Вы находитесь на странице: 1из 4

O Perfil de um Obreiro Eficaz Aprovado

Tema: LIDERANÇA
“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem
de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade”. II Timóteo
2.15

Introdução: Poderíamos falar de vários tipos de funções de lideranças, como


pastores, diáconos, presbíteros, cantores, pregadores, diretores de ministérios, líderes de
células, etc. Mas qualquer um destes ‘cargos’ exige que o obreiro seja aprovado por Deus.

Infelizmente muitas pessoas querem exercer funções de destaque, mas não querem
passar pelas provas, que visam aprovar sua vida para realização da obra de Deus.

Como é um Obreiro Aprovado?

Vamos aprender como deve ser um Obreiro/a Aprovado/a:

1- Apresentar-se a Deus:

“Procura apresentar-te a Deus ...”

Em primeiro lugar, qualquer líder deve se apresentar a Deus. Se você deseja ser
um pregador ou exercer qualquer tarefa na obra de Deus deve primeiro rogar ao Senhor
da Seara que lhe envie para o ministério (Mateus 9.38). Apresente a Deus o desejo que
tem de servir e coloque sua vida na presença do Senhor. Apresentar-se a Deus significa:

a) Ser convertido: João 3.5 “Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo:


quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus”.

É importante que o/ líder tenha de fato, nascido de novo, se arrependa de seus


pecados e busque ser uma nova criatura (II Coríntios 5.17). Precisa conhecer e viver o
evangelho de Cristo. Líderes não convertidos são, como Jesus disse, “condutores cegos”
(Mateus 15.14).

b) Vida de Oração: João 15.5 “Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece
em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer”.
Uma Vida de oração é a melhor forma de se apresentar a Deus constantemente
(Mateus 6.6). Quem deseja falar muito de Deus às pessoas deve primeiro falar muito das
pessoas a Deus. Através da oração você aprende a viver na dependência de Deus (II
Coríntios 12.7) e o Senhor permite situações que nos levem a depender do seu poder e
nos humilhar para que Deus nos exalte (Lucas 14.11).

Apresente-se a Deus se convertendo e vivendo em oração!

2- Aprovado como Obreiro:

“aprovado, como obreiro ...”

Ser obreiro é servir (Marcos 10.45). Quando alguém se apresenta como obreiro,
está se colocando à disposição para servir. Todo obreiro passa por testes. Primeiro Deus
lhe dá algo pequeno para depois fazer crescer seu ministério. Se apresentar para servir
significa:

a) Ser Obediente: Lucas 12.42,43 “Disse o Senhor: Quem é, pois, o mordomo fiel
e prudente, a quem o senhor confiará os seus conservos para dar-lhes o sustento a seu
tempo? Bem-aventurado aquele servo a quem seu senhor, quando vier, achar fazendo
assim”.

O líder precisa aprender a obedecer. Muitos líderes querem que seus liderados
sejam obedientes, mas não aprendem a obedecer. Se o líder for rebelde, suas ovelhas
também serão rebeladas. Nossa obediência deve ser: à Bíblia; ao Espírito Santo; à Igreja;
ao pastor; à sua liderança; ser fiel Dizimista; ser comprometido com a igreja.

b) Fazer tudo por amor: Mateus 22.37 “Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor,
teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento”.

O/a obreiro/a não deve ser movido apenas pelo ‘dever’ ou mesmo pelo prazer de
participar, mas principalmente pelo amor e gratidão àquele que o salvou: Jesus Cristo que
realizou sua obra na cruz com muito AMOR e alegria. Sendo assim, o obreiro precisa
sentir PAIXÃO pelas almas, pois uma coisa é gostar de pregar, outra coisa é gostar das
pessoas a quem se prega; Jesus sentia compaixão pelos perdidos (Mateus 9.35,36). Para
Deus, a qualidade de tudo o que fazemos vem de nosso amor pela obra de Deus (Salmo
69.9).

O Obreiro aprovado é obediente e faz tudo por amor!


3- Não ter de que se envergonhar:

“... que não tem de que se envergonhar ...”

O obreiro aprovado não tem do que se envergonhar. Nem mesmo teria do que se
orgulhar, pois está realizando não a sua obra própria, mas servindo ao Senhor (I Coríntios
9.16). Não deve se envergonhar do evangelho (Romanos 1.16). Isso significa:

a) Testemunho de Vida: Atos 1.8, “mas recebereis poder, ao descer sobre vós o
Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia
e Samaria e até aos confins da terra”.

O que você faz fala mais alto que suas palavras. Você está sempre sendo
observado pelas pessoas. Por isso devemos vigiar sempre (Marcos 10.38). Não devemos
escandalizar as pessoas (Lucas 17.1). O Espírito Santo é quem nos capacita para dar bom
testemunho.

b) Perseverança: II Timóteo 4.2 “Prega a Palavra, insta, quer seja oportuno quer
não”.

Muitos obreiros são inconstantes (Tiago 1.8) e por isso não conseguem terminar
o que começam. Também devemos tomar cuidado com a sobrecarga de tarefas que
impossibilita realizarmos nossa missão (Mateus 11.28). Não se deixe cansar demais, mas
faça o que estiver ao seu alcance (Eclesiastes 9.10). Há tempo para tudo (Eclesiastes 3.1).
Descanse e deixe o Senhor da Seara cuidar daquilo que for difícil para você (Mateus
9.38). Evite o ativismo (Efésios 5.16). O tempo não para, mas você não consegue fazer
tudo. Existem problemas que se resolvem com o tempo. Deixe as coisas acontecerem.
Organize sua agenda e trabalhe!

Não seja envergonhado pela falta de testemunho ou de perseverança!

4- Maneja bem a Palavra da verdade:

“... que maneja bem a palavra da verdade”.

O mínimo que se requer de qualquer obreiro é que conheça a Bíblia. Tudo o que
fazemos precisa estar baseado na Palavra para ser bem-sucedido (Lucas 5.5). Para isso o
obreiro precisa:

a) Ser estudioso das Escrituras: Salmos 1.2 “Antes, o seu prazer está na lei do
SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite”.
O Obreiro deve estudar muito a Bíblia. A Bíblia é a autoridade suprema e o
material de trabalho do líder. Além disso, o líder deve crer naquilo que prega, pois “a fé
vem pelo ouvir a pregação da Palavra de Cristo!” (Romanos 10.17). Como obreiro deve
ter fundamentação bíblica e doutrinária (I Timóteo 1.7).

b) Buscar Capacitação: Marcos 3.13-15 “Depois, subiu ao monte e chamou os


que ele mesmo quis, e vieram para junto dele. Então, designou doze para estarem com
ele e para os enviar a pregar e a exercer a autoridade de expelir demônios”.

Jesus chamou seus discípulos e os capacitou para realizar sua obra. A capacitação
deve ser espiritual, física e emocional (I Tessalonicenses 5.23). O obreiro deve estar
aberto com humildade para aprender sempre (Provérbios 27.6). O discípulo é alguém
ensinável, um aprendiz. Quando buscamos capacitação alcançamos Visão Missionária
(João 4.35). Nunca perca a visão de seu chamado e das vidas que Deus lhe deu. Não copie
o que os outros estão fazendo. Busque a visão de Deus para sua vida.

O Obreiro Aprovado é um estudioso das Escrituras e busca capacitação!

Seja um obreiro aprovado!

CONCLUSÃO
Saiba que para você se tornar um obreiro aprovado, certamente passará por muitas
provas. Primeiramente será provado por Deus a quem deve se apresentar colocando sua
vida em sua presença para ser um verdadeiro convertido e também viver em oração na
presença do Senhor. Depois você deve ser dispor como obreiro para servir a obra de Deus
sendo obediente e fazendo tudo por amor. Então terá que tomar cuidado com sua vida
para não ter de que se envergonhar através do seu testemunho de vida e da perseverança
em tudo o que fizer. Por fim deve buscar ser perito nas Escrituras, aprendendo a cada dia
mais no estudo da Bíblia e buscando capacitação constante.

Похожие интересы