade social e econômica.
Outra questão essencial é implementar políticas para que seja evitada a descontinuidade de
projetos e ações que já obtiveram êxito em agregar pessoas e formar laços de amizades. A
continuidade das políticas de desporto e lazer voltadas à população idosa não pode sofrer
descontinuidade, sob pena de causar rupturas sociais extremamente prejudiciais à pessoa idosa
e sua saúde.
A integração com os órgãos de saúde e a iniciativa privada também é importante na execução
de políticas mais abrangentes e com menor dispêndio de recursos. Parcerias devem ser
estimuladas pelo governo em todos os municípios, com apoio da união, dos conselhos
municipais e do estado, para que garantam a proteção necessária e a formulação de políticas
consistentes ao desporto e lazer voltados à pessoa idosa.
Recreação Esportiva
Em regra, a escola deve ser o local de excelência e ponto de referência às atividades de lazer
numa comunidade. Os atrativos de esporte e lazer, quando unidos à educação integral, formam
uma poderosa ferramenta de transformação social, gerando desenvolvimento social e
econômico para o cidadão. As políticas de desporto e lazer devem articular-se estreitamente
com as escolas, atraindo nossas crianças e jovens ao ensino.

Eleições 2018
174
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

Não obstante, são inúmeros os espaços públicos que devem ser estimulados com atividades
recreativas, sobretudo em áreas pouco aproveitadas pelo estado, cabendo ao poder público
promover a revitalização de tais áreas, seja diretamente, seja por meio de parcerias nas quais
as contrapartidas podem gerar oportunidades recreativas à população, combinada com
preservação de locais públicos.
Importante ressaltar a necessária valorização das associações de bairros na integração de ações
em parcerias entre estado e prefeituras, no sentido de possibilitar que as famílias sejam
valorizadas por políticas públicas que fortaleçam os vínculos sociais, dando o suporte
necessário para a realização ampla e irrestrita de atividades recreativas.
Atletas sem Deficiência
A performance dos atletas brasileiros nas paraolimpíadas do Rio encheu de orgulho nosso povo.
Foram 78 medalhas, sendo 14 de ouro. Exemplos de atletas olímpicos demonstram a
capacidade de superação das pessoas com deficiência em alcançar objetivos e resultados dos
mais diversos, mesmo com limitações físicas.
A implementação de políticas desportivas e de lazer direcionada a essa população é
fundamental não somente para atender uma necessidade básica de todo ser humano, mas
também para integrar toda a sociedade, em sua diversidade, valendo-se de exemplos de vida e
superação.
A garantia dos direitos de cada cidadão deve ser ampla e irrestrita. Políticas voltadas para
pessoas com deficiência na esfera do desporto e lazer, sobretudo no fomento aos esportes
coletivos são de grande relevância para inclusão e socialização das pessoas com deficiência.
As estruturas das quadras poliesportivas nas escolas e demais equipamentos estaduais devem
ser amplamente disponibilizados para essa população, principalmente quanto a prática do
basquete, esporte com maior número de praticantes, assim como nos esportes individuais,
como a natação e ciclismo, que também detém grande potencial de expansão e benefícios as
pessoas com deficiência.
Neste sentido, é fundamental que o estado, união e municípios invistam em acessibilidade e
mobilidade para gerar a infraestrutura necessária ao fortalecimento e inclusão das políticas de
desporto e lazer para essa população.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ROMÁRIO FARIA PODE
VICE Marcelo Delaroli
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PODE / PR / REDE / PPL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
52 ANOS Masculino Parda
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Incompleto Senador
PROPOSTAS
SEGURANÇA PÚBLICA
A segurança pública é resultado de diversos fatores atuando em conjunto. Por isso não se faz
segurança sem integração. É preciso fortalecer as políticas de direitos humanos para todos;
investir em educação e urbanização; potencializar a vocação dos esportes, utilizando o legado
olímpico; fomentar o turismo, através da garantia de acesso seguro a todo o território estadual
e reestabelecer a dignidade humana e a vida em sociedade com políticas de assistência social.
Nenhuma dessas ações é possível sem um planejamento e uma gestão integrada, que pense

Eleições 2018
175
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

em soluções inovadoras e criativas.


ESPORTES NAS ESCOLAS
A prática esportiva nas escolas, que terá como referência os princípios sócioeducativos, será
voltada para complementar a proposta pedagógica e incentivar o desenvolvimento da
capacidade psicomotora dos alunos.
Propostas
Integração. As atividades físicas e esportivas nas escolas estaduais do Rio de Janeiro serão
desenvolvidas de forma integrada com os projetos afins das secretarias de Educação e da Saúde,
com o objetivo de contribuir para a formação do caráter e da cidadania dos jovens e propiciar
melhor qualidade de vida aos estudantes.
Capacitação. Para suprir as possíveis necessidades de professores de educação física nas
escolas públicas serão firmados convênios com as universidades, abrindo espaço para estágios
dos formandos. Parcerias. Para suprir a necessidade de instalações esportivas poderão ser
firmados convênios pelo estado com clubes sociais e/ou instalações militares.
Esporte nas Comunidades. Promover eventos esportivos nas comunidades, a fim de reduzir a
vulnerabilidade social das crianças e jovens.
Financiamento. Além dos recursos orçamentários, serão adotadas as seguintes providências
para cobrir as despesas decorrentes das iniciativas voltadas para as práticas da educação física
e desportivas nas escolas:
– Avaliar o rateio dos recursos da LOTERJ, com vistas ao seu redimensionamento e
possibilidade de contemplar programas específicos da proposta de esporte na escola;
– Avaliar a possibilidade de acesso aos recursos da Lei de Incentivo ao Esporte, com vistas a
contemplar projetos para dotar as instituições de ensino com instalações e equipamentos
indispensáveis à prática da educação física e do desporto escolar;
– Reavaliar os repasses financeiros do Ministério do Esporte, através dos percentuais de lei das
loterias federais, a fim de destiná-los exclusivamente aos programas de educação física e
esporte escolar;
– Através da Secretaria de Planejamento, elaborar projetos para a captação de recursos da Lei
de Incentivo ao Esporte, destinados a equipar as escolas com instalações e equipamentos
necessários à prática da educação física e esporte escolar.
DIREITOS HUMANOS E POLÍTICAS DE INCLUSÃO
Esporte Inclusivo. Planejar e executar ações para alavancar o esporte inclusivo e a participação
de pessoas com deficiência e doenças raras em eventos esportivos e
paraolimpíadas;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


TARCÍSIO MOTTA PSOL
VICE Ivanete Silva
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
43 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Vereador
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

Eleições 2018
176
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


WILSON WITZEL PSC
VICE Claudio Castro
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSC / PROS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
50 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
3.11. DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
O grave quadro de crise sistêmica tem deixado a população do Estado sem nenhuma perspectiva
e tem impactado especialmente os mais jovens, os primeiros a sucumbir pela violência ou pela
tentação do crime. As UPPs foram uma grande oportunidade perdida, pois o policiamento das
comunidades não foi acompanhado de ações estruturantes (creche, escolas, saúde, esportes), ou
então foram acompanhados de obras que não eram demandas prioritárias locais e hoje se
encontram abandonadas, como é o caso do Teleférico do Alemão.
Para reverter esse quadro é preciso uma abordagem transversal e multidisciplinar, tendo
atenção especial à questão do Desenvolvimento Social articulada com as demais áreas. Por esse
motivo, o Governo do Wilson Witzel trabalhará em conjunto, dentro de uma mesma pasta, com
as áreas de desenvolvimento social e direitos humanos, agregando as políticas assistenciais com
trabalhos específicos com minorias carentes ou socialmente fragilizadas, além da pasta de
esportes e lazer. É preciso retomar programas sociais que garantam algum tipo de auxílio à
população impactada pela crise econômica, assim como também é preciso garantir assistência
adequada à população em situação de rua. Em outra frente, garantir políticas que permitem o
avanço na proteção aos direitos das mulheres, a construção de oportunidades equitativas
independentemente de cor, credo, sexo, raça ou condição social e que dialoguem com as
demandas da juventude. Outro Rio de Janeiro é possível, mais humano e que não abandone a
sua população.
Medidas Propostas:
10 - Promover ações de Esportes e Cultura voltadas à juventude aproveitando as estruturas da
Copa e das Olimpíadas: Festival Estadual da Juventude, Olimpíadas da Juventude, entre outros;
3.11.1. Esporte e Lazer
O Rio de Janeiro sempre teve vocação natural ao esporte, com espaços naturais e artificiais de
prática desportiva e promoção de grandes clubes e desportistas. Infelizmente e por falta de
competência das gestões municipal e estadual, a capital e o estado como um todo perderam a
oportunidade de impulsionar e usar a Copa e a Olimpíada como motores do desenvolvimento
esportivo do estado.
O Maracanã, grande símbolo esportivo mundial, foi usado como lavanderia da corrupção do
atual governo e hoje todo o complexo esportivo do estádio está abandonado, ou subutilizado.
O próprio estádio do Maracanã esteve por um período sendo mais usado para shows e não para
grandes eventos esportivos. A concessão do Maracanã é outra fonte de problema, encarece o
uso da estrutura pelos clubes que sua vez encarece o preço do ingresso, se o estado não
solucionar esse problema, é possível que os clubes optem por construírem suas próprias
Arenas e o Maracanã se torne um grande elefante branco. O Estádio precisa voltar a ser

Eleições 2018
177
RIO DE JANEIRO
RJ – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

acessível e rentável aos clubes e ao Estado, o complexo esportivo do entorno precisa ser
revitalizado e, ao mesmo tempo, permitir o acesso de todos.
Para recuperar a vocação esportiva do estado propomos as seguintes políticas e esforços:
1 - Criação ou fortalecimento da parceria do Governo do Estado com federações desportivas e
clubes, dentro da filosofia de que essas entidades são mais capacitadas e especializadas na
promoção do desporto do que o Governo, ficando a Secretaria responsável pelo apoio logístico
e facilitação ao uso de espaços e aparelhos públicos de prática desportiva, além de eventual
aporte financeiro para bolsas e patrocínios para atletas e entidades, em especial no desporto
olímpico e paraolímpico;
2 - Destinação dos aparelhos inativos das Olimpíadas para uso e destinação desportiva de
federações e clubes, inclusive com apoio para reformas e projetos dos espaços, com
possibilidade de concessão, de acordo com o interesse público;
3 - Busca pela criação e implantação do modelo americano de valorização desportiva nas
escolas públicas, além de parcerias com clubes e federações para revelações de talentos e apoio
a atividades desportivas de jogos interescolares;
4 - Revisão da estrutura de concessão do Maracanã, buscando a valorização do papel dos
clubes no processo de administração dos aparelhos esportivos;
5 – Revitalização do complexo desportivo do Maracanã, bem como a reconstrução do Célio de
Barros;
6 - Discussão pública sobre o uso e parcerias do Complexo Caio Martins, da Rocinha, do
Sampaio e do Piscinão de São Gonçalo, criando formas de aumento do uso popular dessas
áreas;
7 - Valorização dos aparelhos desportivos e lazer públicos do Estado, buscando, através de
parcerias público-privadas, recondicionar e garantir qualidade e limpeza do espaço
compartilhado ao público;
8 - Criação de uma complexo Esportivo-educacional, na região do Maracanã, em parceria com
a UERJ, CEFET, Clubes e Empresas do ramo esportivo, permitindo a educação e formação de
jovens com potencial esportivo;
9 - Outras medidas que visem valorizar a prática desportiva e qualifiquem o lazer do cidadão
fluminense.

Eleições 2018
178
SÃO PAULO
SP – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

4.4.4. SÃO PAULO

Propostas dos candidatos ao governo de São Paulo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOÃO DORIA PSDB
VICE Rodrigo Garcia
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSDB / DEM / PSD / PRB / PP / PTC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
60 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Empresário
PROPOSTAS
ESPORTES
Nos últimos anos, a queda de receita do Estado acarretou dificuldades na gestão pública dos
Esportes. A escassez de recursos para manutenção dos equipamentos públicos, aliada à
dificuldade de estabelecimento de parcerias, não permitiram que esses espaços promovessem
o pleno desenvolvimento das modalidades esportivas em formação, fomento e alto rendimento.
Tratado e implementado transversalmente, o Esporte contribui para a formação integral do
jovem, além de estimular valores cívicos e de cidadania. Desenvolvido por meio de atividades
complementares, palestras, aulas didáticas de hábitos saudáveis de higiene, prevenção às
drogas e temas direcionados ao processo de desenvolvimento da cidadania, o Esporte reduz a
evasão escolar, fortalece a consciência em formação e incentiva o estudo.
O sedentarismo é fator de risco para o desenvolvimento da maioria das doenças adquiridas e
para todas as doenças crônicas, além de gerar custo muito alto para o poder público. Assim, é
necessária a introdução da iniciação esportiva na vida da população, como fator de inclusão
social e de melhoria da qualidade de vida.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


LILIAN MIRANDA PCO
VICE
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PCO
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
40 ANOS Feminino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de Ensino
Superior Completo
Médio

Eleições 2018
179
SÃO PAULO
SP – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

PROPOSTAS
Plano de Governo não disponível.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


LUIZ MARINHO PT
VICE Ana Bock
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT /PC do B
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
59 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO Trabalhador
Superior Completo Metalúrgico e
Siderúrgico
PROPOSTAS
RESGATE DAS POLÍTICAS PÚBLICAS E DOS DIREITOS SOCIAIS
Recuperação da educação pública
O governo Luiz Marinho empreenderá em todo o Estado uma ação coordenada entre a
educação, a cultura, o esporte e o lazer, com foco na grande proposta do programa do presidente
Lula para o próximo quadriênio: a refundação democrática e a retomada da soberania nacional
e popular do País. Nesse esforço, a rede escolar pública é fundamental para a democratização
e a afirmação nacional.
O governo Marinho implantará, entre outras, as seguintes diretrizes:
- Pacto pela educação, envolvendo os pais, os alunos, o Ministério Público, os empresários, a
sociedade como um todo, cumprindo o Estatuto da Criança e do Adolescente e o Plano Estadual
de Educação, articulando as atividades culturais e esportivas com as educacionais;
- Será adotado um novo padrão arquitetônico de funcionalidade para as escolas, dotando-as de
equipamentos esportivos e culturais, tais como ginásios de esportes, auditórios, laboratórios,
salas de leitura, bibliotecas, campos de futebol e demais equipamentos para a prática do esporte,
com total transversalidade nas ações de educação, cultura, esportes e lazer;
- Criar os “Territórios CEUS” em parceria com os Municípios e União, utilizando os
equipamentos já existentes de Cultura, Esporte, Lazer e de Meio Ambiente;
- Investir ao menos 1% do orçamento do Estado no esporte,
- Democratizar o acesso ao esporte, possibilitando a prática cotidiana para toda a população,
visando a melhoria da qualidade de vida, a saúde e a integração social;
- Promover a iniciação esportiva e a formação de base;
- Criar a Universidade do Esporte, com 43 modalidades olímpicas e cursos específicos, como
o de Medicina Esportiva, com atenção especial para a prática dos esportes paralímpicos;
Resgate da Saúde Pública
- Implantar em todos os municípios, em parceria com as prefeituras, o Programa “De Bem
Com a Vida”, desenvolvendo ações integradas de saúde, esporte, lazer, cultura, educação e
inclusão social para o desenvolvimento de ações destinadas às práticas corporais e
comunitárias e outras voltadas à promoção de uma vida com mais saúde e qualidade de vida;
Reestruturação da Segurança Pública
- O governo Marinho desenvolverá políticas públicas de prevenção à violência, reforçando a
presença do Estado nas periferias com políticas públicas, esporte, cultura, lazer, geração de

Eleições 2018
180
SÃO PAULO
SP – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

emprego e renda;
Garantia dos Direitos Humanos e da Cidadania
- Reformular a Delegacia do Idoso e articular com todas as secretarias uma rede de proteção e
promoção do envelhecimento saudável, com políticas nas áreas de saúde, assistência,
mobilidade, habitação, segurança, cultura e esporte;

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MAJOR COSTA E SILVA DC
VICE Cabo Fatima
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
DC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
41 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Servidor Público
Superior Completo
Federal
PROPOSTAS
UNIVERSALIZAR O ACESSO AO ESPORTE AMADOR
17. Ampliar a oferta de cursos e orientações para prática desportiva, reconhecendo sua
importância na formação do caráter dos Jovens e no combate as drogas, promovendo ainda
políticas públicas para integração da criança e do adolescente na prática do esporte, em suas
várias modalidades, com vista a descoberta de novos talentos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARCELO CANDIDO PDT
VICE Gleides Sodre
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PDT
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
48 ANOS Masculino Preta
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Geógrafo
PROPOSTAS
12- ESPORTE E CULTURA
a. Criação de centros regionais de esporte, educação física e lazer
b. Ampliar o acesso a prática desportiva de alto rendimento para os jovens

Eleições 2018
181
SÃO PAULO
SP – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MARCIO FRANÇA PSB
VICE Coronel Eliane Nikoluk
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSB / PSC / PPS / PTB / PV / PR / PODE / PMB /
PHS / PPL / PRP / PATRI / PROS /
SOLIDARIEDADE / AVANTE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Governador
PROPOSTAS
I - DESENVOLVIMENTO SOCIAL
A - EDUCAÇÃO
18- Integrar educação, saúde, assistência social, cultura e esporte na rede estadual de ensino.
32- Estimular a educação integral, oferecendo oficinas de música, teatro, dança, esporte,
robótica, cinema, etc., para o contraturno escolar.
B – SAÚDE
Um desafio importante a ser enfrentado nos próximos anos nesta área é o envelhecimento da
população: haverá maior incidência de doenças crônicas. Hoje, a principal causa de morte são
as doenças cardiovasculares e cérebro vasculares. Depois vem o câncer, os homicídios e os
acidentes de trânsito. Além de bom atendimento ambulatorial e hospitalar é fundamental
articular ações de prevenção específicas das enfermidades, através do incentivo a uma
alimentação saudável, saneamento ambiental, prática esportiva, etc.
E– ESPORTE E LAZER
O Estado apoiará e incentivará as práticas esportivas formais e não formais, o lazer como direito
de todos e como forma de integração social. Eles são importantes instrumentos de
desenvolvimento humano e social, capazes de causar impactos profundos, tanto na vida
pessoal, melhorando a saúde e o desempenho escolar, como na vida comunitária, reduzindo a
violência e promovendo a inclusão. É preciso democratizar o acesso ao esporte e ao lazer, um
direito de todos.
1- Investir em construção, reforma e adequação das praças esportivas.
2- Adaptar a infra-estrutura e os equipamentos esportivos para atender os atletas paralímpicos
e os praticantes portadores de deficiência.
3- Implantar, em parceria com as prefeituras, projetos de esporte e lazer nos parques públicos.
4- Oferecer esporte de qualidade em todas as escolas estaduais, valorizando a importância da
disciplina e promovendo atividades inclusivas.
5- Organizar as olimpíadas estudantis de São Paulo.
6- Estimular a formação e a iniciação esportiva no contraturno escolar.
7- Desenvolver o Bolsa Atleta e a concessão de bolsas-auxílio.
8- Desenvolver o Programa Bolsa Talento Esportivo.
9- Efetivar a Lei Paulista de Incentivo ao Esporte.
10- Ampliar o programa de academias ao ar livre em parceria com as prefeituras.
11- Incentivar a atividade física na terceira idade em parceria com academias de ginástica e
clubes esportivos.
12- Fortalecer os jogos regionais e os jogos abertos do Interior.
13- Apoiar o esporte educacional, o esporte comunitário e o esporte de alto rendimento.

Eleições 2018
182
SÃO PAULO
SP – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

K- PESSOAS COM DEFICIÊNCIA


12- Assegurar o oferecimento de atividades esportivas, culturais, recreativas e de lazer
adaptadas aos portadores de deficiência sob a orientação de profissionais especializados.
L- IDOSOS
6- Incentivar a atividade física na terceira idade, em parceria com academias de ginástica e
clubes esportivos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PAULO SKAF MDB
VICE Tenente-Coronel Carla
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
63 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Incompleto Empresário
PROPOSTAS
1. EDUCAÇÃO
Nosso objetivo principal na área de educação é levar para a rede estadual o padrão de qualidade
implementado no SESI-SP, com professores motivados, ensino em tempo integral, escolas bem
equipadas, laboratórios escolares com tecnologia de ponta, estímulo ao esporte e à cultura.
• Ensino em tempo integral: implementar um plano escalonado para a universalização do
ensino em tempo integral nos anos iniciais do Ensino Fundamental da rede estadual, nos
mesmos moldes que tem definido os resultados de sucesso do SESI-SP. Com educação de
qualidade, alimentação balanceada, práticas esportivas e cultura.
• Promover competições esportivas e programas culturais entre as escolas.
2. SAÚDE
• Estímulo ao esporte e a alimentação saudável.
10. CULTURA
• Fortalecer a Política Cultural articulada com a Política Educacional e de Esportes, de
maneira a desenvolver plenamente as capacidades e habilidades dos alunos.
11. ESPORTE
O esporte é uma poderosa ferramenta a serviço da saúde, da educação e da inclusão social.
Esporte e educação
• Levar a experiência do Programa Atleta Do Futuro - de incentivo ao esporte, desenvolvido
na rede SESI de ensino - para toda a rede estadual de ensino, em parceria com as prefeituras,
empresas e demais membros da sociedade civil.
• Incentivar a prática de esportes paraolímpicos, como é feito na Rede SESI-SP
• Promover torneios e jogos nas escolas estaduais, para todas as idades.
• Estimular as competições estaduais em todas as modalidades olímpicas.
Promoção do Esporte, Identificação e Seleção de Atletas
• Criar um sistema de formação esportiva em que crianças e jovens tenham acesso aos mais
diferentes tipos de modalidades esportivas, utilizando a infraestrutura disponível e parcerias
com entidades, com capacitação de professores e técnicos.
• Fortalecer os Jogos Regionais e os Jogos Abertos do Interior.
Desenvolvimento de Atletas de Alto Rendimento

Eleições 2018
183
SÃO PAULO
SP – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

• Identificação dos atletas com maior potencial ainda em idade escolar, em conjunto com o
incentivo do esporte nas escolas, para encaminhamento para os centros de alto rendimento do
Estado.
• Criar Centros de Treinamentos distribuídos pelo Estado, capazes de dar o suporte
necessário aos atletas e paratletas.
• Incentivar a concessão de bolsas-auxílio aos atletas em desenvolvimento e atletas já
formados.
• Estimular o esporte universitário com a criação de torneios entre as faculdades.
• Permitir que o Bolsa Atleta seja acumulado com recebimento de patrocínio.
Esportes Comunitários
• Instalar equipamentos esportivos nas comunidades da Capital e do Interior, de modo a
estimular a inclusão social por meio do esporte.
• Instalar equipamentos esportivos adaptados para a prática de esporte de pessoas com
deficiência ou mobilidade reduzida.
• Instalação de pistas de skate pelo interior.
13. POLÍTICA SOCIAL
13.2. Pessoas Com Deficiência:
• Garantir acessibilidade e promover a inclusão social das pessoas com deficiência,
englobando programas e ações nas áreas da saúde, educação, trabalho, cultura e esporte.
• Incentivar a prática de esportes como política de inclusão em toda a rede estadual de
educação.
13.3. Terceira idade:
• Práticas de Esportes na Terceira Idade: Criar parcerias com Prefeituras Municipais,
entidades beneficentes e/ou religiosas para políticas esportivas e implantação de academias ao
ar livre em praças públicas.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PROF. CLAUDIO FERNANDO PMN
VICE Roberto Campos
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PMN / REDE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
38 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor do Ensino
Superior Completo
Superior
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PROFESSORA LISETE PSOL
VICE Professor Maurício Costa

Eleições 2018
184
SÃO PAULO
SP – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
73 ANOS Feminino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Servidor Público Civil
Superior Completo
Aposentado
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


RODRIGO TAVARES PRTB
VICE Jairo Glikson
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PRTB / PSL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
37 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Servidor Público
Superior Completo
Municipal
PROPOSTAS
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
44) Reconhecimento Estatal dos eSPORTS. Pretendemos o fortalecimento dos jogos regionais
e abertos do interior mas também pretendemos criar ligas estaduais de eSports como LoL, CS,
StarCraft, etc.
DESENVOLVIMENTO SOCIAL
48) Programa Passo a Passo: iniciar um novo ciclo na vida das pessoas que necessitam do apoio
do Estado: Nivelamento da escolaridade básica, socialização através do esporte, estagio nos
órgãos do estado na área em que deseja seguir. Temos que propiciar condições de dignidade
para que as pessoas possam a partir daí se qualificar. Agir em estrita parceria com os
municípios.
MELHOR IDADE
51) Centro de convivência do idoso: Fortalecimento junto aos municípios dos centros de
atendimento dos idosos, que será um polo estadual de difusão de ações de voltadas esporte,
lazer, cultura, qualificação e demais políticas públicas voltadas ao idoso.
ESPORTE, LAZER E JUVENTUDE
76) Fortalecimento dos Regionais E Abertos Do Interior
77) Reconhecimento estatal dos e sports com a criação de ligas estaduais de lol, cs, etc
78) Implantação dos Estúdios Públicos
82) revitalização de quadras e praças esportivas em parceria com os municípios.

Eleições 2018
185
SÃO PAULO
SP – BRASIL
Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ROGERIO CHEQUER NOVO
VICE Andrea Menezes
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
NOVO
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
50 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Engenheiro
PROPOSTAS
2. EDUCAÇÃO
(b) Atividades no contra turno: reforço escolar, Esporte, Artes, Integração com atividades de
Saúde ePrevenção.
13. ESPORTE
a) Analisar parcerias para implantação de projetos de esporte e cultura nos parques estaduais
e municipais
b) Analisar parcerias para o desenvolvimento de atividades esportivas inseridas na politica
educacional de formação em período integral
c) Analisar parcerias para a utilização do esporte como forma de inclusão social e
aproximação das comunidades com as escolas publicas

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


TONINHO FERREIRA PSTU
VICE Ariana Gonçalves
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
60 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

Eleições 2018
186

4.5. SUL

Felipe Canan

Eleições 2018
187
PARANÁ
PR – BRASIL
Felipe Canan

4.5.1. PARANÁ

Propostas dos candidatos ao governo do Paraná

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


CIDA BORGHETTI PP
VICE Coronel Malucelli
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PP / PTB / DEM / PMN / PMB / PSB / PSDB / PROS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
53 ANOS Feminino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Empresária
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
• Estudar alternativas para viabilização da oferta de disciplinas não previstas na nova Base
Nacional Comum Curricular, como Filosofia, Arte, Educação Física, entre outras.
ESPORTE E LAZER
• Garantir a manutenção de atividades esportistas de alto rendimento nas diversas modalidades.
• Viabilizar a realização dos tradicionais eventos estabelecidos em calendário esportivo.
• Criar novos espaços de esporte, lazer, entretenimento e desenvolvimento de práticas
saudáveis.
• Incentivar atividades paradesportistas, a iniciação esportiva de nossas crianças e jovens, a
promoção de jogos esportivos radicais e as atividades esportivas monitoradas para pessoas da
terceira idade.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


DR. ROSINHA PT
VICE Anaterra
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
67 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Médico
PROPOSTAS
3.2 EDUCAÇÃO
PROPOSTAS:

Eleições 2018
188
PARANÁ
PR – BRASIL
Felipe Canan

2. Ampliar a Educação em Tempo Integral para 50% das escolas, no mínimo, e 25% dos alunos
da rede estadual de ensino, nos próximos dez anos, implantando um currículo integrado
inovador associando educação profissional e atividades esportivas e culturais;
3. Retomar os projetos e programas escolares (artes\esportes\de relação com a comunidade) e,
principalmente, o contraturno aos estudantes.
3.6 JUVENTUDES
A mesma geração, que cresceu durante os governos Lula e Dilma vivenciando o avanço do
debate sobre as políticas públicas voltadas às juventudes, hoje se depara com o sucateamento
da educação pública, a negligência das políticas voltadas para o acesso à cidade, lazer, esporte,
moradia, emprego, saúde e até mesmo com o descaso com a garantia do direito à vida. As
juventudes se veem sem perspectiva de futuro.
3.7 ESPORTE
O incentivo público ao esporte é um dos principais mecanismos de promoção da cidadania,
saúde e integração social. O governo do Paraná deve atuar, em todas as regiões, para fortalecer
as práticas esportivas, seja de rendimento, amador ou lazer, garantindo a inclusão e a
diversidade. Para tanto, o governo deve dar suporte aos municípios no fomento às atividades
nos equipamentos públicos, otimizando as estruturas das escolas, favorecendo assim atividades
nos contraturnos, e usufruir da rede de clubes sociais para fomentar práticas esportivas abertas
à comunidade.
No Paraná, hoje, não há um Sistema Estadual de Incentivo ao Esporte, o que impede a
integração das ações governamentais e gera uma incapacidade de definição das políticas
públicas de forma transparente, democrática e focada nos resultados sociais e econômicos
esperados. Nem mesmo a lei de incentivo ao Esporte, aprovada há várias gestões, nunca saiu
do papel.
A proposta do PT para o Esporte é a criação do Sistema Estadual de Incentivo ao Esporte, com
o objetivo de: a) implementar e preservar espaços destinados às práticas esportivas; b) valorizar
os profissionais de Educação Física e demais agentes e profissionais do esporte; c) promover o
esporte amador, em especial o esporte escolar e o universitário; d) desenvolver o esporte como
instrumento de inclusão social; e) incentivar a pesquisa científica para o desenvolvimento do
esporte; f) estimular a prática de esportes de forma habitual e correta, visando melhorar a saúde
da população, priorizando regiões mais pobres; g) divulgar os benefícios à saúde
proporcionados pela prática esportiva; h) promover a formação e o treinamento de atletas para
participarem de competições esportivas; i) fomento de atividades esportivas entre crianças e
adolescentes, visando a cidadania; j) valorizar as entidades que trabalharem com categorias de
base e k) realizar o planejamento e execução dos programas públicos de forma democrática,
através do Conselho Estadual de Esporte e Lazer.
PROPOSTAS:
O Sistema Estadual de Incentivo ao Esporte, que articulará municípios, universidades,
federações, clubes, empresas públicas, conselhos, atletas e empresas, seria alicerçado sob os
seguintes pontos:
Reorganização do Conselho Estadual de Esporte e Lazer, ampliando a participação para os
diversos segmentos integrados no Sistema Estadual de Incentivo ao Esporte, para debater as
políticas públicas do setor e tornar transparente a distribuição dos recursos das empresas
estatais paranaenses ao fomento aos projetos aprovados na Lei Federal de Incentivo ao Esporte;
1. Retomada do "Projeto Verão", envolvendo o litoral, municípios lindeiros, costa norte e a
região de Ribeirão Claro;
2. Fortalecimento dos Jogos Abertos, Jogos da Juventude e Escolares, com parceria com os
municípios.
3. Parceria do esporte e o turismo na realização dos eventos e no estímulo às práticas esportivas
nas diferentes regiões do Paraná.
4. Fortalecer as linhas de atuação da política estadual de esporte na democratização ao acesso
de todos nas atividades esportivas, das crianças aos idosos, incluindo pessoas com deficiências.

Eleições 2018
189
PARANÁ
PR – BRASIL
Felipe Canan

5. Implementação da Lei de Incentivo e do Fundo Estadual de Incentivo ao Esporte, com


destinação de recursos, através de orçamento próprio e renúncia fiscal de ICMS, para
atendimentos de municípios e agentes de fomento.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


GEONISIO MARINHO PRTB
VICE Eliceu Palmonari
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PRTB / PRP
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
60 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Economista
PROPOSTAS
4. PRINCIPAIS PROGRAMAS PARA ALCANÇAR AS METAS DO PLANO DE
GOVERNO
4.1. GERAR PARANÁ
4.1.6. ESPORTE
Prevê-se no empreendimento um ginásio poliesportivo público. Jogos regionais com a
participação de todas as idades inclusive as da terceira idade. Bocha, Bolão, 48, basquete e
muitos mais.
Jogos regionais com finais com os principais colocados.
Academias ao ar livre, professores de educação física na orientação e acompanhamento.
4.4. GESTÃO EFETIVAMENTE PARTICIPATIVA
4.4.13. ESPORTE
O esporte e o lazer são os responsáveis pela elevação da autoestima de uma nação. Ambos
carecem cada vez mais de atenção do poder público.
• Vamos criar o programa PARANÁ DE OURO, na atração de patrocinadores e revelação de
atletas em diferentes modalidades esportivas.
• Incentivaremos o uso de espaços públicos para a práticas de atividades do esporte e do lazer.
• Criaremos o SELO ESPORTIVO em que somente poderão participar das licitações públicas
estaduais as empresas que doarem primeiramente as entidades esportivas devidamente
regulares. Tais empresas receberão um “aditivo” na classificação final na escolha dos
fornecedores.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOÃO ARRUDA MDB
VICE Professora Eliana Cortez
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / PDT / SOLIDARIEDADE / PC do B
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
42 ANOS Masculino Branca

Eleições 2018
190
PARANÁ
PR – BRASIL
Felipe Canan

GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO


Superior Completo Deputado Federal
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


OGIER BUCHI PSL
VICE Drº Caxias Ribas
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSL / PTC / PATRI
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
67ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PRISCILA EBARA PCO
VICE Hallyson Coutinho
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PCO
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
42 ANOS Feminino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professora de ensino
Superior Completo
médio
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

Eleições 2018
191
PARANÁ
PR – BRASIL
Felipe Canan

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PROFESSOR IVAN BERNARDO PSTU
VICE Carminha
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
48 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de ensino
Superior Completo
médio
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PROFESSOR JORGE BERNARDI REDE
VICE Juliano Murbach
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
REDE / DC / PPL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
62 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de ensino
Superior Completo
superior
PROPOSTAS
2. A Educação (fortalecimento do ensino médio e criação e ampliação dos cursos técnicos pós
médios
➢ Melhorar e modernizar a estrutura física das escolas, com ênfase ao acesso, com qualidade,
às novas tecnologias da informação e a espaços recreativos para práticas desportivas:
PROGRAMA ESCOLA FELIZ
7. Segurança Pública
➢ Desenvolver, junto com as ações de repressão ao crime, obras de cunho social, como
educação, esporte, assistência à saúde, e a implantação de políticas públicas nas áreas de
empreendedorismo e geração lícita de renda
12. Esportes
Pesquisas apontam a importância do esporte no desenvolvimento da juventude e na sua inserção
social. A prática esportiva e de exercícios físicos deve ser estimulada desde o ensino
fundamental, passando pelo ensino médio e superior. As vantagens também destas práticas são
para as pessoas de todas as idades, mas na adolescência afasta o jovem das drogas, auxilia no
seu crescimento, no combate a obesidade, além de reduzir riscos como diabetes, pressão alta,
colesterol e outras.

Eleições 2018
192
PARANÁ
PR – BRASIL
Felipe Canan

Desenvolver programas voltados aos jovens em diversas modalidades esportivas, com a


implantação de ginásios, pistas de atletismo, piscinas, para a formação de atletas e paratletas é
nosso objetivo. Atuar junto com as federações esportivas para massificar alguns esportes,
principalmente os olímpicos, deve ser uma das metas a serem alcançadas.
➢ Implantar nas microrregiões, em convênio com os municípios, ginásios esportivos e pistas
de atletismo e piscinas públicas voltados para a formação de atletas olímpicos e paraolímpicos;
➢ Elaborar um programa de parceria com as federações esportivas objetivando massificar as
práticas esportivas em todo o território paranaense;
➢ Fortalecer os Jogos Abertos Paranaenses e os Jogos Escolares do Paraná;
➢ Massificar as academias ao ar livre e incentivar, através de campanhas publicitárias, os
jovens e a população em geral prática de exercícios físicos.
➢ Fortalecer o Conselho Estadual da Juventude.
➢ Apoiar e estimular a criação de grêmios e diretórios estudantis nas escolas e faculdades.
➢ Apoiar as entidades que agregam estudantes, como UPES e UPE;
➢ Apoiar as Casas de Estudantes e implantar novos restaurantes universitários.
15. Paraná no Mundo e Turismo
As relações exteriores são exercidas, nos países federativos como o Brasil, pela União. Porém
os Estados membros podem desenvolver políticas públicas de relações internacionais nas áreas
do turismo, comércio exterior, educação, esporte, cultura e outras objetivando inseri-los no
contexto mundial.
17. A Juventude
➢ Implantar nas microrregiões, em convênio com os municípios, ginásios esportivos e pistas
de atletismo e piscinas públicas voltados para a formação de atletas olímpicos e paraolímpicos,
além de práticas culturais como as das culturas undergrounds, como o hip-hop, batalhas de
rima, danças etc.
➢ Fortalecer os Jogos Abertos Paranaenses e os Jogos Escolares do Paraná, levando em
consideração as habilidades individuais e oportunizando a participação também daqueles que
se interessam por esportes.
➢ Massificar as academias ao ar livre e incentivar, através de campanhas publicitárias, os
jovens e a população em geral prática de exercícios físicos.
18. As Políticas Sociais
➢ Desenvolver programas destinados aos jovens em vulnerabilidade social com programas
específicos de educação, esporte, lazer, formação e inserção profissional no mercado de
trabalho.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PROFESSOR PIVA PSOL
VICE Fernanda Camargo
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de ensino
Superior Completo
médio

Eleições 2018
193
PARANÁ
PR – BRASIL
Felipe Canan

PROPOSTAS
UM PROGRAMA DE SAÚDE, PARA EVITAR AS DOENÇAS
A visão ampliada de saúde abriu espaço para que os mais diversos governos estaduais, como o
do Paraná, nas gestões de Requião e Beto Richa, descumprissem o mínimo constitucional para
a saúde pública (12% do orçamento no caso dos estados), gastando dinheiro da saúde na área
de esportes, faculdades, saneamento etc. É claro que estas medidas ajudam na garantia da saúde
mas, de acordo com essa lógica, tudo é saúde e, ao mesmo tempo, nada.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


RATINHO JUNIOR PSD
VICE Darci Piana
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSD / PSC / PV / PR / PRB / PHS / PPS / PODE /
AVANTE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
37 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Empresário
PROPOSTAS
UMA JUVENTUDE PREPARADA PARA CRESCER JUNTO COM O PARANÁ
Serão desenvolvidas oportunidades para evidenciar o protagonismo juvenil por meio do
fortalecimento das organizações estudantis, e com especial atenção à oferta de educação em
período integral, cultura, esporte e lazer. Otimizados os programas de prevenção e combate ao
uso do álcool e drogas, articulados com a rede protetora dos municípios e da sociedade civil
organizada.
INOVAÇÃO
Aluno Atleta: Criar um incentivo maior às práticas esportivas, formando atletas com o intuito
de servir como uma forma de socialização, inserção e da projeção de atletas para nosso Estado
e País.
INFRAESTRUTURA
Infraestrutura Esportiva: Garantir espaço para a prática de esportes com quadras cobertas, nos
estabelecimentos escolares, visando a valorização das práticas esportivas e eventos desportivos
e culturais assim como o bem-estar de alunos, professores e comunidade de entorno.
PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL E ATIVO
Programa Vida Ativa: Incentivar os municípios a aproveitar espaços ociosos existentes e na
unificação dos serviços de saúde, esporte, lazer, alimentação orientada, trabalhos manuais,
caminhadas orientadas e atendimentos especializados nas mais diferentes áreas;
ESPORTES
O governo tem como objetivo democratizar a prática do esporte e dará ênfase as atividades
dedicadas à infância e à juventude. Para potencializar as vocações regionais, apoiará os jogos
escolares e incentivará o desenvolvimento de programas dedicados à descoberta, treinamento
e fixação no Estado dos atletas de alto rendimento esportivo. Além disso, estimulará projetos e
atividades no contraturno escolar.
- Propostas:
- Esporte para o Desenvolvimento Social

Eleições 2018
194
PARANÁ
PR – BRASIL
Felipe Canan

Promover parcerias, visando a implementação de quadras poliesportivas cobertas em núcleos


habitacionais, proporcionando maiores oportunidades à população da prática de diversos
esportes;
Dar apoio às Associações de Moradores, às ONGs e a outros organismos, que tenham como
objetivo a inclusão e promoção social através do esporte, promovendo parcerias e dando todo
o suporte necessário para o desenvolvimento do projeto;
Incentivar a iniciação de esportes olímpicos no contraturno escolar, propiciando o
envolvimento das crianças no ambiente esportivo que possa resultar, inclusive, na descoberta
de novos talentos.
- Eventos de Atividade Física, Esporte e Lazer
Manter o Projeto Verão para proporcionar à população atividades esportivas e de lazer durante
o período de férias, tanto no Litoral do Paraná como em outras regiões do Estado, através de
parcerias e patrocínios com a iniciativa pública e privada;
Realizar, em parceria com a Secretaria Estadual da Educação, Prefeituras, as fases municipais,
regionais e estaduais dos Jogos Escolares;
Realizar os Jogos da Terceira Idade do Paraná;
Apoiar os Jogos Universitários do Paraná;
Realizar, em parceria com as Prefeituras e Federações, as fases municipais, regionais e
estaduais dos Jogos Abertos do Paraná e Jogos Abertos Paradespotivos;
Apoiar eventos esportivos e os Jogos Municipais e Regionais;
Apoiar a realização das corridas de rua em todo o Estado do Paraná;
Apoiar e facilitar a vinda de grandes eventos esportivos de alto rendimento, a fim de fomentar
a prática das modalidades e o turismo.
ENERGIA
Programa Espaços Públicos: Criar programa de Eficiência Energética dirigido a equipamentos
públicos (campos e quadras esportivas, praças e parques).
TURISMO
Promoção do Turismo: Atrair grandes eventos para o Paraná (esportivos, culturais e de
negócios).
Turismo em Áreas Naturais: Diversificar a oferta turística do Estado através do incentivo às
atividades náuticas de lazer e turismo, bem como a pesca desportiva nas áreas litorâneas, rios
e reservatórios, gerando novas fontes de receitas aos municípios.

Eleições 2018
195
RIO GRANDE DO SUL
RS – BRASIL
Felipe Canan

4.5.2. RIO GRANDE DO SUL

Propostas dos candidatos ao governo do Rio Grande do Sul

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


EDUARDO LEITE PSDB
VICE Delegado Ranolfo
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSDB / PTB / PRB / PPS / PHS / REDE / PP
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
33 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Outros
PROPOSTAS
VAMOS RIO GRANDE NA SEGURANÇA
PRIORIDADES
• PREVENÇÃO DA VIOLÊNCIA: As ações de prevenção primária deverão ser empregadas,
prioritariamente, nas áreas de maior vulnerabilidade social, assim como naqueles locais em que
os indicadores de criminalidade se apresentem mais elevados, inclusive com Programas de
Mediação de Conflitos. Ademais, nestes locais deverão ser fortalecidos os serviços públicos de
educação, saúde, segurança, habitação, saneamento, esporte e lazer, geração de emprego/renda
e de Defesa Civil (Bombeiros). Serão, ainda, induzidas ações similares de responsabilidade dos
Municípios, além daquelas que transmitem uma maior sensação de segurança como, por
exemplo, iluminação pública, pavimentação, limpeza e manutenção de parques, praças e áreas
públicas destinadas ao esporte e lazer. O Estado, e não apenas a segurança, deverá estar
presente, de modo permanente e não apenas reativo, nestas comunidades, envolvendo e
fomentando a participação da comunidade, atraindo investimentos empresariais e oferecendo
alternativas e oportunidades (atrativas) aos jovens.
VAMOS RIO GRANDE NO ESPORTE E LAZER, NA INCLUSÃO SOCIAL E NA
CULTURA
CULTURA, ESPORTE E LAZER COMPLETANDO O BEM-ESTAR DOS GAÚCHOS
Inclusão social, cultura, esporte e lazer são temas que complementam as diretrizes segurança,
saúde e educação. Quantos jovens não acabam se afastando da marginalidade e do narcotráfico,
se aproximando da escola e fortalecendo a sua saúde através da prática de atividades esportivas
ou culturais? Quantos futuros não são comprometidos por falta de oportunidades ocasionadas
por injustiças sociais?
Políticas e programas de governo dedicados a estes temas podem ser vistos como ferramentas
para agregar qualidade de vida a toda a sociedade gaúcha. Assim como as demais pastas, requer
planejamento estratégico, medindo e estudando indicadores para dimensionar e executar as
melhores estratégias.
Novos rumos representam uma gestão mais eficiente e melhor coordenada com as esferas
municipais e federais, buscando parcerias estratégicas com entidades públicas e privadas para
dar-lhes melhor sustentação, e alocando os recursos com equidade e transparência ao
reconhecer as transversalidades e o papel de cada um destes temas para proporcionar o bem-
estar social de todos os gaúchos.
PRIORIDADES

Eleições 2018
196
RIO GRANDE DO SUL
RS – BRASIL
Felipe Canan

+ Estabelecer planejamento estratégico para as áreas. Mapearemos as potencialidades e


carências das diferentes regiões do Estado e, assim, junto com os Coredes, adequaremos as
melhores estratégias a serem adotadas para suprir demandas ou apoiar o desenvolvimento das
vocações regionais voltadas à cultura, esporte e lazer em suas diferentes tipificações
concatenadas à inclusão social. A atuação preferencial do Estado deverá dar-se na condição de
agente estratégico no processo de maximização do uso dos recursos (especialmente advindos
pelas leis de incentivo), catalisando investimentos em nível nacional e internacional, e não na
área de produção. Mais na área de coordenação, fomento e articulações para viabilizar projetos
de cultura, esporte e lazer, e menos na execução das atividades;
+ Buscar novos modelos de fomento à cultura, esporte e lazer. Em acréscimo aos recursos
públicos destinados a estas áreas, criaremos ou aperfeiçoaremos mecanismos para fomentar
programas e atividades culturais, esportivas e de lazer de forma integrada com os municípios.
Neste sentido, o governo estadual buscará estimular a colaboração de empresas privadas e
sociedade em geral por meio de programas e incentivos tributários, bem como tornando mais
efetivas as leis de incentivo e fundos de apoio já instituídos. Atuará de forma mais proativa nas
articulações junto ao governo federal bem como no fomento através de seus órgãos vinculados,
especialmente na maior transparência e equidade na distribuição de recursos advindos de apoio
das entidades que compõem o sistema financeiro estadual;
+ Apoiar o empreendedorismo na cultura, esporte e lazer. Em acréscimo ao papel da cultura,
esporte e lazer em termos de benefícios à qualidade de vida, o aspecto econômico das suas
atividades precisa também ter o seu reconhecimento e estímulo por parte do governo do Estado.
Retomaremos programas de apoio à criação cultural e prática esportiva de alto rendimento,
estimulando também a qualificação profissional;
+ Oferecer condições adequadas para as práticas. As diferentes modalidades esportivas,
culturais e de lazer precisam contar com infraestrutura adequada. Isso implica em instituir
programas de manutenção preventiva, melhorias incrementais contínuas e gestão mais eficiente
dos espaços públicos culturais, esportivos e de lazer. Buscaremos a ampliação e a melhoria da
oferta de equipamentos e recursos através de parcerias com o setor privado, destacando os
convênios com institutos, centros e clubes;
+ Justiça social é dar equidade no tratamento a todos. A pluralidade e multiplicidade nos
acompanham desde a nossa constituição, através dos diferentes povos que colonizaram o Rio
Grande do Sul no decorrer de sua história. Segregar oportunidades e direitos por motivações
raciais, de gênero, de classes sociais, etárias, enfim, por qualquer parâmetro é inadmissível na
sociedade contemporânea, sendo dever do Estado criar, fortalecer e disseminar ações que
combatam essas práticas. O acesso não discriminatório a oportunidades e direitos será
fortalecido por meio de vigilância permanente do governo estadual, fortalecida por campanhas
educativas permanentes e incisivas, com apoio de organizações, especialmente nas escolas.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JAIRO JORGE PDT
VICE Claudio Bier
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PDT / AVANTE / PV / PODE / PPL / PMB /
SOLIDARIEDADE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
55 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Jornalista e redator

Eleições 2018
197
RIO GRANDE DO SUL
RS – BRASIL
Felipe Canan

PROPOSTAS
PREVENÇÃO E INSERÇÃO DE JOVENS EM RISCO SOCIAL
Dentro do Pacto RS Mais Seguro, institucionalização de um Sistema Estadual de Prevenção à
Violência, em parceria com os municípios; foco na Escola da Família, programa de formação
de mães e gestantes sobre formação infantil; inserção da formação socioemocional no sistema
escolar do estado; programa de prevenção completo nas escolas localizadas em regiões
violentas, com atividades alternativas culturais e esportivas.
Recursos: recursos próprios, captações e parcerias nacionais e internacionais na área social;
parcerias com municípios.
COORDENAÇÃO E PROMOÇÃO DA ESTRUTURA DE ESPORTE E LAZER NO RIO
GRANDE DO SUL
Afirmar o esporte e lazer como partes fundamentais do desenvolvimento social gaúcho, com
integração e coordenação de ações, incluindo apoio à gestão de federações, clubes, e estruturas
municipais; fortalecimento do apoio ao esporte de alto rendimento e esporte profissional;
regionalização de iniciativas, fortalecendo a difusão de esportes e lazer com qualidade de
instalações e atividades na rede pública estadual e em demais escolas, universidades; programa
de iniciação esportiva, em vários esportes, com competições estudantis; apoio a jogos regionais
e estaduais.
Recursos: área de esportes, captação de recursos, Federações, Lei do Esporte.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JOSÉ IVO SARTORI MDB
VICE Cariroli
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / PSD / PSB / PR / PSC / PATRI / PRP / PMN /
PTC
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
70 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Aposentado (exceto
Superior Completo
Servidor Público)
PROPOSTAS
CULTURA, TURISMO, ESPORTE E LAZER
O tripé Cultura, Turismo, Esporte e Lazer foi protagonista de grandes conquistas nos últimos
quatro anos. Porém, ainda estamos na metade do caminho: temos muito a fazer.
Esse tripé nasceu com a unificação da Secretaria da Cultura com as áreas de políticas públicas
do turismo, esporte e lazer – dando origem à Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer –
no contexto dos ajustes do Plano de Modernização do Estado, que traz como ideia central
otimizar os custos e equilibrar as contas.
Na área de esporte, o Fundo Estadual de Incentivo ao Esporte (Feie), depois de cinco anos, saiu
do papel e foi regulamentado em 2017, atendendo a uma antiga reivindicação da comunidade
esportiva e sendo seguido pelo lançamento do 1º edital Juntos pelo Esporte.
Outra evolução histórica foi a modernização do programa Pró-Esporte, com novas ferramentas
que agilizaram a aprovação aumentando a transparência nos processos dos projetos
apresentados. Este aperfeiçoamento pode ser traduzido através de uma série de melhorias: os

Eleições 2018
198
RIO GRANDE DO SUL
RS – BRASIL
Felipe Canan

projetos são informatizados, maior agilidade, proximidade e transparência. Por fim, como
terceiro eixo fundamental do esporte está a valorização do Centro Estadual de Treinamento
Esportivo (CETE) e o compromisso com seu DNA: a formação e o treinamento de atletas de
alto rendimento, além do fortalecimento do calendário de Eventos Esportivos do Estado.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JULIO FLORES PSTU
VICE Ana Clélia Teixeira
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
59 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de ensino
Superior Completo
médio
PROPOSTAS
Não registrou Proposta de Programa de Governo no TSE até a data limite de coleta de
dados para a presente pesquisa.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MATEUS BANDEIRA NOVO
VICE Bruno Miragem
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
NOVO
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
49 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Outros
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MIGUEL ROSSETTO PT
VICE Ana Affonso
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT / PC do B

Eleições 2018
199
RIO GRANDE DO SUL
RS – BRASIL
Felipe Canan

IDADE GÊNERO COR / RAÇA


58 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Sociólogo
PROPOSTAS
O RIO GRANDE COM PARTICIPAÇÃO POPULAR RECUPERANDO AS FUNÇÕES
PÚBLICAS DO ESTADO
O enfrentamento aos altos índices da mortalidade de jovens, principalmente da juventude
negra, será feito com a criação de Centros de Referência de Juventude nas comunidades e dos
Centros POD Juventude vinculados aos Territórios de Paz, com o desenvolvimento e projetos
vinculados à cultura, arte, esporte e cursos profissionalizantes. A acessibilidade universal será
um princípio para a igualdade dos direitos e promoção da cidadania. Para isso, a FADERS será
fortalecida enquanto coordenadora das políticas públicas para pessoas com deficiência e
pessoas com altas habilidades.
O RIO GRANDE QUE GARANTE O DIREITO À CULTURA, AO ESPORTE E AO LAZER
O Estado que queremos não se limita aos padrões mínimos defendidos pelo liberalismo
econômico. Um governo com compromisso com as trabalhadoras e os Professor de ensino
médio trabalhadores tem a tarefa de desenvolver medidas que visam garantir ao povo gaúcho
o direito de acesso aos bens da cultura, à leitura, à fruição das artes, à valorização dos espaços
públicos, ao fortalecimento dos diversos espaços culturais, entre outros. Também é necessário
investir no turismo de fronteira (de compras e cultural), no turismo rural, no enoturismo e no
turismo de natureza, diversificando a oferta nacional e internacional, gerando emprego, renda
e difundindo saberes.
Nosso Governo propõe resgatar o Plano Estadual de Cultura com Colegiados Setoriais e
assegurar os recursos do FAC (Fundo de Apoio à Cultura), retomar e valorizar as culturas
populares — nomeadamente a cultura negra, da capoeira, do hip-hop e do carnaval de rua.
Compromete-se também com a formulação e a implementação de Políticas Culturais,
inserindo-as entre as suas ações prioritárias, como estratégia de combate à violência da
juventude da periferia e na qualificação da educação pública.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PAULO DE OLIVEIRA MEDEIROS PCO
VICE Jeferson Mendes
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PCO
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
62 ANOS Masculino Parda
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Aposentado (exceto
Superior Completo
Servidor Público)
PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

Eleições 2018
200
RIO GRANDE DO SUL
RS – BRASIL
Felipe Canan

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


ROBERTO ROBAINA PSOL
VICE Professora Camila
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
50 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Vereador
PROPOSTAS
CULTURA, LAZER E ESPORTE
As estruturas públicas de lazer e esporte são fundamentais. Da mesma forma como ocorre com
a cultura, geralmente não são prioridades da administração pública, que é incapaz de enxergar
nelas um investimento que pode disputar nossos jovens com o tráfico de drogas, por exemplo.
Estruturas históricas dos gaúchos, como o Centro Estadual de Treinamento Esportivo (CETE),
localizado desde 1963 no bairro Menino Deus, em Porto Alegre, estão cada vez mais sucateadas
e indisponíveis para uso da população. O investimento nesse tipo de estrutura é necessário.
• Cuidado com as estruturas de esporte e lazer do governo estadual, como o CETE e Theatro
São Pedro.
• Entendimento da cultura, do lazer e do esporte como prioridades de governo, em especial para
a juventude.
SAÚDE
POLÍTICAS ESPECÍFICAS
As políticas de saúde, embora tenham peculiaridades de acordo com determinadas
características das populações, têm uma diretriz técnica definida pelos especialistas que nós
pretendemos seguir: atenção primária com lógica de prevenção primária como base do sistema.
No caso de doenças já instaladas, buscar a prevenção secundária e a terciária. Para a população
idosa, é essencial garantir equipamentos como as academias da saúde, que oportunizam que os
idosos se mantenham ativos fisicamente.

Eleições 2018
201
SANTA CATARINA
SC – BRASIL
Felipe Canan

4.5.3. SANTA CATARINA

Propostas dos candidatos ao governo de Santa Catarina

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


CAMASÃO PSOL
VICE Carol Bellaguarda
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSOL / PCB
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
32 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Jornalista e Redator
PROPOSTAS
COMUNICAÇÃO, CULTURA, ESPORTE, LAZER E JUVENTUDE
Já no caso das práticas esportivas, para democratizar o acesso ao esporte devemos considerar
os espaços públicos, campos, ginásios e quadras como lugares para todos e todas se
apropriarem. Devemos incentivar e recuperação e gestão pública eficiente de seus
equipamentos e garantir o seu uso efetivo pelos cidadãos.
ESPORTE E LAZER
01. Apoiar e fomentar projetos e programas de práticas corporais e de lazer que não se
restrinjam ao esporte de alto rendimento;
02. Garantir apoio institucional e incentivo financeiro ao futebol feminino;
03. Garantir a participação dos movimentos LGBTs na formulação de programas e projetos de
esporte, lazer e práticas corporais.
04. Desenvolver programas e projetos para o combate a manifestações de preconceito de
gênero, sexual, racial e regional no esporte
05. Estabelecer programas de vivência e formação paralímpica com o Comitê Paralímpico
Brasileiro, federações e governos municipais e federal;
06. Promover jogos, torneios e lazer para a Terceira Idade, como forma de garantir a intersecção
entre esporte e saúde, ampliando o PELC (Programa de Esporte e Lazer na Cidade) e
estimulando a organização e o reconhecimento de núcleos comunitários e seus atores locais
07. Criar Diretoria específica de Esporte e Lazer na Estrutura do Governo Estadual
08. Realizar a Conferência Estadual de Esporte e Lazer a cada dois anos e induzir a realização
de Conferências Livres, Regionais, Municipais, Distrital e estaduais;
09. Criar o Programa de Apoio às Pesquisas relacionadas ao desenvolvimento do esporte e do
lazer em Santa Catarina
10. Democratizar e fortalecer o Conselho Estadual de Esporte, com maior representatividade
da sociedade com cunho consultivo e deliberativo;
11. Estabelecer mecanismos de Monitoramento e Avaliação das Políticas de Esporte e Lazer,
garantindo transparência e controle social;
12. Constituir um fundo público exclusivo do esporte e lazer, descentralizado e com
acompanhamento da sociedade civil;
13. Exigir contrapartidas sociais dos recursos públicos e renúncias fiscais dos clubes com o
estabelecimento de ingressos sociais, acessíveis à população de baixa renda;
14. Estimular e promover o Jogos Abertos de Santa Catarina em todas as suas modalidades.

Eleições 2018
202
SANTA CATARINA
SC – BRASIL
Felipe Canan

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


COMANDANTE MOISÉS PSL
VICE Daniela Reinehr
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSL
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
51 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Bombeiro Militar
PROPOSTAS
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
Turismo, Cultura e Esporte
- Desenvolver iniciativas que ampliem a participação de grupos vulneráveis em atividades de
turismo, cultura e esporte.
- Incentivar e fortalecer a cultura catarinense, esporte e turismo em todas as regiões do estado.
- Fomentar o esporte como meio de prevenção, socialização e integração.
- Revitalizar espaços públicos de cultura, esporte e turismo.
- Preservar o patrimônio histórico e cultural.
INFRAESTRUTURA, MOBILIDADE E MEIO AMBIENTE
- Fomentar a criação e revitalização de espaços públicos esportivos, culturais e de lazer.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


DÉCIO LIMA PT
VICE Kiko
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PT
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
57 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Advogado
PROPOSTAS
Políticas públicas para a juventude
• Promover Festivais Regionais da Juventude (de arte, cultura, esporte e lazer) para promover
e valorizar iniciativas que sirvam para estimular o seu potencial, no sentido de reconhecer,
pensar e agir de acordo com a realidade de cada território;
Políticas públicas para o esporte
• Articular programas de esporte e lazer com iniciativas de promoção da saúde, promovendo
parcerias com os municípios;
• Apoiar, incondicionalmente, os Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), por intermédio da
Fundação Catarinense de Esporte (FESPORTE);
• Criar o programa “Bolsa Atleta” como forma de dar ao atleta condições para que se dediquem
ao treinamento esportivo e participação em competições, com vistas ao desenvolvimento pleno
de sua carreira esportiva.

Eleições 2018
203
SANTA CATARINA
SC – BRASIL
Felipe Canan

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


GELSON MERÍSIO PSD
VICE João Paulo Kleinubing
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSD / PRB / PDT / PSB / PODE / SOLIDARIEDADE /
PROS / PSC / PC do B / PHS / PP / DEM / PRP / PPL / PV
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
52 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Deputado Estadual
PROPOSTAS
7.1. PROPOSTAS PARA INCENTIVAR A MELHORIA DA EDUCAÇÃOBÁSICA E
FUNDAMENTAL E INOVAR O ENSINO MÉDIO
● Construir modelo educacional em que a escola propicie formação moral e cidadã, acesso à
cultura, ao esporte e com a inserção de novas tecnologias - a exemplo de outros países - a partir
de debate envolvendo professores e seus representantes.
7.4. PROPOSTAS PARA INCENTIVO E ACESSO AO ESPORTE E LAZER
● Ampliar as condições de acesso ao esporte e lazer, de forma a contribuir para um estilo de
vida saudável da população catarinense.
● Apoiar a implantação de equipamentos públicos para a prática esportiva e de lazer, atendendo
às demandas locais com acompanhamento de profissionais de educação física.
● Desenvolver programas de iniciação esportiva no contra turno escolar.
● Apoiar a institucionalização, em todas as regiões do Estado, de mecanismos que possibilitem
o aprimoramento da governança e ampliar a capacitação dos profissionais na área de esporte e
lazer.
● Dar continuidade e reestruturar a agenda de esportes do calendário oficial do Estado.
● Incentivar a ampliação dos postos de trabalho privados e públicos com a intensificação da
realização de programas e eventos de esporte e lazer.
● Instituir política pública que fomente o investimento público e privado na área de esportes
de alto rendimento.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


INGRID ASSIS PSTU
VICE Professor Ederson
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PSTU
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
30 ANOS Feminino Indígena
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professora de ensino
Superior Completo
médio

Eleições 2018
204
SANTA CATARINA
SC – BRASIL
Felipe Canan

PROPOSTAS
A proposta de Programa de Governo não faz qualquer menção ao esporte ou temas
correlatos.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


JESSE PEREIRA PATRI
VICE Dr. Danny Cesar
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
PMN / PATRI
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
38 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Incompleto Outros
PROPOSTAS
IV - Políticas Sociais e Qualidade de Vida
Como forma de promover melhorias nos serviços de saúde - e não apenas cuidar das doenças
- deve-se inscrever a prática de esportes e atividades corporais como parte do conceito de
assistência integral à saúde.
V - Novo Urbanismo e o Pacto pela Qualidade de Vida
Uma nova concepção de cidade deve priorizar este tema e orientar a articulação e integração
das políticas públicas, com ênfase para transporte e mobilidade, habitação, saneamento
ambiental, educação, saúde, esporte, cultura e lazer, no sentido de superar a segregação
espacial.

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


MAURO MARIANI MDB
VICE Napoleão Bernardes
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
MDB / AVANTE / PSDB / PTB / PTC / PRTB / DC /
PR / PPS
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
54 ANOS Masculino Branca
GRAU DE INSTRUÇÃO OCUPAÇÃO
Superior Completo Empresário
PROPOSTAS
2.9 Esportes
A relevância do esporte para a sociedade pode ser compreendida por meio de uma
multiplicidade de aspectos. Sua prática tem papel preponderante, especialmente no contexto
escolar e na promoção da saúde, colaborando na superação de problemas sociais e econômicos
enfrentados pelas comunidades. O esporte caracteriza-se ainda como forte indutor do

Eleições 2018
205
SANTA CATARINA
SC – BRASIL
Felipe Canan

desenvolvimento, estimulando a economia, demandando investimentos na indústria e no setor


turístico, promovendo a geração de emprego e renda em diferentes segmentos.
Programas e projetos esportivos educacionais e de participação podem democratizar e
universalizar a prática esportiva sem que haja exclusão dos praticantes. Desta forma, torna-se
indiscutível que o Estado propicie o desenvolvimento relacionado às atividades voltadas à
saúde e à educação, vertentes das manifestações do esporte de participação escolar. Importa
salientar que, segundo estudos da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e
Cultura (UNESCO), nas comunidades e regiões aonde existem programas de apoio ao esporte
para crianças e adolescentes, há uma queda anual de 30% nos índices de criminalidade.
Incentivar a prática de atividades físicas com vistas à promoção de saúde, esporte na base ou
na escola, não se caracteriza em restrição ao esporte de rendimento e aos grandes eventos que
consolidam sua relevância. A formação de atletas e a consecução de resultados alicerçados no
desempenho só serão possíveis se o esporte for democratizado. Em síntese, o sucesso do esporte
de rendimento resulta, em médio e longo prazo, de investimentos maciços no esporte
educacional.
AÇÃO PROPOSTAS
Criar um programa estadual para o esporte escolar e de base, com o objetivo de democratizar
e universalizar a prática esportiva;
Criar condições para que toda a população catarinense possa desenvolver um estilo de vida
saudável por meio do esporte;
Investir em capacitação profissional e pesquisas em âmbito esportivo e de lazer, visando à
qualificação e a capacitação de gestores e profissionais que atuam na área;
Apoiar os municípios a ampliação, requalificação e adaptação dos equipamentos públicos para
a prática esportiva e de lazer, atendendo às demandas locais, assegurando as normas de
acessibilidade e segurança nos projetos executivos;
Promover a geração de trabalho e renda, de forma direta e indireta, na cadeia produtiva do
esporte e do lazer;
Fomentar parcerias com a iniciativa privada para a promoção do esporte e do lazer;
Transformar Santa Catarina em potência esportiva, fazendo uso racional dos espaços existentes
no Estado;
Ampliar a prática de esportes nas escolas, como parte da formação integral da criança e
adolescentes, viabilizando a revelação de novos atletas;
Intensificar a utilização dos ginásios esportivos pela comunidade, para a execução de
programas específicos de recuperação de detentos e de adolescentes infratores;
Apoiar os Jogos de Integração de Idosos; e
Organizar e apoiar jogos de integração de pessoas com necessidades especiais.
2.13 Segurança Pública e Justiça e Cidadania
Para promover sociedades pacíficas e inclusivas, o desafio posto aos catarinenses reside na
capacidade de operacionalizar a noção de segurança cidadã. Esse conceito parte da natureza
multicausal da violência, considerando o quanto são complexas as relações que envolvem os
indivíduos em sociedade, consequentemente, são muitos os fatores que levam a sua decisão de
ingressar ou não na atividade criminal ou em desordem social. Nessa perspectiva, aos
instrumentos de força, tradicionalmente vinculados às políticas de segurança pública, devem
ser acrescentados instrumentos ligados às demais áreas responsáveis pela formação da
consciência cidadã - educação, esporte, saúde, lazer, cultura, assistência social, justiça e
cidadania.

Eleições 2018
206
SANTA CATARINA
SC – BRASIL
Felipe Canan

NOME DO CANDIDATO PARTIDO


PORTANOVA REDE
VICE Regina Santos
COMPOSIÇÃO DA COLIGAÇÃO
REDE
IDADE GÊNERO COR / RAÇA
60 ANOS Masculino Branca
OCUPAÇÃO
GRAU DE INSTRUÇÃO
Professor de ensino
Superior Completo
superior
PROPOSTAS
EDUCAÇÃO
Oferecer esporte de qualidade em todas as escolas, valorizando a importância da disciplina e
promovendo atividades inclusivas, que incentivem a diversidade, o trabalho em equipe e a
criação de valores.

Eleições 2018
207

5. REFERÊNCIAS

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em


<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em 19
set. 2018.

LINHALES, Meily Assbú. A trajetória política do esporte no Brasil: interesses


envolvidos, setores excluídos. 1996. 242 f. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de
Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte,
1996.

MEZZADRI, Fernando Marinho. Políticas Públicas para o Esporte e lazer: teorias e


conceitos. In: MOTTA, A.; TERRA, R. (Orgs.). Esporte, Lazer e políticas públicas na
região dos Lagos. Rio de Janeiro: iVentura, 2011, p. 89-102.

PRONI, M. W. Política de esporte. In: GIOVANNI, G.; NOGUEIRA, M. A. (Org.).


Dicionário de políticas públicas. São Paulo: FUNDAP, 2013. p. 229-34.

STAREPRAVO, Fernando Augusto. Políticas públicas de esporte e lazer no Brasil:


aproximações, intersecções, rupturas e distanciamentos entre os subcampos
político/burocrático e científico/acadêmico. 2011. 422 f. Tese (Doutorado) -
Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2011.

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITONAL. Eleição Geral Federal 2018: divulgação de


candidaturas e contas eleitorais. Disponível em:
http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga. Acesso em 19/09/2018.

Eleições 2018
208

6. GRUPOS

O Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas Públicas de Esporte e Lazer da


Universidade Estadual de Maringá (UEM) dedica-se a estudar os processos de formulação,
implementação e avaliação das políticas públicas de esporte e lazer.
Opera desde o ano de 2013 e tem como público-alvo: alunos de graduação e pós-
graduação em Educação Física e áreas afins; gestores públicos de esporte e lazer; professores
de Educação Física; demais interessados na temática. Atua principalmente nas áreas de Gestão
e Avaliação de Políticas Públicas de Esporte e Lazer e de Sociologia do Esporte e Lazer.

O Centro de Estudos em Gestão do Esporte e Lazer (CEGEL) encontra-se vinculado a


Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). O CEGEL surgiu no ano de 2012
enquanto linha de pesquisa do grupo denominado Corpo, História e Cultura
(CORPORHIS/UESB).
Atualmente, o CEGEL analisa as políticas públicas de esporte e lazer implementadas nos
municípios e estados brasileiros. O grupo é composto por discentes e docentes de cursos de
graduação em Educação Física oriundos de diversas universidades baianas.

O Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE), fundado 1978 trata-se de uma


associação científica de duração indeterminada, sem fins econômicos, autônoma e
congregadora de profissionais e estudantes em prol do desenvolvimento da área acadêmica
da Educação Física. Organiza-se nas seguintes instâncias: Assembléia Geral; Diretoria
Nacional; Secretarias Estaduais; Grupos de Trabalho Temático.
A Secretaria Estadual Paraná (CBCE-PR) eleita para gestão do biênio 2018-2019 tem
como principal objetivo de sua gestão fortalecer o fomento de uma intervenção profissional
respaldada pela ciência, rompendo fronteiras entre pesquisa, ensino e extensão. Para tanto
adota uma política de organização de materiais científicos, técnicos e informativos, além da
participação e organização de eventos da área e contribuição para o desenvolvimento de
políticas esportivas, educacionais, de saúde e de lazer.
AUTORES
FELIPE CANAN
Doutor em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Professor do curso de Educação Física da Universidade Estadual do Oeste do
Paraná (UNIOESTE)
felipe.canan@gmail.com

TEMISTOCLES DAMASCENO SILVA


Doutorando em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Professor do curso de Educação Física da Universidade Estadual do
Sudoeste da Bahia (UESB)
tom@uesb.edu.br

NEIDIANA BRAGA DA SILVA SOUZA


Mestranda em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (UEM)
neidianabraga@gmail.com

PEDRO HENRIQUE IGLESIAZ MENEGALDO


Mestrando em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (UEM)
pedromenegaldo@hotmail.com

JEFERSON ROBERTO ROJO


Doutorando em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Professor do curso de Educação Física da Universidade Estadual do Paraná
(UNESPAR)
jeferson.rojo@hotmail.com

JOÃO PAULO MELLEIRO MALAGUTTI


Mestre em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Professor do curso de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá
– Campus Regional do Vale do Ivaí (UEM - Ivaiporã)
joaopaulomalagutti89@hotmail.com

FERNANDO AUGUSTO STAREPRAVO


Doutor em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná
Professor do curso de Educação Física e do Programa de Pós-Graduação em
Educação Física UEM/UEL da Universidade Estadual de Maringá (UEM)
fernando.starepravo@hotmail.com